Page 1

CARAVANA, maio de 2003

Página 1

A CARAVANA Maio 2003 Fundado em 01/12/1966

NÚMERO 409 – ANO XXXV http://meuwebsite.com.br/Cenmc

e-mail: cenmc@hotmail.com INFORMATIVO DO CENTRO ESPÍRITA NAIR MONTEZ DE CASTRO Rua Vilela Tavares 173 - Lins Rio de Janeiro/RJ - Telefone 2595-5462

AMOR Cura-te a Ti Mesmo A cura da alma depende das reformas que se processam na sua intimidade, sem que falte o amor, razão de vida capaz de alicerçar as colunas da felicidade. Todos os sofrimentos vistos como tal nascem da ignorância. O afeto é virtude divina, que comanda o ambiente da harmonia, de onde desaparecem os contrários da alegria, distribuindo a paz interior. O homem que começa a despertar os valores transcendentais da vida passa a nascer de novo, encontrando novo mundo, onde possa encontrar as portas que dão acesso ã felicidade; compreendese daí que não há tranqüilidade de consciência sem harmonia no coração. A cura do corpo, senão da alma, vem somente do próprio doente; é pelas transformações que o próprio se faz consciente, e as forças invisíveis não lhe faltarão, ajudando-o a instalar o céu nos pontos sensíveis da vida. Precisamos, pois, mais de afeição de uns para com os outros, do que mesmo de alimento para o corpo, notadamente. Somos artífices da saúde e da paz, quando buscamos o que a

natureza nos oferta. As Leis de Deus são imutáveis, e todas elas vibram em conexão com o amor, que compreendemos ser o hálito do Senhor, dando vida e alimentando vidas em todos os departamentos da criação. Tornamos a falar que a nossa cura depende de nós, com a presença mais visível de Deus na consciência, estabelecendo, assim, plena harmonia em todos os corpos, que nos ajudam a crescer. Por que não fazemos amizade com tudo que vemos, tocamos e sentimos? Daí é que nasce uma fervorosa fonte de simpatia, entrelaçando-se com as forças universais, que o amor comanda. Nós somos os médicos de nós mesmos. Jesus não se esqueceu de dizer para a humanidade que o céu está dentro dela, dependendo dos seus esforços para despertar esses valores e transforma-los em dons, para que a vida se multiplique, expressando o amor, em eterna doação, sem nenhuma exigência. Estuda a natureza com atenção, e encontrará o caminho para a verdadeira paz na mente, de modo a viver feliz, por saber viver com Deus e Cristo por dentro. A Doutrina Espírita, inspirada na vida do Mestre, é capaz de nos ajudar a compreender a vida, ensinando-nos como se respira o amor. Podes exercitar o amor onde estiveres e com quem estiveres,

mas aquele amor que nos ensina o desprendimento, aquele que somente ajuda, que somente dá, que somente alegra, que somente beneficia. A nossa cura é, pois, demorada, mas, permanece para sempre, porque se fundamenta na profundidade do afeto divino. Enquanto procuramos a cura dos males somente na condição física, permaneceremos enfermos até despertarmos para a luz do Espírito. A humanidade se encontra distante da felicidade, por não ter conhecimento dela mesmo; prefere as coisas do mundo, esquecendo as de Deus. Procura entender o que é caridade, e busca praticá-la, consubstanciada no Evangelho do Cristo, para que Ele passe a habitar em nós, para sermos motivo de glória e canais permanentes do amor. O “cura-te a ti mesmo” ensina que tu somente podes processar essa cura amando, sob a inspiração do Cristo. Livro “CURA-TE A TI MESMO” João Nunes Maia pelo Espírito MIRAMEZ

OUÇA A RÁDIO RIO DE JANEIRO - 1400KHz AM - A EMISSORA DOS ESPÍRITAS


CARAVANA, maio de 2003

C E N T R O

E S P Í R I T A N A I R M O N T E Z PÁGINA DE REFLEXÃO

D E

Página 2

C A S T R O

DEFINIR O AMOR Definir o amor é limitá-lo, encarcerá-lo numa redoma de palavras incompletas. O que é o amor? Esta pergunta foi feita para um grupo de crianças de 4 a 9 anos, durante uma pesquisa feita por profissionais de educação e psicologia. E ninguém melhor do que uma criança, e a pureza de seu coração, para tentar explicar o que é o amor... "O amor é quando alguém te magoa, e você, mesmo muito magoado, não grita, porque sabe que isso fere os sentimentos da pessoa." Mathew, 6 anos. "Quando minha avó pegou artrite, ela não podia se debruçar para pintar as unhas dos dedos dos pés. Meu avô, desde então, pinta as unhas para ela, mesmo quando ele tem artrite." Rebecca, 8 anos. "Amor é como uma velhinha e um velhinho que ainda são muito amigos, mesmo se conhecendo há muito tempo." Tommy, 6 anos. "Quando alguém te ama, a forma de falar seu nome é diferente." Billy, 4 anos. "Amor é quando você sai para comer e oferece suas batatinhas fritas, sem esperar que a outra pessoa te ofereça as batatinhas dela." Chrissy, 6 anos. "Amor é quando minha mãe faz café para o meu pai, e toma um gole antes para ter certeza que está do gosto dele." Danny, 6 anos. "Quando você fala para alguém algo ruim sobre você mesmo, e sente medo que essa pessoa não venha a te amar por causa disso. Aí você se surpreende, já que não só continuam te amando, como agora te amam mais ainda!" Samantha, 7 anos. "Há dois tipos de amor: o nosso e o amor de Deus. Mas o amor de Deus junta os dois." Jenny, 4 anos. "Amor é quando mamãe vê o papai suado e mal cheiroso e ainda fala que ele é mais bonito que o Robert Redford!" Chris, 8 anos "Durante minha apresentação de piano, eu vi meu pai na platéia me acenando e sorrindo. Era a única pessoa fazendo isso e eu não sentia medo." Cindy, 8 anos. "Quando você ama alguém, seus olhos sobem e descem e pequenas estrelas saem de você!" Karen, 7 anos. Temos muito que aprender com as crianças, sim. E muito mais a aprender com o amor, e sobre ele. Pequenos gestos, grandes sacrifícios anônimos, olhares, sorrisos - tudo faz parte deste universo sem fim chamado amor... *** O amor é um sentimento, mas também um estado de espírito. Ele é uma busca, mas também é o caminho a seguir. Ele é um objetivo, porém também o meio mais sublime de se alcançar. O amor é alimento, consolo, passado e futuro. É presente no tempo e no gesto de se dar. É a maior descoberta da vida. É a maior bênção da vida. E se a fé poderá mover montanhas inteiras, o amor então terá o poder de construir cordilheiras... Equipe de Redação do Momento Espírita com base em texto anônimo.

AMOR EM DESEQUILÍBRIO Hoje em dia os modelos de educação são tantos e tão complexos, que grande parte dos pais já não sabe mais qual a maneira eficaz para se obter um bom resultado na orientação dos seus filhos. Há pais que aderiram ao modelo de uma educação dita liberal, de liberdade sem responsabilidade. Mas esse modelo provou sua ineficiência criando uma geração de pequenos tiranos, causadores de infelicidade e dor para seus genitores. Outros pais resolveram educar os filhos para se prevenir contra tudo e contra todos. E surgiu uma geração violenta e cruel, capaz de esmagar até mesmo os colegas de classe e os professores. Essa demonstração tácita do amor em desequilíbrio tem infelicitado pais e filhos que lhes caem nas armadilhas danosas. Assim, aos pais de boa vontade, relacionamos algumas atitudes que devem ser evitadas para que se possa alcançar uma educação eficaz, promovendo o ser e elevando-o moralmente. 1º achar que os filhos têm sempre razão, sem lhes reconhecer as falhas, supondo-os isentos de quaisquer defeitos e com isso incentivá-los à arrogância da falsa superioridade e ao desprezo da virtude. Ou num outro extremo, censurá-los por tudo e a cada instante, deixando neles marcas de insegurança interior e de complexos de inferioridade. 2º manter as crianças e os adolescentes longe de quaisquer problemas por que a família passe, para apenas votá-los à convivência de brinquedos e festas, amolecendo lhes a capacidade de resistência com a qual terão de enfrentar a dura, mas necessária, realidade da vida. 3º satisfazer cada capricho infantil, jamais negando algo e assim desenvolver a ambição desmedida e a absoluta falta de firmeza e coragem no adulto de amanhã. 4º aconselhar sempre o revide e a intransigência, observando que perdoar e pacificar é próprio dos tolos, afastando, desse modo, a alma infantil de qualquer tendência à compaixão. 5º querer deixar aos descendentes, acima de tudo, o bem-estar amoedado, que pode se esvair, ao sopro de qualquer adversidade, ao invés de lhes transmitir a herança da cultura e da virtude, tesouros que as traças jamais poderão roer... 6º desejar moldar os filhos segundo a própria imagem, numa reprodução de si, não lhes respeitando as inclinações da personalidade. 7º acostumá-los a menosprezar empregados e subordinados que lhes devem obedecer a todos os caprichos e incentivá-los à bajulação e ao servilismo dos socialmente bem colocados, distorcendo assim a escala de valores da criança e do jovem que não saberá ver seres humanos em parte alguma, mas apenas objetos descartáveis da própria ambição. A obra da educação exige amor, mas exige também equilíbrio e lucidez. É preciso aliar energia e doçura, verdade e ternura, confiança e dinamismo para que os educandos sintam que seus educadores desejam alçá-los aos altiplanos da vida, da felicidade plena, sem ilusões nem fantasias. *** Educar é a melhor maneira de curar o desequilíbrio do mundo, e orientar com Jesus é curar todas as chagas do Espírito eterno. Baseada no livro a Educação da Nova Era, cap. Tempo de refletir, de Dora Incontri, ed. Comenius e Dicionário da Alma, ed. FEB, verbete: educar.

Participe das atividades da nossa casa. Sua presença é muito importante!


A CARAVANA maio de 2003

C. E. Nair Montez de Castro

Página 3

LIVRO DO MÊS

COORDENAÇÃO DE ATIVIDADES ASSISTENCIAIS Distribuição de Alimentos 1º domingo do mês Campanha do Quilo 2º Domingo do mês Sopa de Rua 3º Sábado do mês Sopa das quartas-feiras Todas as quartas-feiras Ambulatório Médico Todas as quartas, às 14:00 horas. Terceiro sábado, de 09:00 às 12:00 hs. Distribuição de Enxovais para Gestantes e Bebês Mensal, última segunda-feira do mês, às 14:00 horas. Sala de Costura Todas as segundas-feiras, às 14:00 horas. Oficina de Trabalhos Manuais com Assistidos Todos os sábados Evangelização para crianças de 6 a 11 anos Todos os sábados, de 09:15 às 10:30 horas. Distribuição de Leite - Crianças até três Anos Todas as segundas-feiras, às 14:00 horas. Recolhimento, Prensa e Troca de Latas. Horário em aberto Centro de Recreação Teresa de Jesus Segundas, quartas e sextas-feiras, às 08:00 horas. Distribuição de Roupas e Calçados Usados Todas as segundas-feiras, às 14:00 horas.

CAMPANHAS EM ANDAMENTO ÓLEO MACARRÃO FARINHA DE MESA FUBÁ LATAS DE ALUMÍNIO LATAS DE LEITE OU NESCAU VAZIAS

OBRIGADO PELA

AJUDE-NOS A AJUDAR COLABORAÇÃO! TORNANDO-SE SÓCIO CONTRIBUINTE DO C. E. NAIR MONTEZ DE CASTRO!

Informações na Tesouraria

CURA-TE A TI MESMO João Nunes Maia Espírito MIRAMEZ PELO LADO MELHOR Para que a misericórdia te ilumine os sentimentos, considera os nossos irmãos, em Humanidade, pelo lado melhor em que estimariam estar agindo. Esse companheiro abandonou as tarefas que lhe competiam na seara do bem, no entanto, provavelmente, adotou essa medida, não por espírito de infidelidade aos compromissos assumidos e sim por lhe ter faltado a precisa resistência. Outro que entrou na sombra da delinqüência, não terá falhado porque a crueldade lhe dominasse o espírito, mas por não haver conseguido ainda senhorear a própria natureza, suscetível de queda, nas tramas da obsessão. Aquele outro que desertou das obrigações domésticas, não haverá fugido aos próprios deveres por falta de amor aos familiares e sim por lhe esmorecerem as forças, no trato com as responsabilidades da vida. Outro ainda deslanchou para esse ou aquele hábito infeliz, não porque assim o desejasse, mas temendo resvalar na criminalidade a que se sentia impelido pela insistência de longas tentações. Deixa que a misericórdia te auxilie em todas as ocorrências, a fim de que possas tudo interpretar pelo lado melhor das pessoas e situações do caminho, de modo a que o lado melhor de teus problemas próprios seja também visto. Lembremo-nos de que Deus nos governa a cada um pelas forças de Justiça, mas nos compreende e espera a todos com o Infinito Amor ; de nossa parte, uns diante dos outros, saibamos igualmente compreender e esperar. Livro CALMA – Francisco C. Xavier, Espírito Emmanuel

DÊ SUA SUGESTÃO, TRAGA SUA COLABORAÇÃO, FALE CONOSCO! GRUPO DE DIVULGAÇÃO: José Carlos e Marcelo.

Terça-feira, das 20:00 às 22:00 hs – José Carlos.


A CARAVANA maio de 2003

Página 4

PROGRAMAÇÃO DE MAIO DE 2003 • Reunião das Segundas - 20:00 Hs DIA 05 12 19 26

TEMA HONRAI VOSSO PAI E VOSSA MÃE MARIA, MÃE DE JESUS NOSSOS FILHOS SÃO ESPÍRITOS VIVÊNCIA DA LEI DO AMOR

• Reunião das Quintas - 14:30 Hs DIA 01 08 15 22 29

TEMA HONRAI VOSSO PAI E VOSSA MÃE MARIA, MÃE DE JESUS NOSSOS FILHOS SÃO ESPÍRITOS VIVÊNCIA DA LEI DO AMOR CASAMENTO E DIVÓRCIO

• Reunião das Sextas - 20:00 Hs DIA 02 09 16 23 30

TEMA HONRAI VOSSO PAI E VOSSA MÃE MARIA, MÃE DE JESUS NOSSOS FILHOS SÃO ESPÍRITOS VIVÊNCIA DA LEI DO AMOR CASAMENTO E DIVÓRCIO

• Reunião dos Sábados - 15:00 Hs DIA 03 10 17 24 31

TEMA HONRAI VOSSO PAI E VOSSA MÃE MARIA, MÃE DE JESUS NOSSOS FILHOS SÃO ESPÍRITOS VIVÊNCIA DA LEI DO AMOR CASAMENTO E DIVÓRCIO

Quem pergunta quer saber 248. O Espírito vê as coisas tão distintamente como nós? “Mais distintamente, pois que sua vista penetra onde a vossa não pode penetrar. Nada a obscurece”. 249. Percebe os sons? “Sim, percebe mesmo sons imperceptíveis para os vossos sentidos obtusos”. a) - No Espírito, a faculdade de ouvir está em todo ele, como a de ver? “Todas as percepções constituem atributos do Espírito e lhe são inerentes ao ser. Quando o reveste um corpo material, elas só lhe chegam pelo conduto dos órgãos. Deixam, porém, de estar localizadas, em se achando ele na condição de Espírito livre”. 250. Constituindo elas atributos próprios do Espírito, ser-lhe-á possível subtrair-se às percepções? “O Espírito unicamente vê e ouve o que quer. Dizemos isto de um ponto de vista geral e, em particular, com referência aos Espíritos elevados, porquanto os imperfeitos muitas vezes ouvem e vêem, a seu mal grado, o que lhes possa ser útil ao aperfeiçoamento”. C. E. NAIR MONTEZ DE CASTRO Presidente: Teresinha C. Maranhão 1º Vice-Presidente: Aldo M. Coutinho 2º Vice-Presidente: Walmir P. Leão. Livro dos Espíritos, página 163. Rua Vilela Tavares, 173 - Lins de Vasconcelos C.G.C. 34.037.010/0001-13 Inscrição Estadual: 345.856.00

A Caravana - Maio 2003  

Informativo mensal do Centro Espírita Nair Montez de Castro

A Caravana - Maio 2003  

Informativo mensal do Centro Espírita Nair Montez de Castro

Advertisement