Issuu on Google+

Região Portuária ganha galerias pluviais 11 vezes maiores Rua Camerino será fechada para implantação de novo sistema de drenagem A nova etapa das obras do Porto Maravilha vai ampliar a capacidade de escoamento das águas das chuvas. As intervenções vão aumentar de dois para oito o número de saídas de água na Baía de Guanabara. Além disso, as galerias, hoje de 80 cm de diâmetro, serão substituídas por novas, 11 vezes maiores (3,20 m por 1,80 m). Com o objetivo de finalizar a implantação do novo sistema, será preciso interditar trecho da Rua Camerino, entre as ruas Sacadura Cabral e Barão de São Felix. A área que recebe as águas das chuvas dos morros da Providência e da Conceição é um ponto crônico de alagamento do Centro do Rio. A intervenção é fundamental para solucionar os problemas de enchentes. A última obra de drenagem na Região Portuária foi há 100 anos. Além da macrodrenagem, a rua receberá novas redes de água, esgoto, telecomunicações, iluminação pública e reurbanização que fazem parte da primeira fase de obras do Porto Maravilha. A interdição entra em vigor no próximo sábado, 7 de janeiro, a partir das 8h. A alteração segue até o mês de abril. A Prefeitura do Rio adotou o período de férias escolares para fechar o trânsito e mudar o sentido de algumas ruas a fim de executar as obras no menor espaço de tempo e reduzir transtornos. NOVO ESQUEMA DE TRÂNSITO Com a interdição, a Rua do Acre terá a mão invertida e passará a funcionar no sentido da Praça Mauá para a Avenida Marechal Floriano, em direção à Central do Brasil. A Rua Camerino também terá inversão do sentido entre as ruas Senador Pompeu e Barão de São Félix e mão dupla entre a Rua Senador Pompeu e a Avenida Marechal Floriano. Esta última terá mão única no sentido Central do Brasil, entre a Rua do Acre e a Avenida Passos. E, para completar as mudanças, a Rua Sacadura Cabral terá mão dupla entre a Rua Sousa e Silva e a Avenida Barão de Tefé. Para viabilizar a nova etapa das obras, a Prefeitura do Rio e a Concessionária Porto Novo montaram esquema especial de trânsito que mantém 55 operadores e agentes de tráfego, além de motos e veículos de apoio posicionados em pontos estratégicos para auxiliar motoristas e pedestres na escolha das melhores rotas. Foi implantada sinalização específica, além de faixas e Painéis de Mensagem Variável (PMVs) para a orientação dos motoristas. Desde o dia 28 de dezembro, folhetos com a nova configuração do trânsito e sugestões de rotas alternativas vêm sendo distribuídos à população. Durante a execução das obras, nas vias interditadas, o acesso será permitido somente aos moradores e comerciantes. Motoristas devem dedicar especial atenção à sinalização e à orientação dos agentes de trânsito, porque a oferta de vagas será reduzida no entorno das obras, e diversas vias terão o estacionamento proibido. Reboques da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) vão atuar na região para liberar ruas e garantir a fluidez do tráfego nas rotas alternativas.


ROTAS ALTERNATIVAS PERIMETRAL - AVENIDA VENEZUELA: Saindo da Ponte Rio-Niterói, descer na primeira saída no Gasômetro para Avenida Rodrigues Alves (em frente ao INTO), entrar na Rua Sousa e Silva, chegando à Avenida Venezuela AVENIDA RODRIGUES ALVES - AVENIDA PASSOS: Na Avenida Rodrigues Alves, entrar na Rua Sousa e Silva, seguir a Avenida Venezuela, ao chegar na Praça Mauá, virar na Rua do Acre (sentido invertido), acessar a Avenida Marechal Floriano para chegar à Avenida Passos AVENIDA RODRIGUES ALVES - RUA BARÃO DE SÃO FELIX OU TERMINAL AMÉRICO FONTENELLE Opção 1: Na Avenida Rodrigues Alves, entrar na Rua Sousa e Silva, seguir pela Avenida Venezuela, passar pela Praça Mauá, continuar na Rua do Acre (sentido invertido), entrar na Avenida Marechal Floriano, entrar na Rua Camerino (sentido duplo), chegando à Rua Barão de São Felix, podendo seguir em frente até o Terminal Américo Fontenelle Opção 2: Na Avenida Rodrigues Alves seguir em direção à Avenida Professor Pereira Reis até a Praça do Santo Cristo, de lá seguir em direção à alça de subida da Avenida 31 de Março, virando à esquerda na Rua da América, chegando ao Terminal Américo Fontenelle PONTE RIO-NITERÓI - PRAÇA TIRADENTES: Opção 1: Saindo da Ponte Rio–Niterói, descer na primeira saída no Gasômetro para Avenida Rodrigues Alves (em frente ao INTO), entrar na Rua Sousa e Silva, seguir pela Avenida Venezuela, entrar na Rua do Acre (sentido invertido), ir pela Avenida Marechal Floriano até acessar a Avenida Passos, chegando à Praça Tiradentes Opção 2: Saindo da Ponte Rio–Niterói, descer na primeira saída no Gasômetro para a Avenida Francisco Bicalho, seguir na Avenida Presidente Vargas (pista lateral da avenida), seguir pela Avenida Passos até chegar à Praça Tiradentes ZONA SUL - HOSPITAL DOS SERVIDORES: Na Perimetral, utilizar a alça de descida da Praça Mauá, seguir pela Av. Rodrigues Alves até o retorno na altura do armazém 8, retornar pela Avenida Rodrigues Alves, entrar à direita na Rua Sousa e Silva e virar à esquerda na Rua Sacadura Cabral (no trecho em mão dupla) AV. BRASIL - HOSPITAL DOS SERVIDORES: Seguir pela Avenida Rodrigues Alves, entrar na Rua Sousa e Silva e dobrar à esquerda na Rua Sacadura Cabral (no trecho em mão dupla)


ITINERÁRIO DOS ÔNIBUS Devido às mudanças no trânsito, algumas linhas de ônibus municipais e intermunicipais passarão por alterações no período até abril. Confira: Linhas Municipais - Alterações de itinerário em função das obras do Porto Maravilha Linha Nome Itinerário Fátima - Central (circular) Ida: Rua Primeiro de Março, Rua Visconde de Inhaúma, 010 Avenida Marechal Floriano central - Prado Júnior Ida: Avenida Marechal Floriano, Avenida Passos, Avenida 120 (Circular) Presidente Vargas (pista lateral), Avenida Rio Branco Central-Copacabana Ida: Avenida Marechal Floriano, Avenida Passos, Avenida 121 (Circular) Presidente Vargas (pista lateral), Avenida Rio Branco Central-Leblon (Via Aterro Ida: Avenida Marechal Floriano, Avenida Passos, Avenida 132 do Flamengo) - Circular Presidente Vargas (pista lateral), Avenida Rio Branco São Conrado - Rodoviária Volta: Avenida Marechal Floriano, Avenida Passos, Avenida 178 Presidente Vargas (pista lateral) Avenida Rio Branco (Via Central)

180

Central- Cosme Velho (Via Largo do Machado)

210

Caju - Praça XV (Circular)

308

Central - Barra da Tijuca (Via Copacabana/Avenida das Américas)

309

Central - Alvorada (Via Botafogo/Avenida Sernambetiba) Central - Recreio dos Bandeirantes (Via Copacabana/Avenida das Américas) Central - Recreio dos Bandeirantes (Via Linha Amarela)

314

315

316

355

396

Central - Recreio dos Bandeirantes (Via Botafogo/Avenida Sernambetiba) Praça Tiradentes – Madureira

Bairro Jabour - Carioca (Via Avenida Brasil)

IDA SEM ALTERAÇÃO Volta: Rua Primeiro de Março, Rua Visconde de Inhaúma, Avenida Marechal Floriano IDA SEM ALTERAÇÃO Ida: Rua Senador Pompeu, Rua Visconde da Gávea, Avenida Marechal Floriano, Avenida Passos Ida: Avenida Marechal Floriano, Avenida Passos, Avenida Presidente Vargas (pista lateral), Avenida Rio Branco VOLTA SEM ALTERAÇÃO Ida: Avenida Marechal Floriano, Avenida Passos, Avenida Presidente Vargas (pista lateral), Avenida Rio Branco VOLTA SEM ALTERAÇÃO Ida: Avenida Marechal Floriano, Avenida Passos, Avenida Presidente Vargas (pista lateral), Avenida Rio Branco VOLTA SEM ALTERAÇÃO Volta: Avenida Rodrigues Alves, Rua Sousa e Silva, Avenida Venezuela, Praça Mauá, Rua do Acre, Avenida Marechal Floriano, Avenida Pssos, Avenida Presidente Vargas (pista lateral) IDA SEM ALTERAÇÃO Ida: Avenida Marechal Floriano, Avenida Passos, Avenida Presidente Vargas (pista lateral), Avenida Rio Branco VOLTA SEM ALTERAÇÃO Volta: Avenida Rodrigues Alves, Rua Sousa e Silva, Avenida Venezuela, Praça Mauá, Rua do Acre, Avenida Marechal Floriano, Avenida Passos IDA SEM ALTERAÇÃO Ida: Avenida Rodrigues Alves, Rua Sousa e Silva, Avenida Venezuela, Praça Mauá, Rua do Acre, Avenida Marechal Floriano, Avenida Passos, Avenida Presidente Vargas (pista lateral) Avenida Rio Branco VOLTA SEM ALTERAÇÃO


ALTERAÇÕES NAS LINHAS INTERMUNICIPAIS Linha

Nome

Itinerário

470C

Taquara - Praça Mauá

Itinerário atual: Avenida Rodrigues Alves - Avenida Barão de Tefé - Rua Camerino - Rua Barão de São Félix - Rua Visc. da Gávea - Praça da República Rua da Constituição

Santa Cruz da Serra – Passeio 486C

Xerém – Passeio Xerém – Passeio Piabetá - Passeio Piabetá - Passeio

463C

Piabetá - Passeio

Novo itinerário: Avenida Rodrigues Alves - Avenida Barão de Tefé - Avenida Venezuela - Rua Sacadura Cabral - Praça Mauá - Avenida Rio Branco - Avenida Marechal Floriano – Rua Camerino - Rua Barão de São Félix - Rua Visconde da Gávea - Praça da República - Rua da Constituição Sentido Baixada Fluminense: Rota inalterada

SOBRE AS OBRAS DO PORTO MARAVILHA O projeto Porto Maravilha vai requalificar 5 milhões de metros quadrados (m²) da cidade em área estratégica. A região já começou a passar por um novo padrão de urbanização e por grandes mudanças viárias ao longo dos próximos quatro anos, além de receber o Museu de Arte do Rio, na Praça Mauá, e do Museu do Amanhã, no Píer Mauá. A Secretaria Municipal de Obras é responsável pela fase inicial do projeto que consiste na reurbanização de 27 vias - nove na parte baixa dos bairros da Saúde e Gamboa e 18 no Morro da Conceição, em investimento de R$ 139 milhões. Cerca de 60% das obras já estão concluídos. Desde 2009, a SMO vem refazendo e ampliando a pavimentação, calçadas, sistema de drenagem e redes de abastecimento de água e de esgoto, além de conversão da rede aérea em subterrânea nas vias mapeadas. A previsão é a de que todas as intervenções estejam concluídas no primeiro semestre de 2012. Na chamada parte baixa (fora de área de morro), as obras estão bastante adiantadas: na Avenida Venezuela, Rua Coelho e Castro e Rua Argemiro Bulcão – cerca de 70% das intervenções já foram concluídas. Além da Rua Camerino, a Secretaria de Obras vai iniciar os serviços na Rua Aníbal Falcão. As demais vias no entorno estão com obras em andamento: Rua Edgard Gordilho; Avenida Barão de Tefé; Rua Sacadura Cabral e Avenida Rodrigues Alves. No Morro da Conceição, as vias mais adiantadas são a Rua Eduardo Jansen (80% das obras prontas), Caminho do Valongo (70%) e Ladeira do Valongo (60%). A SMO já trabalha na Ladeira Pedro Antônio; Travessa Joaquim Soares; Rua Jogo da Bola; Rua Mato Grosso; Travessa Mato Grosso; Ladeira João Homem; Rua do Escorrega; Travessa do Sereno; Rua São Francisco da Prainha; Travessa Coronel Julião; Beco das


Escadinhas; Beco João Inácio e Beco João José. Também estão no planejamento obras na Rua Major Daemon e Adro de São Francisco. Desde julho, teve início uma nova etapa do projeto Porto Maravilha, com obras e serviços sendo executados pela maior Parceria Público-Privada (PPP) do Brasil. Vencedora de licitação promovida pela Prefeitura do Rio, a Concessionária Porto Novo assumiu a responsabilidade pela região de 5 milhões de metros quadrados durante 15 anos. Braço institucional da prefeitura, a Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp) administra a Operação Urbana Consorciada orçada em R$ 8 bilhões, totalmente custeada pela venda dos Certificados de Potencial Adicional de Construção (Cepacs) e terrenos públicos, sem ônus aos cofres municipais. Mudanças que vão trazer mais eficiência ao trânsito Dentro do pacote de obras da PPP em andamento, grandes mudanças viárias serão implementadas até 2016. O conjunto de intervenções no trânsito prevê a construção da Avenida Binário do Porto, paralela à Avenida Rodrigues Alves, que também será ampliada e transformada na Via Expressa. Só então será possível a demolição do Elevado da Perimetral. Desde setembro, estão em construção os túneis do Binário (1.100 metros) e da Saúde (70 metros), que fazem parte da Avenida Binário do Porto. No primeiro trimestre de 2012, a prefeitura vai dar início às obras da Via Expressa (que terá um túnel de 1.800 metros, o terceiro maior da cidade). As novas vias terão padrão diferenciado com três pistas de ida e três de volta, garantindo acréscimo de mais de 50% na capacidade de fluxo no tráfego de veículos.


Informativo Obras Porto Maravilha