Issuu on Google+

Ano 3 | Número 16 | Distribuição gratuita

1


2


3


www.lourenagenovez.com.br

4

Um novo e exclusivo conceito em m贸veis


O mobiliário da Coleção LOURENA GENOVEZ | MÓVEIS EXCLUSIVOS é inspirado e desenvolvido nas pesquisas de muitos anos no Salão Internacional do Móvel de Milão e sua produção segue a qualidade, tecnologia e design das melhores empresas européias, com uma variedade de estilos que irão valorizar o seu ambiente de forma surpreendente. Objetos e complementos de várias procedências para compor a sua decoração.

48 32345522 | 32345355 | Rodovia SC 401 Km 01 Nº 1100 | Florianópolis SC segunda à sexta das 10h às 19h | sábado das 10h às 14h | estacionamento próprio

5


6


Sumário

O Clube Adora 10 Brindando com... 12 Beleza 14 Joias 16

Foto: Rogerio Amendola

Capa 18 Moda 20 Etiqueta 30 De(z)mais! 32 Yes, I do! 34 Perfil 36 Comportamento 39 Finanças 42 Perfil 46 Velocidade 50 Saúde 51 Dermatologia 53 Pets 54 Bem-estar 58 Turismo 60 Perfil 64 Cultura 69 Presentes 73 Pinned 75 Social 78 Psicologia 80

Druck18 Andrea

7


Editorial

Borbulhando ossa capa é jornalista, com pós-graduação na França, em Gestão e Política Cultural. Antes de trabalhar nos negócios da família, o que faz há 13 anos, atuou na criação e produção artística e cultural. Apaixonada por Floripa, Andrea Druck escolheu a Ilha para morar e trabalhar. Hoje é Diretora Institucional do Grupo Habitasul. Nosso editorial de moda traz as tendências do verão, com roupas coloridas e leves para suportar o calor da nova estação. É hora de proteger a pele do sol, e a dermatologista Mariana Barbato dá as dicas na escolha do fotoprotetor e no modo de aplicar corretamente o produto. A antenada Karla Silva nos mostra os mimos que não empresta, não dá e não vende. Tudo muito lindo e especial, como a própria Karla. Conversamos com Ângela Filomeno, que, na década de 70, trouxe a Florianópolis um conceito de moda inovador para os padrões da época com a sua Lanamodinha, a então boutique mais transada da cidade. A calvície atinge principalmente os homens. Para ampliar os horizontes desta questão, três amigos criaram o Clube dos Carecas, que traz informações úteis e práticas aos seus mais de 15 mil sócios, auxiliando-os a conviver melhor com a queda de cabelos e ser mais felizes. Digo Tertschitsch é um artista nato. Suas obras são admiradas pela transparência e fidelidade dos traços. É um mestre das tintas! E ainda falando em arte: a perda de Amy Winehouse acabou dando um novo impulso à carreira de Bruna Góes, fã número 1 da cantora inglesa, que sempre que a interpreta, é aplaudida de pé. Sua voz e semelhança com Amy são de arrepiar. Divirta-se com esta última edição de 2012, que preparamos com carinho para você. Um feliz Natal e um ano novo cheio de coisas boas. Adriana Althoff 8

Imagem: Morgana Festugato

N


DIRETORA EXECUTIVA / PUBLISHER Adriana Althoff adriana@clubedochampanhe.com.br

Colaboraram nesta edição:

JORNALISTA RESPONSÁVEL Adriana Althoff SC 00229 JP

Annalisa Blando Dal Zotto

DIRETOR ADMINISTRATIVO Victor Althoff Gevaerd viagevaerd@hotmail.com DIRETOR DE ARTE & PROJETO GRÁFICO Rodrigo Kurtz www.rodrigokurtz.com FOTÓGRAFO E EDITOR DE IMAGENS Rogerio Amendola www.roamendola.com

Mariana Barbatto

COMERCIAL Adriana Althoff | 48 9980 3553 adriana@clubedochampanhe.com.br

Thai Pasin

O Clube não tem responsabilidade pelo conteúdo e opiniões emitidas por seus colaboradores.

Karina Boabaid May

Patricia Trierveiler Nascimento

Ana Corina

A Revista Clube do Champanhe é uma publicação do Grupo A.

Andrey Martins

Thaiz Londero

CAIXA POSTAL 7020 CEP 88025-970 Florianópolis - SC revista@clubedochampanhe.com.br 55 48 78127651

@

Shirley Stamou

www.clubedochampanhe.com.br

Editorial de moda

www.facebook.com/clubedochampanhe

www.twitter.com/champanhe 9


O Clube

Por Adri Althoff & Shirley Stamou

O scarpin perfeito da Schutz

Fotos: Divulgação

A coleção de verão da Schutz está incrível, cheia de metalizados, spikes, transparências e detalhes ousados, como neste scarpin com cap toe (biqueira) metalizado e aplicação de spikes, na cor que mais ajuda a alongar as pernas: o nude. Perfeito para um verão elegante e ousado, na medida certa.

Canecas lindas da Canecaria

A Canecaria vende online, mas também tem quiosque no Shopping Iguatemi aqui em Floripa. Impossível não se render a uma das canecas lindas, para todos os gostos e ocasiões, com precinhos bem amigos. Além das canecas temáticas para a família, chefe e amigos, a Canecaria também tem uma linha de canecas engraçadas, como a de focinho de cachorro da foto. Resista se for capaz!

Um laço para seu pulso

A tradicional joalheria catarinense Lanzara lançou uma linha de pulseiras em parceria com o blog Garotas Modernas, usando o laço, símbolo do blog e da feminilidade e amizade. Disponível em ouro amarelo, branco e rosê, com ou sem diamantes, nos tamanhos adulto e infantil. Uma fofura no pulso! 10


Bela e catarinense

A Graça de Maria é uma marca de roupas femininas catarinense, que nasceu da vontade de duas irmãs de mostrar a todos o belo trabalho de sua mãe. Unindo conhecimento, experiência, amor e bom gosto, produzem peças sofisticadas e de excelente qualidade. Contatos: www.gracademaria.com.br 48 9650 1000 / 48 3024 6692

Os tesouros de Tilly Maison

Depois de muito procurar bandejas de acrílico com fundos estampados, achamos a nossa no site Etsy, que reúne vários vendedores de produtos feitos artesanalmente. Compramos uma com estampa de poás dourados na Tilly Maison (www.etsy.com/ shop/tillymaison?ref=seller_info) e ficamos encantadas: ela é ainda mais linda quando vista e manuseada de perto. Você pode usar para organizar acessórios ou produtos de beleza, servir seus convidados ou deixar sobre um móvel, como na foto. Estes pequenos tesouros podem ser comprados no link indicado, e são enviados dos EUA para todo o Brasil.

Residual

Foto: Rogerio Amendola

Peças exclusivas criadas por Juliano Guidi utilizando resíduos florestais. A Residual fica na Praia Brava, em Itajaí, e, além destas lindas gamelas e champanheiras, fabrica móveis ecocontemporâneos. A loja é sinônimo de design, arte e sustentabilidade. www.residualmoveis.com.br 47 3349 7000 / 47 9931 8585

11


Foto: Rogerio Amendola

Brindando

com...

12


Paula

Paes Paula por Paula: workaholic e intensa.

Ilha da Magia, aí fica melhor ainda.

Trabalho: Minha vida, ao exercer a Odontologia

Filmes: Coração Valente e O Fantasma da

durante esta última década, me transformou muito. Após a primeira pós-graduação, passei por um período em que estive concentrada no atendimento de crianças, e depois consolidei minha equipe com a abertura de mais uma unidade. Nesta fase, apliquei minha especialidade de dentística restauradora nos procedimentos da odontologia cosmética. No dia a dia, trabalho com uma equipe altamente especializada e equipamentos de última geração, como laser e óculos virtual, com o qual o paciente assiste filmes durante o tratamento, sem ouvir o barulho da broca. O trabalho, que já era reconhecido, teve a sua responsabilidade aumentada ao fundarmos a Onça Sorriso, que transformou um projeto de saúde bucal elitizado (Despertar do Sorriso Odontologia Integrada) em um Projeto de Atenção à Saúde Bucal que atinge 30.000 crianças e 800 idosos na região da Grande Florianópolis.

Ópera, entre tantos clássicos que assisto.

Livros: Leio muito, durmo poucas horas. Agora na cabeceira está Mulheres que Correm com os Lobos.

Segredinhos: Apesar de vaidosa, não tenho rituais de beleza na minha rotina.

Restaurantes: Não resisto à culinária portuguesa.

Mania: Ser perfeccionista. Viagem: Me encantei por Bruxelas. A paixão

não foi só pelos chocolates... acabei estudando na University Libre of Brussels.

Melhor notícia: Ter sido curada de um câncer.

Lazer: Passar um dia inteiro em casa com meus pais, e com o Armani e a Pradinha, meus yorks.

Sempre na bolsa: iPhone e lápis de olho.

Hobby: Produzir e confeccionar os figurinos

Um sonho: Que as crianças da Onça Sorriso

das minhas roupas para o Carnaval e ir para ensaios da bateria da União da Ilha da Magia, onde recebi este ano o título de madrinha.

Família: É o que segura essa vida louca que tenho.

Dentro do coração: Vitalidade e força. se tornem adultos com níveis de saúde bucal semelhantes aos de Bruxelas.

Filosofia de vida: Fazer sempre melhor, nunca igual ao que foi feito antes.

Deus: Mestre que organizou o mundo que a cada dia tentamos melhorar.

Música: Adoro música, adoro dançar, e se tiver

tamborim e o samba contagiante da União da

Amar é: Ver os nossos

sonhos acontecerem.

13


Beleza

Por Adri Althoff & Shirley Stamou

Chiclete de Silício para você ficar mais bela

Não é qualquer chiclete que tem o poder embelezador, mas sim uma goma de silício orgânico feita em farmácias de manipulação. O silício, presente em pães, cereais e arroz integrais, é vital para manter a beleza dos cabelos, para reduzir o surgimento de rugas e para fortalecer as unhas, pois é um importante ativador de colágeno, elastina e fibroblastos do tecido conjuntivo. Entre os 25 e 30 anos, o corpo passa a absorver cada vez menos o silício, o que faz com que a pele se torne mais ressecada, e as unhas e os cabelos quebradiços. Fabricados com tecnologia desenvolvida em Mônaco, os chicletes vêm em três sabores - tutti frutti, hortelã e canela com cerca de 10mg de silício orgânico cada um. Consulte seu dermatologista.

Boticário em aerosol

Os best sellers Quasar e Floratta In Blue, além dos teens Capricho e Sophie, acabam de chegar às 3.260 lojas de O Boticário de todo o país, no formato aerosol. “Os brasileiros são os maiores consumidores de desodorante do mundo. Além disso, são fiéis às suas fragrâncias favoritas. Por isso, é uma grande vantagem encontrá-las no formato desodorante”, conta Marselha Tinelli, gerente da categoria Perfumaria, de O Boticário. Em embalagens práticas com jato seco, as consagradas marcas das fragrâncias masculinas e femininas, Quasar e Floratta In Blue, e as juvenis, em embalagens teens, Capricho e Sophie, prometem repetir o sucesso das colônias originais, complementando o ritual de perfumação.

14

Quasar Desodorante Aerosol 75g (preço sugerido: R$ 19,99); Floratta In Blue Desodorante Aerosol 75g (preço sugerido: R$ 19,99); Sophie Desodorante Aerosol 52g (preço sugerido: R$ 15,99) e Capricho Desodorante Aerosol 52g (preço sugerido: R$ 15,99)


Fotos: Divulgação

A nova coleção de maquiagens Dolce & Gabbana: Animalier

A nova coleção de maquiagens Dolce & Gabbana, batizada de Animalier, será lançada lá fora em novembro e é composta por um quarteto de sombras, cinco tons de esmalte, três batons e dois delineadores líquidos, além do luxuoso pó da foto. Dá até pena de usar, de tão lindo!

BB Cream Clinique Age defense SPF 30 

A Clinique também entrou na onda dos BB Creams, produtos que prometem ao mesmo tempo tratar a pele enquanto corrigem imperfeições. O produto tem fator 30, e vários ingredientes poderosos que disfarçam as linhas finas e protegem contra os agentes que provocam envelhecimento precoce. Sua cobertura é muito boa, deixando a pele luminosa, com aparência saudável e sequinha. Nós usamos e adoramos!

Os esmaltes Giovanna Antonelli

A atriz Giovanna Antonelli, que voltou a atuar na próxima novela das nove Salve Jorge, lançou uma coleção de esmaltes em parceria com a Speciallità, chamada de Gio Antonelli. Batizada de Emoções, possui 9 cores e está à venda por R$ 14,50 cada. Ela faz parte da linha premium da marca e cada unidade vem em uma caixa, como esmaltes de marcas top como Lancôme, Chanel e Deborah Lippmann.

15


Joias

Encanto

Colares Jolie: colares pontuados por malha regular que alternam delicadas pedras, ora na corrente, ora como pingentes. Em tamanhos variados, podem ser usados isoladamente ou em sobreposições.

Antonio Bernardo apresenta sugestões para você presentear neste Natal.

Colares e anéis Dolce: uma série de peças caracterizadas pela disposição das gemas em forma de flor. Composição harmônica de pedras, cores e tons.

Argola Slims II: versátil, esta argola em ouro tubular é suporte perfeito para os pingentes AB.

Brinco Paetê: longa corrente maleável intercalada a pequenos discos que provocam um suave movimento.

Onde: Rua Germano Wendhausen, 240 - Centro - Florianópolis - SC Fone: 48 3224 3713 16

Anel Hug: dois aros de ouro abraçam um diamante num encontro sutil.


Só existe uma coisa melhor do que dar um presente O Boticário no Natal.

O sorriso que você recebe de volta.

17


Capa

Andrea Druck uma mulher genuína Por Bruna Dutra

G

aúcha, mãe do Gabriel, do Diego Adil e da Adrianna, jornalista formada, especialista em Política Cultural, ex-bailarina, empresária, bilíngue. Impossível definir Andrea Druck numa frase. Mas uma coisa é certa, ela leva a vida da mesma forma que é: intensa. No final de 2006, Andrea se mudou para Florianópolis com os filhos para assumir um novo desafio, a função de diretora institucional da Habitasul, empresa responsável pelo planejamento de Jurerê Internacional, um dos bairros mais conceituados do Brasil. Sua principal atribuição é de ‘guardiã da estratégia’ e propulsora da evolução do conceito, assim definida pelo seu pai, Péricles Druck, presidente e fundador do Grupo. A empresária é um exemplo de determinação e comprometimento no que faz. Para ela, Jurerê Internacional vai muito além de um case de sucesso, é uma questão de cidadania e urbanidade. Andrea iniciou a faculdade de jornalismo aos 28 anos, já mãe. Em paralelo aos estudos, trabalhava como coreógrafa de dança contemporânea. Na época, sua coreografia “Vênus é um menino” recebeu o prêmio de melhor coreografia pelo Governo do Rio Grande do Sul, além de uma temporada em São Paulo e na França. “Essa foi uma das experiências mais marcantes da minha vida”, revela. É apaixonada por dança desde pequena. Aos 8 anos, entrou para a aula de balé. Aos 17, integrou a Terra Companhia de Dança, como bailarina e produtora. Visionária e proativa, ela conseguiu a façanha de colocar 15 mil pessoas nos três principais parques de Porto Alegre em domingos seguidos, o que acabou rendendo um ano de patrocínio para a companhia. Aos 20 anos, começou a fazer teatro. Pouco 18

tempo depois, casou com o diretor de teatro Dilmar Messias. Mais tarde, elaborou um projeto dentro da Secretaria de Estado da Cultura para profissionalizar a dança através de uma política pública para a educação. O resultado foi positivo e acabou recebendo uma bolsa de pós-graduação na França. Assim que concluiu a faculdade, passou um ano em Paris. Foi convidada a fazer doutorado no Canadá, mas os planos mudaram quando conheceu seu segundo marido, gaúcho também, em Paris. Aos 49 anos, quer se conhecer melhor, está mais exigente e concentrada no que faz. Ela define este momento como um ‘filtro quantitativo’. Divorciada, não tem namorado e nem pressa para um novo relacionamento. Ela afirma estar encantada com a autonomia, a liberdade e o envolvimento com o trabalho em Jurerê. E que seus filhos são a sua prioridade. Para ela, cada dia tem que valer. Motivada, seus dias começam com aulas de musculação ou yoga. Gosta de ler, caminhar na praia e recentemente descobriu, numa viagem que fez para Fernando de Noronha, o mergulho como uma de suas atividades preferidas. A experiência, o conhecimento teórico, o raciocínio rápido, a capacidade de argumentar e a percepção de vida fazem com que Andrea enxergue sempre a dimensão humana e cultural das situações. Para ela, tudo está muito interligado e o que mais a agrada é propor soluções, mudar a realidade para melhor, cuidar da felicidade das pessoas. “O mundo está cheio de oportunidades. O fundamental é fazer com paixão”, diz. Andrea confessa que nunca teve projetos objetivos para o futuro, as coisas foram acontecendo. Seu projeto é produzir diferente. E isso ela vem fazendo, de uma forma genuína.


19

Fotos: Rogerio Amendola


Moda Saída de praia Clube Bossa: João e Maria Chapéu amarelo: Julie Semijoias: Lelili Óculos: Ótica Rio Branco Maiô estampa de onça Clube Bossa: João e Maria Chapéu pink: Julie Semijoias: Lelili Óculos: Ótica Rio Branco

20


O Brasil é referência em moda praia. E Jurerê Internacional é zsinônimo mundial de verão. Unimos o útil ao agradável, com modelitos especiais, lindos, leves e soltos em um cenário internacional.

Mar, areia e praia.

Chegou o verão! Fotos: Rogerio Amendola Produção: Adriana Althoff

21


Biquíni vermelho Vix: Julie Chapéu branco: João e Maria Semijoias: Lelili Óculos: Ótica Rio Branco Sandália: Dior (acervo) Chapéu vermelho: Julie Biquíni listrado Vix: Julie Semijoias: Lelili Óculos: Ótica Rio Branco Sandália: Gucci (acervo)

22


Biquíni verde Clube Bossa: João e Maria Semijoias: Lelili Rasteirinha Dalai: Julie Biquíni branco Brigitte: João e Maria Semijoias: Lelili Rasteirinha Dalai: Julie Produtos O BOTICÁRIO:  Iluminador Golden Plus, Loção Hidratante Radiance Glow, Protetor Solar Golden Plus, Óleo Canela

23


Biquíni floral Adriana Degreas: Julie Bolsa de praia Água de Coco: João e Maria Chapéu: João e Maria Semijoias: Lelili Óculos: Ótica Rio Branco Sandália: Yves Saint Laurent (acervo)

24


Biquíni Adriana Degreas: Julie Saia de seda Adriana Degreas: Julie Chapéu: João e Maria Semijoias: Lelili Óculos: Ótica Rio Branco

25


Biquíni preto e necessaire Vix: Julie Semijoias: Lelili Óculos: Ótica Rio Branco Biquíni e vestido estampa Capadócia, da Água de Coco: João e Maria Semijoias: Lelili Óculos: Ótica Rio Branco

26


Biquíni e saída de praia longa azul Triya: João e Maria Chapéu azul: Julie Semijoias: Lelili Óculos: Ótica Rio Branco Biquíni e camisão Amir Slama: João e Maria Chapéu branco: João e Maria Semijoias: Lelili Óculos: Ótica Rio Branco

27


Vestido longo Adriana Degreas: Julie Colar: Água de Coco Óculos: Ótica Rio Branco Biquíni branco e saia Brigitte: João e Maria Semijoias: Lelili

28


Vestido listrado Vix: Julie Semijoias: Lelili Óculos: Ótica Rio Branco Sandália: Gucci (acervo)

FICHA TÉCNICA Fotografia e tratamento de imagem: Rogerio Amendola - www.roamendola.com Assistentes de fotografia: Daniel Oliveira e Bruno Hames Produção: Adriana Althoff Assistente de produção: Fábio Althoff Making Of: Marcos Rocca - My Movie Studio Agradecimentos: DN MODELS [Modelos: Alexandra Leite e Louise Marine] YOUNG HAIR [Hair e Make Up: Andrey Martins] Locação: Restaurante SIMPLE - Jurerê Internacional Participaram deste Editorial de Moda: João e Maria Avenida dos Búzios, 470, loja 7 Jurerê - Florianópolis - SC 48 3365 2060 Julie Open Shopping Jurerê Internacional Florianópolis - SC 48 3369 7115

Lelili Beiramar Shopping Centro - Florianópolis - SC 48 3333 0343 Ótica Rio Branco Avenida Rio Branco, 623  Centro - Florianópolis - SC 48 3224 1224

Assista o making of no site www.mymoviestudio.com.br

29


Etiqueta

Boas maneiras Por Thaiz Londero

O verão chegando, passeios ao mar são sempre bem-vindos, então, se for convidado a se deliciar com um belo passeio de barco, preste atenção nestas dicas:

• Respeite rigorosamente o horário combinado

para a saída, você corre o risco de deixar todo mundo esperando por você, ou pior: pode ser deixado pra trás. • Leve seus objetos de uso pessoal como toalha, creme, protetor solar, maiô. É muito feio ficar pedindo emprestado. • Leve sempre uma boa bebida, ou umas “delicinhas” para oferecer ao anfitrião e convidados. • Vista-se decentemente, nada de biquínis minúsculos ou roupas muito provocantes, principalmente se está saindo entre casais. • Dentro do barco NUNCA use saltos, é perigoso e deselegante, pois precisa de uma dose extra de equilíbrio e pior que tudo: estraga o piso da embarcação. • Você até pode chegar na marina de saltos, mas assim que entrar, troque por sandálias ou um chinelinho charmoso. • Se houver parada para o almoço em algum restaurante, pague sua conta, não pense que porque foi convidado tudo é por conta do dono da lancha. Melhor ainda: ofereça-se para pagar a conta pra ele, como sinal de agradecimento pelo convite. 30

Para quem convida:

• Avise sempre com dois ou três dias de ante-

cedência, para que seus convidados possam se organizar. • Nunca convide mais pessoas do que seu barco pode suportar. • Jamais peça para dividir o combustível. • Procure convidar pessoas que se gostam, para evitar uma saia justa num espaço tão restrito. • Se convidar pessoas que ainda não se conhecem, faça as apresentações colocando a profissão ou hobby para que possam dali em diante engatar um bate-papo. • Deixe seus convidados bem à vontade, mostrando onde podem se trocar, ou descansar. • “Sinta” o clima de seus convidados, observando se já estão cansados ou demonstrando vontade de retornar. Curtir um belo dia com boas companhias, regado à boa educação, torna qualquer passeio perfeito.


31


De(z)

Mais!

Karla Silva

Óculos: eu amo. Já me propuseram tudo por ele. Não dou, não troco, não vendo!

Sapato com detalhe de plástico: é o sapato que mais amo, no momento.

Celular: não vivo sem.

32

Fotos: Rogerio Amendola

Karla Silva é formada em Administração de Empresas pela UFSC, estudou ainda Design de Interiores e Decoração. Possui escritório de arquitetura e design de interiores, em Floripa, e é sócia de sua irmã, Dani Silva, em outro escritório no Rio de Janeiro. Chique e elegante, Karla, que adora moda, ainda se dedica a duas butiques multimarcas. Confira os mimos selecionados por ela.


CD do Tom Jobim e Frank Sinatra: sou louca por eles.

Quadro das sapatilhas: uma forma de eternizar minhas lembranças do ballet clássico que pratiquei por anos.

Pedra ametista: meu amuleto.

Sobrinhos, minhas paixões, cujas saudades eu mato através de fotos. Rímel. Nenhuma mulher deveria sair de casa sem.

Bolsa Chanel. A primeira Chanel a gente nunca esquece.

Fone de ouvido para falar no celular e poder fazer dez coisas ao mesmo tempo, entre elas dirigir. 33


Yes,

Por Thaiana Pasin

Para cada tipo de noiva O

I do!

dia do casamento é um dos dias mais importantes na vida de uma mulher – se não for o mais. Para aquelas noivas que sonham entrar na igreja de véu e grinalda, ter um lindo buquê é extremamente importante, e não apenas um detalhe, como muitos homens pensam. O buquê deve combinar não só com a noiva, mas principalmente com o vestido e o seu penteado no grande dia. Sem deixar de sintonizar com o estilo de cerimônia. Dentre a infinidade de flores existentes, fica difícil escolher qual ou quais são as ideais para compor o buquê para o casamento. Apesar da Rosa ainda ser a mais pedida entre as noivas, hoje em dia há uma grande abertura para a diversidade. Assim, ter um buquê com “a cara” da noiva é uma possibilidade bem mais próxima. Para mostrar um pouco da vasta gama de possibilidades, a florista Kelly Silveira, da Flora Betel, denominou 4 tipos principais de buquê: Natural: este tipo de buquê geralmente é feito para festas que lembram a natureza, inspiradas no campo ou na praia. Com a predominância do rústico, colorido, madeiras, plantas, ausência de brilhos, ou seja, o mais descontraído possível. Sofisticado: este tipo de buquê geralmente é feito para festas poderosas, com muito brilho, detalhes, espelhos, cores, ouro e prata, enfim, uma festa moderna e ousada. Clean: este tipo de buquê geralmente é feito para festas sem excessos, com cores clássicas, como o branco, preto ou cinza, com poucos detalhes e muitos vidros. Romântico: este tipo de buquê geralmente é feito para festas mais românticas, com arranjos de flores pequenos, tons pastéis e cristais.

34


35


Perfil

A grande dama da

moda Por Maristela Amorim

A

titude é fundamental para se sobressair. E isso Ângela Filomeno tem de sobra até hoje. A mulher que resolveu pegar carona na revolução de comportamentos que vinha sendo assimilada no Brasil lá pelo início dos anos 1970, mexeu com o jeito de vestir de uma geração descolada, sedenta por novidades, mudanças, transgressões, que despertava para o surfe e queria viver a vida intensamente. A juventude daquela época - envolta na nebulosa fase da ditadura no país - estava em busca de liberdade. E de um modelo de vestir. Inclusive deixando de lado aquele figurino careta dos pais para usar roupas coloridas, alegres, floridas, largas, confortáveis, que permitiam qualquer movimento, e que fossem o espelho da felicidade que procuravam. Ângela Filomeno - filha de costureira - se postou como a porta-voz dessas garotas e de garotos também que já amavam o rock’n roll. Numa primeira viagem ao Rio de Janeiro, de férias, descobriu coisas incríveis. Seu olhar atento ao novo garimpou roupas e acessórios muito diferentes do que se via em Florianópolis. E cada uma das peças que usava acabava sendo vendida por quem via, gostava e queria também. Foi assim que começou a história da moda em Florianópolis. Se era para ousar, que tivesse endereço certo. Ângela inaugurou a Lanamodinha, uma loja que funcionou de 1974 a 1993 no

36

Centro da cidade. Ali era um lugar de encontro, de novidades, de produção de desfiles que faziam sucesso, porque, além das composições muito modernas para aquela época, eram ainda apresentadas pelos filhos das famílias mais importantes. Assim, descobre talentos, provoca, choca até, com transparências, decotes ousados, bainhas bem curtas e desfiles que eram mesmo um show - com passos coreografados e tudo! A Lanamodinha fechou quando Ângela não via mais razão para a continuidade. A cidade cresceu, os shoppings chegaram, os conceitos mudaram. “A gente só queria viver da forma mais moderna possível. Estávamos à frente do nosso tempo e sabíamos disso. Não era dinheiro que nos movia, mas atitude e envolvimento cultural”, comenta a exproprietária da loja que fez história. Hoje ela não quer mais saber disso. Mantém o mesmo estilo de vida, sempre com aquele olhar voltado para o novo e o diferente. Mas agora prefere o sossego da Guarda do Embaú, um paraíso no litoral sul de Santa Catarina, onde tem casa e passa a maior parte dos seus dias de pé descalço, caminhando na praia, curtindo a casa que decora com objetos garimpados do mesmo jeito que fazia com as coleções de moda. Ou os costura, ela mesma. Afinal, dessa herança da mãe, ela nunca abriu mão.


Imagem: Rogerio Amendola

Ângela Filomeno transgrediu e fez sucesso trazendo para Florianópolis as roupas mais modernas que a cidade já desfilou

37


38


As luzes de fim de ano F

Comporta-

mento

Por Juliana Belli Vieira

amília e amigos reunidos, a casa repleta de presentes, enfeites coloridos, árvore iluminada, mesa farta. Independentemente de religião, as tradições do natal e ano novo sobrevivem e atravessam gerações, nos transportando para um mundo permeado por muitas emoções. Mobilizamo-nos para esta data das mais diversas formas. Uns sentem saudade de um tempo que passou, outros lamentam nunca terem vivido momentos felizes nesta época. Alguns simplesmente sentem-se gratos e felizes pelo que têm hoje. Outros, esperançosos de algumas realizações para o próximo ano. Há aqueles que se angustiam diante do término do ano, como se estivessem vivendo um grande domingo à noite. E o dia primeiro não é mesmo oficialmente o dia da ressaca? Têm também aqueles que se sentem aliviados de que um ano difícil terminou. A verdade é que tais festividades - por tantos compartilhadas - possuem significados tão distintos que não existe um valor universal sobre elas. Talvez a única coisa que se possa afirmar é que não se pode ficar indiferente a esses eventos. O fim de ano parece sensibilizar a todos. Nada melhor para aproximar as pessoas. De uma forma ou de outra, todos se contagiam com esse clima mágico que remete aos tempos de infância. É tempo de reflexão e muitos planos. Fechamento de um ciclo, preparativos para o próximo.

Fazer um balanço anual, festejar aquelas realizações, rever alguns erros cometidos, planejar o ano que virá. Tenta-se compensar certas faltas, e cada um sabe onde falhou. Tem-se o costume de promover reuniões, de chamar o pessoal do trabalho para confraternizar, receber os amigos em casa, fazer um almoço com a família, ligar para quem está distante, de alguma forma dando o recado: você é muito importante! Pode-se escrever cartões que digam o que não é dito com frequência. Ou comprar um presente lindo para ver a alegria nos olhos de quem tanto se quer bem. Praticar caridade, numa instituição, no próprio bairro, ou com quem está bem próximo de cada um. A importância dessas datas é propiciar que se pare um pouco a rotina e a roda-viva para dar atenção ao que realmente importa na vida. E não seria maravilhoso percorrer o ano todo com essa consciência e essas ações? Que todos os meses fossem alegres, esperançosos e mais humanos. Que fôssemos sempre mais unidos, mais presentes. Que existissem mais momentos de reflexão e de atitudes generosas, de olhar para o outro, de encarar a vida sob novas perspectivas. Que não se precise esperar até o fim do ano para termos esta clareza de prioridades, que deveria guiar todos os dias de nossa existência.

Juliana Belli Vieira é psicóloga (CRP 12/8057). psicologajulianabelli@gmail.com

39


Comporta-

mento

Carecas unidos! Por Michelle Dias

D

ividir as agruras da perda precoce de cabelos e promover debates sobre prevenção, tratamentos e até mesmo se divertir com a calvície, foram as ideias de três amigos que já sofreram bastante por conta deste mal que atinge cerca de dois bilhões de homens no mundo. Marcus Vinicius da Costa, Luiz Cláudio de Almeida e Nelson Armando perceberam a necessidade das pessoas que têm problemas de queda de cabelo a encontrar informações e diversão num mesmo local. Assim, surgiu o www. clubedoscarecas.com.br Segundo Marcus, os carecas estavam meio desamparados pela rede. Como ele, muitos eram inconformados com a condição e precisavam de ajuda. “Sempre fui vaidoso e tímido e, para completar, meu pai não é careca, não é genético, fui pego de surpresa. Eu cortava meus longos cabelos com minha irmã e, uma vez, ao pegar a tesoura, ela falou: ‘nossa Marcus, toma cuidado, você tá ficando careca’. Isso me deixou gelado, eu ficava me olhando no espelho a toda hora, e cada fio que caía no caderno da faculdade fazia um barulho ensurdecedor, que só um careca consegue ouvir”, relata Marcos aos risos. Marcus, que já foi apelidado de “Bozo” e “Lâmpada”, afirma que o site é uma forma de ajudar as pessoas a passarem por essa situação, munidas de apoio. “Procuramos auxiliar na troca de informações sobre prevenção, quando é o caso; correção do problema, e até um jeito de se assumir e se tornar um careca feliz. Temos auxílio de médicos, psicólogos, desenhistas e de todos os que mandam suas opiniões e histórias. Temos também alguns patrocinadores”. No Clube dos Carecas o público pode encontrar piadas, histórias inusitadas e opiniões femininas. É um lugar para congregar também os que são carecas por opção ou sentem indiferença quanto à falta dos cabelos. São mais de 15.000 sócios espalhados pelo Brasil e exterior. Alguns famosos, como Odilon Wagner, Fernando Scherer, Derico (Jô Soares), Montanaro (ex-Seleção Brasileira de Vôlei) e Tandy fazem parte do time. “Qualquer um

40

que queira contribuir com nosso trabalho, pode se associar ou até mesmo presentear um careca querido. Basta adquirir nosso ‘kit careca’, com camiseta e aparelho especial para raspar o cabelo, encontrado no site”, explica Marcus.

Agruras e curiosidades A calvície tem muitas causas. Em mais de 95% dos casos, a perda de cabelo se deve a fatores genéticos e hormonais. Algumas pessoas estão geneticamente predispostas à perda de cabelo quando expostas a um subproduto da testosterona chamado dihidrotestosterona (DHT). A DHT é fabricada tanto pelo organismo do homem como pelo da mulher. Comprovou-se que este hormônio é o responsável pela diminuição progressiva dos folículos capilares. Para disfarçar a falta de cabelos, todo careca já usou de algum artifício. “Eu sempre fui um atleta e não tirava o boné da cabeça, cheguei a deixar o cabelo de trás crescer só para simular uma franja na frente do boné. Era hilário. O boné era meu melhor amigo. Quando o usava me sentia normal. Cheguei a mergulhar no mar com ele, entre outras coisas mais íntimas”, conta Marcus, divertindo-se. Hoje, com a calvície assumida, Marcus aceita até mesmo os desenhos das filhas na sua “lousa” natural e garante que uma das coisas mais incômodas para os detentores dos “aeroportos de mosquitos” são as pessoas que conversam e, ao invés de olharem nos olhos, olham para os cabelos ralos ou para a total falta deles. Uma das dicas mais importantes, conforme ele, é procurar um dermatologista assim que sentir o início da queda. Os avanços da medicina ajudam a prevenir e até mesmo recuperar os fios. Medicamentos, colagem capilar, melhoria da técnica de transplantes e terapia genética estão entre as saídas. E, quando a solução for assumir a falta de cabelos, a dica é optar por ser diferente e se divertir com isso.


Marcus Vinicius da Costa, um dos fundadores do Clube dos Carecas

Preferências femininas Segundo pesquisa feita pelo clube, existem dois tipos de carecas. Eles descobriram a preferência das mulheres em relação a cada tipo:

22+68+10 4+54+42

Careca clássico, com laterais tipo Simpson, Falcão (ex-seleção brasileira de futebol), Odilon Wagner:

10% Odeiam

Careca raspados tipo Vin Diesel, Fernando Scherer, Kelly Slater:

4%

22% Adoram

68%

Não se importam, dizem que o homem é feito de um todo

Odeiam

42% Adoram

54%

Não se importam, dizem que o homem é feito de um todo

41


Finanças

Welcome to Miami Ter um imóvel em Miami é mais fácil do que se imagina Por Annalisa Blando Dal Zotto

O

mundo dá voltas e nos leva ao inimaginável. Os preços dos imóveis no Brasil dispararam nos últimos anos de forma que em alguns bairros atualmente somente alguns milionários felizardos podem comprar. Enquanto isso, em muitos dos lugares mais desejados dos EUA, que ainda estão na ressaca depois do estouro da bolha dos imóveis em 2008, compram-se imóveis por muito menos do que no Brasil. Segundo a revista Exame, nos charmosos bairros do Rio de Janeiro, Leblon e Ipanema, o m2 está em torno de R$ 17,5 mil, na Gávea e Lagoa está por R$ 14 mil, um preço semelhante aos valores de Jurerê Internacional, na nossa querida Floripa. Enquanto isso, em Miami Beach você encontra casas e apartamentos em locais badalados e descolados por muito, mas muito menos do que isso. É possível encontrar opções até 80% a menos. Isso faz sentido? Além do preço, a liquidez, a organização, a transparência e as taxas de juros para financiamento também são surpreendentemente diferentes. Por aqui, se você quiser vender uma casa pelo preço de mercado na bela Jurerê Internacional, pode levar até 3 anos, já em Miami Beach bastam alguns meses. Outra diferença gigante fica por conta das facilidades de se contratar financiamentos: aqui é necessário comprovar renda e, mesmo 42

com a redução histórica das taxas de juros, elas ficam em torno de 12% ao ano. Enquanto isso, por lá, é fácil conseguir taxas anuais em torno de 4,5% ao ano. Miami Beach oferece ainda segurança, que por aqui deixa muito a desejar, sem falar no lazer e shopping a custos menores do que os nossos. Não pretendo aqui discutir onde é melhor ou pior de se morar, pois isso vai do gosto à cultura de cada um. Eu mesma sou apaixonada por Jurerê e pelo Rio de Janeiro, mas convenhamos que Miami é uma delícia também. A questão é uma análise fria de dados e vamos combinar que esta conta não fecha e não faz sentido, certo? O que nos leva a concluir, entre outros aspectos, que de fato a moeda americana está depreciada e que os imóveis estão baratos por lá e caros por aqui. Se considerarmos ainda que a economia americana dá sinais de recuperação da crise que enfrenta desde 2008, não dá para negar que comprar imóveis na Flórida pode ser um bom investimento, especialmente para quem gosta de manter seu patrimônio protegido. Annalisa Blando Dal Zotto, CFP®, é planejadora financeira pessoal certificada pelo IBCPF e sócia fundadora da Par+ Planejamento Financeiro - www.parmais.com.br


Authorized Reseller

43


Porcelanato linha Ecollection - Araucรกria Clara

44


página um

Casa com seu bom gosto. Revestimentos cerâmicos, louças e metais sanitários, pisos laminados, banheiras e spas, fechaduras, cubas inox, fornos, coifas e cooktops.

F L O R I A N Ó P O L I S

Av. Madre Benvenuta, 690 - Sta. Mônica - Ao lado do Iguatemi - (48) 2108-2300 - www.portobelloshop.com.br 45


Perfil SaĂşde

Fotos e fusĂŁo digital: Rogerio Amendola

46

tintas

Mestre das


R

odrigo da Gama d’ Eça Tertschitsch, conhecido como Digo Tertschitsch, no meio artístico, tem temperamento forte, impulsivo, teimoso e durão, mas também um coração amoroso que acolhe seus verdadeiros amigos com muito afeto. Nos últimos anos, tem se destacado pelo amadurecimento de sua técnica. Retratar objetos do cotidiano e transformá-los em obra de arte é a sua marca registrada. Nada passa despercebido aos olhos sensíveis de Digo. Nascido em Florianópolis, em fevereiro de 1963, o autodidata Digo é um artista nato. Aos quatro anos de idade já dava as primeiras pinceladas em meio a brinquedos e travessuras. Segundo seus familiares, esta era a única atividade que o mantinha longe de braços quebrados e curativos. Seus primeiros desenhos foram em pastel oleoso, o que facilitou sua escolha pela pintura a óleo. Com estilo realista, o artista optou pelo academicismo ao retratar objetos e rostos. Suas obras são admiradas pela transparência e fidelidade dos traços, principalmente quando trabalha com retratos. “Sempre gostei de pintar a expressão em rostos mais marcados, de pessoas mais velhas. É como se estivesse escrevendo uma biografia”, declara Digo. Pintar rostos de quem já conhece é, segundo Digo, mais fácil para captar a expressão. Os olhos são sempre o ponto de partida. “Enquanto

não acertar os olhos, não tem como continuar ”, revela. Há quem diga que os retratos produzidos pelo artista exprimem a alma de seus modelos. No Chile participou da exposição “Ojo Latino”, que no ano de 2009 correu a Itália. Participou também do “Arte Solidária”, projeto que correrá o mundo com exposições em 40 embaixadas, onde várias celebridades participarão de um leilão virtual no qual a renda será destinada para o Programa das Nações Unidas (PNUD). No Brasil, seus quadros estão espalhados por vários estados. Digo sempre se dedicou à arte, embora tenha passado alguns períodos sem fazer exposições. Quando ele não está produzindo, está observando. “Às vezes canso de tudo, tenho vontade de jogar todos os pincéis fora. Geralmente faço isso no final de cada ano”. Nas fases em que se acha muito repetitivo, sente angústia e tem vontade de inovar. “É bom dar uma parada, reavaliar e começar novamente”. Uma das maiores preocupações do autodidata é a falta de informação e conhecimento das pessoas sobre arte. De acordo com o artista, é necessário ordenar objetos e ações dentro de um conceito de plasticidade, daquilo que nos parece belo, organizado e funcional. Este conceito foi desenvolvido desde pequeno, através da convivência e observação do pai, Boris Tertschitsch, engenheiro e arquiteto pioneiro em Florianópolis.

Por Michelle Dias

Digo Tertschitsch, um artista daqui que faz sucesso em todo o mundo 47


O apego por suas pinturas o leva, algumas vezes, a sentir vontade de trazer de volta os quadros que já foram comprados. “Sou saudosista e apegado. Quero meus quadros de volta para mim”, declara sorrindo o artista que dorme cedo e acorda de madrugada, para apreciar o nascer do sol e pedalar antes que os demais mortais saiam de casa. Reconhecido em todo o Brasil e no exterior, Digo Tertschitsch tem quadros expostos em Nova York (EUA), Lisboa (Portugal), Buenos Aires (Argentina), Belize (Caribe), França e Miami (EUA), todos em acervo particular. Este ano, Digo dedicou-se a novas experiências. Como muralista, pintou a parede do Departamento de Administração Escolar (DAE/UFSC). Em janeiro, fez uma parceria com a artista plástica argentina Patrícia Di Loreto, e criaram o grupo chamado “Cupins de parede”, onde pretendem deixar sua marca, cada um com seu estilo, em várias paredes do Mercosul. Também este ano, Digo foi convidado para expor em Buenos Aires, na Faculdade de Direito, com o projeto “Três almas e uma mesma Luz”. Na Itália, o artista participou da Arte Expo Arezzo, uma das maiores feiras de arte da Europa. Também foi convidado a fazer parte da Confederação Brasileira de Letras e Artes (CONBLA), onde recebeu medalha de Acadêmico. No mês de outubro, um de seus mais belos quadros, em que retrata equipamentos de natação da marca HammerHead, permaneceu na sede da empresa, em Hong Kong. Digo conta com o apoio da esposa, Rejane Varela, na organização, contatos e vendas de suas obras. Em 2011, Rejane escreveu o livro intitulado “Do Começo ao Início”, uma das mais completas biografias ilustradas com as obras de Digo.

48


Meu Amor Tem Nome

Concessionária Exclusiva:

SC

SC/RS

Caminhos Iluminados

Ave Maria

Classic

Sob Sol da Toscana

Trilogy

Porto Alegre - Iguatemi • Moinhos • Barra • Bourbon Wallig Florianópolis - Iguatemi

www.dvie.com.br 49


Velocidade

Fly Board: voo sobre as águas

Foto: Divulgação

O Fly Board, um equipamento que possibilita voar sobre as águas, invenção francesa do piloto de competição Frank Zapata, acopla uma prancha parecida com a de um wakeboard à turbina de um jet. A água é transmitida por uma mangueira de 10 metros e libera um jato que impulsiona a prancha aos ares. O Fly Board chega ao Brasil como um brinquedo de luxo, ao preço de R$ 30 mil. O equipamento permite fazer manobras e chega até 10 metros de altura. O acessório, sem motor nem controle, é impulsionado e controlado apenas por um jet.

50

Sua utilização não requer uma grande área, pois ele foi projetado para a realização de manobras em um pequeno espaço, que tenha profundidade mínima de um metro e meio. A utilização do aparelho é bem simples. O controle de direção é feito com os pés, já o controle de aceleração é usado pelo instrutor diretamente no jet. O acelerador fica em um suporte de mão e é acionado com o dedo indicador, como nos jets. Além do jato de água que sai da prancha, existe também um jato que sai do suporte de mão para auxiliar no equilíbrio.


Saúde

Perigo! N

ão raro as manchetes dos noticiários denunciam casos escandalosos e até trágicos envolvendo a cirurgia plástica. Também nada incomum é descobrir, após uma investigação, mesmo que superficial, a falta de qualificação técnica de quem realizou a operação. No Brasil, a situação se agrava porque as brechas que perfuram a legislação se tornam um amparo jurídico para permitir a invasão de profissionais de outras áreas no exercício desta especialidade. E se já não bastasse a falta de formação médica apropriada, a ausência de rigor na fiscalização dos serviços de saúde favorece o aparecimento de mais um elemento nos roteiros policialescos: o falso médico. O assunto voltou ao debate nacional com a entrevista do presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), José Horácio Aboudib, à revista “IstoÉ”, publicada na edição n° 2226, no dia 6 de julho. O médico dá declarações contundentes sobre os procedimentos dos maus profissionais, a forma que considera fraudulenta para a obtenção de títulos de especialista e as consequências da desinformação para os pacientes. Segundo ele, um levantamento feito pelo Conselho Regional de Medicina de São Paulo (Cremesp) entre 2001 e 2008 revelou que 2,1%

Profissionais sem qualificação no exercício da cirurgia plástica dos processos relacionados à cirurgia plástica envolviam profissionais realmente especializados. Os outros quase 98% eram contra médicos de outras áreas. Uma pesquisa realizada em Santa Catarina, aproximadamente na mesma época, demonstrou que os números eram semelhantes entre as ações que corriam na Justiça. De acordo com o presidente da seccional estadual da entidade, Zulmar Accioli, “isto existe em todo lugar, principalmente nas cidades maiores, onde há mais dinheiro”. Em geral, profissionais sem a especialização necessária propõem valores mais atraentes, reinvenções tidas como novidades e soluções milagrosas. A recomendação é sempre a mesma: consultar a SBCP para conferir se o médico é um especialista habilitado. Accioli ainda orienta que “basta se precaver e não consultar alguém assim. Mas, se o paciente quiser denunciar um falso cirurgião plástico, ele pode simplesmente telefonar para o Conselho Regional de Medicina (CRM)”. A mesma providência deve ser tomada em casos de cirurgias já realizadas e que tenham gerado complicações passíveis de averiguação. A acusação também pode ser encaminhada à polícia e ao Ministério Público. 51


COMING SOON ON THE BEACH

RESERVE SEU LUGAR.

Av. dos Salmões, 1232 Jurerê Internacional Florianópolis Santa Catarina Brasil

52

| INFORMAÇÕES E RESERVAS DE MESAS | +55 (48) 3369-6461 - contato@simpleonthebeach.com.br


Tudo que você precisa saber sobre filtro solar

Dermato-

logia

Por Mariana Barbato

O

sol, além de causar câncer de pele, é o responsável pelo surgimento de manchas e envelhecimento precoce. Todos os tipos de pele necessitam de proteção. As peles mais escuras são mais resistentes, mas não estão livres dos prejuízos causados pelo sol. Na hora de escolher o filtro solar, deve-se estar atento ao FPS (fator de proteção solar ultravioleta B) e à proteção ultravioleta A que deve estar indicada no rótulo. O FPS deve ser no mínimo 30. A textura e o veículo do produto também devem ser considerados: para peles oleosas, pode-se usar filtros em loção sem óleo ou gel; e para hidratação de uma pele seca é preferível o creme. A proteção deve ser diária e o ideal é que o filtro seja reaplicado de 3 em 3 horas, mesmo nos pacientes que trabalham em ambientes fechados, já que mesmo a luz artificial pode prejudicar a pele. A quantidade de filtro solar aplicado na pele deve ser generosa, pois se a camada aplicada for muito fina, não se obtém a proteção prometida. Uma dúvida comum é sobre a diferença entre um bloqueador e um protetor solar. Não existe bloqueador solar, o termo é utilizado para

Com a proximidade do verão, aumentam as dúvidas quanto à escolha do fotoprotetor e o modo de aplicação correta do produto protetores com alto FPS, mas na verdade nenhum produto deveria ser chamado de ‘bloqueador’, pois não tem a capacidade de bloquear, mas sim de filtrar os raios solares. Peelings e lasers deixam a pele fininha e sensível, com facilidade para manchar, logo o filtro é essencial. Para o pós-procedimento preferimos filtros com FPS alto (acima de 30) e que não irritem a pele (protetor para pele sensível). Na correria do dia a dia, cremes que associam efeito anti-idade, efeito tensor e proteção solar são mais práticos (várias funções em um só produto). Mas é importante ressaltar que o melhor filtro solar é o puro, isto é, o que não associa outras funções. Este é o filtro que contém uma alta proteção UVB e uma boa proteção UVA. Para pacientes muito claros e com manchas, existe a possibilidade de associar uma proteção em cápsula - o polipodium leucotomos, que auxilia, mas não substitui o creme. Se você quer segurança e saúde para a pele, mas não resiste ao bronzeado, o autobronzeador é um creme capaz de pigmentar a pele, graças a uma reação que ocorre do produto em contato com a epiderme. Os dermatologistas aprovam.

Sugestões:

• Pele oleosa - filtro em gel, loção oil free, gel/creme, espuma

• Pele seca - creme • Pele normal a oleosa - fluido, serum • Crianças - filtros infantis (cremes bem grossos e com FPS alto)

• Para homens com pelos - spray • Para quem não dispensa a maquiagem protetores com pigmento

53


Pets

Natal legal pra cachorro! por Ana Corina

M

ais um fim de ano chegando e os peludos não ficarão de fora das comemorações! Boas festas! E se inspirem nas nossas dicas para arrasar nos presentes. as são

Luxocar em casa ou passefear,rêcnocleiaircom um bom

Fotos: Divulgação

Para fi marca s, de pre família. A ecessária sempre n dados da s já ganhou , o s li m o o c p dor e Florianó d i identifica u q para seu a , s é e, que s e seguro o d n li forto e s Dog Chiqu lo r com con tem mode e passea .dogto o Brasil e w li w e d w o e m it s ar no 59,80 no $ R cão arras e d ir a. A part seguranç m.br o .c e u chiq

Vale-Castração AMAR

A ONG Amigos dos Animais de Rua (amigosdosanimaisderua. com.br), mais conhecida como AMAR Bichos, vende valescastração para qualquer pessoa. Você pode comprar para castrar seu peludo, para dar de presente para amigos ou para ajudar protetoras a castrar animais retirados das ruas. R$ 50,00 gatos, de R$ 70,00 a R$ 90,00 cães.

o! oPetm™ a do passad Therm bum é cois u se bu do no ra ro tu et

Let’s R

ock!

Fã de R o cachor ck? A moda p rinho (o e u cach t da DogPop perfeit d orrão) o para lindo e eixará seu facilita passeio dive r su s pentea ! Camiseta m as paqueras rtido, da 100 a % algo nga curta Do nos Taman dão, es gPop, m ho tampa site ww s de P a GG. em silk alha De w.dogp . op.com R$ 29,00 a R$ 31,9 .br 0 no

Termôm a tempera pode medir ando Agora você ndo, encost gu se as um como cão em apen em áreas do animal, ia que et™ ór oP m em er m i Th o vido. Possu ou e opção de a a nh m ui te , barrig 32 leituras as guas: m ti lín úl guarda as ida em três a de ratura med em st pe si m te m a te r fala Francês, e e ar as l iz ho om an on sp ec Inglês, E ático para m m.br to co au o. to ca www.bit desligamen 5,90, no site 23 $ R . as bateri

rto pDog são lindas, inclusaivcheoprrainraho Cãofoo c fadas Po ne e er) ter um

As alm e silico nem qu pode (ou m fibras d to com a himento e quem não ta c n n o e c r re p Com odem faze 45 cm. R$ 54,90 em casa. clientes p x s 5 o 4 , : s o a h ic n antialérg res. Tama riar as co lup.com n a marca e va .t g o d w.pop no site ww

Para mais informações, acesse: www.maedecachorro.com.br 54


55


56


57


Bem

Estar

V

Roteiro apaixonante

ocê acorda quentinho, observando uma deslumbrante paisagem invernal que se ergue majestosa do lado de fora da imensa janela do quarto. Ao caminhar até o banheiro, acha debaixo da porta um simpático cartão de bom dia contendo a previsão do tempo. Lembra-se que antes de dormir foi saudado com chá e chocolate, para depois entregar-se a um sono digno da realeza em lençóis e edredons cheirosos e de incontáveis fiações. O carinho com o hóspede da Estalagem St. Hubertus é tão inebriante e inesquecível quanto a essência de patchouli, que perfuma seus elegantes corredores e quartos. Classificado na categoria “topázio imperial” dos Roteiros de Charme - uma das seleções mais exclusivas de hotéis e pousadas do Brasil - e presente no Guia Internacional de Hotéis de Luxo da Condé Nast Johansens, a Estalagem St. Hubertus nos enche de nostalgia, não só por sua decoração requintada, mas por oferecer um tratamento rico e personalizado - cada vez mais raro no ramo hoteleiro. Um atencioso exemplo disso é cobertura da Unimed, legada aos hóspedes no momento em que se faz o check in, quando também se recebem dicas culturais, turísticas e

gastronômicas. Não existe maneira mais luxuosa e tradicional de se hospedar em Gramado. Aqui, o café da manhã é servido quase que às margens do Lago Negro - ponto turístico bastante famoso, onde os pedalinhos em forma de cisnes circulam o dia todo. Aos casais que estiverem de passagem pela capital brasileira do chocolate, do vinho, do cinema e do fondue, este é o lugar para se aproveitar com estilo a atmosfera aconchegante de uma cidade que se especializou em charme e romance. Serviço: Estalagem St. Hubertus Rua Carrieri, 974 - Gramado, Rio Grande do Sul 54 3286 1273 - www.sthubertus.com O hotel: Calefação, ar condicionado, frigobar, telefone, TV (Sky HDTV), cofre, cama boxspring, banheira e secador de cabelos. Suíte Real, Apartamento dos Príncipes, Apartamento do Cardeal e Superluxo com banheira de hidromassagem, TV 42”, CD e DVD Player. Salas de lareira, do café da manhã, de TV e cartas, de bilhar, de leitura, de reunião, de massagem, webspace, jardim da piscina e deck com vista para o lago. Agradecimentos especiais: Simone Sala e Mariela Schilieper.

A Estalagem St. Hubertus, em Gramado, convida ao romance e belas memórias

58


Café da manhã em frente ao Lago Negro. Abaixo: piscina aquecida e lareira

Suíte real, aromatizada com lavanda britânica e reservada a hóspedes que apreciam o luxo em sua verdadeira forma

59


Turismo

Nacional

Jericoacoara | Ceará

Visual incrível J

ericoacoara já foi citada em inúmeras publicações como uma das praias mais belas do planeta. Em 1987, foi considerada uma das dez praias mais bonitas do mundo pelo jornal The Washington Post. É um dos poucos lugares no Brasil onde é possível assistir ao nascer e ao pôr do sol no oceano, devido à sua localização peninsular. A praia paradisíaca fica dentro de um Parque Nacional, localizado a 300 km de Fortaleza. Jeri, como é carinhosamente conhecida, ainda preserva sua natureza intocada e todos os cenários são espetaculares. A cidade ficou famosa pela extensão da praia e por ser cercada por dunas e lagoas de água doce, cujas margens estão sempre lotadas de turistas do mundo todo. As restrições na construção civil e leis de proteção ambiental estão fazendo a cidade crescer de forma sustentável. As ruas ainda são cobertas de areia e tudo é bem descontraído e natural. Imagine que a energia elétrica se restringe a uma rede subterrânea, que abastece toda a vila. Não há postes interferindo no visual das ruas, o que predomina é a luz da lua e das estrelas. Na cidade não há grandes hotéis, apenas pequenas 60

pousadas com clima acolhedor e aconchegante. Mesmo simples, são charmosas e estruturadas, mas sem extravagâncias, e aproximam os visitantes da natureza. O acesso à vila é limitado pelas dunas e precisa ser feito por um veículo adequado. As empresas de turismo que realizam o transporte até a cidade utilizam ônibus comuns de Fortaleza até Jijoca, onde a estrada mais próxima termina, e então um veículo de grande porte com tração nas quatro rodas leva os visitantes até a praia. É tudo muito rústico, porém a aventura vale a pena, já que o visual é incrível. Há praias de enseada e mar calmo, e também de mar aberto e ondas grandes, quase propícias ao surfe, e também praias rochosas. A Pedra Furada, uma das maiores atrações da vila, tem cerca de cinco metros de altura, com um grande buraco esculpido pela ação da natureza. No mês de julho, é possível assistir ao pôr do sol através do buraco da pedra. Jericoacoara é o local ideal para quem busca férias em liberdade e contato com a natureza. Lá a vida é simples, mas o cenário e as paisagens paradisíacas compensam todo esforço.


Fotos: Divulgação

Fotos: Acervo

Fonte: LEVIP TOUR Fone: 48 3223 8666 www.leviptour.com.br

61


Turismo

al

Internacion

G

Cenário alpino

staad é um vilarejo com cerca de 3000 habitantes localizado a mais de 1050 metros acima do nível do mar, no interior do Cantão de Berna, no sudoeste da Suíça. É uma das mais famosas, luxuosas e exclusivas estações de esqui do mundo. Os visitantes do vilarejo podem conferir diversas atrações, como patinação no gelo, jogos de curling e squash, passeios de trenó ou a pé. A típica estação alpina também é conhecida pelos famosos torneios de tênis e golfe. Há uma intensa programação para relaxar na maioria dos hotéis luxuosos, com saunas, massagens especiais e piscinas aquecidas. A vila oferece desde chalés tradicionais a hotéis confortáveis e exclusivos, sendo três deles com cinco estrelas e cinco dos quais com classificação de quatro estrelas. A construção de prédios em Gstaad é

62

Gstaad | Suíça

proibida, por isso a maioria das casas possui o tamanho e as peculiaridades de um chalé, o que torna a cidade ainda mais charmosa e requintada. As florestas, ribeiras e os grandes lagos próximos às montanhas formam um cenário imponente e paradisíaco. Mesmo sendo uma das mais famosas estações de esqui do mundo, há atrações o ano todo. Gstaad é uma das três principais zonas de esqui da Suíça, e uma das grandes atrações são as pistas de tobogãs que divertem toda a família. Nos meses ‘quentes’, mesmo que pareça inusitado, acontecem campeonatos de vôlei de praia, já que o esporte se tornou uma das maiores atrações da região no verão. Ainda há trilhas belíssimas, trens de montanha, cicloturismo, escaladas e minizoológico. Sem falar no golfe de 18 buracos, num campo impecável, com vista sem precedentes.


Fotos: Divulgação

Fonte: LEVIP TOUR Fone: 48 3223 8666 www.leviptour.com.br

A cozinha é de primeiro mundo, na região há cerca de dez restaurantes destacados no Gault&Millau, o guia francês que é considerado referência em matéria de gastronomia mundial. Além destes clássicos gastronômicos, há mais de 100 restaurantes, que oferecem uma grande diversidade de pratos regionais, que variam de raclettes até restaurantes que ressaltam sabores de todo mundo, com criações a base de peixes e caças regionais. Ao passar as férias em Gstaad você vai encontrar muito lazer e divertimento, e vivenciar muitas atividades relaxantes, culturais e esportivas, dentro de um ambiente alpino fascinante e acolhedor.

63


Perfil

Menina com afinação de diva do jazz Por Michelle Dias

Foto: Michele Monteiro

64


“S

omos super à vontade aqui em casa. A Bruna está no quarto, podemos conversar lá?” Dessa forma, fui carinhosamente recebida por Gláucia Góes, mãe e empresária da cantora Bruna Góes, no apartamento da família, no Centro de Florianópolis. Bastaram dez minutos de conversa no quarto da cantora para me sentir realmente em casa. Aos 19 anos, Bruna tem a descontração de uma adolescente misturada a uma maturidade que se reflete nas ideias e na voz. A voz, aliás, chama atenção pelo timbre. Conversando já se pode perceber seu potencial para brilhar nos palcos. Em meio a brincadeiras misturadas a papos sérios, a menina com afinação de diva revela detalhes de sua vida como cantora e como intérprete daquela que é o seu ídolo: Amy Winehouse. Desde os 14 anos, quando descobriu o primeiro álbum de Amy, Bruna não achou mais nenhum músico a quem pudesse admirar da forma como admira a cantora inglesa, morta no ano passado. A perda da cantora impulsionou o projeto de prestar uma homenagem por quem Bruna tem “uma paixão imensurável”, como ela mesma define. “Chorei durante uma semana depois que ela morreu e até hoje choro quando a escuto. Mas dessa dor nasceu o projeto do tributo. Só assim me descobri como cantora. Antes não achava que cantaria profissionalmente”, revela. O acontecimento triste fortaleceu a coragem para soltar a voz em público e ajudar a manter a memória de Amy nos ouvidos e corações de seus fãs. O guitarrista Victor Sabag, amigo de infância e estudante de música da Udesc, foi o primeiro a embarcar no projeto. Depois vieram o contrabaixista Alexandre Piazza, o pianista Tiago Gonçalves e o baterista Fábio Barreto, formando a banda Amy n’ My Boys (Amy e os seus garotos). Em busca de aprimoramento diário, Bruna tem acompanhamento do professor de técnica vocal, Fernando Zimmermann e do vocal coach Filipe Geyer. A técnica Speech Level Singing, na qual é treinada, vem dos Estados Unidos e é conhecida como “método das estrelas”. Fundada pelo vocal coach norte-americano Seth Rigss, já foi utilizada por mais de 120 ganhadores do Grammy e pressupõe a uniformidade do timbre através da estabilização da laringe.

Um início com o pé direito Desde o primeiro show, em novembro do ano passado, a banda tem abarcado uma legião de fãs de todas as idades. “Não aguentávamos mais

ensaiar sem ter pra quem cantar. O início foi uma surpresa. Não tínhamos pretensão nenhuma e as coisas foram acontecendo. Já recebemos convites para tocar em São Paulo, Rio de Janeiro e Recife”, conta Bruna. O tributo a Amy deve continuar, mas a cantora pretende alçar voo solo, também. O começo nos palcos deu fôlego e confirmou a certeza de que era isso o que ela queria ser: uma cantora. A faculdade de Publicidade e Propaganda foi trancada e os ensaios e aulas de técnica vocal se tornaram mais intensos. Para o ano que vem, o projeto é estudar fora do Brasil e até o final deste ano, lançar um EP com interpretações de outros cantores. A música negra é sua principal influência. Jazz, soul e blues. Ouve muito Ray Charles, Frank Sinatra, Nina Simone, James Brown, Etta James. Cantores não muito conhecidos para uma garota da sua idade. A influência dos pais foi definitiva na sua formação musical. Bruna também curte rock clássico e MPB. “Muitas meninas da minha idade não sabem quem é Vinicius de Moraes ou Tom Jobim. Acho bem importante ouvir o que os pais têm para passar”.

A importância da família Bruna cresceu ao som de teclado e violão, ouvindo música clássica e MPB, e canta desde os três anos. Por parte de pai, são nove músicos na família. Por parte de mãe, a influência mais marcante é o avô, Floriano Rosalino, violonista clássico, considerado um dos principais intérpretes de Villa-Lobos no país. Em casa, são comuns os saraus musicais que reúnem a família e os amigos. O pai, Alexandre, e a mãe são os principais incentivadores da carreira. A mãe, psicóloga, trabalha com Recursos Humanos e o pai com consultoria financeira. O conhecimento e a experiência de ambos auxiliam a carreira de Bruna, que a partir deste mês será assessorada, também, pela Orth Produções e Eventos. Apesar da motivação recebida pelos pais, a música é para Bruna uma experiência espiritual. Desde criança faz aulas de canto, dança e teatro, e acredita que a música é um dom e se desenvolve com a sensibilidade. Algumas de suas composições próprias já estão na caderneta que fica ao lado da cama. Ali, ela anota letras nos intervalos do sono. Aliás, este é um dos momentos de maior inspiração. Serviço: Telefone para shows: (48) 9955 4853 65


66


67


[ target ]

O que o mar tem de melhor, n贸s trazemos para voc锚. tele-vendas: tel 48 3031.4001 www.pescadosverdemar.com.br 68


O ano de

Hitchcock

Hellen Mirren e Anthony Hopkins em Hitchcock

Cultura

Scarlet Johansson encarna Janet Leigh em Hitchcock

Fotos: Divulgação

O mestre do suspense é celebrado em duas novas cinebiografias hollywoodianas e no relançamento de suas maiores obras-primas em blu-ray

Toby Jones e Sienna Miller em The Girl Psicose, Um Corpo Que Cai, Os Pássaros, Janela Indiscreta, Festim Diabólico, O Homem que Sabia Demais, Cortina Rasgada, Frenesi, Marnie Confissões de Uma Ladra, Topázio, Sabotador, O Terceiro Tiro, A Sombra de Uma Dúvida e Trama Macabra fazem parte do lançamento em blu-ray das obras-primas do diretor.

S

empre presente - às vezes inconscientemente - dentro do cinema, o diretor Alfred Hitchcock é certamente um dos maiores expoentes na confecção desta arte. São muitos clássicos, movimentos de câmera, técnicas de filmagem e até de marketing promocional criados por aquele que é conhecido como o mestre do suspense. Em 2012, a Universal Pictures completa 100 anos de memórias cinematográficas, (http://www. universal100th.com/) e no circuito de comemorações, Hitchcock ganha um tratamento especial – afinal, ele foi responsável por diversos momentos brilhantes na linha do tempo do estúdio. 14 de seus filmes estão sendo relançados este mês no formato blu-ray pela Universal do Brasil. Desde a arte, passando pelo material de bônus, até a restauração dos filmes - tudo nessa caixa é no mínimo espetacular. Alfred Hitchcock - A Obra-prima (The Masterpiece Collection) é o sonho de qualquer colecionador e amante do cinema, trazendo também nesta edição de luxo, 14 cards artísticos e um booklet. Além disso, Hollywood também agilizou-se na produção de dois filmes que retratam dois

momentos e duas facetas do célebre cineasta. Hitchcock, dirigido por Sacha Gervasi e escrito por John J. McLaughlin (Cisne Negro), traz o grande Anthony Hopkins no papel título. O filme foca o seu relacionamento com a sua esposa, Alma Reville (Hellen Mirren), durante as gravações do clássico Psicose, em 1959. Algo que se pode ressaltar a respeito dessa produção - que (dizem) arrebatará diversos Oscar - é a maquiagem impressionante à qual os atores foram submetidos. O elenco ainda traz Scarlett Johansson como Janet Leigh, Jessica Biel como Vera Miles, Toni Collette como Peggy Robertson e James D’Arcy como Anthony Perkins. Estreia nos EUA no dia 23 de novembro, e no Brasil, em março de 2013. Já The Girl, produção para TV da HBO, narra a obsessão de Hitchcock (Toby Jones) por sua estrela Tippi Hedren (Sienna Miller) enquanto eles filmavam Pássaros. O filme foi ao ar no canal americano em 20 de outubro. A qualidade e a capacidade subversiva das produções com o selo deve fazer história e render alguns prêmios. É a festa do cinema e do suspense. 69


Cultura

por Rodrigo Kurtz

Marcante e necessário

Lisbeth Salander foi descrita pela colunista Eliane Brum como a primeira heroína histórica do século 21 por ser uma síntese das inquietações de nosso tempo e provocar mudanças no sistema. A trilogia do sueco Stieg Larsson é emocionante e, em sua primeira versão cinematográfica, definiu Noomi Rapace como uma das atrizes “para se acompanhar” da atualidade. A Vinny Filmes finalmente lança no Brasil a versão em blu-ray dos dois filmes da série “Millenium“ que faltavam: “A Menina que Brincava com Fogo“ e “A Rainha do Castelo de Ar“. O último é a conclusão desse thriller político, que agora deixa milhares de órfãos no mundo todo. Necessário para quem gosta de personagens fortes e marcantes.

Maças Envenenadas, Lily Archer, 320 páginas, Galera Record, R$ 26

O Bruxo em nova edição

A grande dama da teledramaturgia brasileira, Maria Adelaide Amaral, está preocupada com a posteridade. Além da extensa e irretocável criação para TV, ela passou refinando uma de suas obras mais conhecidas da literatura: O Bruxo. O livro foi publicado pela primeira vez em 2000 e volta para reconquistar seu público cativo e também uma nova audiência. Aqui conhecemos Ana, uma poeta prestes a completar 50 anos, que esbarra numa dura realidade. O término de um casamento e um diagnóstico de câncer a fazem encarar seus conflitos mais profundos. Delicioso pela fluidez, o livro é uma reflexão sobre a natureza do ser humano e dos nossos conceitos sobre a vida e a morte.

O Bruxo, Maria Adelaide Amaral, 200 páginas, Globo Livros, R$ 39,00

70

Fiquei Com o Seu Número, Sophie Kinsella, 464 páginas, Record, R$ 39

Femininos e divertidos

A editora Record merece todos os méritos por reconhecer um público fiel e inteligente: as meninas, mocinhas e mulheres que leem - e muito! Além do selo adulto, existe o selo Galera Record, que todos os meses lança diversos títulos para garotas. Os temas costumam ser interessantíssimos, como este de “Maçãs Envenenadas”, de Lily Archer, onde as três protagonistas mandam os contos de fadas às favas e saem em busca de seu final feliz. Três enteadas, três madrastas e um conflito: a busca por uma vida melhor e mais honesta. Já a autora de “Os Delírios de Consumo de Becky Bloom”, Sophie Kinsella, em “Fiquei com o seu Número”, cria uma deliciosa mise-en-scène quando uma noiva perde o anel de noivado no dia em que vai conhecer os pais do seu futuro marido. O anel, que estava na família dele há gerações, é apenas o príncípio da confusão - adicione a isso um novo e charmoso personagem.


Exótico

O Oriente ganha contornos bonitos e melancólicos em “Meus Dias no Cairo”. Quando a personagem de Patricia Clarkson vai ao Egito visitar o ocupado marido, ela é trocada mais uma vez pelos compromissos dele. Sozinha na cidade, ela passa a ser ciceroneada por um funcionário e amigo de seu marido (Alexander Seddig). O visual e a cultura do lugar a envolvem, assim como a presença atenciosa do egípcio. Um filme contemplativo, que nos leva para um passeio exótico junto a uma das melhores atrizes americanas.

A invenção do vibrador

Uma co-produção entre Reino Unido, França, Alemanha e Luxemburgo, Histeria (Hysteria) é uma divertida - e verdadeira - história sobre a invenção do primeiro vibrador elétrico, na Londres vitoriana do século XIX. Dirigido pela americana Tanya Wexler (Finding North), essa comédia romântica é estrelada por Maggie Gyllenhaal (Batman - O Cavaleiro das Trevas), Hugh Dancy (Rei Arthur), Jonathan Pryce (Piratas do Caribe) e Rupert Everett (Shrek Terceiro).

71


VA SUA RESER FAÇA LOGO

CEIA DE NATAL SPETTUS

24 DE DEZEMBRO • À PARTIR DAS 21H

PRESENÇA DO PAPAI NOEL, MÚSICAS E DECORAÇÃO NATALINA RESERVAS: 48 3338 1858 • eventosfloripa@grupospettus.com CONFIRA NOSSO SUPREMO CARDÁPIO NO SITE: 72

FLORIPA SHOPPING • SEGUNDO PISO


Presentes para ficar no coração

os. ertid os v i d , t tivos Obje cora Ideias e ara as e d , p is s de Roka iona ntes Func Natal, a de prese r cercada e. d e e Nest ugestões oram viv ionalida c d s traz as que a ade e fun o s c s i t id pe , pra a z e l be

Fotos: Mariana Boro

Aromas na casa são como perfumes: marcam a identidade do lugar. O sabonete líquido com pó de ouro e spray para ambiente, de alecrim e lavanda, são fragrâncias exclusivas da Roka.

Moldáveis conforme a vontade, os bonecos articulados da dupla paulistana Hoc Die atendem as ordens de movimento.

ra s pa nte hábito a g e e el so o tos. nais razero os pra e o i c p s Fun mais aboro os da L a ar rs íli ind deix repara utens bem-v e . p é de inha d mpre inha A l et se uer coz lq us Cre m qua e

r encontra e verão, o d ir s e u ia q d s fa No itável. O ames v e in é s amigo ta St. J a paulis ra os da marc então pa s re p m u é l a . Casu fitriões bons an

O humor de Romero Britto é impresso nas peças que levam sua assinatura. Sempre uma obra de desejo para quem curte descontração no ambiente. Como o Dálmata que pode virar o xodó do lar. Onde encontrar: www.rokanet.com.br Shopping Iguatemi Almirante Lamego, 1455 48 3224 1333

73


verticecom.com.br

sua vida, suas atitudes

Ambientes Personalizados Cozinhas | Dormitórios | Salas | Escritórios | Áreas de Serviço | Banheiros 70 lojas exclusivas em todo o Brasil | 0800 702 8500 | www.evviva.com.br Rod SC 401 - Km 5 - Nº 4850 - Shopping Casa & Design - Sala 06 T (48) 3335.6001 - Florianópolis - SC - faleconosco@evvivafpolis.com.br

Conheça nosso novo showroom no Shopping Casa & Design! 74


Em forma

para o ve

Juliana R am em Fisiote os é fisioterapeuta , co rapia Derm Clínica N ato-funcio m especialização eurogene nal, e trab , junto co alha na Mariana B m a derm arbato. C atologista om a apro procura p Dra. ximação d or tratam o verão, a entos corp celulite, g orais esp ordura lo ecíficos p calizada Os mais p ara e flacidez rocurado aumenta s são: Dre Carboxite m. nagem Lin rapia, Pow fática, er Shape Estética (B , Heccus ambutera e Massag pia). Além corporais em , a limpeza dos trata mentos de pele ta superind icada e p m b é m está rocurada oleosidad , nesta ép e da pele oca em q aumenta tratamen ue a devido ao tos oferec ca idos: pós de fibrose -operatóri lor. Outros s e coolsc o, tratam ulpting. A gratuita. ento gende a s Local: Ru ua avalia a Alves de sala 101. ção Brito, Ed. Fone (48) Luna, 346 3223 689 , 1.

rão

ned PibynAdri Althoff

nho ina Sdtaetiovn,ifabricada noesriEêsn-cia Máquu p ina Wine pliar a ex

A máq ite am nho idos, perm s do serviço de vi r tados Un vé po a tr to a u tação r o prod de degus conserva tidade e teme d m lé A an em taça. ido na qu lojas ele é serv Santa Catarina, 60 dias, ercam E rm . certas s e supe peratura taurante to no s n e re , m s u a a d o za os d especiali resultad erviço em ntem os avés do s tr a dos já se , a id b e uropa. b E a e d A consumo o comum nos EU uit doses, m

Garota

-propa

ganda

A atriz int Cambo ernacional Sh riú, San a ta Cata ron Stone vo Ocean ltou a B rina, on Palace aln , de u de fren m belís te para simo em esteve no lux eário o mar, Empre p r e e ndimen uoso da c en to e inova dimentos. Em onstrutora F G dor, Sh u m amb aron gr empres ie n t e a so vou a n a. ova cam fisticado O diret panha or da Roncag comercial da FG Emp lio, fez questã reendim de grav o de ac aç entos, ompan como c ões e fotos d har a m Toninho ep ar arat cuidad acterística a p erto. “Nossa os empres ona a a perfeit o para garant ixão pelo que o, ir que c faz, o o tem lhar ada de Cada e a sofisticação talhe s mpreen das con eja diment para re struçõ o é um pr a joia. E es e ambient nós, é u esentar tudo es. nin isso qu m orgu e Sharo guém melho lh fazend r n Stone o parte o e uma satis . fa d Pra A parce a ção ime ria inéd nossa histór n s a tê-la ia”, afir ita no B publicit ma ra ár planeja io e da const sil pretende a Toninho. r git ução civ c Améric onstruir o Infi il. A me ar o mercado a Latin nity Co st, o m sma empresa a, com aior pré 66 and ares. dio da

Toninho, Sharon e Alex Ferrer, assessor de imprensa da FG Empreendimentos 75


ned PibynAdri Althoff

Expansão

ikô, de Jurerê e beach club Ta ra O restaurante de expansão pa os an pl m está co te até en m ra Internacional, tu fu e brasileiras outras capitais Leandro Adegas O empresário r. São rio te ex o para investidor, de vo no de com um nsão pa ex de o fechou socieda et oj à frente do pr Paulo, que está irá apostar em sócio também vo no O . ca Internacional, da mar rê re Ju matriz em uma estrutura um upgrade na m o 2012/2013 co rã ve o no tra en que A ideia é levar ais sofisticada. pletar m co a s repaginada e m te es ço, que está pr famoso endere sócios adiantam tras praças. Os ou ra pa , minhadas com 11 anos ca en m ciações be que já têm nego três capitais. empresários em

Beiram

Dança Mix

A Dança Mix é uma modalidade especialme nte desenvolvida para a prática de exercícios de forma divertida ao som de samba, salsa, merengue, rock, forró, bolero e zouk. Além destes ritmos, a professora Aline Mombelli Koerich também utiliza em suas aulas o axé, o reggaeton e a dança do ventre. Os efeitos da prática regular são sentidos rapidamente no corpo com a diminuição da gordura corporal e aumento da força e massa muscular. Por ser uma atividade física, os movimentos e passos ativam a circulação do sangue, principalmente das pernas, além de propo rcionar uma melhora considerável na postura e na coord enação motora. Pode ser praticada por pessoas de todas idades. Local: Bia Vilela Espaço de Dança - 48 3224 4737 Horário das aulas: segundas e quartas, das 16 às 17h Mais informações: www.alinekoerich.blogs pot.com

76

ar Shop

ping lan

ça aplic

O Beira mar Sh opp aplicati vo exclu ing, de Florian ópolis (S sivo do Entre a empree s funcio ndimen C), inova e lan nalidad localiza ça o to es da fe r o carro rramen para iPhone e no esta nome o ta, o cli iP ad. cionam u segm ente po ento, en ento acontec derá contrar e no sho , receber notí lo jas por cias e fi pping, a como h car por orá lém de dentr ace estabele rio de atendim ento do ssar informaçõ o do que cimento s e . Outra Cinespa opção é upermercado lo s gerais, ço visualiz redirecio Beiramar. Qu ar os film calizado no ando es nado pa co es em c ra uma trailer e artaz no tela com lher um filme, horário o usuári s, e pod a compra s d e s o será crições erá, inc r os ing lusive, e d res pode fa scolher a produção, zer isso sos. O usuário a se na Apps que des eja baix ssão e tore de forma g ar a ferr ratuita. amenta

ativo


s ceto o mbbéelem a t za, ex m nas s a , para gund alões de atenda

Se il encontrar shoppings, queiros e Estéticaio do

ms Difíc leire rincíp já está ados e i Cabe a no p localiz as. O Ernan ue aument fissionais e 0h. A q :3 d ro segun a clientela uadro de p das 9 às 19 salão q er o, ce. O e d atend mpliou seu da a sábad a r om a ag ,a está c da Ilh segun verão do de la do Norte Jurerê e já Ernani da n e d n ate nte o de lica te clie dalad n, exp exigen r e mais ba l e Réveillo a io t é o ma s para o Na alão. s a y reserv ho, dono do irotsk il rício S u a M Silva F lista Jorna dovia o R : e Ond 10 ho, 56 0693 Sobrin s: 48 3282 a v r e s e R

Datelli Verão

2013

O calor chega e as metrópo les fervem. A vimento cons liberdade, o m tante e as co ores que contra e a água dita stam entre o m o ritmo do sol s m es E é neste clim es mais arde a que a coleçã ntes do ano. o Verão 2013 Quente, cont vem às ruas. emporânea e cheia de novi traz as tendên dades, a Date cias do mundo lli todo para você mundo. viver o seu As inspirações vêm do fundo do mar, pass elementos tr am pelos ibais, especi almente os qu padrões geom e remetem ao étricos african s os e egípcios o art déco e a , circulam en efervescênci tre a dos anos 50 pairam sobre e, finalmente as referência , s atléticas, se acompanhad mpre as pela sofis ticação da m repleta de gl arca e sua en amour. ergia Os modelos de calçados, bo lsas e acessó sentados em rios são apre linhas que pr ivilegiam a el confortáveis egância. Salto e design insp s irador são um Verão 2013 Da a constante no telli. Destaque para as anab das, saltos es elas delicatratosféricos , mules e rast As bolsas ch eiras charmos egam com um as. rico trabalho materiais, qu de mistura de ase artesana is em sua essê carteiras e ou ncia. Cintos, tros acessório s completam convida para a coleção qu circular pela e cidade cheia nalidade. Expe de estilo e pe rimente e de rsorreta-se.

Suas

ais se obras m

guras

aior to a sua m ora lanç tifurto. O produ l H a d specia Moldura o sistema an e o p e ti m ra um o: A FastF se este an s e traz e ainda Estados Unido s pontos. Para novidad ê s o tr d e o d d ir ! a e rt rt d a foi impo de quadro a p quebrar a pare nda de o ão ma de fixaç ra, é necessári ra suprir a de is, a fim ob hospita cervo do pa e a z is li a té furtar a e o ras de a otéis, m rto foi id O antifu rídicos como h stalação de ob ju a in clientes rança n ais segu emanda de ter m alor. nder a d or muitos te a ra a v p r op de maio ter sido criado sido procurad o com mais e rv m d r te c a a seu e Apes istema guardar tiva, o s corpora nais, que visam varia de fi , porque rém, em a lt clientes . u s n ça ob co ro, po seguran sistema fica s do quad ma do e o peso máveis, o siste rá to m s e u g c a tr O ti e de s o e m p a in e s com valore tário, qu acordo os com proprie rv o e . a c s a e e d e õ vista d nquilida em preocupaç s iona tra o proporc a obra original antes n su particip s ja exibir a lo s sulte a 85 - Con r 0-1085 0 .b 8 m 0 o : C .c SA me w.fastfra site ww 77


S ocial 01

03

02

04

O Iate Clube Veleiros da Ilha fez a melhor festa de Halloween de Floripa. Quem não participou terá a oportunidade de participar no ano que vem. A equipe do Comodoro, Carlos Roberto Bresolin, quer repetir a festa com uma noite ainda mais tenebrosa e assustadora, em 2013. oslawski, Luiz Carlos ski, Sonia Maria Wit 01 - Junior Witoslaw Neves 02 - Nilzete i enz Lor te abe ia Eliz Furtado Neves e Vân los Bresolin 03 Car e ara Cam e ristian Liberato Bresolin,  Ch Câmara, Patti ol Car 04 d lan rigo Ruh a 05 - Jaime - Patrícia Costa e Rod dov Cor a ian Adr se Bertoll e - Patti Hanna, Danielle Bos 06 za Sou de et belina Nazar ara Aleixo de Souza e Um deiros, Christiane Cam Me ia Kat 07 toll Ber Hanna e Dani os cel e Evelyn Vascon

05

06

07

78

Fotos: Gabriel Heusi

s a r u s s e v Tra tosuras e gos


79


Psicologia

O encontro que cura por Karina Boabaid May

H

omem, 40 anos, profissional bem sucedido, solteiro, distante emocionalmente de sua família. Recebe a visita inesperada de um menino de 8 anos e sua vida muda para sempre, pois o menino é o próprio homem. Este é o enredo de um adorável filme chamado Duas Vidas. Bruce Willis protagoniza o adulto, e olha para seu menino desajeitado e gordinho com vergonha e desprezo. A criança fica assustada diante de um adulto que em nada tem a ver com seus sonhos. Os dois passam dias juntos em total desconexão, o homem querendo que o menino volte a sumir no passado e o menino decepcionado com o adulto arrogante e solitário. O tema do filme é poderoso, fala da conexão com a criança que um dia fomos e que vive dentro de nós. Uma criatura adorável que por muito tempo da nossa vida esteve na linha de frente. E pensar que a maioria dos nossos medos e praticamente todos os vínculos que estabelecemos em nossas vidas, tem a ver com aquela fase em que éramos apenas uma criança. A criança que tinha que se virar na escola levando bronca de professor, apanhando de colegas, sendo ridicularizada por qualquer coisa que a tornava diferente da turma. A criança que tinha 80

que dar um jeito de acomodar sua emoção diante do abuso emocional ou sexual que sofria. A criança que sentiu o maior medo da sua vida quando sua mãe a esqueceu na porta da escola, ou ainda aquela que... Bem, a lista é longa e eu usaria o resto destas linhas citando algumas “crianças” que já passaram pelo meu consultório. Tanto no filme como na vida real o encontro é curativo. Permite o cuidado, o acolhimento, o resignificado. Desperta a curiosidade, a alegria e nos aproxima dos sonhos que um dia tivemos. Nossa criança não se materializa como no filme. Está em algum lugar dentro de nós. Precisamos apenas nos permitir a busca. Acessar emoções, recordações, dar espaço às queixas que estão guardadas, lamber as feridas para que possam cicatrizar. Ao fim da jornada, poderemos sentir orgulho da nossa trajetória. E cultivar a crença de que fizemos a única coisa que podíamos ter feito. Que era o que sabíamos e que isto foi, certamente, o nosso melhor. Karina Boabaid May é psicóloga e psicoterapeuta. CRP 12/01527 | 48 3028 1015 | karinaboabaidm@gmail.com


Circulando

03

02

Fotos: Rogerio Amendola

01

07

06

05

08

04

10

09

13 11

12

01 - Brunete Fraccaroli 02 Jota 03 - Fernanda Viegas Silveira 04 - Lívia Coelho 05 - Carolina Prado 06 - Bresolin 07 - Beto Cintra 08 - Flávia Vulc zak 09 - Anjinho e Marina Berka Brogni 10 - Cacá 11 - Rô Koerich 12 - Sandra Duwe 13 - João Costa

81


C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

82


m贸veis contempor芒neos com uma pincelada de cor.

Travessa Carreir茫o, 62 Loja 2 Centro Florian贸polis-SC www.laccamobili.com (48) 3304. 1 708 83


84


Revista Clube do Champanhe #16