Issuu on Google+


manual de primeiros socorros

O que são primeiros socorros? São cuidados prestados a vítima em situações de acidentes ou mal súbito. Estes cuidados podem salvar vidas ou evitar que situações mais graves aconteçam até que o socorro especializado chegue ao local.

Emergência ou Urgência? Emergência: situação que envolve risco de vida iminente. Urgência: situação que necessita de alívio ou conforto a vítima sem risco iminente de vida, mas que requer atendimento médico especializado.

Exemplos: Ÿ Parada cardiorespiratória e grandes hemorragias são

sempre emergências; Ÿ Fratura normalmente é caracterizada como urgência,

porém fratura exposta é caracterizada como emergência; Ÿ Entorses geralmente são urgências.

01


O atendimento de Emergência/Urgência é efetuado via ramal 6666. Você deve informar o local em que se encontra a vítima e fornecer uma breve e rápida descrição do que está acontecendo. A ambulância é então acionada e deslocada com a equipe de enfermagem até o local da ocorrência, para prestar o atendimento inicial.

Sintomas Característicos de Emergência: Ÿ Alteração do nível de consciência, desmaios; Ÿ Convulsão; Ÿ Impossibilidade de locomoção; Ÿ Hemorragia intensa; Ÿ Dor forte, dor precordial (dor no peito);

manual de primeiros socorros

Atendimento de Emergência/Urgência no CEFSA

Ÿ Fraturas evidentes, amputação; Ÿ Queda de altura elevada; Ÿ Queimaduras extensas.

02


manual de primeiros socorros

Convulsão Convulsão O que é? Perda súbita da consciência acompanhada de contrações musculares bruscas e involuntárias.

O que fazer: Ÿ Afastar objetos que possam causar lesões à vítima; Ÿ Proteger a cabeça da vítima com as mãos, roupas ou

travesseiro; Ÿ Afrouxar vestimentas para melhorar a respiração; Ÿ Afastar curiosos, dando espaço para a vítima respirar; Ÿ Virar a cabeça da vítima para o lado, evitando que a

saliva provoque engasgos.

03


O que é? Perda súbita e temporária da consciência e da força muscular.

O que fazer: Ÿ Colocar a vítima em local arejado e afastar curiosos; Ÿ Deitar a vítima de costas em uma superfície reta com a

cabeça estendida para trás; Ÿ Levantar as pernas acima da altura do tórax; Ÿ Afrouxar as roupas.

manual de primeiros socorros

Desmaio Desmaio

04


manual de primeiros socorros 05

Fratura Fratura O que é? Descontinuidade óssea geralmente causada por um trauma.

O que fazer: Ÿ Jamais tentar colocar o osso no lugar; Ÿ Manter o membro no qual ocorreu a fratura apoiado até

chegar o socorro.


O que é? Situação que ocorre quando uma articulação sai do lugar.

Contusão Contusão O que é?

manual de primeiros socorros

Luxação Luxação

Qualquer trauma, acompanhado ou não de hematoma.

06


manual de primeiros socorros

Dorno no Peito Dor Peito Conhecida como dor precordial, que se manifesta em forma de pressão ou aperto que pode piorar com atividade ou esforço físico e melhorar com repouso ou uso de medicamentos. Além da dor no centro do peito em forma de pressão que se irradia para o ombro e o braço esquerdo, pode ser acompanhada também de: tonturas, azia, suor, náuseas, dor de estômago, vômitos, respiração curta ou falta de ar e até perda da consciência. Nem sempre estão presentes todos estes sintomas.

O que fazer: Ÿ Chamar por socorro imediatamente; Ÿ Soltar qualquer roupa ou cinto que estejam apertados

para facilitar a respiração da vítima; Ÿ Colocar a vítima sentada na posição em que ela se sinta

mais confortável (semi sentada costuma ser a melhor posição); Ÿ Ficar ao lado da vítima, tranquilizando–a enquanto não

chega o socorro.

07


O risco de engasgo está em obstruir a passagem do ar, impedindo assim a respiração, podendo até ocasionar a morte do paciente. Manobra de Heimlich Certifique-se de que a pessoa esteja realmente com dificuldade para respirar. Alguns sinais são característicos: ela tenta falar e a voz não sai; começa a ficar agitada e confusa, levando as mãos à garganta; a pele pode mudar de cor, passando a ficar azulada, o que indica baixa oxigenação do sangue.

O que fazer: Inicie o procedimento abraçando a pessoa pela cintura, firmando os punhos entre as costelas e o abdome (altura do estômago). Puxe a pessoa para cima e em sua direção, rápida e vigorosamente, quantas vezes forem necessárias.

manual de primeiros socorros

Engasgo Engasgo

08


manual de primeiros socorros

A Manobra de Heimlich para Desengasgar 1. Avise a pessoa que tentará desengasgá-la; posicionese por trás dela e incline levemente seu tronco para frente.

2. Feche uma das mãos, mantendo a outra aberta .

3.

3. Coloque os braços ao redor da pessoa e agarre a mão fechada com a outra, na altura entre o umbigo e o osso externo do tórax. 4.

4. Faça um movimento forte e rápido, comprimindo a barriga da vítima para dentro e para cima, quantas vezes forem necessárias.

09

2.


manual de primeiros socorros

Você pode efetuar a manobra em si mesmo(a) se estiver sozinho(a), como mostra a ilustração.

10


manual de primeiros socorros 11

ParadaCardiorrespiratória Cardiorrespiratória Parada O que é? É a interrupção brusca da respiração e dos batimentos cardíacos.

Como reconhecer uma parada cardiorrespiratória: Ÿ A vítima com parada cardiorrespiratória apresenta

ausência da consciência (não responde ao chamado nem com movimentos nem com sons ou tosse); Ÿ Ausência de respiração; Ÿ Ausência de batimentos cardíacos; Ÿ Palidez, pele fria e úmida, mãos arroxeadas.


Reanimação Cárdio-Pulmonar (RCP) - Adulto: Ÿ Estimular chamando a vítima ao manipular; se não

responder, chamar imediatamente por socorro; Ÿ Se a vítima não responder e apresentar ausência de

respiração e pulsação, iniciar imediatamente as compressões torácicas; Ÿ Realizar as compressões numa frequência de 100 por

min. até a chegada do socorro

Compressões Torácicas: Ÿ Deve-se ficar de joelhos, de braços esticados, ao lado da

vítima. Dois dedos acima do apêndice xifóide, coloque uma mão por cima da outra; utilize o peso do seu corpo e faça pressão sobre o tórax.

manual de primeiros socorros

ParadaCardiorrespiratória Cardiorrespiratória Parada

Ÿ A pressão deve ser forte, rápida e com profundidade de

no mínimo 5 cm a cada compressão. Ÿ Ao final de cada compressão, certifique-se de que houve

o retorno total do tórax.

Fonte: Amerian Heart Association

12


manual de primeiros socorros

ParadaCardiorrespiratória Cardiorrespiratória Parada Reanimação Cárdio-Pulmonar (RCP) Criança de 1 a 8 anos Ÿ Estimular chamando a vítima ao manipular; se não

responder, chamar imediatamente por socorro; Ÿ Se a vítima não responder e apresentar ausência de

respiração e pulsação, iniciar imediatamente as compressões torácicas; Ÿ Realizar as compressões numa frequência de 100 por

minuto até a chegada do socorro

Compressões Torácicas: Ÿ CUIDADO PARA NÃO EXERCER MUITA PRESSÃO, o tórax

da criança é mais frágil. Ÿ A pressão deve ser forte o suficiente para comprimir o

tórax da criança em 4 a 5 cm a cada compressão.

Fonte: Amerian Heart Association

13


manual de primeiros socorros

PONTOS PONTOSde de localização localização dasmacas macas e cartilhas cartilhas das

Referências: - Suporte Básica de Vida "American Heart Association". - Manual Primeiros Socorros do Ministéria da Saúde.

14



Cartilha de Primeiros Socorros