Page 1

A CARAVANA, junho 2013

Página 1

A$$

CARAVANA$ Rio$de$Janeiro$+$Brasil$ Nº$530$–$Ano$XLVI$

Junho&2013& INFORMATIVO$DO$

CENTRO$ESPÍRITA NAIR$MONTEZ$DE$CASTRO

A CARIDADE SEGUNDO O APÓSTOLO PAULO (Allan Kardec, Evangelho Segundo o Espiritismo, cap.XV, item 6)

O que é a caridade? Seria darmos esmolas, levarmos comida aos necessitados, comprarmos uma rifa beneficente? Fazer isso nos daria a consciência tranquila do dever cumprido como cristãos? Paulo, nesta passagem, mostra aos cristãos de Corinto que a caridade é algo muito mais profundo e importante do que apenas darmos o que nos sobra aos carentes. Embora isto também seja um ato caritativo, não resume a grandiosidade desta virtude. Vamos ver o que diz a mensagem do Apóstolo Paulo: "Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse caridade, seria como o metal que soa ou como o sino que tine". Este trecho é um alerta a todos os que são oradores, sejam espíritas, católicos, evangélicos, umbandistas, ou qualquer pregador que fale dos ensinos divinos. De nada adianta ser belo na palavra e pobre de ações. O exemplo de MUDANÇA ÍNTIMA, de luta constante contra as imperfeições, deve fazer parte da vida dos que se dedicam a divulgar a mensagem cristã. Conheceremos se a árvore é boa pelos frutos, alertou Jesus. Caso contrário, a palavra será

como o sino que tine, ou seja, fará muito barulho e chamará a atenção, mas não modificará os corações e inteligências a que é direcionada. "E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse caridade, nada seria." Ter conhecimento espiritual não faz do ser um indivíduo caridoso. É Jesus mesmo que se diz agradecido a Deus, por haver escondido os mistérios divinos dos sábios e os revelado aos simples (Mateus, cap. XI), referindo-se ao sentimento e à fé nos ensinamentos espirituais. A mediunidade e o entendimento das Leis do universo dão sim ao ser maior responsabilidade frente à vida, e de posse disso devem seus detentores modificar suas condutas e buscar a HUMILDADE. A fé também não é sinônimo de caridade, pois sem OBRAS é morta, segundo o apóstolo Tiago, em sua Epístola, cap. II, vers. 17. Com a afirmativa de que por mais fé que tivermos em Deus e em nossas próprias forças nada seremos se não tivermos a caridade, Paulo chama a atenção dos religiosos em geral. Muitos de nós acreditamos que a crença inabalável é porta aberta para

ajuda do Alto. Porém, se não nos ajudarmos, praticando aquilo em que cremos através do bom EXEMPLO, qual a vantagem de possuir fé? "E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse caridade, nada disso me aproveitaria". Dar esmolas e acabar com a necessidade material do próximo é muito importante. Mas preciso é alertar às pessoas que tudo depende da intenção. Se fizermos a doação material com o objetivo de aparecermos aos outros, ou então para aliviarmos nossa consciência, estaremos nos enganando. Além disso, corremos o risco de ajudar ao necessitado, mas humilhá-lo ao mesmo tempo, com um ar de superioridade que o ferirá. A DOAÇÃO DESINTERESSADA deve brotar da compreensão da Lei de Deus, tornando-nos irmãos de quem ajudamos e tendo como único fim o amparo e alívio do sofredor. Ainda neste trecho, Paulo instrui de que nada adianta nos auto flagelarmos, com o intuito de mostrarmos para quem nos vê que somos crentes em Deus. Continua na página 2


A CARAVANA, junho 2013

Página 2

Continuação da página 1

Mais importante que castigar o corpo, com privações e sofrimentos, é sufocar as más tendências, verdadeiras mães de nossas desgraças. "A caridade é sofredora, é benigna; a caridade não é invejosa; não trata com leviandade; não se ensoberbece". O apóstolo mostra que a verdadeira caridade traz a RESIGNAÇÃO, que é o entendimento das dificuldades da vida como obstáculos a serem vencidos, objetivando o progresso espiritual. Alia a bondade para com todos, independente do momento, pois a vingança e o ódio corroem o sentimento e turbam os sentidos racionais, enquanto o PERDÃO enobrece o ser. Diz ainda que a PRUDÊNCIA deve fazer parte de quem busca a caridade, pois ser leviano traz consequências inesperadas, e o orgulho do homem pode contribuir para o afastamento de Deus. "Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal. Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade". Em um mundo onde o que mais vale é a satisfação pessoal, mesmo em detrimento da paz alheia, a caridade busca decência e fraternidade. Devemos refletir sobre de que adianta levarmos vantagem em tudo se alguém estiver sofrendo com isso? Com certeza, esta dor do próximo será revertida em desespero, rancor, violência, que mais cedo ou mais tarde, acabará voltando-se contra nós mesmos, nossos filhos ou amigos. Irritar-se é a melhor forma de perdermos a RAZÃO, por isso a paciência e a sensatez fazem parte da caridade, levando o homem a pensar antes de agir. Assim, devemos lembrar que a justiça se fará mais presente em nossa sociedade, libertando os seres das mentiras e intrigas que envolvem interesses pessoais. É a verdade prevalecendo, e só ela pode nos libertar da ignorância, disse Jesus. "Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta". Tudo tem sua hora. Saber esperar é próprio da caridade. Quando o ser amplia sua visão além da vida material, vê no horizonte a luz necessária para manter-se animado e vivo. Busca na SABEDORIA cristã o esclarecimento para suas dúvidas, deixando de lado o desespero. É o caminho do equilíbrio proporcionado pela caridade. "Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e a caridade. Mas a maior destas é a caridade" (Paulo, I Coríntios, cap. XIII, vers. 1 ao 13). Mudança íntima, humildade, obras, exemplo, doação desinteressada, resignação, bondade, perdão, prudência, decência, razão, tranquilidade, sabedoria, justiça, amor ao próximo como a si mesmo. O que verdadeiramente Paulo diz sobre o que é a caridade: um conjunto de atributos morais e intelectuais, que fará do Espírito ser dono de seu próprio destino. A fé e a esperança, indispensáveis para uma existência sensata e confiante, são assessoras da caridade, que será o sentimento principal a ser buscado pelo homem de bem, libertando-o de seu egoísmo e encaminhando-o para o Reino de Deus. "Todos os deveres do homem se encontram resumidos na máxima: Fora da caridade não há salvação” (Allan Kardec, Evangelho Segundo o Espiritismo, cap.XV, item 5). O essencial para a salvação (entenda-se liberdade com conhecimento) não é a frequência exclusiva em suas fileiras, mas sim a prática da caridade, seja ela feita em que religião for. Jesus nunca disse que esta ou aquela doutrina deveria ser seguida. Mas sim, resumiu a Lei e os profetas em: Amar a Deus sobre tudo e ao próximo como a si mesmo. Este é o lema do Espiritismo cristão: "Reconhece-se o verdadeiro espírita pela sua transformação moral, e pelos esforços que faz para domar suas más inclinações". (Allan Kardec, Evangelho Segundo o Espiritismo, cap.XVII, item 4). Por fim, nem Paulo, nem Jesus e muito menos a Doutrina Espírita quer que sejamos santos. Os Espíritos superiores sabem de nossas limitações e os ensinamentos cristãos são exatamente para ajudar-nos a superá-los. O que se espera do verdadeiro espírita, ou cristão, que têm o mesmo sentido, é o esforço constante em ANALISAR-SE MORALMENTE. E sempre que se perceber fora dos atributos que constituem a caridade, que erga a cabeça, recomece novamente o caminho, sem desesperos ou pressa, mas a passos firmes e corajosos. Fonte: Baseado no texto do Grupo Espírita Apóstolo Paulo. http://www.espirito.org.br/portal/palestras/geap/palestra03.html


A CARAVANA, junho de 2013

A CARIDADE MATERIAL E A CARIDADE MORAL

“Amemo-nos uns aos outros e façamos aos outros o que quereríamos nos fizessem eles. Toda a religião, toda a moral se acham encerradas nestes dois preceitos. Se fossem observados nesse mundo, todos seríeis felizes: não mais aí ódios, nem ressentimentos.” “Desejo compreendais bem o que seja a caridade moral, que todos podem praticar, que nada custa, materialmente falando, porém, que é a mais difícil de exercer-se. A caridade moral consiste em se suportarem umas às outras as criaturas e é o que menos fazeis nesse mundo inferior, onde vos achais, por agora, encarnados.”

“Grande mérito há, crede-me, em um homem saber calar-se, deixando fale outro mais tolo do que ele. É um gênero de caridade isso. Saber ser surdo quando uma palavra zombeteira se escapa de uma boca habituada a escarnecer; não ver o sorriso de desdém com que vos recebem pessoas que, muitas vezes erradamente, se supõem acima de vós, quando na vida espírita, a única real, estão, não raro, muito abaixo, constitui merecimento, não do ponto de vista da humildade, mas do da caridade, porquanto não dar atenção ao mau proceder de outrem é caridade moral.” - Irmã Rosália (Paris, 1860). Baseado no Evangelho Segundo o Espiritismo, cap.XIII, item 9. CONVITE MANHÃ COM JESUS Convidamos a todos para participarem do 30º Encontro “Manhã com Jesus”, com o tema “ORAI E VIGIAI” que será realizado no domingo, dia 23 de junho de 2013. Esperamos vocês entre nós! CONTRIBUIÇÃO PARA A OBRA DO AMBULATÓRIO Irmãos, começaremos mais uma obra na Casa de Pedro e Nair com o intuito de estarmos preparados para atender todos os necessitados do corpo e da alma que aqui aportam. Desta vez, a obra ocorrerá no ambulatório, espaço reservado a atividades como Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita, evangelização de jovens, atendimento médico e reunião de tratamento de enfermidades. A obra faz-se necessária devido a infiltrações que estão, inclusive, inviabilizando a utilização de parte deste espaço tão importante. Portanto, contamos com a colaboração de todos que puderem e quiserem ajudar a Casa de Pedro e Nair a continuar auxiliando. Quem desejar e puder contribuir com qualquer quantia, basta dirigir-se a nossa tesouraria. AJUDE-NOS A AJUDAR, TORNANDO-SE ASSOCIADO DO CENMC

Página 3

LIVRO DO MÊS

PAULO E ESTEVÃO Francisco Cândido Xavier – Emmanuel Quem era Paulo de Tarso? Um fariseu fanático, perseguidor de cristãos e do nascente cristianismo? Ou um ser predestinado, que recebeu a dádiva da aparição de Jesus, às portas de Damasco, convertendo-se ao Cristianismo? A leitura deste livro mostrará a grandeza de Paulo. Corajoso, intrépido e sincero que, arrependido de uma postura radical que culminou no apedrejamento de Estevão, humildemente empreendeu acelerada revisão de conceitos, atendendo ao chamado de Jesus.

COORDENAÇÃO DE ATIVIDADES ASSISTENCIAIS AMBULATÓRIO MÉDICO Quartas-feiras, às 14h. CAMPANHA DO QUILO 2º domingo do mês, às 9h. DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS 1º domingo do mês, às 9h. DISTRIBUIÇÃO DE ENXOVAIS PARA BEBÊS Inscrição: segundas-feiras, às 15h (a partir do 7º mês) Distribuição: última segunda-feira do mês, às 15h. DISTRIBUIÇÃO DE LEITE-CRIANÇAS ATÉ 3 ANOS Segundas-feiras, às 14h. DISTRIBUIÇÃO DE ROUPAS E CALÇADOS Quartas-feiras, às 14h30min. OFICINA DE INFORMÁTICA Crianças da Evangelização: sábados, das 9h15min às 10h30min. Centro de Recreação Mestra Tereza de Jesus: quartas, das 9h às 11h. OFICINA DE PINTURA, PONTO DE CRUZ E CROCHÊ Segundas, às 14h SALA DE COSTURA / BAZAR Segundas-feiras, às 14h. SOPA DAS QUARTAS-FEIRAS Quartas-feiras, às 14 h. SOPA DA POPULAÇÃO EM RUA 3º sábado do mês.

CAMPANHAS EM ANDAMENTO Leite em pó integral, óleo vegetal, sal, espaguete, farinha de mesa e fubá; cobertores de adultos; conjuntinhos de camisinhas de pagão de malha, fraldas de tecido e toalhas de banho para recém-nascidos (cores neutras, para ambos os sexos), mamadeiras, sabonetes infantis e alfinetes para fraldas; latas vazias (400g) de leite em pó ou achocolatado. Agradecemos pela grande colaboração!


A CARAVANA, junho de 2013

REUNIÕES(PÚBLICAS( PROGRAMAÇÃO(DE(JUNHO(DE(2013( DOMINGOS,(ÀS(9H( DIA( TEMA( 02# A#VISÃO#ESPÍRITA#DA#REUNIÃO#PÚBLICA# 09# O#PASSE#NA#TERAPEUTICA#ESPÍRITA# 16# ÁGUA# MAGNETIZADA# E# IRRADIAÇÃO# A# DISTÂNCIA# 23# MANHÃ#COM#JESUS# 30# CHICO#XAVIER:#HUMILDADE#E#AMOR# SEGUNDAS?FEIRAS,(ÀS(20H( DIA( TEMA( 03# A#VISÃO#ESPÍRITA#DA#REUNIÃO#PÚBLICA# 10# O#EVANGELHO#NO#LAR# 17# ÁGUA# MAGNETIZADA# E# IRRADIAÇÃO# A# DISTÂNCIA# 24# O#PASSE#NA#TERAPEUTICA#ESPÍRITA# QUINTAS?FEIRAS,(ÀS(14H30MIN( DIA( TEMA( 06# A#VISÃO#ESPÍRITA#DA#REUNIÃO#PÚBLICA# 13# O#PASSE#NA#TERAPEUTICA#ESPÍRITA# 20# ÁGUA# MAGNETIZADA# E# IRRADIAÇÃO# A# DISTÂNCIA# 27# O#EVANGELHO#NO#LAR# SEXTAS?FEIRAS,(ÀS(20H( DIA( TEMA( 07# A#VISÃO#ESPÍRITA#DA#REUNIÃO#PÚBLICA# 14# O#PASSE#NA#TERAPEUTICA#ESPÍRITA# 21# ÁGUA# MAGNETIZADA# E# IRRADIAÇÃO# A# DISTÂNCIA# 28# O#EVANGELHO#NO#LAR# SÁBADOS,(ÀS(15H( DIA( TEMA( 01# A#VISÃO#ESPÍRITA#DA#REUNIÃO#PÚBLICA# 08# O#PASSE#NA#TERAPEUTICA#ESPÍRITA# 15# ÁGUA# MAGNETIZADA# E# IRRADIAÇÃO# A# DISTÂNCIA# 22# O#EVANGELHO#NO#LAR# 29# CHICO#XAVIER:#HUMILDADE#E#AMOR# CENTRO ESPÍRITA NAIR MONTEZ DE CASTRO Presidente: Teresinha C. Maranhão Vice-Presidente: Terezinha Vianna Rua Vilela Tavares 173 – Méier Rio de Janeiro/RJ - CEP: 20.725-220 CNPJ: 73.956.559/0001-63 - Telefone: 2595-5462

Página 4

COORDENAÇÃO DE ASSUNTOS DOUTRINÁRIOS ATENDIMENTO FRATERNO Segundas, das 19h30min às 20h30min. Quintas, das 14h30min às 15h30min. Sextas, das 18h às 19h30min. Sábados, das 15h às 16h. CENTRO DE RECREAÇÃO TERESA DE JESUS Segundas, quartas e sextas, das 8h às 11h. ESDE - Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita (Introdutório) ! Sextas, das 20h às 21h30min. ! Sábados, das 16h45min às 18h15min. ESDE - Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita “O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO”: ! Domingos, das 8h às 9h30min. ! Sextas, das 20h às 21h30min. ! Sábados, das 16h45min às 18h15min. “O LIVRO DOS ESPÍRITOS”: Segundas, das 19h40min às 21h10min “DEPOIS DA MORTE”: Quintas, das 16h30min às 18h - coordenação do C. E. Léon Denis. ESTUDO DO EVANGELHO (Trabalhadores do CENMC) Segundas-feiras, às 16h. ESTUDO DO LIVRO DOS MÉDIUNS Sábados, das 16h45min às 18h15min. CURSO DE ESPERANTO IV (Quarto módulo) Quintas-feiras, das 10h às 11h30min. EVANGELIZAÇÃO Sábados, das 9h15min às 10h30min e 15h às 16h. JUVENTUDE I E II Sábados, das 15h às 16h. REUNIÃO DE DISCIPLINA MEDIÚNICA Terças, às 20h; quartas, às 16h15min e às 20h; sábados, às 14h30min. REUNIÕES PÚBLICAS Segundas e sextas, às 20h; quintas, às 14h30min; sábados, às 15h; domingos, às 9h. REUNIÕES DE TRATAMENTO Terças, às 18h; quintas, às 19h30min; sextas, às 18h (para depressivos).

A Caravana - Junho 2013  

Informativo mensal do Centro Espírita Nair Montez de Castro

A Caravana - Junho 2013  

Informativo mensal do Centro Espírita Nair Montez de Castro

Advertisement