Page 1

ESPORTE

INADIMPLÊNCIA

Fisiculturismo gera disciplina aos praticantes

Receita Federal cobra dívidas atrasadas

7

5

O periódico do Cariri independente

REGIÃO DO CARIRI l DE 25 DE SETEMBRO A 01 DE OUTUBRO DE 2012 l ANO XV l NÚMERO 2553 R$ 1,50

CLIMA DE GUERRA

Ameaças e perseguições marcam campanhas eleitorais do Cariri As campanhas tendem a ficar mais acirradas com a proximidade do dia das eleições. No Cariri, começam a surgir denúncias, ameaças, boatos e até casos de agressões. O clima vai ficando tenso e os eleitores, todos os dias, se deparam com informações sobre as condutas de candidatos neste sentido. Em Barbalha e

Juazeiro, atos violentos já foram denunciados. No Crato, um candidato a vereador sofreu tentativa de homicídio. Até um promotor de Justiça foi perseguido e pediu proteção à Polícia Federal. A cidade de Nova Olinda recebeu reforço policial antecipado por conta do clima tenso.

3

COGERH

Pesquisa confirma excesso de metais pesados em poços A pesquisa da Cogerh, que revelou alto índice de materiais pesados em poços caririenses - informação antecipada pelo JC na edição do dia 21 de agosto - foi concluída e aponta uma quantidade de 615,1 mg no Aqüífero do Cariri, quando o limite permitido é de 200 mg. Enquanto o nível de contaminação de poços da Bacia Sedimentar do Araripe é considerado alto, o volume de água potável nos reservatórios está em baixa.

4

PADARIAS ESPIRITUAIS

EMPREENDEDOR INDIVIDUAL

Livros serão doados a bibliotecas públicas

Seis mil pequenos negócios formalizados de 2009 a 2012

O programa Padarias Espirituais envia quatro carretas com livros para bibliotecas de vários municípios do Cariri. O objetivo, segundo o seu idealizador Elmano Rodrigues, é estender a distribuição para as 184 cidades cearenses. Os livros são doados por editoras, fundações, escolas, gráficas e ministérios em Brasília. O projeto já mandou para o Ceará quase 70 mil livros.

A Região Metropolitana do Cariri fortalece seu parque industrial, principalmente no eixo Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha. A abertura de novos postos de trabalho e o aumento do poder aquisitivo da população geram o crescimento no índice de abertura das pequenas empresas. De acordo com o Sebrae, o programa Empreendedor Individual já formalizou mais de seis mil pequenos negócios, entre setembro de 2009 a 31 de agosto de 2012.

4

5

GREVE

ENTREVISTA

CULTURA

Bancos e Correios reivindicam melhorias salariais e de trabalho

VozesdoCariri Amarílio Carvalho, o Crato do conhecimento e da simplicidade 6

Mostra reúne grupos independentes em Juazeiro

Na mesma semana, agências bancárias e dos Correios em Juazeiro do Norte, Barbalha e Crato deflagraram greve, por tempo indeterminado. As categorias reivindicam reajuste salarial, contratação de profissionais e reforços na segurança dos postos de atendimento.

4

Serena Morais

CONSCIENTIZAÇÃO

Ações educativas pretendem tornar o trânsito mais seguro No Cariri, a Semana Nacional do Trânsito mobiliza instituições e departamentos de trânsito, no combate às imprudências nas vias públicas. Blitzes educativas, palestras e simulações de acidentes visam conscientizar à população, reduzindo o índice de acidentes na região.

4

SAÚDE

n Panfletos de campanha orientam sobre riscos de uso do celular ao volante

Médicos alertam para aumento do número de crianças obesas 5

n Nathalia Ferro é destaque na cena independente no Maranhão

Artistas nordestinos e nacionais se reúnem, durante 10 dias de programação, na VI Mostra da Canção Brasileira Independente, realizada de 18 a 29 de setembro. Idealizado pelo Centro Cultural Banco do Nordeste do Brasil (CCBNB), o evento gratuito conta com o lançamento do livro do cantor paraibano Chico César, Rio Sou Francisco.

7

Destaques da programação de 25 a 30 de setembro de 2012. Dia 25, terça-feira. VI MOSTRA DA CANÇÃO BRASILEIRA INDEPENDENTE 19h30 - Rio Sou Francisco Lançamento do Livro, com Chico César-PB. Dia 26, quarta-feira. VI MOSTRA DA CANÇÃO BRASILEIRA

INDEPENDENTE 19h30 - The Bagios-SE. Dia 27, quinta-feira. VI MOSTRA DA CANÇÃO BRASILEIRA INDEPENDENTE 19h30 - Eek-AL. Dia 28, sexta-feira. CONVERSAS FILOSÓFICAS

19h00 - A Destruição dos Valores na Pós-modernidade Prof. Tolove - Universidade Regional do Cariri-URCA - Crato-CE. VI MOSTRA DA CANÇÃO BRASILEIRA INDEPENDENTE 19h30 - Fepaschoal-ES. Dia 29, sábado.

Acesse e veja a programação completa:

www.bnb.gov.br/cultura

VI MOSTRA DA CANÇÃO BRASILEIRA INDEPENDENTE 19h00 - O Jardim das Horas-CE. Dia 30, domingo. CURSO DE FORMAÇÃO ARTÍSTICA Local: Teatro Marquise Branca Av. Pe. Cícero, s/n. 14h00 - Diálogo das Artes -

Direção Musical: Flauberto Gomes. Direção Coreográfica: Jussyanne Emídio. Direção Geral: Márcio Rodrigues.


Opinião 2

REGIÃO DO CARIRI(CE), DE 25 DE SETEMBRO A 01 DE OUTUBRO DE 2012

Editorial GANGSTERS E CRIMINOSOS ATERRORIZAM AS ELEIÇÕES

Há duas semanas das eleições municipais, os ânimos se acirram em todo o Cariri. A disputa por um mandato eletivo, na maior parte do país, ainda se reveste de elementos patrimonialistas. A detenção do poder é a maneira pela qual um grupo político pode “alimentar” seus partidários e correligionários. São verbas, licitações, empregos, repasses a organizações não governamentais – ONG’s e toda a sorte de mecanismos indiretos de loteamento do Estado por grupos. Mais que um projeto de transformação da realidade social, a guerra das eleições é o pano de fundo para um “projeto de poder”, que mobiliza segmentos importantes da sociedade. A realidade é ainda mais dramática nos municípios do interior e naqueles mais pobres. A prefeitura é a única “empresa pública e privada” de muitas dessas unidades. Sua detenção assegura a continuidade de fluxos de pagamento e de dinheiro. Não é sem razão que os “sinais exteriores de riqueza” estão sempre associados a os ocupantes de cargos eletivos. A triste constatação da falência e das misérias de nosso sistema político está na observação de como evolui o patrimônio de certos políticos. De ca-

sas humildes, eles passam a ocupar mansões. De carros modestos, eles se convertem em usuários de grandes automotivos importados. De viagens a Fortaleza, eles começam a freqüentar a rota internacional. Homens e mulheres humildes, alguns com profissões braçais, outros com ocupações no serviço público, em pouco tem se transmud am em pequenos milionários. O luxo, a riqueza e o “status” que a ocupação do poder propiciam estão na raiz de muitos comportamentos criminosos que se observam nas eleições. Nesta edição, o Jornal do Cariri descreve as ações de bandidos encapuzados, à semelhança dos “gangsters” de filmes norte-americanos, que ameaçam de morte – quando não chegam perto de matar – as pessoas, apenas por conta de serem adversários políticos. A violência nas eleições aproxima as disputas partidárias pelo poder político às guerras de traficantes por espaços de distribuição da droga nos morros das grandes cidades brasileiras. Não há diferença entre métodos e objetivos. Existe apenas a distinção de fins: no morro,

as drogas; na política, o poder. A despeito disso, na população, fica a ideia de que a Política, como um todo, não passa de uma “droga”. Esse alheamento dos homens de bem, que se afastam do processo político-partidário, é uma crescente no Brasil. Salvo honrosas exceções, desde a Redemocratização, em 1985, é cada vez maior o número de pessoas com bons propósitos e notório desinteresse econômico que se isolam e não tomam parte na vida partidária. A introdução dos filtros legais, como a Lei da Ficha Limpa, foi a culminância dessa curva. O número de mafiosos, criminosos condenados e de pessoas com notória fama de administradores ímprobos cresceu a tal ponto que, por iniciativa popular, foi necessária a aprovação de uma lei que os barrasse da vida política. Esse é apenas um primeiro e importante passo em direção à moralização dos costumes políticos no Brasil. Bem se vê, contudo, que não foi suficiente. Os crimes descritos nesta edição do JC põem luz sobre uma face oculta das eleições no Brasil e, de modo particular, em regiões do interior do Nordeste.

CHARGE

LIMPEZA PÚBLICA URBANA

A GREVE DOS DEFENSORES PÚBLICOS DO CEARÁ A Constituição Federal de 1988 (Lei maior do Estado brasileiro) instituiu a Defensoria Pública como forma de garantir o exercício da plena cidadania às pessoas necessitadas, classificando-a como essencial à função jurisdicional do Estado, assegurando-a autonomia funcional e administrativa, reconhecendo-a, indubitavelmente, como um patrimônio valioso para a efetivação do Estado Democrático de Direito. Percebe-se, assim, que a Defensoria Pública, diante de sua elevada vocação social, sacramenta um dos mais belos momentos da democracia brasileira: o direito à Lei. Nesta senda, temos que a inexistência desta instituição pode significar a inexistência da Justiça, culminando, portanto, no cerceamento ao direito sagrado à Lei e à cidadania, impedindo o tratamento isonômico prelecionado na Lei maior, bem como a geração de instrumentos em favor da promoção social e da defesa dos direitos humanos, especialmente os das pessoas carentes. Não obstante tamanha significância, o governo do Estado do Ceará vem vilipendiando o comando legal e desprestigiando tão valorosa instituição, fato que levou os Defensores Públicos do Ceará a deflagrarem greve geral no final do mês passado, tendo em vista que apesar de terem buscado diploma-

ticamente uma solução para o impasse, só obtiveram, até o momento, promessas, fato por demais deletério à população carente do Ceará, vez que se vê tolhida no seu direito constitucional de acesso à Justiça. Como servidor do Poder Judiciário cearense, acompanho o dia-a-dia da Defensoria Pública, observando a excelente qualidade empregada no cumprimento de seu ofício, composta por homens e mulheres bem preparados tecnicamente para o exercício da profissão, aprovados em concurso público de alta complexidade e inscritos na Ordem dos Advogados do Brasil – OAB, atuando com responsabilidade e compromisso, apesar do escasso número de Defensores no Ceará (somente 219 em todo o Estado) e da crescente demanda por parte da população. Urge que o governo do Estado do Ceará atenda às reivindicações dos Defensores Públicos, assegurando autonomia plena à instituição, preenchendo os cargos vagos já criados por lei, reclassificando os cargos para se adequarem à nova lei de Organização Judiciária do Ceará, bem como efetivando a adequação constitucional de subsídios, proporcionando uma Defensoria Pública fortalecida e consonante com os ditames legais.

SEXTILHA CIÚME E DESCONFIANÇA BRIGA POR COISA BANAL É PORTA PARA DOENÇAS E SEPARAÇÃO DO CASAL NÃO PODE HAVER EQUILÍBRIO SEM A PAZESPIRITUAL!

Expediente:

Welington Costa

É preciso, ainda, que a população carente tome ciência da atual situação da Defensoria Pública cearense, do escasso número de Defensores, do grande volume de trabalho a que estão submetidos, da disparidade de subsídios com outras categorias, bem como da falta de estrutura adequada para proporcionar um melhor atendimento, afinal são essas pessoas as que amealham prejuízos com tal situação, já que a elas se destinam a Defensoria Pública. Conclamamos nossos legisladores, em quaisquer das esferas, que, como representantes legais do povo cearense, sensibilizem o senhor governador, a fim de que o movimento paredista tenha o seu fim o mais breve possível, com o justo atendimento ao pleito dos Defensores.

Jailson Matos Nobre Técnico Judiciário - TJ/CE Bacharel em Economia e Direito

A limpeza urbana consiste basicamente na coleta, transporte, na destinação e no tratamento dos resíduos sólidos (lixo), gerados nas zonas urbanas. Com o constante aumento das populações e o conseqüente crescimento das cidades, o gerenciamento eficiente dos resíduos sólidos urbanos tornou-se fundamental para o estabelecimento do uso mais racional e sustentável do solo e do meio ambiente. Porém, os agentes poluentes originários do lixo como o chorume, e o gás metano, este último que é 25 vezes mais potente que o gás carbônico na contribuição do efeito estufa. Pois devem ser tratados adequadamente, de modo que se possam reduzir seus efeitos à saúde pública, aos solos, aos recursos hídricos e ao ar. A Constituição Federal Brasileira confere aos municípios a competência de organizar e prestar os serviços públicos de caráter urbano, aí incluídas as tarefas de limpeza pública e disposição final do lixo urbano. Esta prestação de serviço pode ser realizada pelas próprias prefeituras municipais ou ser terceirizada. Neste último caso, as prefeituras são as responsáveis pelo pagamento as empresa prestadoras de serviços, com base no volume de resíduos coletados. Os municípios precisam então, periodicamente, elaborar e revisar projetos para racionalizar os recursos utilizados no

atendimento à demanda pela limpeza da cidade. Observa-se, porém, que na maioria dos municípios da região metropolitana do cariri, o problema não é tratado de forma apropriada. Não se vêem projetos bem elaborados por partes das secretarias de meio ambiente ou departamentos ligados a outras secretarias, que trabalhe a gestão da limpeza urbana, muitas delas sequer possuem quadros técnicos gabaritados para atuarem. Com base no exposto, o resultado disso é o quadro que se vê atualmente nas cidades da região metropolitana do cariri; a proliferação de lixões, monturos poluentes, e a má utilização dos recursos financeiros no pagamento de serviços de limpeza urbana. Pois o aterro sanitário consorciado com as principais cidades, é forma mais viável de destinação dos resíduos sólidos urbanos, ou seja, é preciso também criar usinas de triagem e reciclagem, porém o que vai para o aterro sanitário é o conhecido rejeito aquilo que não pode ser reciclado ou aproveitado.

Cícero Thiago Ribeiro Professor, Ambientalista e Agente de Saúde Pública

CARTA Praças de Juazeiro estão passando por reformas, onde o objetivo é proporcionar mais qualidade de vida à população. A intenção é boa e posso até dizer que está dando certo, em partes. As reformas atraem mais pessoas, que as frequentam como um local de lazer ou para praticar atividades. Mas os mesmos espaços estão servindo também como praças de alimentação, com mesas e cadeiras espalhadas, deformando, dessa forma, a real utilidade das mesmas. Serão elas simplesmente transformadas em pontos de comércio?

Naildo Santos, Juazeiro do Norte Envie sua carta para jornaldocariri@jornaldocariri.com.br e dê sua opinião faça sua sugestão, uma crítica. Esse espaço é aberto para você, caro leitor. Diretor-presidente: Donizete Arruda

Diretora de Redação: Jaqueline Freitas

Diretoria Jurídica: Vicente Aquino

Conselho Editorial: Geraldo Menezes Barbosa | Francisco Huberto Esmeraldo Cabral | Napoleão Tavares Neves e Monsenhor Gonçalo Farias Filho

O periódico do Cariri independente Fundado em 5 de setembro de 1997 O Jornal do Cariri é uma publicação da EDITORA E GRÁFICA CEARACOM LTDA CNPJ: 15.915.244/0001-71

Fale conosco

Administração e Redação: Rua Pio X, 448 - Bairro Salesianos - CEP: 63050-020 - Juazeiro do Norte – Ceará - Fone (88) 3511.2457 Sucursal Fortaleza: Rua Coronel Alves Teixeira, 1905, sala 05, Telefone: 085.3462.2607 - Celular: 085.9161.7466 Sucursal Brasília: Edifício Empire Center, Setor Comercial Sul, Sala 307, Brasília-DF Os artigos assinados são de responsabilidade dos seus autores

Redação w cidades@jornaldocariri.com.br w policia@jornaldocariri.com.br w politica@jornaldocariri.com.br w redacao@jornaldocariri.com.br Departamento Comercial w comercial@jornaldocariri.com.br | Geral w jornaldocariri@jornaldocariri.com.br


Política 3

REGIÃO DO CARIRI(CE), DE 25 DE SETEMBRO A 01 DE OUTUBRO DE 2012

DONIZETE ARRUDA

E

Política

Santana muda estratégia na TV

Muda tudo nos programas de televisão do prefeito Manoel Santana. A partir de agora, serão mostradas denúncias envolvendo o candidato Raimundo Macedo e coordenador geral de campanha, seu filho Mauro Macedo. A decisão de bater em Raimundão foi decidida pelo comando da campanha de Santana após amplo debate, onde o pano de fundo foi uma pesquisa do Instituto Zaytech, de Fortaleza. Nessa enquete, veio a boa notícia para Santana: sua aprovação superou a desaprovação em Juazeiro do Norte. Fortalecido junto ao eleitorado, Santana se sente à vontade para fazer cobranças públicas de Raimundão.

Patrimônio é um primeiros dos alvos

Uma das denúncias que o programa de Santana levará ao ar é em relação às contradições do patrimônio do candidato Raimundo Macedo. Junto ao TSE, declarou, este ano, dispor de um patrimônio de R$ 1.005.103,78. Mas, há documentos em poder do PT onde Raimundão deu garantias superiores a R$ 110 milhões ao Banco do Nordeste para conseguir um empréstimo para a construção do Shoping Juazeiro. Evidente que Raimundão tem todas as explicações que esclarecerão não haver irregularidades entre seus bens declarados à Justiça Eleitoral e os bens dados em garantia a um empréstimo bancário por uma empresa onde ele é sócio.

Crise entre PT e PSB em Missão Velha

O esforço do secretário de Cidades, Camilo Santana, para assegurar vitórias ao PT no Cariri é tão grande que até criou uma crise na cidade de Missão Velha. Lá, declarou que o governador Cid apoiava a candidatura do petista Tardine Pinheiro, que concorre com Washington Fechine, do PSB. O Palácio Abolição desmentiu essa informação, pois Cid não poderia ser contra um candidato de seu partido. É também verdade que o governador tem simpatia por Camilo e seus aliados.

Camilo nega temer virada em Barbalha

Atento aos movimentos eleitorais em Barbalha, o secretário Camilo Santana intensificou suas visitas às casas e aumentou sua presença na cidade. Tudo para reforçar a campanha à reeleição do prefeito Zé Leite e impedir uma virada de Argemiro Sampaio. É só o que se fala no Município do candidato de oposição. Camilo faz troça dessa conversa e garante que Zé Leite está bem, com ampla vantagem nas pesquisas eleitorais internas contratadas pelo PT.

Eleições bem disputadas no Cariri

O acirramento virou a tônica desta reta final em vários municípios do Cariri onde não há favoritismo entre os candidatos que concorrem às eleições de 7 de outubro. Nessa situação, se encontram, pelo menos, cinco cidades: Caririaçu – João Marcos(15) e Acácio Leite(40), Missão Velha – Tardine(13) e Washington(40), Jardim – Analeda Luz(15) e Cremilda Sampaio(55), Assaré – Cícero Paiva(55) e Samuel Freire(13) , Campos Sales – Moésio Loiola(55) e Major Herman(14). Onde o ambiente é eleitoral estaria mais tranqüilo seria em Milagres e em Brejo Santo. Nos dois municípios, há favoritismo claro de um candidato.

Problemas para quem não fez o certo

A Operação Quadrilha, que apura Irregularidades identificadas com desvios de recursos do Juá forró 2008 durante a administração do então prefeito Raimundo Macedo, geraram a abertura de um inquérito civil público. A verba de R$ 900 mil oriunda do Ministério do Turismo foi auditada pelo TCU que apurou desvios. Tanto que houve a denúncia ao Ministério Público Federal e Polícia Federal. A Justiça Federal determinou a indisponibilidade dos bens de Raimundão, Mauro Macedo, Jota Rodrigues e outros envolvidos no caso. O sigilo fiscal, bancário e telefônico de todos os envolvidos, mais os documentos apreendidos, serão a base da ação civil de improbidade administrativa, além do seu respectivo envio para o Tribunal de Contas da União (TCU), Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), Ministérios Publico Estadual (MPE), Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público Eleitoral (MPE)e Procuradoria Geral da Republica (PGR), para que seja feita uma análise e se apure a participação do deputado Raimundo Macedo.

Disse me disse... • Senador Eunício Oliveira participou da caminhada de Raimundão no sábado, 22, e saiu empolgado de Juazeiro. Declarou que o PMDB sai forte no Cariri nas eleições deste ano. • Ativistas da coligação “A Barbalha é do Povo”, cujo candidato a prefeito é Argemiro Sampaio, foram agredidos na terça-feira,18, enquanto distribuíam panfletos assinados pela coligação no bairro do Rosário. • Deputado José Guimarães (PT) trouxe o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, para reforçar campanha do prefeito Santana, e ainda articula a vinda de Lula. • Se Lula vier para Fortaleza para o palanque de Elmano Freitas, se deslocará de jatinho até Juazeiro. • Após o TRE indeferir a candidatura de Francisco Luiz Mendes(PTB), o Titico, ele decidiu renunciar e lançar o nome de sua esposa Antonia Alizandra Gomes, para prefeita de Potengi. • Mas, Alizandra ainda enfrentará uma dificuldade: ela tem duas notas de improbidade relativas ao período em que foi gestora do Fundo de Educação do Município de Campos Sales. • Desculpe a ignorância, agora vai pegar fogo a campanha eleitoral em Juazeiro do Norte?

>

L >

>

E >

>

I

>

Ç

Õ

E

>

>

>

S

>

RETA FINAL

Campanha tensa no Cariri

O

s últimos dias de campanha eleitoral nas cidades do Cariri têm sido marcados por denúncias, ameaças e até agressões. Em Barbalha, ativistas da coligação “A Barbalha é do Povo” distribuíam panfletos nas ruas do bairro do Rosário, quando foram perseguidos e agredidos, na última terça-feira (18). Um Boletim de Ocorrência foi registrado na Delegacia de Polícia, dando conta que dois jovens foram abordados por quatro homens armados, em um Fiat Uno de cor preta, quando distribuíam um panfleto com informações sobre a evolução patrimonial do atual prefeito da cidade José Leite (PT). De acordo com os membros da coligação, os ativistas foram intimidados por homens encapuzados. “Eles desceram do carro ameaçando com uma pistola ‘ponto 40’, e deram uma coronhada na cabeça de um dos ativistas. Depois, furaram os pneus das motos que eles andavam”, relata um dos membros da coligação. Para o candidato Argemiro Sampaio (PPS), a motivação foi o conteúdo do panfleto, que detalha, baseado na declaração de bens feita por Zé Leite, o crescimento do seu patrimônio para mais de

R$ 1 milhão, em apenas três anos. A publicação questiona, ainda, o fato de o prefeito estar sempre investindo dinheiro fora do município, já que todos os imóveis declarados pelo prefeito à Receita estão localizados em Fortaleza. A reportagem tentou contato com o prefeito Zé Leite por telefone, mas o mesmo não atendeu as ligações. O Partido dos Trabalhadores de Barbalha contesta a versão da Coligação adversária e garante não ter participação nas ameaças. Em Juazeiro um caso de agressão também foi denunciado na Polícia. Na madrugada de sexta-feira (21), militantes do candidato Raimundo Macedo, teriam agredido um casal de militantes do partido adversário. Segundo a denúncia, pessoas que estavam arrancando adesivos do candidato Santana nas ruas de Juazeiro, ao perceberem que estavam sendo fotografados, partiram para a agressão. No Crato, já houve até tentativa de homicídio a candidato a vereador. O PM Francisco Pereira Anastácio foi a vítima. De acordo com informações da Companhia de Policiamento do Interior (CPI), o militar estava acompanhado por dois amigos, quando homens efetuaram disparos na direção dos três. O cabo não foi atingido, mas os dois amigos

sofrerem ferimentos. O crime está sendo investigado pela delegacia do Crato.

irregularidades. O fato foi levado ao conhecimento da Polícia Federal.

Promotor perseguido

Reforço Policial em Nova Olinda

Até membros da justiça estão sofrendo represálias. O promotor José Carlos Félix pediu proteção policial, pois estava sendo vítima de perseguição, por conta de algumas decisões judiciais relativas ao período eleitoral. O agente ministerial foi alvo de perseguição por pessoas que utilizaram motocicleta entre as cidades de Crato e Juazeiro do Norte. O indicativo é que a ocorrência teria relação com o processo eleitoral em curso, no qual o referido promotor de justiça vem se destacando na atuação de combate a

Em cidades de pequeno porte, o acirramento eleitoral é até mais forte que em municípios de médios e grandes portes. Em Nova Olinda, tem sido constantes as denúncias de excessos. Já houve tentativa de destruição de comitê, acusações de títulos falsos, tentativa de agressão e invasão de reunião política. Foi esse clima tenso que fez com que o Comando Geral da Polícia Militar incluísse Nova Olinda entre os 13 municípios cearenses que já receberam reforços policiais, antecipadamente.

PLANO DE GOVERNO

Ronaldo quer o Crato como referência tecnológica O Plano de Governo do candidato do PMDB a prefeito do Crato, Ronaldo Mattos, possui 15 diretrizes com o objetivo de desenvolver políticas públicas para a educação, esporte, cultura e inclusão social. Meio ambiente, turismo, infraestrutura e habitação também estão no plano. Na saúde, a atenção primária será prioridade, aprimorando e ampliando o Programa de Saúde da Família. Na educação, a qualidade será uma preocupação permanente, com incentivo à capacitação do corpo docente, ampliação da rede de equipamentos de educação e a busca de parcerias para a educação profissionalizante. O plano promete o desenvolvimento social através da prática de esportes e ati-

n Ronaldo Mattos (PMDB)

vidades físicas para todas as idades, com incentivo a pratica dos esportes olímpicos e dos esportes de aventura. A recuperação do Estádio Mirandão e a busca de fomento e parcerias para implantação de uma Vila Olímpica.

O segmento da Cultura prevê a criação de uma agenda cultural permanente, com participação dos agentes culturais e universidades. O fortalecimento das parcerias, quer sejam entes públicos ou privados, que atuem não só no contexto municipal, como na região do Cariri e no Estado. E a inclusão do Crato no Programa de Economia Criativa, do Ministério da Cultura. Educação ambiental será também uma meta a realizar, valorizando a Floresta Nacional do Araripe e o Geopark. Além da universalização do sistema de Saneamento Básico em toda a sede municipal e nos distritos, notadamente nas vilas e bairros da periferia. A melhoria e ampliação da acessibilidade do sistema

viário e a drenagem urbana será um atributo obrigatório de qualificação da infraestrutura urbana, assim como a gestão de resíduos sólidos. Transformar o Crato numa referência tecnológica é uma das maiores pretensões do plano de metas e um dos projetos de maior viabilidade de implantação, a curto e médio prazo, para dinamização do ambiente empreendedor na sede urbana municipal, transformando partes da área central da cidade em um porto digital, com rede de transmissão de alta velocidade, de forma a incentivar o aparecimento de núcleos de empreendedorismo vinculados a estes temas. O Plano dá destaque ainda ao Turismo ecológico e a modernização administrativa.

APOIADORES EM JUAZEIRO

Santana com Padilha e Raimundão com Eunício Mirelly Morais Os últimos dias de campanha eleitoral têm sido movimentados em Juazeiro, com grandes carreatas, passeatas e comícios. Os candidatos apostam na força dos seus cabos eleitorais, mas também convocam líderes maiores para demonstrarem apoio partidário em nível nacional. No último sábado (22) estiveram em Juazeiro, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha (PT), que gravou programa eleitoral com o candidato do seu partido Manoel Santana, e o senador Eunício Oliveira (PMDB), que participou de caminhada ao lado de Raimundo Macedo. O ministro da Saúde, Alexandre Padilha veio a Juazeiro para demonstrar o apoio nacional do PT à reeleição do prefeito Santana. “Essa eleição é fundamental e viemos aqui

para ajudar nesta virada que já está acontecendo em Juazeiro”. De acordo com ele, a campanha de Santana tem grande representatividade para o Partido dos Trabalhadores e é importante a sua reeleição para a continuidade dos projetos que desenvolve em parceria com o Governo Federal. “Eu vim aqui para apoiar o meu companheiro e amigo Santana, aliado de primeira hora do ex-presidente Lula e da presidenta Dilma, nessa eleição que é muito importante para nós, para que se dê continuidade ao começo da obra que iniciamos aqui há três anos”, ressaltou Padilha. O ministro manifestou ainda “certeza de que o povo de Juazeiro dará mais quatro anos para continuar a obra do governo petista. “Fizemos muitos investimentos na área da saúde e em todas as ações do primeiro mandato do

governo Santana”, lembra. Para Padilha, “ninguém muda uma cidade em apenas quatro anos. Então, precisamos dar mais quatro anos para Santana concluir o trabalho iniciado em Juazeiro”, reforça.

Samu até o final do ano

n Ministro Padilha e Manoel Santana

A garantia do ministro é de que até o final deste ano, as ambulâncias que atenderão a área do Samu Regional do Cariri devam chegar. “Aquilo que cabia à Prefeitura foi feito: arrumar um espaço para ser a Central de Regulação. O Ministério da Saúde já providenciou as ambulâncias, que estão sendo fabricadas em São Paulo e a fábrica garantiu que nos entrega até o final do ano. Aá, instalaremos o Samu Regional em Juazeiro”, prometeu Padilha.


Cidades 4

REGIÃO DO CARIRI(CE), DE 25 DE SETEMBRO A 01 DE OUTUBRO DE 2012

PESQUISA COGERH

Além da contaminação, redução de água potável é preocupante

A

pesquisa de Monitoramento da Bacia do Araripe, realizada pela Cogerh, indicando o excesso de alumínio no Aquífero do Cariri - que teve divulgação antecipada pelo Jornal do Cariri, em 21 de agosto de 2012 - foi concluída e confirma que o alumínio ultrapassa, três vezes mais, a quantidade ‘permitida’ pelo Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama). Segundo a pesquisa, o limite desse metal é de 200 mg, mas a quantidade encontrada é 615,1mg. Além dele, o Bário, Chumbo, Betex (proveniente da vazão dos tanques de combustíveis), nitrito e nitrato (resultantes de esgotos domésticos) compõem a lista dos poluidores do Aquífero. De acordo com a geóloga Claire Anne, a contaminação coloca em risco a saúde e a vida das pessoas. “A água que contém nitrato, mesmo que tratada com cloro, não é saudável. Quando essas sustâncias são misturadas, surge

uma nova: o organoclorado. Ela causa câncer de estômago quando ingerido em doses diárias”, explica. A ambientalista elucida que as principiais causas da poluição são as faltas de saneamento básico e aterro sanitário adequados na Região. “Em Juazeiro, 70% da cidade tem esgoto, mas apenas 30% da população estão ligadas a rede. No Crato, as casas estão interligadas, mas não têm emissários para levar os dejetos à estação de tratamento”. Ainda segundo Claire Anne, depois dos resultados, a Cogerh, em parcerias com outros órgãos, está trabalhando para monitoramento do nível de contaminação e qualidade dos poços. “Essa região passou a ser de interesse nacional. Agora, os poços estão monitorados 24h, por aparelhos ‘Datallger’. Além disso, outras ações estão sendo tomadas para coibir o crescimento de contaminação e a secagem dos poços”, finaliza.

Arquivo Pesquisa Cogehr

n Cogerh confirma excesso de metais pesados em poços

Greve fecha 22 agências bancárias no Crajubar Serena Morais

Amanda Salustiano Os bancos de Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha paralisaram suas atividades, em decorrência da greve nacional, deflagrada por tempo indeterminado, desde o último dia 18. Segundo o diretor administrativo do Sindicato dos Bancários do Ceará (SEEB), Reginaldo Soares, das 22 agências públicas e privadas que fecharam, apenas o auto-atendimento está funcionando. O sindicalista explica que a greve, que ocorre sempre no mês de setembro, apresenta sua pauta de

n 22 agências bancárias estão fechadas

reivindicações com antecedência para os banqueiros. “Este ano, ela foi entregue no dia 1° de agosto, mas não tivemos respostas satisfatórias e a paralisação foi detonada”, declara. Entre as principais reivindicações da categoria estão o reajuste salarial de 10,25%, o fim das metas “abusivas”, mais seguranças nos postos de trabalho, o aumento da cesta-alimentação e a participação nos lucros dos bancos. “Essa greve, também, busca benefícios para a população. Quando pedimos mais contratações é para que haja

redução nas filas dos bancos. E quando solicitarmos reforço na segurança é para que todos do sistema financeiro sejam assegurados”, salienta o diretor. O fim da greve dependerá da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT). “No primeiro semestre deste ano, os seis maiores bancos do País lucraram R$ 25 bilhões. Um bancário que reivindica 10,25%, não era nem para haver discussão. Muito menos chegar a esse ponto de greve”, conclui Reginaldo Soares.

Correios aderem Além dos bancos, as agências dos Correios também entraram em greve, no último dia 19. A categoria reivindica aumento salarial de 43,7%, novas contratações, extensão do plano de saúde e mais segurança nos postos dos Correios, em todo o Ceará. A assessoria de imprensa dos Correios informou, em nota, que apesar da adesão dos funcionários à greve, as agências, localizadas no Cariri, estão abertas e seus serviços continuaram funcionando.

Demutrans promovem conscientização sobre trânsito seguro

Serena Morais

Ingrid Monteiro Álcool, excesso de velocidade e o uso de aparelho celular são as principais causas de acidente de trânsito, na região do Cariri. De 18 a 25 de setembro, os Departamentos Municipais de Trânsito das cidades de Juazeiro do Norte e Crato intensificam trabalhos e ações educativas e sociais, durante a Semana Nacional do Trânsito. No Cariri, o crescente número de acidentes chama a atenção de autoridades e da população. Durante a semana dedicada ao combate às imprudências nas vias públicas, a parceria entre Demutrans, Corpo de Bombeiros, Serviço Nacional de

Aprendizagem Comercial (Senac), Serviço Social do Transporte (Sest) e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat) realiza abordagens a pedestres e condutores, em prol de um trânsito mais seguro. Em Juazeiro do Norte, as atividades iniciaram-se no último dia 18 e seguem até o dia 28. Com os temas “Respeite a vida, dê preferência ao pedestre”, “Utilize o cinto e ganhe um abraço da vida” e “Mantenha as mãos no volante”, a campanha conta com a realização de blitzes educativas, simulações de acidentes, palestras direcionadas aos condutores e atendimentos de saúde, como aplicação de flúor, massagem terapêutica

e teste de glicemia. De acordo com o gerente de educação para o trânsito do Demutran de Juazeiro, Demontier Alves Júnior, cerca de 50% dos acidentes envolvem motocicletas. “Este índice chega a aproximadamente 80%, pois em muitos casos, os condutores não acionam os agentes de trânsito, temendo a fiscalização”, ressalta. Segundo ele, em Juazeiro do Norte, circulam 10 mil motocicletas a mais, em relação aos automóveis. A agente de trânsito do Demutran de Juazeiro e instrutora do Sest/ Senat, Ronize Ribeiro Bezerra, afirma que houve um aumento significativo na frota de veí-

culos na região do Cariri, nos últimos anos. “Em sete anos, ocorreu um aumento de 130% no número de veículos. Temos o desafio de acompanhar este desenvolvimento, a fim de conseguirmos reduzir o número de vítimas no trânsito”, enfatiza.

Resgate Segundo o capitão Vieira Júnior, do Corpo de Bombeiros de Juazeiro, a unidade atende, em média, sete ocorrências de acidentes por dia, em Juazeiro do Norte. “A principal causa continua sendo o consumo de álcool e o uso de celular ao volante. Os motociclistas não se atentam em usar o capacete e colocam suas vidas em risco”, finaliza.

n Departamentos de Trânsito intensificam campanha em Juazeiro e Crato

Bibliotecas públicas serão fortalecidas com doação de livros Wilson Rodrigues Quatro carretas de livros estão chegando ao Cariri para distribuição nas bibliotecas públicas dos municípios de Farias Brito, Antonia do Norte, Potengí, Missão Velha, Barbalha, Juazeiro do Norte, Aurora, Várzea Alegre e Nova Olinda. São obras literárias, científicas e artísticas, dos mais diferen-

tes escritores brasileiros, que vão enriquecer o conhecimento e despertar a curiosidade pela leitura de centenas de estudantes da Região. A doação faz parte do projeto “Padarias Espirituais”, idealizado e executado pelo caririense radicado em Brasília, Elmano Rodrigues, que já enviou mais de 70 mil títulos às escolas e bibliotecas publicas do Ceará, nos

últimos 20 anos. A última remessa para o Cariri, de 15 mil livros, aconteceu em 2010. Os exemplares foram entregues na biblioteca da Universidade Regional do Cariri (Urca) e no Instituto Cultural do Cariri (ICC). Foram livros de enfermagem, proteção ambiental, sociologia, direitos humanos, relações internacionais e histórias políticas. “A dificuldade é muito gran-

de para trazer esses livros até o Cariri, distante quase dois mil quilômetros de Brasília. Faço esse trabalho com dinheiro do meu bolso, dividindo meu salário e tenho-o como uma idéia de vida. Poucas são as prefeituras que me ajudam, as maiores contribuições que recebo vêm de empresas privadas e de pessoas apaixonadas por livros, assim como eu”, revela.

Os livros doados são novos ou em perfeito estado de conservação. Coletados junto ás editoras, fundações, ministérios, gráficas e escolas em Brasília. Para o município de Farias Brito, a Biblioteca Nacional fez a doação de dez mil livros. A maioria é da área de direito penal, constitucional, tributário, civil. Mais mil títulos da literatura inglesa, doados

pela Embaixada do Brasil na Inglaterra, servirão de grande suporte informacional para as comunidades de Cariutaba, Quincuncá, Nova Betânia, Umari, Carás, Monte Pio, Lamaju, Lambedouro e Barreiro do Jorge, onde estão sendo instaladas as bibliotecas. Segundo Elmano, o objetivo é estender a rede de distribuição de livros em todo o interior do Ceará.


Cidades Política 5

REGIÃO DO CARIRI(CE), DE 25 DE SETEMBRO A 01 DE OUTUBRO DE 2012

NEGÓCIOS

Pequenos empreendedores reforçam economia caririense Wilson Rodrigues

A

Região Metropolitana do Cariri (RMC) projeta-se como a terra das oportunidades para quem deseja investir e crescer. Privilegiada por uma natureza exuberante, condições climáticas favoráveis e localização estratégica, a região apresenta-se com novas potencialidades para bons negócios. Estão em alta, setores como a fruticultura, piscicultura, caprinocultura, apicultura, ecoturismo e agropecuária. Os investidores recebem incentivos fiscais e linhas de financiamentos com taxas adequadas, desenhadas para atender a empreendimentos de todos os portes. É no triangulo Crajubar onde está o maior número de empresas de grande porte, principalmente dos ramos calçadista, alimentício e vestuário. Mas é nas pequenas empresas onde está centrada a força dos negócios dentro e fora da Região Metropolitana do Cariri. De acordo com informações de Ana Carla Luna, analista técnica do escritório regional do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), entre setembro de 2009 a 31 de agosto de 2012, foram formalizadas 6.086 pequenas empresas, em 26 municípios caririenses, através do programa Empreendedor Individual. Juazeiro tem 2.872 formalizações, seguidas de Crato

n Mais de seis mil pequenas empresas foram formalizadas na Região

(1.126) e Barbalha ( 369). A chefe regional do Sebrae/Cariri, Tânia Porto acredita que o impacto desses pequenos empreendedores na economia é bastante expressivo pelo fato de estarem legalizados, com condições de ingressar no mundo dos negócios e, com

isto, aumentar seu faturamento. “Cada pequeno empreendedor pode empregar uma pessoa, o que significa dizer que são dois postos de trabalho oferecidos por cada uma dessas unidades, inclusive com carteira assinada”. A estimativa é de que os novos empreendedores pode-

rão oferecer mais de 12 mil postos de trabalho, em toda região caririense. Para o secretário do Desenvolvimento Econômico do Crato, Duda Alencar, o Cariri já sente os reflexos positivos da atuação dessas empresas, no tocante a economia regional. Expli-

cou que, antes, esses trabalhadores não podiam fazer maiores transações comerciais, por falta de personalidade jurídica. “Agora, com a obtenção do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), eles estão apitos a trabalhar no mercado, inclusive fazer negócios com

os órgãos públicos, como prefeituras e câmaras de vereadores”, concluiu o Secretário. Fora do triângulo Crajubar, a cidade da RMC que mais formalizou pequenas empresas foi Aurora, com 136 novos empreendedores individuais.

Receita notifica e débitos devem ser quitados em um mês Joaquim Júnior Empresas e pessoas físicas serão notificadas e terão até 30 dias para quitar seus débitos junto à Receita Federal e à Procuradoria Geral da Fazenda Nacional. No Centro-Sul cearense, são 317 empresas e pessoas físicas que, anteriormente beneficiadas pelo “Refis da Crise”, agora têm dívidas que somam R$ 5,6 milhões. Já no Simples Nacional, que tem 4,3 mi-

lhões de empresas inscritas pelo país, possui 441.150 devedoras. Só em Juazeiro do Norte, cerca de 1.347 empresas e pessoas físicas deverão receber correspondência informando seus débitos. Nesta fase de cobrança, serão convidados a pagar suas dívidas os contribuintes e empresas que estavam em situações mais favorecidas para pagar seus impostos, desde sua adesão ao “Refis da Crise”, no ano de 2009. Os

devedores puderam parcelar sua dívida, de acordo com a Lei n°11.941/2009, recebendo um desconto de 90% dos juros e 40% da multa para realizar seus pagamentos a partir de novembro do mesmo ano. As empresas e pessoas físicas inadimplentes, em ao menos uma destas parcelas, deverão agora quitá-las, sob implicação de cobrança de valor integral da dívida. Sem benefícios para aquelas que não as efetuem. Segun-

do Vitor Casimiro, auditor fiscal da Receita Federal de Juazeiro do Norte, as micro e pequenas empresas que aderiram ao Simples Nacional devem quitar as dívidas agora, para que não percam seus benefícios. O pagamento pode ser à vista ou parcelado. Atualmente todas as empresas, uma vez por mês, informam no site da Receita Federal o seu faturamento mensal e dos últimos doze meses. To-

dos os impostos são calculados, para ser pagos em uma única data. Em seguida são destinados ao Município, ao Estado e ao Governo Federal. De acordo com o auditor, aqueles que não quitarem suas dívidas, no prazo de 30 dias, perderão a oportunidade de fazer o pagamento de forma simplificada. Eles só poderão retornar em 2014, após quitar o débito e fazer nova opção pelo Simples Nacional, durante o ano de

2013. “Em novembro de 2009, foram feitos no Brasil inteiro 487.000 pedidos de parcelamento especial. A dívida parcelada foi de R$ 206 bilhões naquela época. Desses 487 mil pedidos, há, atualmente, 104 mil devedores. A dívida dos inadimplentes que está sendo cobrada no Brasil é R$5,3 bilhões. No Centro-Sul, o valor chega a 5,6 milhões. Esperamos que percebam o quanto é importante e que se regularizem”, finaliza Vitor.

SAÚDE

Obesidade infantil preocupa médicos no Cariri Ingrid Monteiro Em tempos em que as principais formas de diversão de crianças e adolescentes consistem no computador, televisão e videogame, problemas de saúde estão sendo cada vez mais comuns. O consumo excessivo de sal-

gadinhos, refrigerantes e sanduíches proporciona que a grande maioria de jovens seja considerada obesa. No Cariri, o aumento no índice de obesidade infantil preocupa especialistas e familiares. De acordo com a endocrinologista pediátrica, Karizia Tavares, o aumento

de crianças diagnosticadas com obesidade, em Juazeiro do Norte, acompanha as estatísticas a nível nacional e mundial. De acordo com o levantamento realizado pelo Ministério da Saúde, 35% dos meninos e 32% das meninas estão acima do peso, este ano. As estatísticas chamam

ALFARMA, a primeira farmácia de manipulação genuinamente Cratense. Diretora Técnica

Drª Fabiana Pereira Rodovalho Alencar Gomes

Rua Senador Pompeu, Nº 429 - Centro - Crato-CE Fone/Fax (88) 3253.1080

atenção em relação às crianças de cinco a nove anos de idade. Segundo a especialista, existem vários fatores que são determinantes no processo que leva à obesidade. Um dos principais é o sedentarismo. ”A cada 10 crianças que realizamos a avaliação médica, pelo menos a metade já está enquadrada na problemática da obesidade ou sobrepeso, principalmente por conta do estilo de vida”, enfatiza. Ainda segundo Karizia Tavares, a maioria das atividades de lazer das crianças não envolve exercício físico, além do excesso na ingestão de alimentos calóricos em casa ou na escola. “Associa-

da à disposição genética, observamos a forte influência no estilo de vida dos pais, que não praticam esportes e optam em oferecer alimentos mais práticos, porém com baixo valor nutricional”, ressalta.

Doenças precoces Como consequência desses fatores, surgem os problemas de saúde, como diabetes e hipertensão. A endocrinologista pediátrica afirma que essas doenças, características em adultos, se tornam comuns em crianças e adolescentes. “Doenças que poderiam surgir aos 40 ou 50 anos de idades estão atingindo a população jovem, em

níveis perigosos”, alerta. Para a educadora física Jaryna Castro, a melhor forma de solucionar a problemática consiste na prevenção. “É importante que os pais estimulem seus filhos para a prática esportiva regular”, ressalta a personal trainer, que aposta nas atividades lúdicas ao ar livre para atrair as crianças. O estudante Felipe da Costa se esforça. Por duas vezes na semana, ele participa das aulas de natação. O incentivo da irmã, Samara da Costa, é fundamental. “A nossa família possui histórico de obesidade, algo que aumenta a nossa preocupação para que ele tenha um estilo de vida saudável”, finaliza.


6

VozesdoCariri

REGIÃO DO CARIRI(CE), DE 25 DE SETEMBRO A 01 DE OUTUBRO DE 2012

Amarílio Carvalho,

o multiplicador do conhecimento Pr. Jecer Goes Acredito que o homem não precisa militar na vida pública para ajudar no crescimento

Fotos: Serena Morais

de sua cidade. Sinto

que nunca tive vocação para a política.

C

om 90 anos de idade, o cratense Amarílio Carvalho Nobre deixou de ir à escola ainda na adolescência, mas descobriu que o homem inteligente aprende com sofrimentos próprios e alheios. Mesmo tendo estudado pouco nos bancos escolares, ele apaixonou-se pelo jornalismo, tendo seus artigos des-

tacados em jornais do Sul do País. As manifestações culturais foram suas principais fontes de alegrias. Como integrante e um dos fundadores do Grupo Teatral de Amadores Cretenses, fundado em 1942, Amarílio confessa que ali foi uma verdadeira sala de aula. Onde aprendeu valores que, até hoje, usa como exemplos. Uma das suas re-

clamações gira em torno da agressão ao patrimônio histórico do Crato, que segundo ele, foi praticada em nome da modernidade. Amarílio nasceu aos 16 dias do mês de julho do ano de 1922. É filho de Clóvis Carvalho e Virgínia Nobre de Carvalho. Estudou só até o curso primário (hoje ensino fundamental) no Grupo

Escolar do Crato, atualmente Escola de 1º Grau Dom Quintino. Dentre suas atividades profissionais está a de operador de cinema, trabalhando na cabine do Cine Cassino. Exerceu, também, a profissão de tipógrafo na Tipografia Imperial, passando para as oficinas da Gazeta do Cariri, Jornal Ação, Tipografia e Papelaria Cariri.

Jornal do Cariri - Por que o Senhor parou de estudar ainda tão jovem? Amarílio Carvalho – Parei de estudar por conta e riscos próprios, mas nunca deixei de lado a curiosidade pela leitura. Nunca me afastei das letras. Deus foi muito generoso comigo porque, logo que sai da escola, fui trabalhar na Tipografia Imperial, na função de compositor gráfico, fazendo a seleção de letras na formação das palavras. Isso foi muito importante para o aprimoramento dos meus conhecimentos. Foi no desempenhar desta atividade que aprendi a escrever. Eu queria aprender inglês, mas não queria ir a uma escola específica. Na época, na Escola Técnica do Comércio (atualmente Externato 5 de julho), havia um dos mais avançados cursos do gênero. Daí, resolvi assistir às aulas. Não como aluno, mas como ouvinte. Eu ficava, de longe, escutando as explicações do professor e ia mentalizando tudo. Assim, aprendi algumas palavras do idioma. JC - A função de compositor gráfico contribuiu para o nascimento da paixão pelo jornalismo? AC – Sim. Sempre que eu formava uma palavra, era como se fosse uma sementinha semeada dentro de mim. Algo me dizia: um dia escreverei textos para serem publicados nos grandes jornais do País. Ao mesmo tempo, achava aquele sonho extremamente impossível de ser realizado, por não conhecer ninguém de jornais de grande porte. Mas, em 1985, nas minhas andanças a São Paulo - para visitar alguns familiares - conheci os jornalistas do jornal Nas Bancas, que publicaram um artigo meu, intitulado “Chega de Inovação em Matéria de Ensino”. Na publicação, eu fiz um comparativo entre a modernidade da época e o cafona, no que se refere à arte pedagógica. Foi a maior emoção da minha vida, ver aquele jornal com palavras escritas por mim.

JC – Como cratense, qual foi a melhor época política, social, cultural e econômica do Crato? AC – Eu nasci em 1922, até o ano de 1980, em minha opinião, o Crato viveu os seus melhores momentos. Não se falava em drogas, tráfico, pedofilia, corrupção, criminalidade e Aids. No âmbito político, a democracia falava mais alto, era mais respeitada. Na economia, o município tinha muitas indústrias, com geração de emprego a toda hora. Uma agricultura equilibrada, com produção de algodão, mandioca, milho, feijão e arroz em abundância. Na cultura, a juventude da época apreciava os teatros, cinemas, músicas de qualidade. As livrarias e sebos eram cheias de gente comprando livros. Os jornais que chegavam às bancas eram todos vendidos. Um cenário muito diferente dos dias atuais. JC - O senhor sempre foi um homem defensor das coisas do Crato. Por que nunca quis ser político? AC – Olha, uma vez me convidaram para me filiar a um partido político, mas não aceitei. Acredito que o homem não precisa militar na vida pública para ajudar no crescimento de sua cidade. Sinto que nunca tive vocação para a política. Sequer escrevi sobre tal tema. Participo do processo como mero eleitor, pois nunca deixei de votar.

JC – Quais são suas paixões e preferências? AC – Gosto muito da literatura de cordel, inclusive já escrevi alguns versos. Mas a minha primeira paixão, e sei que essa vai comigo até a minha última viagem, é o Vasco da Gama, do Rio de Janeiro. Sou torcedor fervoroso. Outros amores da minha vida são cinema, teatro, esporte em geral e músicas. Sou fã incondicional de Orlando Silva, Aracy de Almeida, Elvis Presley e Vanderlea. Guardo, com carinho e bastante zelo, alguns discos de vinil de meus ídolos. JC – Como homem defensor da cultura e dos bons costumes, o que lhe causa decepção no Crato? AC –

Estou decepcionado com a troca desnecessária dos nomes primitivos das ruas. Eles poderiam ser mantidos, pelo simples fato de fazerem parte da história da cidade. Essas novas denominações deveriam ser dadas as ruas que fossem surgindo com o crescimento urbanístico. Mas o que estão fazendo é uma agressão ao nosso patrimônio histórico. O pior de tudo é saber que as instituições de ensino são omissas e que, de braços cruzados, veem acontecer todo esse desmoronamento cultural. A maioria dos cratenses não sabe que a Rua Pedro II um dia foi chamada de Pedra Lavrada. A Nelson Alencar, Rua da Boa Vista; a Senador Pompeu era a Rua do Fogo; a Rua Tristão Gonçalves chamava-se Rua da Vala; a Rua Formosa é hoje a Santos Dumont. Já a Rua da Misericórdia é hoje a Diógenes Frazão, que nem eu mesmo sei quem foi esse cidadão. A meu ver, isso é mau para as futuras gerações. Nada aqui estou falando contra os homenageados, cujos nomes substituíram os antigos. Não, nada disto. Por exemplo, Santo Dumont merece ter uma rua com seu nome, ele foi o pai da aviação. JC – Qual foi a sua maior alegria? AC – A minha maior alegria foi Deus ter me concedido a vida e me permitido vivê-la até os dias atuais, em perfeita lucidez, nos meus 90 anos de idade. Quero lhe dizer que, na minha trajetória de vida, construí um patrimônio que não há dinheiro que compre. É um bem que está no meu coração. Refiro-me aos meus amigos, os quais eu homenageio em uma estrofe do meu mais recente cordel, intitulado Miscelânea em Prosa e Verso. Amizade verdadeira/ Tem suas raízes no chão/ É arvore, é madeira/ E adoça o coração.

Palavra de Fé

“NÃO DESISTA, DEUS NÃO FALHA” - Gênesis 12:1-3 – “Disse o Senhor a Abraão: Sai da tua terra, da tua parentela e da casa de teu Pai e vai para a terra que te mostrarei; de ti farei uma grande nação, e te abençoarei, e te engrandecerei o nome. Sê tu uma bênção. Abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; em ti, serão benditas todas as famílias da terra.

A

o lermos essa promessa de Deus a Abraão, temos nossos olhos repletos de lindas imagens. Temos nossa alma cheia de esperança, planos, projetos e felicidades. A única coisa que não desejamos ver é uma ocorrência contrária. É assim que funciona a alma humana. Tem dificuldade de visualizar, perceber o negativo atuando em nós. No episódio em epígrafe, podemos torná-lo exemplo para aquilo que, com certeza, muitos estão a passar hoje em dia. No caso de Abraão, Deus dá uma ordem para que ele saia de sua terra, de sua parentela, da casa de seu pai, de sua cultura, costumes, padrão de vida e dirija-se a uma terra abençoada que, conforme a promessa, tornar-se-ia grande nação. Abraão obedece só que, ao chegar aquela terra, descobre tristemente que, não havia bênção nenhuma. Não havia abundância, fartura e prosperidade. A terra estava deserta, havia uma crise social e estava atravessando uma grande fome. Abraão tinha todo o direito, toda a razão para dizer: “Deus Mentiu”. Sim ou não ? – “Deus falhou comigo”. Sim ou não ? – Acreditei no Senhor e agora me encontro nessa situação. Ele tinha todo o direito de pensar: “Onde estão as promessas que Ele me fez” ? – O mais grave é que ele olha para um lado e vê os egípcios que não adorava a um Deus como Jeová, o Todo-Poderoso, e eles sim, tem abundância de pão, não falta emprego, nem vestimenta. Tem carruagem de última geração, em tudo que eles tocam, vira ouro, eles crescem e prosperam. E ele, um homem de fé, que acreditou no Senhor, que nunca falha, agora está passando Fome na terra que “manava leite e mel”. Onde está a promessa divina ? – Como entender vendo aqueles que não querem saber de Deus, vivem para os prazeres carnais, exploram e abusam do seu próximo, são desonestos, mentem, roubam, não tem moral e prosperam ? – Será que para vencer terei que praticar as mesmas atitudes ? – Ao lermos toda a história, descobre-se que o que separava Abraão da promessa, era apenas um tratamento. Deus queria tirar o homem velho de Abraão. Vale a pena lembrar que dias antes Abraão tinha mentido a Faraó ao dizer que Sara não era sua esposa e sim irmã. Foi preciso Deus se revelar ao rei e dizer que Sara era esposa e não irmã de Abraão, lindo não? Deus testa a fé de seu servo. Em uma das provas, Deus pede também Isaque, seu filho, pedindo que o sacrifique, o que Abraão obedece rigorosamente. Mas no momento do sacrifício mais uma vez Deus mostra que o ama, poupando-o de cometer um crime. É neste momento que Abraão se sente curado e trona-se amigo de Deus e pai de uma grande nação, ocorrendo uma grande mudança em sua família e sociedade. Se Abraão tivesse ficado parado apenas olhando a vida dos egípcios, não tinha encontrado espaço, tempo e oportunidade para se encher de Deus. Vivemos em um momento da vida em que todo ser humano encontra-se envolvido em desafios, guerras, conflitos, problemas, desencantos e dissabores. Parece que tudo está fechado, sem luz, não vemos uma saída. Não se desespere. Mantenha-se calmo. Espere um pouco mais. Não perca o foco da sua fé. Saiba de uma coisa: A derrota não vai sorrir de você. Vai surgir um novo horizonte. Não desanime. Agarre-se a Deus, tire forças da fonte do poder absoluto que é Deus e caminhe com fé e otimismo. As escrituras sagradas, o livro de Deus que norteia a vida dos homens na terra, têm registradas grandes promessas para aqueles que buscam desafiar de forma corajosa, os desafios que a vida nos impõe. No livro do profeta Isaias capítulo 42 e versículo 3, nos diz “A cana trincada não quebrará. O pavio que está apenas fumegando, não vai se apagar” – Isto é, seu estado pode ser de calamidade, mas será transformado em um lugar fértil que produzirá muitos frutos. Ainda no mesmo livro, capítulo 41 e versículo 13, diz: “Porque Eu, o Senhor, teu Deus, te tomo pela tua mão direita e te digo: Não temas, que eu te ajudo” – Isto é, tenha fé. Tenha coragem. Seja ousado. Seja determinado. O problema é que nós humanos, somos formados por sintomas mais negativos do que positivos. Tudo nos abala e nos põe pra baixo. Precisamos mudar nosso entendimento, nossa mente, nossa maneira de pensar e ver a vida. Tenho dito em meus sermões que uma vida espiritual altruísta, facilita o desenvolvimento de todas as nossas atividades horizontais. Quando tenho reforço espiritual, tenho competência de encarar e solucionar os problemas que o meio produz e que tenta me influenciar, já que somos seres sociáveis e inclinados à influência do meio. Por essa razão foi que Cristo ensinou-nos dizendo: “Não ameis o mundo nem o que no mundo há, pois aquele que ama o mundo, o amor do pai não está nele” – I João.2:15. Entenda uma coisa, quando confiamos em alguém, acreditamos em sua honestidade, em sua integridade e capacidade. Pergunto então, que tipo de confiança você tem em Deus ? – Confiança significa ter certeza que uma pessoa não esconde nada, é sincera. Então, ponha essa confiança em Deus, viva pra ele, ouça seus ensinamentos, viva uma fé e uma confiança viva, legitima. Assim procedendo, tudo que te faz mal, será extirpado e o bem será a base de toda a tua existência. Então, não desista. Deus nunca falha. Tire a força que tem dentro de você e vá à luta, vá à guerra, o Senhor há de prover a sua necessidade. Creia. Tão somente creia e tudo será transformado. Mas tenha calma, paciência e prudência. Deus te abençoe.


Social Cultura Política 7

REGIÃO DO CARIRI(CE), DE 25 DE SETEMBRO A 01 DE OUTUBRO DE 2012

POR WALESKA MARROCOS

Sociedade em Foco

JUBILEU

waleskamarrocos@hotmail.com

DUPLA QUE AGITA

O padre José Alves, da Paróquia Menino Jesus de Praga, completa 50 anos de ordenação, neste domingo (30). A celebração do Jubileu será realizada no Anfiteatro do Parque Ecológico, às 17 horas, e contará com a presença da Diocese, bispos e padres.

AMOR ETERNO AMOR O verdadeiro amor deve ser compartilhado. Seu Balbino e dona Maria Ferreira da Silva formaram uma família de seis filhos, 21 netos e 46 bisnetos. Com 73 anos de casados, eles são um exemplo de amor eterno. Na foto, com filha Lizeuda Ferreira, eles garantem que a maior alegria é estarem juntos.

As sofisticadas Lúcia Magahães e Luciane Simplício estão sempre presentes nos eventos, distribuindo simpatia nos recantos da nossa Região.

INAUGURAÇÃO

CURTIÇÃO Esse trio curte bem a vida. Nilsinho Bezerra, Isaac Araruna e Everton Tavares marcam presença nas melhores festas do Cariri.

Foi inaugurada na cidade de Juazeiro do Norte, a segunda agência do Banco Itaú. Equipada com o que há de mais moderno, a nova agência está pronta para atender ao público de nossa cidade. A equipe de gerentes comemora mais essa conquista. Viva o crescimento de nossa região!

CUL-

PARABÉNS O nosso querido Marcos Nunes completou mais uma primavera no último dia 14. Pessoa muito querida por todos, ele é um dos melhores cardiologistas do Cariri. A equipe do Hemocentro de Crato deseja muita saúde e prosperidade. Felicidade, sempre!

CULTURA

Música independente atrai público caririense Ingrid Monteiro

T

alento e música com qualidade é o que garante a programação da VI Mostra da Canção Brasileira Independente. Idealizado pelo Centro Cultural Banco do Nordeste do Brasil (CCBNB), o evento gratuito reúne artistas nordestinos e nacionais em 10 dias de apresentações, no município de Juazeiro do Norte. Desde o último dia 18, grupos musicais de nove estados nordestinos, além de atrações de São Paulo e Espírito Santo, atraem significativo público caririense por meio da apresentação de trabalhos autorais e independente. A programação se estenderá até o dia 29 de setembro De acordo com a coordenadora de música do CCBNB, Maria Bezerra, a Mostra consiste em uma oportunidade para conhecer o trabalho desenvolvido por músicos de destaque no cenário da

música alternativa brasileira. “A programação oportuniza artistas a mostrarem o seu trabalho, pois sabemos a dificuldade do músico independente de conseguir espaço no mercado”, enfatiza. Para o encerramento do evento, a apresentação do cantor e instrumentista paulista, Léo Cavalcanti, pretende atrair significativo público por meio de seus arranjos e performance carismática. Considerado um dos novos nomes do pop brasileiro, a presença do artista já provoca grande expectativa no público da região. Segundo o produtor Michel Leocaldino, foi feita a parceria entre o CCBNB, através da produtora Mundo Cariri, e o Circuito Fora do Eixo, que apoia a iniciativa de músicos independentes em 25 estados brasileiros. “Esta parceria ajuda a intensificar, cada vez mais, a propagação e valorização da música independente e nos ajuda a trazer para o Cariri artista de outros estados”,

n Grupo maranhense abriu o evento no último dia 18, no CCBNB

ressalta.

Lançamento de Livro Além das apresentações musicais, a VI Mostra da Canção Brasileira Independente conta com o lançamen-

to do livro Rio Sou Francisco, do cantor paraibano Chico César. “É bastante gratificante recebermos o Chico César, que possui uma produção musical e poética conhecida no país e até no exte-

rior”, declara o coordenador do programa de literatura do CCBNB. A publicação, feita por uma comunidade de artesãos, foi produzida a partir do cartoneirismo, técnica argentina que utiliza material

reciclado para a criação de objetos artísticos. O lançamento do livro, que conta com venda e sessão de autógrafos, será realizado no dia 25 de setembro, com entrada gratuita.

Mercado de “Tamanhos Grandes” chegou para ficar Serena Morais Quem está com um peso acima do considerado normal pela sociedade, ou seja, não tem um corpo “sarado”, sabe as dificuldades de encontrar roupas que se ajustem bem às curvas. Em

muitas lojas é possível encontrar somente peças até o manequim de número 44, no máximo. Sem contar que muitas vezes as fôrmas dos modelos onde as etiquetas anunciam o tamanho G mais parecem P. A questão é que segundo a visão mercadológi-

SERRABELLA MINERAÇÃO E ABASTECIMENTO DE ÁGUA LTDA CNPJ:01.352.542/0001- 96 Torna Público Que Recebeu da Superintendência Estadual do Meio Ambiente - SEMACE, a Licença de Operação Nº 872/2012 Para Envase de Água Mineral Com Validade até 26/08/2016, na Cidade de Crato - CE no Sitio: Batateira, S/Nº, Bairro: Batateira. Foi Determinado o Cumprimento das Exigências Contidas nas Normas e Instruções de Licenciamento da SEMACE.

ca, as roupas têm um melhor caimento em pessoas mais magras, sendo mais fácil vesti-las. Mas não há como esquecer que os tamanhos maiores sempre existiram, entretanto nunca receberam um tratamento especial, como pode ser visto atualmente. O que acontece é que a moda está em constante transformação, adaptando-se às condições e às necessidades de cada momento. Com essas mutações, o mercado Plus Size tem ganhado espaço em todo o mundo e não está sendo diferente no Cariri, onde os clientes estão buscando cada vez mais esse setor, ainda carente, mas em constante crescimento. Na

região já é possível encontrar revendas de roupas de tamanhos maiores e até pessoas entrando no mercado como modelo para a tendência.

MERCADO EM CRESCIMENTO Segundo Fabrícia Lobo, que trabalha com uma marca Plus Size, a família já trabalhava com a representação de pronta entrega, mas surgiu a necessidade de um ponto fixo, “nós entendemos a dificuldade das pessoas encontrarem as roupas de tamanhos maiores. O importante é ouvir o que a cliente deseja, pois ela quer se vestir

bem, quer estar na moda”. O negócio que funcionava apenas com atacado passou a ser também varejista. Em apenas dois anos trabalhando com peças grandes (que vão do número 42 ao 50, ou do P ao EXG), estimam um crescimento em torno de 200%. Atualmente a loja possue cerca de 150 clientes fidelizados em toda a Região do Cariri.

A MODA Tempos atrás as roupas de tamanhos maiores eram feitas voltadas apenas para pessoas mais velhas. “Eram sem graça e sem cor”, fala o estilista Silvio Sousa. Totalmente diferente dos modelos

atuais, com roupas joviais e cheias de cores. A ideia antes era disfarçar as gordurinhas e fazer de tudo para parecer mais magra, mas hoje as mulheres estão assumindo o corpo que têm. O mercado tratou de tirar a ideia do engraçado, sempre relacionado aos gordinhos e gordinhas, um preconceito ainda vivenciado por muitos. Um ar de glamour está tomando conta da tendência Plus Size, onde não há mais proibições sobre o quê e como usar as roupas. Agora tudo pode: listras horizontais ou então estampas grandes. Segundo o estilista, basta seguir algumas regras básicas de composição.


Esporte 8

REGIÃO DO CARIRI(CE), DE 25 DE SETEMBRO A 01 DE OUTUBRO DE 2012

TOQUE DE PRIMEIRA CÍCERO NICÁSSIO CRISE

O Icasa está com um pé na barreira e o outro no precipício. O time não conseguiu vencer fora de casa. E com os pontos ganhos no Romeirão, talvez não dê para se pensar em classificação. O objetivo maior do Verdão é não cair para a série D. A crise financeira do clube está estampada nos últimos resultados. Foram seis derrotas e o time despencou em queda livre. Além da queda, o coice. Um torcedor desequilibrado arremessou uma pedra contra um policial e o Icasa foi julgado, perdendo quatro mandos de campo. A coisa está preta!

FISICULTURISMO

Saúde e corpo perfeito atraem praticantes

FRACO FUTEBOL Não tem justificativa para um time profissional ser derrotado por um amador. O Guarani foi até a cidade de Caririaçu e surpreendido pela seleção local. Será que o time estranhou o horário do jogo, no domingo pela manhã? Não deu tempo para o time acordar? Foi o clima frio da cidade serrana? O resultado de 1 a 0 foi pouco para o fraco futebol apresentado pelo Leão do Mercado. Independente do adversário, todo jogo tem que ser encarado com profissionalismo.

DESEQUILIBRADOS A Justiça poderia ser mais severa com torcedores que praticam o vandalismo. Identificá-los, punindo com mãos de ferro e exigindo o ressarcimento de todos os prejuízos. A torcida do Fortaleza depredou alguns canteiros do PV e o prejuízo gira em torno de R$ 93 mil, que sairão dos cofres do Fortaleza. Isso não é justo, pois o clube não pode pagar pelo inconsciente coletivo de torcedores desequilibrados.

PODER DE RECUPERAÇÃO No jogo contra o Joinville, em que o Ceará venceu de virada (4 a 3), o time mostrou que tem poder de recuperação e alimentou a esperança da torcida. Mais uma vez, PC Gusmão será o responsável pela volta do Vovô para série A. O futebol cearense poderá, em 2013, ter outra visibilidade com o Fortaleza, na série B. Pois a campanha do Tricolor de Aço leva a crer que o treinador Vica tem a receita certa para o sucesso, ou melhor, para o acesso.

n SEGURANÇA ELETRÔNICA

n ZELADORIA

n PORTARIA

n TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS

Travessa Slino Duda, 59 - Bairro Santa Teresa - Juazeiro do Norte - CE

Peça já seu orçamento sem compromisso

n Luciana Cavalcante pratica fisiculturismo há dois anos

Ingrid Monteiro

A

lgumas pessoas buscam na musculação uma maneira de perder peso, modelar e definir a estrutura corporal. Outras levam o esporte tão a sério que mudam as formas naturais do corpo, passando a surpreender quem os observam. Em Juazeiro do Norte, o fisiculturismo tem atraído adeptos, mostrando ser uma atividade saudável e um estilo de vida diferente. Conhecido como culturismo, a modalidade exige aos praticantes uma série de exercícios, suplementação e alimentação equilibrada, a fim de que o atleta ganhe massa muscular, sem prejudicar o corpo. No fisiculturismo, o atleta visa adquirir volume, simetria, proporção e definição dos músculos, participando de competições individuais e coletivas. De acordo com o personal trainer e fisiculturista, Luciano Cavalcante, a prática do fisiculturismo começou a ser intensificada, em Juazeiro do Norte, desde 2005. “Desenvolvemos um trabalho de treinamento voltado para homens e mulheres, realizando campeonatos locais. Já contamos com atletas que representam a nossa região a nível estadual”, explica o educador físico. Segundo especialistas, a modalidade auxilia na manutenção da saúde física e mental do praticante. “O fisiculturista não ganha, apenas, a obtenção de um

corpo perfeito, mas adquire valores fundamentais, como a disciplina e determinação”, enfatiza Luciano. Para aperfeiçoar os treinos, que duram cerca de uma hora por dia, os fisiculturistas apostam na alimentação, baseada em proteína, carboidratos e suplementos. “O fisiculturismo está dentro de todas as academias, mesmo que nem todos o perceba. A prática da musculação é a melhor forma para definir o corpo”, ressalta.

Preconceito

Os atletas do fisiculturismo relatam que enfrentam dois grandes desafios: o espelho e o preconceito da sociedade. No caso das mulheres não é diferente. “Em todo lugar e, sobretudo, na nossa região, ainda persiste o julgamento das pessoas que desconhecem o seu significado”, relata a fisiculturista Luciana Cavalcante. Representante do Cariri no Campeonato Regional de Fisiculturismo, realizado em Sobral, em 2010, a atleta diz ter se apaixonado pela prática esportiva. “Foi amor à primeira vista. Hoje, o fisiculturismo é um estilo de vida”, finaliza. Para o estudante Douglas Ribeiro, o resultado da modalidade surpreende. “Admiro bastante o trabalho dos fisiculturistas, que não medem esforços para conquistar o objetivo desejado”, afirma ele, que intensifica os seus treinos de musculação, todos os dias.

AUTOMÁTICOS, CERCA ELÉTRICA, PORTEIRO E VIDEO PORTEIRO, INTERFONE, PABX, CFTV. TUDO EM ATÉ 10X NO CARTÃO VISA SEM JUROS CHEQUE E CARNÊ. RUA DELMIRO GOLVEIA, 942 - SALESIANOS FONE/FAX: (88) 3512-1100

• Cargas e Encomendas Urgentes para o Sertão Central, Cariri, Baixo Cariri e Chapada do Araripe, DIARIAMENTE. • Filiais: Quixadá, Quixeramobim, Senador Pompeu, Mombaça, Acopiara, Iguatu, Várzea-Alegre e Juazeiro do Norte.

Fortaleza-CE 85.3295.7878 Avenida Padre Cícero, 2200 Galpoes 4 e 5 - Triangulo Juazeiro do Norte-CE

A Rádio Mais Popular do Brasil www.somzoom.com.br

COMUNICADO CONSTRUTORA NORBERTO ODEBRECHT S.A com atuação em construção pesada inicia cadastro do Programa de Contratação de Pessoas Portadoras de Deficiência e Beneficiários Reabilitados da Previdência Social para eventuais vagas no quadro de integrantes da organização Interessados podem enviar currículo para Av. Luiz Jucá Arrais Maia, 595, Centro, Missão Velha/CE, CEP 63200-000

88.3512.7164 / 3512.8980

Missão Velha-CE, de Setembro 2012 Missão Velha25 /CE, maio de de 2012. w w w. b i rd e x p re s s . c o m . b r

Jornal do Cariri - 2553  

Jornal do Cariri - DE 25 DE SETEMBRO A 01 DE OUTUBRO DE 2012 l ANO XV l NÚMERO 2553