Issuu on Google+


EM ANO DE CAPITAL EUROPEIA DA CULTURA, OS FESTIVAIS GIL VICENTE SÃO UM PALCO PRIVILEGIADO PARA A ESTREIA ABSOLUTA DE NOVAS CRIAÇÕES. Este ano, o legado de Gil Vicente – patrono do festival que se realiza em Guimarães há várias décadas – ganha destaque através da estreia absoluta d’ “As Barcas”, a mais recente criação de João Garcia Miguel, e “Joane”, o novo espetáculo da companhia galega Voadora. Também a KARNART apresentará a sua última criação “Ilhas”, baseada em “As Ilhas Desconhecidas” de Raul Brandão, escritor que viveu grande parte da sua vida em Guimarães, e que nos deixou uma vasta obra literária. A maratona de recitação do épico poema português “Os Lusíadas”, construída ao longo de mais de dois anos pelo ator António Fonseca, será um dos pontos altos do festival. “Nióbio”, a 41.ª criação do Visões Úteis, terá também estreia absoluta em Guimarães; e a apresentação do mais recente espetáculo da companhia Cão Solteiro & André e. Teodósio, bem como o regresso do Teatro Praga ao Centro Cultural Vila Flor, completam o programa deste ano do festival. O mês de junho em Guimarães 2012 marca o final de um ciclo e o início de outro. No Centro Cultural Vila Flor, ainda é “Tempo para Criar” e será também “Tempo para Sentir”. É tempo de apoio à criação artística, à produção e à coprodução. É tempo de democracia cultural, de acesso à cultura e da participação do público. Esperamos, por isso, o envolvimento de cada um, a motivação e o interesse de todos, valorizando cada contributo como único e fundamental. José Bastos


ATIVIDADES PARALELAS SÁBADOS 09 E 16 | 11H00 ÀS 18H30

ESCREVER PARA TEATRO LUÍS MESTRE LABORATÓRIO DE TEATRO/DRAMATURGIA DOMINGO 10 A QUARTA 13 | 10H00 ÀS 14H00

OFICINA “O CORPO DA MEMÓRIA” ANTONIO TAGLIARINI OFICINA DE CRIAÇÃO ASSOCIADA AO ESPETÁCULO “AS BARCAS”

QUARTA 06 A SEXTA 08

QUINTA-FEIRA 14

AS BARCAS

TOP MODELS: PAULA SÁ NOGUEIRA (UM BESTIÁRIO)

FESTIVAIS GIL VICENTE / 22H00

JOÃO GARCIA MIGUEL CAIXA NEGRA - FÁBRICA ASA

QUINTA 07 E SEXTA 08

NIÓBIO

FESTIVAIS GIL VICENTE / 22H00

VISÕES ÚTEIS PEQUENO AUDITÓRIO

SÁBADO 09

OS LUSÍADAS FESTIVAIS GIL VICENTE / 10H00 ÀS 24H00

ANTÓNIO FONSECA GRANDE AUDITÓRIO

QUARTA-FEIRA 13

JOANE

FESTIVAIS GIL VICENTE / 22H00

VOADORA

FESTIVAIS GIL VICENTE / 22H00

CÃO SOLTEIRO & ANDRÉ e. TEODÓSIO GRANDE AUDITÓRIO

SEXTA-FEIRA 15

ILHAS

FESTIVAIS GIL VICENTE / 22H00

KARNART C. P. O. A. A. PEQUENO AUDITÓRIO

SÁBADO 16

SONHO DE UMA NOITE DE VERÃO FESTIVAIS GIL VICENTE / 22H00

TEATRO PRAGA COM OS MÚSICOS DO TEJO GRANDE AUDITÓRIO

PEQUENO AUDITÓRIO

Presidente da Direção Francisca Abreu Direção José Bastos Assistente de Direção Anabela Portilha Assistente de Programação Rui Torrinha Serviço Educativo Elisabete Paiva (coordenadora), Lara Soares, Sandra Barros, Direção de Produção Tiago Andrade Produção Executiva Paulo Covas, Ricardo Freitas Assistência de Produção Andreia Abreu, Andreia Novais, Carlos Rego, Hugo Dias, João Covita, Mauro Rodrigues, Pedro Silva, Sérgio Castro, Sofia Leite, Susana Pinheiro Teatro Oficina - Direção Artística Marcos Barbosa Assistente de Direção Artística João Henriques Atores André Teixeira, Diana Sá, Emílio Gomes, José Eduardo Silva, Pedro Almendra, Sara Pereira Direção Técnica José Patacão Assistente de Direção Técnica Carlos Ribeiro Direção de Cena Helena Ribeiro, Luz/Maquinaria - Luz André Garcia, Luís Silva Maquinaria Eliseu Morais, Ricardo Santos Som/Audiovisuais - Coordenação Pedro Lima Audiovisuais Emanuel Valpaços, Sérgio Sá Direção de Instalações Luís Antero Silva Apoio e Manutenção Amélia Pereira, Anabela Novais, Conceição Leite, Conceição Oliveira, Jacinto Cunha, José Gonçalves, Júlia Oliveira Comunicação e Marketing Marta Ferreira, Bruno Barreto Design interno Susana Sousa Direção Administrativa Sérgio Sousa Financeiro, Contabilidade e Aprovisionamento Helena Pereira de Castro (coordenadora), Ana Carneiro, Liliana Pina, Serviço Administrativo Marta Miranda (estagiária), Fernanda Pereira, Patrícia Peixoto, Paula Machado, Rui Salazar, Susana Costa, Área Expositiva Carla Marques (receção), Cláudia Fontes, Sandra Moura Técnica de Património Catarina Pereira Oleira Felicidade Bela Loja Oficina Eduarda Ferreira, Josefa Araújo Informática Bruno Oliveira, Design Atelier Martino&Jaña | Junho 2012


SERVIÇO EDUCATIVO SÁBADOS 02 E 09 | DOMINGOS 03 E 10 10H00 E 11H30

NINHOS CORES E OBJETOS OFICINAS PARA PAIS E FILHOS SÁBADO 02 | 16H00

OFICINAS DA IMAGEM INAUGURAÇÃO DA EXPOSIÇÃO COLETIVA QUINTA 14 | 15H00 SEXTA 15 | 10H00 E 15H00 SÁBADO 16 | 11H00 E 16H00

HISTÓRIAS QUE ME CONTASTE TU NO PAÍS DAS PESSOAS DE PERNAS PARA O AR TÂNIA CARDOSO E JOANA MANAÇAS MULTIDISCIPLINAR

SEXTA-FEIRA 01

SEXTA-FEIRA 29

HYPE WILLIAMS

1ª SESSÃO INCLUSIVA: JORGE QUEIJO

MÚSICA / 24H00

CAFÉ CONCERTO

SÁBADO 02

ORQUESTRA SINFÓNICA PORTUGUESA MÚSICA / 22H00

MÚSICA / 22H00

PEQUENO AUDITÓRIO

SÁBADO 30

PENTHESILIA TEATRO / 22H00

GRANDE AUDITÓRIO

DANÇA SOLITÁRIA PARA UMA HEROÍNA APAIXONADA

SEX 08, 15 E 22 E SÁB 09, 16 E 23

GRANDE AUDITÓRIO

FESTIVAL FUNDASOUND 2012 MÚSICA / 23H30

4ª MOSTRA DE MÚSICA POP DE GUIMARÃES CAFÉ CONCERTO

SÁBADO 30

PAULA TEIXEIRA 100% INCLUSIVO MÚSICA / 22H00

PEQUENO AUDITÓRIO

SÁBADO 23 E DOMINGO 24

BRINCADEIRAS LÍRICAS MÚSICA / 11H00 E 18H00

PEQUENO AUDITÓRIO

TERÇA-FEIRA 26

JULIA HOLTER MÚSICA / 22H00

PEQUENO AUDITÓRIO

QUARTA-FEIRA 27

QUARTAS DOS ATORES TEATRO / 23H00

TEATRO OFICINA CAFÉ CONCERTO

ATÉ 17 JUNHO

CÂMARA ESCURA 13H30 E 15H00

INSTALAÇÃO PERFORMATIVA, EXPOSIÇÃO DE FOTOGRAFIA E VÍDEO INSTALAÇÃO JARDIM E PARQUE DE ESTACIONAMENTO

02 JUNHO A 16 SETEMBRO

FLATLAND (REDUX) EXPOSIÇÃO

PALÁCIO VILA FLOR


06 A 16 JUNHO

FESTIVAIS GIL VICENTE TEATRO CONTEMPORÂNEO

VÁRIOS LOCAIS

ESTE ANO, OS FESTIVAIS GIL VICENTE COMEMORAM 25 ANOS DE EXISTÊNCIA ININTERRUPTA. Tendo já percorrido um longo percurso, os Festivais Gil Vicente assumem-se, atualmente, como um palco privilegiado para a apresentação da mais recente produção teatral nacional. Na edição de 2012, os Festivais Gil Vicente acolhem 5 estreias absolutas. As opções estéticas e dramatúrgicas são sustentadas nas novas realidades emergentes, tendo como principal objetivo mostrar novos caminhos, despertar outros sentidos e possibilitar a novas companhias, dramaturgos e encenadores uma maior visibilidade do seu trabalho. Os Festivais Gil Vicente 2012 são organizados pela Câmara Municipal de Guimarães, A Oficina, o Círculo de Arte e Recreio e a Fundação Cidade de Guimarães. Continuar projetos estruturantes e emblemáticos de Guimarães é condição essencial para que esta Capital Europeia da Cultura seja mais do que 2012. Ainda é mais importante quando esses projetos atingem um patamar de qualidade que faz deles uma referência a nível nacional e internacional.

THIS YEAR, GIL VICENTE FESTIVALS COMMEMORATE 25 YEARS OF UNINTERRUPTED EXISTENCE. Having already traveled a long route, the Gil Vicente Festivals are now assumed as a privileged stage for the presentation of the latest theatrical production nationwide. In the edition of 2012, Gil Vicente Festivals 2012 welcome five premieres.


QUARTA 06 A SEXTA 08

AS BARCAS FESTIVAIS GIL VICENTE • 22H00

CAIXA NEGRA - FÁBRICA ASA

ESTREIA ABSOLUTA

“AS BARCAS” É UMA OBRA INSPIRADA NUM CONJUNTO DE TEXTOS DE GIL VICENTE, AUTOR E FUNDADOR DO TEATRO PORTUGUÊS. João Garcia Miguel regressa ao tema das viagens com “As Barcas”, uma criação baseada num conjunto de textos de Gil Vicente (“Auto da Barca do Inferno”, “Auto da Barca do Purgatório” e “Auto da Glória”). A investida no mundo medieval, nas fontes do teatro europeu e português, inscreve-se no trabalho sobre os textos e os universos clássicos que a companhia João Garcia Miguel tem vindo a desenvolver. É um investimento na investigação num território fértil pela redescoberta que nos traz diferentes perspetivas do mundo. Nessas viagens ao passado comum, encontrámos o conceito medieval, de virar “o mundo às avessas”, para o revelar nos seus detalhes, segredos e subtilezas.

“THE BOATS” IS INSPIRED BY TEXTS BY GIL VICENTE, AUTHOR AND FOUNDER OF PORTUGUESE THEATRE. João Garcia Miguel returns to the theme of travels with “The Boats”, a creation based on a set of texts by Gil Vicente (The Boat to Hell, The Boat to Purgatory, The Boat to Glory). The medieval world, the sources of European and Portuguese theatre are part of the work this company has been developing. This is an investment in research for the rediscovery of different perspectives of the world. On this common past we find the medieval concept of “the world upside down”, to reveal it in its details, secrets and subtleties.

Texto de Gil Vicente, Direção e dramaturgia João Garcia Miguel, Atores Felix Lozano, Sara Ribeiro, David Pereira Bastos, Joana Levi, Música e Vídeo Rui Gato, Produção JGM, Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura, Festivais Gil Vicente, Coprodutores Islotes En Red, Rui Viola Produções, (A ficha técnica e artística completa encontra-se disponível em www.ccvf.pt), Maiores de 16 • Cartão CCVF e Cartão Quadrilátero Cultural

Direitos Reservados

JOÃO GARCIA MIGUEL


QUINTA 07 E SEXTA 08

NIÓBIO

Fotografia Inês de Carvalho

FESTIVAIS GIL VICENTE • 22H00

VISÕES ÚTEIS PEQUENO AUDITÓRIO

ESTREIA ABSOLUTA

“NIÓBIO” TEM TUDO O QUE TEM UMA NAÇÃO A SÉRIO. TEM BODAS DE NIÓBIO, CAMPEONATOS DE NIÓBIO, CULTURA DE NIÓBIO... Numa espécie de enclave territorial, misto de destroço urbano e barca voadora encalhada, um estranho grupo de personagens decide separar-se do seu país natal e proclamar a independência de um novo Estado. A nova micronação, Nióbio, é constituída por três habitantes, uma banda e uma lagosta. E a banda nem sequer está completa… Apesar de todo o empenho dos seus fundadores, a nação de Nióbio não parece ter grandes hipóteses de futuro. Talvez porque não consegue deixar de replicar os erros que ditaram a degeneração da nação mãe.

“NIOBIUM” HAS ALL A COUNTRY HAS TO HAVE TO BE TAKEN SERIOUSLY. IT HAS NIOBIUM WEDDINGS, NIOBIUM CHAMPIONSHIPS, NIOBIUM CULTURE... In a kind of territorial enclave, a mixture of urban wreckage and stranded boats, a strange group of characters decides to separate from their native country and to create a new state. The new micro-nation, Niobium, consists of three people, a band and a lobster. And the band is not even complete... Despite of all the efforts of its founders, Niobium doesn’t seem to have a great chance for the future. They can´t avoid doing the same mistakes that led to the degeneration of their mother nation.

Nióbio 41.ª criação Visões Úteis, Texto e direção Ana Vitorino, Carlos Costa, Cenografia e figurinos Inês de Carvalho, Banda sonora original e sonoplastia João Martins, Desenho de luz José Carlos Coelho, Cocriação Ana Azevedo, Interpretação Ana Azevedo, Ana Vitorino, Carlos Costa, Pedro Carreira, João Martins, Produção Visões Úteis, Maiores de 16 • Cartão CCVF e Cartão Quadrilátero Cultural


SÁBADO 09

OS LUSÍADAS FESTIVAIS GIL VICENTE • 10H00 ÀS 24H00

GRANDE AUDITÓRIO

ESTREIA ABSOLUTA

PERFORMANCE ÚNICA COM A DURAÇÃO PREVISTA DE 12 HORAS, CONSTRUÍDA AO LONGO DE DOIS ANOS POR ANTÓNIO FONSECA. Uma maratona de recitação do épico poema português “Os Lusíadas”, construída ao longo de mais de dois anos pelo ator António Fonseca. Em estreia absoluta em Guimarães serão recitados os dez cantos d’ “Os Lusíadas” em formato de espetáculo. A participação ativa da comunidade vimaranense permite criar uma performance única que começa no dia 09 e termina a 10 de junho, data em que se assinalam 440 anos da edição d’ “Os Lusíadas”.

THIS IS A SINGLE 12-HOUR PERFORMANCE CREATED BY ANTONIO FONSECA, A READING MARATHON OF THE PORTUGUESE EPIC POEM “THE LUSIADS”. The active participation of the community of Guimarães is the key ingredient to create this unique performance starting on June 9th and ending on June 10th, marking the 440th anniversary of “The Lusiads” first publishing.

Conceção e Interpretação António Fonseca, Espaço Cénico e Figurinos Marta Carreiras Desenho de Luz José Álvaro Correia, Música Original Fernando Mota, Assistência de Cenografia Marco Fonseca e Teresa Varela, Coprodução Teatro Meridional e Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura, Direção Artística do Teatro Meridional Miguel Seabra e Natália Luiza, (A ficha técnica e artística completa encontra-se disponível em www. ccvf.pt), Maiores de 12 • Cartão CCVF e Cartão Quadrilátero Cultural

Fotografia de Susana Paiva

ANTÓNIO FONSECA


QUARTA-FEIRA 13

JOANE

FESTIVAIS GIL VICENTE • 22H00

Direitos Reservados

VOADORA PEQUENO AUDITÓRIO

ESTREIA ABSOLUTA

COM “JOANE”, A COMPANHIA GALEGA VOADORA APRESENTA UMA PARTITURA CÉNICA REPLETA DE POESIA, IRONIA, NONSENSE, BELEZA, DANÇA, MONSTROS E MÚSICA POP. Tomando como ponto de partida a figura  de Joane, o Parvo do “Auto da Barca do Inferno”, “Joane” é uma alegoria da idiotice. Raramente  uma  personagem de tão baixa condição  se atreveu a  criticar as  forças dominantes (terrestres ou não) e sair incólume. A língua desenfreada que lhe proporciona a sua condição de tonto coloca-o  acima  do bem e do mal e o seu  desenraizamento transmite uma visão clara da sociedade, dos seus problemas e defeitos. O resultado é uma visão fresca e evocativa da obra vicentina. Numa época tão irracional como a nossa, nada como um tolo para mostrar o caminho.

WITH “JOANE”, THE GALICIAN THEATRE COMPANY VOADORA BRINGS US POETRY, IRONY, NONSENSE, BEAUTY, DANCE, MONSTERS AND POP MUSIC. Joane, the Fool in “The Boat to Hell” (by the Portuguese Gil Vicente) is an allegory of idiocy. Rarely a character of such poor condition dared to criticize the dominant forces and come out unscathed. His unrestrained language and his condition of fool put him above all good and evil having a clear vision of society, its problems and flaws. In a time as irrational as ours, nothing like a fool to show us the way!

Autoria Voadora, Direção Marta Pazos, Dramaturgia Voadora, Intérpretes 15 almas penadas, Músicos em palco Jose Díaz e Hugo Torres, Música original Jose Díaz e Hugo Torres, (A ficha técnica e artística completa encontra-se disponível em www.ccvf.pt) Maiores de 12 • Cartão CCVF e Cartão Quadrilátero Cultural


QUINTA-FEIRA 14

FESTIVAIS GIL VICENTE • 22H00

CÃO SOLTEIRO & ANDRÉ e. TEODÓSIO GRANDE AUDITÓRIO

ESTREADO NO PASSADO MÊS DE MARÇO, ESTE ESPETÁCULO É O SEGUNDO MOMENTO DO PROJETO “TOP MODELS”. “Top Models” é um projeto que reflete sobre a forma como alguns nomes como Antígona, António e Cleópatra, Platonov, Hedda Gabler, Gianni Schicchi, entre outros, marcaram a História e habitam na nossa cabeça mesmo sem os termos alguma vez conhecido. A partir dessa ideia, André e. Teodósio resolve registar na História os incógnitos, aqueles seus conhecidos que não se sabe se ficarão para a História, evitando que caiam no esquecimento. Chama-lhes Top Models. Paula Sá Nogueira, a atriz do Cão Solteiro que é ao mesmo tempo musa, cocriadora e intérprete, é a segunda habitante a tomar uma forma, depois de “Susana Pomba (um mito urbano)”. A forma de um bestiário.

THIS SHOW IS THE SECOND TIME OF THE “TOP MODELS” OF THE COMPANY CÃO SOLTEIRO & ANDRÉ e. TEODÓSIO. “Top Models” is a project by Cão Solteiro & André e. Teodósio about how some names like Antigone, Antony and Cleopatra, Platonov, Hedda Gabler, Gianni Schicchi, among others, marked the history of mankind and also our lives (even if we haven’t met them). We call them Top Models. The actress Paula Sá Nogueira is muse, creator and interpreter, the second resident of this bestiary.

Conceção do espetáculo Cão Solteiro & André e.Teodósio, Texto André e. Teodósio Interpretação André e. Teodósio, António Gouveia, Joana Barrios, Joana Manuel João Cabral, Maria Ana Bernauer, Paula Sá Nogueira, Paulo Lages, Vasco Araújo, Medalha d’Ouro: Bernardo Rocha, Diogo Lopes, João Robalo, Luís Magalhães, Rodrigo Pereira Coprodução Culturgest, Cão Solteiro, Estrutura financiada pelo Governo de Portugal Secretário de Estado da Cultura / DGArtes, (A ficha técnica e artística completa encontra-se disponível em www.ccvf.pt) Maiores de 12 • Cartão CCVF e Cartão Quadrilátero Cultural

Direitos Reservados

TOP MODELS: PAULA SÁ NOGUEIRA (UM BESTIÁRIO)


SEXTA-FEIRA 15

ILHAS

FESTIVAIS GIL VICENTE • 22H00

KARNART C. P. O. A. A. Imagem de Vel Z

PEQUENO AUDITÓRIO

ESTREIA ABSOLUTA

BASEADA NA OBRA “AS ILHAS DESCONHECIDAS”, DE RAUL BRANDÃO, “ILHAS” É A MAIS RECENTE CRIAÇÃO DE PERFINST (PERFORMANCE-INSTALAÇÃO) DA KARNART. Na linha do premiado “Húmus” (dezembro, 2010), a KARNART apresenta nos Festivais Gil Vicente a sua mais recente criação de perfinst, “Ilhas”, um espetáculo baseado na obra que Raul Brandão escreveu, em 1924, durante uma viagem de dois meses aos arquipélagos dos Açores e da Madeira. O neologismo perfinst - criado pela KARNART - flui entre as artes do palco e as artes visuais. Em “Ilhas”, o público desloca-se entre zonas de representação simultânea escolhendo o que quer ver, encontrando o seu próprio sentido ao espetáculo.

BASED ON THE BOOK “THE UNKNOWN ISLANDS” BY RAUL BRANDÃO, “ISLANDS” IS THE LATEST CREATION OF PERFINST (PERFORMANCE-INSTALLATION) BY KARNART. This is a show based on the work that Raul Brandão wrote during a trip to the Azores and Madeira. In “Islands”, the audience moves between areas of simultaneous performance choosing what to see, finding its own meaning to the show.

Conceção, Dramaturgia e Direção Luís Castro, Codirecção Artística e Imagem para divulgação Vel Z, Interpretação André Santos, André Uerba, Bibi Perestrelo, Filomena Cautela, Mónica Garcez, Paisagem Sonora Adriano Filipe, Narração Luís Castro, (A ficha técnica e artística completa encontra-se disponível em www.ccvf.pt) Maiores de 18 • Cartão CCVF e Cartão Quadrilátero Cultural


SONHO DE UMA NOITE DE VERÃO FESTIVAIS GIL VICENTE • 22H00

TEATRO PRAGA COM OS MÚSICOS DO TEJO GRANDE AUDITÓRIO

PARTINDO DE “SONHO DE UMA NOITE DE VERÃO”, DE SHAKESPEARE, E DE “THE FAIRY QUEEN”, DE PURCELL, O TEATRO PRAGA CONSTRUIU ESTE ESPETÁCULO ORIGINAL. O Teatro Praga é um grupo de artistas que trabalha sem encenador e que pretende sublinhar a irrepetibilidade da prática teatral, tendo abraçado o desafio de pegar na comédia de Shakespeare e construir, em colaboração com Os Músicos do Tejo, um espetáculo sem temas pesados, abordando questões de forma divertida. Lembrando a época de Purcell (1659-1695) e do teatro feito para a corte (altura em que nasceu o teatro das máquinas, espetacular e exuberante, excessivo e megalómano), neste “Sonho de uma Noite de Verão” o Teatro Praga revive esses tempos. Uma comemoração festiva em busca da felicidade, uma homenagem ao poder ao som de Purcell e ao gosto da época, da nossa.

TEATRO PRAGA BUILT THIS UNIQUE SPECTACLE FROM SHAKESPEARE’S “MIDSUMMER NIGHT’S DREAM” AND PURCELL’S “THE FAIRY-QUEEN”. This is a group of artists working without a director emphasizing the uniqueness of theatre practice. Together with Músicos do Tejo they created a mechanical, spectacular and exuberant show, without heavy themes and addressing issues in a fun way. A festive celebration in the pursuit of happiness, a tribute to power, with the music by Purcell and a taste of our time.

Sonho de uma noite de verão a partir do Sonho de uma noite de verão de William Shakespeare e de The Fairy Queen de Henry Purcell, Um espetáculo Teatro Praga com Os Músicos do Tejo, (A ficha artística e técnica encontra-se disponível em www.ccvf.pt), Maiores de 12 • Cartão CCVF e Cartão Quadrilátero Cultural

Fotografia de Alípio Padilha

SÁBADO 16


SÁBADOS 09 E 16

ESCREVER PARA TEATRO FESTIVAIS GIL VICENTE • 11H00 ÀS 18H30

LUÍS MESTRE LABORATÓRIO DE TEATRO/DRAMATURGIA

NESTAS DUAS SESSÕES VAMOS VIAJAR ATRAVÉS DAS PALAVRAS QUE OS ATORES DIZEM... LÁ NO PALCO. Vamos abordar os pontos base para escrever para teatro e criar, para cada um, as ferramentas necessárias para a escrita cénica. Através de exercícios, conceitos, exemplos, análise de textos dramáticos e visualizações de excertos de espetáculos e de filmes, vamos criar a estrutura base para iniciar a construção da peça que sempre sonhaste escrever. Teremos ainda tempo para abordar alguns autores, a sua relação com o teatro, e partilhar experiências e opiniões. “Escrever para Teatro” destina-se a todos os interessados, com idade compreendida entre os 16 e os 21 anos, quer gostem ou não de teatro… mas que sempre desejaram que um ator, numa certa noite, se deleitasse com as palavras que escreveram e que deliciasse quem o está a ouvir.

IN THESE TWO SESSIONS WE WILL GO ON A JOURNEY THROUGH THE WORDS THE ACTORS SAY... ON STAGE. This is a focus on the basic points for writing for theatre and on creating the tools for writing. Through exercises, concepts, examples, text analysis and viewing of excerpts from plays and movies, we create the basic structure to begin writing the play you always dreamt of writing. We will study some authors, their relationships with theatre and share experiences and opinions.“Writing for Theatre” is for ages between 16 and 21 years, whether they like theatre or not. It’s for those who always wanted an actor to say what they wrote.

Local Espaço Oficina, Público-alvo dos 16 aos 21 anos, Horário 11h00 às 13h00 e 14h30 às 18h30, Preço 5 euros, Lotação 15 participantes, Data limite de inscrição 28 de maio, As inscrições e o respetivo pagamento podem ser efetuados no CCVF ou no site www.ccvf.pt através da bilheteira online.


DOMINGO 10 A QUARTA 13

OFICINA “O CORPO DA MEMÓRIA” FESTIVAIS GIL VICENTE • 10H00 ÀS 14H00

ANTONIO TAGLIARINI OFICINA DE CRIAÇÃO ASSOCIADA AO ESPETÁCULO “AS BARCAS”

ASSOCIADA AO ESPETÁCULO “AS BARCAS”, SERÁ REALIZADA UMA OFICINA DE CRIAÇÃO ORIENTADA PELO ITALIANO ANTONIO TAGLIARINI. “O corpo da memória” é uma oficina de criação que se debruça sobre as estratégicas de reconstituição. O ponto de partida é a análise crítica de uma série de obras fundamentais da história da dança contemporânea. Este trabalho mais teórico, culminará num trabalho prático onde cada participante desenvolverá um pequeno projeto onde trabalhará algumas das formas de reconstituição.

TOGETHER WITH “THE BOATS”, BY JOÃO GARCIA MIGUEL, THERE WILL BE A CREATION WORKSHOP BY THE ITALIAN ANTONIO TAGLIARINI. “O corpo da memória” (The body of the memory) is a creation workshop that focuses on strategies of reconstitution. The starting point is the critical analysis of a series of fundamental works in the history of contemporary dance. This more theoretical work, will culminate in a practical work where each participant will develop a small project where will work some of the ways of reconstitution.

Local Sala de Ensaios do CCVF, Público-alvo maiores de 16 anos, bailarinos, atores, criadores e público em geral, Nº máximo de participantes 16, Inscrição gratuita (sujeita ao pagamento de uma caução no valor de 25,00 euros que será devolvida no final da oficina) Data limite de inscrição 06 de junho, As inscrições podem ser efetuados no Centro Cultural Vila Flor ou no site www.ccvf.pt através da bilheteira online. O pagamento poderá ser feito em numerário no CCVF, ou por cheque enviado à ordem de A Oficina, CIPRL.


SEXTA-FEIRA 01

HYPE WILLIAMS MÚSICA • 24H00

Direitos Reservados

CAFÉ CONCERTO

PARA FECHAR A TEMPORADA EM GRANDE FORMA, O CAFÉ CONCERTO DO CCVF RECEBE UM GRANDE NOME DO MOMENTO, HYPE WILLIAMS. Em tournée por alguns dos mais importantes festivais, os Hype Williams fazem um desvio de  rota para nos presentearem com um  concerto  que marca o fecho do primeiro ciclo de programação do Café Concerto em 2012, antes das eliminatórias do FundaSound e habitual pausa de Verão. Inga Copeland e Dean Blunt são o duo por detrás de Hype Williams. O campo de atuação da dupla inclui não só a música, mas também palestras, performances de palco, reconstituições, instalações e apresentações de vídeo. Recentemente, juntaram-se para dar origem ao novíssimo álbum, “Black Is Beautiful”, lançado no passado mês de abril pela conceituada editora britânica Hyperdub.

TO END A GREAT SEASON OF CONCERTS AT CCVF’S CAFÉ CONCERTO WE PRESENT HYPE WILLIAMS BEFORE THE USUAL SUMMER BREAK. Inga Copeland and Dean Blunt are the duo behind Hype Williams. The work of this duo doesn’t include only music, but also stage performances, installations and video presentations. They have recently released their album “Black Is Beautiful”, by the prestigious British publisher Hyperdub.

Dean Blunt voz e eletrónica, Inga Copeland voz Maiores de 12 • Cartão CCVF e Cartão Quadrilátero Cultural


ORQUESTRA SINFÓNICA PORTUGUESA MÚSICA • 22H00

GRANDE AUDITÓRIO

NO ANO EM QUE COMEMORA 19 ANOS DE EXISTÊNCIA, A ORQUESTRA SINFÓNICA PORTUGUESA SOBE AO PALCO DO CENTRO CULTURAL VILA FLOR. Sob a batuta de Martin André, a Orquestra Sinfónica Portuguesa respondeu sim ao convite de Guimarães 2012 para mostrar como conquistou, desde a sua fundação em 1993, um lugar insubstituível no coração de todos os melómanos nacionais e como o som dos seus naipes já se ouve bem fora de fronteiras, o que se traduz nos muitos convites para atuações no estrangeiro e pelo repertório editado pela prestigiada editora internacional Marco Polo.

ON ITS 19TH YEAR OF EXISTENCE, THE PORTUGUESE SYMPHONY ORCHESTRA COMES TO CENTRO CULTURAL VILA FLOR. Conducted by Martin André, the Portuguese Symphony Orchestra accepted the invitation of the event “Guimarães 2012 European Capital of Culture” to show us how since 1993 this orchestra has found its place in the heart of all national music lovers as well as abroad. The Orchestra’s fame is also due to their record releases by the prestigious international publishing label Marco Polo.

Orquestra Sinfónica Portuguesa, Maestro Martin André Maiores de 12 • Cartão Guimarães 2012

Fotografia de Alin Dragulin

SÁBADO 02


SEXTAS 08, 15 E 22 E SÁBADOS 09, 16 E 23

FESTIVAL FUNDASOUND 2012 MÚSICA • 23H30

4ª MOSTRA DE MÚSICA POP DE GUIMARÃES CAFÉ CONCERTO

DURANTE O MÊS DE JUNHO, O CAFÉ CONCERTO DO CCVF SERVE DE PALCO ÀS APRESENTAÇÕES DOS PROJETOS MUSICAIS SELECIONADOS NO ÂMBITO DO FUNDASOUND. O Festival FundaSound é uma iniciativa destinada à promoção de projetos individuais ou coletivos que se enquadrem na música pop contemporânea, permitindo aos participantes selecionados a apresentação pública dos seus trabalhos e o registo ao vivo do espetáculo de atuação individual. Integrada no âmbito de Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura, a quarta edição do FundaSound é organizada pela Câmara Municipal de Guimarães e apoiada pela Fundação Cidade de Guimarães. À semelhança da edição anterior, este ano o FundaSound é alargado ao território nacional. Os dois projetos vencedores têm atuação garantida no Barco Rock Fest.

IN JUNE, CAFÉ CONCERTO IS AGAIN THE STAGE FOR THE PRESENTATIONS OF MUSICAL PROJECTS SELECTED FOR FUNDASOUND FESTIVAL. FundaSound Festival aims at promoting individual and group projects of contemporary pop music, allowing participants to present and record a live performance. Integrated in the event “Guimarães 2012 European Capital of Culture”, the fourth edition of FundaSound is organized by the Municipality of Guimarães with the support of Fundação Cidade de Guimarães. The two winning projects will also be invited to perform at Barco Rock Fest.

Maiores de 12


SÁBADO 23 E DOMINGO 24

BRINCADEIRAS LÍRICAS MÚSICA • 11H00 E 18H00

Direitos Reservados

PEQUENO AUDITÓRIO

ESPETÁCULO QUE PROCURA, ATRAVÉS DE UMA BRINCADEIRA COM A CAPACIDADE EXPRESSIVA DA VOZ LÍRICA, REVELAR A CANÇÃO ERUDITA DESDE AS ORIGENS ATÉ AOS NOSSOS DIAS. Brincando com a enorme capacidade expressiva da voz lírica, capaz de  produzir os sons, articulações, palavras e ambientes mais diversos e inesperados, na grande cumplicidade do seu fiel e colorido companheiro piano, este concerto encenado vai desvendado a canção erudita numa sequência teatral surreal e vertiginosa, inspirada no poder da nossa imaginação quando pequenos, de inventar mundos onde tudo é divertido e mágico. Lieder, mélodie, musicais americanos, excertos de óperas. Canções divertidas, antigas, modernas, longínquas e próximas.

PLAYING WITH THE EXPRESSIVE POWER OF THE LYRIC VOICE WE DISCOVER CLASSICAL MUSIC FROM ITS ORIGINS TO THE PRESENT DAY. Playing with enormous expressive power of the lyric voice, capable of the most unexpected sounds and articulations together with its faithful companion the piano, this staged concert will unveil the classical song in a dizzy sequence inspired by the power of our imagination to invent worlds where everything is fun and magical. Lieder, mélodie, American musicals and opera excerpts, funny songs, old songs, modern songs will be the focus of this lyrical bantering.

Direção cénica José Caldas, Conceção musical Catarina Molder, Figurinos e objetos cénicos José António Cardoso, Desenho e operação de luz Gi Carvalho, Interpretação Catarina Molder (soprano), Nuno Barroso (piano), Maiores de 4 • Cartão Guimarães 2012


TERÇA-FEIRA 26

JULIA HOLTER MÚSICA• 22H00

Fotografia de RIck Bahto

PEQUENO AUDITÓRIO

CANTORA, COMPOSITORA E MULTI-INSTRUMENTISTA AMERICANA, JULIA HOLTER APRESENTA NO CENTRO CULTURAL VILA FLOR O SEU ÚLTIMO TRABALHO DE ESTÚDIO. O segundo álbum de Julia Holter, “Ekstasis”, é uma coleção de canções escritas ao longo de três anos em Los Angeles, Califórnia. Com cada música deste álbum, há uma história e abordagem única, mas todas estão unidas pelo magnetismo dos manuscritos medievais e o desejo de Holter “de sair fora do meu corpo e descobrir o que eu não posso definir”. A aproximação de Holter à conceção das músicas de “Ekstasis” centrou-se em torno daquilo que esta descreve como “decisões de ouvidos abertos: o que pareceu soar melhor num determinado momento”.

SINGER, SONGWRITER AND MULTI-INSTRUMENTALIST AMERICAN JULIA HOLTER COMES TO CENTRO CULTURAL VILA FLOR TO PRESENT HER LAST STUDIO WORK. Her second album, “Ekstasis”, is a collection of songs written over three years in Los Angeles, with the magnetism of medieval manuscripts and Holter’s desire to communicate indefinable feelings.

Julia Holter voz, piano, teclas, Christopher Votek violoncelo Corey Fogel percussão, Maiores de 12 • Cartão Guimarães 2012


QUARTA-FEIRA 27

QUARTAS DOS ATORES TEATRO • 23H00

TEATRO OFICINA CAFÉ CONCERTO

A IMPROVISAÇÃO TOMA CONTA DO PALCO DO CAFÉ CONCERTO EM MAIS UMA NOITE DAS QUARTAS DOS ATORES. O que acontece quando os atores saem das quatro paredes da sala de ensaio, e num gesto claro e simples de partilha, cantam as canções que gostam, dizem os textos que os tocam, para uma sala com um público que alegremente oscila entre a surpresa e o entusiasmo? Saberemos a resposta em mais uma noite das Quartas dos Atores, no Café Concerto do CCVF.

IMPROVISATION GOES ON STAGE AGAIN AT CCVF’S CAFÉ CONCERTO. What happens when the actors leave the rehearsal room and sing the songs they like, say the texts that move them to an audience surprised and enthusiastic? We will only know it on Wednesdays, with the Actors’ Wednesdays, at CCVF’s Café Concerto.

Coordenação João Henriques, Atores Diana Sá, Sara Pereira, André Teixeira, Pedro Almendra, José Eduardo Silva, Emílio Gomes, Acompanhamento ao piano Joana Gama, Todas as idades


SEXTA-FEIRA 29

1ª SESSÃO INCLUSIVA: JORGE QUEIJO Direitos Reservados

MÚSICA • 22H00

PEQUENO AUDITÓRIO

UM ESPETÁCULO QUE RESULTA DAS EXPERIÊNCIAS REALIZADAS EM OFICINAS DE EXPRESSÃO MUSICAL PROMOVIDAS PELA CERCIGUI. A utilização da música em contextos especiais é do conhecimento de educadores, auxiliares e diretores das instituições, como  sendo uma ferramenta essencial no desenvolvimento cognitivo, motor e sensorial dos alunos. No seguimento do espetáculo apresentado em dezembro de 2011, a “Ópera de Todos”, este novo espetáculo de música e dança resulta das sessões inclusivas realizadas na Cercigui em 2012. Pretende-se com este projeto desenvolver as capacidades musicais e motivações individuais num processo de continuidade.

THIS IS A SHOW OF EQUALITY OF OPPORTUNITIES THAT RESULTED FROM EXPERIENCES IMPLEMENTED IN MUSICAL EXPRESSION WORKSHOPS HELD IN THE CERCIGUI. The use of music in particular contexts is well-known by teachers, assistants and directors of institutions as an essential tool in cognitive, motor and sensory development. Following the show presented in December 2011, this is a new show of music and dance.

Direção artística Jorge Queijo e Dora Silva, Música e Dança interpretada pelos utentes da Cercigui, Maiores de 12 • Cartão Guimarães 2012


SÁBADO 30

PENTHESILIA GRANDE AUDITÓRIO

UM HINO À IMATURIDADE DOS AMANTES QUE SE BASEIA NA “PENTHESILEA”, DE HEINRICH VON KLEIST. Uma obra provavelmente inspirada na passagem de “Penthesilea” (ou “Penthesilia”) do poema épico Posthomerica, de Quintus Smyrnaeus, e na herança imagética de Séneca. Em cena, soam as vozes de uma haute-lutte entre o belo e o terrível, a razão e a emoção, a sociedade e os afetos. A filosofia mistura-se com a poesia que se funde com a psicologia, num simulacro que é sobretudo a constatação de que os homens dificilmente conseguirão resolver a sua relação com a liberdade: “Each man kills the thing he loves” (Oscar Wilde).

AN ODE TO THE IMMATURITY OF LOVERS, BASED UPON PENTHESILEA BY HEINRICH VON KLEIST. A work that was probably inspired by the passage about Penthesilea (or Penthesilia) in the epic Post-homeric poem by Quintus Smyrnaeus and inspired by the imagetic heritage of Seneca. On the stage, voices sound out following a hard fought struggle between the beautiful and the terrible, reason and emotion, society and affection. Philosophy is mixed with poetry, which in turn is mixed with psychology, in a simulacrum that is above all a statement that men will find it very difficult to resolve their relationship with freedom: “Each man kills the thing he loves” (Oscar Wilde).

Direção artística, dramaturgia e encenação Martim Pedroso, Coreografia e movimento Emanuele Sciannamea, Interpretação em palco Carla Bolito, Emanuele Sciannamea, Martim Pedroso, Nicole Kehrberger, intérpretes voluntários da comunidade local (elenco adicional), Uma coprodução Materiais Diversos, Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura/Fundação Cidade de Guimarães, São Luiz Teatro Municipal, Cie. Zerogrammi, A Materiais Diversos é uma estrutura financiada pelo Governo de Portugal/Secretário de Estado da Cultura – DGArtes, (A ficha técnica e artística completa encontra-se disponível em www.ccvf.pt), Maiores de 16 • Cartão Guimarães 2012

Fotografia Mafalda Oliveira

TEATRO • 22H00

DANÇA SOLITÁRIA PARA UMA HEROÍNA APAIXONADA


SÁBADO 30

Direitos Reservados

PAULA TEIXEIRA 100% INCLUSIVO MÚSICA • 22H00

PEQUENO AUDITÓRIO

UMA CONJUGAÇÃO DA LINGUAGEM GESTUAL PORTUGUESA COM AS NOVAS TECNOLOGIAS CÉNICAS, QUE SE TRADUZ NUM ESPETÁCULO 100% INCLUSIVO. Uma viagem por várias sonoridades. As palavras e a poética da música são integralmente traduzidas para linguagem gestual portuguesa pela própria artista e, simultaneamente, por uma intérprete de linguagem gestual que acompanha todo o concerto. As sensações e alusões de cada tema são “traduzidos” por uma viagem cénica montada especialmente para este concerto, de modo a que as palavras e sensações de Paula Teixeira em palco sejam acompanhadas por todos.

THIS IS A SHOW WHERE PORTUGUESE SIGN LANGUAGE AND NEW TECHNOLOGIES CREATE A JOURNEY THROUGH VARIOUS SOUNDSCAPES. Poetry and music are fully translated into sign language by the Portuguese artist herself and a sign language interpreter. The story, the feelings and sensations in each song are “translated” by a set especially created for this concert and the words and feelings of Paula Teixeira on stage are easily understood by the whole audience.

Maiores de 12 • Cartão Guimarães 2012


ATÉ 17 JUNHO

CÂMARA ESCURA 13H30 E 15H00

JARDIM E PARQUE DE ESTACIONAMENTO

INSTALAÇÃO QUE PROPORCIONA A EXPERIÊNCIA DE ESTAR DENTRO DE UMA CÂMARA FOTOGRÁFICA E AÍ ASSISTIR A UM ESPETÁCULO SOBRE O MECANISMO DA FOTOGRAFIA. Congregando três vertentes expressivas que se complementam para falar sobre o mundo, sobre a história da fotografia e sobre o património imaterial, nomeadamente os saberes-fazer tradicionais e contemporâneos da região de Guimarães, esta instalação performativa apresenta-nos uma enorme câmara estenopeica, dentro da qual o público terá a experiência de estar dentro de uma câmara fotográfica e aí assistir a um espetáculo sobre a história do mecanismo da fotografia. Os espetáculos terão lugar no jardim do CCVF, todos os dias, às 13h30 e às 15h00, exceto segundasfeiras. Uma exposição fotográfica e uma vídeo instalação, bem como atividades paralelas de formação em fotografia estenopeica complementam este projeto que irá mostrar, no verão e em Guimarães, como se vê tudo de pernas para o ar.

THIS INSTALLATION PROVIDES THE VISITORS WITH THE EXPERIENCE OF BEING INSIDE A CAMERA AND WATCHING A SHOW ABOUT THE MECHANISMS OF PHOTOGRAPHY. The world, the history of photography and the cultural heritage from the area of Guimarães will all be inside a huge pinhole camera in the gardens of CCVF every day except Mondays. Parallel activities on pinhole photography complete this project that will show everything upside down.

Instalação Performativa: até 17 de junho, às 13h30 e às 15h00, exceto segundas-feiras, Jardim do CCVF, Saber Fazer (Exposição Fotográfica e Vídeo Instalação): até 17 de junho, diariamente das 10h00 às 19h00, Parque de Estacionamento do CCVF (piso -1), Cursos de Fotografia Estenopeica: Secção de Fotografia do Cineclube de Guimarães Maiores de 6 • Cartão Guimarães 2012

Direitos Reservados

INSTALAÇÃO PERFORMATIVA, EXPOSIÇÃO DE FOTOGRAFIA E VÍDEO INSTALAÇÃO


02 JUNHO A 16 SETEMBRO

FLATLAND (REDUX) EXPOSIÇÃO

PALÁCIO VILA FLOR

EXPOSIÇÃO QUE REÚNE OBRAS DE ÁNGELA DE LA CRUZ, JOÃO QUEIROZ, MICHAEL BIBERSTEIN E MICHAËL BORREMANS.

Inauguração 02 junho | 18h00 Horário da Exposição segunda-feira e sábado 09h00-13h00 | 14h30-19h00 terça-feira a sexta-feira

Flatland (Redux) reúne quatro artistas que trabalham num momento pós-culpa pictórica, inscrevendo outras tantas possibilidades

09h00-20h00 domingo 10h00-13h00 | 15h00-19h00

de reinscrição da viabilidade das imagens da pintura – encontrando precisamente o campo no qual a pintura possui, na sua infinda possibilidade de reconfiguração imagética, a capacidade

Visitas Orientadas segunda a sábado, preço 2 eur/ pessoa | grupos escolares ou em

de permanentemente reinvestir a sua história sem jogar o jogo do

formação 10 eur/grupo,

limite transcendental.

lotação 1 turma/25 pessoas As visitas orientadas estão sujeitas

AN EXHIBITION SHOWCASING WORKS BY ÁNGELA DE LA CRUZ, JOÃO QUEIROZ, MICHAEL BIBERSTEIN AND MICHAËL BORREMANS.

a marcação prévia com uma semana de antecedência, que poderá ser efetuada pelo telf. 253 424 700 ou através do e-mail serviço.educativo@ guimaraes2012.pt

Flatland (Redux) brings together four artists who work with the endless possibility of painting as the ability to permanently reinvent its history without playing the game of the transcendental limit.

Todas as idades

Michaël Borremans "The Duck", 2010 _ 40,0 x 50,0 cm _ Oil on canvas _ Photography by Peter Cox _ Courtesy Zeno X Gallery, Antwerp


JUNHO

SERVIÇO EDUCATIVO VÁRIAS ATIVIDADES

Espetáculo “Histórias que me contaste tu no país das pessoas de pernas para o ar” apresentado no âmbito da rede

Sábados 02 e 09 | Domingos 03 e 10 10h00 e 11h30

NINHOS Cores e Objetos Co-financiada por

Os NINHOS foram pensados como pequenas experiências artísticas e

Quinta 14 a Sábado 16

HISTÓRIAS QUE ME CONTASTE TU NO PAÍS DAS PESSOAS DE PERNAS PARA O AR Tânia Cardoso e Joana Manaças

sensoriais em formato de oficinas para pais e filhos. São momentos

Uma contadora de histórias e uma

especiais de exploração do corpo,

bailarina partilham narrativas

dos sentidos, dos sons, dos objetos,

sobre um país virado do avesso onde

das cores, das texturas… Tudo

os finais dos contos são improváveis

gira e descobrimos que o nosso

e quase descansam perto do lugar

olhar consegue alcançar lugares

dos inícios. O mundo às avessas

escondidos…

domina a narrativa, sublinhando que tudo está certo por mais que a razão nos diga que não.

“Nests” were thought of as small artistic and sensory experiences in the form of workshops for parents and children. These are special moments to explore the body, senses, sounds, objects, colors, textures... everything goes round and round and we find out that our eyes can reach hidden places...

A storyteller and a dancer share stories about a country turned upside down where the endings of tales are improbable and close to their beginnings. The world upside down dominates the story, telling us that everything is right, although reason keeps saying otherwise.

Oficinas para Pais e Filhos Público-alvo Sessões das 10h00 (1 a 3 anos), Sessões das 11h30 (3 a 5 anos), Local CCVF, Preço 2 eur/ pessoa, Duração 40 min. (1 a 3 anos), 60 min. (3 aos 5 anos) Atividade sujeita a marcação prévia com uma semana de antecedência através do e-mail servicoeducativo@aoficina.pt

Multidisciplinar Público-alvo dos 4 aos 8 anos Local CCAC - Centro de Criação Artística de Candoso Horários 14 junho 15h00 | 15 junho 10h00 e 15h00 | 16 junho 11h00 e 16h00 Preço 2 eur, Duração 45 min. Lotação 40 lugares


QUINTA 26* E SEXTA 27** JULHO

MANTA

MÚSICA / 23H00* E 24H00**

JARDIM DO CCVF

EM JULHO, O MANTA REGRESSA AO JARDIM DO CENTRO CULTURAL VILA FLOR.

Concentrado em 2 dias, 26 e 27 de julho, o MANTA volta a estenderse à cidade, mais concretamente ao centro histórico, mantendo o epicentro no jardim do CCVF e com acesso gratuito. Nesta edição, o Manta afirma-se, uma vez mais, como um evento que valoriza a criação contemporânea inspirada na melhor tradição cultural do planeta. Um evento que se edifica a partir do CCVF e se estende em direção à cidade de Guimarães, com o mundo todo lá dentro.

IN JULY, MANTA RETURNS TO THE GARDEN OF VILA FLOR CULTURAL CENTRE. Concentrated in two days, 26th and 27th July, MANTA extends its activity to the city once more, specifically to the historic center, keeping the epicenter in the garden of CCVF and with free access. In this edition, Manta imposes itself, once again, as an event that emphasizes the contemporary creation inspired by the best cultural tradition of the planet. An event that is raised from the CCVF and extends toward the city of Guimarães, with the whole world in there.


GRANDE AUDITÓRIO

SÁB 02 | ORQUESTRA SINFÓNICA PORTUGUESA SÁB 09 | OS LUSÍADAS QUI 14 | TOP MODELS: PAULA SÁ NOGUEIRA (UM BESTIÁRIO) SÁB 16 | SONHO DE UMA NOITE DE VERÃO SÁB 30 | PENTHESILIA

€ 10,00 / € 7,50 C/DESCONTO € 5,00 € 10,00 / € 7,50 C/DESCONTO € 10,00 / € 7,50 C/DESCONTO € 10,00 / € 7,50 C/DESCONTO

PEQUENO AUDITÓRIO

QUI 07 E SEX 08 | NIÓBIO QUA 13 | JOANE SEX 15 | ILHAS SÁB 23 E DOM 24 | BRINCADEIRAS LÍRICAS TER 26 | JULIA HOLTER SEX 29 | 1ª SESSÃO INCLUSIVA: JORGE QUEIJO SÁB 30 | PAULA TEIXEIRA - 100% INCLUSIVO

€ 7,50 / € 5,00 C/DESCONTO € 7,50 / € 5,00 C/DESCONTO € 7,50 / € 5,00 C/DESCONTO € 5,00 / € 3,00 C/DESCONTO € 5,00 / € 3,00 C/DESCONTO € 5,00 / € 3,00 C/DESCONTO € 5,00 / € 3,00 C/DESCONTO

CAFÉ CONCERTO

SEX 01 | HYPE WILLIAMS SEX 08, 15 E 22 E SÁB 09, 16 E 23 FESTIVAL FUNDASOUND 2012 QUA 27 | QUARTAS DOS ATORES

€ 5,00 ENTRADA LIVRE ENTRADA LIVRE

PALÁCIO VILA FLOR

02 JUNHO A 16 SETEMBRO FLATLAND (REDUX)

€ 2,00

OUTROS ESPAÇOS

QUA 06 A SEX 08 | AS BARCAS ATÉ 17 JUNHO | CÂMARA ESCURA ESPETÁCULO EXPOSIÇÃO

PREÇOS COM DESCONTO (C/D) Pessoa com deficiência e acompanhante, Estudantes , Menores de 30 anos, Maiores de 65 anos, Sócios do CAR - Círculo de Arte e Recreio (nos espetáculos dos Festivais Gil Vicente) Cartão CCVF e Cartão Quadrilátero Cultural_desconto 50% Cartão Guimarães 2012_desconto 50%

VENDA DE BILHETES Bilheteira do CCVF, www.ccvf.pt e em todas as lojas Fnac

HORÁRIO DE BILHETEIRA segunda-feira e sábado 09h00-13h00 | 14h30-19h00 terça-feira a sexta-feira 09h00-20h00 domingo 10h00-13h00 | 15h00-19h00 local Palácio Vila Flor Feriados (em dias de espetáculos) 14h00-19h00 local Palácio Vila Flor 20h00 até 30 minutos após o início dos mesmos local Bilheteira Central

€ 7,50 / € 5,00 C/DESCONTO € 2,00 ENTRADA LIVRE


VISITAS GUIADAS AO CCVF TERÇAS A SEXTAS-FEIRAS, DAS 10H00 ÀS 19H00 VISITAS SUJEITAS A MARCAÇÃO ATÉ UMA SEMANA DE ANTECEDÊNCIA, PARA GRUPOS DE PELO MENOS 10 PESSOAS. RESERVAS ANTECIPADAS ATRAVÉS DO Nº 253 424 700 OU PELO E-MAIL GERAL@CCVF.PT MAIS INFORMAÇÕES EM WWW.CCVF.PT

SERVIÇO DE BABY-SITTING_1 EUR IDADES DOS 3 AOS 9 ANOS CAPACIDADE MÁXIMA_20 CRIANÇAS FUNCIONAMENTO EM DIAS DE ESPETÁCULO E DURANTE O PERÍODO DE APRESENTAÇÃO ESTACIONAMENTO 150 LUGARES EM PARQUE DE ESTACIONAMENTO PÚBLICO. AVENÇAS MENSAIS.

distribuição gratuita | capa • Top Models: Paula Sá Nogueira (um bestiário)

Cofinanciamento


Programa Junho 2012 do CCVF