Issuu on Google+


SERVIÇO EDUCATIVO *QUARTA 18 A SEXTA 20 E SÁBADO 21** *POR MARCAÇÃO DAS ESCOLAS E **16H00

A NOVA BAILARINA

DOMINGO 08

25 ANOS DE DANÇA DOISMILEOITO DANÇA • 18H30

MÚSICA • 24H00

ACADEMIA DE MÚSICA E BAILADO DE GUIMARÃES

CAFÉ CONCERTO

GRANDE AUDITÓRIO

TERÇA-FEIRA 31

SÁBADO 14

CAFÉ FALADO

ALDARA BIZARRO DANÇA QUINTA 26 E SEXTA 27* E SÁBADO 28** *10H00 E 15H00 E **11H00 E 16H00

EVOLS MÚSICA • 24H00

DAQUI VÊ-SE MELHOR

CAFÉ CONCERTO

ISABEL MINHÓS MARTINS, BERNARDO CARVALHO & SUZANA BRANCO

SEXTA-FEIRA 20

TEATRO

SEXTA-FEIRA 27

OSSO VAIDOSO MÚSICA • 24H00

CAFÉ CONCERTO

21H30

TEMA: DANÇA CONTEMPORÂNEA CAFÉ CONCERTO

ATÉ 18 FEVEREIRO

HUGO CANOILAS EXPOSIÇÃO

PROVISORIAMENTE DEFINITIVOS OU DEFINITIVAMENTE PROVISÓRIOS PALÁCIO VILA FLOR

QUARTA-FEIRA 25

QUARTA DOS ACTORES TEATRO • 23H00

TEATRO OFICINA CAFÉ CONCERTO

Presidente da Direcção Francisca Abreu Direcção José Bastos Assistente de Direcção Anabela Portilha Assistente de Programação Rui Torrinha Serviço Educativo Elisabete Paiva (coordenadora), Lara Soares, Direcção de Produção Tiago Andrade Produção Executiva Paulo Covas, Ricardo Freitas Assistência de Produção Andreia Abreu, Andreia Novais, Carlos Rego, Hugo Dias, João Covita, Mauro Rodrigues, Pedro Sadio, Pedro Silva, Sérgio Castro, Sofia Leite, Susana Pinheiro Teatro Oficina - Direcção Artística Marcos Barbosa Assistente de Direcção Artística João Henriques Actores André Teixeira, Diana Sá, Emílio Gomes, José Eduardo Silva, Pedro Almendra, Sara Pereira Direcção Técnica José Patacão Direcção de Cena Helena Ribeiro Luz/Maquinaria - Luz André Garcia Maquinaria Eliseu Morais, Ricardo Santos Som/Audiovisuais - Coordenação Pedro Lima Audiovisuais Emanuel Valpaços e Sérgio Sá Direcção de Instalações Luís Antero Silva Apoio e Manutenção Amélia Pereira, Anabela Novais, Conceição Leite, Conceição Oliveira, Jacinto Cunha, José Gonçalves, Júlia Oliveira Comunicação e Marketing Marta Ferreira, Bruno Barreto (Estagiário) Design interno Susana Sousa Direcção Administrativa Sérgio Sousa Financeiro, Contabilidade e Aprovisionamento Helena Pereira de Castro (coordenadora), Ana Carneiro, Liliana Pina, Serviço Administrativo Marta Miranda (estagiária), Paula Machado, Rafael Guise, Rui Salazar, Susana Costa, Área Expositiva Carla Marques (recepção), Cláudia Fontes, Sandra Moura Técnica de Património Catarina Pereira Oleira Felicidade Bela Loja Oficina Eduarda Ferreira, Josefa Araújo Informática Bruno Oliveira, Design Atelier Martino&Jaña | Janeiro 2012


2012 SERÁ UM ANO DE VIVER COM A CIDADE UM PROCESSO DE INTENSA VIVÊNCIA CULTURAL, RESULTANTE DA AFIRMAÇÃO DE UMA VONTADE COLECTIVA ALINHADA PELO ESPÍRITO EUROPEU DA CRIAÇÃO. A rota da magnitude cultural terá assim a nossa marca, neste nuclear momento de procura de novos paradigmas e utopias. Será por isso fundamental convocar para este fenomenal evento todos quantos o possam engrandecer e que dele retirem um forte crescimento identitário. O CCVF manterá a sua vitalidade programática como espaço de acolhimento para muitas das propostas inscritas no programa geral da Capital Europeia da Cultura 2012, ao mesmo tempo que, de forma complementar, manterá algumas das suas actividades regulares. Será por isso um espaço multi funções ainda mais plural e mais vivido, quer pela população quer pelos visitantes nacionais e internacionais, que encontraremos em Guimarães durante todo o ano. É dentro desse particular espírito de acolhimento e de procura da excelência, características que tanto nos movem, que nos preparamos para contribuir ao mais alto nível para este irrepetível ano. Uma preparação que começou há longo tempo e que agora toma forma mais concludente aos olhos do público e dos artistas. Este é o nosso tempo e o nosso momento. Que se concretize então na prova maior de afirmação identitária de uma comunidade, de uma região, de um país, de um continente. José Bastos


DOMINGO 08

25 ANOS DE DANÇA DANÇA • 18H30

ACADEMIA DE MÚSICA E BAILADO DE GUIMARÃES GRANDE AUDITÓRIO

A ACADEMIA VIMARANENSE ASSINALA NO CENTRO CULTURAL VILA FLOR OS SEUS 25 ANOS DE EXISTÊNCIA. Há um espaço, há um tempo, surgem momentos que não voltam a acontecer. No entanto, como o vento que vai e volta, ter em palco alunas que nos acompanharam no nosso primeiro espectáculo ajuda-nos a compreender como vale a pena acreditar. Mergulhar no desconhecido é deixar-se levar pelas ondas que vão ter à constante descoberta de histórias que nos surpreendem a cada instante, renovando energias para voltar a criar. Transformamos assim ideias em objectos, movimento em poesia, mensagens em canto, gostos em música. Desde “Um breve passado” até “Um longo futuro de muitas outras cores” fazemos uma viagem onde as memórias se fundem com a vontade de ir mais além, agilizando a busca de um sonho que se vai tornando realidade. “Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo…” (Fernando Pessoa).

THE GUIMARÃES-BASED DANCE ACADEMY CELEBRATES ITS 25TH ANNIVERSARY AT CENTRO CULTURAL VILA FLOR. As time goes by, there are moments in life that never happen again. To dive into the unknown is to be taken by waves that lead us to constant discovery. From “A Brief Past” to “A many-coloured future” we go on a trip where memories intertwine with the wish to go beyond… “Stones in the road? I save every single one, one day I´ll build a castle” (Fernando Pessoa).

Direcção Helena Sousa e Rui Donas, Coreografia Ana Araújo, Helena Sousa, Ilana Oliveira, Ivo Ribeiro, Marco Moreira, Maria Silva, Texto Helena Sousa, Voz Cláudio Vidal, Músicos Luis Filipe Correia, Natália Magalhães, Co-Produção Academia de Música e Bailado de Guimarães e Centro Cultural Vila Flor, (A ficha técnica e artística completa encontra-se disponível em www.ccvf.pt), Maiores de 3 anos • Cartão CCVF


SÁBADO 14

EVOLS MÚSICA • 24H00

Direitos Reservados

CAFÉ CONCERTO

NA PRIMEIRA ACTUAÇÃO DE 2012 NO CAFÉ CONCERTO, OS EVOLS APRESENTAM O SEU PRIMEIRO ÁLBUM EM EDIÇÃO DE AUTOR. A primeira actuação no Café Concerto, em ano de Capital Europeia da Cultura, é da responsabilidade dos Evols, banda que tem na sua formação um músico residente em Guimarães. Entre composições estritamente organizadas ou através da música improvisada com formas aleatórias, os Evols apresentam o seu álbum homónimo. As linhas divisórias entre géneros musicais são inexistentes, sendo a guitarra eléctrica o único elemento de união entre os elementos. Nas suas apresentações ao vivo contam com a componente visual executada por Pedro Maia, resultando uma performance que combina a música com projecções de vÍdeo, fumo e strobs. A criação local como forma de olhar o mundo ou não fossem os Evols um projecto musical que capta várias influências do rock universal independente para criar a sua própria identidade.

THE FIRST PERFORMANCE OF THE YEAR AT CAFÉ CONCERTO IS WITH EVOLS, PRESENTING THEIR FIRST ALBUM. In the year of the European Capital of Culture, the first concert at the Café Concerto is with Evols. Among strictly organized compositions or through improvised music with random shapes, Evols present their self-titled album with a performance punctuated by combining music with video projections, smoke and strobes.

Vitor Santos Guitarra e Voz, Carlos Lobo Guitarra e Voz, França Gomes Guitarra, Voz e Sampler, Pedro Maia Colaborador vídeo, Maiores de 12 anos • Cartão CCVF


SEXTA-FEIRA 20

OSSO VAIDOSO MÚSICA • 24H00

Direitos Reservados

CAFÉ CONCERTO

“ANIMAL” APRESENTADO AO VIVO NO CAFÉ CONCERTO DO CCVF. TRATA-SE DO RECENTEMENTE EDITADO ÁLBUM DE ESTREIA DO GRUPO OSSO VAIDOSO. Osso Vaidoso é o nome do projecto musical que volta a juntar a cantora Ana Deus e o guitarrista Alexandre Soares, dois artistas que cruzaram as suas experiências musicais nos Três Tristes Tigres. Para trás, nos anos 80, estavam os Ban e os GNR. Longe de serem novatos, procuram, no entanto, sempre uma perspectiva nova que oriente as suas criações e é neste Osso Vaidoso que de novo se encontram. Canções simples onde o texto marca a pulsação e as guitarras fogem ao lugar comum. São canções quase no osso, numa estrutura aparentemente simples, sem grandes artifícios, compostas pelos dois artistas a partir de textos de Regina Guimarães, Valter Hugo Mãe e Alberto Pimenta, que fornecem palavras num disco que as privilegia. Saudamos o regresso de Ana Deus e Alexandre Soares com este novo projecto, motivo para apresentar o recém-publicado álbum “Animal”. Canções infecciosas em palco, interpretadas por dois dos seus mais brilhantes executantes. Um momento de rendição à cultura portuguesa.

“ANIMAL” IS THE DEBUT ALBUM OF OSSO VAIDOSO. Osso Vaidoso is the name of the musical project joining once more the singer Ana Deus and the guitarist Alexandre Soares, two artists who have crossed their musical experiences in the band Três Tristes Tigres. Back in the 80’s they were part of very famous projects such as the bands Ban and GNR. Their return to the Portuguese music scene is with their newly released album “Animal”. Two brilliant performers live at CCVF’s Café Concerto for a night dedicated to the Portuguese culture.

Ana Deus Voz, Alexandre Soares Guitarras, Maiores de 12 anos • Cartão CCVF


QUARTA-FEIRA 25

QUARTAS DOS ACTORES TEATRO • 23H00

TEATRO OFICINA Direitos Reservados

CAFÉ CONCERTO

O QUE ACONTECE QUANDO OS ACTORES SAEM DAS QUATRO PAREDES DA SALA DE ENSAIO? Para que o final deste ano sirva também como insinuação de novas propostas lançamos no ar uma questão: o que acontece quando os actores saem das quatro paredes da sala de ensaio, e num gesto claro e simples de partilha, cantam as canções que gostam, dizem os textos que os tocam, para uma sala com um público que alegremente oscila entre a surpresa e o entusiasmo? Saberemos a resposta às quartas, com as Quartas dos Actores, no Café Concerto do CCVF.

WHAT HAPPENS WHEN ACTORS LEAVE THE FOUR WALLS OF THE REHEARSAL STUDIO? So that the end of the year might serve as a way to take a hold of new projects, we would like to toss out a question for consideration: what happens when actors leave the four walls of the rehearsal studio, and in a simple gesture of sharing, sing the songs that they like and read the texts which speak to them before an audience which shifts happily between surprise and enthusiasm? We will find out on Wednesdays, with Wednesdays for Actors, at Vila Flor’s Café Concerto.

Coordenação João Henriques, Actores Diana Sá, Sara Pereira, André Teixeira, Pedro Almendra, José Eduardo Silva, Emílio Gomes, Entrada Livre • Todas as idades


SEXTA-FEIRA 27

DOISMILEOITO MÚSICA • 24H00

Direitos Reservados

CAFÉ CONCERTO

“PÉS FRIOS”, O NOVO ÁLBUM DOS DOISMILEOITO, PROMETE AQUECER O AMBIENTE NO CAFÉ CONCERTO DO CCVF. “Pés Frios” é o título do novo álbum dos doismileoito, editado em Outubro passado. Sucessor do aclamado disco de estreia homónimo editado em 2009, “Pés Frios” foi produzido por Nuno Rafael e gravado por Nélson Carvalho e Tiago de Sousa nos Estúdios Valentim de Carvalho. A masterização esteve a cargo de Andy VanDette no Masterdisk Studios, NY. A gravação do disco contou já com a participação de Bruno “Testo” Almeida na guitarra, que agora se junta a Pedro Pode, André Aires e Nicolau. Os doismileoito são letras. Em português. E são músicas. Que se podem ouvir em todo mundo. Porque são Rock. Vencedores dos TMN Garage Sessions em 2006, levaram a sua música para estrada em 2008. Agora, as canções dos doismileoito estão a chegar às pessoas. E já não vão parar. São canções para cantar – letras para entoar e melodias para assobiar ou trautear.

“PÉS FRIOS”, THE NEW ALBUM BY DOISMILEOITO, WILL WARM UP THE AUDIENCE OF CCVF’S CAFÉ CONCERTO. Pés Frios” is the latest album by Doismileoito, edited last October, presenting 10 new songs. Doismileoito are lyrics and songs in Portuguese. But they can be heard all over the world… because they are rock! Doismileoito have won the TMN Garage Sessions in 2006 and started on the road in 2008. Now, their songs are reaching people. And they will not stop. Songs to be sung and melodies to whistle and hum.

Pedro Pode Voz e Guitarra, André Aires Bateria, Nicolau Fernandes Baixo e Teclados, Bruno Almeida Guitarra, Luis Miguel Brito Road Manager, Francisco Marques Técnico de som, Maiores de 12 anos • Cartão CCVF


TERÇA-FEIRA 31

CAFÉ FALADO 21H30

TEMA: DANÇA CONTEMPORÂNEA CAFÉ CONCERTO

O CAFÉ FALADO REGRESSA REFRESCADO EM 2012 COM A FUNÇÃO DE AMPLIFICAR A PROGRAMAÇÃO. Assim, a primeira sessão será integrada no GUIdance - Festival Internacional de Dança Contemporânea - e abordará alguns aspectos relacionados com esta arte no contexto internacional, contando com a participação de alguns intervenientes deste particular universo. Tem entrada livre e um convite implícito à participação da plateia. Conversa incluída nas actividades paralelas do GUIdance.

THE SPEAKERS’ COFFEE RETURNS WITH A FRESH LOOK IN 2012. This first session will be included in GUIdance Festival – International Contemporary Dance Festival – and will debate some of the aspects related to this kind of art in the international context, with the presence people involved in contemporary dance.

Entrada Livre • Todas as idades


ATE 18 FEVEREIRO

HUGO CANOILAS EXPOSIÇÃO

PROVISORIAMENTE DEFINITIVOS OU DEFINITIVAMENTE PROVISÓRIOS PALÁCIO VILA FLOR

E SE UM DIA UM ARTISTA DECIDISSE DESTRUIR AS SUAS OBRAS? E SE ISSO FOSSE PRETEXTO PARA LEVAR MAIS LONGE A SUA PRODUÇÃO E PENSAMENTO? Nos trabalhos de Hugo Canoilas sentimos uma indiferença pe-

Horário da Exposição Segunda-feira e Sábado 09h00-13h00 | 14h30-19h00 Terça-feira a Sexta-feira 09h00-20h00 Visitas guiadas Local Palácio Vila Flor Horário | Terça a Sexta,

rante a autoria e a utilidade de se proceder a uma assinatura final

das 10h00 às 19h00 | Duração

sobre o seu trabalho, que nos surge interligado numa continuida-

Dos 4 aos 12 anos | 60 min.

de circular e em expansão, detectando-se mais facilmente o gesto inaugural da sua origem do que o último momento da sua definitiva conclusão. Justapondo pela primeira vez peças dos últimos anos e dispositivos de exibição programados para esta exposição, Hugo

Maiores de 12 anos | 90 min. Preço 0,50 eur Lotação 1 turma / 25 pessoas As visitas guiadas estão sujeitas a marcação prévia, com uma semana de

Canoilas desafia definições, géneros e suportes do trabalho artísti-

antecedência, que poderá ser efectuada

co. Materiais de um estaleiro de construção civil convivem lado a

pelo telf. 253 424 700 ou através do

lado com peças artísticas. As obras surgem incompletas, refeitas; baralham-se espaços e coordenadas. E o espectador, que fará? Entrar no jogo! Pelo jogo se coloca em perigo as convenções e se abre portas para a reconstrução permanente.

IF ONE DAY AN ARTIST DECIDED TO DESTROY HIS OWN WORKS? AND IF THIS WERE THE PRETEXT TO TAKE HIS CREATIONS AND THOUGHTS EVEN FURTHER? Juxtaposing pieces from more recent years with display devises programmed for this exhibition, Hugo Canoilas challenges definition, genres and artistic formats. Materials from a construction site are placed side-by-side with pieces of art. The works emerge incomplete, redone; spaces and coordinates get confused. And what is the viewer to do? Get into the game! Through the game conventions are put in jeopardy and doors are opened to permanent reconstruction.

Todas as idades

e-mail servicoeducativo@aoficina.pt


JANEIRO

SERVIÇO EDUCATIVO VÁRIAS ACTIVIDADES

CENTRO CULTURAL VILA FLOR

Qua 18 a Sex 20* e Sáb 21 ** *Por Marcação das Escolas e **16h00

A Nova Bailarina (“New Dancer”) is a

A NOVA BAILARINA

the role of individuals in society and

Aldara Bizarro

show about democracy that leads us to civic awareness of the self and of values such as ethics and personal and social constructs. All this with an unconven-

A Nova Bailarina é um espectáculo sobre a democracia que nos remete para o papel de cada um na sociedade e para a consci��ncia

tional humour. The audience is invited to consider and decide on issues like citizenship brought up by the dancer. Following the work that has been developed by the choreographer Aldara

cívica, abordando, através da dan-

Bizarro, this is a piece in which the word

ça, de forma não convencional e

will be very present, always with the

com humor, questões éticas e de

aim of enhancing awareness of the con-

valores base de construção pessoal e social. O público é convidado a pensar e decidir a partir de ques-

nections between mind and body. DANÇA Dos 6 aos 12 anos

tões que vão sendo colocadas pela

Local Dias 18 a 20 | Escolas,

bailarina, a tomar posições de

Dia 21 | CCVF Sala de Ensaios

cidadania, unindo-se, chegando

Preço 2 eur, Lotação 30 pessoas

a ter que se opor à Bailarina, que, por vezes, não tem um comportamento nada democrático. Esta

Concepção, direcção e coreografia Aldara Bizarro, Interpretação Costanza Givone, Música Fernando Mota, Apoio

é uma peça em que a palavra está

na área da filosofia Dina Mendonça,

muito presente, sempre com o

Apoio à criação Catarina Santos,

objectivo de reforçar a consciência

Execução dos objectos cenográficos Sér-

da ligação entre o corpo e a mente, ligando o pensamento à dança e potenciando uma nova

gio Costa, Produção Jangada de Pedra, Apoio Camara Municipal de Cascais, Patrocínios Tricot’s Brancal, Pollux, Yunit, Co-produção Cinema Teatro

forma de viver o lugar do corpo na

Joaquim d’ Almeida, Montijo; TEMPO

sociedade.

– Teatro Municipal de Portimão; Te-

Pela sua natureza portátil, este es-

atro Municipal de Faro; Cineteatro

pectáculo chega a Guimarães para se apresentar pelas escolas de 1º e 2º ciclo do concelho. As marcações devem ser feitas junto do Serviço Educativo, por telefone ou e-mail, indicando o horário pretendido.

João Mota – Sesimbra; CCB/Fábrica das Artes; CDCE – Companhia de Dança Contemporânea de Évora; Centro Cultural do Cartaxo


Qui 26 e Sex 27* e Sáb 28** *10h00 e 15h00 e ** 11h00 e 16h00

UMA VIAGEM PELA

DAQUI VÊ-SE MELHOR

Maiores de 7 anos

Isabel Minhós Martins, Bernardo Carvalho & Suzana Branco

Não sabemos (mas queremos saber) quem construiu os primei-

Local Espaço Oficina Preço 2 eur Lotação limitada a 70 lugares Produção Projecto Educativo Teatro Maria Matos, Texto original Isabel Minhós Martins, Imagem e desenho

ros teatros. Não sabemos (mas

em tempo real Bernardo Carvalho,

queremos saber) quem subiu aos

Coordenação e Interpretação Suzana

primeiros palcos. Não sabemos

Branco, Narração Amadeu Neves,

(mas gostávamos muito de saber) o que disse, porque o fez, se foi aplaudido ou vaiado. Não sabemos também quem estaria do lado de cá, sentado ou de pé (não sabemos), o que foi ali fazer, se gostou do que viu e ouviu, se pagou bilhete ou se voltou. Um convite a todos, dos mais pequenos aos mais velhos, a conhecer a história do teatro!

We don’t know who built the first theatres. We don’t know who were the first to go up on the first stages. We don’t know what they said, why they said it and if there was an applause or a boo. We also don’t know who was on this side, if they were sitting or standing what they were doing there, if they enjoyed what they saw and heard, if they payed for their tickets or if they returned. But we want to know this all. An invitation to all, younger and older, to get to know the history of theatre!

“Daqui vê-se melhor” apresentado no âmbito da rede

HISTÓRIA DO TEATRO

Música Bernardo Devlin, Gestão de Projecto PI – Produções Independentes / Tânia Guerreiro, Uma ideia de Susana Menezes,

Co-financiada por


GRANDE AUDITÓRIO

DOM 08 | 25 ANOS DE DANÇA CADEIRAS DE ORQUESTRA 1ª PLATEIA 2ª PLATEIA

€ 20,00 / 17,50 C/ DESCONTO € 15,00 / 12,50 C/ DESCONTO € 12,50 / 10,00 C/ DESCONTO

CAFÉ CONCERTO

SÁB 14 | EVOLS SEX 20 | OSSO VAIDOSO QUA 25 | QUARTA DOS ACTORES SEX 27 | DOISMILEOITO TER 31 | CAFÉ FALADO

€ 3,00 € 3,00 ENTRADA LIVRE € 4,00 ENTRADA LIVRE

PALÁCIO VILA FLOR

ATÉ 18 FEV | HUGO CANOILAS

PREÇOS COM DESCONTO (C/D) Cartão Municipal de Idoso, Reformados e Maiores de 65 anos, Cartão Jovem Municipal Cartão Jovem, Menores de 30 anos e Estudantes Deficientes e Acompanhante, Cartão Municipal de Pessoas com Deficiência, Cartão CCVF_desconto 50%

VENDA DE BILHETES Bilheteira do CCVF , www.ccvf.pt e em todas as lojas Fnac

HORÁRIO DE BILHETEIRA Segunda-feira e Sábado 09h00-13h00 | 14h30-19h00 Local Palácio Vila Flor Terça-feira a Sexta-feira 09h00-20h00 Local Palácio Vila Flor Em dias de espectáculos Domingos e Feriados 14h00-19h00 Local Palácio Vila Flor 20h00 até 30 minutos após o início dos mesmos Local Bilheteira Central

€ 1,00 / € 0,50 C/DESCONTO


VISITAS GUIADAS AO CCVF TERÇAS A SEXTAS-FEIRAS, DAS 10h00 ÀS 19h00 VISITAS SUjEITAS A MARCAÇÃO ATé UMA SEMANA DE ANTECEDêNCIA, PARA GRUPOS DE PELO MENOS 10 PESSOAS. RESERVAS ANTECIPADAS ATRAVéS DO Nº 253 424 700 OU PELO E-MAIL GERAL@CCVF.PT MAIS INFORMAÇõES EM www.CCVF. CCVF PT CCVF. www.CCVF.PT

SERVIÇO DE BABY-SITTING_1 EUR IDADES DOS 3 AOS 9 ANOS CAPACIDADE MÁXIMA_20 CRIANÇAS FUNCIONAMENTO EM DIAS DE ESPECTÁCULO E DURANTE O PERÍODO DE APRESENTAÇÃO ESTACIONAMENTO 150 LUGARES EM PARQUE DE ESTACIONAMENTO PÚBLICO. AVENÇAS MENSAIS.

distribuição gratuita | capa • 25 Anos de Dança


Programa Mensal Janeiro 2012