Page 41

Em comunidades renovadas: Como é bom viver unidos!

b) A simplicidade A simplicidade sempre se impôs como um traço essencial da comunidade marista, segundo Champagnat. Aqueles que nos conhecem, porque estiveram ao nosso lado por longo tempo, nos dizem que é a dimensão que chama a atenção. Outros dizem que é a característica que realmente nos distingue. A simplicidade evoca o despojamento, mas, é ela que em nós dá o sentimento de plenitude e de orientação. Nos momentos de incerteza, diante das encruzilhadas dos caminhos, consideramos a simplicidade como um elemento essencial da direção que tomamos e da vida que escolhemos. O Capítulo geral a indicou como uma característica das comunidades revitalizadas. Nosso trabalho de animação nos conduziu freqüentemente a falar da simplicidade de atitudes e do estilo de vida dos irmãos. Em uma comunidade, ela é antes de tudo a confiança mútua nas relações entre os irmãos. Quando alguém aceita seus limites e sua vulnerabilidade, a comunicação fraterna torna-se possível e agradável em comunidade. Cria-se, então, um clima que favorece a maturidade de cada um e a vitalidade da comunidade. Nossas visitas às províncias foram quase sempre para nós uma verdadeira escola de simplicidade, particularmente no que se refere ao uso dos bens materiais. Freqüentemente, nós fomos testemunhas do contraste entre, de um lado, a complexidade, a sofisticação e mesmo a opulência de ambientes e obras em que trabalham os irmãos, e de outro lado, a vontade de muitos deles de levar vida simples, nesses ambientes. A falta de simplicidade na vida material ou no relacionamento entre os irmãos suscita rapidamente apelos espontâneos e vigorosos à fidelidade aos valores maristas. Ao mesmo tempo, é preciso admitir que em vários lugares a luta é permanente e o êxito é cada vez mais incerto. A pressão do consumismo é tão grande que se torna constante a tentação de adquirir tudo aquilo que agrada aos sentidos ou de não se recusar nada. Neste particular, para que nos conservemos testemunhas dos valores do Reino é preciso que estejamos vigilantes e ativos. Diante da crescente complexidade da sociedade, os irmãos e os jovens que lhes são confiados têm necessidade de comunidades onde se vive a simplicidade marista. Eles têm necessidade desses espaços de liberdade e de serenidade, onde são ouvidos e podem encontrar Jesus. A formação de comunidades vivas, acolhedoras e purificadas pela simplicidade é um aspecto crucial de nossa missão hoje.

Janeiro de 2009

39

Profile for Hermanos maristas

Informe do Conselho Geral ao 21 Capítulo Geral  

Superior geral e seu conselho ao 21 Capítulo dos Irmãos Maristas

Informe do Conselho Geral ao 21 Capítulo Geral  

Superior geral e seu conselho ao 21 Capítulo dos Irmãos Maristas

Advertisement