Page 1


Foto: Kaká Morais

Carta ao Leitor Ai, ai... não é que as férias da criançada já terminaram? Saímos em busca do que as crianças e adolescentes fizeram nesse período tão gostoso da vida, e confesso: fiquei surpresa. Na verdade, imaginei que eu fosse pedir pelo amor de Deus para que saíssem dos computadores e vídeo games, porém, mais adiante, vocês verão o porquê do meu espanto. É a nossa primeira edição do ano, por isso, estampamos na capa a alegria adolescente de Amanda e Vítor. Uma energia e vitalidade que desejo a todos os meus leitores, independentemente da idade. Um dia desses ouvi uma senhora comentar no elevador: “Olha, um amigo vidente disse: quem não trabalhar e se informar muito este ano, será atropelado e terá uma vida muito difícil!”. Na hora, isso ficou na minha cabeça, e pensei: mais do que já fazemos? Mais do que já corremos? Sabe de uma coisa? Isso fez em mim o efeito contrário, do tipo: dane-se, também tenho que viver! Acho que o importante é gostar do que fazemos, curtir os amigos, a família e procurar ser feliz. O que desejo a todos é que saibam viver. A prioridade na vida não deve ser ter mais e mais, e sim ser mais e mais feliz, dentro do que é possível e razoável. Não adianta estar de bolso cheio, agendas lotadas e cara triste, ausente da família e sem momentos de descontração. E não falo só a descontração dos finais de semana, mas também de um almoço com os filhos, de uma cerveja com

EXPEDIENTE Revista Perto de Casa edição 24, ano 5. www.pertodecasa.rec.br Recife - PE

Direção e Redação: Taciana Valença Jornalista Responsável: Sandra Abreu Revisora: Salete Rêgo Barros Colaboradores: Salete Rêgo Barros, Fernando Azevedo, Cláudia Mendonça, Emmanuel de Souza, Aline Costa, Juliana Lemos, Rodrigo Vargas, Érica Melo, e Elizabeth Souto. Projeto Gráfico e Diagramação: Chilli Comunicação Capa: Amanda Aroucha Guerra e Vítor Aroucha Guerra por Mônica Paiva Tiragem: 5.000 exemplares Impressão: Brascolor Gráfica | 81 3366.9000

Para anunciar: Taciana Valença 81 9689.1994 | 9214.4500 taciana@pertodecasa.rec.br pertodecasa@hotmail.com

TACIANA VALENÇA Diretora e redatora

amigos durante a semana. Ah... de vez em quando, por que não? Que 2014 seja surpreendente para todos! Uma curiosidade: a soma de seus números dá o enigmático e misterioso número 7 (tenho mania de somar números, mesmo não entendendo nada de numerologia). Pesquisem sobre isso e percebam a importância de 2014! Portanto, estou mais é com o Gonzaguinha: “Eu fico com a pureza Da resposta das crianças É a vida, é bonita E é bonita...”

Você encontra a Revista Perto de Casa aqui: Banca Boa Forma (Rua do Futuro, Box 6) F: 81 3441.0109 Praça da Jaqueira Banca News (Shopping Plaza) - F: 81 3442.2483 Banca 17 de Agosto - F: 81 9954.8160 Livraria Modelo (Praça do Entroncamento) F: 81 3087.3366 Livraria Jaqueira (Rua Antenor Navarro, 138) F: 81 3265.9455 On Time (Av. Rosa e Silva, 2000) F: 81 3268.6741 Restaurante Parraxaxá (Rua Igarassu, 40 Casa Forte) F:81 3268.4169 Cultura Nordestina - Letras e Artes (Rua Sérgio Magalhães, 54 Graças) F: 81 3243.3927 Você também encontra a Perto de Casa em todos os nossos anunciantes, além de laboratórios, consultórios médicos, padarias e diversos outros pontos do Recife. A revista Perto de Casa é distribuída gratuitamente. Os textos são de responsabilidade exclusiva dos autores, não refletindo necessariamente a opinião da revista.

facebook.com/revistapertodecasa Se você tiver leitor de QR CODE, utilize na imagem

Chilli Comunicação 81 3204.5051 contato@chillicomunicacao.com.br

twitter.com/perto_de_casa canal: TacianaPertodeCasa


SUMÁRIO 04 Paulo Dantas

17 Intercâmbio Você quer? Você pode!

18 Disk Manicure

Perfil Literário

Conheça o serviço que está fazendo a cabeça das mulheres

05 A Importância da escrita

20 Tempos Modernos

por Salete Rêgo Barros

Tirinha do ilustrador Rodrigo Terra

06 III Concurso Literário Infantil Resultado

21 Romero Pontes

07 Homenagem

22 Defensoria Pública:

a Silene Floro

Conheça um pouco da vida e obra desse artista

um direito seu

08 Fernando Azevedo e Cláudia Mendonça

23 INSS Saiba como descomplicar

falam de saúde

09 Fim do medo do dentista

24 Como organizar sua despensa

Doutor Emmanuel de Souza explica

com Camila Teixeira

10 Hélida Dávila

25 Bebericando

Perfil

Duas receitas de drinques

14 Matéria de capa

28 Jardim Botânico do Recife

Crianças e adolescentes mostram por onde aprontaram


3

CLAUDIONOR DE TANTOS CARNAVAIS

E

ra a primeira vez que eu ia a um baile de Carnaval. Um sonho naquela época. Caramba, será que era tão nova assim que não podia ir a um baile? Bem, mas como tudo tem seu dia, meu pai resolveu levar eu, minha irmã e uma amiga. Tinha feito 14 anos e minha irmã, 16. A novidade deixou os olhos brilhando e o coração ansioso pela festa. Lembro exatamente do dia, em frente ao espelho, com uma fantasia de cigana. Maquiagem, turbante e aquela pessoa que eu não sabia quem era. Uma criança fantasiada ou uma moça vestida para um baile de carnaval? Tenho nítida essa imagem dúbia na minha cabeça. Bem, mas chegamos enfim ao Clube Português. Nossa, fiquei encantada com as fantasias. Tinha muita gente bonita ali, ou era meu deslumbre que fazia tudo mais belo? Ficamos na mesa. Eu observava tudo. Meu pai dizia para ficar por ali, dançando perto dele, mas isso foi praticamente IMPOSSÍVEL. Saímos para dar uma volta pelo clube e, claro, dar uma paquerada por ali. Lá dentro a orquestra de Claudionor Germano tocava Capiba:

“Sempre ouvi dizer que numa mulher Não se bate nem com uma flor Loira ou morena, não importa a cor Não se bate nem com uma flor.

O baile parecia mágico! Uma hora houve um bafafá entre as mesas e meu pai nos procurou e não achou. Estávamos rodeando o salão, tão distraídas que nem mesmo percebemos o que me pareceu apenas início de uma briga. Ou apenas garrafas se quebrando? Ah... deixa pra lá! Mas, quando voltamos, ele já queria ir embora, talvez assustado com o auê que se iniciou e com nossa pouca idade para bailes. Lembro-me do olhar triste que voltei para o clube quando saíamos para pegar o carro e duma saudade gostosa que carreguei no peito. Um mundo novo se abria. Os oitenta anos de Claudionor Germano me fez voltar a esse dia, tão especial, e lembrar o quanto ele nos foi e continua sendo presente durante todos esses anos em nossas vidas. Um presente de alegria, de composições, de ritmos e fantasias!

Parabéns pelos 80 anos, Claudionor Germano, você faz parte da vida de cada um de nós!

cala a boca menino - Ai, ai, não me dê mais não!”

Escolha a melhor ideia:

EDUCAÇÃO! Na volta às aulas escolha o melhor material escolar de marcas conceituadas. E os livros com o mesmo preço da editora. Aproveite e leve o material do seu escritório, inclusive artigos para informática.

Ilustração: Dani Vaz

Já se acabou o tempo Que a mulher só dizia então: - Chô galinha,

Revista Perto de Casa #24

por Taciana Valença


4

LENDO NOSSOS ESCRITORES

PERFIL LITERÁRIO

Paulo Dantas Saldanha

Revista Perto de Casa #24

Paulo Dantas é advogado, membro do Instituto Brasileiro de Direito de Família – IBDFAM - com sede em Belo Horizonte, da UBE - União Brasileira de Escritores, da AALCO - Academia de Letras, Artes e Ciências de Olinda e da ALANE - Academia de Artes e Letras do Nordeste Brasileiro - Autor de sete livros de autoajuda sobre conflitos conjugais e nove de conteúdo literário e filosófico. “Em suas crônicas se utiliza do humor para divertir, tornar mais amena a vida e quebrar um pouco a aridez do cotidiano. Nas palestras consegue arrancar risos e sorrisos pelo inusitado das tiradas que entremeiam seu discurso”. Telma Brilhante – escritora.

“Acompanhando a carreira literária deste nobre amigo, observo a sua vocação para cronista de temas múltiplos, através de sua visão crítica que nos é repassada de forma sutil e, muitas vezes, carregada de humor habilmente arquitetado”. Geraldo Ferraz – escritor e historiador

“Pesquisador das artimanhas humanas, Paulo Dantas vai alinhando dramas psicológicos e vivências do cotidiano em situações inusitadas, sejam elas cômicas, picantes ou reflexivas”. Os fatos fizeram sua identidade literária, e assim ele prossegue singularizando-se com o que escreve”. Luciene Freitas – escritora.

“Paulo Dantas é um ‘globetrotter’, escritor. Mora nele o pesquisador. Por onde andou (e foram muitos os lugares), procurou se inteirar dos problemas e costumes da sociedade familiar e das relações homem/mulher”. Mário Souto Maior – Escritor e pesquisador (in memoriam)

“Paulo Dantas Saldanha não é apenas um conceituado advogado, mas também um escritor, que neste seu livro revela uma nova faceta de sua atividade intelectual: a reflexão filosófica voltada para as questões existenciais”. Valter da Rosa Borges – escritor, pesquisador, parapsicólogo

“Paulo Dantas Saldanha, consegue enveredar por essa difícil trilha com brilhantismo. Para quem já teve o privilégio de ouvi-lo, ler uma crônica ou um dos seus contos, sente-se fascinado e preso ao seu magnetismo narrativo. Além de bom escritor, ele é excelente intérprete do que cria ou descreve” Melchíades Montenegro – escritor, presidente da Academia de Letras e Artes do Nordeste, prefaciador de um dos seus livros.

Livros de autoajuda sobre conflitos conjugais: • A Separação Passo a Passo – Antes-DuranteDepois • A Difícil Arte da Convivência a Dois • Camas Repartidas, Vidas Divididas • Conflitos Conjugais – Por que Acontecem • Histórias e Vocabulário de Separações – Volume I – Pesquisa • Histórias e Vocabulário de Separações – Volume II – Pesquisa • Um Passeio Histórico Pelo Direito de Família – (Direito Comparado)

Livros de crônicas, sátiras, contos, pesquisas e filosóficos: • Eu Era Filósofo e Não Sabia – (Frases filosóficas) • Contos Para Rir e Chorar • Crônicas e Narrativas do Cotidiano • Crônicas e Contos Para Deleite • Sátiras Políticas (Porque Rir faz Bem à Saúde) • Sátiras Políticas II (Para Continuar Rindo) • Crônicas e Contos Inesquecíveis

Bruna Monteiro

ENTREGA IMEDIATA EM DOMICÍLIO

81 8686.9192 81 9225.9192

Rua Fernando Lopes, n .64 (Casa laranja) Perto da reitoria da Faculdade Maurício de Nassau.


5

A Importância da Escrita por Salete Rêgo Barros

SALETE RÊGO BARROS Editora da Novoestilo Edições do Autor

Revista Perto de Casa #24

A narrativa escrita é necessária e imprescindível à passagem das nossas verdades de geração a geração, superando a narrativa oral, que ao longo do tempo sofre modificações e diferentes interpretações. Temos de reconhecer a força, a importância e a enorme contribuição que a escrita tem para a evolução do homem na sociedade. Prova disso são as tentativas, por parte das classes dominantes, de calar a boca através do fogo, da censura, exílio e extermínio, em diversas fases da história da humanidade, de professores, escritores, artistas e formadores de opinião, de uma forma geral. Os escritores devem estar preparados para transmitir de forma adequada a sua narrativa e precisam: ser bons leitores para que tenham embasamento para escrever de forma clara e objetiva; desenvolver a criatividade; utilizar a linguagem de forma correta, enfim, a escrita precisa que forma e conteúdo sejam coerentes com a finalidade a que se propõe, sendo importante em todos os setores, fundamental para todas as carreiras, ascensão e sucesso profissionais em qualquer idade. O veículo escrita por si só não é satisfatório; escritores e poetas não necessitam, apenas, de inspiração. Mais que isso: conhecimento, técnica, criatividade, memória... Raimundo Carrero, Flávia Suassuna, Ana Maria César, Suelena Torres, Bernadete Bruto e Susana Fernandez, reunidos na Cultura Nordestina Letras & Artes, compartilham os seus conhecimentos para que você represente a cena literária do Estado de Pernambuco com competência.

Cursos para escritores e poetas em formação História da Literatura – Flávia Suassuna Oficina de Criação Literária – Raimundo Carrero A língua como paixão – Anna Maria César Laboratório de Expressão Poética – Bernadete Bruto Oficina de Artes – Susana Fernandez Desconstrução da Velhice – Suelena Torres Realização: Cultura Nordestina Letras & Artes e Revista Perto de Casa Coordenação geral: Fernanda Iglésias Segunda a sexta das 9 às 18h00 e aos sábados das 8 às 12h00 | Fone: 81 32433927

Rua Sérgio Magalhães, 54 - Graças Fone: 81 3243-3927 www.culturanordestina.com.br facebook.com/culturanordestinaletras Conheça o grupo O Escriba no facebook!

I Baile Carnavalesco Recife de Antigamente R$

35

14

FEV

16H

Local: Cultura Nordestina Letras & Artes - Rua Sérgio Magalhães, 54 - Graças Traje: fantasia de época | Informações: 32433927 Realização: Recife de Antigamente: Histórias e Memórias (Rosa Bezerra e Wilton Carvalho)


6

Concurso Literário

Revista Perto de Casa #24

III Concurso Literario Infantil A Revista Perto de Casa e a Livraria Jaqueira promoveram, no final do ano passado, o III Concurso Literário Infantil. As premiações foram feitas durante a Cantata de Natal, numa festa muito bonita onde o encanto e a magia foram destaque. Foi uma satisfação enorme poder premiar os contos vencedores e, confesso, que foi difícil escolher entre tantos textos enviados, com desenhos, encadernados, e caprichados. Nossa, foi sufoco! Quisera poder premiar a todos, mas a iniciativa continua e a participação aumenta ano após ano. Essa é a nossa maior alegria! E aqui está o conto vencedor: ALERGIA, de João Antônio Calazans (foto), de 5 anos. João ganhou uma bolsa de estudos no CNA. 2º lugar: AMIGOS COMPANHEIROS, conto de Gabriel Augusto Ivo Pereira, de 10 anos. Gabriel ganhou um cheque da Flufy, parceira também desde o primeiro concurso. 3º lugar: O CONCURSO, conto de Aline Costa Santana da Silva, de 8 anos. Aline ganhou uma cesta da Faber Castell, também parceira nossa. Outros três contos tiveram destaque e foram premiados com um passaporte do Coqueiral Park. Foram eles: MEU SONHO – de Júlia Maria de Lima, de 11 anos; OLÍVIA E CARLOS – de Thaís Walmsley Rodrigues, de 7 anos e PLANETA VIVO – de Giovanna Medeiros, de 11 anos. Agradeço à Livraria Jaqueira, Iara Freire e Vera Nóbrega pela divulgação na “Hora do Conto” e aos demais parceiros: CNA, Faber Castell, Flufy e Coqueiral Park, responsáveis pela premiação. Peço aos pais que estimulem a criatividade de seus filhos levando-os para ouvir os contos da nossa querida Vera Nóbrega aos sábados, na Livraria Jaqueira, e os incentivem a escrever suas histórias, que serão sempre fruto do que eles ouvem, leem e vivenciam.

Alergia Era uma vez um menino chamado João. João tinha alergias estranhas. Ele tinha alergia a... João Antônio Calazans recebendo seu prêmio de Clécio Sobral (CNA), e Iara Freire (Livraria Jaqueira) Cortar unhas. Tomar banho. Escovar os dentes. Se fizesse qualquer uma dessas coisas, a pele de João ficava muito, mas muito quente. A mãe de João o levou para muitos médicos e todos diziam a mesma coisa: Três anos sem escovar os dentes, cortar as unhas e tomar banho. As unhas ficaram tão grandes que conseguiam cutucar a vizinha de cima. Os dentes tão sujos que caíram todos, menos os de cima. E por causa do fedor, as roupas pareciam com as de um astronauta. João estava muito triste porque nem de bola podia mais brincar. Ele conheceu outras crianças, que também tinham alguns problemas, mas que eram muito felizes. Depois de conhecer seus novos amigos, os três anos passaram rápido e João descobriu que todo mundo pode ser feliz.

Joao Antonio


HOMENAGEM

7

Um brinde à Silene Floro, em nome de todas as “Mulheres que Mudaram a História de Pernambuco” A Revista Perto de Casa faz uma homenagem a ela, Silene Floro, que há 10 anos homenageia tantas mulheres pernambucanas (inclusive eu, na oitava edição). O projeto foi idealizado pelo jornalista Carlos Cavalcante (falecido em julho de 2011) e se manteve graças ao empenho e dedicação de sua companheira, Silene, com ajuda dos jornalistas Ramos Silva e Múcio Aguiar. Este ano, em sua 10ª edição, o livro homenageará mais de 40 mulheres, somando ao todo 400 mulheres durante os 10 anos do evento. Na realidade, reforça o registro do crescimento feminino no mercado de trabalho, independentemente da área de atuação. Um reconhecimento ao esforço e brilhantismo com que algumas mulheres conseguem conciliar, com maestria, os afazeres domésticos, profissionais e pessoais.

“Somos competentes, fortes, corajosas, capazes de lutar contra tudo e todos para vencermos, sempre com um toque de sutileza e bom senso. Ser mulher, mãe e profissionais competentes, nos dá a certeza que somos, sim, o sexo forte dessa história, e que ainda temos um longo caminho a percorrer e a conquistar”. (Silene Floro)

Revista Perto de Casa #24

por Taciana Valença


8 Saúde

Sí n d rome do d i s m orfi smo c orporal por Fernando Azevedo

Revista Perto de Casa #24

O

s modelos de beleza que são impostos à sociedade complicam a vida de muita gente, sobretudo, a dos adolescentes. É nessa fase quando mais encontramos a síndrome do dismorfismo corporal em pessoas absolutamente saudáveis e bonitas. Aliás, o que é ser bonito? Não devemos colocar rótulos nas crianças, pois todas, rigorosamente todas, são bonitas. Elas são a continuação de nossas vidas, são alegria, graça, leveza, surpresa e todos os possíveis adjetivos elogiosos. Na adolescência surgem grandes transformações corpóreas, quando tem início a valorização desses itens, que são variáveis dependendo de cada época. Não se vê nas telas de pintores antigos o bióti-

po requerido hoje, assim como amanhã haverá mudanças nos padrões de beleza. Ser alto ou baixo pouco importa, assim como a magreza ou os quilinhos a mais (não sendo exagerados por problemas de saúde) também não se constituem um problema. O cérebro, sim, este deve ser trabalhado para superar as besteiras estéticas. Desenvolvo este tema, porque é na adolescência ou no adulto jovem que o dismorfismo corporal se acentua, e a pessoa não se satisfaz com lábios, queixo, seios, nariz e bumbum, passando a procurar consultórios de cirurgia plástica para as devidas correções que, dificilmente, trazem contentamento final, além de oferecer riscos

com mortes prematuras por acidentes cirúrgicos e complicações infecciosas. A cirurgia plástica é, realmente, fantástica, sobretudo a reparadora, mas há, sem dúvida, um exagero para contentar um jovem ou uma jovem que tem o psiquismo alterado, e não o corpo. É necessário muito critério para autorizar um ato cirúrgico com essa finalidade. Na idade adulta, puxando para a terceira idade, é cruel a tentativa de rejuvenescimento, e isso pode ser observado no meio artístico, sobretudo. Envelhecer é bonito, é uma dádiva e muitos melhoram muito com a idade, ficam mais charmosos(as). Vivemos com a cabeça, essa é a parte bonita do nosso corpo.

FAÇA O TESTE DA ORELHINHA NO ACONCHEGO DO SEU LAR! por Cláudia Longman Mendonça

Cláudia Longman Mendonça é fonoaudióloga, mestra em Saúde Materno Infantil pelo IMIP e especialista em Audiologia Clínica pelo CEFAC-SP.

DR. FERNANDO AZEVEDO Pediatra, Cantor e Cronista

Cláudia Mendonça Fonoaudióloga 81 8688.5557

A audição é essencial para a aquisição da linguagem oral, visto ser através da interação com os outros, que a criança desenvolve e organiza pensamentos. Dessa forma, mostramos a tamanha importância da Triagem Auditiva Neonatal Universal – TANU, que é indicada para os recém-nascidos, independentemente de fazerem parte do grupo de risco para a deficiência auditiva. O exame de Emissões Otoacústicas Evocadas (EOAE), chamado Teste da Orelhinha, é capaz de avaliar a integridade da função auditiva do recém-nascido. Dura menos de cinco minutos, é indolor e não apresenta riscos. O ideal é ser feito no primeiro mês de vida, pois quanto mais cedo a estimulação auditiva for iniciada, melhor será o prognóstico da criança. Realizamos o Teste da Orelhinha em domicílio, não somente pela comodidade de a mãe não precisar sair com o recém-nascido de casa e enfrentar o trânsito, entre outras situações desagradáveis, mas, principalmente, pela segurança de não expor os bebês a salas-de-espera com pessoas doentes, vírus e bactérias, valorizando o que é mais importante: a saúde do seu filho.


SAÚDE

9

A SOLUçÃO p a ra o MEDO DOS DENTISTAS por Emmanuel Bezerra de Souza

Emmanuel de souza Especialista e Doutorando em Implantodontia Mestre em Prótese Dentária

• O que é Óxido Nitroso (N2O)? É um gás presente na atmosfera, que tem propriedades anestésicas, com aroma suavemente doce. Este tipo de tratamento é usado com sucesso desde 1845. É uma prática utilizada como rotina diária para a Odontologia em países como Estados Unidos e em alguns países europeus.

• Envolve riscos? Não. É a técnica mais segura que existe. O N2O não é capaz de causar depressão respiratória nem alterar frequência cardíaca. Não existem casos na literatura científica sobre intercorrências do tipo: acidentes, óbitos, alergias ou qualquer outro quadro relacionados ao uso do N2O.

• Vou ficar completamente anestesiado(a)? Não. O N2O deixou de ser usado em anestesia geral há mais de um século. Além disso, o N2O só pode ser administrado misturado com oxigênio, através de uma pequena máscara adaptada sobre o nariz.

• E quem tem problemas de saúde? De modo geral, quanto mais alterações de saúde a pessoa tiver, mais indicação vai existir para realizar o tratamento sob sedação inalatória, visto que o maior inimigo do coração, da pressão alta, diabete, asma, crises convulsivas, das ‘crises’ em geral é o estresse. Ao reduzir/controlar a ansiedade e este estresse com N2O, podemos estabilizar o quadro geral de saúde, provendo um tratamento muito mais seguro.

• Vou ficar inconsciente? Não. O paciente continua com pleno domínio de suas funções vitais, frequências respiratória e cardíaca inalteradas, respondendo a estímulos sensoriais, verbais e visuais, normalmente. (por isso a técnica é chamada de Analgesia Inalatória Consciente). • Então, qual a vantagem? A técnica oferece sensação de bem estar, suave relaxamento muscular, diminuição do estresse e da ansiedade durante o tratamento, além de aumentar o limiar de dor dos pacientes. Em algumas situações, estas vantagens só eram possíveis com uso de anestesia geral, em hospital. • Quem pode receber este benefício? Em principio, qualquer pessoa que tenha um nível adequado de compreensão e colaboração, e que respire pelo nariz e não pela boca: pacientes pediátricos, geriátricos, adultos, homens, mulheres. E, principalmente, pacientes portadores de alguns tipos de necessidades especiais. As restrições são mínimas.

• A recuperação demora quanto tempo? No máximo 5 minutos para recuperação total. O paciente pode voltar para casa dirigindo, inclusive. Não é necessária a presença de um acompanhante. • Qualquer dentista pode usar esta técnica? Não. O profissional precisa de uma capacitação específica e reconhecida pelo Conselho Federal de Odontologia. No nosso caso, este conhecimento foi adquirido em cursos realizados com autorização da Associação Brasileira de Analgesia e Sedação Consciente em Odontologia (ABASCO), no maior centro de pesquisas odontológicas do Brasil, em Bauru-SP. • O tratamento com N2O fica mais caro? Absolutamente. Esta é mais uma ferramenta para agregar benefícios e conforto para os nossos clientes.

Além da qualificação profissional, o Dr Emmanuel Bezerra de Souza oferece este conforto a mais aos seus pacientes e cada dia está conseguindo mostrar que é possível tornar as idas ao dentista uma atividade menos estressante e mais proveitosa, adicionando qualidade de vida para todos nós. Contatos: (81) 3023-5772 www.cepero.com.br

Revista Perto de Casa #24

Nos dias atuais, mesmo com os inúmeros avanços em tecnologias e materiais que auxiliam os tratamentos odontológicos para se obter melhor qualidade e menor tempo de alguns tipos de tratamento, ainda é muito comum o famoso “medo de ir ao dentista”. Incomodado com essa realidade, o Cirurgião-Dentista e professor, Dr Emmanuel Bezerra de Souza resolveu fazer algo diferente. O profissional oferece uma alternativa para o medo, a angústia de algumas pessoas: o atendimento odontológico em consultório sob sedação inalatória com óxido nitroso.


10

PERFIL

Revista Perto de Casa #24

Apresentando Hélida Dávila Segundo ela, não há como separar Hélida e Baby Home que, com o passar do tempo, tornaram-se uma coisa só. Formada em psicologia e pedagogia, sempre quis trabalhar com crianças, pois tinha por elas uma paixão. Foi então que, em 1999, resolveu projetar a escola para em 2000, finalmente, realizar seu sonho, com a primeira unidade. E assim, como sua paixão crescia pelas crianças, crescia também a vontade de expandir. Foi quando surgiu em 2007 a segunda unidade. E não para por aí: em 2014 o projeto está em andamento para que, em 2015, a terceira unidade esteja a pleno vapor. E quem ganha com isso são as crianças e os pais. Hélida ama recebê-las pela manhã, cantar com elas, conversar. Faz questão de estar presente todos os dias. “Me dá uma paz muito grande”, diz ela. A valorização da família também é algo que enfatiza sempre. A movimentação em prol do desenvolvimento das crianças é algo contínuo. Procura estar sempre nas contações de histórias estimulando a criatividade de seus alunos. No projeto extra “Trânsito é Vida”, procurou envolver toda a família, para que as crianças vivenciassem tudo junto aos pais num aprendizado coletivo e marcante. O berçário recebe crianças a partir de quatro meses, dando todo suporte para que os bebês se desenvolvam saudavelmente, tanto em suas habilidades psicomotoras, quanto nutricionais e afetivas. Sempre a vejo na correria do dia, e foi numa dessas correrias que nos encontramos na Livraria Jaqueira para falar do seu perfil que, como vimos, acabou sendo um perfil da sua querida Baby Home. “Baby Home é minha vida e minha vida é a Baby Home”. Não esquecendo a mãe e dona de casa dedicada que é, a Perto de Casa tira o chapéu (de couro!) para essa mulher cujo retrato acabamos de pintar, aqui, na Revista Perto de Casa.


Revista Perto de Casa #24

11


Revista Perto de Casa #24

12

Loja 9B

RENOVANDO CONCEITOS Agende duas aulas grátis!

O EVENTO QUE REÚNE O MELHOR DA MODA EM UM SÓ LUGAR COM DESCONTOS IMPERDÍVEIS

3427-2755 / 87224850 www.recifepilates.com

Bianca Branco Empresária responsável pelo evento Loja 9A | 81 3204.6625 / 9998.3236


13

Iupi: Decor personalizada de ambientes TECIDOS E ADESIVOS Transformar. Renovar. Recriar. Baseada nesses conceitos, a IUPI chega ao mercado para apresentar uma nova forma de decoração: a personalização de espaços residenciais e corporativos. A matéria prima da transformação é o adesivo vinílico de alta resolução e semi lavável, com durabilidade de até cinco anos. Paredes, armários, mesas, vidros, espelhos, tudo pode ganhar vida nova com a criação e aplicação nas superfícies dos mais variados tamanhos. A agência de design também se dedica a concepção de estamparias em tecidos. O material usado é o tricoline 100% algodão, brim e sarja. Com eles, a IUPI desenvolve enxovais para berços,camas e ambientes diversificados (colchas, fronhas e almofadas), a partir de um conceito moderno e minimalista. O princípio básico é a composição de cores e desenhos como listras, quadriculados, chevron, xadrez, etc. À frente da empresa está a designer e arquiteta Carolina Figueirêdo. O casting conta ainda com os designers Ana Lúcia Miranda e Bruno Santana. O showroom fica na Galeria Futuro, loja 8. (81) 3426.2819

Não há nada como tocar numa pele lisinha, macia e livre de pelos. Isso é um benefício perfeitamente possível quando estamos nas mãos de bons profissionais. Portanto, não perca tempo, venha conhecer nosso espaço. Oferecemos os serviços de manicure, depilação e design de sobrancelhas. Temos ambiente climatizado e internet Wi-Fi para os clientes. Aguardamos sua visita. 3032-0529 | 87253807 | 86870086 Galeria Futuro, loja 10C

Revista Perto de Casa #24

Rua do Futuro 479 - Graças


14

FINAL DE

FÉRIAS eles mostram por onde aprontaram

Revista Perto de Casa #24

Pois é, as férias chegaram ao fim. Mas o que importa é que eles curtiram muito e, por isso mesmo, estão voltando às aulas mais lindos, corados e dispostos, prontos para os estudos no maior astral. Amigos novos, sala nova, até mesmo nova escola. Tudo é novidade!

Maria Luisa Miranda gosta de ir para a casa das amigas, ir pro shopping,, e viajar.

Sou uma grande admiradora dessa juventude. Crianças, adolescentes, jovens adultos. Felizes, dinâmicos e criativos. Quando citei no início da revista que me surpreendi, foi exatamente pelo que registramos nesses clicks, e olha que eu já estava pronta para gritar: “larguem esses computadores, saiam do vídeo game”! Mas vejam só o que a fotógrafa Mônica Paiva flagrou nessas férias!

“Durante as férias eu gosto de ir para a casa das minhas amigas, mandar mensagens e viajar bastante. Quando estou com elas, fazemos muitas coisas, como: ir ao Country, tomar banho de piscina, conversar e brincar bastante! E quando viajo com minha família, conheço novos lugares e faço novas amizades.” Amanda Aroucha Guerra, 12 anos

Victor Aroucha Guerra gosta de ir pra casa dos amigos e dos primos, ir á praia, jogar no video game, brincar de lego e andar de patins.

A Esther Melo resolveu curtir o Instituto Ricardo Brennand e aproveitou para fazer umas belas fotos, registrando seu aniversár io de 15 anos.


Entre a turma do vôlei estão: Adilson, Felipe, Rodrigo, Giovanna, Marcelo Victor, Raphael, Igor, Aline, Leonardo, Paulo e Thales. 15 anos. nardo Lima tem Maria Luiza Ber terror de s ora locar filme Além de skate, ad mesela e , comendo pipoca qu ing lk e assistir em casa Wa he per fã da série ‘T s mo prepara. É su dia os ar e fica contando Dead`, adora danç sta... para uma nova fe s, que ela rodeada de amigo re mp se Está . ra muita conversa recebe em casa pa

Todas as imagens desta matéria foram clicadas pela fotógrafa Mônica Paiva.

A galera do vôlei de praia está sempre assim, bronzeada e saudável. A turma se reúne na praia, arma a rede e faz a festa! Giovanna Jucene, 16 anos, disse que, quando tiver filhos só dará de presente skate, bicicleta, bola e pranchas! É isso aí, Giovanna! Bianca Juc ene tem 8 a nos. Gosta de ir zoológico. Ess à praia, piscina, e ir a o as férias el a foi brinca condomínio q r no ue o tio mor a, cheio de cr e fez uma ianças, nova amiga.

Revista Perto de Casa #24

15


Revista Perto de Casa #24

16

O Revista Cultural é um programa de entrevistas com Cássio Cavalcante na webradiobalanço, na internet. A palavra de ordem é a nossa cultura, seja em todas as artes, literatura, música e tudo mais. Com estreia prevista para este janeiro, a produção da primeira temporada está a todo vapor. Foram gravadas entrevistas com Fátima Quintas, Presidente da Academia Pernambucana de Letras, com o cantor Toquinho e com a atriz Brenda Lígia.

Este é o número da Secretaria Executiva dos Direitos dos Animais do Recife (SEDA). Eles fiscalizam, orientam e educam preventivamente em situações de possíveis maus tratos na cidade do Recife. Não aceitam denúncia anônima, mas preservam o sigilo do denunciante. Você pode oferecer lar temporário para algum animal manso? Infelizmente a secretaria ainda não tem espaço para resgatar os 100.000 cães e gatos abandonados nas ruas. Por isso, buscam pessoas para cuidar temporariamente de animais. Quem se oferece, recebe assistência veterinária gratuita, além de castração, auxílio na alimentação, transporte para os eventos de adoção da SEDA, entre outros.


Viagem e turismo

17

INTERCÂMBIO Você quer? Você pode! por Aline Ramos Costa

início do ano é sempre bom para se organizar, planejar e, quem sabe, concretizar aquela vontade de fazer um intercâmbio. Mas por que fazer um intercâmbio faz parte dos planos de um número cada vez maior de pessoas? A resposta é simples. Em um mercado cada vez mais competitivo, a vivência de um intercâmbio é uma forma realmente eficaz de valorização de qualquer currículo. Muitas empresas consideram a vivência no exterior como um grande diferencial na hora de selecionar candidatos. Em um mundo globalizado, a fluência em um segundo idioma torna-se essencial, e não há forma melhor de adquiri-la, do que através de um intercâmbio, onde o contato com o idioma pretendido se dá vinte e quatro horas por dia, sete dias por semana, em todas as situações. Já ouviu que a prática leva a perfeição? Pois é, não há forma de adquirir essa prática mais rapidamente, do que através dos intercâmbios. Quem tem interesse em fazer um, não precisa se preocupar com o domínio da língua. Há diversas opções de cursos, desde para os iniciantes, até para quem está em nível avançado. Fazer intercâmbio não é somente aumentar suas chances no mercado de trabalho. A experiência é muito rica. Além de aprender ou aprimorar outro idioma, outra cultura também é vivenciada. É interessante deixar nossa visão unilateral de mundo, de lado, e conhecer outros povos, suas tradições, feriados, valores, alimentação, vestuário etc. O intercâmbio também é uma forma de dar uma pausa na rotina e vivenciar uma experiência totalmente nova. É como estar em férias e estudar ao mesmo tempo. Fotos incríveis, novos amigos, histórias memoráveis... Viajar é cultura, mas é também acumular momentos maravilhosos, que ficarão guardados na memória, para sempre.

Aline Costa Empresária

Ao contrário do que alguns pensam, o intercâmbio não é voltado, apenas, para jovens. Existem vários programas para quem quer estudar ou trabalhar fora do país independentemente da faixa etária. Existem programas para os mais variados destinos, e a duração, também, pode ser de acordo com a necessidade e disponibilidade de cada pessoa. Atualmente, existem programas com duração a partir de duas semanas. Quanto ao destino mais procurado, continua sendo o Canadá, por apresentar o melhor custo X benefício. O Canadá é conhecido por ter uma excelente qualidade de vida, segurança, e elevado nível de qualidade de ensino. A Inglaterra também é bastante procurada, por ser um país tradicional e estar localizado na Europa, o que possibilita aos intercambistas conhecer os países próximos. Outro país que vem apresentando uma procura crescente é a Irlanda, por possuir valores atraentes para cursos de longa duração, não exigir visto de entrada e oferecer trabalho legalizado. Há alguns anos, fazer intercâmbio parecia um sonho distante para várias pessoas, porém, atualmente, existem programas para todo tipo de perfil, inúmeros destinos, duração e condições facilitadas de pagamento. Seja para estudo, trabalho ou diversão, sempre vale a pena viver uma nova cultura, não importa a idade! Se fazer intercâmbio ainda não fazia parte de uma de suas metas para o ano novo, que tal começar a pensar a esse respeito?

Revista Perto de Casa #24

O


18

Beleza

Disk Manicure É só ligar!

por Juliana Lemos

Revista Perto de Casa #24

U

m dos ramos que mais cresce no Brasil é o da beleza. A mulher brasileira é vaidosa, gosta de cuidar da aparência. A preocupação com a beleza das mãos, dos pés e das unhas, não tem sexo, idade ou classe social. E se você puder desfrutar desses cuidados no conforto e comodidade de sua residência, trabalho, ou em qualquer outro lugar que você desejar? É exatamente esta a proposta da Disk Manicure, que inaugurou sua unidade no Recife, recentemente. A franquia foi fundada em 2007, em Fortaleza, pela empresária Renata Boudon, que resolveu inovar e abrir a primeira unidade oferendo serviços básicos de manicure e pedicure em domicílio. Atualmente, a rede conta com mais de vinte unidades espalhadas pelo Brasil. O modelo de negócio da Disk Manicure permite atender diferentes nichos de

mercado, para os quais existe uma demanda reprimida: o público com dificuldades de deslocamento (particularmente idosos, recém-operados e jovens mamães lactantes), assim como o público masculino, que não se sente bem num salão de beleza e, por fim, a nova tendência do mercado, que é o atendimento corporativo dentro das empresas, para o qual já temos o know how necessário para atender com sucesso. Todo material utilizado é descartável ou esterilizado segundo as normas da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), e embalado individualmente. Os kits de trabalho apresentam lacres de segurança e são abertos na frente dos clientes. As profissionais uniformizadas e com crachá de identificação, atendem em média cinco clientes por dia, para que os

horários sejam respeitados. Levam cerca de setenta cores de esmaltes e tudo o que for necessário para o atendimento - de pano de chão a sacola plástica para o lixo. As manicures e pedicures fazem, também, massagem nos pontos de reflexologia. Outro fator de destaque da Disk Manicure é a crescente procura por serviços em domicílio no Brasil, pelo conforto, praticidade e comodidade proporcionados. A unidade Recife oferece SPA dos pés e das mãos, que contempla esfoliação, aplicação de creme de colágeno e elastina, massagem com parafina líquida e alongamento de unhas em gel e porcelana.

A profissional vai na sua casa com, em média, 70 opções de esmaltes para você escolher. Serviço: Através de agendamentos, de segunda a sábado, das 8h às 17h, através do telefone 4141-2061 ou da página do facebook Disk Manicure – Recife. A área de abrangência é a Zona Norte do Recife e Zona Sul (sob consulta).

Juliana Lemos Empresária


19 PELE LISINHA SEM DOR.

Dia D

Revista Perto de Casa #24

esbanjar beleza e fazer economia.

COMPARE E COMPROVE:





Indolor







Duradouro







Manutenção







N

‡

U

N

POR

ÁREA

D O U R O

R$

E SE SS

A

55

ÃO

U

R

Valor

O R O L

E X



I

D

S

CERA

S

LASER

I

D’PIL

‡

MÉTODOS

D

D’pil Recife, Parnamirim Rua Des. Goes Cavalcante, 316, Sl 7 - Galeria Multicenter Parnamirim Tel: (81) 3035 0016 | recifeparnamirim_pe@dpilbrasil.com.br

banner_Dpil_inst.indd 1

D’pil Recife, Casa Forte Estrada das Ubaias, nº733, Salas 103 e 104 - Casa Forte Tel: (81) 3039-6969 | casaforte_pe@dpilbrasil.com.br

8/22/12


20

Revista Perto de Casa #24

Rodrigo Terra Vargas é mineiro de Camanducaia, faz quadrinhos e ilustrações. Outros dos seus episódios em TERRAÇO.TUMBLR.COM

A primeira edição da mostra coletiva Ilustra Recife apresenta de forma didática o processo e espaço criativo de diversos ilustradores de cidade, expondo fotografias dos ateliês, rascunhos, esboços e desenhos, assim como o produto final no qual o desenho, pintura, colagem foram aplicados. A exposição é uma ação coletiva, elaborada de forma experimental por toda a equipe do Museu Murillo La Greca, envolvendo a participação de toda a equipe do educativo, coordenação e demais funcionários. Contando também com João Lin na curadoria. A exposição conta com a participação dos seguintes artistas: Anabella Lopez, Bárbara Melo, Beto França, Camilo Maia, Eduardo Santos, Fernanda Simionato, Laerte Silvino, Liz França, Márcio Vieira, Rosinha, Simone Mendes, Valeria Rey Soto e Hassan Santos. Podemos acompanhar desde a ilustração de livros didáticos, como é o caso da obra de Murillo La Greca, referente ao arcabuzamento de Frei Caneca, que ilustra diversos livros que narram a história de Pernambuco; até as xilo-

Imagem: Divulgação

ILUSTRADORES Conheça a didática de uma arte

gravuras de Rosinha, as colagens de Barbara Melo e as aquarelas de Simone Mendes, entre tantas outras formas de expressão. A programação da mostra, que perdurará até o dia 30 de março/14, contará também com mesas e debates acerca de temáticas relativas à ilustração desde seu espaço mercadológico, sobre suas diversas possibilidades de produção, até paradoxos como ilustração manual x digital. Para esses debates serão convidados tanto os ilustradores da mostra quanto profissionais envolvidos neste universo.

Duração: até 30/03/2014. Horário de funcionamento: de terça à sexta, das 9h às 12h e das 14h às 17h e sábados e domingos das 13h às 17h. Maiores informações: educativommlg@gmail.com / murillolagreca@gmail.com


21

Romero é formado em administração, estudante de psicologia, contador de histórias do Instituto Viva História, e se descobriu fotógrafo e pintor nos últimos seis anos. Começou os estudos artísticos com a mestra surrealista Badida Campos em seu ateliê, estudando grandes pintores da história. Ficou encantado com os movimentos de vanguarda surgidos na segunda metade do século XX, particularmente a abstração geométrica dos concretistas e construtivistas. Em 2006, fez seu autorretrato na intenção de usar uma imagem derivada dos antigos negativos de fotografia. Depois deste, não parou mais de trabalhar nesta técnica.

A próxima exposição individual de Romero já está sendo preparada exclusivamente com retratos de escritores e escritoras, com previsão para junho ou julho.

Parabéns pelos 10 anos da Passa Disco! Fábio, a Perto de Casa comemora junto com você! Estrada do Encanamento, 480 - Parnamirim Fone: (81) 3268 0888

Pernambuco cantando para o mundo, vol.03 (Passa Disco) O terceiro volume da série “Pernambuco cantando para o mundo”, comemora os 10 anos de existência da loja Passa Disco, num álbum duplo reunindo 60 intérpretes em 30 canções cantadas em duetos... Fazendo um apanhado da atual música pernambucana.

Revista Perto de Casa #24

RoMero pontes Assunção e sua própria versão da Pop Art


22 22 utilidade pública

Defensoria Pública: um direito seu por Érica Rêgo Barros Melo

Revista Perto de Casa #24

ÉRICA MELO Defensora Pública

A Defensoria é uma instituição que tem como objetivo principal defender os interesses das pessoas desprovidas de recursos financeiros para custear suas despesas com processos e contratação de advogados, proporcionando-lhes, dessa forma, direito à gratuidade judiciária. A Defensoria Pública exerce um papel fundamental no exercício da função jurisdicional do Estado, reconhecida constitucionalmente, pois é o órgão que garante o acesso de todos à Justiça, atuando no território brasileiro em duas esferas: a federal e a estadual. Na esfera federal, a Defensoria Pública da União (DPU) é responsável pela defesa dos direitos dos necessitados no que se refere às questões de âmbito nacional, ou seja, questões previdenciárias, internacionais, trabalhistas e crimes federais. Já a Defensoria Pública Estadual (DPE), com regulamentação própria em cada Estado, é responsável pela defesa dos assistidos nas questões relacionadas às matérias decididas pela Justiça Estadual, como por exemplo, questões do direito de família, direito das sucessões, direitos reais, crimes estaduais, etc. Há que ressaltar, que nem todos os estados brasileiros possuem Defensoria Pública organizada, sendo a sua implementação uma luta decisiva na concretização da democracia, pois, só assim, haverá amplitude real do acesso à Justiça em todo o território nacional. Há 15 anos, o Estado de Pernambuco possui uma Defensoria Pública implementada, dividida em núcleos de atuação que abrangem a capital, a região metropolitana e o interior do Estado, onde defensores públicos exercem suas atividades. Se você, leitor, se encaixa ou conhece alguém que se encaixe no perfil de um assistido pela Defensoria Pública, que tem uma questão a ser decidida pela Justiça, procure o núcleo de atendimento mais próximo de sua residência. Para maiores informações a respeito dos locais de funcionamento dos núcleos de atendimento, basta ligar 31823700, que você obterá o endereço para o qual deverá se dirigir e receber toda a orientação jurídica necessária ao seu caso. Sou defensora pública no Estado de Pernambuco há 7 anos, exercendo minhas funções, atualmente, no interior, convicta de que a Defensoria Pública é a instituição do século XXI responsável pelo mais amplo acesso a uma real democracia. É por esse motivo que nós, defensores públicos, lutamos todos os dias com todas as nossas forças para o reconhecimento da importância dessa instituição em nosso país.

Serviço: Sede da Defensoria Pública do Estado de Pernambuco Endereço: Rua Marquês do Amorim, nº 127 – Boa Vista – Recife–PE Telefone: 81 31823700


utilidade pública

23

Descomplicando oINSS por Elizabeth Ribeiro Souto

esclarecimento a respeito de seus direitos, o que dificulta a obtenção de benefícios. Com este intuito, o PREV AQUI esclarece e está à disposição da população com o objetivo de levar em loco soluções na área previdenciária e demais áreas, através de uma equipe para pronto atendimento e triagem para o jurídico, fazendo todo o acompanhamento na via administrativa e judicial, pois possui o mais qualificado corpo jurídico existente no mercado. Ainda, aos portadores de alguma deficiência que os incapacitem, mesmo que temporariamente, para o exercício de suas atividades laborais e que não contribuem para o

Elizabeth souto Advogada Previdenciária

INSS, dispomos de pessoal capacitado que os auxiliam no recebimento do Amparo Social ao Deficiente (de qualquer idade) ou ao idoso (com mais 65 anos), direito este, garantido constitucionalmente e que a Previdência Social dificulta o recebimento. É o famoso LOAS, que consiste no recebimento de um salário mínimo mensal ao beneficiário. A equipe responsável tem preparo para atender em sindicatos, associações de bairro, instituições de interesse público, empresas privadas, indústria e comércio.

Serviço: 1 – União Social dos Aposentados e Pensionistas de Pernambuco Av. Manaus, 113, UR1 Ibura, Recife. Todas as quartas-feiras, das 10h00 às 12h00; 2 – Rua Rocha Pombo, 314, Estância, Recife. Todas as quartas-feiras, das 8:30h às 9:30h; 3 – Associação dos Deficientes Físicos de Pernambuco: Rua Zeferino Agra, 1010, Aruuda (Próximo à Igreja de Stº Antônio), Recife. Todas as quintas-feiras, das 9h00 ás 12h00; 4 – União dos Moradores do Bairro da Mangabeira e Adjacentes: Rua Maria Gonçalves, 56, Mangabeira, Recife. Todas as segundas-feiras, das 9h00 ás 12h00; 5 – Clube dos Idosos, próximo à praça do Engenho do Meio. Todas as terças-feiras, das 15h00 ás 17h00; 6 – Gonzaga Santos Advogados – Av. Visconde de Suassuna, 923, sala 512 e 513, Santo Amaro, Recife. Fone: 3421.9945 – 3424.2736 – 8664.4243. Todos os dias, em horário comercial.

Revista Perto de Casa #24

PREV AQUI é um projeto sem fins lucrativos, que tem como objetivo levar às comunidades assessoria jurídica, em especial referente à PREVIDÊNCIA SOCIAL, auxiliando o recebimento de benefícios: aposentadorias, auxílio doença (inclusive para dependentes químicos), LOAS, auxílio reclusão, auxílio maternidade, revisão e restabelecimento de benefícios junto ao INSS. Todos nós sabemos que a expectativa de vida da população só vem crescendo e o Estado não tem condições de garantir aos idosos, pensionistas e deficientes, a qualidade de vida que eles merecem, principalmente porque muitos não possuem


24

Imagem: reprodução

Como organizar DESPENSAS por Camila Teixeira

Revista Perto de Casa #24

O primeiro passo para organização da despensa é tirar tudo. Faça uma seleção do que ainda está na validade e o que já passou. É triste dizer isso, mas jogue fora tudo que passou da validade. Aproveite que o espaço está vazio e faça uma boa limpeza. Você pode fazer isso com um pano úmido com água e um pouquinho de detergente. Depois, é só passar um pano seco para enxugar.

Como em qualquer projeto de organização, o importante é setorizar os produtos, categorizar os espaços e identificar cestas e potes com etiquetas. Comece organizando por baixo. Tudo que for pesado deve ficar no chão ou nas prateleiras mais baixas: caixas de leite e suco, refrigerantes e garrafas de bebida de forma geral. Se gostar de vinhos, compre um porta garrafas de vinho e coloque nessa prateleira, também. Se sobrar espaço na prateleira de baixo, utilize o espaço para guardar o jogo americano utilizado no dia-a-dia e descartáveis. Se não tiver espaço para descartáveis, guarde-os em uma caixa grande de plástico transparente com tampa, no chão. Não se esqueça de identificar a caixa. Existem umas caixas ótimas e grandes, super fáceis de achar no comércio. Nas prateleiras intermediárias, faça grupos de produtos e guarde-os juntos. Farináceos, cereais, grãos e massas devem ficar sempre juntos. Após abertos, esses produtos conservam melhor se forem guardados em potes de vidro com tampa. Utilize potes iguais para ajudar na organização. Sempre identifique o pote com o nome do produto e a data de validade. Você pode fazer isso escrevendo diretamente no pote com uma caneta específica, ou através de etiquetas. Se for usar etiquetas, aconselho usar etiquetas de impressão AF_AnuncioNacc_CorrenteBem_160x73mm.pdf 1 20/01/14 térmica, que são super fáceis de remover. As eti-

Achei essa ideia criativa, uma sapateira pra guardar potes!

CAMILA TEIXEIRA Organizze Consultoria

quetadoras que fazem esse tipo de impressão são conhecidas como rotuladores. Guarde latas e conservas juntos. Se quiser, utilize cestinhas, gavetex e prateleiras móveis para ajudar na organização. Itens pequenos como gelatinas, sopas desidratadas, mistura para temperos, temperos, condimentos, e outros, ficam melhor organizados quando são guardados em recipientes plásticos sem tampa ou em cestinhas rasas. Isso facilita a visualização, acesso e uso.

Não guarde material de limpeza junto de alimento! Se tiver espaço na porta, utilize, também, esse local para guardar produtos. Você pode colocar ganchos e pendurar qualquer coisa. O espaço mais alto deve ser utilizado para guardar utensílios usados com pouca frequência, como batedeiras, panelas para fondue, richôs ou qualquer outro produto que você use pouco. Para uma manutenção da organização, identifique as prateleiras com os tipos de produtos guardados em cada local. Cada projeto é único, então aproveite as dicas e veja o que melhor se adequa para sua despensa. 16:39


BEBERICANDO

por Juliana Paraíso

V

amos começar com um drinque que é muito bom para quem está sofrendo da “descapitalização” (para não dizer liseu). O Mussolini é um drink super fácil e é ótimo para quem quer ficar mais alegre, se é que vocês me entendem:

Ingredientes •80ml de Suco de laranja (ou Tampico) •80ml de Vodka •80ml de Vinho tinto (doce) Como Fazer •Coloque 80 ml do suco em um copo. •Despeje lentamente o vinho no copo do suco. Se preferir, use uma colher como guia para que as bebidas não se misturem. Se você fizer sem a colher, incline o copo receptor 45 graus e despeje bem devagar, que também dá certo. •Faça o mesmo com a Vodka e pronto. Agora é só pensar no brinde! Não misture nem balance muito o copo com o drinque. Esse é pra beber virando! Parece de gosto forte, mas o vinho suaviza o gosto da vodka e o suco suaviza o gosto do vinho.

Queridos leitores, estamos com uma nova coluna aqui na Perto de Casa que, com certeza, vai te ajudar na hora de receber os amigos ou fazer aquele jantar especial em casa!

E para as pessoas que estão querendo fazer um drink mais refinado, que tal arriscar o famoso e delicioso Sex on the Beach?

Ingredientes •40 ml de Vodka •20 ml de suco de pêssego •40 ml de suco de laranja •40 ml de xarope de groselha Modo de Preparo: •Coloque o gelo, a vodka, o suco de laranja e o suco de pêssego na coqueteleira •Bata todos os ingredientes até sentir a coqueteleira ficar suada •Despeje o conteúdo da coqueteleira e o gelo num copo longo •Adicione o xarope de groselha •Coloque um canudo e decore com uma fatia de laranja. Bem, pessoal, espero que tenham gostado. Até a próxima edição. E, lembrando: se for dirigir, não beba. Se for beber, me chame.

Revista Perto de Casa #24

Juliana Paraíso Publicitária

QUE TAL UM DRINQUE PRA RELAXAR?

25


Revista Perto de Casa #24

26


27

C

ada vez mais, as férias em Orlando, nos parques da Disney e da Universal Studios, tem sido uma opção para os recifenses. Isso para não falar na oportunidade para comprar as maiores novidades com preços muito atrativos. Mas para muitos, ainda existem inúmeras dúvidas e incertezas na hora da viagem. Pensando nisso, a empresária Rita Izidoro, depois do sucesso na implantação da Toy Store em Casa Forte, parte para novos projetos, oferecendo uma excelente opção aos que procuram apoio e orientação em sua viagem. Rita criou a Safe Point Vacation Homes, que além de oferecer excelentes opções de hospedagem em casas localizadas nos melhores condomínios, ao lado dos parques, dotados de toda a infraestrutura e que possibilitam que você curta suas férias numa típica casa norte-americana, oferece total apoio para orientar sobre os melhores passeios, as melhores oportunidades de compra, enfim, um completo apoio para solucionar suas dúvidas e inseguranças no meio de tanta novidade. Funcionando em Orlando, desde 2012, a Safe Point oferece completa assessoria, com pessoal habilitado e que atende você falando seu próprio idioma. O conforto e as maravilhas que sua família encontrará em Orlando, em boa parte das vezes, gera o interesse em investir em propriedades ou negócios na região e, também nesta área, a Safe Point está pronta para lhe assessorar com muita presteza e eficiência.

O recifense Anderson Farias guarda ótimas recordações no atendimento prestado pela Safe Point. “Encontramos Rita Izidoro escutando uma rádio local, quando por total coincidência estávamos à procura de uma casa dentro de um condomínio em Orlando. Após definirmos os critérios de nossa busca, (queríamos uma casa nova, com as características de uma casa americana, próximo aos parques e com toda infraestrutura por perto), então Kissimme tem tudo isso e um pouco mais. Ao escolher este imóvel em Kissimme com a Rita, tratamos tudo por internet e, quando necessário, por telefone, com custo de uma ligação local, incrível! Daí por diante, fomos orientados como chegar ao destino e como acessar a casa. Tudo muito simples e prático! Chegamos na casa e ficamos surpresos com todo cuidado e detalhes de organização. Tínhamos certeza que foi a melhor escolha. Tenho indicado aos amigos e feito muito boas referências desta profissional. Parabéns por toda disciplina e por não deixar de lado o jeito caloroso do Brasileiro!” Nos próximos meses, a Safe Point vai inovar ainda mais, abrindo seu escritório no Recife, tornando mais fácil o atendimento para sua viagem de férias, ou tirar suas dúvidas para investir na América. Se você tiver dúvidas ou quiser maiores informações, o telefone, com custo de ligação local, pode ser acessado no número (81) 4040-4408.

Revista Perto de Casa #24

Uma empresa do Recife pode auxiliar nas férias em Orlando!


28

Visita ao Jardim Botânico do Recife

Revista Perto de Casa #24

Todos os domingos de janeiro e fevereiro, a Prefeitura do Recife oferece passeios gratuitos até a reserva de mata atlântica, estimulando assim, a visitação ao Jardim Botânico do Recife. Ônibus da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade leva os interessados até o local. Saída do Parque da Jaqueira, na Zona Norte. São duas viagens por dia, com 25 vagas cada. O passeio leva, em média, duas horas. Os interessados devem se inscrever no dia do passeio, sempre a partir das 8h, no estande da Secretaria de Meio Ambiente, montado na área interna do Parque da Jaqueira. O horário de saída pela manhã é 9h, com retorno às 11h. À tarde, a saída está programada para as 14h, retornando às 16h. O Jardim Botânico está todo revitalizado, e esse é um incentivo para a população conhecê-lo. Para os que desejam ir por conta própria, o Jardim Botânico abre aos sábados e domingos, das 9h às 15h30, com entrada franca. Durante a semana, de terça a sexta, das 8h30 às 15h30. Atrativos: Trilhas ecológicas, Orquidário, Jardim Sensorial, Jardim de Flores Tropicais, Jardim de Plantas Medicinais, Jardim de Palmeiras, Meliponário, Viveiro Florestal, Coleção de Cactáceas, Coleção de Bromélias e Núcleo de Educação Ambiental. O que usar e levar nas visitações: vestir roupas leves e calça comprida; usar meias e sapatos fechados; colocar repelente e chapéu; levar lanche e água, pois não há comércio na área do parque. Endereço: BR-232, Km 7,5 – Curado, Recife – PE. Telefones: 3355.0002 / 3355.0003

UMA PARADA OBRIGATÓRIA COM TUDO EM UM SÓ LUGAR sanduíches, saladas, cafés, bolos, pães, salgados, sucos, bebidas, e ainda uma loja de conveniência

Av. Rosa e Silva 2000, (posto Shell) Fone: 81 3268.6741 Aberto todos os dias, das 6h as 24h


Revista Perto de Casa ed.24  

Revista de variedades que circula nos bairros de Recife

Advertisement