Page 17

MATÉRIA ESPECIAL

Série A do Campeonato Brasileiro. O mínimo que posso fazer é dar o meu melhor dentro de campo. Às vezes a gente pode não estar bem tecnicamente, mas não pode deixar de correr”. Na Chapecoense desde janeiro, Everaldo é um ídolo incontestável. São os números que o colocam na condição de artilheiro, mas foi o carisma e a simplicidade que o fizeram cair nas graças do torcedor. Além do mais, a recíproca - desde o começo - é verdadeira.

Flamengo x CHAPECOENSE

que eu faço, porque isso acarreta na educação que estou dando pra ele. E eu fico muito feliz porque imagina: eu como pai, jogador de futebol, ver o meu filho de três anos querendo seguir os meus passos, é muito bom” afirma.

“Eu realmente me sinto em casa. Venho de uma cidade com 35 mil habitantes… e Chapecó é maior, é grande, mas tem jeito de cidade pequena. Por isso eu me sinto em casa. As pessoas que eu conheci são muito acolhedoras e eu me sinto muito bem. Eu estou vivendo um momento muito especial. Me identifiquei muito com o clube e quero ir até o final do meu contrato. Não estou interessado e nem pensado em sair. Só penso em fazer o meu melhor, como estou fazendo, mas quero fazer ainda mais, porque os objetivos da Chapecoense são claros e eu estou muito empenhado nisso”. Com pouco mais de três meses vestindo a camisa alviverde, a identificação com o clube, em todos os aspectos, não surpreende. Isso porque Everaldo tanto quanto a Chapecoense - entende bem o valor da família. Nos bastidores dos treinos e jogos, é comum vê-lo acompanhado pelo filho. O pequeno Pietro Francesco - de apenas três anos - segue, fielmente, os passos do pai, e mesmo com a pouca idade, não esconde o amor pela bola.

“Ele me segue em tudo o que eu faço. Em qualquer situação, ele quer fazer o que eu faço. Se eu estou de camisa preta, ele quer colocar uma camisa preta. Se eu estou de boné, ele quer usar boné. Se eu chuto a bola de uma maneira, ele quer fazer igual. Eu realmente sou espelho pra ele, então eu me policio muito nas coisas chapecoense.com

Foto: Arquivo pessoal

Além de Pietro, a esposa Francine e o caçula Matteo - de apenas três meses - também sempre acompanham o artilheiro e são os seus fãs de carteirinha. Com tanto apoio além das quatro linhas, dentro delas Everaldo tem ido além das expectativas. O atacante faz mistério em relação aos próprios objetivos, mas destaca o compromisso que tem com a Chape. “Eu, Everaldo, penso jogo a jogo. Eu sei que a meta do clube é se manter na primeira divisão, conquistar vaga na Sul-Americana, conquistar vaga na Libertadores, mas eu penso no jogo a jogo. O próximo jogo é sempre o mais importante. E quando damos o nosso melhor em cada jogo e saímos com a vitória, lá no final a gente olha pra trás e sente orgulho do que foi feito” finalizou. É DIA DE JOGO

17

Profile for Chapecoense

Flamengo x Chapecoense  

Revista É Dia de Jogo! Campeonato Brasileiro 2019 Flamengo x Chapecoense 12.05.2019 | Maracanã | 11h

Flamengo x Chapecoense  

Revista É Dia de Jogo! Campeonato Brasileiro 2019 Flamengo x Chapecoense 12.05.2019 | Maracanã | 11h

Advertisement