Page 19

a dor diminui rapidamente e depois há uma sensação de calor e uma sensação de aperto. Se a dor persistir, podem ser usados gelos, medicação para dor e creme anestésico. Após várias aplicações a dor pode diminuir.

Quantos tratamentos são necessários para o Kybella®?

Isso é variável; depende de quanta gordura o paciente tem em baixo do queixo e como o mesmo responde ao produto. Muitos pacientes que receberam o tratamento do Kybella® notaram uma diferença no contorno do queixo com dois a quatro tratamentos. No entanto, alguns

pacientes requerem seis tratamentos. Assim que o contorno do seu queixo melhorar, você provavelmente não precisará de mais tratamentos com o Kybella®. Cada sessão de tratamento deve ser feita com quatro a oito semanas entre uma a outra.

Há tratamentos de “Skin Tightening”com o Kybella®?

E m b o ra o Ky b e l l a ® n ã o s e j a desenvolvido para o enrijecimento da pele (skin tightening), isto acaba ocorrendo, associado com o processo inflamatório do processo após o procedimento. O tratamento com o Kybella® é mais efetivo

para pacientes que possuem a gordura mais centralizada em baixo do queixo e não há presença de muita flacidez.

Qual é o período de recuperação do Kybella®?

Para a maioria dos pacientes, o período de recuperação é mínimo e ocorre na maioria das vezes logo após a primeira sessão do tratamento. Os hematomas, a dor, a dormência, a vermelhidão e as áreas de dureza na parte de tratamento podem atrapalhar um pouco os planos sociais e compromissos de trabalho na semana seguinte, especialmente nos primeiros dois a três dias após o procedimento. O período de recuperação aparenta diminuir nas sessões subsequentes.

Algumas precauções com relação ao Kybella®:

O Kybella® pode causar efeitos colaterais mais sérios, incluindo problemas ao engolir e lesões no nervo da mandíbula que pode causar um sorriso irregular ou fraqueza muscular facial.

Preferências do Dr. Antunes para conforto e para evitar complicações:

Dr. Antunes realizará um exame físico para determinar a localização das glândulas salivares do pescoço, linha da mandíbula e fazer uma estimativa da quantidade e curso de nervos no pescoço superior. Ele usará uma caneta para marcar na pele a área a ser tratada e destacar as principais estruturas anatômicas no pescoço e delinear a área para a injeção. Dr. Antunes usa um creme anestésico na área antes das injeções da Kybella® em um método tumescente. Após o procedimento, o paciente é instruído a usar gelo intermitentemente nas primeiras duas horas.

Por Marcelo B Antunes MD Northwest ENT and Allergy Center. Board certified in Otolaryngology-Head & Neck Surgery and active member of the American Academy of Otolaryngology-Head & Neck Surgery and the American Academy of Facial Plastic and Reconstructive Surgery. Abril de 2016 - Cia Brasil Magazine - 19

Cia Brasil Magazine April 2016  

Leia nesta edição de Abril da Cia Brasil Magazine: ► CAPA | É hora de entrar em forma! Com a chegada da primavera aproveite as dicas de 7 há...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you