Issuu on Google+

SAÚDE

NELSON RODRIGUES

Cariri participa de Festival Nacional no Rio

Médicos alertam para a vacinação de adolescentes

7

6

Fotos: Samuel Macedo

O periódico do Cariri independente

REGIÃO DO CARIRI l DE 07 A 13 DE AGOSTO DE 2012 l ANO XIV

l

NÚMERO 2546 R$ 1,50

POTENCIAL HÍDIRICO EM RISCO

Fontes de água do Cariri tem vazão reduzida A diminuição da vazão das fontes naturais caririenses preocupa os especialistas. No Crato, por exemplo, a vazão da fonte natural da Batateira diminuiu em mais de um milhão de metros cúbicos por hora, nos últimos 139 anos, de acordo com o artigo publicado pela pesquisadora norte-americana, Karin E. Kemper, da Universidade Sueca de Linkoping. A reduzida vazão das fontes caririenses, que tem como referência a da Batateira, divide a opinião de especialistas. Há quem diga que a

vida das fontes está com os dias contados. O engenheiro agrônomo, José de Araújo Maropo, prevê que, caso esse processo continue, a nascente secará até o ano de 2040. Já geólogos e ambientalistas não acreditam na morte da fonte. O chefe regional da Companhia de Gestão de Recursos Hídricos (Cogerh), Yarley Brito, argumenta que a diminuição ocorreu por causa de um conjunto de fatores que só podem ser detectados com um monitoramento rigoroso. 4

SEGURANÇA

E

Câmeras vão monitorar centro comercial Reconhecida como grande pólo comercial, Juazeiro do Norte está prestes a iniciar um sistema de monitoramento por câmeras, no intuito de melhorar a qualidade na segurança do setor. Nesse embalo, a CDL lança a ideia de um segundo projeto, para inibir a ação de assaltantes

4

L

E

> >

I

Ç

Õ

S

E

RELIGIÃO

MULHER

> > > > >

Aumento de fiéis amplia Seminário POLÍTICA território paroquial discute Para melhor atender a crescente demanda de fiéis católicos, a Campanha entra em pauta direitos de Diocese de Crato oficializa a fundação de duas novas paróquias no de Juazeiro do Norte. A comunidade da Palmeirinha e os trabalhadoras município na Câmara de Juazeiro moradores do bairro Antônio Vieira receberão as novas unidades 5 > > >

5

Os Poderes Legislativos de Juazeiro, Crato e Barbalha retomaram as atividades para o segundo semestre. Em tempos de campanha, não podia ser de outra forma: com a maioria dos candidatos concorrendo à reeleição, os ânimos se acirram em simples comentários e discussões. Em Juazeiro, a Mesa Diretora planeja convidar os candidatos a prefeito para apresentarem seus programas de Governo.

3

CRATO

DIA DOS PAIS

MIGRAÇÃO

Paternidade transforma a vida de juazeirenses

Preço alto de aluguéis causa saída de lojas da São Pedro Alugar prédios no centro comercial de Juazeiro do Norte não é uma atitude fácil, principalmente com o alto valor cobrado nos aluguéis dos prédios. Diante desta situação, muitos empresários estão procurando outras localidades para se fixar. O presidente da CDL, Michel Araújo, pretende consultar o Ministério Público para encontrar uma solução para o problema.

Saúde será prioridade para o petista Marcos Cunha O Jornal do Cariri apresenta, esta semana, o perfil do candidato a prefeito do Crato, Marcos Cunha (PT).

3

ESPORTE

Academia de futebol inova na metodologia Com a utilização de uma metodologia diferente para ensinar práticas esportivas, a Academia de Futebol Grandes Craques está sendo implantada no bairro Leandro Bezerra, em Juazeiro do Norte. O obejetivo é envolver crianças na faixa etária entre 5 e 15 anos.

8

CRATO

5

A maternidade é sempre exaltada. Mas, como os homens sentem e se comportam diante da paternidade? Quais as mudanças na vida dos pais de primeira viagem? Quem as vivencia revela a emoção da experiência neste Dia dos Pais.

Dificuldades nas investigações deixam crimes sem solução

O delegado regional de Policia Civil do Crato, Flávio Santos, revela que a falta de investimentos na Polícia Civil dificulta a elucidação de alguns crimes que ocorreram nos últimos quatro anos. Segundo o delegado, são necessárias novas viaturas e o aumento dos servidores, para realizar as investigações em tempo hábil. O promotor de Justiça das Execuções Penais, José de Deus Martins, disse que já devolveu vários inquéritos porque falta o nome do autor do crime.

4

6

Destaques da programação de 07 a 13 de agosto de 2012. Dia 07, terça-feira. CURSO DE APRECIAÇÃO DE ARTE VI Agosto da Arte 14h00 - A Curadoria como Prática Beatriz Lemos - Rio de Janeiro-RJ. Dia 08, quarta-feira. ARTE RETIRANTE Local: Comunidade Beneficente Zaíla Lavor. Avenida Dr. Floro, nº 785, Juvêncio Santana, Juazeiro do Norte-CE.

14h00 - Oficina de Formação Artística Os Toques do Violão no Reisado João Neto - Juazeiro do Norte-CE. MÚSICA VOCAL 19h30 - Alvarus Moreno e Alzeneide Cândido - Fortaleza-CE. Dia 09, quinta-feira. MÚSICA VOCAL 19h30 - Alvarus Moreno e Alzeneide Cândido - Fortaleza-CE.

Dia 10, sexta-feira. CLUBE DO LEITOR 17h30 - Nelson Rodrigues e a Sagração das Taras. Facilitador: Prof. Dr. Edson Martins. LITERATURA EM REVISTA 19h30 - A Enfermagem, Assim como a Poesia, Estabelece Pontes entre o Indivíduo e a Vida.

Acesse e veja a programação completa:

Dia 11, sábado. PERCURSOS URBANOS 15h00 - Arte e Cultura na Periferia. Mediador: Paulo Fuísca. CINECAFÉ 17h30 - Barton Fink: Delírios em Hollywood. Dia 12, domingo. Fechado.

www.bnb.gov.br/cultura

CURSO DE FORMAÇÃO ARTÍSTICA Local: Teatro Marquise Branca Av. Pe. Cícero, s/n. 14h00 - Diálogo das Artes Prof. Márcio Rodrigues. Dia 13, segunda-feira. Fechado.


Opinião 2

REGIÃO DO CARIRI(CE), DE 07 A 13 DE AGOSTO DE 2012

Editorial ÁGUA NO CARIRI: CRÔNICA DE UM DESASTRE ANUNCIADO

O Jornal do Cariri, desde sua nova fase, tem feito matérias sobre a destruição do potencial hídrico da região. As históricas “nascentes”, que tanto fizeram e fazem a fama do Crato e de outros municípios caririenses, estão perdendo sua vazão de água. A destruição dessa fonte natural de água puríssima, de alta qualidade, com sais minerais e outros elementos químicos que a distinguem como um objeto de especial natureza geológica, é agora mensurável em termos técnicos. A edição desta semana traz a denúncia dessa crônica de uma destruição anunciada. No espaço de 139 anos, a perda de vazão atingiu 1.114.000 metros cúbicos (m³) por hora, conforme estudos científicos publicados em periódico. A causa? Ora, é de todos conhecida! Ocupação indevida e irregular do solo. E, mesmo quando se dá regularmente, as construções não levam em consideração o impacto ambiental. Órgãos fiscalizadores inertes, normas frouxas e conivência dos setores competentes:

eis a receita do desastre ecológico que o Cariri vive neste momento. A continuar assim, a região perderá, em menos de meio século, sua maior riqueza: a água. A fama do Cariri, que é nacional, baseia-se em sua natureza de oásis em meio ao sertão. A ganância imobiliária, a corrupção administrativa, o pensamento de curto prazo, a fraqueza das instituições científicas e a própria indiferença da população com os temas ligados ao meio-ambiente levarão o Crato e alguns municípios a esse estado de irreversível condenação. Os habitantes do Crato, para se exemplificar com um município, conhecem bem o fenômeno. Nas últimas três décadas, a população “subiu a serra” e transformou em setores habitacionais as áreas anteriormente virgens do sopé da Serra do Araripe. Antigos clubes de veraneio tornaram-se polos de habitação humana. Em seu redor, surgiram casas e condomínios. Alterações fundamentais no equilíbrio ecológico deram-se com base nesse novo quadro.

A preocupação com as gerações futuras, em alguns casos, resumiu-se a inócuas multas ambientais, cuja efetiva execução arrasta-se pelos tribunais até hoje. As poucas iniciativas do Ministério Público não impediram o desastre. Ademais, basta ver quem mora nessas regiões de ocupação de antiga zona protegida para perceber a quem interessa realmente a proteção dos recursos hídricos do Cariri. O conforto e o prazer de morar em zonas mais frias estão agora a ser confrontados com os efeitos danosos sobre o meio-ambiente. Não há mais tempo a perder. O Cariri não pode ser destruído, em suas bases ambientais, pela ganância e pela ignorância. Ambas são perniciosas. Mas, a ganância é imperdoável. Em naufrágios, os passageiros da primeira classe acabam escapando da morte. A crise ambiental não perdoa a ninguém. Pobres e ricos sofrem igualmente. A Natureza não distingue e não perdoa quem a ameaça.

CHARGE

MÊS DOS PAIS

PEIXE FORA D’AGUA Às vezes penso que sou uma espécie de dinossauro que perambula por aí, pois a sociedade para a qual fui formado não existe, isso implica, no entanto, que fui moldado para as utopias. Quando seminarista, eu vivi na formação participativa onde nos sentíamos, em parte, sujeitos de nossa vocação e não pessoas que seriam postas em uma fôrma. Ouvi e segui orientações de teólogos da libertação em retiros e palestras(Leonardo Boff, Marcelo de Barros, Manfredo de Oliveira, Dom Hélder Câmara). Visitei favelas, dormi em assentamentos de moradores sem teto. Gravei, assim, em meu coração: deveria cultivar a mística dos olhos abertos e das mãos operosas, isto é, que eu deveria ver que Deus fica indignado com o empobrecimento do povo. Quando nas aulas, palestras e passeatas de cunho político, aprendi que o governante não pode ser legitimado se não representa nem defende o interesse e a necessidade das maiorias. Aprendi que a política deveria ser o espaço dos grandes debates, sobretudo quando vi, em minha adolescência, a Constituição Cidadã surgindo das cinzas da ditadura militar. Fui guiado a crer que se o interesse do povo está sendo esquecido o governante perde o direito de continuar governando o que, portanto, tornaria legítimo que pedíssemos que ele caísse fora. No movimento estudantil fui instruído a ver que as ideias adquirem vida propria e devem

se se manter até quando outro argumento não conseguir desbancá-la. Convenceram-me que no campo das ideias sairia vitorioso quem tivesse o argumento com força e mérito suficientes para se manter “até que outro melhor o substituísse”. Aprendi, então, que o legítimo líder religioso seria aquele que cuidasse dos empobrecidos e lutasse pela conversão dos enriquecidos – e ninguém inventava de dizer que a pobreza ou a riqueza de que se estava falando era a espiritual. Aprendi que uma pessoa só poderia se candidatar a um cargo político se tivesse a ética como condição e o interesse público como prática de vida e que tal cargo deveria ser temporário para não tornar o sujeito um profissional da política capaz de vender sua alma para manter-se no poder. Aprendi que os profissionais que assumissem cargos públicos depois de enfrentarem concursos eram legítimos representantes da classe de estudantes competentes que tiveram o mérito de desbancar um considerável número de concorrentes quase tão capacitados quanto eles. No entanto, sinto-me um peixe fora d’água quando vejo líderes religiosos apenas preocupados com as ovelhas já amansadas que lhes dão a tranquilidade dos aplausos, coma vontade de perpetuar a comodidade da transfiguração, sem mais querer descer a montanha

SEXTILHA

Tiago Gomes Landim Filósofo

ram na face da Terra, planeta enfumaçado e neutro aos valores mutáveis estabelecidos a fim de cumprir compromissos. E os pais saem calados em busca do pão de cada dia, nos formatos dos tempos modernos, comerciais, automáticos, industriais, digitais. Aos homens que têm o mérito de cumprir tal missão de criar e manter os filhos e indicar as alternativas do futuro, nos cabe olhar com bons olhos e vê-los quais cidadãos comuns, porém cobertos de cinzas de incerteza, nos vagões de segunda, dados fatores que lhes restringem os passos, fardos familiares de outras exigências. Na roda viva desses meios dagora, as correias dentadas do coração reclamam contrato, sejam no peito de pai, ou de mãe, ou de filho. A humana sociedade pouco corresponde àquilo prometido nos manuais. Iniciativas pedem coragem e criatividade, sem permitir falhas por conta do que virá depois, nas folhas de pagamento e prontuários oficiais. Querer o bem dos pais, venha de onde vier, dos comerciantes ou dos pirralhos, significa respeito a entes valiosos na condução de trilhos enferrujados nas malhas do sem-fim.

Emerson Monteiro Advogado

CARTA

QUEM TOMA RESOLUÇÕES EM HORA INADEQUADA COM A CABEÇA FERVENDO DE FORMA PRECIPITADA ESTÁ SEMEANDO ESPINHO PARA COLHER NA ESTRADA! Welington Costa

Expediente:

para enfrentar a cruz e a morte: o pastor que não dá mais a vida pelas ovelhas mais necessitadas. Sinto-me um peixe fora d’água quando vejo verdadeiras quadrilhascada vez mais especializadas em dilapidar os cofres públicos, com tentáculos que se estendem pelas três esferas do poder republicano. Sinto-me um peixe fora d’água quando vejo parentes e amigos de funcionários públicos entrando com muita facilidade em vagas de concursos, com processos seletivos para lá de suspeitos, com inúmeras especificidades para o cargo que só falta colocar nos editais os nomes dos que serão escolhidos. Estou, entretanto, convencido de três coisas: a utopia para a qual fui formado ainda não foi derrotada e permanece instigadora; não sou o único para quem a realidade atual causa estranheza ética, indignação profética e inquietação cidadã; por último, eu não gostaria, de estar no lugar destes que fazem de algumas igrejas, de alguns partidos políticos e de algumas Instituições Públicas o novo Muro das Lamentações. Unamo-nos os que não aceitamos qualquer água!

Conceituam-se as coisas para atender necessidades, sejam de mercado, sejam de conveniência, mas conceituar transforma o simples no complexo e o certo no duvidoso, ou no sentido inverso, conquanto sirva de base ao andamento dos barcos de sal, neste mundo de balcões e portos em que a vida humana reverteu-se, num tempo de muita galinha e pouco ovo. Maio foi eleito o mês das mães, desde as noivas, futuras mamães, a Maria, mãe de Jesus. Isso enquanto as flores perfumam os jardins e tudo parece corresponder em termos de felicidade e harmonia. Já o mês de agosto agora se tornou o mês dos pais, nos turnos de comércio. Tempo de presentes a quem paga os presentes do ano todo. Fase boa de fazer largas reflexões do que sejam os pais dessa era de tanta mudança em tudo, quando criar filhos virou ginástica imprevisível de muitas posições, ao perguntar quais caminhos trilhar no futuro da família, fustigada dos maiores desafios de sobrevivência moral. Outros momentos prometiam melhores esperanças do que hoje, sem querer lançar mais lenha na fogueira das vaidades humanas. Ser pai envolve compromisso de mostrar resultados em forma de sucesso profissional e geração de emprego e renda, salvadas aparências e destinos. Nunca tantos mora-

Matéria muito boa, da edição passada, que chamou atenção para a criação do pólo de alumínio. A matéria levantou a discussão sobre os barateamentos dos custos dos objetos produzidos aqui. Eu, como filha do dono de uma pequena empresa aqui em Juazeiro, sempre vejo o meu pai falando sobre a dificuldade para comprar a matéria-prima, da demora para a chegada do material. Valeu pela força!

Gilmária Carvalho, Juazeiro do Norte

Envie sua carta para jornaldocariri@jornaldocariri.com.br e dê sua opinião faça sua sugestão, uma crítica. Esse espaço é aberto para você, caro leitor. Diretor-presidente: Donizete Arruda

Diretora de Redação: Jaqueline Freitas

Diretoria Jurídica: Vicente Aquino

Conselho Editorial: Geraldo Menezes Barbosa | Francisco Huberto Esmeraldo Cabral | Napoleão Tavares Neves e Monsenhor Gonçalo Farias Filho

O periódico do Cariri independente Fundado em 5 de setembro de 1997 O Jornal do Cariri é uma publicação da Editora e Gráfica Cearasat Comunicação Ltda CNPJ: 34.957.332/0001-80

Fale conosco

Administração e Redação: Rua Pio X, 448 - Bairro Salesianos - CEP: 63050-020 - Juazeiro do Norte – Ceará - Fone (88) 3511.2457 Sucursal Fortaleza: Rua Coronel Alves Teixeira, 1905, sala 05, Telefone: 085.3462.2607 - Celular: 085.9161.7466 Sucursal Brasília: Edifício Empire Center, Setor Comercial Sul, Sala 307, Brasília-DF Os artigos assinados são de responsabilidade dos seus autores

Redação w cidades@jornaldocariri.com.br w policia@jornaldocariri.com.br w politica@jornaldocariri.com.br w redacao@jornaldocariri.com.br Departamento Comercial w comercial@jornaldocariri.com.br | Geral w jornaldocariri@jornaldocariri.com.br


Política 3

REGIÃO DO CARIRI(CE), DE 07 A 13 DE AGOSTO DE 2012

DONIZETE ARRUDA

E >

Política

PMDB preocupado com Ronaldo

O desempenho da candidatura de Ronaldo Matos é o assunto que domina as conversas da direção do PMDB em relação ao Cariri. Ronaldo abriu uma boa frente na corrida pela Prefeitura do Crato, mas pesquisas internas do partido revelam que sua performance vem perdendo consistência nas últimas semanas. Há o temor de uma polarização com o início da propaganda eleitoral gratuita no rádio, do esforço do governador Cid Gomes em alavancar a candidatura de Sineval Roque e da vontade do prefeito Samuel Araripe em fazer de Cicinho um nome competitivo. As maiores críticas do PMDB a Ronaldo são a falta de profissionalização de sua campanha e a ausência de interlocução política com a sociedade e os meios de comunicação do Cariri.

Direção do PSB investe em Sineval

A direção estadual do PSB além de bancar a conta da contratação da agência Ágil, do publicitário Adrísio Câmara, investiu pesado, na última semana, em estrutura financeira para assegurar condições de competitividade ao deputado Sineval Roque. Toda uma agenda está sendo montada com a presença de Cid no Crato e uma operação de conquista de lideranças políticas para aderirem ao palanque de Roque. A estratégia de Roque é clara: esvaziar a candidatura Ronaldo Matos e impedir a ação de Samuel Araripe a favor de Cicinho. Para os aliados de Roque, se Ronaldo despencar, é possível até convencê-lo a renunciar, o que o PMDB estadual assegura ser impossível por acreditá-lo como o novo prefeito do Crato.

Raimundão dá sinais perigosos

Favorito na disputa pela Prefeitura de Juazeiro, o deputado Raimundo Macedo teve uma semana desgastante. As notícias procedentes do comando de sua candidatura não foram nada positivas. No comitê, coordenadores reclamaram que atrasaram repasses de cotas de combustíveis e fornecedores cobravam pagamentos que sistematicamente ganhavam novas datas, em adiamentos sem prazo certo para serem quitados. Como a campanha mal começou, no mês de agosto, essa falta de recurso ainda muito cedo é uma temeridade para Raimundão. Principalmente, quando se sabe que o PT nacional resolveu financiar parte das despesas pela reeleição do prefeito Manoel Santana.

Saúde deve tirar Lula de Juazeiro

O prefeito Manoel Santana já tem fotos e imagens ao lado do ex-presidente Lula. Com a saúde abalada, sentindo dores crônicas de garganta, Lula está impedido pelos médicos de cumprir agenda pelos estados nas eleições deste ano. A orientação é para Lula evitar viagens. A princípio, ele pretende desobedecer a equipe médica que o trata de um câncer, visitando apenas duas capitais: Belo Horizonte e Recife. Pedirá votos para Patrus Ananias e Humberto Costa. Também estará em São Paulo, na campanha de Fernando Haddad. Lula descartou até vir a Fortaleza no esforço de levar o petista Elmano Freitas ao segundo turno.

Eleições em Juazeiro começam dia 13

A Rede Globo através do Sistema Verdes Mares divulga a primeira pesquisa do Ibope na próxima segunda – dia 13 sobre as eleições em Juazeiro do Norte. No dia 21 de agosto é o segundo capítulo da corrida eleitoral com o início da propaganda gratuita no rádio e na televisão. Raimundão está investindo quase R$ 2 milhões para ter programas de alta qualidade sob o comando da MCI, do renomado Antonio Lavareda. Manoel Santana preferiu apostar no talento local com profissionais juazeirenses e vai gastar no máximo R$ 300 mil com sua propaganda de rádio e televisão.

Superestrelas são ameaça a Raimundão

A humildade sempre foi uma das maiores virtudes em toda a vitoriosa carreira de Raimundão. O coordenador geral de sua campanha, seu filho Mauro Macedo, por ordem do pai, tem feito marcação colada na equipe mandada a Juazeiro pela MCI, de Antonio Lavareda. Um dos alvos é justamente o chefão Marcos Baptista, tido como talentoso, porém, muito vaidoso, implicante demais com o estilo interior juazeirense. Primeiro foi a história da letra “P”, obrigatória em seu nome, para se diferenciar de Padre Cícero Romão Batista. Agora, seriam suas orientações para evitar o excesso de imagens de um Raimundão muito religioso e devoto de Padre Cícero. Na equipe de propaganda do candidato do PMDB, ninguém confirma, até por temer consequências. Já na cúpula da campanha, há quem defenda mandar Marcos Baptista de volta a Recife, pondo fim a essas questões e atritos internos.

Disse me disse... • O médico Carlos Macêdo (PSB) teve sua candidatura a prefeito de Aurora deferida pela Justiça Elelitoral. • Penaforte é a cidade com menor número de candidatos a vereador nas eleições deste ano. São apenas 26. • Já Juazeiro, com 253 candidatos e o Crato com 211 são os dois municípios com mais postulantes a uma vaga nas câmaras do Cariri. • No Ceará, Juazeiro ocupa a quarta colocação no ranking de candidatos, atrás de Fortaleza – 1149, Maracanaú com 414 e, em terceiro, Caucaia com 352 candidatos a vereador. • Não houve assim tanto interesse por uma vaga de vereador em Barbalha. Lá, são 153. • TV Verdes Mares Cariri deve promover debate entre Raimundão e Manoel Santana no dia 4 de outubro. É a orientação nacional da Rede Globo. Falta confirmar local do evento. • Desculpe a ignorância, esse publicitário Marcos Baptista continua se achando “o cara” superior ao povo de Juazeiro?

L >

>

E >

>

I

>

Ç

Õ

E

>

>

>

S

>

JUAZEIRO

Câmaras podem se transformar em palanque Mirelly Morais

É

notória a mudança de comportamento dos vereadores e candidatos à reeleição nas Câmaras. Na volta para o segundo período legislativo pode sentir-se o clima de disputa eleitoral. Qualquer assunto vira polêmica, e bancadas de oposição e situação não perdem a oportunidade de exaltar seus candidatos e alfinetar os adversários. Mas, se depender das mesas diretoras do Crajubar, as Câmaras não deverão se transformar em palanques políticos. Em Juazeiro do Norte, o clima eleitoral já demonstra que será o foco dos trabalhos. Porém, de acordo com o presidente José de Amélia Júnior (PSL), o comportamento adotado pela Mesa Diretora será a neutralidade, coibindo os excessos dos parlamentares. Logo na primeira sessão, no último dia 02, cada assunto que entrava em pauta era transformado em debate acirrado entre as bancadas de

n Mesa Diretora da Câmara vai convocar candidatos a prefeito para discussão de planos de Governo

oposição e situação. Os vereadores pediram a convocação da secretária de Educação do Município, Sônia Luz, para esclarecer problemas relacionados à sua pasta, mas o presidente negou e afirmou que não convocará membros da administração, antes das eleições, para evitar o acirramento dos ânimos e a celeuma entre os vereadores. “A Câmara é lugar para discutir os problemas da

sociedade e não questões políticas”, lembra Amélia Júnior. Segundo ele, o comportamento deve ser imparcial. “Não estamos aqui para defender grupo A ou grupo B, e sim para defender a comunidade de Juazeiro. Somente depois das eleições, convocaremos quem for preciso para que esclareçam fatos que envolvem a administração, pois agora não é momento”. Já, sobre a presença

dos candidatos a prefeito, Zé de Amélia revela que avalia a possibilidade de abrir espaço na Casa, recebendo-os para apresentarem seus planos de Governo. Dos 14 atuais vereadores, 13 disputam mais uma vez uma vaga na Casa, que este ano oferece 21 assentos. As Câmaras de Crato e Barbalha também voltaram em clima eleitoral.

Santana tem metas para meio ambiente O prefeito Manoel Santana (foto) (PT), que concorre à reeleição em Juazeiro do Norte, tem um plano de Governo que garantirá a continuidade das ações já desenvolvidas na sua gestão. Em um documento de 33 páginas, Santana elenca as prioridades em tópicos: educação, saúde, ação social, desenvolvimento econômico, cultura, habitação, segurança, meio ambiente, esporte e lazer, ciência e tecnologia, infraestrutura e modernização administrativa. Dentre elas, a saúde mereceu a maior preocupação, com 27 tópicos dedicados a área. A maioria deles diz respeito a continuação do que já vem sendo desenvolvido, em parceria com os governos Estadual e Federal. Mas é o quesito Meio Ambiente que chama a atenção pelas metas audaciosas. Entre as propostas, ele prevê a limpeza dos rios e córregos, colocar em prática o Plano

de Diretor Participativo (PDP) e a criação de uma legislação própria para coibir todo tipo de poluição. Promete, ainda, a preservação das áreas verdes que ainda restam no Município e a revitalização o Parque das Timbaúbas. Na educação, diz que vai resgatar a autoestima dos professores. Na assistência social, prevê a construção de mais quatro Centros de Referência em Assistência Social (CRAS), e de um Centro de Referência Regional da Mulher. Já a área que trata da economia é subdividida em agricultura, comércio, indústria, serviços e turismo. Na cultura, pretende criar a Fundação Municipal de Cultura e fortalecer o Conselho Municipal de Cultura, já existente. Uma das propostas na habitação é garantir um programa voltado para os servidores públicos. O Plano incluiu também a mobilidade urbana,

tema bastante pertinente e que divide espaço com a acessibilidade, garantindo os direitos da pessoa com mobilidade reduzida, pensando e cobrando a sinalização adequada. Promete também cobrar melhorias nos transportes coletivos, incluindo a integração ônibus e trem. No esporte e lazer, pretende plantar as bases para que sejam criados campeonatos que integrem parte do calendário estadual, nordestino e nacional. Na área de ciência e tecnologia, pretende criar uma Secretaria para a área e estimular as parcerias com as Universidades e Institutos Tecnológicos. infraestrutura inclui a continuidade dos Planos Diretores de Resíduos Sólidos, da Drenagem e Saneamento, e desenvolvimento urbano e rural planejados. Além das reformas dos logradouros públicos e a modernização administrati-

va, inclusive com a criação da Escola de Formação em Administração Municipal.

CRATO

Marcos Cunha aponta saúde como prioridade Francisco Marcos Cunha nasceu em Vitória, capital do Espírito Santo, em 1953, onde passou apenas o primeiro ano de vida, vindo morar no Crato, no ano seguinte. Em 1960, após falecimento do seu pai, foi morar em Goiânia, com a mãe. Lá, estudava no Grupo Escolar Rui Barbosa. Marcos Cunha começou a trabalhar desde cedo, ajudando a mãe na lavanderia da família e engraxando sapatos. Iniciou as atividades políticas no movimento estudantil, ainda em Goiânia, e atuou na resistência ao Golpe Militar de 1964. Retornou ao Crato em 1966, quando estudou no Colégio Salesiano, no Diocesano, onde também trabalhou, tendo como pagamento a mensalidade escolar. Em 1972, foi aprovado para o Curso de Odontologia. Em 1973, ingressou no Curso de Medicina na Universidade Estadual de Pernambuco. Terminou o curso de medicina no final de 1978. Apenas colou grau em Recife, pois todo o Internato Médico, o 6º ano, já tinha ficado na Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro. Retornou ao Crato, após

Internato e Residência Médica em Neurologia, em 1981, quando conheceu os fundadores do PT e logo passou a integrar o Partido. “Na eleição de 1988, o PT despolarizou a política da cidade, antes restrita aos grupos remanescentes do PSD e UDN”. Em 1989, como coordenador no Cariri da 1ª Campanha à Presidência da República, trouxeram Lula ao Crato para grande comício na Praça da Sé. “Em 1992, o PT apresentou a minha candidatura para vice-prefeito de Raimundo Bezerra”. Em 1993, Marcos foi morar em Curitiba. Ali permanecendo pelos quatro anos seguintes, onde fez o mestrado e doutorado em Neurologia, no Hospital das Clínicas da Universidade Federal do Paraná. Retornou ao Ceará, tendo que dividir o trabalho entre Fortaleza e o Crato, sendo assim por 13 anos. Hoje é Professor-Adjunto de Neurologia da UFC em Barbalha. Faz neurologia e neurofisiologia clínica e continua a militância política no PT. “Percebo, claramente, que a melhoria da saúde da população está diretamente ligada à ação política, assim, quando exerço

n Para Marcos Cunha, a melhoria da saúde está ligada à ação política

minha atividade política, estou apenas ampliando a possibilidade de minorar o sofrimento e aumentar o bem estar do meu povo, que no fundo são os mais nobres objetivos da Medicina”. Para Marcos Cunha, o Crato é uma cidade maravilhosa. “Eu posso não ter nascido nela, mas me orgulho, de coração, por ter morado e vivido na

Vila de Frei Carlos, mais de 40 anos da minha vida. Digo por onde ando que sou daqui. E tenho o maior orgulho disso. No Crato, eu me casei, criei meus filhos, trabalho e vivo o melhor da minha vida. Aqui, me sinto parte dessa terra e ficarei o resto dos meus dias”, declara o candidato a prefeito pelo PT, Marcos Cunha.


Cidades 4

REGIÃO DO CARIRI(CE), DE 07 A 13 DE AGOSTO DE 2012

MEIO AMBIENTE

Fontes naturais do Cariri tem potencial diminuído A Fotos: Samuel Macedo

Wilson Rodrigues

forma como toda a riqueza natural caririense vem sendo tratada pelo homem está tirando o sono dos ambientalistas, geólogos e demais autoridades. Nas comemorações dos 15 anos de instalação da Área de Proteção Ambiental (APA Chapada do Araripe), as autoridades ambientais deixaram clara a preocupação no que se refere ao futuro da nossa biodiversidade, à conservação florestal e, principalmente, às fontes de água em todo verde vale caririense. Os especialistas citam a fonte da Batateira, localizada no Crato, como referência do enfraquecimento do potencial hídrico regional, que em 139 anos perdeu a vazão em 1.114.000 metros cúbicos (m³) por hora. A constatação está em um artigo escrito pela pesquisadora norte-americana, Karin E. Kemper, da Universidade de Linkoping da Suécia. Ainda segundo a pesquisa, em 1854, a vazão da fonte da Batateira era de 1.490.000 m³/ hora. Num comparativo, 64 anos depois, em 1920, a vazão

n Fonte da Batateira é exemplo da perda do potencial hídrico das fontes do Cariri, segundo estudos de pesquisadora americana

de água era de 1.296.000. Esse número caiu ainda mais em 1993, chegando a apenas 376 mil metros cúbicos/hora. Há quem diga que se esse processo de decadência não for impedido, a fonte secará nos próximos 32 anos. O engenheiro agrônomo, José de Araújo Maropo, usa a matemática e diz que a falência

da fonte da Batateira está com os dias contados. “Se em 139 anos ela perdeu mais de um milhão duzentos mil metros cúbicos por hora, ininterruptamente, o que falar em termos de sua sobrevivência até o ano de 2.040?”, indaga. Para o engenheiro, a perda de vazão nas fontes regionais de água no Cariri é

atribuída ao desmatamento desenfreado e à construção de imóveis em plena Área de Proteção Ambiental. Maropo alerta que o desmatamento tem relação direta com a recarga dos aquíferos. Já a geóloga e analista da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos Cogehr, Claire-Anne Viana de Sousa,

prefere esquecer a matemática e usar a ciência para dizer que a fonte da Batateira e as demais não correm riscos de estancamento. Ela explicou que a água no globo terrestre tem ciclo e trajetória próprios, e possui quantidade limitada, chegando até a independer das interferências do homem com suas agressões. Segundo

Claire-Anne, o desmatamento e as ocupações prediais nas serras contribuem muito na questão das enchentes e ressecamento da terra, levando-a a desertificação. “A minha preocupação é com o não tratamento que o homem está dando a água que usa”, disse a geóloga. O chefe regional da Cogehr, Yarley Brito, admite a diminuição contínua da vazão e atribui o caso à ocorrências naturais das próprias fontes, como por exemplo, raízes, folhas e galhos que viram uma espécie de bucha a vedar a fluência da água, obrigando-a a procurar outro caminho. Yarley explicou que não tem base científica para afirmar que o desmatamento é a causa principal da diminuição da vazão, embora reconheça a fundamental importância que tem a floresta na infiltração das águas em vários tipos de vegetação. O chefe da Cogehr tem certeza que a diminuição das águas não é fenomenal, mas ocasionada por um conjunto de fatores que só será detectado com um monitoramento rigoroso que possa garantir avaliações seguras, diretas, científicas e objetivas.

POLÍCIA

Falta de estrutura é principal causa de crimes sem solução A nova Cadeia Pública do Crato, recentemente inaugurada, é um equipamento de alento para as polícias e a população carcerária. Mas a Polícia Civil ainda espera mais investimentos para a melhor realização do seu trabalho no Município. Dentre as dificuldades relatadas pelo delegado regional, Flávio Santos, está a sede atual. Que segundo a autoridade, está instalada em um prédio inadequado para atender às pessoas que precisam dos serviços da instituição. Mas para ele, “a questão estrutural é o mínimo da história de penúria pela qual passa a Polícia Civil no Ceará”. Flávio aponta o número reduzido de servidores em todo o Estado, como o grande problema da instituição. “Em 1982, eram 3.500 agentes. Hoje, 30 anos depois, são apenas 2 mil homens. Como a sociedade está cada vez mais conflitante, a Civil do Ceará

n Delegacia de Polícia Civil do Crato funciona em instalações inadequadas, segundo o delegado regional

necessita minimamente de 9 mil agentes”. De acordo com o delegado, existem 20 agentes na delegacia do Crato, entre delegados, escrivães,

inspetores e investigadores, e somente uma viatura para atender os procedimentos na sede da regional e nos municípios de Santana do Cari-

ri, Nova Olinda e Altaneira, onde não há delegados e nem delegacias. Para atender os anseios da sociedade satisfato-

riamente, o delegado disse que precisa de 80 profissionais e cinco viaturas. Flávio Santos externou que não tem como executar as ordens de missão para investigar os homicídios que se encontram insolúveis e concluir as apurações dos inquéritos. Vários crimes de mortes ocorridos no município cratense e na região circunscricionada ainda tem sua autoria desconhecida, como por exemplo, os assassinatos dos cabeleireiros Francisco Tércio e Edval, e do enfermeiro Henrique Barbosa, no município cratense. “O ideal é quando o crime ocorrer a autoridade policial esteja presente para iniciar as diligências. A cada dia que passa, vai se tornando mais difícil a elucidação. Aqui no Crato, quando um crime acontece na sexta-feira à noite, as investigações só vão ser desencadeadas na segundafeira, o que é um absurdo”. Um agente investi-

gador, que pediu para seu nome não ser revelado, tentou justificar a diminuição no efetivo. “Muitos colegas deixaram a profissão porque estavam desestimulados pelo salário e pela própria falta de condição de trabalho”. Para ele, a Polícia Civil cearense precisa ser repensada para não correr o risco de um “colapso”. E acredita que um dos pontos a serem observados é correção das diferenças salariais entre os agentes e os delegados que, segundo ele, superam os 300%, sendo que ambas as funções têm exigência de nível superior. O promotor de Justiça das Execuções Penais da comarca do Crato, José de Deus Martins, informou que dezenas de inquéritos são devolvidos por falta de indicação da autoria do crime, o que impossibilita ao Ministério Público fazer a denúncia à Justiça, e conseqüentemente, punir o infrator.

JUAZEIRO

CDL também vai implantar monitoramento eletrônico no Centro Serena Morais Na onda de crescimento que o município de Juazeiro do Norte tem apresentado no setor varejista, as ondas de crimes têm preocupado os lojistas e as pessoas que frenquentam o centro comercial da cidade. Na busca pelo aumento da segurança local, câmeras de monitoramento foram instaladas pela Secretaria de Segurança Pública e Cidadania do Município. E para fortalecer ainda mais a ideia, a CDL pretende viabilizar um segundo projeto junto a uma equipe de segurança. Os problemas acontecem tanto durante o dia, quanto no período noturno,

quando acorrem os arrombamentos das lojas. Os pontos mais visados pelos criminosos são aqueles que trabalham com mercadoria de eletroeletrônicos. Atualmente, a segurança é feita pela Policia Militar (Ronda) e pelo Policiamento Ostensivo Geral (POG), “mas o efetivo é pequeno para a extensão do comércio”, afirma o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Juazeiro do Norte (CDL), Michel Araújo. Com o sistema de câmeras que o Município está colocando em funcionamento, haverá a inibição nas ações dos bandidos, diminuindo os crimes. E mesmo que ocorra algum delito, os suspeitos poderão ser identificados através das

imagens. Com a presença do segundo projeto, a CDL busca junto à empresa CORPVS Segurança, o reforço com mais câmeras, no intuito de aumentar o campo de monitoramento. O projeto de segurança pública para monitoramento vem sendo trabalhado para cumprir as exigências em prol da segurança da comunidade. Ele foi desenvolvido pela Secretaria de Segurança Pública e Cidadania de Juazeiro do Norte (SESP) e será custeado pelo Governo Municipal. Nesse projeto, o monitoramento será realizado pela guarda municipal. “Convidamos a Polícia Militar para enviar um representante, assim como o

Departamento de Trânsito, pois sabemos que as câmeras vão ajudar a solucionar problemas diversos”, diz o secretário adjunto de Segurança Pública do Município, Wladimir Carvalho. As dez câmeras estão instaladas no centro da cidade e também em outros pontos estratégicos, como os principais acessos de entrada e saída da cidade. “Em Juazeiro, temos um processo de insegurança, particularmente junto aos pequenos lojistas. A Justiça federal trouxe a policia federal. E com a ajuda também do quartel da PM, é possível que esse somatório de esforços possa demonstrar que o crime não compensa”, fala o Senador

Federal, José Pimentel. Com dois projetos de monitoramento, caracteristicamente similares, a possibilidade de interligá-los não é descartada pelas partes interessadas.

Atraso

As câmeras ainda não estão em funcionamento por falta da instalação das caixas de energia, que permitirão a elas terem autonomia própria, independente da rede elétrica padrão, evitando a suspensão de seu funcionamento, em caso de falta de energia. “Já foram feitas sugestões para utilização de foto sensores com energia solar, que manteriam as câmeras em funcionamento,

independente de energia elétrica”, fala Wladimir. Segundo o Secretário adjunto, um trabalho está sendo realizado junto à Secretaria Nacional de Segurança Pública, do Ministério da Justiça, com a perspectiva de expandir o projeto e fazer a instalação de câmeras em outros 10 ou 15 pontos da cidade. “Com a inauguração do novo Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS), o Governo do Estado pretende trazer outras 30 câmeras”, conclui Wladimir. A ideia do presidente da CDL é conseguir ainda mais equipamentos, para engrandecer o projeto e assim aumentar a segurança dos nossos associados.


Cidades Política 5

REGIÃO DO CARIRI(CE), DE 07 A 13 DE AGOSTO DE 2012

DEVOÇÃO

Igreja Católica ganha duas novas paróquias em Juazeiro

Fotos: Samuel Macedo

Ingrid Monteiro

C

om o aumento significativo no número de fieis, as capelas do Sagrado Coração de Jesus, localizada na vila Palmeirinha, e Nossa Senhora Auxiliadora, no bairro Antônio Vieira, serão elevadas à condição de paróquia no município de Juazeiro do Norte. De acordo com a Diocese de Crato, a celebração, que marca a oficialização da “mudança”, está marcada para os próximos dias 12 e 18 de agosto, respectivamente. Em Juazeiro do Norte, cresce, cada vez mais, o número de moradores católicos. Além disso, a cidade, conhecida como “capital da fé”, recebe cerca de dois milhões de romeiros, por ano, que vêm ao Município para participarem dos festejos religiosos

e, por vezes, decidem fixar morada na Terra do padre Cícero. “Com este aumento de peregrinos, observamos que estava na hora de serem fundadas mais paróquias nos bairros, principalmente no Antônio Vieira, que possui significativo número de moradores”, explica o vigário forâneo, padre Francisco Luiz, da Paróquia de Nossa Senhora de Lourdes. Segundo o pároco da Basílica de Nossa Senhora das Dores, padre Joaquim Cláudio, a fundação da paróquia na Vila Palmeirinha atende ao pedido da população, que há anos desejava a instalação da nova circunscrição eclesiástica. “Além de festejar os 88 anos de fundação da capela do Sagrado Coração de Jesus, criada pelo padre Cícero, a comunidade da Palmeirinha comemora

também a fundação de uma nova paróquia”, enfatiza. A Igreja, que terá como pároco o padre Sebastião Monteiro, receberá outras comunida-

des oriundas da Paróquia de São Pedro, localizada no município de Caririaçu. A fundação

n Nossa Senhora Auxiliadora, no bairro Antônio Vieira

faz parte de um processo de ampliação do território paroquial, que visa a melhoria na acolhida aos fieis. Ao todo serão criadas quatro na cidade Juazeirense, sendo que no último dia 31 de março foi entregue à co-

n Sagrado Coração de Jesus, na comunidade da Palmeirinha

munidade de São Cristóvão uma nova unidade no Bairro Aeroporto. “Além destas, objetivamos a criação da Paróquia de Santo Agostinho, que será localizada no bairro Lagoa Seca”, finaliza o padre Francisco Luiz.

Aumento no preço do aluguel provoca saída de lojas da São Pedro Chagas Lima Ofertar novas vagas de trabalho, gerando renda e contribuindo em diferentes aspectos para o desenvolvimento econômico da cidade é o sonho de muitos comerciantes de Juazeiro do Norte. Mas, pelo menos por enquanto, isso está se tornando tarefa árdua para quem deseja alugar um prédio no centro comercial, por conta dos preços exorbitantes dos aluguéis. Ao circula ao longo da Rua São Pedro e adjacências, observa-se que onde outrora funcionou um estabelecimento comercial, as portas estão fechadas. Na opinião do presidente do Sindicato dos Lojistas (Sindilojas) de Juazeiro do Norte, Francisco Alberto Bezerra (Chico Alberto), muitos prédios estão fechados porque os proprietários querem alugá-los por um preço exagerado. Ele cita como exemplo o prédio de três andares na Rua Con-

n Empresários estão instalando as lojas em outros bairros, onde os alugueis são mais baratos

ceição (imediações da Caixa Econômica Federal), que está fechado há mais de um ano, em virtude do aluguel. Segundo ele, o proprietário estipulou o preço de R$ 20 mil para o aluguel, e se mantém irredutível para reduzi-lo. “Teria que ser um tipo de negócio muito bom para dar lucro e cobrir todas as despesas inerentes

às obrigações das empresas, pagando aluguel de R$ 15 ou R$ 20 mil”, afirma. Chico Alberto acredita que até o final deste ano, as coisas serão normalizadas, já que esta situação não afeta as vendas no comércio juazeirense, que continua apresentando resultados satisfatórios. Outro fator que tem

contribuído neste sentido, de acordo com o presidente do Sindilojas, é que muitos comerciantes estão se transferindo para outros locais da cidade, por conta do seu crescimento. “Atualmente, nós temos locais em Juazeiro, como a Avenida Ailton Gomes (bairro Pirajá), que possui movimentação comercial tão importante

quanto a Rua São Pedro, haja vista que diversos estabelecimentos como Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal (CEF) e muitas lojas estão sendo instalados naquela área, tornando-a cada vez mais pujante. A mesma coisa acontece com o bairro Novo Juazeiro, onde seus moradores não tem necessidade de se deslocarem até o centro da cidade para fazer compras de determinados produtos”. Lembra, ainda, que nas Avenidas Padre Cícero (Juazeiro - Crato) e Leão Sampaio (Juazeiro – Barbalha), bem como na Avenida Humberto Bezerra, foram instalados grandes estabelecimentos comerciais. Já o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Michel Araújo, relata que ele próprio foi afetado pelo alto valor dos aluguéis na Rua São Pedro. “Eu tinha duas empresas na Rua São Pedro e tive que transferi-las para a Rua Carlos Gomes, onde estou pagando aluguel

bem mais em conta, porque o aluguel do prédio subiu muito. Quem é varejista sabe o quanto pesa o custo fixo da empresa”, afirma Michel. Ele pretende consultar o Ministério Público, para saber como agir nestes casos. “A gente também tem que respeitar a propriedade privada. É opção do locador aumentar o aluguel. Somente na Rua São Pedro existem em torno de 30 prédios, afora outras rua. Mas também essa especulação imobiliária ocorre devido às grandes redes que vêm se instalando em Juazeiro do Norte. Isso é o preço do desenvolvimento econômico que a cidade tem alcançado nos últimos tempos. Na verdade, não existe fechamento de loja, mas as transferência delas. O que tem acontecido é uma migração para outros centros menores. O comércio é o seguimento que mais gera emprego e renda, ofertando 70% dos empregos formais em Juazeiro”, finaliza.

Mulher ainda sofre preconceito no mercado de trabalho tanto empregadores quanto funcionários deixam de cumprir a legislação ou de reivindicar seus direitos. “Ainda é comum, durante as audiências, se deparar com situações em que ambas as partes declaram que não agiram da forma correta, pois não tinham conhecimento a respeito dos direitos”, relata o Juiz do Trabalho, Clovis Valença Alves Filho. A classe de mulheres trabalhadoras continua

a crescer. Elas buscam uma boa colocação no mercado de trabalho, portanto estão em uma corrida para o reconhecimento de sua produtividade e da força de trabalho. “Posso colocar como referência a minha categoria. Em todo o país, o número de juízes trabalhistas está em maior número no sexo feminino do que no masculino”, cita o juiz. Infelizmente ainda há disparidades, onde é possível encontrar diferen-

ças por conta da sexualidade, inclusive em relação ao salário, mesmo exercendo atividades e tempo de serviço iguais. Na luta contra essa desigualdade existem órgãos fiscalizadores, como o Conselho Municipal de Defesa da Mulher de Juazeiro do Norte (Comdem). Eles têm como objetivo fazer valer os direitos das mulheres. “Nosso papel é fiscalizar as políticas públicas voltadas

para elas. Em Juazeiro, ainda são poucas, mas aos poucos vamos mudando esse quadro”, fala a presidente do Comdem, Francisca Gregório Oliveira. O órgão foi o idealizador do I Seminário da Mulher Trabalhadora, realizado na última semana em Juazeiro, onde os temas foram os direitos previdenciários e trabalhistas das mulheres trabalhadoras. A presidente explica que a escolha dos temas

se deu por conta de que as pessoas ainda relacionam a violência apenas às questões físicas, quando na realidade a maior violência é a psicológica, a falta de respeito. “As mulheres tem seus direitos trabalhistas violentados”, conclui Francisca. Temas relacionados aos direitos previdenciários também geram dúvidas entre a classe feminina, igualmente desinformadas, como em relação às questões trabalhistas.

Viagem com a família? Alugue um carro na Localiza. Em Crato: Av. Padre Cícero, 1.832 C Tel.: (88) 3523-2030

solution

Serena Morais Há décadas, as mulheres de todo o mundo batalham pela igualdade de direitos. Muitas já foram as conquistas através de árduas lutas enfrentadas pela classe feminina. Mas ainda há muito a ser feito, principalmente, no que se refere aos direitos trabalhistas e previdenciários das mulheres. A falta de conhecimento ainda é um dos grandes problemas. Por esse motivo,

Diárias a partir de R$ 90*

39,

+ R$ 0,46 por km rodado

10x sem juros no cartão**

*Não estão inclusas taxas (5% ou 10%, dependendo da agência de retirada e/ou de devolução do carro), coberturas de risco e extras. Consulte as condições no www.localiza.com. **Cartões de crédito American Express, Visa, Mastercard, Diners Club International e Elo emitidos no Brasil, exceto cartões Corporate.

Reservas 24h: 0800 979 2000 www.localiza.com


Cidades 6

REGIÃO DO CARIRI(CE), DE 07 A 13 DE AGOSTO DE 2012

HOMENAGEM

Emoção em clima de Dia dos Pais Samuel Macedo

Ingrid Monteiro

o falecimento da minha esposa, tive que me esforçar ainda mais para ser um pai presente e, apesar das dificuldades, tento conseguir dar a eles o melhor que posso oferecer, como o amor e a educação”, revela emocionado.

P

ai presente, biológico, adotivo, amigo, ausente, herói e até de primeira viagem. Inúmeras são as representações da imagem paterna, mas afinal qual o significado maior de assumir esta função? O Jornal do Cariri entrevistou alguns pais na cidade de Juazeiro do Norte para entender o universo da paternidade e os seus maiores desafios. Muitas pessoas consideram que a natureza transforma o homem, no momento em que ele se torna pai. “Quando fiquei sabendo que a minha esposa estava grávida, tive uma emoção que não sei explicar. Algo que nunca havia sentido antes”, descreve o jovem Marciovânio Lima, que no próximo domingo passará o seu primeiro Dia dos Pais. Apesar de sempre ter desejado ter um filho, ele confessa ter se surpreendido com a notícia. “A gente ainda não estava planejando a gravidez, mas ao ver pela primeira vez a Maria Beatriz, tive, ainda mais, a certeza de que este era o

Expectativa

n Três gerações e o amor pela paternidade. Pais se dizem emocionados com a passagem da data em sua homenagem

momento certo”, enfatiza. Além dos recém-chegados a paternidade, os pais experientes não conseguem esconder a emoção vivenciada a cada chegada de um filho. O aposentado Luiz de

Oliveira sabe bem disso. “Tenho 10 filhos, 17 netos e agora recebo um presente com a chegada da minha primeira bisneta. Me considero pai de todos, pois o amor só aumenta com o nascimento de mais

um membro da família”, afirma ele, que se tornou pai aos 19 anos de idade. Crianças e adolescentes precisam dos cuidados do pai e da mãe na sua criação, mas nem sempre é possível

que a figura feminina desempenhe este papel e muitos pais passam a cuidar sozinho de seus filhos. É o caso do pedreiro Manoel Ferreira, pai de quatro filhos e que há cinco anos se tornou viúvo. “Com

Pai. O significado desta palavra de três letras permeia entre as responsabilidades de genitor, responsável e protetor. Na maioria das vezes, é preciso abrir mão de hobbies para trocar fraldas, acordar com o choro no meio da noite e cumprir com tarefas domésticas. Mas tudo isso é considerada uma experiência recompensadora. O motorista Francisco Silva está prestes a viver novamente esta mistura entre emoção e responsabilidade. Sua esposa Ariane Peixoto está no quarto mês de gestação do seu segundo filho. “Há quatro anos, a Maria Vitória chegou para alegrar ainda mais nossos dias e, novamente, vivencio a expectativa de aguardar o nascimento dele ou dela, pois ainda não sabemos o sexo do bebê”, declara ansioso.

Procura por vacinas tem pouca adesão de jovens

n Médicos se dizem preocupados com a falta de vacinação entre os jovens

Embora muitos adolescentes estejam vulneráveis às várias doenças para as quais as vacinas são eficientes, poucos demonstram preocupação com a imunização nessa fase da vida. Em Juazeiro do Norte, especialistas apontam que a população jovem do município é a que menos comparece aos postos de saúde à procura de prevenção. Viagens, namoros e baladas fazem parte da rotina agitada que pode colocar em risco à saúde do adolescente. De acordo com o técnico do Programa de Imunização do Departamento de Vigilância a Saúde de Juazeiro do Norte, Murilo Lourenço, a maioria das infecções se originam em ambientes fechados frequentados pelos jovens, como festas, clubes e boates, proporcionando hábitos que podem levar os jovens a contrair graves doenças sem perceber.

“O adolescente normalmente possui comportamento de risco para algumas doenças infecciosas, através da prática de sexo sem camisinha, realização de tatuagens e compartilhamento de bebidas e cigarros. Eles se expõem a riscos de contaminação por bactérias ou por vírus que podem causar sérias infecções ou doenças. Desta forma é fundamental que eles se previnam com as vacinas necessárias”, acrescenta. O Programa de Imunização dispõe de vacinação contra a hepatite B, a antitetânica e a tríplice viral, que protege o ser humano de três graves doenças: sarampo, caxumba e rubéola. As vacinas são distribuídas entre os 64 PSFs, o Serviço de Atendimento Médico Especializado (SAME) e o Centro de Dermatologia Sanitária e Doenças Infecto Contagiosas do

município. “Cada local possui uma equipe de profissionais capacitada para atender a necessidade de cada indivíduo, analisando se o jovem recebeu as vacinas indicadas para a sua idade”, enfatiza Murilo Lourenço. Entre as preocupações dos médicos está a hepatite B, doença transmissível pelo sangue, beijo e relações sexuais. “A doença pode ser contraída por meio de relações sexuais sem uso de preservativo, contato com sangue ou objetos contaminados e requer atenção especial pela possibilidade de se tornar crônica, levando a sérias complicações, como a cirrose”, esclarece o clínico geral Saul Caldas. Segundo o médico, o público jovem deve ficar atento às formas de prevenção da doença, sobretudo por meio do uso de camisinha

durante o sexo, utilização de materiais descartáveis na aplicação de piercing e tatuagens, e principalmente através da vacinação. “Não é somente na infância que as vacinas se fazem necessárias. Os Jovens e adultos precisam estar em dia com o programa de vacinação”, alerta o clínico geral. As vacinas contra a hepatite B são aplicadas em três doses e está disponível na rede pública para pessoas até os 29 anos. Para a vendedora Fabiana do Nascimento, as vacinas são importantes para a obtenção de uma juventude tranqüila e saudável, no entanto nem sempre os jovens estão atentos a isto. “Eu mesma não me lembro da última vez que me vacinei”, revela a jovem. “Mesmo sabendo a necessidade de se vacinar, a gente se descuida e esquece”, completa.

Programa Segundo Tempo insere educação e esporte na vida de adolescentes Serena Morais Nos dias atuais, onde pais e mães precisam trabalhar a fio para manter suas necessidades básicas e dos seus filhos, registra-se que as crianças e adolescentes passam pouco tempo na companhia deles. Quando não estão na escola, acabam passando muito tempo ociosos, ficando mais propícios a estarem nas ruas e passarem a ter comportamentos prejudiciais. Na tentativa de mudar esse quadro, instituições e programas têm desenvolvido ações para ocupar esse tempo livre com atividades construtivas. Esse ano, alunos de

escolas públicas de Juazeiro do Norte passaram a contar com um dos programas do Ministério do Esporte. Eles frequentam o contraturno escolar para praticar atividades físicas. Modalidades como futsal, vôlei e basquete são alguns esportes trabalhados pelos coordenadores do Programa Segundo Tempo. De acordo com um dos coordenadores do programa, Naildo Santos, o objetivo é retirar as crianças e adolescentes da ociosidade e da vulnerabilidade social, através do esporte. Jéssica de Melo Silva, de 16 anos, é uma das adolescentes beneficiadas. Mes-

mo nos dias em que não é a turma dela, a garota desloca-se até a escola e participa das atividades esportivas. “Eu gosto muito de ter um lugar pra ir e poder jogar, principalmente futsal, pra não ter que ficar em casa. Tinha gente que ficava na rua, fazendo coisa errada”. Para complementar a atividade física, os alunos recebem aulas de reforço escolar, ministrado por uma monitora complementar, que também faz trabalhos de conscientização com os jovens sobre as principais problemáticas vivenciadas por eles, como drogas e sexo. Mesmo durante o pe-

ríodo de férias, crianças buscaram o programa, pois criaram no esporte uma forma de gastar a energia acumulada. É o caso de um dos filhos de Maria José, que estuda em um colégio diferente dos outros irmãos, onde o horário é integral. Bastou ficar de férias e o garoto fez questão de frequentar o programa junto aos irmãos. “Ele disse que quando chegar as férias do final do ano vai participar de novo”, fala a mãe satisfeita.

Melhorando o comportamento O coordenador explica que do início do progra-

ma, em maio deste ano, até o momento, já é possível observar mudanças significativas, principalmente no que diz respeito ao comportamento dos alunos. “Eles criam uma ligação com os professores, uma relação de confiança, respeito e disciplina. Com o passar do tempo, eles ficam mais obedientes e participativos nas aulas”, fala Naildo. Segundo a coordenadora da Escola Modelo Vereador Francisco Barbosa (uma das escolas onde o programa foi instalado), Ana Lúcia Pinheiro, outro ponto positivo na utilização do esporte junto às crianças, é a melhoria na frequência nas

aulas escolares. Um dos três filhos de Maria José, que frequenta as atividades, iniciou o programa apresentando um alto grau de timidez, mas com o acompanhamento dos coordenadores, que avaliam os alunos individualmente, foi sendo inserido no esporte e hoje apresenta um comportamento mais coletivo, passando a trabalhar em equipe com mais facilidade. “As atividades do Segundo Tempo são educativas, envolvendo os alunos num trabalho de socialização, com jogos prédesportivos, trabalhando a convivência em equipe”, conclui o coordenador.


Social Cultura Política 7

REGIÃO DO CARIRI(CE), DE 07 A 13 DE AGOSTO DE 2012

POR WALESKA MARROCOS

Sociedade em Foco

PRÊMIO DINAMITE 2012 O cantor Daniel Peixoto recebeu o Prêmio Dynamite de Música Independente, como melhor disco de música eletrônica 2011/2012, com o trabalho “Mastigando Humanos”. Sem esquecer as raizes, Daniel esteve no Cariri para visitar a familia e comemorar o sucesso do trabalho, que é um mix de pop, funk, tecnobrega e forró. Eu fico muito feliz. Parabéns!

RECÉM-NASCIDO E a família cresce. Com muita alegria e amor, Isabel e Allan receberam parentes e amigos, no sítio da família, em Barbalha, para apresentar o novo irmãozinho de Allan Filho. É Arthur Benjamim, que apesar da festa feita por mamãe para comemorar sua chegada, mamou e dormiu tranquilamente. Um verdadeiro príncipe.

VOLTA ÀS AULAS Não basta ser pai, tem que participar. Foi com muito entusiasmo que Franklin Almino acompanhou seu filho, Nicolas Almino, ao primeiro dia de aula do semestre. Cursando o infantil V, Nicolas estava ansioso para reencontrar os coleguinhas e contar as novidades das férias. Bom demais!

CULTURA

waleskamarrocos@jornaldocariri.com.br

MONSENHOR

O fundador da Solibel (Sociedade Lírica do Belmonte), Monsenhor Ágio, com seus 94 anos de vida - 69 de vida sacerdotal - é exemplo de vitalidade e dedicação à sua comunidade. Um verdadeiro pai para todos.

NIVER

INAUGURAÇÃO O empresário Antonio Mello abriu as portas da quinta loja da rede Normatel, instalada em Juazeiro do Norte, para representantes e clientes. A loja chega para incrementar o mercado de construção da cidade que cresce a olhos vistos. Com o gerente Enio mesquita, Antonio Mello e seu filho Júnior.

Nizete Sampaio comemorou com seus familiares e amigos a passagem de seu niver. Parabéns e que essa data se repita por muitos anos. Muita saúde e sucesso, que Deus lhe abençoe sempre!

PRÊMIO FUNARTE

Companhia caririense homenageia Nelson Rodrigues Ingrid Monteiro

N

o ano em que Nelson Rodrigues celebraria seus 100 anos de vida, a região do Cariri entra em cena no Festival A Gosto de Nelson, com o espetáculo “Perdoa-Me por me Traíres”. Realizada pela Fundação Nacional de Artes (Funarte), a programação reúne 17 peças escritas pelo dramaturgo, interpretadas por grupos e companhias de diferentes estados brasileiros, entre os dias 1º e 31 de

agosto, no Rio de Janeiro. O festival contou com a inscrição de 245 espetáculos e apenas quatro grupos nordestinos foram aprovados, sendo dois de Pernambuco, um espetáculo da Bahia e o único do Ceará, que é realizado pela Companhia Engenharia Cênica de Juazeiro do Norte. Selecionados por meio do Edital Prêmio Nelson Rodrigues: 100 anos do Anjo Pornográfico, os espetáculos estão sendo apresentados, a preços populares, nos teatros Dulcina e Glauce Rocha, na cidade carioca. “Está sendo bastante gra-

Fotos: Samuel Macedo

n Atores caririenses interpretam obra de Nelson Rodrigues

ALFARMA, a primeira farmácia de manipulação genuinamente Cratense. Diretora Técnica

Drª Fabiana Pereira Rodovalho Alencar Gomes

O periódico do Cariri independente

Rua Senador Pompeu, Nº 429 - Centro - Crato-CE Fone/Fax (88) 3253.1080

Ligue e anuncie (88)3511 2457

tificante participar deste evento que celebra o centenário deste genial e polêmico autor, referência para a literatura brasileira”, declara o diretor e ator, Luiz Renato. “Além de ser um momento muito importante para a nossa Região, que está sendo representada neste importante festival, que viabiliza o trabalho de artistas e amplia o mercado local”, acrescenta. Nos últimos dias 1º e 02 de agosto, o público caririense teve a oportunidade de conferir o espetáculo, que contou com estreia no Teatro Patativa do Assaré, no Sesc de Juazeiro do Norte. No próximo dia 15 e 16, a companhia estará no Teatro Glauce Rocha, no Rio de Janeiro, ao lado de grupos de todo o País. A temporada será finalizada nos dias 24 e 25 deste mês, quando os atores reapresentam a peça

no município juazeirense. Formada há seis anos, a Companhia Engenharia Cênica é a única do Estado do Ceará a participar do evento. O espetáculo “Perdoa-Me por me Traíres”, que conta com elenco formado por professores e alunos do curso de Artes cênicas da Universidade Regional do Cariri (Urca), permeia entre a temática dos sentimentos humanos, como o amor, traição, ódio e vingança. “Mesmo escrito na década de 50, o texto ainda é bastante polêmico e atual, pois aborda problemáticas sociais, como o aborto, corrupção, relações incestuosas e suicídio”, ressalta Luiz Renato. “A encenação apresenta uma mistura de sensações entre o trágico-cômico, melodrama, expressionismo, que vale a pena conferir”, finaliza.


Esporte 8

REGIÃO DO CARIRI(CE), DE 07 A 13 DE AGOSTO DE 2012

TOQUE DE PRIMEIRA CÍCERO NICÁSSIO LIDERANÇA

Quando um time está liderando o Campeonato, aparecem os destaques. O zagueiro André Turatto tem aparecido muito bem no ataque e marcando gols. Contra o Guarany de Sobral, o zagueiro tomou iniciativa e nos acréscimos foi atuar como um atacante. Resultado: fez o único gol do jogo. Além de artilheiro, André exerce uma forte liderança dentro do grupo.

JUAZEIRO

Bairro Leandro Bezerra ganha Academia de Futebol

RECORDE

O centro avante Marciano, do Salgueiro, estabeleceu um recorde que dificilmente será batido nesta série C, ao marcar quatro gols, na goleada de 6 a 2, contra o Luverdense. No ano passado, contra o Limoeiro, não marcou o quinto gol porque deixou o ala Danga bater o pênalti, e o goleiro André defendeu. Vale lembrar que Marciano é o maior artilheiro do Icasa, na versão Romeirão.

JUNTA TÉCNICA

O time que sofre interferência de empresários não precisa de um treinador, precisa de uma junta técnica para escalar a equipe. O treinador do Icasa, Tarcísio Pugliese, que até então faz um grande trabalho no Verdão, após a vitória por 1 a 0, em cima do Guarany de Sobral, concedeu uma entrevista coletiva, e deu declarações neste sentido. O futebol de hoje é uma indústria que não dispõe de matériaprima de primeira qualidade, pois o jogador de futebol com talento extraordinário não é capim, que brota em abundância nas margens dos córregos.

POEIRA

No momento, o Ceará faz uma campanha apenas para permanecer na série B. Os resultados dizem tudo, pois os tropeços no PV minam a confiança do time para conquistar pontos fora de casa. O Campeonato é longo e há tempo para recuperação, só que para isso acontecer é preciso reforçar o elenco com jogadores que tenham poder de recuperação. Abram os olhos, quem anda atrás só come poeira.

CARACTERÍSTICA

A torcida do Icasa está perdendo a sua maior característica que é de comparecer aos jogos quando o time está bem na competição. No ano passado, o Verdão fez um péssimo Campeonato Cearense, terminando na oitava colocação. Neste ano, o time ficou abaixo da crítica, livrando-se do rebaixamento, na última rodada. A maior decepção da torcida foi a queda da série B para série C. Mas já é tempo do torcedor icasiano encarar a realidade e apoiar o time, que faz uma boa campanha na série C. A diretoria do clube passa por dificuldades e a presença da torcida nos jogos é fundamental na caminhada rumo a série B.

n SEGURANÇA ELETRÔNICA

n ZELADORIA

n PORTARIA

n TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS

Travessa Slino Duda, 59 - Bairro Santa Teresa - Juazeiro do Norte - CE

Peça já seu orçamento sem compromisso

n Com o esporte, os alunos melhoram a coordenação motora e o comportamento

Chagas Lima

D

urante dois anos, o educador físico Edson Alves observou alguns aspectos de escolinhas para aprendizagem do futebol na Região e percebeu algumas carências. O profissional chegou a conclusão de que era preciso criar novas condições para favorecer o desenvolvimento do educando (aluno) com as práticas esportivas, por isso. Daí surgiu à idéia de instalar uma metodologia inovadora, aplicada através da instalação da Academia de Futebol Grandes Craques, no bairro Leandro Bezerra. A inauguração acontece nesta terça-feira (7), no Espaço Arena Soccer. A unidade tem disponibilidade para atender 120 alunos e possui campo dotado de grama sintética e iluminação (refletores), e será referência para crianças que costumam praticar futebol, em campos de várzeas, na periferia de Juazeiro do Norte. “Para estruturar uma escolinha, a primeira coisa que deve ser trabalhado são os fundamentos do futebol, com materiais pedagógicos adequados. É regra na nossa academia ter uma bola para cada aluno matriculado. Por exemplo, no sub-13 são 20 alunos por turma, onde cada um terá um bola oficial”, diz Edson, que é coordenador da Academia. Ele sentiu, também, a necessidade da academia ter uma psicóloga, porque no seu entender, algumas escolinhas de futebol procuram incutir a mente da criança, informando que futuramente será um craque profissional. “A nossa academia vai realizar um trabalho diferente. Vamos trabalhar o esporte-educação e o esporte de rendimento. Queremos formar cidadãos. Nos-

sa marca é Aprender, treinar, jogar e se divertir, o próximo craque pode ser você. A psicóloga vai trabalhar a mente da criança neste sentido. Como conseqüência dessa preparação, poderá surgir a formação de rendimento”. Conforme o educador físico, a alimentação dos alunos também será orientada por uma nutricionista. A matrícula do alunos, entre 5 e 15 anos, é feita mediante a apresentação de atestado médico, por parte dos pais ou responsáveis, comprovando que o mesmo está desfrutando de boa saúde física e mental. Se existir alunos com problemas de saúde – desde que seja descrito pelo médico através de exames - o professor Édson Alves avisa que os profissionais da Academia Grandes Craques estão habilitados para trabalhar com essas crianças. O técnico da Academia Grandes Craques terá contato direto com professores e diretores da escola convencional, para acompanhar o se desenvolvimento educacional. “A finalidade, é saber se ele está com boas notas, se tem deficiência em alguma disciplina, se falta constantemente ou qualquer outro problema escolar”, diz.

Expansão De acordo com o professor Édson Alves, o objetivo é estender o projeto da Academia Grandes Craques para outros bairros de Juazeiro do Norte, implantando unidades de futsal, vôlei, entre outras modalidades.

Serviço Academia de Futebol Grandes Craques Rua Ary Cruz, nº 46, bairro Leandro Bezerra

AUTOMÁTICOS, CERCA ELÉTRICA, PORTEIRO E VIDEO PORTEIRO, INTERFONE, PABX, CFTV. TUDO EM ATÉ 10X NO CARTÃO VISA SEM JUROS CHEQUE E CARNÊ. RUA DELMIRO GOLVEIA, 942 - SALESIANOS FONE/FAX: (88) 3512-1100

• Cargas e Encomendas Urgentes para o Sertão Central, Cariri, Baixo Cariri e Chapada do Araripe, DIARIAMENTE. • Filiais: Quixadá, Quixeramobim, Senador Pompeu, Mombaça, Acopiara, Iguatu, Várzea-Alegre e Juazeiro do Norte.

Fortaleza-CE 85.3295.7878 Avenida Padre Cícero, 2200 Galpoes 4 e 5 - Triangulo Juazeiro do Norte-CE

88.3512.7164 / 3512.8980

w w w. b i rd e x p re s s . c o m . b r

A Rádio Mais Popular do Brasil www.somzoom.com.br


Jornal do Cariri - 07 a 13 de agosto de 2012