Issuu on Google+


ÍNDICE Junho 2013

CAPA 06

Lousa Digital! Na escola?

ARTIGO 03

Tecnologia na Educação. De Karen Chaiane Dalapossa

AÇÕES 04

Oficina Webquest

TECNOLOGIA 06

Lousa Digital! Na escola?

03 Revista NTE/Vilhena-RO

Diretora de Redação: Dejane Chauvin Redator-Chefe: Wesley Antunes Redatora-Ortográfica: Deise Teixeira Diretor de Arte: Adriano Rocha Coordenadora Pedagógica: Maria Luísa G. De Lima Editores: Paula Cristina Andrade Raquel Resende Mariza Mezabarba Maria da Penha Kiffer José Carlos B. De Lima

Revista NTE / Vilhena-RO Núcleo de Tecnologia Educacional de Vilhena Rua César Augusto Voight n° 162 Qd 17 Bairro: Jardim América Vilhena-RO Tel:3322-3553 ntevha@gmail.com ntevha.blogspot.com


ARTIGO

Tecnologia na Educa çã o Por Karen Chaiane Dalapossa Estudante de Santa Catarina Como lidar com o avanço das tecnologias na educação? Karen explica em seu artigo como usar os meios tecnológicos como uma ferramenta no processo de ensino-aprendizagem e uma aliada do professor moderno e atenado.

O

século XXI está sendo marcado pelo aceleramento da tecnologia eletrônica, com atenção especial para a informática, computador e a Internet. Atualmente, o meio em que vivemos está permeado pelo uso de técnicas e recursos tecnológicos, fazendo do computador uma ferramenta que vem auxiliar o processo ensino/aprendizagem nas questões do cotidiano trazidas até a sala de aula. É muito importante o compromisso do docente e a escola deve imporse de questionar e discutir os aspectos da informática dentro da evolução da sociedade juntando nesse processo as transformações às vezes não percebíveis. Os meios de comunicação são verdadeiras “extensões do homem”, devemos usa-losdesde a infância num sentido construtivo. Desde o préescolar até o 2º grau, a matéria da comunicação e expressão deveria receber uma ênfase maior, promovendo o crescimento integral das pessoas de todas as classes sociais adotando para tanto varias formas de comunicação, tais como as alternativas, participatória, militante, popular, de resistência e por que não a folclórica ou tradicional. Através das relações diárias, o ser universal (o homem) pensa, sente e age a todo instante através das relações sociais de que fazem parte. É preciso haver uma educação voltada para a cidadania. As pessoas agem a partir de uma relação de trocas culturais, modificam a si mesmas, aos outros e à natureza. Interagem o tempo todo.

03 Revista NTE/Vilhena-RO

No mundo inteiro o rádio e a TV e mais recentemente os computadores passaram a formar parte da bagagem instrumental da chamada Tecnologia Educativa. O desafio da escola hoje é preparar as crianças para enfrentarem o mundo do trabalho. Mesmo antes de chegarem a escola, as crianças recebem informações em suas casas. O educador não pode se neutralizar diante da forte influência lançada pela mídia, é necessário cuidado. Afinal, informação não é sinônimo de conhecimento. É importante que educador e educando aprendam a selecionar as informações apropriadas, verificando e identificando suas proveniências, quem as criou, divulgou-as e qual a intenção das mesmas. Informação ou consumismo? Entretanto, torna-se necessário relacionar teoria e prática para que possamos perceber nos mais diversos meios das tecnologias a importância de avançarmos enquanto educadores e educandos. Dessa forma, o uso da tecnologia vem proporcionar a todos uma nova forma de pensar e de transformar diante desse novo mundo globalizado. #


AÇÕES

ESCOLA EM AÇÃO Por: Mariza M. Vieira Fidelis Maria Luisa G de Lima Profªs multiplicadoras NTE –VHA

Coordenadores do UCA e LIE da Escola Paulo Freire apresentam aos professores nova forma de ensinar através das Webquests.

Fonte: LIE Escola Paulo Freire  

N

o dia 20/05/2013, aconteceu

na Escola Paulo Freire

a

oficina “webquest”, com as formadoras : coordenadora do UCA : Solange Rodhen e a coordenadora do LIE: Roseana Souza Brito. .

“A Webquest possibilita a motivação dos alunos através das pesquisas direcionadas, rápidas e seguras”

04

Junho/2013 – ntevha@gmail.com

Objetivo dessa oficina foi apresentar aos professores novas possibilidade de ensinar através das webquets, motivando os alunos a se interessarem pelas pesquisas direcionadas, rápidas e seguras Os professores reuniram-se após a apresentação de várias webquests pelas coordenadoras , elaboraram planos de aulas com essa ferramenta e posteriormente compartilharam com os colegas .


AÇÕES

Fonte: LIE Escola Paulo Freire

É de suma importância a integração e articulação das TICs no processo de aprendizagem e que o professor possa conhecer o potencial pedagógico das ferramentas tecnológicas e esta oficina propiciou momentos de conhecimento e uso da ferramenta Webequest. A oficina contou com apoio do NTE na presença e participação da Mariza e Wesley representantes do NTE.

Fonte: http://colegiovitaldeoliveira.blogspot.com.br/2011/05/projeto-webq

Quer conhecer mais? Acesse o link: http://www.webquestfacil.com.br/

Junho/2013 – ntevha@gmail.com

05


TECNOLOGIA

Lousa Digital! Na escola? A tecnologia já é realidade no ambiente escolar, e um novo recurso é chegado nas Escolas de Rondônia, vamos conhecer como funciona a Lousa Digital que é mais um aliado no processo de ensino-aprendizagem. Paula Cristina Andrade

Pedagoga e Especialista em Redes de Computadores

A

lousa digital é um recurso altamente interativo, e o que nos agrada é a característica de ser intuitiva, ou seja, o seu manuseio é simples e fácil de aprender. Vamos compreender como funciona a lousa digital? A lousa digital funciona com a seguintes ferramentas: Kit interativo (canetas, sensores e software), projetor ProInfo (projetor com computador acoplado) e a parede a ser reproduzida a imagem. Podemos assimilar a lousa com um smartphone, que podemos abrir configurações e interagir com ferramentas com a própria mão. A lousa digital é uma grande tela de computador onde o mouse pode ser o seu dedo ou uma caneta especial e ainda dispor de um teclado virtual.

06 Revista NTE/ Vilhena-RO

Desta forma, todos os recursos do computador podem ser explorados, ao abrir uma simples imagem o professor tem a oportunidade de ampliar, girar, anotar pontos interessantes na própria imagem. Durante a aula é possível ainda abrir o navegador e realizar uma pesquisa na internet, abrir vídeos e usar recursos que a própria lousa dispõe para escrever, grifar e animar. Com a interatividade da lousa podemos fazer tudo que um computador faz e muito mais. Como por exemplo envolver os alunos, chamando a frente para manusear uma imagem, ou resolver uma conta matemática, ligar execícios como imagens relacionadas a textos.


Como preparar uma aula para a lousa digital?

{

“A lousa digital é uma O professor pode planejar suas aulas em programas que já está habituado a grande tela de computador trabalhar, como o PowerPoint ou onde o mouse pode ser o Impress, e assim a cada slide seu dedo ou uma caneta apresentado na tela ele poderá especial e ainda dispor de manusear os objetos inseridos. Poderá ainda separar jogos educativos um teclado virtual.” (onlines ou instalados no computador) e contar com a participação dos alunos Vantagens da lousa digital para a resolução do mesmo. Exemplo: Abrir na lousa um jogo de xadrez, explicar como funciona e formar duplas para irem até a lousa jogar. Assim, as duplas que esperam para jogar observam estratégias de jogadas podendo ou não dar opiniões.

A grande vantagem da lousa digital é o simples fato de poder fazer anotações sobre objetos projetados, simular atividades rapidamente e contar com as ferramentas práticas para inserir um conteúdo, e principalmente interagir com os alunos sem estar a frente de um computador. Isso faz com que a aula seja produtiva, cativando o aluno por meio de sua interatividade.

Link do manual da lousa Importante que o professor disponha de criatividade e dinamismo que são componentes necessários para uma boa aula com esta lousa, que oferece de recursos interessantes que conduz o aluno a se envolver no conteúdo da aula. # 07 Revista NTE/ Vilhena-RO



REVISTA NTE