Page 1

Press Release Ci Obras&Negócios para o 4º trimestre de 2008

Classe energética máxima em 50% dos fogos em promoção na AML Lisboa, 13 Abril de 2009 – De acordo com os dados Ci Obras&Negócios relativos à Área Metropolitana de Lisboa (AML) no 4º trimestre de 2008, cerca de 50% dos fogos em promoção nesse período, num total de 1797 unidades, contabilizados pelo número de declarações provisórias de certificação energética (DCR) emitidas pela ADENE, classificam-se na categoria máxima da eficiência energética (A+). Os restantes distribuem-se entre as categorias A (10%), B (14%) e B- (11%). Do total de DCR’s emitidos, 96% dizem respeito à promoção de fogos novos, enquanto que, em termos de tipologias, os T2 e os T3 são dominantes, com 36% e 30%, respectivamente. O concelho de Lisboa foi o mais representativo nas novas promoções habitacionais no 4º trimestre do ano, concentrando 23% dos DCR’s emitidos, contra os 17% do concelho do Seixal, que assume a posição imediatamente a seguir. Em Lisboa, a eficiência energética é também uma nota de destaque, com 40% dos fogos classificados de A e 13% de A+. Dos DCR’s atribuídos para este concelho, 83% dizem respeito a promoções novas e os restantes 17% a remodelações, reconstruções e ampliações. No concelho do Seixal, a classificação energética é ainda mais eficiente, com 93% dos fogos integrados na classe A e 5% na classe A+. No que respeita à promoção de imobiliário não residencial, foram emitidos, durante o 4º trimestre, DCR’s para um total de 165,4 mil m² na Área Metropolitana de Lisboa. O segmento de equipamentos sociais e outros lidera a promoção, com 114,3 mil m² do total contabilizado pelos DCR’s, seguido, de muito longe, pelos escritórios (19,3 mil m²) e pelo retalho (16,6 mil m²). O imobiliário industrial/logística contribuiu com 7,7 mil m² e o turístico com 7,5 mil m². No segmento mais representativo, o concelho de Lisboa domina, com 72% da área contemplada. No caso dos escritórios, Lisboa é novamente líder (93%), enquanto que no retalho, a Contactos: Rita Ribeiro | 21.099.53.37 | 93.932.73.86 | comunicacao@ciiberica.com


posição de topo cabe a Oeiras (68%). Na promoção de todos os segmentos não habitacionais, dominam, em termos de eficiência energética, as classes B e B-. # ENDS #

Sobre a Confidencial Imobiliário Relançada em 2006, pelas mãos da Imoestística, a Confidencial Imobiliário (Ci) comemora, em 2008, o seu 20º aniversário, apresentando duas linhas centrais de negócio. Na vertente editorial, edita a revista Confidencial Imobiliário, direccionada para a divulgação de informação estatística sobre imobiliário e publicada há 20 anos em Portugal e prepara-se para lançar a publicação em Espanha, país onde será editada com a designação de Cuaderno Inmobiliario. No âmbito residencial, através das duas edições, disponibilizará dados do mercado residencial, zona a zona, com destaque para Barcelona, Lisboa, Madrid, Porto, Valência e Sevilha. Outra linha de negócio da Ci é a produção estatística. Desde 1988, em Portugal, produz e divulga dados estatísticos, destacando-se o Índice Confidencial Imobiliário para o Continente e o recentemente lançado para o Concelho de Lisboa, que acompanham a evolução da valorização da habitação em Portugal e neste último mercado em concreto. Além do Índice, a Ci detém, em Portugal, o único sistema de informação que trata preços reais de venda residencial, o SIR, que agrega uma pool de cerca de 100 promotores e mediadores imobiliários. Produz ainda estatísticas de habitação e promoção, beneficiando da relação protocolada com entidades como o LardoceLar.com, Atrea.com e a ADENE. A Ci está ainda presente na internet através do sítio www.ci-iberica.com, onde disponibiliza acesso online a toda a sua gama de produtos e serviços.

Ci Obras&Negócios – O Ci Obras&Negócios é uma base de dados sobre promoção, negócios de investimento e ocupação no mercado imobiliário. Na secção de Obras, esta ferramenta apresenta indicadores sobre intenções de obra, resultantes do cruzamento de dados fornecidos pela Adene - Agência para a Energia e os municípios de Lisboa, Matosinhos, Oeiras, Porto, Póvoa do Varzim e Vila Nova de Gaia. Na secção de negócios, contempla informação sobre investimento, ocupação ou anúncios de promoção, construída a partir de dado e fontes públicas. Em ambos as secções, são cobertos os mercados de habitação, escritórios, retalho, turismo, indústria e logística, e equipamentos sociais, classificando-se os restantes imóveis numa categoria única. Inicialmente, estas estatísticas serão desenvolvidas para a Área Metropolitana de Lisboa, Área Metropolitana do Porto e Algarve.

GSAGDSGDSGASHDHAGSDHGAHSDGJHAGSJDHGAHSDGHHHHHHHHHH  

posição de topo cabe a Oeiras (68%). Na promoção de todos os segmentos não habitacionais, dominam, em termos de eficiência energética, as cl...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you