Page 43

Em comunidades renovadas: Como é bom viver unidos!

Diante dessa tergiversação perniciosa, de raízes tão profundas e invasoras, nem sempre se dá uma resposta enérgica. As ações realizadas não estão à altura das necessidades. Muitas vezes, as boas reações suscitadas pela tomada de alguma iniciativa têm uma repercussão transitória.

Os contatos com as Províncias nos revelaram a importância das dificuldades devidas às percepções diferentes do que deve ser uma comunidade. Mas, notamos também a amplitude do trabalho realizado pelos Provinciais e seus conselhos, a fim de dar uma resposta a este desafio. Dentre os resultados deste esforço, atualmente não poucos irmãos manifestam sua admiração pelas virtudes próprias a uma geração diferente da sua, mais jovem ou mais idosa. Outros admiram o espírito de diálogo que, pouco a pouco, se instala nas comunidades. Frequentemente, afirmamos que a resposta a essa situação poderia encontrar-se na formação inicial. Mas, temos também necessidade de animadores de comunidade bem preparados para administrar essas diferenças de visão que se amplificam, à medida que a sociedade se transforma e se torna mais complexa.

e) Formação dos superiores Em um mundo cada vez mais sofisticado, com mudanças rápidas na sociedade e diversidade crescente nas experiências de um irmão a outro, o animador de uma comunidade marista precisa completar seus dons naturais e

Janeiro de 2009

41

Profile for Hermanos maristas

Informe do Conselho Geral ao 21 Capítulo Geral  

Superior geral e seu conselho ao 21 Capítulo dos Irmãos Maristas

Informe do Conselho Geral ao 21 Capítulo Geral  

Superior geral e seu conselho ao 21 Capítulo dos Irmãos Maristas

Advertisement