Page 1

DIREÇÃO DE ARTE

NOME: Christiano Macêdo M. M. Lima MATRICULA: 201102071005

COMUNICAÇÃO SOCIAL – PUBLICIDADE E PROPAGANDA


APRESENTAÇÃO DA CAMPANHA

SUSTENTABILIDADE Sustentabilidade é uma característica ou condição de um processo ou de um sistema que permite a sua permanência, em certo nível, por um determinado prazo.1 Ultimamente este conceito tornou-se um princípio, segundo o qual o uso dos recursos naturais para a satisfação de necessidades presentes não pode comprometer a satisfação das necessidades das gerações futuras, e que precisou do vínculo da sustentabilidade no longo prazo, um "longo prazo" de termo indefinido, em princípio.2 Sustentabilidade também pode ser definida como a capacidade do ser humano interagir com o mundo, preservando o meio ambiente para não comprometer os recursos naturais das gerações futuras. É um conceito que gerou dois programas nacionais no Brasil. O Conceito de Sustentabilidade é complexo, pois atende a um conjunto de variáveis interdependentes, mas podemos dizer que deve ter a capacidade de integrar as Questões Sociais, Energéticas, Econômicas e Ambientais. Com a finalidade de preservar o meio ambiente para não comprometer os recursos naturais das gerações futuras, foram criados dois programas nacionais: o Procel (eletricidade) e o Conpet. • Questão Social: Sem considerar a questão social, não há sustentabilidade. Em primeiro lugar é preciso respeitar o ser humano, para que este possa respeitar a natureza. E do ponto de vista do ser humano, ele próprio é a parte mais importante do meio ambiente. • Questão Energética: Sem considerar a questão energética, não há sustentabilidade. Sem energia a economia não se desenvolve. E se a economia não se desenvolve, as condições de vida das populações se deterioram. • Questão Ambiental: Sem considerar a questão ambiental, não há sustentabilidade. Com o meio ambiente degradado, o ser humano abrevia o seu tempo de vida; a economia não se desenvolve; o futuro fica insustentável. O princípio da sustentabilidade aplica-se a um único empreendimento, a uma pequena comunidade (a exemplo das ecovilas), até o planeta inteiro. Para que um empreendimento humano seja considerado sustentável, é preciso que seja: •

ecologicamente correto

economicamente viável

socialmente justo

culturalmente diverso


QUER UM MEIO DE TRANSPORTE SUSTENTAVEL E AINDA COLABORAR COM A MOBILIDADE URBANA?! EXPERIMENTE A BICICLETA! O Brasil tem hoje cerca de 70 milhões de bicicletas, mas quase não há lugares exclusivos e seguros para se trafegar, especialmente nas metrópoles. Segundo a Secretaria Municipal do Meio Ambiente do Rio em nota afirmou: “A bicicleta passou a fazer parte de um movimento de modernização como um modal de transporte de curtas distâncias, servindo como alimentador das redes de transporte de massa. Por ser 100% não poluente, também contribui para redução dos gases do efeito estufa”. Apesar dos números, há municípios que têm dado uma atenção maior ao meio de transporte. A cidade campeã em ciclovias é o Rio de Janeiro. Ela é a que tem o maior número de vias: são 361 km, com previsão de chegar aos 450 km até 2016, ano dos Jogos Olímpicos. A prefeitura diz que são feitas 1,5 milhão de viagens de bike todos os dias. Recente pesquisa mostra que as cidades brasileiras têm 1.118 km exclusivos para bikes, isto é: as ciclovias representam apenas 1% da malha viária das capitais de todo o país. Somente na cidade de Boa Vista, em Roraima, não tem nenhuma ciclovia implantada ainda. A única via para bicicletas que a cidade já teve, de cerca de 3 km, jamais foi utilizada e acabou abandonada. Hoje, é utilizada por motoristas como estacionamento. São Paulo, que tem 60 km de ciclovias, conta também com 121 km de ciclofaixas de lazer (que funcionam aos fins de semana e nos feriados) e 58 km de ciclorrotas (que possuem sinalização e pintura no solo), o que faz a cidade possuir a segunda maior malha cicloviária total.

FORTALEZA Em Fortaleza, segundo a prefeitura, a secretaria de Infraestrutura elabora o Plano Diretor Cicloviário e faz um ''estudo amplo que irá diagnosticar os locais mais adequados para a implantação de espaços exclusivos para circulação de bicicletas, priorizando ''o meio de transporte não motorizado'' na cidade. Um grupo de ciclistas de Fortaleza, liderado pelo empresário Paulo Angelim recentemente fez manifestações para reivindicar mais ciclofaixas na cidade e um plano diretor cicloviário.


BRIEFING

Contextualização http://diariodonordeste.globo.com/noticia.asp?codigo=365874 Mobilidade urbana é o maior problema de infraestrutura de Fortaleza, diz pesquisa Autor: Redação Web - 04/09/2013 - 17:49 70% dos entrevistados apontam o trânsito e o transporte público Problemas relacionados à mobilidade urbana são os que causam maior impacto na vida da população de Fortaleza. Pelo menos é o que mostra uma pesquisa do Sindicato Nacional de Arquitetura e Engenharia (Sinaenco). De acordo com os números, 70% dos entrevistados pela entidade apontam o trânsito e o transporte público da Capital como os maiores problemas de infraestrutura da cidade. Na última década, o número de veículos em Fortaleza cresceu 74,23%. A Cidade é a quinta maior do Brasil, com mais de 2,4 milhões de habitantes e na última década, o número de veículos cresceu 74,23%. A região metropolitana soma mais de 3,2 milhões de habitantes e suas cidades tiveram a frota duplicada em 216,46%. De acordo com o presidente do Sinaenco-CE, Arthur Oliveira Costa Sousa, a infraestrutura da cidade não acompanhou este crescimento. "Os problemas se acumularam nas duas últimas décadas, devido principalmente à falta de planejamento com uma visão integrada da macrometrópole", comenta.


DEFESA DA CAMPANHA

São emplacados mensalmente 5.100 veiculos na capital cearense (FONTE: Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores no Ceará - Fenabrave-CE), tal fato colabora para o caos que encontra-se a nossa cidade. A campanha intitulada de “UM VEÍCULO A MENOS” tem o propósito de mostrar a solução para o problema de mobilidade urbana da cidade de Fortaleza e ainda preocupar-se com o bem estar do cidadão e colaborar com o meio ambiente. A campanha mostra que o uso, ou a troca do veículo por uma bicicleta gera um beneficio imensurável na mobilidade da cidade, no bem estar e em fatores intagíveis/psicológicos dos usuários e ainda colabora com a sustentabilidade do planeta. Foi ai que nasceu o slogan “PEDALA FORTALEZA”, um slogan de fácil memorização, de impacto, e de fácil entendimento, em que colabora com o conceito inicial de nossa campanha, ou seja, reforma de forma simples e objetiva a mensagem inicial: O problema de mobilidade urbana, o atual momento sustentável do nosso planeta e o estado físico psicológico dos cidadãos de Fortaleza. Foram utilizadas fotos de modelos com suas bicicletas, mostrando a relação e emoção entre a bike e o ciclista. As cores foram inspiradas nas campanhas da Prefeitura de Fortaleza. Foi utilizada a fonte Geometr212BKCN BT


PEÇAS

Mídia impressa: Revista:


Panfleto:


MĂ­dia Expositiva: Outdoor:


Adesivo:


MĂ­dia Alternativa: Busdoor:


Bikedoor:


Postagem em redes sociais:

Direção de arte trabalho  

TRABALHO DE Av2 DE DIREÇÃO DE ARTE. Nome: Christiano Macedo M. Lima Matricula: 201102071005

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you