Issuu on Google+


BULLYING ESCOLAR:

`

A peleja da covardia com a senhora educação Autores: Advs. ISAAC LUNA E INaCIO FEITOSA

I Esse cordel tão modesto Mas feito com consciência Pretende sintetizar Com clareza e eficiência O significado de bullying Como assédio ou violência II O bullying pode ocorrer No ambiente de emprego No parque ou no futebol Causando desassossego Espalhando a discórdia A violência e o medo III Tem também o cyberbullying Que ocorre no Orkut Nos sites da internet No twitter ou facebook Qualquer um pode ser vítima Seja pobre, rico ou Cult 01


IV Até mesmo na escola Lugar de cidadania Do respeito às diferenças Palco da democracia Há o bullying escolar Uma tremenda covardia V Isso mesmo meu amigo Se atualize sem demora Preste muita atenção Ao que vou dizer agora O Bullying também ocorre , No chão das nossas escolas!

,

VI E é sobre esse último caso Que agora vou falar A terrível violência Que vive a nos rodear Principalmente a que ocorre No ambiente escolar 02


i

VII A discriminação é a base Do assédio praticado Com o intuito de humilhar O sujeito atacado Constranger ou meter medo Pra deixá lo acuado VIII Também há o preconceito Como chave desse mal Seja ele de estética Ou de classe social De racismo deslavado Ou de escolha sexual IX Apelidos humilhantes Xingamentos raciais Palavrões e ameaças Atitudes imorais Esses são alguns exemplos Mais existe muito mais... 03


X O importante é entender Que bullying é covardia ,, É o ato do valentão Praticado dia a dia Contra aquele que é mais fraco Ou que está em minoria ,

XI A violência se apresenta De maneira variada Pode ser psicológica Quase sempre com piadas Ou então pode ser física Na base da cassetada XII O resultado é a dor E o sofrimento da criança O afastamento social E a perda da esperança Pra dar basta a essa moléstia É preciso haver mudança 04


XIII Pensando nisso educadores Preocupados com a questão Reunidos em debate Da Confraria da Educação Propuseram uma lei Pra regulamentar a questão XIV A Assembleia Legislativa Do Estado de Pernambuco Recebeu esse projeto E depois de muito estudo Aprovou a nova lei Pra acabar com esse absurdo XV Com a Lei 13.995 de 2009 Qualquer um pode fazer Uma denúncia contra o bullying Na polícia ou na OAB A um promotor de justiça Também dito MP 05


i

XVI Mas é bom não esquecer Que é uma lei estadual E é preciso unir forças Pra torná la federal Aprovando o seu texto no congresso nacional XVII O bullying é uma vergonha É pura contradição É a derrota da escola Da universidade e da nação ,, Diante da prepotência Do covarde valentão ,,

XVIII Por isso é preciso haver Grande mobilização Pra não se fazer vista grossa A essa situação Enfraquecendo o valor Da real educação 06


XIX O professor é responsável O coordenador também Os pais e os alunos Todo mundo e mais alguém No combate contra o bullying Não se isenta seu ninguém XX A OAB de Pernambuco E a Confraria da Educação De mãos dadas com a sociedade Ao bullying dizem não Em respeito à cidadania E aos direitos do cidadão.

07


`

escola

texto: Advs. ISAAC LUNA E INaCIO FEITOSA Ilustrações: Ivo Andrade Diagramação: osvaldo morais Recife: 2010

08



Cordel bullyingescolar