Issuu on Google+

29 de Junho de 2009

Taxas de Juro Implícitas no Crédito à Habitação Maio de 2009 Taxa de Juro no crédito à habitação com redução pelo 5º mês consecutivo A taxa de juro implícita no conjunto dos contratos de crédito à habitação atingiu, em Maio, o valor médio de 3,616%, o que representou uma diminuição mensal de 0,502 pontos percentuais (redução acumulada de 2,361 pontos percentuais desde Dezembro de 2008), situando-se em nível próximo ao do final do ano de 2005. O valor médio da prestação vencida diminuíu 14 euros. A taxa de juro implícita nos contratos celebrados nos últimos 3 meses recuou 0,447 p.p., fixando-se em 3,067%. taxas de juro implícitas em 3,067%, em 3,259% e

Taxa de Juro Em Maio de 2009, a taxa de juro implícita no

em 3,337%.

conjunto dos contratos de crédito à habitação1

A diminuição mensal da taxa de juro implícita no

situou-se em 3,616%, inferior em 0,502 pontos

conjunto dos contratos em vigor verificou-se ainda

percentuais (p.p.) ao observado no mês anterior.

em

Desde o início do ano, a redução na taxa situou-se

considerados. Assim, nos contratos de crédito

em 2,361 p.p..

respeitantes a Aquisição de terreno para construção

todos

os

destinos

financiamento3

de

de habitação, a Construção de habitação e a Taxa de Juro Implícita no Crédito à Habitação

Aquisição de habitação, registaram-se decréscimos

por Período de Celebração dos Contratos

de 0,618 p.p., 0,514 p.p e 0,499 p.p., com as respectivas taxas de juro implícitas a situaram-se em

6,0% 5,8%

3,502%, 3,687% e 3,600%. Refira-se, ainda, que a

5,6% 5,4% 5,2%

última

5,0%

taxa

referida,

relativa

a

Aquisição de

4,8% 4,6%

habitação, corresponde ao valor mínimo de toda a

4,4% 4,2%

série disponibilizada (desde Novembro de 2003).

4,0% 3,8% 3,6% 3,4% 3,2%

Taxa de de Juro Implícita no Crédito à Habitação

Todos os contratos

Últimos 12 meses

Últimos 6 meses

Mai-09

Mar-09

Jan-09

Nov-08

Set-08

Jul-08

Mai-08

Mar-08

Jan-08

Nov-07

Set-07

Jul-07

Mai-07

Mar-07

3,0%

por Destino de Financiamento3

Últimos 3 meses 6,0%

A redução mensal da taxa de juro implícita no

5,8% 5,6% 5,4%

conjunto dos contratos em vigor ocorreu também nos

três

períodos

2

considerados ,

5,2% 5,0% 4,8%

registando

4,6% 4,4%

decréscimos de 0,447 p.p. (últimos 3 meses), de

4,2% 4,0% 3,8%

Aquis. de Terreno para Const. de Habitação

Mai-09

Mar-09

Jan-09

Nov-08

Set-08

Jul-08

Mai-08

Mar-08

Jan-08

Nov-07

Set-07

Jul-07

3,4% Mai-07

(últimos 12 meses), tendo-se fixado as respectivas

3,6% Mar-07

0,492 p.p. (últimos 6 meses) e de 0,446 p.p.

Construção de Habitação

Aquisição de Habitação

Taxas de Juro Implícitas no Crédito à Habitação – Maio de 2009

1/4


Nos contratos celebrados nos últimos 3 meses, as taxas de juro implícitas também diminuíram em Taxa de Juro Implícita no Crédito à Habitação

todos os destinos: na Aquisição de terreno para

no Regime Bonificado Jovem

construção de habitação, esta redução foi de 6,4%

Construção de

6,0%

habitação, de -0,593 p.p. para 2,940% e na

5,2%

-0,327

p.p.

para

3,354%,

na

Aquisição de habitação, de -0,436 p.p. para

5,6%

4,8% 4,4% 4,0% 3,6%

3,076%.

3,2% 2,8% 2,4%

Nos dois Regimes de Crédito observou-se também a

2,0% 1,6%

tendência decrescente das taxas de juro, passando,

1,2%

em Maio, para 3,520% no Regime Geral (0,519 p.p.

0,4%

0,8%

Suportada pelo Mutuário

Mai-09

Mar-09

Jan-09

Nov-08

Set-08

Jul-08

Mai-08

Mar-08

Jan-08

Nov-07

Set-07

Jul-07

inferior ao nível do mês anterior) e para 4,052% no

Mai-07

Mar-07

0,0%

Suportada pelo Estado

Regime Bonificado Total (decréscimo de 0,426 p.p.). Taxa de Juro Implícita no Crédito à Habitação Taxa de Juro Implícita no Crédito à Habitação

no Regime Bonificado Não Jovem

por Regime de Crédito 6,4%

0,8%

3,8%

0,4%

3,6%

0,0%

Total

Regime Geral

Bonificado Total

Bonificado Jovem

Mai-09

Mar-09

Jan-09

Nov-08

Set-08

Jul-08

Mai-08

Mar-08

Jan-08

Nov-07

Set-07

Jul-07

Mai-07

Mar-07

3,4%

Suportada pelo Mutuário

Mai-09

1,2%

4,0%

Mar-09

1,6%

4,2%

Jan-09

2,0%

4,4%

Nov-08

2,4%

4,6%

Set-08

2,8%

4,8%

Jul-08

3,2%

5,0%

Mai-08

3,6%

5,2%

Mar-08

4,0%

5,4%

Jan-08

4,4%

5,6%

Nov-07

4,8%

5,8%

Set-07

5,2%

6,0%

Jul-07

5,6%

6,2%

Mar-07

6,4%

Mai-07

6,0%

6,6%

Suportada pelo Estado

Bonificado Não Jovem

Capital Capital em Dívida e Prestação Vencida As taxas de juro implícitas nos contratos dos

Regimes Bonificados Jovem e Não Jovem registaram comportamentos similares, diminuindo 0,429 p.p. e 0,416 p.p., relativamente ao mês anterior, para os

No mês de Maio, o valor médio do capital em dívida no total dos contratos de crédito à habitação em vigor foi de 55167 euros, mais 11 euros que no mês anterior.

valores de 3,951% e de 4,173%, respectivamente. Estes decréscimos na taxa de juro traduziram-se em

Em

relação

aos

destinos

de

financiamento

reduções das parcelas suportadas pelos mutuários,

considerados, o valor médio do capital em dívida

de 0,386 p.p. e de 0,390 p.p., pela mesma ordem.

dos contratos associados à Aquisição de habitação foi de 59140 euros, menos 17 euros que em Abril,

Taxas de Juro Implícitas no Crédito à Habitação – Maio de 2009

2/4


enquanto

nos

contratos

para

Construção

de Capital Médio em Dívida no Crédito à Habitação

habitação foi de 42099 euros, traduzindo um acréscimo de 61 euros. Aos contratos relativos a

por Período de Celebração dos dos Contratos (Valores em euros) 90.000

Aquisição de terreno para construção de habitação, 89.000

continuou a corresponder o valor médio do capital em dívida mais elevado, 93413 euros.

88.000

87.000

86.000

Capital Médio em Dívida no Crédito à Habitação

85.000

por Destino de Financiamento (Valores em euros)

84.000

Mai-09

Mar-09

Jan-09

Nov-08

Jul-08

Set-08

Mai-08

Mar-08

Jan-08

Nov-07

Set-07

Jul-07

Mai-07

Mar-07

83.000 95 000

85 000

Últimos 12 meses

Últimos 6 meses

Últimos 3 meses

75 000

65 000

No Regime Geral, o valor médio do capital em

55 000

45 000

dívida registou um acréscimo mensal de 17 euros Mar-09

Jan-09

Nov-08

Jul-08

Set-08

Mai-08

Mar-08

Jan-08

Nov-07

esse valor médio fixou-se em 35442 euros, menos

Aquisição de Habitação

Set-07

Aquisição de Terreno para Construção de Habitação

Construção de Habitação

Jul-07

Total

Mai-07

para o valor de 62913 euros. No Regime Bonificado

Mar-07

Mai-09

35 000

74 euros que no mês anterior. O valor médio do capital em dívida nos contratos de Capital Médio em Dívida no Crédito à Habitação

crédito à habitação celebrados nos últimos 3 meses

por Regime de Crédito (Valores em euros)

foi de 87779 euros, registando-se um acréscimo de 65.000

258 euros face ao mês anterior. Nos contratos celebrados nos últimos 6 meses registou-se um decréscimo de 322 euros, para um valor médio de 88475 euros e nos contratos

60.000 55.000 50.000 45.000 40.000

Regime Geral

Taxas de Juro Implícitas no Crédito à Habitação – Maio de 2009

Bonificado Jovem

Mai-09

Mar-09

Jan-09

Nov-08

Jul-08

Set-08

Mai-08

Mar-08

Jan-08

Nov-07

Set-07

25.000 Jul-07

capital a situar-se em 88532 euros.

30.000

Mai-07

diminuição de 58 euros, com o valor médio do

35.000

Mar-07

celebrados nos últimos 12 meses registou-se uma

Bonificado Não Jovem

3/4


Prestação Média Vencida e Respectivas Componentes no Crédito à Habitação

média do conjunto dos contratos em vigor, que se

Maio de 2009 2009 (Valores em euros) 375 350 325 300 275 250 225 200 175 150 125 100 75 50 25 0

euros (cerca de 33%), foi ainda superior à prestação

situou em 297 euros (menos 14 euros que no mês anterior).

7 77 6

Nos contratos celebrados nos últimos 6 meses, o

27 23 182

158

20 113

95

valor médio das prestações vencidas foi de 371

79

euros, inferior em 28 euros ao valor verificado em 133

133

133

138

128

Total

Regime Geral

Regime Bonificado

Regime Bonificado Jovem

Regime Bonificado Não Jovem

Abril. Relativamente aos últimos 12 meses este valor foi de 354 euros, menos 23 euros que no mês

Capital Amortizado

Juros Suportados pelo Mutuário

Juros Suportados pelo Estado

4

anterior. Por Regimes de Crédito, os valores médios de

O valor médio da prestação vencida nos contratos

prestação também diminuíram em ambos: menos

celebrados nos últimos 3 meses fixou-se em 330

17 euros, para 315 euros no Regime Geral e menos

euros, inferior em 25 euros ao valor de Abril. Esta

7 euros, para um valor médio de 251 euros no

diminuição

Regime Bonificado.

da

prestação,

que

em

termos

acumulados, nos últimos 5 meses, atingiu já -167

Notas: Podem existir eventuais diferenças por arredondamentos de casas decimais, entre os valores apresentados no destaque e os constantes nos quadros anexos ao mesmo. 1

A taxa de juro implícita no crédito à habitação reflecte a relação entre os juros totais vencidos no mês de referência e o capital em dívida no

início desse mês. 2

Contratos celebrados nos últimos 3 meses: contratos cuja data de celebração se situa entre Fevereiro de 2009 e Abril de 2009. Contratos celebrados nos últimos 6 meses: contratos cuja data de celebração se situa entre Novembro de 2008 e Abril de 2009. Contratos celebrados nos últimos 12 meses: contratos cuja data de celebração se situa entre Maio de 2008 e Abril de 2009. Os contratos celebrados em Maio de 2009 não são tidos em conta por ainda não se ter vencido qualquer prestação.

3

As presentes estatísticas sobre taxas de juro, capital médio em dívida e prestação média vencida são relativas aos contratos de crédito a

particulares para habitação para os seguintes destinos de financiamento: aquisição de terreno para construção de habitação, construção de habitação e aquisição de habitação. 4

O valor médio da prestação vencida é igual à soma do valor médio do capital amortizado com o valor médio de juros vencidos.

Os resultados de Maio baseiam-se na informação recebida no INE até 23 de Junho.

Taxas de Juro Implícitas no Crédito à Habitação – Maio de 2009

4/4


http://www.data.pt.ci-iberica.com/sites/default/files/JUN_2009_%20INE_%20Taxas%20de%20juro%20credito