Issuu on Google+


TERÇA-FEIRA

5

19h00 RECEPÇÃO DOS PARTICIPANTES TEATRO GARCIA DE RESENDE

21h30 ABERTURA DO FESTIVAL JARDIM

DE ALEXEJ SCHIPENKO

COMPANHIA DE TEATRO DE BRAGA

SALA PRINCIPAL M/16 ANOS 1 h 40 min

Autoria e Encenação: Alexej Schipenko / Tradução: António Pescada / Cenografia e figurinos: Samuel Hof / Interpretação: Carlos Feio, Rogério Boane, Rui Madeira, Solange Sá, André Laires, Jaime Monsanto, Thamara Thaís, Frederico Bustorff Madeira / Desenho de luz: Fred Rompante / Criação vídeo: Frederico Bustorff Madeira / Criação de som: Luís Lopes. Esta é uma história muito conhecida em Portugal e, neste espectáculo, é contada de uma maneira diferente – talvez como diário de Inês de Castro. Neste diário ela descreve o seu primeiro encontro, o amor, a vida com Pedro e o seu assassinato. Contudo, o seu diário continua para lá da morte.


QUARTA-FEIRA

21h30 PROVAVELMENTE UMA PESSOA DE ABEL NEVES

TEATRO DAS BEIRAS

6

SALA ESTÚDIO M/12 ANOS 1 h 15 min

Encenação: Gil Salgueiro Nave / Cenografia e Figurinos: Luís Mouro / Interpretação: Fernando Landeira, Pedro da Silva, Rui Raposo Costa, Sónia Botelho, Vânia Fernandes / Banda Sonora: Hélder Gonçalves / Iluminação: Jay Collin. Arredores de Lisboa. Um quintal na margem sul. Dois casais, pequenos comerciantes. Gente vulgar! Numa noite de Verão, o insólito. Aparece um corpo estatelado no chão do quintal? Quem será? De onde terá vindo? Como é que veio aqui parar?


QUINTA-FEIRA

7

11h00 ASSEMBLEIA DO FESTIVAL 18h30 PROVAVELMENTE UMA PESSOA DE ABEL NEVES

TEATRO DAS BEIRAS

21h30 O ABAJUR LILÁS DE PLÍNIO MARCOS

CO-PRODUÇÃO CENDREV / A ESCOLA DA NOITE

SALA ESTÚDIO M/12 ANOS 1 h 15 min

SALA PRINCIPAL M/12 ANOS 1 h 40 min

Encenação: António Augusto Barros / Cenografia: João Mendes Ribeiro e Luisa Bebiano / Figurinos e Imagem Gráfica: Ana Rosa Assunção / Interpretação: Ana Meira, José Russo, Rosário Gonzaga, Maria João Robalo e Miguel Lança / Desenho de Luz e Direcção Técnica: António Rebocho / Música: André Penas / Operação de Luz e Som: António Rebocho, Danilo Pinto, Eduardo Gama / Construção de Cenário e Montagem: Carlos Figueiredo, Danilo Pinto, Eduardo Gama, Eduardo Pinto, Paulo Carocho, Rui Valente, Tomé Baixinho e Victor Fialho / Confecção de Guarda-Roupa: Vicência Moreira. Célia, Dilma e Leninha são prostitutas e servem-se da casa de Giro, uma velha “bicha”, para, a troco de uma percentagem, exercerem a sua actividade. Mas Giro acha que a produtividade das três deixa muito a desejar. Quando o abajur lilás, que dava luz ao amor, se quebra, os conflitos agudizam-se.


SEXTA-FEIRA

10h30 DE ULISSES... NUNCA DIGAS TOLICES 15h00 - A GUERRA DE TRÓIA DE ALEXANDRE HONRADO

ACTA - A COMPANHIA DE TEATRO DO ALGARVE

8

VATe JARDIM DAS CANAS M/6 ANOS 40 min

Encenação: Jorge Soares / Interpretação: Carla Dias e Jeannine Trévidic / Operadora de Luz e Som: Luísa Gonçalves / Bonecos e Cenário: VATe. Um espectáculo em que se narram as aventuras do conhecido herói grego numa perspectiva de iniciação à mitologia. (...) os seus quereres e ambições, os valores em que acredita, os seus medos, a sua luta e a sua determinação.

18h30 CAVALO MANCO NÃO TROTA DE LUIS DEL VAL

ACTA - A COMPANHIA DE TEATRO DO ALGARVE

SALA ESTÚDIO M/16 ANOS 1 h 20 min

Tradução: Maria João Neves / Encenação: Bruno Martins / Interpretação: Luís Vicente / Desenho e Operação de Luz: Octávio Oliveira / Espaço Cénico: Luís Vicente. No momento em que o Juiz pergunta se o réu se considera culpado ou inocente, Miguel Torres é remetido, num ápice, para um turbilhão de memórias que começam na infância. (...) conflitos de infância, a fuga de casa dos pais, os amores impossíveis e os amores destruídos, o seu desempenho como construtor civil corrupto… a morte do filho. Tudo é convocado para um “ajuste de contas”.


SEXTA-FEIRA

21h30 LAÇO DE SANGUE DE ATHOL FUGARD

ACTA - A COMPANHIA DE TEATRO DO ALGARVE

8

SALA PRINCIPAL M/12 ANOS 2 h 15 min

Tradução e Revisão: António Marques e Luís de A. Miranda / Encenação: Luís Vicente / Interpretação: Luís Vicente e Mário Spencer / Concepção Plástica: Luís Vicente / Execução Cenográfica: Tó Quintas / Assistência de Encenação: Bruno Martins / Desenho e Operação de Luz: Octávio Oliveira / Sonoplastia e Operação de Som: Pedro Leote Mendes. Dois irmãos, filhos da mesma mãe, um de pele clara e o outro de pele escura, que, procurando aliviar o tédio das suas existências, compram um jornal para que Zach, de pele escura e analfabeto, possa obter uma correspondente. Emerge então a África do Sul sob o apartheid, cria-se um jogo perigoso, onde os dois irmãos começam a decretar o grande drama da barreira de cor, com todos os medos e ódios.


SÁBADO

12h00 DE ULISSES... NUNCA DIGAS TOLICES 18h30 - A GUERRA DE TRÓIA DE ALEXANDRE HONRADO

ACTA - A COMPANHIA DE TEATRO DO ALGARVE

9

VATe JARDIM DAS CANAS M/6 ANOS 40 min

16h00 O TEATRO EM TEMPO DE CRISE

DEBATE PÚBLICO COM A PARTICIPAÇÃO DE PROFISSIONAIS DE TEATRO E REPRESENTANTES DE OUTRAS INSTITUIÇÕES CONVIDADAS

21h30 LOUCO NA SERRA

DE PETER CANN E STEVE JONHSTONE

TEATRO DO MONTEMURO

SALA PRINCIPAL M/12 ANOS 1 h 15 min

Tradução: José Miguel Moura / Encenação: Steve Johnstone / Cenografia: Andrew Purvin / Interpretação: Abel Duarte, Eduardo Correia e Paulo Duarte / Direcção Musical: Simon Fraser / Construção de Cenários e Operação Técnica: Carlos Cal / Assistência à Cenografia: Maria da Conceição Almeida / Costureiras: Capuchinhas CRL e Maria do Carmo Félix / Desenho de Luz: Paulo Duarte. Leandro é um proprietário rural com três filhas: Rebeca, Gabriela e Constância. Leandro decide não continuar a cultivar as suas propriedades, de modo a poder reformar-se e a deixar que as suas filhas e os respectivos maridos possam gerir a propriedade. Num momento de puro capricho, ele decide dividir a terra de acordo com o amor que as suas filhas possam demonstrar por ele.


PREÇOS

8€

1 Espectáculo

25 €

Entrada permanente (8 espectáculos)

(desconto de 50% para Cartão Jovem, Cartão de Estudante, Funcionários da Câmara Municipal de Évora, Sócios do Círculo de Leitores / Leitor Bertrand, Associação Sindical de Professores Licenciados (ASPL), Sindicato Nacional de Professores Licenciados (SNPL), Sindicato dos Professores da Zona Sul (SPZS), Sindicato dos Trabalhadores da Administração Local (STAL), Reformados e Idosos c/+ de 65 anos)

A REDE CULTURBE É FINANCIADA POR:

ESTRUTURA FINANCIADA

APOIOS


Programa V Festival das Companhias da Descentralização