Issuu on Google+

20 de Maio de 2012 (Domingo) 9hs Ă s 19hs


25ª Feira de Artes da Vila Pompéia “Um quarto de século... eu já sabia disso!” Em 2012, a Feira de Artes da Vila Pompéia completa 25 anos em uma edição que promete ser histórica. E nessa ocasião, não podemos deixar de lembrar a trajetória desse evento, que acompanhou diversos momentos da história do Brasil, suas revoluções culturais, modernização e o surgimento de novos movimentos culturais. Quando a Feira de Artes da Vila Pompéia foi criada, no final dos anos 80, seus idealizadores tinham como objetivo a transformação social através da cultura, além de criar uma vitrine a céu aberto para artistas populares e consagrados. Um evento que sempre trouxe novidades vindas de artesãos de todo o Brasil e atrações diversas do cenário musical. Na 25ª edição da Feira, brindaremos e compartilharemos com o público um pouco desse ¼ de século, produzindo e promovendo cultura sempre com muito amor e dedicação para o nosso querido público.

Apresentação no Palco da Dança


Apresentação O Centro Cultural Pompéia iniciou suas atividades em 1988 e, em novembro de 1995, foi oficializado como uma ONG, sempre com um objetivo em comum: pesquisar, reunir, produzir e democratizar o que há de melhor na cultura brasileira. O Centro Cultural Pompéia, CNPJ nº 01.146.697/0001-76, por meio do processo MJ nº 0871.002635/2010-08, é qualificado como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público - OSCIP nos termos da Lei nº 9.790, de 23 de março de 1999, conforme Despacho do Diretor, de 26 de maio de 2010, e tem a sua sede na Rua Ministro Ferreira Alves, 305, Vila Pompéia, CEP: 05009-060 São Paulo/SP.

O Evento A Feira de Artes da Vila Pompéia é um evento sócio-cultural, de lazer e entretenimento, realizado há 25 anos nas ruas do bairro da Vila Pompéia, zona oeste da cidade de São Paulo. Participam do evento artistas de diversos segmentos, como artesãos, estilistas, escultores, designers, atores, músicos, cineastas, fotógrafos, órgãos públicos, ONGs, moradores, comerciantes, empresas, formadores de opinião, críticos de arte e imprensa.

Evento atrai um público circulante de 120 mil pessoas

A Feira é realizada anualmente no terceiro domingo de maio, conforme o calendário oficial de eventos da Prefeitura da Cidade de São Paulo e SPTuris Eventos e Turismo (Lei 14.485 de 19 de julho de 2007 Projeto Lei nº 102/07). Também está em tramitação no Ministério do Turismo, um projeto de lei para inserir a Feira no calendário nacional de eventos culturais. Com entrada livre e gratuita, a Feira recebe um público circulante de 100.000 pessoas de diversas localidades, das 9 às 19h.


1º Cartaz da Feira de Artes da Vila Pompéia

Tema Em 2012, a Feira de Artes da Vila Pompéia completa 25 anos em uma edição que promete ser histórica.

E nessa ocasião, não podemos deixar de lembrar a trajetória desse evento, que acompanhou diversos momentos da história do Brasil, suas revoluções culturais, modernização e o surgimento de novos movimentos culturais.

Quando a Feira de Artes da Vila Pompéia foi criada, no final dos anos 80, seus idealizadores tinham como objetivo a transformação social através da cultura e criar uma vitrine a céu aberto para artistas populares e consagrados. Um evento que sempre trouxe novidades vindas de artesãos de todo o Brasil e atrações diversas do cenário musical.

Na 25ª edição da Feira, brindaremos, e compartilharemos, com o público um pouco desse ¼ de século produzindo e promovendo cultura, sempre como muito amor e dedicação para o nosso querido público.


Detalhe de trabalho artesanal exposto na edição 2010


Objetivos A Feira presenteia a cidade com arte, cultura e lazer, além de atingir os seguintes objetivos: Valorizar os ativos da comunidade e seu bem estar, bem como o usufruto do espaço público como alternativa de lazer, espaço de trocas e integração entre os moradores da cidade;

Consolidar-se como um empreendimento cultural nacional, divulgando a diversidade da cultura brasileira nas áreas de moda, design, antiguidades, música, teatro, circo, artesanato, artes plásticas alternativas e representantes de novas tendências;

Enaltecer o calendário oficial de turismo da cidade de São Paulo e o calendário nacional de eventos culturais;

Gerar empregos, negócios e intercâmbio cultural e artístico;

Servir de laboratório e vitrine para artistas novos e independentes;

Promover articulação e fomento às ações socioambientais promovidas pelas ONGs, iniciativa privada e órgãos públicos participantes do evento.

( Rufino)


Depoimentos “ A Pompéia tem a fama de ser o ‘berço do Rock’ porque no quarteirão onde moro, surgiram os Mutantes, Tutti-Frutti e Made in Brazil. Ícones do Rock da década de 70 e atualidade. Hoje faço a direção artística do palco do rock com muito orgulho ” (Luiz Carlini)

( Luiz Carlini )

( Chico César )

“ A Feira da Pompéia constitui-se em um evento catalisador da efervescente vida cultural da zona oeste e de toda a cidade. Região roqueira por natureza, na qual surgiram diversos grupos como Made in Brazil, Mutantes, Esquadrilha da Fumaça e Patrulha do Espaço, tornou-se também ponto acolhedor para artistas de diversas tendências de todo o Brasil e do Mundo. Incluo-me entre os inúmeros músicos que passaram pela feira e tiveram nela a oportunidade de experimentar linguagem e repertório em contato privilegiado com uma platéia multiplicadora em um ambiente extremamente rico do ponto de vista criativo. Pela longevidade da Feira, poderíamos dizer que ainda estão distantes os últimos dias de Pompéia. Parece que ainda estamos vivendo os primeiros. O caldeirão só tende a esquentar ”. (Chico César)


Programação .Palco Rock - Pop rock e classic .Palco Boulevard - Chorinho, MPB, Funk, Soul, Jazz, Rithym´n and Blues .Palco Raízes - Regional, MPB, Pop .Palco Atitudes - MPB, Instrumental, Blues, Jazz Tradicional, Pop .Palco Vivências - Choro, MPB, Teatro, Terceira Idade .Rua da Literatura - escritores, editoras, caricaturistas e cartunistas de renome e novos talentos lançando e autografando livros.

Atrações itinerantes - apresentações de fanfarras de escolas da região, malabaristas, atrações circenses, esquetes teatrais, grupos de capoeira, estátua viva, grupos folclóricos, entre outros .Cineclube - exibição de curtas e médias-metragens em tenda fechada gratuita para o público .Vila Infantil - espaço lúdico onde as crianças podem brincar em gincanas, com palhaços, equilibristas, shows de mágica, espetáculos de música e teatro e espaço para dança, além de participar de oficinas educativas.


Desde 1989 o Centro Cultural Pompéia organiza a Feira Anual de Artes da Vila Pompéia, considerada hoje como um dos maiores eventos do gênero no Brasil. Mas o currículo de eventos se estende a outras produções, como: . . . .

Feira Infanteen de Artes da Vila Pompéia Mercado Cultural Miscelânea Brasil Mostra de Grafitte na Vila Pompéia Projeto Arte Viva (cursos de capacitação e oficinas de criação) . Museu do Bairro da Vila Pompéia (em parceria com a Secretaria Estadual da Cultura) . Deu Jazz na Pompéia (mostra musical realizada anualmente desde 2006) . Dia do Bairro e Centenário da Vila Pompéia . Rádio comunitária FM (em tramitação) . Documentário sobre a história da Vila Pompéia (assessoria) . Mostras de Cinema e Fotografia . Projeto Passeio Fotográfico . Festa Julina da Vila Pompéia .I Campeonato Amador de Xadrez da Vila Pompéia . I Feira de Artes e Cultura da Lapa (primeira edição em outubro de 2009)

Imagem da mostra de grafite de 2011


Estrutura Expositores: - 500 espaços para arte (artesãos, artistas plásticos, designers, estilistas etc.) - 120 espaços para alimentação (nacional, internacional e típica) - 60 espaços para ongs e poder público.

Artistas: - Aproximadamente 800 artistas - Bandas: 120 grupos - Teatro de palco e rua, Capoeira, Dança e Circo: 40 grupos

Equipamentos: - 2 palcos 8x6 m cobertos, com fechamento lateral e de fundo - 3 palcos 6x4 m - 2 tablados de 4x3m - Camarins -Sonorização e iluminação para palcos e tablados - 40 rádios-comunicadores - Equipamentos contra incêndio e de primeiros socorros

Preparação para montagem dos palcos


Órgãos Públicos: - Prefeitura de São Paulo - Subprefeitura da Lapa - Governo do Estado de SP - Secretaria Estadual de Cultura - Secretarias Estadual e Municipal de Saúde - CET

- Polícia Civil - Polícia Militar - Guarda Civil Metropolitana - Corpo de Bombeiros - 140 seguranças particulares

Produção:

Higiene e saúde:

- 02 Coordenadores - 08 Produtores - 14 Apresentadores - 14 Coordenadores de Palco - 28 Assistentes de Palco - 20 Fiscais

- 60 sanitários químicos (incluso para Deficientes) -06 ambulâncias com UTI e paramédicos -Limpeza das ruas antes, durante e após o Evento (30 pessoas)


Localização: A Feira de Artes da Vila Pompéia é realizada no bairro da Vila Pompéia, Zona Oeste da cidade de São Paulo. Ocupa 6 quadras, um perímetro de 1.800 metros lineares de extensão, compreendidos entre as ruas Caraíbas, Padre Chico, Ministro Ferreira Alves, Tucuna, Xerentes e Maringá.


Registro Material gråfico de divulgação

Cartaz

600 camisetas com arte do cartaz da Feira estampado na frente e logomarca dos patrocinadores nas costas

30.000 folhetos Formato: 15 x 21 cm Cores: 4 x 0 Papel: couche 120 g

700 cartazes Formato: 52 x 40 cm Cores: 4 x 0 Papel: couche 120 g

15.000 encartes Formato: 45 x 25 cm (com 5 dobras) Cores: 4 x 4 Papel: couche 120 g


Cartazes de Todas as Feiras


Cartazes de Todas as Feiras


R.Ministro Ferreira Alves, 305 – Vila Pompéia – São Paulo-SP Tel. 55 11 3875-2996 atendimento@centroculturalpompeia.org.br www.centroculturalpompeia.blogspot.com

Fotos de Paula Lyn


25ª Feira de Artes da Vila Pompéia