Issuu on Google+

info INFORMATIVO MENSAL DO CETEG CONSULTORIA EMPRESARIAL - MAR/2013 - Ed XI

AMCRED/SC CAPACITA AGENTES DE MICROCRÉDITO A Pousada Rural do SESC em Lages-SC, recebeu 21 participantes de todas as regiões de Santa Catarina para o curso de Capacitação de Agentes de Crédito realizado pelo consultor e instrutor do CETEG, Márcio Oliveira da Silva. Foram dois dias de intensas atividades onde agentes de crédito puderam trocar experiências e fortalecer seus conhecimentos na área, e também, é claro, obter novos. O Vice Presidente da AMCRED, Júlio Búrigo, manifestou-se parabenizando o sucesso do evento, e declarou “registro a minha grande satisfação com esta 'produção catarinense' há tanto buscada”. A AMCRED/SC – Associação das Organizações de Microcrédito de Santa Catarina, foi a grande mobilizadora e apoiadora do evento. A área de finanças é uma das especialidades do CETEG, e, consequentemente as microfinanças não poderiam estar fora de nosso mix.

CDL VIDAL RAMOS REALIZA WORKSHOP O SUCESSO É CONSTRUÍDO Realizado no início do mês de março, o Workshop O sucesso é Construído: Aprenda como chegar lá, foi organizado pela CDL de Vidal Ramos/SC e realizado pelo Consultor Daniel Keller. As quase cem pessoas que participaram do evento puderam refletir sobre escolhas e decisões pessoais e empresariais que tomamos hoje e refletem em nosso resultado futuro. ‘’Algumas pessoas imaginam que o sucesso chega de forma fácil, mas neste workshop falamos muito sobre nossas atitudes e escolhas, e como podemos desenvolver comportamentos empreendedores que não adiem, mas aproximem os sonhos da realidade, sejam eles pessoais ou profissionais’’ declarou Daniel.

1


info INFORMATIVO MENSAL DO CETEG CONSULTORIA EMPRESARIAL - MAR/2013 - Ed XI

A OTOVIDA - CENTRO DE DIAGNÓSTICO E REABILITAÇÃO AUDITIVA VOLTA ÀS ORIGENS PELO USO DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Empresa atendida pela Consultora Alice Castro, procurou o CETEG para construir um planejamento para os próximos anos. Iniciando o trabalho pelo Mapeamento de Processos, conhecendo as atividades , o caminho do cliente e o fluxo dos processos, foi possível realizar a análise do ambiente interno, conversando com os colaboradores da clínica. O ambiente externo foi avaliado de acordo com pesquisas e a percepção da fonoaudióloga e proprietária, Janaina Massignani. A partir dessas informações, foi possível definir os horizontes para a clínica. Os passos seguintes foram formalizar a missão, visão e valores e os pontos fracos e fortes da clínica e oportunidades e ameaças do ambiente externo. Para isso, foi utilizada a metodologia das cinco forças de Michael Porter e a Matriz SWOT. Após essa discussão e formalização, foram definidos os objetivos estratégicos, seguindo as perspectivas do Balanced ScoreCard, sendo elaborados indicadores para acompanhamento de seu desempenho, metas para cada indicador e os projetos estratégicos, determinando planos de ação para cada um, visando dar andamento às atividades e alcançar os sonhos traçados.

Durantes as discussões e projeções, percebeu-se a necessidade de se resgatar os ideais que originaram a clínica, voltando a atenção para o trabalho de reabilitação auditiva. Assim, o tema estratégico para o período de 2013 a 2016 é o resgate das origens. Finalizada a discussão e formalização do Planejamento Estratégico, foi realizado um encontro com todos os colaboradores da clínica para apresentar as definições e os planos, pela primeira vez em doze anos de existência, envolvendo a todos na conquista dos objetivos traçados. A consultoria iniciou em janeiro de 2013 com o acompanhamento da execução das ações planejadas, em parceria com os colaboradores da clínica, já apresentando os primeiros resultados nas perspectivas de finanças, Processos Internos e Gestão de Pessoas. Assim, o tema estratégico para o período de 2013 a 2016 é o resgate das origens da atuação da empresa.

AGENDA

MAIS EM: www.otovida.com.br

WORKSHOP “Marketing Estratégico”- 09/04 - ACIRS/NUME Rio do Sul/SC “Venda com resultado” – 25/04 - ACIL Lages/SC “Da venda ao pós venda” - 15/05 - ACIAT/NJET - Taió/SC “Relacionamento e Fidelização” - 21/05 - ACIL/Lages/SC

2


info INFORMATIVO MENSAL DO CETEG CONSULTORIA EMPRESARIAL - MAR/2013 - Ed XI

O TEMPO E A GESTÃO Por Juliano Keller Alvez

“Não tenho tempo!” Eis um dos maiores empecilhos que nós, em consultoria, recebemos dos clientes quando falamos em “controlar”, “fazer um novo planejamento”, “estudar processos”, “melhorar o layout”, “implantar um n o v o p r o g r a m a” , “ p e s q u i s a r n o v o s fornecedores”. Perceba que todos os itens que levantei podem gerar melhorias significativas em nossa área ou a empresa. Mas nós, todos nós, eu inclusive (!), preferimos ostentar nosso status de “ocupado”, ao invés de nos mexermos para encontrar o tempo necessário a atividades tão nobres quanto às acima citadas. Vejamos alguns cuidados para não nos tornarmos escravos do tempo: em primeiro lugar, sugiro que você que gerencia uma área, siga uma dica que uma determinada dirigente um dia me confidenciou: “não faço nada que os outros possam fazer por mim.” Na verdade, ela está otimizando o tempo, coisa que muitas vezes não fizemos. Nós nos enfurnamos na rotina e usamos ela como desculpa para não aparecermos para o novo, para o necessário, para aquilo que realmente somos pagos a fazer, ou seja, melhorar processos, atividades para gerar resultados mais significativos à empresa. Então, há outro que pode fazer o que faço?

Somos campeões em perder tempo com reuniões sem pauta, sem motivo e sem um plano de ação ao final. Exija isso de você mesmo! Não vou falar aqui de “ter uma agenda” ou “criar uma rotina diária”, pois essas são dicas que você e eu encontramos em qualquer bom artigo sobre gestão do tempo! Certamente, essas ações também são fundamentais. Para finalizar, reflita sobre quantas melhorias você conduziu em sua área ou empresa no último ano: melhorias em processos, em resultados, mudanças para acompanhar ou vencer a concorrência, ações para o desenvolvimento e crescimento dos negócios, novas estratégias, novas formas de se fazer uma atividade e coisas parecidas. Se o seu balanço for positivo, parabéns... pois você não tem na “falta de tempo” uma desculpa para deixar de dar o seu melhor à empresa. Do contrário, reflita, repense, realinhe sua atuação e prossiga.

Delegue e cuide melhor dos controles, da estratégia, dos temas-macro. Uma outra dica é selecionar e filtrar reuniões e encontros. Quando a reunião é necessária, estabeleça um tempo máximo para permanecer nela.

TEM INTERESSE EM CONHECER MAIS SOBRE ALGUM TEMA RELACIONADO À GESTÃO? ESCREVA SUA SUGESTÃO PARA ceteg@ceteg.net.br

3


InfoCETEG Março 2013