Page 1

CONTROLE DE JORNADA M A N U A L D O M O T O R I S TA


O objetivo desse material é explicar como enviar as informações para o controle de jornada. Com esse controle, almejamos os seguintes resultados:

• Melhoria nas condições de trabalho do motorista e em sua saúde; • Preservação da vida dos motoristas, devido à prevenção de acidentes em decorrência do cansaço; • Transparência e respeito no cumprimento das obrigações da Empresa e Motorista; • Cumprir a legislação vigente.


O controle de jornada deve funcionar basicamente como um caão de ponto, onde o motorista deve registrar sua “entrada”, “refeições e intervalos” e “saída”. A “entrada” é o “início de jornada” onde o motorista está a disposição da empresa. Os intervalos e refeições são as paradas habituais em postos ou pontos de apoio e a “saída” é quando se finaliza o trabalho diário e pode corresponder com a “pernoite” ou saída mesmo, quando o motorista vai para sua residência. O controle de jornada será medido pelas mensagens recebidas, por isso todos devem informar corretamente, conforme abaixo: CONTROLE DE JORNADA 3


• Início de Jornada: Deve-se enviar essa macro quando iniciar o trabalho, diariamente. • Fim de Jornada: Ao fim do dia ou término das atividades, deve-se enviar essa macro, também diariamente. No caso do envio da macro de “Pernoite”, não é necessário o envio do “Fim de Jornada”, pois o sistema entende a correspondência. • Parada de Espera: Utilizar essa macro quando estiver parado mas à disposição da empresa, por exemplo: paradas em postos fiscais, carregamentos e descarregamentos. • Início de Descanso Semanal: Nas viagens acima de 7 dias, além do repouso diário o motorista tem direito a 24 horas de repouso, por isso deve enviar essa viagem quando iniciar esse repouso semanal. • Fim de Descanso Semanal: Após cumprir o repouso semanal conforme dito acima, deve-se informar o “fim do descanso semanal” antes de informar “Início de Jornada” novamente. No entanto, quando se inicia uma nova jornada , o sistema entende que finalizou o descanso semanal. • Início de viagem: Enviar quando for iniciar uma nova viagem. Essa macro pode coincidir com o “Início de Jornada”, nesse caso deve-se enviar as duas macros.

CONTROLE DE JORNADA 4


• Reinício de viagem: Utilizar essa macro para reiniciar uma viagem em andamento, após paradas, pernoites, carregamentos e descarregamentos etc. Essa macro pode coincidir com o “Início de Jornada” (após saída de pernoite por exemplo), nesse caso deve-se enviar as duas macros. • Operação: Deve-se informar “Inicio de carregamento” ou “Início de Descarregamento” – serve para informar o carregamento e descarregamento. Quando houver esse tipo de parada, além dessa macro deve-se informar também “Parada de Espera”. • Fim de viagem: Enviar essa mensagem quando finalizar a viagem, após o completo descarregamento. Essa mensagem pode coincidir com o “Fim de jornada”, nesse caso deve-se enviar as duas macros. • Manutenção: Enviar essa macro para informar a parada para manutenção. Se precisar ficar esperando o veículo, enviar também a macro “Parada de espera”. • Parada para descanso: Utilizar essa macro nas paradas para descanso, café, higiene. • Parada refeição: Utilizar essa macro para informar as paradas nas refeições.

CONTROLE DE JORNADA 5


• Parada abastecimento: Utilizar essa macro para informar as paradas para abastecimento. • Pernoite: Utilizar essa macro para informar a pernoite. Conforme já mencionado, quando informar “Pernoite” o sistema vai entender como “Fim de Jornada”.

De forma resumida, o Controle de Jornada deverá ser da seguinte forma:

Enviar “Início de Jornada” quando iniciar suas atividades e “Fim de jornada” (que pode ser “Pernoite”) ao terminar o dia de trabalho. Nas paradas onde precisar ficar a disposição da empresa, enviar “Parada de Espera”. As demais macros de GR deverão ser enviadas normalmente para informar o que está acontecendo durante a viagem.

CONTROLE DE JORNADA 6


ORIENTAÇÕES GERAIS Principais pontos da Lei de Jornada: • Após 5 horas de direção deve-se obrigatoriamente realizar uma parada de, no mínimo 30 minutos – podendo coincidir com o horário de refeição; • Deve-se realizar no mínimo 1 (uma) hora de refeição diariamente; • O repouso diário deve ser de 11 (onze) horas, devendo ser realizado 8 (oito) horas ininterruptas e as demais horas podem ser fracionadas no decorrer do dia; • A jornada diária de trabalho deve ser de 8 horas, podendo ser acrescidas de 2 ou 4 horas extras, conforme convenção coletiva da categoria.

CONTROLE DE JORNADA 7


São José do Rio Preto – SP

Unidade Campinas – SP

17 3214

Rua Baguaçu, 26, Sala 311 Cond. Empresarial Alphaville

9335

Rua Floriano Peixoto, 476 comercial@granssat.com.br

Manual TS  
Manual TS  
Advertisement