Issuu on Google+

GRANDES NOMES Possidônio Bem, o médico e humanista

desenvolvimento Encontro discute potencial econômico da RMC

CULTURA Professora Cláudia Rejane aborda política e cordel em Juazeiro

Grandes nomes | pág. 10

METROPOLITANA | pág. 8

EPA | pág.11

www.jornaldocariri.com.br

O periódico do Cariri independente

D e 01 a 07 de outubro de 2013 Ano 15 Número 2607 Preço: R$1,50

DIOCESE IMOBILIÁRIA

Terreno é usado para construir mansão do bispo Aline Marias / Gazeta de Notícias

Casa localizada entre os sítios Almecegas e Boa Vista terá 8 quartos, 10 banheiros e um elevador. O terreno foi comprado por R$ 10 mil e, hoje, a mansão é avaliada em R$ 1,5 milhão

clientes inseguros

SUJEIRA NO VENTILADOR

Câmara de Juazeiro a ponto de implodir Os dois últimos presidentes da Câmara de Juazeiro do Norte, Zé de Amélia (PSL) e Antônio de Lunga (PSC), declararam guerra, na última semana, trazendo acusações mútuas à tona. Nas denúncias, crimes que remetem à compra irregular de materiais para a Casa e o desvio de recursos da Previjuno e do INSS. A diferenciação dos crimes ficou por conta de fraude em consignados, por parte de Zé de Amélia, e de fraude em concurso da Câmara, por Antônio de Lunga. Ambas acusações estão sendo investigadas pela Polícia Civil e Ministério Público Estadual. POLÍTICA | pág. 3

POLÍTICA | pág. 4

Outubro Rosa

Estabelecimentos comerciais Crato realiza campanha são alvos da criminalidade contra o câncer de mama

Os recentes casos de assaltos e arrastões a estabelecimentos comerciais, sobretudo em bares e restaurantes, têm preocupado clientes e comerciantes no município de Juazeiro do Norte. No bairro Lagoa Seca, empresários estão recorrendo ao serviço particular para garantir segurança aos consumidores. metropolitana | pág. 5

A campanha “Outubro Rosa” será lançada neste dia 1º de outubro, em Crato. Durante o mês, diversas atividades serão realizadas no Município, com objetivo de conscientizar sobre a importância da prevenção e diagnóstico do câncer de mama. Denominada de “Crato Rosa”, a programação contará, ainda, com iluminação diferenciada em pontos da cidade. metropolitana | pág. 8 Serena Morais

BIOMETRIA em juazeiro do norte

44,52% do Eleitorado ainda não compareceu ao TRE

TRT-CE

copa fares lopes

Nova Vara trabalhista deve diminuir acúmulo de processos

Guarani de JN enfrenta o Nova Russas e tenta sair do sufoco

metropolitana | pág. 8

Uma consulta a escritura de compra e venda, formalizada no Cartório Geraldo Lobo, da área onde está sendo construída uma mansão para o bispo do Crato, Dom Fernando Panico, desvendou a polêmica e reafirmou a irregularidade na aquisição do terreno. O documento aponta, inicialmente, como partes, o padre Raimundo Elias Filho e a Diocese do Crato, mas a escritura foi lavrada tendo o bispo como comprador e autoriza seus herdeiros e sucessores a fazer uma nova venda. A área foi negociada por R$ 10 mil, valor bem abaixo da realidade de mercado. A mansão, que dispõe até de um elevador, está avaliada em R$ 1,5 milhão.

apito | pág. 12

2

Região do cariri, de 01 A 07 DE outubro de 2013

Opinião

O presidente afastado, Antônio de Lunga, é funcionário da Câmara há 16 anos, mas nunca compareceu um dia para trabalhar. Ele desdenha, nos corredores, que fraudou o concurso para ser admitido. Zé de Amélia Júnior, vereador

Editorial

A INQUISIÇÃO ACABOU

Pela primeira vez, a Diocese do Crato, por meio de nota oficial, e o bispo Panico, em entrevista à televisão, manifestaram-se sobre o escândalo que estarrece a comunidade do Cariri. Da nota da assessoria de comunicação, repleta de atentados à verdade e à língua portuguesa, ao exemplo da palavra “viajem”, nenhuma resposta aos problemas apontados nas matérias do Jornal do Cariri e ora investigados pela Polícia Civil. Ataques à imprensa, ameaças veladas e outras explícitas, além de palavras elogiosas ao bispo, recheiam a resposta pública da Diocese a seus fiéis. Os autores da nota oficial, o bispo e seus auxiliares diretos parecem ter esquecido que vivemos em um Estado Democrático de Direito e que a Inquisição já acabou. O tempo em que a Igreja, por meio da ação cúmplice do Estado, prendia, torturava e queimava as pessoas que dela discordavam

há muito tempo passou. Os últimos papas, especialmente o grande João Paulo II, pediram perdão por esses pecados, que foram cometidos pelos filhos e filhas da Igreja. É bom que o senhor bispo e seus assessores não se esqueçam da História e de suas lições. Este jornal e quem o faz não se intimidam por ameaças de poderosos, políticos, empresários e muito menos de algumas pessoas que, ocasionalmente, se valem de suas posições na Igreja Católica para tentar cercear a liberdade de imprensa. Nosso compromisso é com a verdade e todos, especialmente os milhares de católicos que leem este jornal, têm o direito de conhecê-la. As denúncias aqui publicadas não visam enfraquecer ou escarnecer da fé da gente simples e honesta do Cariri. O objetivo é separar o joio do trigo; é evitar que o patrimônio de uma instituição de 2 mil anos, que criou o conceito

de hospital, universidade, orfanato e filantropia, seja liquidado impunemente por pessoas que deveriam, por dever sagrado, preservá-lo. Mas, ante as declarações do bispo e da Diocese, surgiram novas perguntas e outras continuam sem resposta: 1) Quer dizer que a vendas irregulares de imóveis, que, segundo a Diocese, em notas anteriores, teriam sido “canceladas”, não o foram? Os imóveis vendidos contra a lei (Art.27 da Lei do Inquilinato) não voltarão ao patrimônio da Diocese? 2) As vendas teriam ocorrido graças a um erro da imobiliária, que administra os imóveis da Diocese, sem que o bispo Panico de nada soubesse. E o bispo desconhece que, segundo o Direito Canônico, os bens da Diocese só podem ser vendidos com autorização expressa dele mesmo? 3) Agora, surgiu a história de que Geraldinho, o simpático advogado

CHARGE

SEXTILHA QUEM RECICLA OS PENSAMENTOS TEM SAÚDE E HARMONIA NOSSA MENTE É UMA MÁQUINA PRODUTORA DE ENERGIA QUEM MUDA PARA MELHOR MELHOR SERVE A CADA DIA! WeLINGTON COSTA

CARTA “É um absurdo, nos dias de hoje, ainda encontrarmos crianças e jovens trabalhando na Região, conforme o Jornal do Cariri noticiou em sua última edição. Em Juazeiro do Norte, o trabalho infantil está presente nos semáforos dos cruzamentos das Avenidas Castelo Branco e Padre Cícero, próximo ao Shopping. Já ta na hora do poder público olhar para esta problemática!” Viviane Alencar, juazeirense

Profissão: vaqueiro umas das profissões mais antigas do Brasil, que costumam enfrentar, como seu gibão e seu cavalo, galhos secos e espinhosos para tocar os rebanhos, finalmente têm garantindo em Lei algo que há muito merecem. Com seu trabalho árduo, praticamente diário, na tarefa de conduzir o gado, muitas vezes em busca de água, o vaqueiro simboliza a força, a perseverança e a coragem do povo nordestino. A dimensão histórica da atividade de vaqueiro vai além da lida do campo. Foi responsável também, pela conquista do sertão, fazendo com que o Brasil deixasse de ser

eminentemente litorâneo. Foi decisivo nesse desbravamento e ocupação, povoando e levando desenvolvimento. E assim transformou-se em uma das figuras mais representativas da nossa cultura, inspiração para a música, o cinema e as artes em todo o País. Por tudo isso, é mais do que justo garantir direitos sociais aos vaqueiros, que desempenham uma atividade econômica secular, principalmente neste nosso Ceará e em todo o Nordeste. Vaqueiro, boiadeiro, peão de estância, independente de como seja lembrado, o certo é que esses bravos estão em todas as áreas mais remotas do nosso Brasil.

Diretor-presidente: Donizete Arruda Diretora de Redação: Jaqueline Freitas Diretoria Jurídica: Vicente Aquino Estagiários: Ingrid Monteiro, Amanda Salustiano , Joaquim Júnior Diagramação: Evando F. Matias Fotos: Serena Morais

Conselho Editorial Geraldo Menezes Barbosa, Francisco Huberto Esmeraldo Cabral, Napoleão Tavares Neves e Monsenhor Gonçalo Farias Filho.

Senador Eunício Oliveira (PMDB CE) Líder da bancada do PMDB no Senado

Com o orgulho de quem nasceu sertanejo e deu os primeiros passos das primeiras brincadeiras de criança no meio da Caatinga, foi que ajudei o Senado a reconhecer a profissão de vaqueiro. Agora, quando só falta a promulgação da Lei pela Presidenta Dilma Rousseff, esses representantes de

Fundada em 5 de setembro de 1997 O Jornal do Cariri é uma publicação da Editora e Gráfica Cearacom Ltda CNPJ: 15.915.244/0001-71

e missionário, passou de administrador da Rádio Educadora para seu arrendatário. É moralmente aceitável que um administrador passe, do dia para a noite, para a condição de arrendatário de uma rádio? Na internet, há fotos nas quais o Dr. Geraldo aparece ao lado de novíssimos equipamentos da rádio, provavelmente comprados com dinheiro da Diocese. Depois de tudo reformado, ele agora só paga um módico aluguel à Igreja? 4) Um terreno vendido ao bispo Panico por 10 mil reais transforma-se em uma mansão de 1,5 milhão de reais? Alguém consegue comprar a área de um sítio por 10 mil reais no Brasil de hoje? O povo aguarda uma resposta cabal a essas perguntas. E nada de ameaças, por favor. Este jornal não tem medo de falsos leões, muito menos de coelhos fantasiados.

O bispo e seus auxiliares diretos parecem ter esquecido que vivemos em um Estado Democrático de Direito e que a Inquisição já acabou. O tempo em que a Igreja, por meio da ação cúmplice do Estado, prendia, torturava e queimava as pessoas que dela discordavam há muito tempo passou.

Palavra de Fé Pr. Jecer goes

O MUNDO JAZ NO MALIGNO Que mundo é esse que vive no maligno? - Mundo aqui é uma menção ao sistema dos homens. Diz-nos a bíblia sagrada que o diabo é o deus deste sistema, tendo cegado o entendimento dos homens.( 2º Coríntios 4:4.) A expressão ‘jaz no maligno’, significa ‘estar sob o poder do mal, prostrar-se em submissão à influência do diabo, isto é, “alguém” que aceita o domínio do mal e aprova. Em outras palavras, sem Deus, as instituições e os homens encontram-se aberto à ação do maligno, isto, através das tentações que levam as pessoas a escolherem uma vida de atitudes ‘ilícitas’. Através de um olhar sociológico, psicológico e teológico, podemos afirmar que o mundo passa por um processo evolutivo de comportamentos relativos, imorais e sem ética, sem precedentes. Quem realmente ‘acredita’ que temos justiça? - Quem acredita realmente na política, na economia, nas pesquisas de ibope, na religião, na segurança, nas relações comerciais e interpessoais? A bíblia sagrada afirma que o diabo é o pai da mentira, (João 8:44). O que é a mentira? - Ora, dizer algo contrário à verdade. Atualmente, temos observado que a única coisa que prevalece neste mundo é a mentira. A mentira é um instrumento diabólico que o sujeito usa para sua própria perdição. O mais triste é que o ser humano tem demonstrado uma disposição de amar a mentira, mostrando sua natureza má e contaminando com esta mazela todos os ambientes e esferas da vida. É inegável que a mentira, seja ela grande ou pequena, é sim, um instrumento do diabo. A bíblia ensina que o falar do ser humano seja, “Sim, sim, Não, não, porque o que passa disto é de procedência maligna” - (Mateus 5:37). Ora, o que estamos lendo é que, ao mentirmos, fazemos a vontade do diabo, que é o pai da mentira. Daí, pode se tirar as conclusões de que mundo estamos inseridos e construindo. A cada dia que passa, somos e estamos sendo levados a um comportamento de descrença em tudo que é social e espiritual. O apóstolo João profetizou que a terra seria sacudida por dois espíritos: o da verdade e o do erro. Alguma dúvida se ambos estão entre nós? No julgamento de Cristo por Pilatos, foi-lhe perguntado: O QUE É A VERDADE ? -Estamos vivendo um tempo em que essa linha divisória está bem nítida entre os homens. Basta lermos as manchetes dos jornais. Basta assistirmos programas televisivos. Basta precisarmos de um julgamento ético da justiça. Basta gritarmos por socorro às instituições de segurança... Enfim, o dinheiro e a mentira norteiam nossos destinos. Estamos sem esperança, desencantados, iludidos com a performance daqueles que nos usam com a finalidade de se locupletarem, motivados pela vaidade de ter uma vida nababesca. Enfim, há esperança? - Podemos acreditar que ocorrerá mudança? - Não quero ser apocalíptico nem colocar gosto ruim na alma de ninguém. Porém, não creio. A própria bíblia nos diz que o “... os homens perversos e impostores produzirão uma sociedade que irá de mal a pior, enganando e sendo enganados” - (2Tm. 3:13). O melhor que devemos praticar e escolher é, como diz o sábio Salomão em Eclesiastes 12 e 13: “De tudo o que se tem ouvido, a suma é: Teme a Deus e guarda os seus mandamentos; porque isto é o dever de todo homem”. Deus Abençoe ! Administração e Redação Rua Pio X, 448 - Bairro Salesianos CEP: 63050-020 - Juazeiro do Norte Ceará - Fone 88 3511.2457

Sucursal Fortaleza: Rua Coronel Alves Teixeira, 1905 - sala 05 - Fone: 85 3462.2600

Sucursal Brasília: Edifício Empire Center Setor Comercial Sul - sala 307 -Brasília - DF.

Fale conosco Departamento Comercial | comercial@jornaldocariri.com.br

Redação | jornaldocariri@jornaldocariri.com.br

Os artigos assinados são de responsabilidade dos seus autores.

3

Região do cariri, de 01 A 07 DE outubro de 2013

Dom Fernando vai à Roma e tenta

Política

fugir de suas responsabilidades usando indevidamente a imagem de Padre Cícero. Alega que está indo ao Vaticano negociar a sua reabilitação.

CÂMARA IMPLODIDA

Rebate

Donizete Arruda

Vaticano convoca Dom Fernando

Zé de Amélia e Lunga partem para a briga

Complicou-se de vez a situação de Dom Fernando Panico. A revista Veja – a mais importante do Brasil - que está nas bancas, traz informação de que o Vaticano exigiu explicações do bispo do Crato sobre as denúncias de estelionato e suspeitas de escândalos sexuais, além da notícia de que 52 padres querem o seu afastamento. Dom Fernando, que está em Roma, tenta fugir de suas responsabilidades usando indevidamente a imagem de Padre Cícero. Alega que está indo ao Vaticano negociar Madson Vagner a sua reabilitação. Essa decisão caberá ao sério e honesto Papa Francisco, o mesmo que determinará o afastamento de Dom Fernando da Diocese do Crato.

Operação abafa a verdade na tevê

Dom Fernando Panico montou, com a ajuda de seus apadrinhados e beneficiados, uma operação para tentar se manter na Diocese do Crato. Foi à TV tentar desqualificar as denúncias de fraudes e corrupção que maculam sua ação pastoral no Cariri e também já afetou sua imagem na época em que esteve em Oeiras, no Piauí. Dom Fernando acha que a sociedade é boba e se desvia das questões centrais nos esclarecimentos de fatos como a construção de uma mansão para sua residência no Crato. A festa de aniversário de um padre, com direito a coelhinho saindo de uma caixa, não mereceu nenhum comentário de Dom Fernando.

Cariri exige nome do jornalista

Ao depor na Polícia Civil, Dom Fernando Panico denunciou que está sendo vítima de uma campanha de extorsão por um jornalista do Cariri. Por sua posição, o bispo do Crato está ciente de que acusar sem provas é crime. E, ao não revelar o nome desse jornalista, coloca sob suspeita todos os profissionais da comunicação do Cariri. Se há um jornalista extorquindo Dom Fernando, que ele venha a público, denuncie, dê o nome, entregue à Polícia e exija a prisão desse bandido. Quem comete extorsão é criminoso, do mesmo modo que quem está sob investigação por estelionato é um sério candidato a ser chamado da mesma forma. Dom Fernando não irá intimidar a imprensa livre do Cariri. Quem deve explicações pela prática de coisas erradas é ele em se um jornalista cometeu esse crime, deve ser exemplarmente punido, como o Vaticano fará o mesmo com quem o merecer. Se o bispo Panico tiver certeza do que diz, as páginas do Jornal do Cariri estarão abertas para ele apontar o nome do extorsionário.

Ameaça à imprensa livre no Cariri

Não é apenas o bispo Panico que está em colisão com a imprensa do Cariri. O deputado Sineval Roque entrou em rota de colisão com os profissionais da mídia, pois a ele estão sendo creditadas as demissões dos radialistas Moisés Rolim e Franciole Luciano da rádio Somzoom Sat do Crato. Insatisfeito com as críticas sofridas, quando foi flagrado perfurando um poço em área de preservação ambiental próximo a um terreno de sua propriedade e com recursos públicos, o deputado mostrou força e conseguiu retirar os radialistas do ar. Os aliados de deputado Sineval Roque saíram às ruas do Crato a ameaçar outros radialistas, afirmando que quem criticá-lo perderá o emprego, além de festejarem a degola de Moisés Rolim e Franciole Luciano. Sineval Roque e seus assessores vão pagar um alto preço por sair por aí demitindo profissionais da imprensa, quando se sentem atingidos por comentários jornalísticos. O correto seria Sineval admitir que errou, pedir desculpas e se fazer respeitar pelo povo.

Granjeiro afundada em dívidas

O prefeito de Granjeiro, Dr. Gudy Freitas, está assustado com o desmoronamento de caixa por que passa a sua administração, deixando o Município em estado de inércia. As dificuldades afetam todas as áreas. Vai desde o pagamento atrasado de taxista a material de limpeza. Sem saída e temendo mais desgastes, Dr. Gudy anunciou que promoverá uma diminuição na folha. Para dar o exemplo, resolveu exonerar parentes e retirar do Governo seus filhos, que jamais deveriam ter sido nomeados. Porém, a medida não resolve. A administração de Granjeiro vê surgir um grupo de fornecedores que reclamam que o prefeito divide os pagamentos em três faturas, pede os recibos antecipados referente à todas, recebendo a quitação integral da nota e pagando duas parcelas. Para completar, quase sempre esquece de quitar a terceira.

Algo estranho na votação das contas O promotor Lucas Azevedo pediu o cancelamento da votação das contas de gestão do ex-prefeito do Crato, Samuel Araripe, na Câmara Municipal. A justificativa apresentada foi ter detectado irregularidades no processo de julgamento dentro do Poder Legislativo. Ontem, Lucas Azevedo esteve em Fortaleza onde colheu novas informações sobre essas irregularidades

De pai para filho muito suspeito

Após ver divulgado o escândalo dos terrenos, a Diocese do Crato está sendo questionada, agora, quanto às condições do arrendamento da Radio Educadora do Cariri ao advogado e evangelizador Geraldo Correia, o “Geraldinho”, por um prazo de dez anos. A emissora, que era comandada por Monsenhor Gonçalo Farias Filho, passou a ser gerida por Geraldinho. As condições e o aporte financeiro em favor da Diocese estão sendo alvo de indagações pela população. Os católicos querem saber quanto é que a Diocese do Crato recebe, para onde vai o dinheiro e de quanto é o recurso recebido? Todas essas questões precisam de respostas.

Disse me disse O secretario de Governo do Crato, Rafael Branco, tem demonstrado grande habilidade política. Articulou no último final de semana a ida do prefeito Ronaldo Matos ao distrito de Dom Quintino. Adversários locais, os vereadores Dárcio Luiz e Fernando Brasil recepcionaram o prefeito em eventos diferentes. Os dois vereadores, que são adversários históricos, somam força quando o assunto é o apoio aos projetos da administração. Sábado, à noite. Local: diretório municipal do PSB cratense . Após ter anunciado sua pré-candidatura a deputado estadual e que deixaria o PSB, o ex-secretário do Conpam, André Barreto, foi convocado para uma reunião. Lá, estava o deputado Sineval Roque, que comunicou aos presentes estar se desligando do partido e querendo que os integrantes ali presentes o acompanhassem para a nova legenda, o PROS. Indignado, André se insurgiu e disse ao deputado que não o acompanharia. A causa dele querer deixar o PSB era exatamente ele. E foi claro: “Já que o deputado Sineval Roque estava saindo, eu fico no PSB”. Após ser bombardeado por André Barreto, Sineval Roque nada retrucou. Prefeito Raimundo Macedo chegou a negociar a sua saída e do filho Mauro Macedo do PMDB. Depois, desistiu e resolveu ficar no partido. Tanto ele quanto Mauro, que concorrerá a deputado. Desculpe a ignorância, até quando o bispo Panico vai abusar da paciência do povo do Cariri?

Fotos: Serena Morais

O

s dois últimos presidentes da Câmara de Juazeiro do Norte, Antônio de Lunga (PSC) e José de Amélia Júnior (PSL), resolveram bater de frente e trocar acusações referentes às duas administrações. A tensão começou na última quarta-feira (25), quando o presidente afastado Antônio de Lunga, ao comparecer espontaneamente para depor na Delegacia Regional de Polícia Civil, em Juazeiro do Norte, formalizou denúncia crime contra a gestão do seu antecessor, vereador Zé de Amélia. Na denúncia, o presidente afastado ressalta que, quando assumiu a Casa Legislativa, em janeiro de 2013, encontrou várias irregularidades como as compras de papel higiênico e clipes em excesso. Lunga denuncia, ainda, que o ex-presidente cometeu apropriação indébita, ao descontar e não repassar os valores pertencentes ao Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), o que qualificou de débito milionário. Segundo o vereador denunciante, o mesmo crime foi cometido junto ao Fundo Municipal de Previdência Social dos Servidores de Juazeiro do Norte (Previjuno). Outra denúncia contra Zé de Amélia diz respeito aos empréstimos consignados, feitos por funcionários e que, supostamente, seriam repassados a Zé de Amélia. Para a quitação dos empréstimos, o denunciado teria aumentado os salários dos referidos funcionários em patamares exorbitantes. Todas as denúncias protocoladas pelo presidente afastado têm sido sistema-

antônio de lunga, presidente afastado, e Zé de Amélia Júnior, ex-presidente da Câmara de Juazeiro do Norte

ticamente observadas pelo vereador Cláudio Luz (PT). Segundo ele, as mesmas denúncias já foram protocoladas no Ministério Público do Estado (MP-CE).

A resposta

A resposta do ex-presidente Zé de Amélia foi imediata e causou impacto em todos que acompanhavam a sessão ordinária da Câmara, na quinta-feira (26) de setembro. O pronunciamento, em tom bombástico, trouxe à tona crimes cometidos durante a gestão do presidente afastado. O vereador Zé de Amélia apontou fraude na prestação de contas da Câmara, desvio de dinheiro público para interesses pessoais do então presidente, desvio de repasse do imposto de renda que, segundo a denúncia, somados, chegam a R$ 220 mil. Durante o pronunciamento, o vereador destacou,

ainda, que a gestão de Antônio de Lunga deu calote no Previjuno em mais R$ 92 mil. Denunciou, ainda, que Antônio de Lunga é dono, por meio de laranjas, de todo o transporte alternativo de Juazeiro. E, segundo ele, sem pagar impostos. Exaltado e motivado pelo clima quente que tomou conta da Casa, Zé de Amélia continuou disparando. Segundo ele, o presidente afastado é funcionário da Câmara há 16 anos, mas nunca compareceu nenhum dia para trabalhar. “Ele desdenha nos corredores, que fraudou o concurso para ser admitido. Ele repete, em todo canto, que recebeu a prova e, apenas, colocou o nome,” disse Zé Amélia.

Tensão total

Em um dos momentos mais tensos, Zé de Amélia perguntou ao presidente em exercício, vereador Darlan

MP ENTRA NO CASO roque

Comunidades denunciam poço em reserva ambiental Os moradores das comunidades de Trindade, Rosário, Terra Quebrada e Cabreiro, no distrito de Santa Fé, no Crato, formalizaram, junto ao Ministério Público do Estado (MP-CE), na sexta-feira (27), denúncia contra a construção de um poço profundo no sítio Santo Antônio. O poço, anunciado pelo deputado estadual Sineval Roque (PSB), está rodeado de polêmica e denúncias. O deputado é acusado de tentar beneficiar uma das suas propriedades, que fica ao lado da área prevista para instalação do poço. Segundo estudos, as comunidades são banhadas pelo mesmo lençol freático que abastece todas as fontes existentes nos sítios próximos. As comunidades, antes de recorrer ao MP, organizaram

um abaixo-assinado contra a instalação do poço. Segundo o estudo, o novo poço vai prejudicar a vazão das fontes. Na denúncia, os moradores pedem o apoio aos promotores da Comarca do Crato para impedir a perfuração que, segundo o documento, pode comprometer, significativamente, a vazão das nascentes que abastecem o consumo doméstico das comunidades. O documento denuncia, ainda, o desmatamento no topo da chapada, principalmente, no entorno das nascentes. Os moradores pedem que o MP impeça a ingerência política no caso, deixando a resolução do problema para os laudos técnicos. O documento sugere que seja realizada uma Audiência Pública antes de autorizada a perfuração.

Semace justifica Sobre o licenciamento para perfuração dos poços, noticiada na edição anterior do jornal do Cariri (17 a 23 de setembro), como já estando liberada pela Superintendência Estadual de Meio Ambiente (Semace), a autarquia enviou nota de esclarecimento, onde garante que o processo do licenciamento ambiental do referido projeto se encontra em fase de análise técnica pela autarquia. O deputado Sineval Roque foi contatado, através da sua assessoria, para se pronunciar sobre a denúncia, mas, até o fechamento dessa edição, não houve resposta. As denúncias das comunidades devem ser investigadas pelo promotor do Crato, Pedro Camelo.

Lobo (PMDB), sobre a veracidade de uma tentativa de pagamento de propina para que o vereador Danty Benedito (PMN), não formalizasse a denúncia das vassouras. Darlan confirmou a tentativa de propina, ressaltando que o vereador Danty não aceitou. Ao final, Zé de Amélia pediu que a atual presidência enviasse ofício, com o áudio do pronunciamento, ao Ministério Público do Estado, informando as denúncias. Disse, ainda, que tem em seu poder gravações do presidente afastado tramando contra funcionários, vereadores e outros desafetos. Ele disse que, no momento oportuno, vai revelar o conteúdo das gravações. O vereador Antônio de Lunga durante todo o processo tem evitado falar sobre o caso e, além da denúncia contra Zé de Amélia, tem se resguardado no silêncio.

Leia rápido O vereador cratense, Marquinhos do Povão (PMDB), entrou com requerimento, na Câmara Municipal, solicitando o aumento no número de refeições do Restaurante Popular no Município. Segundo ele, a demanda não tem acompanhado o número de pessoas que precisam do serviço. Os vereadores Espedito Anselmo (PTN), Pedro Alagoano (PSB ), Paulo Tarso (PMDB) e Bebeto (PTN) usaram a tribuna da Câmara de Vereadores de Crato para debater sobre a necessidade de ampliação da rota de ônibus da empresa Via Metro, que não abrange bairros periféricos da cidade. O presidente da Casa, Luis Carlos (PSL), deve convocar o diretor da empresa para discutir o assunto.

Os vereadores Gledson Bezerra (PTB) e Cláudio Luz (PT), de Juazeiro do Norte, estiveram na Delegacia Civil, na última sexta, reivindicando, junto à população, a permanência dos delegados Tenório de Brito, Levi Leal e Marco Antônio, que foram transferidos para outras localidades. Eles pedem que os investigadores concluam o caso envolvendo políticos juazeirenses na “farra das vassouras”.

4

Região do cariri, de 01 A 07 DE outubro de 2013

Política Chapada Madson Vagner

Cariri debate gestão

Os prefeitos da Região Metropolitana do Cariri, motivados pela Secretaria das Cidades e a Universidade Regional do Cariri (Urca), debateram, na última semana, “Novas perspectivas para gestão, planejamento e desenvolvimento regional”. Os gestores Ronaldo Sampaio (Nova Olinda), Delvamberto Soares (Altaneira), Analeda Luz (Jardim) e Zé Leite (Barbalha) assistiram às explanações da doutora economista, doutora Tânia Bacelar, sobre o tema. À noite, os prefeitos tiveram um encontro com o novo secretário das Cidades, Carlo Ferrentini, e o deputado estadual Camilo Santana. Para a organização, foi a oportunidade de discutirem os benefícios que a Região pode atrair. O momento foi impar e quem compareceu não se arrependeu.

Caririaçu sem leite

Quem se surpreendeu com o corte em um dos programas do Governo do Estado mais esperados pela população foi o município de Caririaçu. Sem saber o que teria motivado a diminuição de cerca de 240 litros de leite do programa, o prefeito João Marcos (PMDB) recebeu como explicação que a estiagem é o grande vilão. Difícil não é explicar ao prefeito, mas dizer não a população carente que precisa do benefício. O governo reforça que outros municípios vivem a mesma situação. Já o prefeito João Marcos faz a sua parte e já solicitou, junto ao “Programa do Leite”, um acréscimo de mais 2.500 litros para atender a demanda. João Marcos deixa o recado que a retirada é fora de hora. É esperar a resposta do governo!

Jardim sem água

Sem paciência com a constante falta de água nos últimos quatro meses, os moradores de Jardim soltaram o verbo e recorreram à imprensa para denunciar a situação. Segundo a população, a falta de água não se justifica, já que o município tem o líquido em abundância. A situação piora na zona rural. Além de não existir no encanamento, a água distribuída por Carro Pipa não tem qualidade e está adoecendo as pessoas. Apenas o centro da cidade é coberto com a distribuição da companhia de água, que é municipal. A prefeita Analeda Luz diz, apenas, que está trabalhando para amenizar a situação, mas o problema persiste e existe denuncia da população de má gestão na autarquia.

E por falar em água...

Quem realmente não tem passado aperto em Jardim são os moradores de algumas comunidades que resolveram comprar água do ex-prefeito Fernando Luz. Segundo denúncias, o prefeito cassado está encanando e vendendo água para várias comunidades. O liquido saí de reservatórios de suas propriedades, que dispõem de fontes e poços. Os vereadores da oposição já investigam as denúncias. Se confirmada, a prática é passível de processo. Esse tipo de fornecimento é ilegal. Enquanto a autarquia municipal vai de mal a pior, o ex-prefeito vai muito bem com o negócio mais que rentável. Vale uma investigação do Ministério Público e da Polícia Civil.

Mauriti quer ouvir mais

A administração de Mauriti anunciou, na última semana, a criação da Ouvidoria Geral do Município. Parece até rotineiro, mas não é! São poucos os municípios do interior que têm o serviço. Para fazer o anúncio, o prefeito Evanildo Simão, reuniu todo o secretariado. A ideia é que o cidadão tenha um canal para sugerir e reclamar. Será criado ainda um sistema online, 24 horas, para receber as observações dos internautas. Segundo o prefeito, essa é apenas uma forma de se adequar as exigências da Lei de Acesso a Informação. O canal já está no ar e as questões devem ser enviadas aos secretários. Resta saber como será a resposta dos secretários a essas novas demandas. A iniciativa é boa e vale ser copiada.

Polêmica entre estudantes de Aurora

Em Aurora, os estudantes universitários que se deslocam diariamente para Cajazeiras, na vizinha Paraíba, estão envolvidos em uma grande polêmica. A questão que é houve denúncia, de uma usuária, que o ônibus é palco de badernas. Outros colegas da denunciante rebatem dizendo que são apenas brincadeiras. As redes sociais se transformaram em campo de guerra de acusações e defesas. O pai de uma das alunas que se sentem atingidas com as “brincadeiras”, não descarta a possibilidade da filha abandonar o curso. Na verdade, certas brincadeiras são desnecessárias e o respeito ao direito do próximo poderia evitar situações como essa.

Vereador em maus lençóis O vereador de Altaneira, professor Adeilton (PP), vai responder na justiça por veiculação enganosa na internet. A ação Indenizatória por Danos Extrapatrimoniais é motivada pela divulgação (Facebook) de um cartaz sobre a festa do município, com data e atrações adulteradas. O vereador diz que apenas compartilhou a imagem. O problema é que quando se compartilha, assume-se a informação. A ação foi ajuizada pela procuradoria de Altaneira. Vale destacar que o vereador é o líder do bloco de oposição ao prefeito Delvamberto Soares. Agora, é notório o despreparo do parlamentar. A atitude foi, no mínimo, imprudente e o ato compromete a credibilidade da oposição no município. Que fique registrado o mau exemplo!

E por falar em Altaneira...

Na última semana, os vereadores da Câmara Municipal rejeitaram, por unanimidade, o projeto da vereadora Zuleide de Oliveira (PSDB), que pedia a construção de uma Estátua de Santa Tereza D’Ávila, padroeira do município. O projeto indicava a prefeitura como responsável pela construção. O problema é que os vereadores da situação entenderam que a construção iria onerar, em muito, o erário público. A construção da imagem, em tamanho natural, seria colocada na entrada da cidade. Ou seja, dinheiro em Altaneira, nem pra santa! São reflexos da diminuição da arrecadação que atingem vários municípios.

Ausência dos eleitores para o cadastro biométrico pode estar ligada à falta de credibilidade dos políticos juazeirenses

DIOCESE IMOBILIÁRIA

Terreno da Diocese sedia mansão do Bispo O

bispo Dom Fernando Panico é o proprietário do terreno onde está sendo construída uma mansão, entre os sítios Boa Vista e Almecegas, em Crato. A transação imobiliária foi feita em 2008, mas, de acordo com o documento de compra e venda, lavrado no Cartório Geraldo Lobo, as partes envolvidas na negociação são o padre Raimundo Elias, antigo proprietário por herança, e a Diocese do Crato. O negócio chama atenção pelo nome do proprietário constituído em cartório, já que a escritura acabou sendo lavrada em nome do bispo Dom Fernando. O documento diz que ele é cessionari, o que não garante a posse da Diocese por direito. Outro fato que chama a atenção no documento é a importância paga pela área. O terreno foi negociado, contendo, além de construções como muro frontal e casa, muitas outras benfeitorias. A área onde funcionava o projeto social “Toca de Assis”, que teve a venda especulada em valores próximos a R$ 60 mil, acabou sendo vendida por apenas R$ 10 mil. Segundo avaliações, valor bem abaixo do praticado no mercado. O valor negociado vai ao encontro de outras negociações feitas recentemente pelo bispo. Ele é acusado de vender cerca de 65 imóveis, entre casas e prédios comerciais, por, em média, R$ 60 mil, quando eram avaliados em até R$ 250 mil cada. O bispo acabou voltando atrás, mas, até hoje, não conseguiu explicar as vendas que revoltaram inquilinos. Atualmente, a área conta, em andamento, com uma construção avaliada em R$ 1,5 milhão. A casa terá 8 quartos, 10 banheiros, jardins e elevador. Segundo

tópicos do documento que oficializa a transação imobiliária de 2008, no Cartório Geraldo Lobo, no Crato, apontam o bispo Dom Fernando Panico como comprador cessionari. À época, o terreno foi vendido por R$ 10 mil. Hoje, a casa que está sendo construída equivale a R$ 1,5 milhão. O documento autoriza, ainda, os herdeiros do bispo a fazerem futuras negociações.

informações de pessoas ligadas à Diocese e que preferem não se identificar por medo de represarias, a construção da mansão estaria sendo comandada pelo monsenhor Dermival Anchieta Gondim, vigário geral e consultor da Diocese. O monsenhor estaria atendendo um pedido do padre Edmilson, interlocutor do bispo.

Novas denúncias

Especulado como sendo um provável “laranja” do bispo Dom Fernando Panico, o advogado Geraldo Correia Braga (Geraldinho), coordenador da Associação Religiosa Missão Resgate, que respondia pela gerência da Rádio Educadora do Cariri, emissora de propriedade da Diocese do Crato, desde abril deste ano, responde, também, como arrendatário do veículo de comunicação. Segundo as denúncias, os

valores cobrados pelo arrendamento estariam abaixo da realidade do mercado e poderiam favorecer o próprio Bispo, através do lucro. A prática, caso confirmada, se configurará como formação de quadrilha, crime ao qual Dom Fernando já responde. Durante a assinatura do contrato, não foram revelados os valores do arrendamento. Apenas foi divulgado que o contrato terá duração de 10 anos. O coordenador da Missão Resgate e, agora, diretor da Rádio Educadora, foi procurado para falar sobre o assunto, mas não foi encontrado. Em contato com a Rádio, foi deixado telefone para retorno, o que não aconteceu até o fechamento desta edição.

Explicações em Roma

Cercado por denúncia de estelionato e apropriação indébita, Dom Fernando Panico anunciou uma viagem à

Leia rápido

JUAZEIRO DO NORTE

44,52% dos eleitores podem perder o direito ao voto Um balanço do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), localizado em Juazeiro, aponta que cerca de 44,52% do eleitorado juazeirense ainda não fez o recadastramento biométrico, obrigatório para as eleições de 2014, em Juazeiro do Norte. Para alguns profissionais da área, esse dado revela uma descredibilidade da população com relação às circunstâncias da política atual. Do total de eleitores juazeirenses (165.909), a Justiça tem uma expectativa de que haja, no mínimo, 136. 095 cadastramentos biométricos. Deste número, 60.600 cidadãos ainda não fizeram o recadastramento. O dado tem deixado o Órgão preocupado, principalmente, com as classes da maior poder econômico, que têm os menores números contabilizados. De acordo com a secretária da biometria do TRE, Patrícia Vieira, a pouca procura pode estar relacionada

Roma, ainda nesta semana. Segundo o próprio Bispo, deve entregar uma farta documentação relacionada à causa da beatificação da menina Benigna, assassinada aos 13 anos, em Santana do Cariri. O outro motivo da viagem seria a reabilitação do Padre Cícero. Para tratar deste assunto, ainda segundo Dom Fernando, deverá participar de audiências com o Papa Francisco. A informação é contestada por um dos padres que assinou o abaixo assinado pela saída do Bispo, cujo nome será preservado para evitar perseguições. Para ele, o segundo motivo da viagem seria para dar explicações sobre as denúncias que já ganharam repercussão nacional. Ainda de acordo com o padre, outros sacerdotes que assinaram o documento já estão sendo transferidos para outras paróquias, como forma represália.

às queixas, diárias, da população. “A população justifica o seu desinteresse ao descrédito com os políticos, afirmando que a conjuntura atual da política desestimula qualquer eleitor a votar e, então, acredita que não precisa ou deve fazer o recadastramento. Mas, com essa atitude, a população se prejudica e compromete a nação brasileira”, declara. O prazo para o recadastramento é até o dia 23/12. Ainda conforme a secretária, sem a biometria, o eleitor tem suspensão dos direitos políticos, não podendo votar, CPF cancelado, fica proibido de ser nomeado para cargos público, não pode se matricular em universidades, e estará impossibilitado de fazer empréstimos juntos aos bancos que são ligados ao governo, comprometendo, inclusive, alguns benefícios previdenciários. “Eu não estou preocupado com uma forma mais

segura de votar, mas com uma forma mais segura de os políticos não roubarem o nosso dinheiro. Talvez, essa seja minha forma de protesto: não fazer a biometria”, ressalta o estudante universitário, Jeferson Garcia. Para o doutor em ciências política da Urca, Roberto Siebra, a população está preocupada com os diversos escândalos na política, entretanto, esse fato não sobressalta a importância do recadastramento e, consequentemente, do ato de votar. “O voto é um instrumento necessário. Se as pessoas querem protestar, façam isso escolhendo bem os representantes. Nós somos capazes de fazer uma boa política, a prova disso são as recentes manifestações pedindo justiça, moralidade, ética na vida pública,” conclui.

Contato:

148/ (88) 3511-1559/ (88) 3566-1057

Os promotores de Justiça de Várzea Alegre, Oscar Stefano Fioravante Júnior e André Luiz Simões Jácome, realizaram, na última semana, audiência pública para discutir a questão da insegurança no trânsito local. Segundo eles, o município apresenta um alto índice de acidades, o que vem preocupando a população. Além do Ministério Público, DNIT, DER, Demutran e a Prefeitura se propuseram a desenvolver ações para minimizar a situação. Enquanto o aterro consorciado do Cariri não fica pronto, em Barbalha, o lixão irregular está poluindo o solo, a água e o ar, deixando a população preocupada. De acordo com a secretária de Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Barbalha, Polyana Coimbra Cruz, o principal motivo é a combustão espontânea do gás metano, que é gerado pela decomposição da matéria orgânica. A população de Caririaçu está insatisfeita com o serviço de raio x, que deveria estar sendo oferecido na rede pública de saúde municipal. Segundo eles, há nove meses, os exames estão inativos, mesmo com o aparelho em perfeito estado. Os pacientes que precisam deste procedimento estão precisam se deslocar até o Hospital Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte.

M

5

Região do cariri, de 01 A 07 DE outubro de 2013

SEM ÁGUA, regularmente, moradores do bairro Jardim Gonzaga deixam de pagar conta de água à Cagece

Metropolitana insegurança

Arrastões em restaurantes amedrontam clientela A

s estatísticas de furtos e roubos só aumentam na cidade de Juazeiro do Norte. Na lista das ocorrências, cresce o número de assaltos a estabelecimentos comerciais nos últimos meses. Restaurantes, pizzarias, padarias e mercadinhos estão entre os principais alvos da ação dos bandidos. Diante da onda de criminalidade, a população local pede por mais segurança no Município. A atuação violenta dos criminosos tem sido uma das características dos crimes que, em sua maioria, acontecem aos finais de semana. No último dia 21 de setembro, uma dupla de assaltantes armados realizou um arrastão em uma pizzaria, localizada no bairro Lagoa Seca. Na ocasião, os indivíduos roubaram carteiras, dinheiro, celulares e cartões dos clientes, e fugiram. O fato está entre outros que despertam a preocupação de populares, comerciantes e de profissionais ligados à segurança pública.

Serena Morais

de câmeras de segurança aos proprietários de estabelecimentos comerciais, com o intuito de identificar os autores dos frequentes assaltos. Segundo ele, a população precisa tomar alguns cuidados para tentar se prevenir, como evitar sair de casa portando alto valor em dinheiro, cartões e demais pertences.

Sindicato

restaurantes e bares contratam segurança particular para tranquilizar clientes, notadamente no bairro Lagoa Seca

Na Delegacia Regional de Juazeiro do Norte, foram registrados, do mês de janeiro até o último dia 24 de

setembro, 14.766 boletins de ocorrências. Durante todo o ano passado, 12.441 registros foram feitos na unidade. No

mesmo período deste ano, agentes da Polícia Civil deram entrada em 1.300 inquéritos, cerca de 300 a mais, em

comparação a 2012. De acordo com o escrivão Eugênio Marcos, a Polícia Civil tem solicitado imagens

Diante do cenário de violência, o diretor da regional da Associação Brasileira de Bares e Restaurante no Cariri (Abrasel), Júnior Feitosa, e um grupo de empresários se reuniram, no último dia 25 de setembro, com o comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar, tenente- coronel Vilson Bezerra. Na ocasião, a Policia Militar se comprometeu em buscar solução para tentar inibir a ação dos bandidos nos estabelecimentos comerciais de Juazeiro do Norte. “De forma emergencial, os donos de bares e restaurantes estão contratando segurança particular”, destaca o diretor da Abrasel.

FALTA D’ÁGUA no jardim gonzaga

Ano I nº 13

Serena Morais

Rua Tabapuã, 540 - S.Paulo/SP PABX (11) 3040-9800

Juazeiro do Norte

FAX (11) 3040-9955

www.ciee.org.br

Informativo Semanal do Centro de Integração Empresa-Escola - CIEE (Entidade filantrópica e de assistência social) Presidente do Conselho de Administração: Ruy Martins Altenfelder Silva - Presidente Executivo: Luiz Gonzaga Bertelli

MTE DESTACA APOIO DO CIEE À APRENDIZAGEM

“O CIEE presta um inestimável serviço aos jovens, qualificando-os para o mercado de trabalho e possibilitando que, assim, participem da vida do país”, afirmou Manoel Dias, ministro do Trabalho e Emprego, em palestra sobre a política governamental de criação de oportunidades de trabalho para a juventude, proferida no último dia Aprendizes e Ruy Martins Altenfelder Silva, presidente do Conselho de Administração do CIEE, homenageiam Manoel Dias (à esq.) com o Troféu Integração. 29, no Teatro CIEE, em São Paulo/SP. Diante de uma plateia composta por aprendizes, de jovens aprendizes. O ministro enfatizou a instrutores e gestores de empresas, Dias manifes- contribuição do programa Aprendiz Legal, uma tou interesse em aprofundar as ações conjuntas parceria CIEE e Fundação Roberto Marinho, que de seu Ministério com o CIEE, a fim de acelerar a hoje beneficia perto de 60 mil jovens de 14 a 24 adesão de empresas à aprendizagem profissional, anos em todo o País, com capacitação prática e dentro da meta do governo federal de inserir teórica de qualidade, remuneração, uniforme, no mercado de trabalho pelo menos 1 milhão alimentação e outros benefícios.

PARTICIPAÇÃO DO CIEE EM FEIRAS No último dia 27, o CIEE participou da semana do contador na Faculdade de Juazeiro do Norte apresentando os serviços gratuitos da entidade aos estudantes. Dente eles, destacou cadastramento, divulgação de vagas, encaminhamento para processos seletivos e informações dos 37 cursos de Educação à Distância disponíveis no site www.ciee.org.br. Antes disso, no dia 21, o CIEE participou com um estande do Dia da Responsabilidade Social, promovido pela Faculdade Paraíso do Ceará.

ELEITO O PROFESSOR EMÉRITO 2013 como reitor da Universidade Federal de São Carlos e um dos fundadores da Faculdade de Ciências Médicas e Biológicas de Botucatu/SP, que lhe concedeu o título de Professor Emérito. Aos 86 anos, continua na ativa, como coordenador do curso de pós-graduação em bioética no Centro Universitário São Camilo. “Trata-se de uma justa homenagem à figura hoje insuficientemente lembrada do educador”, afirma Ruy Martins Altenfelder Silva, presidente do Conselho de Administração do CIEE e da comissão julgadora do prêmio que é oferecido há 16 anos em parceria com o jornal O Estado de S. Paulo. Comunicação/MKT – União Social Camiliana

O CIEE elegeu o Professor Emérito 2013, uma homenagem aos educadores brasileiros. O prêmio será entregue juntamente com o Troféu Guerreiro da Educação - Ruy Mesquita ao mestre em bioética, professor Willian Saad Hossne, durante solenidade a ser realizada em 15/10, terça-feira, às 10 horas, no Teatro CIEE, em São Paulo/ SP. Hossne é reconhecido por sua atuação numa área interdisciplinar, que reúne biologia, ciências da saúde, filosofia e direito, e estuda a ética em pesquisas puras ou aplicadas, que envolvem a vida humana e animal. Na área do ensino, destacou-se

Para contato: CIEE Juazeiro do Norte/CE: Rua São Francisco, 409 - Centro - Fone: (88) 3512-5995 Informações e endereços completos da Rede CIEE de Atendimento: www.ciee.org.br

Moradores do bairro dizem que a água é insuficiente para encher as cisternas

Moradores reclamam do abastecimento precário Moradores do bairro Jardim Gonzaga, em Juazeiro, reclamam da precariedade do abastecimento de água na localidade. Segundo eles, o abastecimento, que deveria chegar às residências ao menos três vezes por semana, está ocorrendo de forma irregular. Revoltados com a situação, alguns moradores deixaram de pagar a conta mensal. Na casa da vendedora Sandra Oliveira, há tambores e baldes para armazenar água, assim como na maioria das residências do bairro. “A

caixa tem mil litros, mas quase nunca fica cheia, porque, quando há água, ela é muito fraca para enchê-la. Assim que mudamos para cá, os vizinhos nos aconselharam a termos uma forma extra de armazenamento”, conta. Com o abastecimento irregular, a comerciante Josiane Sampaio se diz prejudicada. “Estou tendo prejuízo porque não posso fazer quase nada sem ter água no meu comércio. A Cagece precisa solucionar isso! Se o número de moradores cresceu e o local não tem es-

SÃO GERALDO INDÚSTRIA DE PLÁSTICOS LTDA - EPP CNPJ: 16.416.982/0001-37 Torna público que requereu á Autarquia de Meio Ambiente de Juazeiro do Norte - AMAJU, a Regularização da Licença de Operação para Fabricação de Embalagens Plásticas, na Cidade de Juazeiro do Norte - CE na Rua. Geralda Feitosa, Nº 95 Bairro: Triangulo. Foi determinado o cumprimento das exigências contidas nas Normas e Instruções de Licenciamento da Amaju.

trutura disponível, tem que dar essa estrutura. O que na pode é todo mundo do bairro ficar sem poder limpar a casa, tomar banho, cozinhar e trabalhar”, declara. Ainda segundo ela, as duas últimas cobranças da Cagece não foram pagas. “É um absurdo não ter água aqui, regularmente. Não pago uma coisa que eu não tenho. Ou regularizam minha água, ou não regularizo as minhas dívidas de água”, ressalta. De acordo com a Cagece, o abastecimento de água no município é feito de forma alternada. Ou seja, revezando a distribuição de água entre os bairros, o que ocasiona a falta durante alguns dias. No caso do Jardim Gonzaga, a empresa afirmou que está sendo analisada uma solução e, brevemente, melhorias no sistema de abastecimento na cidade, com perfuração de poços e ampliação da rede.

6

Informe Publicitรกrio

Regiรฃo do cariri, de 01 A 07 DE outubro de 2013

Regiรฃo do cariri, de 01 A 07 DE outubro de 2013

Informe Publicitรกrio

7

8

Região do cariri, de 01 A 07 DE outubro de 2013

Metropolitana

crato rosa vai conscientizar população sobre métodos de prevenção do câncer de mama

desenvolvimento regional

Urca debate o crescimento social e econômico da RMC

Wilson Rodrigues

Serena Morais

C

om o desafio de pensar os rumos do desenvolvimento econômico em torno da Região Metropolitana do Cariri (RMC), políticos locais e representantes da sociedade civil se reuniram, na Universidade Regional do Cariri (Urca), para discutir ações integrativas de convivência a serem aplicadas na Região. Na ocasião, os conferencistas destacaram que a RMC, além de ser uma das localidades mais populosas do Brasil, com mais de um milhão de pessoas, encontra-se em franco processo de crescimento econômico, ocasionando uma mudança nas previsões de impacto sobre diversos âmbitos da vida regional. Para a doutora em economia, Tânia Barcelar, essa dinâmica necessita de ações específicas enquanto unidade regional. “As prio-

políticos e estudiosos participaram da palestra com a doutora em economia, Tânia Barcelar, na Urca

ridades dos investimentos devem ser nas áreas de planejamento, transportes públicos, educação e saneamento básico. Para isso, não é preciso tanto recurso como imaginam os políticos locais. Mas precisam ser integradas as ações, tendo em vista ser uma

unidade regional”, afirma. A economista analisa que, do ponto de vista econômico, a RMC tem um grande potencial econômico, como prova o seu avanço nos últimos dez anos. Ela destaca, ainda, que a RMC apresenta um perfil diferenciado das demais,

pois sua concentração populacional não ocorre apenas na metrópole. “Cerca de 75% da população reside nas zonas de Crato, Juazeiro e Barbalha, que crescem em ritmo superior a capital do estado, Fortaleza. Contudo, Jardim contém uma taxa popu-

lacional urbana de 33%, Missão Velha 45% e Farias Brito 46%”, informa a especialista. Para o secretário das Cidades do Ceará, Carlos Sampaio, a Região Metropolitana do Cariri está em formação. “As obras que estão sendo feitas tendem

a consolidar e fortificar a relação que ora se instala. O Governo Estadual tem modelos novos que podem resolver problemas cruciantes como saneamento, habitação e outros mais, respeitando as peculiaridades de cada município”, finaliza.

Câncer de mama

Campanha conscientiza mulheres sobre prevenção Serena Morais

Campanha conta com atividades educativas e assistenciais à população feminina do Crato

Na cidade de Crato, a campanha “Outubro Rosa” chama atenção para a prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama, doença que mais mata mulheres no País, de acordo com dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca). Atividades educativas e assistenciais têm início neste dia 1º de outubro e seguem até o final deste mês. Durante este mês, a população cratense poderá realizar exames preventivos do câncer de mama e do colo uterino (papanicolau) nas unidades básicas de saúde, diariamente, e no período noturno. Neste dia 1º de outubro, a abertura da programação “Crato Rosa” acontece, às 18h, no Centro de Especialidades do Município. caminhada em ruas do centro da cidade, com o encerramento na Praça Siqueira Campos, onde serão ofertados serviços de saúde e orientações sobre a prevenção da doença.

Doença

O câncer de mama é considerado o mais comum entre a população feminina, com uma média de 22% dos casos novos a cada ano. A prevenção é tida como a grande arma no combate da doença, que, quanto antes for diagnosticada, maiores são as chances de cura. Nódulo ou tumor no seio, acompanhado ou não de dor mamária, são alguns dos sintomas da enfermidade.

Leia rápido

Justiça do Trabalho

Varas aderem Processo Judiciário Eletrônico A região do Cariri ganhou mais uma unidade trabalhista. Implantada pelo Tribunal Regional do Trabalho do Ceará (TRT/ CE), em Juazeiro do Norte, a terceira vara do trabalho deve solucionar conflitos entre patrões e empregados de 26 municípios, desafogando as duas varas já existentes, localizadas na cidade juazeirense e em Crato. Entre os meses de janeiro a dezembro de 2012, trabalhadores do Cariri registraram a terceira maior demanda da Justiça do Trabalho do Ceará, com 2.791 ações, ficando atrás, apenas, das cidades de Fortaleza e Maracanaú. Este ano, até o último dia 19 de setembro, as duas varas da Região já

De acordo com a coordenadora da Atenção Primária da Secretaria de Saúde de Crato, Duciele Pinheiro, a campanha visa conscientizar as mulheres cratenses, estimulando o cuidado com a saúde. Segundo ela, parte dos estabelecimentos comerciais e pontos históricos do Município receberão iluminação rosa, como símbolo pela luta contra o câncer de mama.

haviam registrado mais de 2.200 processos. Após a Emenda Constitucional nº 45, no ano de 2004, a competência da Justiça do Trabalho foi ampliada. O órgão passou a julgar todas as ações oriundas da relação de trabalho, inclusive os acidentes, danos morais e materiais. Conforme o TRT, devido ao maior número de processos, a implantação da terceira vara, visa tornar o acesso à Justiça mais facilitado e rápido. De acordo com o juiz Clóvis Valença Alves Filho, que preside a terceira vara trabalhista, este aumento de ações indica uma maior conscientização por parte da população. “Considerando que o País possui um

histórico de mais de 300 anos de escravatura, e a Justiça do Trabalho possui somente 70 anos, percebemos que o trabalhador tem reconhecido mais os seus direitos”, pontua.

Serena Morais

A Universidade Federal do Cariri (UFCA) e a Universidade Federal do Ceará ( UFC) realizaram o I Encontro de Intercâmbio de Extensão Universitária, nos últimos dias 25 a 28 de setembro. Cerca de 50 estudantes de Fortaleza e do Cariri participaram de atividades, além de visitas técnicas aos projetos de extensão desenvolvidos na Região.

Tecnologia

Segundo o TRT, desde o último dia 20 de setembro, as três varas judiciárias da Região estão operando através da implantação do Processo Judicial Eletrônico (PJe/JT). Com a nova tecnologia, advogados e servidores substituem os papéis por um sistema eletrônico, que tem por finalidade tornar o processo mais ágil e eficiente. No Ceará, 80% das varas do trabalho já operam com o PJe/JT.

Um bueiro estourado na Avenida Ailton Gomes, em Juazeiro do Norte, está causando transtorno aos moradores. Eles reclamam do mau cheiro e do risco de infestação por mosquitos. Embora o problema tenha sido comunicado a Cagece, até o momento, não foi solucionado.

nO CEARÁ, 80% das Varas do Trabalho operam com Processo Judicial Eletrônico

Os Centros de Zoonoses dos municípios de Crato e Juazeiro do Norte promoveram o Dia D de vacinação antirrábica, no último dia 28 de setembro. Durante a campanha, os donos de cães e gatos levaram os seus animais para receber a dose da vacina.

Metropolitana

comércio de bicicletas aumentou cerca de 20% nos oito meses de 2013

câmara do cratO

Proposta pode mudar nome do distrito de Dom Quintino

U

ma proposta de emenda parlamentar, em tramitação na Casa Legislativa Cratense, está gerando polêmica e dividindo muitas opiniões entre os moradores de Dom Quintino. A proposição que sugere alteração do nome desta localidade para São Sebastião não está sendo aceita de forma unânime pela comunidade. Enquanto uma parcela desta é favorável à troca, outra crítica e se opõe. A aposentada Angelita Gonçalves, de 80 anos, acredita que a alteração do nome para São Sebastião trará visibilidade para o Distrito. “Desde que eu me entendo por gente, conheço e chamo Dom Quintino de São Sebastião. Ele é o padroeiro daqui e deve ser homenageado com a volta do seu nome para essa localidade. Isso vai deixar nossa comunidade mais conhecida na Região,” afirma. O comerciante, Juracir Vieira, discorda. Segundo ele, tal mudança implicaria

o

9

Região do cariri, de 01 A 07 DE outubro de 2013

Serena Morais

numa série de contratempos e não representaria necessariamente um benefício para a comunidade de Dom Quintino. “A troca fere uma tradição, gera incômodos como a troca de documentos, de placas e atinge diretamente a todos que residem nesta localidade, mas que não são devotos deste Padroeiro”, declara. Para agricultora, Anaia Gonçalves, outros projetos deveriam ser prioridades para Dom Quintino. “Saneamento básico, abastecimento de água, saúde de qualidade, calçamento, telefonia e segurança. São inúmeros projetos que os vereadores deveriam se preocupar com urgência, e não algo tão desnecessário”, comenta.

Proposta

A alteração é pleiteada pelo vereador Dárcio Luiz (PSDB), a pedido do vigário de Dom Quintino, Raimundo Ribeiro Filho. O projeto em tramitação não tem data definida para entrar em votação.

distrito de Dom Quintino poderá ter nome alterado para São Sebastião, conforme proposta do vereador Dárcio Luz (PSDB)

Origem

Inicialmente denominada de Ipueiras, a região de Dom Quintino, em homenagem ao

1° bispo do Crato, D. Quintino Rodrigues de Oliveira, pode voltar a ter o nome de São Sebastião, em alusão ao seu padroeiro. Atualmente distrito,

Dom Quintino, pela lei Nº 6.696 DE 18 de outubro de 1963, já foi elevada a categoria de Município, conforme o Diário Oficial do Estado de 22 de outubro de

1963. Ele, porém, não chegou a produzir efeito, visto que a Lei 8.339, de 14 de dezembro de 1965, revogou a lei que municiara o Distrito a Município.

Procura por bicicletas cresce em Juazeiro

As bicicletas estão cada vez mais presentes no dia-a-dia das pessoas. Mais sofisticadas, o preço delas pode se assemelhar ao custo de um carro. Para atender este público, o mercado juazeirense esta sempre em busca de novidades. De acordo com o empresário, Adílson Borges, a procura por bicicletas em seu estabelecimento aumentou mais de 20% nos oito meses deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado. “O uso da bicicleta é uma forma de não gastar tempo e dinheiro com o transporte público ou carro. Atualmente, tem se tornado uma necessidade em uma cidade com o trânsito tão caótico”, declara. O sucesso de vendas chegou junto com a vontade de ter uma melhor qualidade de vida e deixar o carro em casa, quando possível. Para o re-

Serena Morais

população de juazeiro está aproveitando melhor os benefícios do uso da bicicleta como meio de transporte

presentante comercial, Marcelo Chagas, circular neste transporte também requer alguns cuidados. “A gente pre-

cisa escolher o modelo certo de bicicleta e nunca deixar a segurança de lado. A procura por itens como capacete, luva

e sinalização, são preventivos também”, explica. Uma pesquisa realizada pela equipe do Jornal do

Cariri identificou que outras pessoas usariam o transporte se houvesse mais segurança no trânsito, como também,

ciclovias. Para o gari, Maxyell da Silv, que vai para o trabalho todos os dias de bicicleta, percorrendo quase 10 quilômetros, as vias ainda oferecem risco à vida. “Tem que evitar ao máximo ficar muito perto dos carros porque às vezes eles não respeitam. Às vezes jogam você pro canteiro, às vezes pode cair no meio da rua”, alerta. Para Jesualdo Alves, diretor geral do Departamento de Trânsito Municipal (Demutran), existe uma equipe de engenharia que está realizando um estudo visando à elaboração de um projeto para construção de ciclovia. “Trata-se de uma obra de custo elevado, que depende de licitação. Então, estamos avaliando essa necessidade”, informa, acrescentando que os custos e os locais dessas ciclovias ainda não estão definidos.

IACC auxilia famílias no tratamento do câncer infantil Transformar a dor em solidariedade. Com a finalidade de amenizar o sofrimento de crianças com câncer infantil, voluntários se mobilizam para fazer o bem. No município de Barbalha, o Instituto de Apoio à Criança com Câncer (IACC) chega a 12 anos de acolhimento aos pequenos diagnosticados com a doença. A entidade recebe doações para a realização de um bazar beneficente, previsto para o próximo mês de novembro. Inicialmente, a instituição realizava visitas aos pacientes do Hospital São Vicente de Paulo, na cidade barbalhense. Ao longo dos anos, a iniciativa ganhou força e, hoje, conta também com uma Casa de Apoio,

Serena Morais

voluntários do iacc ajudam crianças com câncer, em Barbalha, há 12 anos

abrigando crianças e familiares de cidades do Cariri e de estados vizinhos, que passam pelo tratamento na unidade hospitalar. Diariamente, voluntários contribuem com os trabalhos desenvolvidos na Casa de Apoio, que abriga 17 pessoas, entre familiares, jovens e crianças de 0 a 15 anos. O espaço oferece acomodação, deslocamento, alimentação, oficinas e atendimento psicológico, educacional e oftalmológico. Cerca de 30 famílias recebem cestas básicas e atendimento domiciliar todos os meses. “É um tratamento difícil e, aqui, recebemos bastante apoio,” afirma Danila Oliveira, mãe de uma criança, portadora de Síndrome de Down, diagnosticada com leucemia.

De acordo com a presidente do IACC, Fátima Regina, a entidade está recebendo doações para a quarta edição do bazar beneficente, previsto para acontecer no mês de novembro, na cidade de Juazeiro do Norte. Segundo ela, a renda será revertida para a construção da sede própria do instituto. “Quem estiver participando desta iniciativa, estará colocando um tijolo na nossa nova sede e ajudando estas crianças”, finalizou.

Doações:

Instituto de Apoio à Criança com Câncer (IACC) Rua Divino Salvador, 222 – Centro – Barbalha Contato: (88) 3532 3743 / 88097284

10

Região do cariri, de 01 A 07 DE outubro de 2013

Grandes Nomes POSSIDÔNIO BEM

Um médico humanista que era só generosidade e lirismo com o povo Possidônio Bem foi um dos primeiros médicos de Juazeiro do Norte. Interventor municipal, poeta, professor e um dos idealizadores do Hospital São Lucas. Deixou seu nome na história da cidade marcado, sobretudo, pelo caráter humanista e solidário de sua personalidade e conduta pública Embora empreste seu nome a uma rua e à Biblioteca Municipal de Juazeiro do Norte, a biografia de Possidônio Bem ainda carece de maiores detalhes, reconhecimento e divulgação, tendo em vista a importância dele para a história do município. Um dos poucos relatos sobre a vida do Dr. Possidônio, que faleceu há 32 anos, está no livro “Dados Biogr��ficos dos Homenageados em Logradouros Públicos de Juazeiro”, de co-autoria entre Mario Bem Filho, que é sobrinho de Possidônio, e o escritor e historiador Raimundo Araújo. Possidônio da Silva Bem nasceu no município de Serrita, Pernambuco, a 17 e dezembro de 1900. Filho de Geminiano da Silva Bem e Maria Vieira Cavalcante, iniciou seus estudos no colégio 24 de abril, do Dr. Lima Botelho, na cidade cearense de Jardim. Como era de costume entre os jovens do interior que gozavam de melhor condição econômica, foi estudar em Fortaleza, no tradicional colégio Liceu do Ceará, entre os anos de 1920 e 1922. Ao decidir-se pela Medicina, prestou vestibular na Bahia, onde concluiu o curso em 1928, apresentando defesa da tese “Histopatologia Pulmonar – Doença de Manson – Pirajá da Silva”. Segundo o engenheiro José Roberto Barreto Celestino, Possidônio conheceu a barbalhense Maria Bernadete Costa Barreto, numa viagem de trem, em Bezerros (PE), com quem se casou no dia 17 de dezembro de 1933, dia do seu aniversário natalício. Antes de trabalhar na cidade, ele exerceu a Medicina em outros municípios. Não demorou muito e, já em 1934, Possidônio entrou para a vida política. Elegeu-se deputado estadual por Pernambuco, para o período 1935-1938. Em seguida, foi eleito presidente da Assembleia Legislativa e governou aquele estado por algumas horas. Entretanto, o golpe político de 1937, em que Getúlio Vargas deu início ao Estado Novo, encerrou, por ora, a carreira política do médico. Do interior pernambucano, Possidônio decidiu mudar de ares. Radicou-se definitivamente em Juazeiro do Norte, entre o final de 1941 e o começo de 1942. Na terra do Padre Cícero, onde foi um dos primeiros cinco médicos a se estabelecer, teve destacada atuação médica, social, cultural, política e educacional, além de delegado do ensino. Possidônio foi um dos

Sobrinho de Bernadete Bem, Roberto Celestino lembra com carinho do tio Possidônio. Mesmo criança, identificou sua sólida formação cultural. “Falava bem o latim, o francês e o inglês, além de ter enorme e sólida cultura, notadamente em literatura clássica portuguesa e brasileira”, afirma. Ao lamentar que a foto do Dr. Possidônio não conste na galeria dos ex-prefeitos da sede da Prefeitura nos dias de hoje, ele lembra das tardes na casa dos tios. “Depois do almoço, meu pai queria dormir e a desforra era na casa de tia Bernadete. Eu deitava no chão da cozinha para aliviar o calor da cidade, e lembro muito bem do jeito afável do Dr. Possidônio com a minha tia. Ele

era uma pessoa muito bem humorada e caridosa”. A relação médico-paciente mostra, segundo Celestino, o respeito que as pessoas tinham pelo Dr. Possidônio. “Naquele tempo não havia o Sistema Único de Saúde e, como muitas das pessoas eram pobres, ele atendia sem cobrar no São Lucas e no consultório. Lembro muito de como as pessoas o presenteavam, mesmo sem ter muitas posses. Muitas vezes era uma galinha, um bode. Era a forma como elas retribuíam o cuidado que ele tinha com elas”. Outra lembrança que ficou no menino Celestino era o gosto do Dr. Possidônio pelos automóveis. “Ele chegou a ter um Ford 1948 cor preta, depois Rural, carro que trocava a cada um ou dois anos”.

Possidônio com Castelo Branco e Geisel na inauguração do São Lucas

A poesia do Dr. Possidônio principais idealizadores e fundadores do Hospital e Maternidade São Lucas de Juazeiro, inaugurado no dia 18 de outubro de 1955. Na ocasião, fez brilhante e empolgante discurso. De acordo com Mário Bem Filho e Raimundo Araújo, Dr. Possidônio ganhou notoriedade pelo seu caráter humanista, obtendo grande conceito profissional. “Seu amor e dedicação inspiraram muitos profissionais da área de saúde. Desenvolveu atividades médicas por muitos anos no antigo posto de Tracoma, que hoje dá lugar à praça presidente José Sarney, no seu consultório na Rua São Francisco (Praça Padre Cícero) e no Hospital e Maternidade São Lucas”, contam os autores. Por contingência da política, Possidônio acabou por ocupar o Palácio Municipal de Juazeiro do Norte, na condição de Interventor Municipal, no período de 30 de junho de 1943 a 11 de junho de 1945. Neste mesmo ano, seu nome foi indicado por unanimidade como can-

didato de consenso para a Prefeitura de Juazeiro. Entretanto, ele desistiu irrevogavelmente da postulação. Fluente em francês e inglês, o médico também era orador consagrado e poeta dos mais festejados. Escreveu os sonetos “A Fuga da Vida”, “A Palmeira do Caldas”, “Ignorabimus” e “Ad Excelsum”, entre outros. Lecionou francês na Escola Normal Rural de Juazeiro do Norte (ENRJN). Nos últimos anos de vida, Possidônio Bem foi acometido do Mal de Parkinson. Faleceu a 24 de setembro de 1981, em Juazeiro do Norte, Ceará, sendo sepultado no cemitério do Perpétuo Socorro. Na opinião de Raimundo Araújo, “Possidônio Bem foi em vida um homem diferente de muitos outros homens. O humanitarismo da sua profissão, onde o seu coração se projetava em generosidade, foi um tesouro precioso a oferecer o ouro de fino quilate aos pobres humildes, transfigurando na saúde do corpo e na saúde do espírito”. Para o escritor, devido às suas atitu-

des e à elevada compreensão, “o médico foi merecedor do grande valor e da elevada estima que desfrutava, como uma das figuras de destaque da elite representativa de Juazeiro do Norte”. Segundo ele, “a caridade que se extravasava do coração do saudoso magnata do bem é tão imensa que não comporta as nas almas agradecidas dos beneficiados”. Ainda hoje, 30 anos após seu falecimento, o “Dr. Possidônio Bem” é reconhecido como homem de moral inatacável, personalidade rica de virtudes humanas. Por isso, segundo Raimundo Araújo, “granjeou um vasto círculo de amizades calcado na sua mansidão, na sua sociabilidade, e na sua imparcialidade, frente às paixões humanas e na sua impávida grandeza moral”. Outra qualidade da personalidade apontada pelo historiador era a facilidade de fazer amizades. “Era amigo de todos, e todos viam nele um homem, realmente, acima das divisões sociais e políticas tão encontradiças no interior nordestino”.

AD EXCELSUM Ergue o teu pensamento a céu azul sem jaça, Onde o sol rutilante eternamente arde, Entoando às manhãs doce poema de graça. P’ra depois deslumbrar, na apoteose da tarde. Ergue o teu coração até onde perpassa A lua que ilumina as noites, sem alarde, E ao clarão estelar às vezes se entrelaça, P’ra que a treva, medrosa, ao longe se resguarde. Foge da terra ingrata e áspera que abriga O ódio, o desespero, a vingança, a fadiga, O crime, o despotismo, a volúpia, a ambição. Há por sobre este charco um Deus bom que abençoa. Juiz supremo e Pai, Ele sempre perdoa Aquele que O procura e O tem n ocoração

A FUGA DA VIDA Sonoridades que nos deslumbravam Já se foram com os raios matutinos Os sonhos bons que nos acalentavam A frívola inconstância de meninos Passaram. E já de tudo nos falavam Os nossos pais. Mas nossos desatinos Essas advertências sufocavam, Com loucuras gestos repentinos. Quando porém, o sol vai nos mostrando Que a via já passou ou vai passando, Numa cadência atroz de dsesencanto. Então com os olhos deslumbrados, vemos Que tudo que sonhamos e vivemos É pó na estrada que trilhamos tanto.

A Assembleia Legislativa do Ceará valoriza o Cariri A Assembleia Legislativa do Ceará contribui para o resgate da história de homens e mulheres que ajudam a engrandecer as artes, a religiosidade, a política, a economia, a cultura e a educação de uma das regiões mais prósperas e ricas do nosso Estado, a Região do Cariri.

Assembleia Legislativa do Estado do Ceará

11

Região do cariri, de 01 A 07 DE outubro de 2013

LANÇAMENTO

EVANGELIZAÇÃO

Política e cordel em

Padre Reginaldo Manzotti

Juazeiro são tema de livro

lota Parque de Eventos

2

1

Êxpo Waleska marrocos waleskamarrocos@hotmail.com

(1)TEATRO O grupo Arte de Representação Teatral Espírita (Arte) encenou, em sua terceira temporada, a peça Folha em Branco, no Sesc Crato. Casa lotada para assistir a uma história de amor, dor e libertação.

(2)FAMÍLIA FELIZ Priscila Furtado e Paulo filho são completamente apaixonados pelos

3

filhos Giovanna, Gustavo e o pequeno Guilherme. Lindo é ver a felicidade

4

dessa família!

(3)VERDÃO DO CARIRI Feliz pela boa fase do Icasa na Série B do Brasileirão, o meia Roberto Heuchayer, natural de Picos (PI), disse estar adorando morar em Juazeiro do Norte.

(4)EVANGELIZA CARIRI O padre Reginaldo Manzotti esteve em Juazeiro do Norte para o I Evangeliza Cariri, no último domingo (29). Momentos inesquecíveis para

6

5

milhares de fieis caririenses.

(5)HAPPY BIRTHDAY! Os amigos e fotógrafos, Serena Morais e Samuel Macedo, sopram velinhas nos dias 2 e 6 de outubro, respectivamente. Parabéns a estes grandes profissionais!

(6)VISITA AO CARIRI A assessoria de comunicação da Coelce esteve, na última semana, visitando a redação do Jornal do Cariri. Os assessores Ana Carolina Batista e Natanael Pereira aproveitaram para estreitar a comunicação com a equipe do JC. Voltem sempre!

CAMPANHA ELEITORAL EM CORDEL

Livro aborda gênero, política e eleições em Juazeiro do Norte

O

contexto político da cidade de Juazeiro do Norte ganha as páginas de um livro. Fruto da tese de doutorado da professora Cláudia Rejanne, da Universidade Regional do Cariri (Urca), a obra “Discurso Político no Folheto de Cordel” conquistou o Prêmio Mais Cultura Patativa do Assaré, do Ministério da Cultura, na Categoria Pesquisa em Literatura de Cordel. A temática da publicação, lançada no último dia 25 de setembro, no Salão de Atos da Urca, aborda a relação entre o direito, o gênero e a política presente no discurso político das eleições do ano 2000, na cidade de Juazeiro do Norte. No processo eleitoral, a candidata Íris Tavares (PT) disputava a prefeitura do Município, contra a candidatura de Carlos Cruz, do antigo PFL. Tomando como material os folhetos de cordel “Engana-me que eu gosto” e “Engana-me que eu gosto 2”, de autoria do cordelista Abraão Batista, além de reportagens, panfletos e cartas anônimas aos eleitores, Cláudia Rejanne faz uma análise dos dizeres considerados ofensivos à

Serena Morais

figura feminina. “Aquela eleição foi bastante conturbada. Os cordéis, um deles proibido judicialmente de circular, traziam um discurso de “bestaferização” da mulher e do comunismo”, assinala. O livro Discurso Político no Folheto de Cordel, publicado pela editora Annablume, é direcionado a pesquisadores e estudantes da área das ciências humanas e sociais. Segundo a autora, a obra será disponibilizada na biblioteca da Urca e estará à venda em livrarias da Região.

Sobre a autora

Cláudia Rejanne é doutora em linguística e Língua Portuguesa, pela Faculdade de Ciências e Letras (FCLAR), da Universidade Estadual Paulista (Unesp). A educadora é líder do Grupo de Estudos em Discurso, Cultura e Identidades (Disculti). Atualmente é professora do Departamento de Línguas e Literaturas da Urca.

Serviço:

Obra da professora Cláudia Rejanne foi contemplada com Prêmio Mais Cultura Patativa do Assaré

Livro Discurso Político no Folheto de Cordel - R$ 25,00 Contato – (88) 8835 6391 / 9912 6930

CREF promove ação itinerante no Cariri O Conselho Regional de Educação Física promoveu o “CREF Itinerante no Cariri”, sábado e domingo últimos, 28 e 29 de setembro. As atividades, palestras e curso, tiveram como principal objetivo aproximar o Conselho

dos profissionais, das empresas prestadoras de serviço na área e sociedade como um todo. O CREF deseja, por meio de seus interlocutores no Cariri, ouvir as demandas regionais, sugestões e, de modo especial, enfati-

zar quanto à importância de a profissão de Educador Físico ser exercida por pessoas devidamente habilitadas. A programação do “CREF Itinerante no Cariri” teve início no sábado, 28, com a palestra Responsa-

bilidade civil de estudantes e profissionais de Educação Física. O evento aconteceu no Sesc Juazeiro, na Rua da Matriz, a partir das 8 horas. Também no sábado, das 14 às 20 horas, foi ministrado o curso sobre Educação

Física Escolar, no IFCE. No domingo, a partir das 8 horas, novamente no Sesc Juazeiro, foi realizada a palestra de encerramento com foco para a Gestão e empreendedorismo na Educação Física.

Leia rápido

A cidade de Crato foi contemplada com a II Mostra de Cinema Infantil do Ceará. A iniciativa faz parte do Projeto Estrela Criança e proporciona o contato das crianças cearenses com uma produção audiovisual, feita especificamente para o público infantil, entre 5 e 12 anos. A mostra de filmes será realizada no Município neste 1º de outubro e segue até o dia 12 deste mês. Artistas têm até o próximo dia 21 de outubro para se inscreverem no 1º Festival de Teatro da Terceira Idade Nordeste, que acontece de 29 de novembro a 1º de dezembro, na Unidade Sesc de Fortaleza. O objetivo é revelar o potencial criativo de pessoas com essa faixa etária, estimulando o teatro da terceira idade em cidades da região nordestina. O conto “O Vaqueiro e a Lagoa Encantada”, da escritora cratense Ana Rosa Dias Borges, foi escolhido pelo Prêmio PAIC 2013 no Eixo Literatura e Prosa – Construção do Leitor. O edital, realizado pelo Governo do Estado do Ceará, convoca pessoas que tenham afinidade com a escrita e contação de histórias. Os melhores trabalhos foram publicados em forma de livro, que será distribuído nas escolas da rede pública do Ceará, a partir do próximo ano. O grupo Centauro de Teatro apresenta, neste dia 1º de outubro, o espetáculo “Mais Perto – Sem Tempo e Sem Razão”. Com direção de Marcio Rodrigues, a programação acontece no Teatro Sesc Patativa do Assará, às 19h30, em Juazeiro do Norte

12

Região do cariri, de 01 A 07 DE outubro de 2013

leão do mercado

Toque de Primeira Cícero nicássio

TREINO Em ritmo de treino leve, o Icasa aplicou uma sonora goleada, de 6 a 0, no Crato, pela segunda rodada da Copa Fares Lopes. Serviu para o centroavante Jailson ganhar o ritmo, com os quatro gols marcados. O time cratense não apresentou nada em relação às partes física, tática ou coletiva. O treinador Caulin tem dificuldades para trabalhar a equipe, pois os problemas são inúmeros, em todos os aspectos. A Copa Fares Lopes é um tiro curto. No ano passado, o torneio serviu de laboratório para o Campeonato Cearense. Este ano, já não podemos dizer o mesmo. Será que vale a pena participar como simples figurante?

INDISCIPLINA Após a quebra de tabu contra o Asa - com uma goleada 5 a 2 - no vestiário, o ala esquerdo Carlinhos soltou os bichos contra alguns companheiros. Por esse ato de indisciplina, o atleta foi afastado, pela diretoria do clube, por tempo indeterminado. Carlinhos deve ser punido com uma multa, pois, do contrário, o clube também será prejudicado. O ala esquerdo não é insubstituível, mas fará falta. Nessa altura do Campeonato, onde encontrar um ala com a qualidade do Carlinhos? O dialogo serve para duas coisas: acordo ou desentendimento.

PROBLEMAS Pela segunda vez, o diretor de Esporte do Guarani, Kleber Lavor, deixa o time leonino. Juntamente com o diretor, alguns jogadores também seguiram o mesmo caminho. Bem antes, já haviam deixado o clube, o treinador Pedro Manta e o goleiro Adson. Os problemas no Leão do Mercado foram se acumulando, ao ponto do ala esquerdo, Teles, pedir rescisão de contrato. Ailton Júnior (zagueiro), Peter (volante) e Anderson Ratinho (meia) deixaram o clube e disseram que só retornarão quando a situação financeira for bem resolvida. O time entra em campo nesta terça-feira (1º), para enfrentar o Nova Russas, com todos esses problemas.

Guarani tenta driblar a crise financeira

O

Leão do Mercado tem unido forças para driblar as dificuldades que o time enfrenta. Com um orçamento enxuto e o jejum de vitórias registrado nos últimos jogos pela Taça Fares Lopes, o Guarani precisa contar com o apoio da torcida para encarar o Nova Russas, neste dia 1º de outubro, às 20h30, no Estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte. Ciente dos problemas que o time rubronegro enfrenta nos últimos meses, o técnico Moézio Monteiro, recém-chegado ao Clube, após a saída do Pedro Manta, vem intensificando os treinos, diariamente, com o intuito de reverter o quadro. Nas últimas partidas pela Taça Fares Lopes, o Guarani coleciona uma derrota e um empate contra o Verdão do Cariri e o Crato, respectivamente. Diante das críticas e do descontentamento da torcida, o treinador afirma que a equipe vem somando forças para ultrapassar a má fase. Moézio destaca, ainda, a necessidade do apoio da torcida a cada partida. “Será um jogo difícil, mas eu acredito em nossos jogadores. O Guarani é um time de tradição, que vai vencer estas dificuldades e precisa do apoio dos torcedores”, pontua. Para o estudante Nilson

Serena Morais

moézio, novo treinador do Guarani

Rodrigues, todos os times passam por altos e baixos, mas o apoio do público é indispensável para qualquer mudança. “Não podemos esquecer o grande nome do Leão do Mercado. O futebol tem disso mesmo. É preciso que o time consiga se reerguer e passe a marcar gols”, desabafa o torcedor.

Novo treinador

Nascido na cidade de Misão Velha, Moézio Monteiro está de volta ao Cariri. Em sua primeira experiência à frente de um time profissional, o técnico assumiu o comando do Guarani, após deixar a equipe da Associação Desportiva Guarujá (ADG), em São Paulo, onde era jogador.

FUTEBOL, BOM SENSO E RESULTADO

n SEGURANÇA ELETRÔNICA

n ZELADORIA

n PORTARIA

n TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS

Travessa Slino Duda, 59 - Bairro Santa Teresa - Juazeiro do Norte - CE

Peça já seu orçamento sem compromisso

ESTADO DO CEARÁ - PODER JUDICIÁRIO FÓRUM DES. JUVENCIO SANTANA COMARCA DE JUAZEIRO DO NORTE 1ª VARA CÍVEL Rua Maria Marcionilia Pessoa Silva, 800, Jardim Gonzaga – Fone: 3102-3976 – Cep: 63046-550 EDITAL DE CITAÇÃO PRAZO: 30 DIAS Proc. Nº43709-812012.8.06.0112 O Dr. José Acelino Jácome Carvalho, Juiz de Direito da 1ª vara cível de Juazeiro do Norte, Estado do Ceará, o uso de suas atribuições legais etc... Torna públicos através deste Edital, com o prazo de 30 (trinta) dias, que, or este Juízo e Secretaria da 1ª vara cível, processam-se os autos da ação de USUCAPIÂO requerida por MB COMERCIO DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO LTDA, CNPJ: nº 09. 257.050/0001-04, situada na av. Antônio Sales, nº3410, Bairro: Dionísio Torres, na cidade de Fortaleza-CE, e CARIRI – COMERCIAL DE MOTOS LTDA, CNPJ: nº 07.256.867/0001-51, situada na rua. Pio X, nº 605, Bairro: Centro, nessa cidade, contra Evani Gomes de Sá; solicitando declaração, por sentença da propriedade do imóvel constituído de um TERRENO URBANO MURADO, PRÒPRIO PARA EDIFICAÇÃO, CONSTITUIDO DO LOTE 11, DA QUADRA Y, LOTEAMENTO PARQUE TRIANGULO, DA IMOBILIARIA SOCIL, SITUADO NO LADO SUL DA RUA PROJETADA, S/Nº, NO BAIRRO TRIANGULO, NESTA CIDADE, NA QUADRA COMPREENDIDA PELAS RUAS: PROJETADA (N), JOÃO MACIEL (L), DOMINGOS CALAZANS (S) E POETA JOSÉ BERNARDO DA SILVA (O); PRESENTANDO AS SUAS METRAGENS DENTRO DOS SEGUINTES LIMITES: AO NORTE (FRENTE), ONDE MEDE 10,00M, COM A RUA PROJETADA; AO SUL (FUNDOS), ONDE MEDE 10,00M COM O LOTE 05, TERRENO COM FRENTE PARA RUA DOMINGOS CALAZANS, PERTENCENTE A MB COMERCIO DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO; AO LESTE (LATERAL DIREITA), ONDE MEDE 31,00M COM O LOTE 12, TERRENOS S/Nº, COM FRENTE PARA RUA PROJETADA, PERTENCENTE A MB MATERIAIS DE CONSTUÇÃO; AO OESTE (LATERAL ESQUERDA), ONDE MEDE 31,00M COM O LOTE 10, COM FRENTE PARA RUA PROJETADA; PERFAZENDO UMA ÁREA TOTAL DE 310,00M2. Ás fls.72 dos referidos autos foi exarado o seguinte despacho: “Recebidos hoje. 1. Considerando que os confinantes do imóvel usucapiendo são os próprios promoventes (fls.34/35), inexistindo, assim, interesse de réu confrontante, deixo de determinar a citação dos aludidos confinantes. 2. Por edital, a ser publicado no Diário da Justiça, com o prazo de trinta (30) dias, cite-se Evani Gomes de Sá, pessoa em nome de quem está registrado o imóvel usucapiendo, e seu esposo, se casada for, bem como todos os réus desconhecidos, residente e domiciliados em lugares incertos, e os eventuais interessados. 3. Intimem-se, por via postal, os representes legais das fazendas públicas Federal, Estadual e Municipal para que manifestem interesse na causa, remetendo-se-lhes cópia da inicial, da planta do imóvel e dos demais documentos que instruíram a inicial. 4. Intervenha no feito a representante do Ministério Público que deverá ser intimada para se manifestar no feito, após o decurso dos prazos dos atos determinados acima ou após as respostas dos citandos e interessados. Procedam-se aos expedientes necessários. J. do Norte, 07.05.2013. (ass.) José Acelino Jácome Carvalho – Juiz de Direito da 1ª vara cível”. Por força do presente edital, ficam CITADOS EVANI GOMES DE SÀ, brasileira, residente e domiciliada em lugar incerto e não sabido, em nome de quem está registrado o imóvel usucapiendo, e SEU ESPOSO, se casada for; bem como OS RÉUS DESCONHECIDOS, RESIDENTES E DOMICILIADOS EM LUGARES INCERTOS E EVENTUAIS INTERESSADOS para, no prazo de quinze (15) dias, a fluir a partir da expiração do prazo editalício, oferecerem resposta á ação, acompanhando-a até julgamento final, sob pena de revelia, ficando os citandos advertidos de que, não sendo contestada a ação, presumir-se-ão aceitos como verdadeiros os fatos articulados pela parte autora, conforme preconiza o Art. 285 do Código de Processo Cível. Dado e passado nesta cidade de Juazeiro do Norte, aos quinzes (15) dias do mês de agosto do ano 2013 (dois mil e treze). Eu Ledina Maria Frota dos Santos, Técnica Judiciária, o digitei. Eu, (Wildney Dantas Gonçalves de Oliveira), Diretor de Secretaria, subscrevi. JOSÉ ACELINO JÁCOME CARVALHO JUIZ DE DIREITO

Entenda-se a minha intenção ao inserir nesta crônica o seguinte pensar do grande filósofo Friedrich Nietzsche: “Não fique no rés do chão, não suba alto demais, o mundo parece mais belo à meia altura”. Queiram, ou não, os sobas, a agonia do nosso futebol passa pela inobservância aos mais rudimentares princípios Josival da Silva filosóficos. Cabe investigar o porquê das Jurista e Comentarista Esportivo coisas, de uma cusparada, v.g. Então, cuspir é filosófico. E o bom senso, então... Se tem ouvido brados de bom senso com críticas acerca da decadência do nosso futebol. Vamos focar o futebol cearense, à guisa de exemplo. O Ferroviário, o famoso time da Rffsa, o time do Zé Limeira (....). Quais as suas perspectivas como agremiação esportiva? O Tiradentes, o tigre da PM formou uma equipe para disputar a Série D do campeonato brasileiro. Fez uma ótima campanha, estruturou-se taticamente, mas não chegou lá. Resultado,“desmantelou” o grupo. E o futuro desse time? Com relação aos chamados “times do interior”, a situação é caótica, pra não dizer trágica. Há times disputando o campeonato cearense sem que haja estádio no município respectivo. Em outros municípios, há“estádios” sem a mínima estrutura. Lembro-me de uma repórter subindo numa escada num estádio do interior, onde realizava-se uma partida pelo campeonato cearense, para fazer a cobertura do jogo. Vamos explicitar que esta é uma análise perfunctória, que expõe feridas do descaso. E os times da região do Cariri, hein? Recentemente, aconteceu um jogo no estádio Romeirão, entre Icasa e Crato, pela Copa Fares Lopes. O time do Crato chegou ao estádio 10 minutos antes da partida. Não veio de ônibus e, chacota ou não, dizem que o aquecimento foi feito no percurso Crato - Juazeiro. O Guarani, o time mais antigo de Juazeiro do Norte, vive uma crise sem precedentes. Não tem recursos. Dia desses aconteceu um fato sui generis: o presidente instalou uma “tesouraria provisória” no espetinho do “J Ribeiro”, onde degustava uma saborosa carne assada regada à cerveja gelada, e passou a adiantar alguns “vales”a atletas com mais de um mês de salário atrasado. O estupefaciente, além desse episódio, é que a crise aumenta ajoujada a outros fatos, sem que nenhuma providência seja objetivamente tomada. O Icasa, disputando com brilho a Série B do campeonato brasileiro, vive situação menos crítica. Contudo, recentemente o esculápio e o fisicultor da equipe deixaram as hostes alviverdes alegando falta de pagamento, segundo noticiou a imprensa esportiva. Voltando à abordagem específica não localizada, filosofemos: O problema é falta de dinheiro? Sim, primordialmente, sim. Mas não é só isso. É também deficiência de gestão. Falta tirocínio, falta imaginação, falta visão empresarial, falta, (aparenta), honestidade. No país do futebol precisaria haver jogos às 2ªs, 3ªs, 4ªs, 5ªs, 6ªs, sábados e domingos, às vezes em três horários no mesmo dia? Porque os clubes aceitam as “migalhas” pagas pela televisão pela trasmissão dos seus jogos? A Premier League recebe atualmente 1 bilhão de libras esterlinas por ano “ diretamente”dos canais de televisão que transmitem seus jogos domésticos. Recebem, ademais, altas somas originárias de patrocínios. Aqui, os anunciantes (com exceções honrosas, claro)) pagam ninharia. Por que os nossos clubes não negociam contratos diretamente com a televisão? Há muito o que fazer em face do que foi dito. Não apresentamos uma panacéia, mas demonstramos que, pelo viés do bom senso, chegaremos lá.


Jornal do cariri 01 de Outubro de 2013