Page 1

CARAVANA, novembro de 2003

Página 1

A NCARAVANA ovembro 2003 Fundado em 01/12/1966

NÚMERO 415 – ANO XXXV http://meuwebsite.com.br/Cenmc

e-mail: cenmc@hotmail.com INFORMATIVO DO CENTRO ESPÍRITA NAIR MONTEZ DE CASTRO Rua Vilela Tavares 173 - Lins Rio de Janeiro/RJ - Telefone 2595-5462

RESPEITO O PODER SUGESTIVO O verbo é, pois, uma fonte de poder extraordinário, ideado pela mente, e enriquecido pela conduta. A palavra bem formada dos valores do coração é condutora do ambiente do amor, esse clima suave d alegria e da fraternidade. O seu poder sugestivo, quando é usado pela caridade bem conduzida, faz maravilhas: levanta caídos, estimula a fé e faz aparecer a confiança, dando-nos coragem para as lutas. Vigia a tua palavra, para que da tua boca nada saia de negativo, que ela não seja poluída com orgulho e egoísmo e que seja ela entregue ao trabalho da coletividade, na universalidade de todas as coisas. Se aplicada em todos os momentos, com deferência ao Bem com Jesus, para que não haja perda de tempo no serviço de Deus. A linha, meu filho, a tua vida, na submissão do amor, que ele te indicará o caminho para o Divino Mestre. Tem toda a atenção do Cristo irradia, valorizando-a, e nunca te faltará a luz no caminho. Em todas as tuas conversas, usa o respeito para com os direitos alheios. Tu não podes

viver sozinho no mundo; existe uma divisão de funções para cada um e no teu mundo, se há direitos, certamente há deveres para com a vida. Confia em Deus e nas tuas orações pede a ele que te oriente, para que possas respeitar o ponto de vista dos outros, razão porque, senão estais no princípio da ascensão, não chegaste igualmente ao fim, e o teu dever é ajudar os da retaguarda, para que possam receber orientação dos que se encontram na dianteira, com humildade, compreendendo que só Deus tem pleno domínio de todas as coisas. Passa a usar o teu poder de sugestão fazendo crescer os valores da alma, porque, como co-criador dos bens eternos, representas pelo menos um canal que te cabe fazer. Usa a sugestão, criando pensamentos elevados, de maneira a que as bênçãos de Deus enriqueçam os teus esforços para a eternidade. Essa é, pois, uma das inúmeras maneiras de curar-te a ti mesmo, pelos processos inumeráveis da caridade, mostrando-te no trabalho divino, quando não esquece o perdão e o amor. Mas para tanto, é necessária a educação, porque as forças aprimoradas são balizas de

amor no trabalho, em todas as beneficências. Se precisas instruir-te para esse labor, muito mais precisas educar-te, porque a educação da alma é fonte de vida que ilumina a instrução. Quem trabalha com poder sugestivo e o aplica na difusão do Evangelho se encontra no serviço de Deus, tendo como suave vigia Nosso Senhor Jesus Cristo. Não uses o verbo em vão, porque ele é instrumento do Criador, na harmonização da vida e quando nos esforçamos para tal, o primeiro beneficiado é quem se faz digno do salário. Disse Jesus certa vez à Paulo: “Fale e não se cale”, por saber que o apóstolo já sabia falar sob a proteção do amor. Assim, diremos aos espíritas educados no Evangelho do Mestre: Falem e não se cale; entregue o verbo ao labor do bem imortal, para que possam dizer com alegria: “Criamos um paraíso e nele vamos viver com Deus e o Cristo no coração!”. Se escutamos Jesus, estamos curando a nós mesmos de todos os males na iluminação para a eternidade. João Nunes Maia (Espírito Miramez) Livro “Cura-te a ti mesmo” Editora Espírita Fonte Viva

OUÇA A RÁDIO RIO DE JANEIRO - 1400KHz AM - A EMISSORA DOS ESPÍRITAS


CARAVANA, novembro de 2003

C E N T R O

E S P Í R I T A N A I R M O N T E Z PÁGINA DE REFLEXÃO

D E

Página 2

C A S T R O .

RELEMBRANDO KARDEC (PARTE FINAL)

A preparação humanista de H.L.D.Rivail, somada às aquisições morais e experiências de vidas pregressas, possibilitaram ao missionário da nova revelação determinadas facilidades na captação do que provinha do mundo invisível. Os espíritas sabem que procede da espiritualidade superior a nova revelação, com o Cristo de Deus à frente de uma plêiade de espíritos escolhidos para dar cumprimento à promessa da vida do Consolador. Mas tem também consciência que a corporificação no plano da espiritualidade no mundo dos homens exigia instrumentos apropriados, entre os quais um trabalhador preparado e responsável. Allan Kardec foi o medianeiro fiel, o sistematizador dos ensinos transmitidos. Desde os primórdios dos trabalhos especiais visando à nova revelação, percebeu Kardec a importância excepcional das instruções que recebia dos espíritos reveladores. Procurou, então, corresponder à grande responsabilidade. Nesse particular, precisaria utilizar todo o complexo de sua individualidade, preparada não somente na última existência, mas em outras vidas: conhecimentos intelectuais; razão lúcida; fé racionada; firmeza e coragem; tolerância sem comprometimento; método apropriado ao exame e exposição dos assuntos. Foi Kardec, assim, o organizador e o executor dos trabalhos planejados, o receptor, através de médiuns escolhidos, e o responsável final pelos ensinos, revelações, instruções e tudo o que vinha dos invisíveis. Mesmo as pesquisas e trabalhos de outros estudiosos dos fenômenos espirituais, constantes de dezenas de cadernos de comunicações, passaram por seu crivo, sua apreciação e aprovação, ou não, de seus conteúdos. Foi ele, pois, o chefe e o operário, o responsável final por toda a obra que sistematizou – A Doutrina dos Espíritos que ele denominou Espiritismo. Allan Kardec, cumprindo sua missão grandiosa, iniciou a era espírita cristã, que nos cumpre levar ao conhecimento de toda a humanidade. Cumpre aos espíritas sinceros atenderem para a continuidade e sucessividade das revelações verdadeiras. Extraído do O Reformador – Out/2001

PROBLEMAS X METAS Era uma vez um cocheiro que dirigia uma carroça cheia de abóboras. A cada solavanco da carroça, ele olhava para trás e via que as abóboras estavam todas desarrumadas. Então ele parava, descia e colocava-as novamente no lugar. Mal reiniciava sua viagem, lá vinha outro solavanco e... tudo se desarrumava de novo. Então ele começou a ficar desanimado e pensou: "Jamais vou conseguir terminar minha viagem! É impossível dirigir nesta estrada de terra, conservando as abóboras arrumadas!". Quando estava assim pensando, passou à sua frente outra carroça cheia de abóboras, e ele observou que o cocheiro seguia em frente e nem olhava para trás: as abóboras que estavam desarrumadas organizavam-se sozinhas no próximo solavanco. Foi quando ele compreendeu que, se colocasse a carroça em movimento na direção do local onde queria chegar, os próprios solavancos da carroça fariam com que as abóboras se acomodassem em seus devidos lugares. Assim também é a nossa vida: quando paramos demais para olhar os problemas, perdemos tempo e nos distanciamos das nossas metas. Olhe para frente, persevere. Não deixe que os solavancos da vida tirem tua paz, te desanimem e te afastem dos teus objetivos... Lembre-se que esses "solavancos" também te ajudam a prosseguir. Autor desconhecido

Participe das atividades da nossa casa. Sua presença é muito importante!


A CARAVANA novembro de 2003

C. E. Nair Montez de Castro

Página 3

LIVRO DO MÊS

COORDENAÇÃO ATIVIDADES ASSISTENCIAIS Distribuição de Alimentos 1º domingo do mês Campanha do Quilo 2º Domingo do mês Sopa de Rua 3º Sábado do mês Sopa das quartas-feiras Todas as quartas-feiras Ambulatório Médico Todas as quartas, às 14:00 horas. Terceiro sábado, de 09:00 às 12:00 hs. Distribuição de Enxovais - Gestantes e Bebês Mensal, última segunda do mês, às 14:00 horas. Sala de Costura Todas as segundas-feiras, às 14:00 horas. Oficina de Trabalhos Manuais com Assistidos Todos os sábados Distribuição de Leite - Crianças até três Anos Todas as segundas-feiras, às 14:00 horas. Recolhimento, Prensa e Troca de Latas. Horário em aberto Centro de Recreação Teresa de Jesus Segundas, quartas e sextas-feiras, às 08:00 horas. Distribuição de Roupas e Calçados Usados Todas as segundas-feiras, às 14:00 horas. COORDENAÇÃO ASSUNTOS DOUTRINÁRIOS Estudo do Evangelho (p/ trabalhadores da Casa) Segundas-feiras, às 16:00 horas. Disciplina Mediúnica Terças e quartas, às 20:00 horas. Sábados, às 14:00 horas. ESDE - Estudo Sistemático da Doutrina Espírita Quintas-feiras, às 16:30 horas. Sextas-feiras, às 20:00 horas. Sábados, às 16:30 horas. Estudo do Livro dos Médiuns Sábados, às 16:30 horas. Juventude Sábados, às 16:30 horas. Evangelização Sábados, às 09:15 e 16:30 horas. Reuniões Públicas Segundas-feiras, às 20:00 horas. Quintas-feiras, às 14:30 horas. Sextas-feiras, às 20:00 horas. Sábados, às 15:00 horas. Tardes Fraternas Sextas-feiras, das 14:00 às 16:00 horas.

AJUDE-NOS A AJUDAR

TORNANDO-SE ASSOCIADO DO C. E. N. M. C.

AUTODESCOBRIMENTO Divaldo P. Franco Pelo Espírito Joanna de Ângelis

Seminário “A MÚSICA NA CASA ESPÍRITA” No domingo, dia 23 de novembro de 2003, será realizado no CENMC o seminário “A MÚSICA NA CASA ESPÍRITA”, com a cantora e expositora Ana Cláudia. Lembramos ainda que na reunião pública de sábado, dia 15 de novembro de 2003, a palestra será “A CURA ATRAVÉS DA MÚSICA”, também com a irmã Ana Cláudia. AMOR ! Não basta estar enamorado de uma pessoa que vos agrada e a que creiais de belas qualidades; é vivendo realmente com ela que podereis apreciá-la. ! É preciso não esquecer que é o Espírito que ama e não o corpo, e, quando a ilusão material se dissipa, o Espírito vê a realidade. (Livro dos Espíritos – Allan Kardec, pg. 366).

! Amar não é desejar. É compreender sempre, dar de si mesmo, renunciar aos próprios caprichos e sacrificar-se para que a luz divina do verdadeiro amor resplandeça. (Agenda Cristã - F. Cândido Xavier, Espírito André Luiz, pg.92).

CAMPANHAS EM ANDAMENTO LEITE EM PÓ INTEGRAL, ÓLEO, MACARRÃO, FARINHA DE MESA, FUBÁ LATAS DE ALUMÍNIO LATAS DE LEITE OU NESCAU VAZIAS

OBRIGADO PELA

DÊ SUA SUGESTÃO, TRAGA SUA COLABORAÇÃO, FALE CONOSCO!

GRUPO DE DIVULGAÇÃO: José Carlos e Marcelo.

Quarta-feira, das 20:00 às 22:00 hs – José Carlos.

COLABORAÇÃO!


A CARAVANA novembro de 2003

Página 4

PROGRAMAÇÃO DE NOVEMBRO DE 2003 • Reunião das Segundas - 20:00 Hs DIA 03 10 17 24

TEMA

O DESENCARNE A VIDA NO MUNDO ESPIRITUAL PARÁBOLA DO RICO E LÁZARO A CADA UM SEGUNDO SUAS OBRAS

• Reunião das Quintas - 14:30 Hs DIA 06 13 20 27

O DESENCARNE A VIDA NO MUNDO ESPIRITUAL PARÁBOLA DO RICO E LÁZARO A CADA UM SEGUNDO SUAS OBRAS

• Reunião das Sextas - 20:00 Hs DIA 07 14 21 28

TEMA

O DESENCARNE A VIDA NO MUNDO ESPIRITUAL PARÁBOLA DO RICO E LÁZARO A CADA UM SEGUNDO SUAS OBRAS

• Reunião dos Sábados - 15:00 Hs DIA 01 08 15 22 29

TEMA

TEMA

O DESENCARNE A VIDA NO MUNDO ESPIRITUAL A CURA ATRAVÉS DA MÚSICA A CADA UM SEGUNDO SUAS OBRAS DURAÇÃO DAS PENAS FUTURAS

Quem pergunta quer saber PARTE 2ª - CAPÍTULO VI (continuação)

Uma vez morto, o corpo nada mais sente, por já não haver nele Espírito, nem perispírito. Este, desprendido do corpo, experimenta a sensação, porém, como já não lhe chega por um conduto limitado, ela se lhe torna geral. Ora, não sendo o perispírito, realmente, mais do que simples agente de transmissão, pois que no Espírito é que está a consciência, lógico será deduzirse que, se pudesse existir perispírito sem Espírito, aquele nada sentiria, exatamente como um corpo que morreu. Do mesmo modo, se o Espírito não tivesse perispírito, seria inacessível a toda e qualquer sensação dolorosa. É o que se dá com os Espíritos completamente purificados. Sabemos que quanto mais eles se purificam, tanto mais etérea se torna a essência do perispírito, donde se segue que a influência material diminui à medida que o Espírito progride, isto é, à medida que o próprio perispírito se torna menos grosseiro. Mas, dir-se-á, desde que pelo perispírito é que as sensações agradáveis, da mesma forma que as desagradáveis, se transmitem ao Espírito, sendo o Espírito puro inacessível a umas, deve sê-lo igualmente às outras. Assim é, de fato, com relação às que provêm unicamente da influência da matéria que conhecemos. C. E. NAIR MONTEZ DE CASTRO Presidente: Teresinha C. Maranhão 1º Vice-Presidente: Aldo M. Coutinho 2º Vice-Presidente: Walmir Livro P. dosLeão. Espíritos, página 167. Rua Vilela Tavares, 173 - Lins de Vasconcelos C.G.C. 34.037.010/0001-13 Inscrição Estadual: 345.856.00

A Caravana - Novembro 2003  

Informativo mensal do Centro Espírita Nair Montez de Castro

A Caravana - Novembro 2003  

Informativo mensal do Centro Espírita Nair Montez de Castro

Advertisement