Page 1


COM A PROGRAMAÇÃO DE DEZEMBRO, CUMPRE-SE MAIS UM INTENSO ANO DE PROGRAMAÇÃO NO CENTRO CULTURAL VILA FLOR. A importância da cidade no mapa cultural é notória, impulsionada pela resposta do público para o qual trabalhamos com convicção. Essa importância tem-se traduzido num crescente reconhecimento nacional e internacional que Guimarães tem vindo a conquistar. Este facto acresce uma nova responsabilidade que está claramente indexada à capacidade de fazer mais e melhor. Um desafio e uma forma de estar que abraçámos desde a primeira hora. Sabemos que a hora do balanço no final de cada ano é, também, momento de projecção para outro que se abre imediatamente na nossa frente. E o que aí vem é excepcional em todas as suas formas. Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura. Assim, antes de embarcarmos num cenário bastante diversificado e muito preenchido de propostas, propomos para o último mês do ano no CCVF uma agenda centrada na música, distribuída por diferentes espaços e duas escalas geográficas distintas (nacional e internacional). Acolheremos no pequeno auditório dois artistas bem conhecidos em Portugal e num momento de ascensão das suas carreiras, Paulo Praça e Luísa Sobral, respectivamente. Outro destaque inevitável é o espectáculo “The Old King” da autoria do bailarino e criador português Romeu Runa, cada vez mais a caminho de um percurso internacional. Até porque a dança contemporânea tem sido uma aposta estratégica crescente na programação do CCVF, à qual o público tem correspondido muito afirmativamente. A complementar, três actuações de outros tantos projectos emergentes no Café Concerto que tem vindo a ser uma espécie de montra das novas tendências da música contemporânea. Desejos de um excelente 2012. José Bastos


SEXTA-FEIRA 02

SERVIÇO EDUCATIVO A PARTIR DE 06 DE DEZEMBRO TERÇA A SEXTA | 10H00 ÀS 19H00

EXPOSIÇÃO HUGO CANOILAS

ONEOHTRIX POINT NEVER MÚSICA • 24H00

CAFÉ CONCERTO

PROVISORIAMENTE DEFINITIVOS OU DEFINITIVAMENTE PROVISÓRIOS

TERÇA-FEIRA 06

CAFÉ FALADO

VISITAS GUIADAS À EXPOSIÇÃO

21H30

SÁBADO 10 | 16H00

TEMA: CINEMA

ENTRETECER

CAFÉ CONCERTO

PÉ DE PANO MULTIDISCIPLINAR

QUARTAS-FEIRAS 07 E 14

SEGUNDA 19 A SEXTA 23 | 09H00 ÀS 18H00

NATAL FEITO COM AS MÃOS MULTIDISCIPLINAR

QUARTAS DOS ACTORES TEATRO • 23H00

TEATRO OFICINA CAFÉ CONCERTO

SEXTA-FEIRA 09

PAULO PRAÇA MÚSICA • 22H00

PEQUENO AUDITÓRIO

SEXTA-FEIRA 09

B FACHADA MÚSICA • 24H00

CAFÉ CONCERTO

Presidente da Direcção Francisca Abreu Direcção José Bastos Assistente de Direcção Anabela Portilha Assistente de Programação Rui Torrinha Serviço Educativo Elisabete Paiva (coordenadora), Inês Mendes, Lara Soares, Direcção de Produção Tiago Andrade Produção Executiva Paulo Covas, Ricardo Freitas Assistência de Produção Andreia Abreu, Andreia Novais, Carlos Rego, Hugo Dias, João Covita, Pedro Sadio, Pedro Silva, Sérgio Castro, Sofia Leite, Susana Pinheiro Teatro Oficina - Direcção Artística Marcos Barbosa Assistente de Direcção Artística João Henriques Actores André Teixeira, Diana Sá, Emílio Gomes, José Eduardo Silva, Pedro Almendra, Sara Pereira Direcção Técnica José Patacão Direcção de Cena Helena Ribeiro Luz/Maquinaria - Luz André Garcia Maquinaria Eliseu Morais, Ricardo Santos Som/Audiovisuais - Coordenação Pedro Lima Audiovisuais Emanuel Valpaços e Sérgio Sá Direcção de Instalações Luís Antero Silva Apoio e Manutenção Amélia Pereira, Anabela Novais, Conceição Leite, Conceição Oliveira, Jacinto Cunha, José Gonçalves, Júlia Oliveira Comunicação e Marketing Marta Ferreira, Bruno Barreto (Estagiário) Design interno Susana Sousa Direcção Administrativa Sérgio Sousa Financeiro, Contabilidade e Aprovisionamento Helena Pereira de Castro (coordenadora), Ana Carneiro, Liliana Pina, Serviço Administrativo Marta Miranda (estagiária), Rafael Guise, Rui Salazar, Susana Costa, Área Expositiva Carla Marques (recepção), Cláudia Fontes, Sandra Moura Técnica de Património Catarina Pereira Oleira Felicidade Bela Loja Oficina Eduarda Ferreira, Josefa Araújo Informática Bruno Oliveira, Design Atelier Martino&Jaña | Dezembro 2011


SEXTA-FEIRA 09 E SÁBADO 10

L’ODYSSÉE RÊVÉE OU ULYSSE EN PERSONNE

SÁBADO 17

ROMEU RUNA DANÇA • 22H00

THE OLD KING GRANDE AUDITÓRIO

TEATRO DE MARIONETAS • 22H00

JULIETTE PRILLARD / LA FABRIQUE DES ARTS D’À CÔTÉ GRANDE AUDITÓRIO

TERÇA-FEIRA 13

CAFÉ FALADO 21H30

TEMA: MÚSICA

SÁBADO 17

HIGH PLACES MÚSICA • 24H00

CAFÉ CONCERTO

QUARTA-FEIRA 21

CAFÉ CONCERTO

ÓPERA DE TODOS

QUARTA-FEIRA 14

GRANDE AUDITÓRIO

MÚSICA • 22H00

CONCERTO INAUGURAL DA

FUNDAÇÃO ORQUESTRA ESTÚDIO MÚSICA • 22H00

GALA DE ÓPERA COM ELISABETE MATOS GRANDE AUDITÓRIO

SEXTA-FEIRA 16

LUÍSA SOBRAL MÚSICA • 22H00

PEQUENO AUDITÓRIO

03 DEZEMBRO 2011 A 18 FEVEREIRO 2012

HUGO CANOILAS EXPOSIÇÃO

PROVISORIAMENTE DEFINITIVOS OU DEFINITIVAMENTE PROVISÓRIOS PALÁCIO VILA FLOR


SEXTA-FEIRA 02

ONEOHTRIX POINT NEVER MÚSICA • 24H00

Direitos Reservados

CAFÉ CONCERTO

O NOVA-IORQUINO DANIEL LOPATIN APRESENTA O SEU RECÉM-EDITADO LONGA-DURAÇÃO “REPLICA”. Daniel Lopatin anda nas bocas do mundo com o seu projecto Oneohtrix Point Never. Never. Não quisemos deixá-lo escapar e convidamo-lo para apresentar o seu novíssimo álbum “Replica”. O residente de Brooklyn apaixonado por estranhas melodias de sintetizador é responsável por um dos mais celebrados discos do ano passado, “Returnal”. Com vários albuns já editados – como “Betrayed in the Octagon”, “Zones Without People” e “Russian Mind” - os Oneohtrix Point Never são adeptos da nostalgia enquanto fio condutor da sua sonoridade. Apresentam-se aqui ao vivo, numa altura em que acabaram de editar o novo álbum, para uma actuação que constitui seguramente um dos momentos mais altos da programação do Café Concerto para o ano corrente. Uma noite que colocará novamente em contacto Nova Iorque e Guimarães.

NEW YORKER DANIEL LOPATIN PRESENTS HIS RECENTLY RELEASED ALBUM, “REPLICA”. Daniel Lopatin is the name on everyone’s lips with his new project entitled Oneohtrix Point Never. We were able to entice him to Guimarães with an invitation to present his new album, “Replica.” This performance is sure to be one of the high points of this year’s Café Concerto programming. This will be a night will once again brings Guimarães and New York back together again.

Daniel Lopatin electrónica Maiores de 12 • Cartão CCVF


TERÇA-FEIRA 06

CAFÉ FALADO 21H30

TEMA: CINEMA CAFÉ CONCERTO

A SÉTIMA ARTE REGRESSA EM DEZEMBRO AO CAFÉ FALADO ORIENTADA POR CARLOS MESQUITA DO CINECLUBE DE GUIMARÃES. A representação da violência no grande ecrã foi evoluindo do puro simbolismo para um hiper-realismo mais impressivo. A estética e a integração da violência na estrutura narrativa do filme serão linhas de reflexão neste Café Falado. Esta sessão sobre cinema será orientada por Carlos Mesquita do Cineclube de Guimarães. Tem entrada livre e um convite implícito à participação da plateia.

THE SEVENTH ART RETURNS TO THE SPOKEN WORD CAFÉ IN DECEMBER, LED BY CARLOS MESQUITA OF THE CINECLUBE DE GUIMARÃES. The depiction of violence on the big screen has evolved in form from pure symbolism to the most impressive hyper-realism. Aesthetics and the integration of violence into the narrative structure of the film will be the topics for reflection and discussion in this Spoken Word Café. This session on cinema will be led by Carlos Mesquita of the Cineclube de Guimarães. Admission is free, with the understanding that the audience is more than welcome to participate.

Entrada Livre, Todas as idades


QUARTAS-FEIRAS 07 E 14

QUARTAS DOS ACTORES TEATRO • 23H00

TEATRO OFICINA Direitos Reservados

CAFÉ CONCERTO

O QUE ACONTECE QUANDO OS ACTORES SAEM DAS QUATRO PAREDES DA SALA DE ENSAIO?

Para que o final deste ano sirva também como insinuação de novas propostas lançamos no ar uma questão: o que acontece quando os actores saem das quatro paredes da sala de ensaio, e num gesto claro e simples de partilha, cantam as canções que gostam, dizem os textos que os tocam, para uma sala com um público que alegremente oscila entre a surpresa e o entusiasmo? Saberemos a resposta às quartas, com as Quartas dos Actores, no Café Concerto do CCVF.

WHAT HAPPENS WHEN ACTORS LEAVE THE FOUR WALLS OF THE REHEARSAL STUDIO? So that the end of the year might serve as a way to take a hold of new projects, we would like to toss out a question for consideration: what happens when actors leave the four walls of the rehearsal studio, and in a simple gesture of sharing, sing the songs that they like and read the texts which speak to them before an audience which shifts happily between surprise and enthusiasm? We will find out on Wednesdays, with Wednesdays for Actors, at Vila Flor’s Café Concerto.

Coordenação João Henriques, Actores Diana Sá, Sara Pereira, André Teixeira, Pedro Almendra, José Eduardo Silva, Emílio Gomes Entrada Livre, Todas as idades


SEXTA-FEIRA 09

PAULO PRAÇA MÚSICA • 22H00

Direitos Reservados

PEQUENO AUDITÓRIO

AUTO-DIDACTA, COMPOSITOR, CANTOR E MULTI-INSTRUMENTISTA, O VILA-CONDENSE PAULO PRAÇA APRESENTA-SE NO CCVF COM UM ESPECTÁCULO NO MÍNIMO ORIGINAL. Paulo Praça foi criador de projectos como “Ulisses Cobarde e os Heróis”, “Turbojunkie”, “Grace” e “Plaza”, todos eles absolutamente marcantes na Música Moderna Portuguesa. Em 2007, juntamente com o escritor valter hugo mãe (letras), assina um dos mais belos discos desse ano, “Disco de Cabeceira”. Três anos mais tarde, mantendo-se a dupla criativa, surge “O Dobro dos Sentidos”, acolhido calorosamente pelo público e pela crítica em geral, e onde participam Rui Reininho e Mónica Ferraz. Integrou o colectivo Hoje (“Amália Hoje”), já tocou com Pedro Abrunhosa e lançou dois discos próprios. O último, “O Dobro dos Sentidos”, é um disco de canções pop contemporâneas que se afigura como um misto de frescura, originalidade e surpresa. O espectáculo desta noite será baseado neste trabalho, momento para revelar ainda o seu novo single “Telepatia”.

SELF-TAUGHT MUSICIAN, COMPOSER, SINGER AND MULTIINSTRUMENTALIST, PAULO PRAÇA PRESENTS THE CCVF WITH A SHOW THAT AT THE VERY LEAST IS ORIGINAL. Paulo Praça is the creative force behind many projects, all of which have absolutely marked Portuguese Modern Music. His most recent, “O Dobro dos Sentidos,” is a record of contemporary pop songs presented with a mixture of freshness, originality and surprise. The show will be based on his current album, with the moment ripe to reveal his new single, entitle “Telepatia”.

Música Paulo Praça, Letras valter hugo mãe e Simão Praça, Voz Paulo Praça, Guitarra Renato Dias, Teclados Eurico Amorim, Baixo Carl Minnemann, Bateria Nuno Sarafa, Som João Bessa, Luz Tufo, Produção A Origem do Mundo, Maiores de 12 • Cartão CCVF


SEXTA-FEIRA 09

B FACHADA MÚSICA • 24H00

Direitos Reservados

CAFÉ CONCERTO

O MÚSICO PORTUGUÊS B FACHADA APRESENTA AO VIVO O NOVO ÁLBUM DE ORIGINAIS LANÇADO NO INÍCIO DESTE MÊS. UM DISCO BAPTIZADO NOVAMENTE COMO “B FACHADA”. Dezembro é tempo de voltar a receber um dos mais prolíficos escritores de canções em Portugal, B Fachada, que apresentará no palco do Café Concerto do CCVF o seu novo álbum em tom intimista. Há três anos ninguém lhe sabia o nome, mas B Fachada já se torna claro para muita gente que é um dos maiores escritores de canções portugueses da sua geração. Desde João Peste ou Variações que não havia esta vibrância e frescura que só quem canta com a verdade na voz consegue comunicar, ainda mais potente pelo deserto temporal e artístico que separa a década de 80 a 2010 neste campo de actividade artística. B Fachada trabalha para nos expor a uma realidade cujos factos deixámos que se escondessem. Estamos certos que a verdade, daqui em diante, só ficará maior para todos nós, enquanto lhe formos escutando a canção. B Fachada. Será este o tempo de uma reacção colectiva na nossa terra?

THE PORTUGUESE MUSICIAN B FACHADA PRESENTS A NEW ALBUM OF ORIGINAL MUSIC LIVE, JUST RELEASED AT THE BEGINNING OF THE MONTH. AN ALBUM ONCE AGAIN NAMED “B FACHADA.” December is the time to welcome back one of the most prolific songwriters in Portugal, B Fachada, who will take to the Café Concerto stage with his new album, offering a more intimate side. B Fachada sets out to show us a reality whose facts we have let become hidden. B Fachada. Is this the time for a collective response in Portugal?

B Fachada voz e piano, Maiores de 12 • Cartão CCVF


SEXTA-FEIRA 09 E SÁBADO 10

L’ODYSSÉE RÊVÉE OU ULYSSE EN PERSONNE Direitos Reservados

TEATRO DE MARIONETAS • 22H00

JULIETTE PRILLARD/LA FABRIQUE DES ARTS D’À CÔTÉ GRANDE AUDITÓRIO

A FABRIQUE DES ARTS D’À CÔTÉ PROPÔS-SE A UM VERDADEIRO DESAFIO – O DE CRIAR A SUA PRÓPRIA ODISSEIA. Através desta versão onírica (e mesmo psicanalítica) da epopeia de Homero, convida os grandes estilos do teatro a entrarem em choque, a fundirem-se e a torcerem-se... para tentar fazer surgir a exuberância, a ironia, e a loucura barroca do poema épico inicial. Ulisses escreve a peça, representa, interfere, olha para ela como um simples espectador, ou sofre, quando o sonho se torna pesadelo. Teatros de gestos e de imagens, máscaras trágicas, marionetas e bufões invadem a cena para contar a errância de Ulisses, os meandros, os negrumes, a força e a poesia da condição humana. Porque sonha, Ulisses é alternadamente ele próprio, um outro e o seu duplo. Esta Odisseia é aquela onde o homem procura a sua própria existência.

THE FABRIQUE DES ARTS D’À CÔTÉ SETS BEFORE US A TURE CHALLENGE – THAT OF CREATING OUR OWN ODYSSEY. Through this dream-like (and rather psycho-analytical) version of Homer’s epic, the grand theatrical styles are brought in and bounced about, blended and twisted... in order to try to get exuberance, irony, and the baroque lunacy of the original epic poem to emerge. Theatre of gesture and image, tragic masks, marionettes and buffoons invade the stage to recount the story of Ulysses, his meanderings, his pitfalls, the force and poetry of the human condition.

Autor Alain Blanchard, Encenação Juliette Prillard, Marionetas Loic Nébréda et Juliette Prillard, Co-produção Teatro Oficina e Guimaraes 2012 Capital Europeia da Cultura, Compagnie La Fabrique des Arts d’à côté e Région Picardie (A ficha artística e técnica completa encontra-se disponível em www.ccv.pt), Maiores de 12 • Cartão CCVF


TERÇA-FEIRA 13

CAFÉ FALADO 21H30

TEMA: MÚSICA CAFÉ CONCERTO

ESTE ANO O CAFÉ FALADO ENCERRA AO “SOM” DE PEDRO PORTELA E JOSÉ REIS.

A última sessão sobre Música lançará um olhar abrangente sobre o ano que agora finda. Os vários níveis do universo musical, no panorama nacional e internacional, analisados por Pedro Portela e o convidado José Reis da R.U.M..Tem entrada livre e um convite implícito à participação da plateia.

THIS YEAR, THE SPOEKN WORD CAFÉ CLOSES OUT 2011 WITH THE “SOUND” OF PEDRO PORTELA AND JOSÉ REIS. The final session on Music will cast a broad-sweeping eye over the year that now comes to an end. Various aspects of the musical world, the Portuguese and international panorama will be analyzed by Pedro Portela and his guest José Reis from the radio station R.U.M. Admission is free, with the understanding that the audience is more than welcome to participate.

Entrada Livre, Todas as idades


QUARTA-FEIRA 14

FUNDAÇÃO ORQUESTRA ESTÚDIO Direitos Reservados

MÚSICA • 22H00

CONCERTO INAUGURAL GALA DE ÓPERA COM ELISABETE MATOS GRANDE AUDITÓRIO

FINALMENTE CHEGARAM A GUIMARÃES OS ELEITOS PARA ESTE PROJECTO EMBLEMÁTICO DA CAPITAL EUROPEIA DA CULTURA. A Fundação Orquestra Estúdio é um projecto que fará viver a cidade em ligação com as grandes obras da História da Música, as novas composições, o contacto com as gerações de Maestros e Solistas emergentes, consagrados e com os músicos que compõem a orquestra. Para a equipa escolhida é a oportunidade de adquirir competências e experiências artísticas ímpares bem como a contribuição para a apresentação de uma programação musical que esperamos poder enriquecer o país e a Europa. A Música! Ressoem os tambores, gritem os trompetes, chorem os violinos… A festa vai começar! O concerto de apresentação da Fundação Orquestra Estúdio! Uma gala de Ópera para celebrar a música, a palavra, a criação. Uma noite de brilho com uma convidada especial: a soprano vimaranense Elisabete Matos.

THE SELECT GROUP HAS ARRIVED IN GUIMARÃES FOR AN EMBLEMATIC PROJECT FOR THE EUROPEAN CAPITAL OF CULTURE. The Fundação Orquestra Estúdio (Foundation Orchestra Studio) is a project that will enliven the city as it brings together great works from Music History and new compositions, when up-and-coming maestros and solo performers, established mentoring musicians and the remaining members of the orchestra all come into contact. The Foundation Orchestra Studio presents a gala of opera to celebrate music, lyrics, and creativity. A night that will shine with a special guest, Guimarães native, soprano Elisabete Matos.

Maestro Rui Massena, Soprano Elisabete Matos, Côro do Teatro Nacional de S. Carlos, Maestro do Côro Giovanni Andreolli, Coro Amador Orfeão da Coelima, Maiores de 12 anos


SEXTA-FEIRA 16

LUÍSA SOBRAL MÚSICA • 22H00

Direitos Reservados

PEQUENO AUDITÓRIO

LUÍSA SOBRAL É “THE CHERRY ON MY CAKE”, O SEU MAIS RECENTE TRABALHO QUE JÁ ATINGIU A MARCA DE DISCO DE OURO. Luísa Sobral. Voz, guitarra, papel e caneta. E a partir daí todo um universo musical se gera para cada música composta. São 23 anos maduros de escolhas em aberto. Instintivos e sonhadores. É o primeiro disco assinado em nome próprio de uma viagem musical que começou logo aos 12 anos. Foi com uma guitarra que iniciou a empatia com os instrumentos e que percebeu de onde vinham os acordes das músicas. Dos Beatles e de outros. E foi com tenra idade que se entregou às canções únicas que o jazz eternizou. Anotou nomes como Billie Holiday, Ella Fitzerald, Chet Baker, entre outros. “The Cherry on my Cake” é o resultado de tudo isso. De quem sonha em viver em Paris. Do frenesim de Nova Iorque. Do afecto familiar de Lisboa. De Regina Spektor a Elis Regina. De Billie Holiday a Bjork. Dos anos 50 à ingenuidade. A artista a caminho da internacionalização fecha a tournée de 2011 no CCVF.

LUÍSA SOBRAL IS “THE CHERRY ON MY CAKE”, HER MOST RECENT WORK WHICH HAS ALREADY EARNED HER A GOLD RECORD. Luísa Sobral. Vocals, guitar, paper and pen. From there, an entire musical universe is generated for each song. Noted the names of Billie Holiday, Ella Fitzgerald, and Chet Baker, among others. “The Cherry on my Cake” is the result of all this. This artist ends her 2011 international tour at CCVF.

Luísa Sobral voz, guitarra e harpa, Carlos Miguel Antunes bateria, João Hasselberg contrabaixo, João Salcedo piano, Rui Guerreiro técnico de som, Frederico Rompante técnico de luz, Rodolfo Dias roadie, Flávia Varanda produtora, Apoio Rádio Comercial, Maiores de 12 • Cartão CCVF


SÁBADO 17

ROMEU RUNA DANÇA • 22H00

THE OLD KING Fotografia de Inês d’Orey

GRANDE AUDITÓRIO

UM PALCO, UM HOMEM, SENTIMENTOS, PENSAMENTOS, REACÇÕES. ROMEU RUNA DEBATE-SE SOZINHO NO PALCO COLECTIVO QUE É O GRANDE AUDITÓRIO DO CCVF. Romeu Runa protagoniza um solo que procura encontrar o pensamento de um homem e a sua relação com a sociedade. Um homem que pensa ao mesmo tempo o seu lugar, procurando uma identidade sólida que relata a sua razão de existir e olha para a sociedade e nutre vontade de intervir e ter um comportamento colectivo. Esta criação, cujo ponto de partida foi uma fotografia de Daniel Blaufuks intitulada “The Old King”, tem um lado coreográfico e um lado teatral, tem uma certa tragédia implícita mas tem também uma luz. É um espectáculo que vai ganhando força a cada movimento de Romeu Runa. Resta-nos imaginar, pensar. Juntarmo-nos e sentir como pensamos em conjunto sobre pensamentos individuais que temos sobre o que fazemos. Mais do que nunca este tempo exige o confronto entre o pensamento individual e o colectivo.

A STAGE, ROMEU RUNA, FEELINGS, THOUGHTS, REACTIONS. Romeu Runa’s solo performance goes in search of a man’s thoughts and his relationship with society. This piece, created from a Daniel Blaufuks photo entitled “The Old King” has its choreographic side and its theatrical side. More than ever, these times demand the confrontation of the individual and the collective thought. To think the body, dance, theatre and playwriting.

Criação Miguel Moreira a partir de uma fotografia de Daniel Blaufuks, Interpretação e co-criação Romeu Runa, Co-produção Teatro Camões, Teatro-Cine de Torres Vedras, Centro Cultural Município do Cartaxo, Centro Cultural Vila Flor, Teatro das Figuras e Útero Associação Cultural, Apoio Uferstudios em Berlim, (A ficha artística e técnica completa encontra-se disponível em www.ccv.pt), Maiores de 12 • Cartão CCVF


SÁBADO 17

HIGH PLACES MÚSICA • 24H00

Direitos Reservados

CAFÉ CONCERTO

HIGH PLACES ENCERRAM TOUR EUROPEIA NO CAFÉ CONCERTO DO CCVF. NESTE CONCERTO DÃO A CONHECER O SEU ÚLTIMO TRABALHO LANÇADO ESTE OUTONO. A fechar a programação do Café Concerto do CCVF, um projecto internacional já com alguma reputação: High Places. Trata-se de um grupo de música experimental de Brooklyn, Nova York. A dupla é formada pelo multi-instrumentista Rob Barber e a vocalista Mary Pearson. Os dois criam música pop dançante que é ao mesmo tempo artística e refinada. Ao longo dos seus quase cinco anos de existência, a banda  tem viajado intensamente e actuado numa grande variedade de ambientes. Seja actuando no Museu  Guggenheim, em  Manhattan  ou num armazém industrial, em Santiago, Chile, o som envolvente e a energia propulsora dos High Places permite que a música se adapte a toda uma variedade de locais. “Original Colors”, o seu recente álbum, é um reflexo das suas viagens pelo mundo.

HIGH PLACES CLOSES OUT ITS EUROPEAN TOUR AT THE CCVF. THIS CONCERT ALLOWS US TO HEAR THEIR MOST RECENT WORK, RELEASED THIS AUTUMN. Closing out this year’s programming at the Vila Flor Café Concerto is an international group already earning accolades: High Places. This experimental musical group hailing from Brooklyn, New York is a duo made up of multi-instrumentalist Rob Barker and vocalist Mary Pearson. The two have created danceable pop music which is at the same time artistic and refined. “Original Colors,” their most recent album, is a reflection of their travels around the world.

Mary Pearson voz, electrónica, Rob Barber electrónica, Maiores de 12 • Cartão CCVF


QUARTA-FEIRA 21

ÓPERA DE TODOS MÚSICA • 22H00

GRANDE AUDITÓRIO

A “ÓPERA DE TODOS” É UM ESPECTÁCULO INTERDISCIPLINAR QUE TEM COMO INTÉRPRETES ELEMENTOS DA CERCIGUI. A convite de uma mãe de um aluno da Cercigui (Cooperativa para a Educação e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados do Concelho de Guimarães), Jorge Queijo realizou em 2009 várias oficinas de música como voluntário. O desenvolvimento musical individual e de grupo, a descoberta da voz e a valorização das capacidades artísticas de cada elemento apontaram para um caminho de continuidade e de partilha das experiências realizadas com o público. A “Ópera de Todos” é o resultado deste trabalho criativo, realizado durante o presente ano e integrado na Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura. Cerca de 150 elementos entre alunos e técnicos dão forma a esta manifestação artística.

“OPERA FOR EVERYONE” IS AN INTERDISCIPLINARY SHOW WITH PERFORMERS FROM CERCIGUI. In 2009, at the invitation of a mother of one of the students at Cercegui – Cooperativa para a Educação e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados do Concelho de Guimarães (Cooperative for the Education and Rehabilitation of Guimarães County Disabled Citizens), Jorge Queijo volunteered his time with a series of music workshops. Opera For Everyone is the result of this creative endeavor, having taken place throughout the year and to be part of Guimarães 2012, European Capital of Culture. Approximately 150 participants, students and technical staff, make up this event.

Direcção Artística e Música Jorge Queijo, Dramaturgia e Direcção de actores Manuela Ferreira, (A ficha artística e técnica completa encontra-se disponível em www.ccv.pt) Maiores de 12 • Cartão CCVF


03 DEZEMBRO 2011 A 18 FEVEREIRO 2012

HUGO CANOILAS PALÁCIO VILA FLOR

Inauguração e apresentação do catálogo 03 de Dezembro | 18h00 às 21h00 Horário da Exposição Segunda-feira e Sábado 09h00-13h00 | 14h30-19h00 Terça-feira a Sexta-feira 09h00-20h00

E SE UM DIA UM ARTISTA DECIDISSE DESTRUIR AS SUAS OBRAS? E SE ISSO FOSSE PRETEXTO PARA LEVAR MAIS LONGE A SUA PRODUÇÃO E PENSAMENTO? Nos trabalhos de Hugo Canoilas sentimos uma indiferença perante a autoria e a utilidade de se proceder a uma assinatura final

Visitas guiadas Local Palácio Vila Flor

sobre o seu trabalho, que nos surge interligado numa continuida-

Horário | Terça a Sexta,

de circular e em expansão, detectando-se mais facilmente o gesto

das 10h00 às 19h00 | Duração

inaugural da sua origem do que o último momento da sua definiti-

Dos 4 aos 12 anos | 60 min.

va conclusão. Justapondo pela primeira vez peças dos últimos anos

Maiores de 12 anos | 90 min. Preço 0,50 eur

e dispositivos de exibição programados para esta exposição, Hugo

Lotação 1 turma / 25 pessoas

Canoilas desafia definições, géneros e suportes do trabalho artísti-

As visitas guiadas estão sujeitas a

co. Materiais de um estaleiro de construção civil convivem lado a

marcação prévia, com uma semana de

lado com peças artísticas. As obras surgem incompletas, refeitas;

antecedência, que poderá ser efectuada

baralham-se espaços e coordenadas. E o espectador, que fará? En-

pelo telf. 253 424 700 ou através do

trar no jogo! Pelo jogo se coloca em perigo as convenções e se abre

e-mail servicoeducativo@aoficina.pt

portas para a reconstrução permanente.

IF ONE DAY AN ARTIST DECIDED TO DESTROY HIS OWN WORKS? AND IF THIS WERE THE PRETEXT TO TAKE HIS CREATIONS AND THOUGHTS EVEN FURTHER? Juxtaposing pieces from more recent years with display devises programmed for this exhibition, Hugo Canoilas challenges definition, genres and artistic formats. Materials from a construction site are placed side-by-side with pieces of art. The works emerge incomplete, redone; spaces and coordinates get confused. And what is the viewer to do? Get into the game! Through the game conventions are put in jeopardy and doors are opened to permanent reconstruction.

Todas as idades

Fotografia de João Ferreira Martins

EXPOSIÇÃO

PROVISORIAMENTE DEFINITIVOS OU DEFINITIVAMENTE PROVISÓRIOS


DEZEMBRO

SERVIÇO EDUCATIVO VÁRIAS ACTIVIDADES

CENTRO CULTURAL VILA FLOR

Sábado 10 | 16h00

ENTRETECER Pé de Pano

Segunda 19 a Sexta 23 09h00 às 18h00

NATAL FEITO COM AS MÃOS

Grupos de seniores de Guimarães e de Castelo Branco desenvolverão com Lara Soares e Maria Belo Costa uma pesquisa em torno da Memória e da sua relação com a construção da Identidade Individual e Colectiva, concretizada através de oficinas de criação cujos resultados serão apresentados e discutidos a 10 de Dezembro. A presença e contribuição do público nesta apresentação são fundamentais para a criação a realizar em 2012, altura em que será construído um projecto artístico

Este Natal vai nascer de entre as tuas mãos... Dedos de papel para origamis em tropel. Dedos de pano para bonecos lusitanos. Dedos de barro para objectos bizarros. Dedos de tocar para concertos de desconcertar. Dedos de chocolate para bombons ao quilate!

This Christmas will be born from your hands ... Fingers of paper for origami in throngs. Fingers of cloth for Lusitanian dolls. Fingers of clay for bizarre objects.

multidisciplinar, partindo dos

Fingers of playing for concerts of

resultados materiais e vivenciais

disconcertion. Fingers of chocolate for

dessa pesquisa conjunta.

bonbons in carat! Multidisciplinar

Groups of seniors will be led by Lara

Dos 6 aos 10 anos | Local Sala de Ensaios

Soares and Maria Belo Costa to develop

| Horário Oficinas 10h - 12h30 e

the theme of Memory and its relation-

14h30 - 17h; Acolhimento e Saída

ship to the construction of Individual

09h - 10h e 17h - 18h (respectivamente)

and Collective Identity through creative

Calendário Oficina de Origamis 19 Dez.

workshops, and the results will be

Oficina de Tecidos 20 Dez. | Oficina de

presented and discussed on December

Barro 21 Dez. | Oficina de Música 22 Dez.

10th. The presence and contribution of

Oficina de Culinária 23 Dez. | Inscrição

the public will be fundamental for the

1 dia | 8 € S/ almoço e 12,5 € C/ almoço;

ultimate resulting creation of this event,

1 semana | 33 € S/ almoço e 55,5 € C/

to be held in 2012.

almoço Lotação 15 participantes Inscrições até 12 Dezembro

Multidisciplinar Maiores de 6 anos, Local Sala de

As incrições só serão consideradas válidas após

Ensaios, Entrada Gratuita até ao

o pagamento. Poderão ser efectuadas no CCVF

limite dos lugares disponíveis

ou em www.ccvf.pt através do preenchimento do formulário disponível online.


DEZEMBRO

CINEMA 21H45

GRANDE AUDITÓRIO Organização Cineclube de Guimarães

DOMINGO 11

QUINTA-FEIRA 15

A CONSPIRADORA

ASSIM É O AMOR

(THE CONSPIRATOR)

(BEGINNERS)

de Robert Redford

de Mike Mills com Ewan

com James McAvoy, Robin

McGregor, Christopher Plummer,

Wright, Kevin Kline, Tom

Mélanie Laurent, Goran Visnjic

Wilkinson, Evan Rachel Wood,

2011, 105 min, M/12

Justin Long e Alexis Bledel 2011, 122 min, M/12 Apenas alguns meses depois Na sequência do assassinato de Abraham Lincoln, sete homens e uma mulher são presos e acusados de conspirar para matar o Presidente, o Vice-Presidente e o Secretário de Estado. A única mulher acusada, Mary Surratt (Robin Wright) é proprietária de uma pensão onde John Wilkes Booth e os outros se reuniram e planearam os ataques. Quando a nação se volta contra ela, Surratt vê-se obrigada a confiar em Aiken (o seu jovem advogado) para para descobrir a verdade e salvar a própria vida.

do seu pai Hal (Christopher Plummer) falecer, Oliver conhece a irreverente e imprevisível Anna (Mélanie Laurent). Este novo amor inunda Oliver de memórias do seu pai que, a seguir à morte da sua mulher, e já com 75 anos, resolve sair do armário, para uma preenchida, enérgica e maravilhosamente tumultuosa vida homossexual.


Direitos Reservados

QUINTA-FEIRA 22

QUINTA-FEIRA 29

CRAZY HORSE

CISNE

de Frederick Wiseman

de Teresa Villaverde com

com Philippe Decouflé,

Beatriz Batarda e Miguel Nunes

Philippe Katerine

2011, 103 min, M/12

2011, 134 min, M/16

Vera é uma cantora nos seus Desde a década de 50, o Crazy

trinta; está de volta a Lisboa para

Horse tem vindo a converter-se

o concerto final da sua digressão.

num lugar essencial da noite

O calor e a beleza de Lisboa en-

parisiense, sendo considerado

corajam a procura da felicidade.

tão icónico como a Torre Eiffel ou

Vera preocupa-se com Pablo,

o Louvre. Filmado ao longo de dez

o seu acompanhante, e tenta

semanas, sob o olhar de Frederick

salvar uma criança que ele tem a

Wiseman, o documentário per-

seu cuidado. Na casa dela, longe

mite um acesso total ao perfec-

de tudo, está Sam, o homem que

cionismo, à exigência e à elegân-

ela ama.

cia, que se escondem por detrás da inexpugnável imagem do lendário espectáculo Crazy Horse.


GRANDE AUDITÓRIO

SEX 09 E SÁB 10 | L’ODYSSÉE RÊVÉE OU ULYSSE EN PERSONNE QUA 14 | CONCERTO INAUGURAL DA FUNDAÇÃO ORQUESTRA ESTÚDIO SÁB 17 | ROMEU RUNA SÁB 21 | ÓPERA DE TODOS

€ 10,00 / € 7,50 C/DESCONTO ENTRADA GRATUITA (ATÉ AO LIMITE DA LOTAÇÃO DA SALA)

€ 10,00 / € 7,50 C/DESCONTO € 5,00 / € 3,00 C/DESC. / € 1,00*

*BILHETE FAMÍLIA | MENOR 18 ANOS ACOMPANHADO POR ADULTO

PEQUENO AUDITÓRIO

SEX 09 | PAULO PRAÇA SEX 16 | LUÍSA SOBRAL

€ 10,00 / € 7,50 C/DESCONTO € 10,00 / € 7,50 C/DESCONTO

CAFÉ CONCERTO

SEX 02 | ONEOHTRIX POINT NEVER TER 06 E 13 | CAFÉ FALADO QUA 07 E 14 | QUARTAS DOS ACTORES SEX 09 | B FACHADA SÁB 17 | HIGH PLACES

€ 4,00 ENTRADA LIVRE ENTRADA LIVRE

€ 5,00 € 5,00

PALÁCIO VILA FLOR

03 DEZ 2011 A 18 FEV 2012 | HUGO CANOILAS CINEMA BILHETEIRA DA RESPONSABILIDADE DO CINECLUBE DE GUIMARÃES

PREÇOS COM DESCONTO (C/D) Cartão Municipal de Idoso, Reformados e Maiores de 65 anos, Cartão Jovem Municipal Cartão Jovem, Menores de 30 anos e Estudantes Deficientes e Acompanhante, Cartão Municipal de Pessoas com Deficiência, Cartão CCVF_desconto 50%

VENDA DE BILHETES Bilheteira do CCVF , www.ccvf.pt e em todas as lojas Fnac

HORÁRIO DE BILHETEIRA Segunda-feira e Sábado 09h00-13h00 | 14h30-19h00 Local Palácio Vila Flor Terça-feira a Sexta-feira 09h00-20h00 Local Palácio Vila Flor Em dias de espectáculos Domingos e Feriados 14h00-19h00 Local Palácio Vila Flor 20h00 até 30 minutos após o início dos mesmos Local Bilheteira Central

€ 1,00 / € 0,50 C/DESCONTO


VISITAS GUIADAS AO CCVF TERÇAS A SEXTAS-FEIRAS, DAS 10h00 ÀS 19h00 VISITAS SUjEITAS A MARCAÇÃO ATé UMA SEMANA DE ANTECEDêNCIA, PARA GRUPOS DE PELO MENOS 10 PESSOAS. RESERVAS ANTECIPADAS ATRAVéS DO Nº 253 424 700 OU PELO E-MAIL GERAL@CCVF.PT CCVF PT CCVF. MAIS INFORMAÇõES EM www.CCVF. www.CCVF.PT

SERVIÇO DE BABY-SITTING_1 EUR IDADES DOS 3 AOS 9 ANOS CAPACIDADE MÁXIMA_20 CRIANÇAS FUNCIONAMENTO EM DIAS DE ESPECTÁCULO E DURANTE O PERÍODO DE APRESENTAÇÃO ESTACIONAMENTO 150 LUGARES EM PARQUE DE ESTACIONAMENTO PÚBLICO. AVENÇAS MENSAIS.

distribuição gratuita | capa • Romeu Runa

CCVF Programa Mensal Dezembro 2011  

Programa do mês de Dezembro 2011 do Centro Cultural Vila FLor, Guimarães.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you