Page 11

1.2 NOSSO

INÍCIO

A

comunidade começou em outubro de 2001. Ela era formada por 10 irmãos, dos quais dois, o Secretário geral e o Ecônomo geral, não eram membros do Conselho geral. Na nova comunidade, quatro membros tinham pertencido à comunidade do Conselho precedente. Os membros de nossa comunidade provinham de nove países e tinham nove nacionalidades. Conforme a tradição, o lugar físico da comunidade se situou em Roma, na Casa geral.

A conclusão do Capítulo geral e o retorno dos capitulares às suas Províncias nos fizeram tomar rapidamente consciência da envergadura da tarefa que nos tinha sido confiada. Era preciso começar o trabalho, mas precisávamos antes decidir por onde começar. A distribuição lingüística dos irmãos no Instituto nos conduziu a considerarmos o espanhol e o inglês como as duas línguas de trabalho do Conselho geral. Foi preciso identificar rapidamente algumas escolas que pudessem proporcionar um bom conhecimento do espanhol ou do inglês, segundo as necessidades pessoais, com algumas semanas de trabalho intensivo. Uma vez adquirido o instrumento lingüístico de trabalho, voltamos a Roma para organizar as atividades de governo e de animação. Ariccia, nas colinas ao sudeste de Roma, foi escolhido como o local ideal para o primeiro trabalho de nossa equipe. Desde o começo, contemplávamos a realidade de nossa comunidade, como um aspecto importante de nosso trabalho de animação e de governo do Instituto. Nela vivemos os apelos do XX Capítulo geral. O projeto de vida comunitária foi o nosso primeiro trabalho realizado em conjunto. Nós o elaboramos como um instrumento de integração para pessoas provenientes de horizontes diferentes, chamadas a testemunhar os valores maristas e a trabalhar em conjunto. Considerando essa realidade, procuramos fazer a experiência de uma equipe centrada em Jesus, testemunha de uma fraternidade internacional na qual se reflete e acolhe a diversidade cultural. Isso nos deu força para levar adiante o mandato recebido do Capítulo geral. Foi neste contexto comunitário que os membros do Conselho geral desenvolveram a imaginação e a criatividade, para realizar as tarefas que vêm descritas na segunda parte deste relatório.

Janeiro de 2009

9

Profile for Hermanos maristas

Informe do Conselho Geral ao 21 Capítulo Geral  

Superior geral e seu conselho ao 21 Capítulo dos Irmãos Maristas

Informe do Conselho Geral ao 21 Capítulo Geral  

Superior geral e seu conselho ao 21 Capítulo dos Irmãos Maristas

Advertisement