Issuu on Google+

Press Release Habitação em Portugal desvaloriza 1,8% em termos homólogos •

Variação homóloga continuou a desacelerar nos novos e usados, mas usados registam desvalorização mais acentuada (-2,6%), superando mesmo a média do total do mercado.

Área Metropolitana do Porto regista desvalorização homóloga de 2,6% em Setembro, com os alojamentos novos a apresentarem uma desvalorização superior aos usados.

O Índice Confidencial Imobiliário utiliza como amostra a base de dados do site imobiliário LardoceLar.com, que reúne a oferta de mais de 567 mil imóveis de 1.723 empresas de mediação imobiliária.

Lisboa, 02 de Novembro 2009 – De acordo com o Í ndice Confidencial Imobiliário, em Setembro de 2009, a variação homóloga (que compara o mês em análise com o mesmo mês do ano anterior) da habitação prosseguiu a tendência de decréscimo verificada ao longo do ano, atingindo os -1,8%, num reforço do mês de Agosto, quando a valorização homóloga entrou em terreno negativo. A taxa de valorização média anual (obtida a partir da taxa de variação média dos últimos 12 meses face aos 12 meses anteriores), não obstante a manter-se positiva, registou uma desaceleração para os 1,7% em Setembro, tendo iniciado o ano de 2009 nos 4,1%. Em termos mensais, a performance do Í ndice Confidencial Imobiliário tem sido mais irregular, sendo marcado pela oscilação entre valorizações e desvalorizações, embora num intervalo de valores reduzido (0,5% de máxima e -0,5% de mínima). Os dois últimos meses são disso exemplo, já que, após uma desvalorização mensal de 0,3% em Agosto, o Í ndice voltou a valorizar em Setembro, na ordem dos 0,3%. No que respeita a segmentação por estado de uso, embora a nota seja de desaceleração quer nos novos quer nos usados, estes últimos têm vindo a registar uma desvalorização mais acentuada, com uma variação homóloga de -2,6% em Setembro. No caso dos alojamentos novos, esse valor foi de -0,8%. Na Área Metropolitana do Porto (AM Porto), nos últimos três meses o Í ndice decresceu, atingindo uma variação homóloga de -2,6%. Já em termos de segmentos por estado de uso, o comportamento é oposto ao do mercado nacional, já que os fogos novos na AM Porto registaram uma desvalorização mais acentuada (-4,0% de variação homóloga contra -1,3% nos fogos usados).

Contactos: Rita Ribeiro | 21.099.53.37 | 93.932.73.86 | rita@ritaribeiro.com


Sobre a Confidencial Imobiliário

A Confidencial Imobiliário é uma entidade especializada na produção de estatísticas sobre o mercado residencial. Um dos seus patrimónios é o Índice Confidencial Imobiliário, que conta com uma série de mais de 20 anos, sendo a medida para acompanhar a valorização do mercado habitacional português. A sua credibilidade e independência fazem com que esse índice seja usado e referenciado por entidades como o Banco Central Europeu, o Banco de Portugal e os Ministérios da Economia e das Finanças, para além do sector financeiro, promotores e meio universitário. Na vertente editorial, desde 2006 integra o Grupo Editorial Vida Económica, acentuando o seu perfil enquanto revista técnica, contando com análises estatísticas própria e conteúdos de parceiros de entidades de prestígio como a Abreu Advogados, o IPD – Investment Property Databank, o ISEG – Instituto Superior de Economia e Gestão, a PricewaterhouseCoopers, o RICS – Royal Institution of Chartered Surveyors e a ULI – Urban Land Institute.


http://www.data.pt.ci-iberica.com/sites/default/files/NOV_2009_ICI_Habitacao%20em%20Portugal%20desva