Page 1

grandes nomes

EXPOSIÇÃO

Luiz Carlos de Lima, o radialista show de bola

Artistas cearenses unidos em projeto sobre o Nordeste

ESPORTE Barbalha segue para segunda fase da Série B

grandes nomes | pág. 9

ÚLTIMAS | pág. 12

APITO | pág. 12

www.jornaldocariri.com.br

O periódico do Cariri independente

De 15 a 21 de maio de 2018 Ano 20 Número 2848 Preço : R$1,50

ação enérgica

Forças de segurança sufocam terror das facções em Juazeiro As forças de segurança do Estado conseguiram sufocar uma onda de ataques a ônibus, veículos oficiais e prédios públicos de Juazeiro do Norte. Com a proposta de causar terror, motivado pela proibição de pernoite em unidades prisionais da Comarca de Juazeiro, a facção Guardiões do Estado (GDE), em carta veiculada nas redes sociais, assumiu a autoria dos ataques do fim de

SAÚDE MENTAL

semana. Foram incendiados dois ônibus e uma viatura do Demutran. Uma ação da Polícia Militar do Crajubar conseguiu se antecipar a novas ações, prendeu cinco envolvidos e sufocou o movimento criminoso. Apesar do sucesso das ações, o comandante do 2º BPM, Major Luciano Rodrigues, advertiu que a atuação das facções no Cariri é uma realidade. POLÍTICA | pág. 3

FORMAÇÃO infantil

TRANSPARÊNCIA

Municípios promovem Dia Barbalha projeta mudanças UFCA implanta site para da Luta Antimanicomial na rede municipal de ensino fiscalizar gestões públicas metropolitana | pág. 5

Saiba mais MELHOR IDADE

Qualidade de vida é prioridade para a terceira idade

política | pág. 4

VIDAS INTERROMPIDAS

Crajubar tem 170 jovens mortos em quatro anos As três cidades que formam a principal conurbação do interior do Estado registram números impressionantes da violência contra adolescentes e jovens. Estudo apontou que, além dos 170 homicídios de pessoas nesta faixa etária, o uso de arma de fogo é comum

Idosos em Juazeiro do Norte se integram a programas que priorizam educação, saúde e o lazer. O objetivo é a melhoria na qualidade de vida. Desenvolvidos tanto pela iniciativa pública como pela privada, os projetos são opção na busca por deixar a vida mais ativa na melhor idade. METROPOLITANA | pág. 8

BRASIL SABOR

RFFSA sediará grande encontro gastronômico METROPOLITANA | pág. 8

política | pág. 4

QUASE 200 KM

Estado vai construir novas estradas no Cariri metropolitana | pág. 8

em mais de 80% dos crimes. Especialistas, políticos e militantes de movimentos sociais avaliam ser necessária a implementação de políticas públicas e espaços especializados para a juventude na área da segurança pública. metropolitana | pág. 5


2

Região do cariri, De 15 a 21 de maio de 2018

Opinião

TODA proposta de segurança dos governos é uma proposta repressiva, depois que a violência se instala. Renato roseno deputado estadual

Editorial

O SECRETÁRIO DO TERROR

O maior erro da gestão Camilo Santana, cujo último ano se aproxima do fim, é facilmente apontável: a desastrosa política de Segurança Pública. O estado do Ceará está nas mãos de facções criminosas, que fazem da vida de ricos e pobres um exercício diário de medo e terror. O símbolo desse erro gigantesco tem nome e sobrenome: André Costa, o secretário de Segurança Pública. Aluno medíocre da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Ceará, aprovado em um concurso de delegado federal no qual centenas foram nomeados judicialmente, André Costa aceitou o cargo de secretário para poder voltar a Fortaleza. Pelas vias normais, não conseguiria tão cedo morar em sua cidade.

A mediocridade como estudante e como delegado federal somou-se à arrogância como secretário e à inabilidade como gestor público. Magistrados e promotores, à boca pequena, comentam sobre o deslumbramento de André Costa e a sua incapacidade de ler a realidade judicial do Ceará. Entre os delegados da velha guarda, os únicos que entendem de Segurança Pública no Ceará, André Costa é alvo de desprezo e sarcasmo. Ele é um líder que não lidera. Um secretário que ninguém leva a sério. Os incêndios a veículos em Juazeiro do Norte, no último fim de semana, ofensiva comandada por detentos da Penitenciária Industrial Regional do Cariri (PIRC) ligados a uma facção criminosa cearense, é mais um marco no pro-

CHARGE

cesso de desintegração da Justiça e da Segurança Pública no Ceará. A diretora do presídio não teve competência nem sensibilidade para fazer frente às ações contra a proibição do pernoite das companheiras dos presos nos dias 12 e 13 de maio. A decisão judicial cancelando o benefício levou em consideração o número pequeno de agentes penitenciários para dar conta dos encarcerados e de suas visitas. André Costa não tem estatura para o cargo que ocupa. A secretária de Justiça, Socorro França, uma mulher digna, experiente e honrada, infelizmente, não tem mais condições de seguir comandando o serviço penitenciário. Diferente de André Costa, Socorro França tem um nome e um passado. Até para preservar seu legado

SEXTILHA A VIDA NÃO NOS RECLAMA ATITUDES DE GRANDEZA APENAS NOS PEDE UM POUCO DE AMOR E GENTILEZA AO LIDAR COM AS PESSOAS... DISSO TENHAMOS CERTEZA. WeLLINGTON COSTA

CARTA O Instituto de Apoio à Criança com Câncer é daqueles projetos que nos enche o coração. Altamente importante para famílias do Cariri desde que criado, o IACC merece uma vida longa! E merece o reconhecimento da sociedade quanto sua importância por tudo aquilo que fez e faz a todos. Em nome dos que já foram ajudados e de todos aqueles que ainda serão, muito obrigado! Jaqueline da Silva

CONDENAÇÃO EM 1º GRAU É ORIGINAL estupefaciente é que os celerados envolvidos em delitos do tipo não sofrem abalo de qualquer ordem - nem mesmo moral - eis que se dizem inocentes. Os detentores de mandatos ainda são “conservados pelo congelador do foro privilegiado”. Poderíamos citar dezenas de exemplos de beneficiários desse famigerado privilégio,mas vamos nos restringir ao exemplo do ex-governador de São Paulo, Paulo Maluf. Processado durante décadas por crimes de corrupção, o político valeu-se do foro privilegiado, percorreu a 1ª, a 2ª, a 3ª, a 4ª instâncias, e mais instâncias percorreria para permanecer LIVRE, como de fato permaneceu. Depois de não mais poder se proteger sob o “guarda-chuva” da impunidade, foi julgado e condenado. Já velho, de repente apresentou-se de muletas e caminhando que nem um gambá baleado. Vai cumprir a pena sob os regalos de outro “foro”: uma luxuosa mansão, provavelmente construída com dinheiro sujo, localizada num bairro de classe alta da capital paulista, para onde já iria aos 86 anos, sem a reprimenda sancionatória. Por vezes, o cânone constitucional “TODOS SÃO IGUAIS PERANTE A LEI” me deixa obnubilado o pudibundo pensar filosófico. A prisão em flagrante delito, a prisão temporária, a prisão preventiva são, todas, previstas na legislação penal. Em cada caso concreto o juiz poderá ratificar a prisão em flagrante, decretar a prisão temporária ou a prisão preventiva, quando presentes os casos que as autorizam. Temos uma Justiça abarrotada de feitos pendentes de julgamento, seja em nível de juiz monocrático,

JOSIVAL DA SILVA JURISTA , FILÓSOFO E ESCRITOR

É remota a possibilidade de equívoco afirmar que hodiernamente não há um único estado brasileiro em cujo poder judicante não tramite pelo menos um processo por crime de corrupção. É muito mais remota ainda a possibilidade de pelo menos um, do total de indivíduos processados em todo o território nacional, ter confessado o crime do qual é acusado. “Sou inocente”, “Sou vítima de perseguição política”, “Fui ingênuo, mas não cometi crime algum”, são algumas das clássicas e cínicas negações dos marginais envolvidos em falcatruas dos mais diversos matizes. Este escriba escreveu recentemente uma frase postada nas redes sociais, com o seguinte teor: “Se um indivíduo acusado de corrupção neste país se declarar culpado, pode libertá-lo que ele é inocente”. Ora, como os desfalques, desvios e rombos existem em volumes cada vez maiores e ninguém se confessa culpado, chega-se à seguinte conclusão: ou as notícias de escândalos de corrupção, lavagem de dinheiro e outros crimes envolvendo políticos e empresários são falaciosas ou quem está roubando somos nós, o povo. O mais

Fundado em 5 de setembro de 1997 O Jornal do Cariri é uma publicação da Editora e Gráfica Cearacom Ltda CNPJ: 15.915.244/0001-71

Diretor-presidente: Donizete Arruda Diretora de Redação: Jaqueline Freitas Diretoria Jurídica: Vicente Aquino Diagramação: Evando F. Matias

seja em nível de Tribunais. De quando em quando se ouvem berros inconscientes pechando a Justiça de pachorrenta ou de célere demais, pasmem. Ao Estado-juiz não é assegurado o direito eterno de punir. Esse direito-dever poderá ser atingido pela prescrição. Um processo criminal é julgado na primeira instância após passar por demoradas e exaustivas etapas, tais como inquérito policial, perícias, acareações, ouvidas de testemunhas (na fase policial e judicial). Ainda na fase inquisitorial (na polícia) assegura-se a presença do advogado do acusado. Na fase judicial não se pratica um só ato sem dar a conhecer às partes sobre o seu conteúdo. O Ministério Público (fiscal da lei) é presença obrigatória nos atos processuais. O juiz inicia a análise do mérito do feito a partir do primeiro contato com a prova, até o julgamento final. Na decisão judicial de 1º grau, o “coração” (a prova) é extraído do “doador” e ainda “quente” implantado no “paciente” (a sentença). Na 2ª Instância um colegiado de julgadores reexamina todos os atos das Instâncias inferiores com iguais oportunidades para a acusação e defesa. Afinal de contas, se mesmo assim as decisões de 1ª e 2ª Instâncias, percorridos todos os canais recursais, não se constituem supedâneo da INOCÊNCIA ou CULPABILIDADE do réu, e em se tratando de processo criminal são imprestáveis para prender o réu condenado que deseje prosseguir na querela, sugere-se que se inicie a persecução penal pela 3ª Instância. A lei é anterior ao crime, não acolhe Millôr Fernandes: “Roube ainda hoje, amanhã pode ser ilegal.”

Conselho Editorial Geraldo Menezes Barbosa, Francisco Huberto Esmeraldo Cabral, Napoleão Tavares Neves e José Humberto de Mendonça.

pessoal, Socorro França deveria deixar a Secretaria da Justiça. Ela não dispõe de condições e de estrutura para manter uma agenda mínima de serviços. Ninguém consegue entender o porquê do governador Camilo Santana conservar o atual modelo de Segurança Pública e Administração Penitenciária. André Costa é o secretário do terror ou um terror de secretário. Ele tem conduzido o Estado do Ceará a níveis incomparáveis de insegurança e medo. Até as classes altas estão à mercê dos bandidos das facções criminosas. É muito provável que um grande desastre marque para sempre o governador Camilo na memória popular e possa comprometer sua reeleição. André Costa valerá esse preço tão alto?

André Costa não tem estatura para o cargo que ocupa. A secretária de Justiça, Socorro França, uma mulher digna, experiente e honrada, infelizmente, não tem mais condições de seguir comandando o serviço penitenciário. Diferente de André Costa, Socorro França tem um nome e um passado. Até para preservar seu legado pessoal, Socorro França deveria deixar a Secretaria da Justiça.

Palavra de Fé Pr. Jecer goes

HOMENAGEM ÀS MÃES Assim Ana engravidou e, no devido tempo, deu à luz um filho. E deu-lhe o nome de Samuel, dizendo: “Eu o pedi ao Senhor”. (1Samuel 1.1-20) No segundo domingo de maio é comemorado um dia mais que especial, o Dia das Mães. A mulher digna, verdadeira heroína do lar, a conselheira, a guerreira, a administradora, a educadora, a cozinheira, a amiga, a companheira, além de esposa e adjutora de seu marido. São inumeráveis as qualidades e virtudes dessa notável mulher que, muitas vezes, é incompreendida, desprezada, sofredora, mal-amada, esquecida. As mães deveriam ser honradas e homenageadas não somente uma vez por ano, mas diariamente. A história bíblica como a secular é rica ao apresentar mulheres notadamente exemplares. E quando fazemos menção do assunto, logo nos vem à mente o nome de Ana que se encontra no Antigo Testamento, no Primeiro Livro de Samuel. Ana, como grande parcela das mulheres, tinha o profundo desejo de ser mãe, porém era estéril. Apesar de sua limitação, ela demonstrava dependência e gratidão a Deus, que lhe honrou atendendo sua oração fazendo-a mãe. Ana constitui-se em verdadeiro exemplo para muitas mulheres, por suas atitudes e qualidades de confiança, perseverança e determinação, senão vejamos: Sua perseverante vida de oração. Ana não desanimou, não desistiu e nem perdeu a fé apesar de humanamente ser impossibilitada de gerar filhos. Ela estava confiante que Deus poderia realizar o grande milagre e torná-la mãe. O texto bíblico diz que Ana subia à Casa de Deus em busca de uma resposta. Quantas mulheres que, diante de aflições, lutas, problemas, se vêem desesperadas e só reclamam e agem impensada e imprudentemente ao invés de, a exemplo de Ana, buscar a presença e resposta de Deus através da oração. A história menciona Suzana Wesley, mãe de John Wesley. Era a caçula de vinte e cinco filhos e foi mãe de dezenove. Mesmo diante das circunstâncias, dedicava duas horas por dia para ficar a sós com Deus. Durante 20 anos, ela instruiu e disciplinou seus filhos e como resultado eles se tornaram homens de importância notável e cultos. A oração muda as coisas. Orar pelos filhos é dever de todas as mães. Sua vida de reconhecimento, dedicação e gratidão ao Senhor. Ana em sua oração fez voto ao Senhor dizendo: “Ó Senhor dos Exércitos, se tu deres atenção à humilhação de tua serva, te lembrares de mim e não te esqueceres de tua serva, mas lhe deres um filho, então eu o dedicarei ao Senhor por todos os dias de sua vida”. Ana prometeu dedicar seu filho a Deus e o fez. Ela não teve o egoísmo de manter o filho ao seu lado. Sua atitude ensina às mães a priorizarem Deus soberanamente em seus lares. Presídios estão superlotados de filhos que não receberam a devida educação e instrução bíblica. O maior patrimônio que a mãe deve construir é instruir os filhos levando-os ao temor de Deus. Há outros exemplos de mulheres que dedicaram seus filhos ao Senhor, como Joquebede, que ofereceu Moisés, Isabel que ofereceu João Batista, Maria que ofereceu Jesus. Mães, ofereçam seus filhos ao Senhor, assim, eles serão frutíferos e úteis à sociedade e crescerão temendo, dignificando e honrando Deus e serão abençoados por toda a vida. Seu cuidado e zelo para com as coisas de Deus: “Samuel, contudo, ainda menino, ministrava perante o Senhor, vestindo uma túnica de linho. Todos os anos sua mãe fazia uma pequena túnica e a levava para ele, quando subia a Siló com o marido para oferecer o sacrifício anual”, (1Samuel 2.18,19). Ana acompanhou de perto o crescimento de seu filho Samuel. Tendo consagrado o filho, não deixou de cuidar dele (1Samuel 2.19). Ana, anualmente, o visitava dispensando-lhe atenção, educação, amor e carinho. Ela não só ofereceu o seu filho para o serviço de Deus, como se dedicou e ajudou na sua formação. Foi uma mãe dedicada, responsável, solícita, diligente, cuidadosa e zelosa. Certamente que Ana foi recompensada por sua fidelidade como mãe: Samuel, seu filho foi personagem de grande importância e bênção para toda uma nação. As mães devem entender sua importância na criação e educação dos filhos, bem como na formação de seu caráter. Dependendo de atitudes, exemplo e ensinos das mães, elas formarão filhos de excelente caráter e honestos, ou contribuirão para o declínio moral e espiritual da sociedade. Pense nisso. “O verdadeiro fim da pregação é endireitar a vida dos homens e não entulhar as suas cabeças com especulação inútil” Susanna Wesley Deus abençoe!

Administração e Redação Rua Pio X, 448 - Bairro Salesianos CEP: 63050-020 - Juazeiro do Norte Ceará - Fone 88 3511.2457

Sucursal Fortaleza: Rua Coronel Alves Teixeira, 1905 - sala 05 - Fone: 85 3462.2600

Sucursal Brasília: Edifício Empire Center Setor Comercial Sul - sala 307 -Brasília - DF.

Fale conosco redacao@jornaldocariri.com.br | Departamento Comercial | contato@jornaldocariri.com.br

Os artigos assinados são de responsabilidade dos seus autores.


3

Região do cariri, De 15 a 21 de maio de 2018

Política

Fernando tem sido chamado para representar Camilo

em vários eventos pelo Cariri. Mesmo explicando que não está no Governo, os aliados não abrem mão de sua presença. Antes de deixar o Governo, Fernando deixou vários projetos engatilhados para os municípios caririenses.

ORDENS DE CAMILO

Rebate

Donizete Arruda

Cid impõe a Camilo missão impossível

Ação conjunta sufoca ataques em Juazeiro

A cada dia mais próximo de uma prisão, o deputado federal Antonio Balhman sabe das suas dificuldades em conquistar um novo mandato parlamentar. Ciente disso, emparedou o ex-governador Cid Gomes, que por sua vez cobrou do governador Camilo Santana a eleição de Balhman. A região escolhida cidade de Juazeiro para votar nele foi o Cariri. E a liderança ungida para difícil tarefa de carregá-lo como um peso enorme foi Guilherme Landim. Cid promete recompensá-lo, do Norte foi surpreapoiando a sua candidatura para a sucessão do presidente Zezinho Albuquerendida, no último que, mesmo ciente que Guilherme estará em seu primeiro mandato. Guilherfim de semana, com uma me silenciou sobre sua tarefa de pedir votos para o homem da mala de Cid, responsável por ir buscar o dinheiro sujo da propina da JBS em São Paulo. série de ataques a ônibus,

A

Balhman tem o apelido que ninguém quer

Os Irmãos Metralhas são conhecidos de qualquer criança no Brasil. E seu primo, Meio Quilo, é tão famoso quanto, tendo uma legião de fãs de suas revistas em quadrinhos ao longo dos últimos 40 anos. Foi justamente o personagem Meio Quilo que os irmãos Joesley e Wesley Batista escolheram para dar como apelido ao deputado Antonio Balhman, encarregado de ir apanhar as malas com propina para Cid Gomes. O Ministério Público Federal assegura que Cid primeiro recebeu R$ 20 milhões e depois mais R$ 4,2 milhões e um extra de U$ 1 milhão. Toda essa dinheirama foi trazida para o Ceará por Balhman.

Cid pressionado a revelar destino de dólar

Sempre boquirroto na defesa da honestidade dos homens públicos, Cid Gomes anda depressivo. Nem mesmo a prótese que colocou em sua cabeleira, agora vasta, melhorou seu humor. Cid sabe que sua prisão, a cada dia mais perto de ocorrer, é o principal entrave a eleição de seu irmão Ciro Gomes a presidente da República. Ciro é, hoje, segundo a última pesquisa CNT/MDA, o 2º lugar atrás apenas de Jair Bolsonaro. Está tão forte eleitoralmente que está desprezando, inclusive, o apoio do PT do governador Camilo Santana. Nesse cenário, Cid precisa revelar ao Ministério Público Federal onde depositou e escondeu o U$ 1 milhão que recebeu de propina dos irmãos Batista, da JBS. Há fortes suspeitas que essa fortuna entregue a Cid tenha sido depositada numa conta no Uruguai, por um dos doleiros presos pela PF.

Ciro teme que prisão de Cid seja antecipada

Favorito para o segundo turno contra Jair Bolsonaro, Ciro Gomes sabe que seu maior desafio é impedir a antecipação da prisão do seu irmão Cid Gomes. Sabe que se isso ocorrer, sua candidatura presidencial naufragará. Ciro prefere apostar que, após se eleger, tenha condições de livrar Cid da cadeia e de dar um jeito de agradar a classe política, controlando a Operação Lava Jato. Para quem acha essa hipótese improvável, basta ingressar no facebook e assistir o vídeo de Ciro defendendo o presidente da Venezuela, Nicolas Maduro. Não é esquisito defender um ditador para Ciro. Começou sua vida pública na Arena, apoiando a ditadura militar que, como a CIA revelou, tinha entre seus presidentes, Ernesto Geisel, um general que determinou matar todos os esquerdistas que combatiam a falta de liberdade. Ciro apoiava esse regime, tanto na faculdade de Direito quanto na campanha de seu pai, José Euclides, em 1976.

Camilo precisa ter coragem de demitir

Não há mais como o governador Camilo aguardar para trocar os secretários de Segurança, André Costa, e da Justiça, Socorro França. O tempo deles exauriu. André Costa nunca deveria ter sido nomeado para o cargo. Socorro França tem competência profissional, mas o tempo dela em funções públicas está esgotado depois de tantas missões cumpridas. Chegou a hora de se aposentar. E é fundamental que o Ceará agradeça ao trabalho dessa procuradora de Justiça que sempre foi uma baluarte na defesa das minorias, porém não tem tido a capacidade de dar a resposta necessária às facções que controlam as penitenciárias do Ceará. Se Camilo insistir no erro, sua reeleição será mais complicada. Sua teimosia definirá o tamanho da sua vitória contra um candidato de oposição, que nem existe ainda.

André perto de desistir de eleger Josbertini

Enfraquecido pela disputa interna no grupo que governa o Ceará, o deputado federal André Figueiredo tende a desistir de apadrinhar a eleição do ex-secretário do Trabalho e Desenvolvimento Social, Josbertini Clementino. Incentivado por André a entrar na disputa, Josbertini tem reclamado que o padrinho não está cumprindo o prometido: viabilizar sua pré-candidatura nos colégios aliados ao seu mandato. Apoiado apenas por alguns suplentes de vereadores, Josbertini tem caído na real e promete uma conversa definitiva com André para decidir o seu futuro. André está mais preocupado com sua própria reeleição, antes considerada fácil e hoje na fase de possível. André reclama da pressão sofrida do Abolição, por tentar implodir a aliança entre Camilo e o senador Eunício Oliveira. Como conseqüência de sua atitude contestadora a vontade do Governador, sua base eleitoral tem sido invadida por José Guimarães, sob a benção de Camilo. Os prejuízos de André crescem a cada dia: a eleição de Josbertini foi um sonho de verão.

Fernando continua sendo solicitado

Apesar de estar fora do Governo para se eleger deputado estadual, o ex-adjunto do Gabinete do governador, Fernando Santana, mantém todo o prestígio que o levou a ser pré-candidato. Fernando tem sido chamado para representar Camilo em vários eventos pelo Cariri. Mesmo explicando que não está no Governo, os aliados não abrem mão e não estão aceitando outro representante. Antes de deixar o Governo, Fernando deixou vários projetos engatilhados para os municípios caririenses. O secretário chefe da Casa Civil, Nelson Martins, está representando o Governador e tem ouvido, sistematicamente, de prefeitos e lideranças, o agradecimento deles ao empenho de Fernando na liberação dos recursos. Entre as suas últimas ações, Fernando garantiu a participação do Governo Camilo na Festa de Santo Antônio de Barbalha. Conseguiu amenizar uma tensão que prometia desgastar a imagem do governador Camilo Santana no seu berço político.

Disse me disse A imposição de Cid Gomes para Guilherme Landim votar no deputado Antonio Balhman será obedecida. No entanto, o jovem líder de Brejo Santo pagará um preço político enorme para ser fiel aos FGs. No Crato, o médico Ailton Esmeraldo assumiu o comando do MDB local. Bem conceituado, Aílton tem atraído muitos adeptos a legenda. O senador Eunício Oliveira tem elogiado o seu trabalho. Fiel ao acordo fechado para aderir ao prefeito de Barbalha, Argemiro Sampaio, o vereador Capitão Marcus deflagrou uma onda de críticas ao Governo Camilo. Marcus detonou Camilo na sessão da Câmara. O vereador revelou que as viaturas entregues pelo Governador estão se acabando no pátio do quartel, sem uso. As viaturas festejadas por Camilo, há dois meses, continuam paradas por falta de policiais. Para o vereador, faltam planejamento e responsabilidade do secretário de Segurança, André Costa. No PT de Juazeiro, a crise é capitaneada pela filiação do advogado Gabriel Santana ao PCdoB. Filho do ex-prefeito de Juazeiro e suplente de deputado estadual, Manoel Santana Neto, Gabriel deve substituir o pai na eleição deste ano. Dr. Santana deve ser impedido de concorrer pela Lei da Ficha Limpa, por desaprovação de prestação de contas de convênios quando foi prefeito. Desculpe a ignorância, o Cariri vai entubar o desejo de Cid Gomes e reeleger o homem da mala da JBS, Antonio Balhman?

veículos oficiais e prédios públicos. A onda de violência teria sido motivada por uma decisão do juiz Péricles Vitor Galvão, da Vara de Execuções Penais, proibindo o pernoite de visitas íntimas na Penitenciária Industrial e Regional do Cariri (PIRC) no feriado do Dia das Mães. Logo que foram iniciadas as ações criminosas, uma ação conjunta entre as forças de segurança do Estado, através da Polícia Militar do Cariri, em parceria com a Guarda Civil Municipal de Juazeiro, conseguiu sufocar e prender cinco acusados de cometer os crimes. Quatro foram reconhecidos como sendo os autores de incendiar a viatura do Demutran, o ônibus da Viação São Francisco, ambos nas garagens, e atentar contra o Teatro Marquise Branca. Os ataques foram precedidos de uma carta divulgada nas redes sociais, onde o suposto comando da facção criminosa Guardiões do Estado (GDE) assumiu a autoria dos ataques. Na carta, a facção reivindicava o pernoite como um direito e prometia retaliação, indicando os atos a serem cometidos. A facção ameaçava atear fogo em delegacias, ônibus e

formam o estado democrático de direito para derrotar o “estado paralelo e criminoso”. Apesar do sucesso da operação que sufocou o movimento criminoso, o fato gerou críticas. O presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Ceará (Sinpol), Francisco Lucas, disse que o enfraquecimento da Polícia Civil é um facilitador para ações criminosas como essa. Para Francisco Lucas, “não se combate crime organizado com policiamento ostensivo nas ruas. Crime organizado é combatido com investigação,” disse.

Apoio local

veículo incendiado no pátio do Demutran de Juazeiro, no último sábado

outros órgãos públicos. Para isso, pedia o apoio dos chamados “meninos fiéis”. Ainda no sábado, foi encontrado um coquetel molotov nas proximidades do Teatro Marquise Branca, na Avenida Padre Cícero, e o crise foi evitado. Já estava em curso uma ação conjunta entre o comando da Polícia Militar no Crajubar, sob as ordens do comandante do 2º BPM, Major Luciano Rodrigues. Na manhã do domingo (13), o

comando da PM apresentou cinco acusados de cometer os crimes. A ordem para iniciar uma operação entre os destacamentos da Polícia Militar no Crajubar teria sido dada pelo próprio governador Camilo Santana. Ao apresentar os criminosos, Major Luciano chamou atenção para fato da comprovação da existência de facções criminosas no Cariri. Para o comandante, é preciso a união de todos os órgãos que

Leia rápido

EXECUÇÃO PENAL

OAB questiona pernoite à Secretaria de Justiça Os atos de violência registrados no último fim de semana podem ter acontecido após a 2ª Vara Criminal da Comarca de Juazeiro do Norte declarar inconstitucional e ilegal a portaria que instituía o pernoite no Dia das Mães, emitida pela Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado do Ceará (Sejus). De acordo com o documento, as visitas íntimas se dariam nos dias 12 e 13 de maio, mas foram canceladas por não serem previstas pela legislação. A medida gerou retaliação, que contabilizou ataques a ônibus, viatura e prédios públicos. O comandante do 2º BPM, Major Luciano Rodrigues, informou que será feita a prisão em flagrante do mandante dos atos, que se encontra na Penitenciária Industrial Regional do Cariri (PIRC). “Se foi do GDE ou do PCC, ninguém sabe. Mas que partiu de mandantes integrantes de facções dentro do presídio, isso é fato”, afirmou. O presidente da Comissão de Direito Penal e Penitenciário da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB)

Desde a noite do sábado, cerca de 50 homens da Guarda Civil Metropolitana de Juazeiro do Norte patrulharam ruas, fazendo blitzes e inspecionando o patrimônio público. As ações foram acompanhadas pelo comandante da Guarda Municipal José Cláudio Belino e pelo secretário de Segurança Pública e Cidadania do Município, Hamilton Macedo. Hamilton e Belino, estiveram nos locais atingidos e em potenciais alvos da facção. O secretário de Segurança, disse ter em curso uma formação para combater esse tipo de ação criminosa e, por isso, conseguiu evitar o pior. “Fomos imediatamente para as ruas, resguardar o bem público e a vida dos cidadãos. E conseguimos evitar que outros bens públicos fossem atingidos,” disse Hamilton.

– Subsecção Juazeiro do Norte, o advogado Wanderson Maia, informou que a OAB não recebeu nenhum comunicado oficial sobre pernoite nas cadeias da região. A PIRC, que tem capacidade para 540 presos, estava com quase 800 na época da visitação da Comissão da OAB, que constatou pontos críticos como efetivo defasado, estrutura precária e projetos de ressocialização insuficientes. Ainda sobre o efetivo, o colegiado enfatiza o número de guarda de muralha reduzido: apenas dois policiais para um perímetro de 1.000 m2 e chegando a ter um agente para cada 30 detentos. Através de ofício, que está em elaboração, a OAB questionará a Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado sobre como se deu essa decisão e com base em quê. “A Lei de Execução Penal não prevê nenhuma visitação desse tipo. Apenas os condenados em regime semiaberto têm a faculdade de poder sair mediante autorização judicial”, explica. De acordo com Wanderson, a OAB já está pro-

movendo reuniões tanto com a Secretaria de Justiça como com o juiz das execuções penais. A intenção é manter diálogo para que situações sejam resolvidas sem tanta exposição e transtornos como esses casos que aconteceram. “Já estamos pedindo aumento de policiamento tanto nas unidades prisionais como nas unidades dos fóruns, para que não haja nenhum tipo de descredibilização da Justiça, como houve em outros municípios da região”, completa o advogado. Como confirmou o Major Luciano Rodrigues, comandante do 2ª BPM, as ocorrências foram registradas no Teatro Marquise Branca – onde foi encontrado um coquetel molotov; na garagem da Viação São Francisco – onde um ônibus foi parcialmente queimado, já que os funcionários agiram rápido e apagaram o fogo; entre as cidades de Juazeiro do Norte e Barbalha – um ônibus que fazia o trajeto foi totalmente destruído por dois homens que atearam fogo no veículo, após mandarem os passageiros descerem.

Candidato a prefeito nas eleições suplementares de junho em Santana do Cariri, Vicente Brilhante corre o risco de não disputar o pleito. Ele teve um pedido de impugnação contra a candidatura apresentado à Justiça Eleitoral. Segundo a oposição, Brilhante teve as contas desaprovadas enquanto presidente da Câmara Municipal, em 2009 e 2010, incorrendo em caso de ficha suja. O parecer dado à época aponta para irregularidades em licitações realizadas pelo candidato enquanto administrava a Câmara. Brilhante afirmou estar tranqüilo em relação à denúncia. O prefeito de Farias Brito, José Maria (PC do B), comunicou ter garantido R$ 20 milhões em recursos para obras no Município. Parte do montante está empenhada para a construção da Avenida do Contorno, que deverá liberar o fluxo de veículos pesados na principal rua da cidade. A outra parcela será encaminhada para a construção de uma usina de recursos de Beneficiamento de Resíduos Sólidos por meio da iniciativa privada. O prefeito de Milagres, Lielson Landim, também comemora o aporte de recursos de R$ 3 milhões para a construção do estádio Municipal O Lacerdão, cujas obras tiveram início nessa segunda-feira (14). Segundo a gestão, a expectativa da construção da praça esportiva está voltada para a geração indireta de emprego, além do fomente ao lazer na cidade. O empresário Rafael Branco demonstra estar insatisfeito com boatos de que teria desistido de se lançar candidato a deputado estadual nas eleições de outubro. Ele declarou não ter dúvidas de que as informações disseminadas - principalmente em aplicativos e redes sociais - se tratam de jogo político. O pré-candidato também aproveitou o momento para negar o desejo de realizar uma festa em paralelo à Expocrato, depois de ter perdido espaço no evento para empresa de Fortaleza.


4

Região do cariri, De 15 a 21 de maio de 2018

Política

estudantes e professores lançam projeto que centraliza informações dos poderes Executivo e Legislativo do Crajubar

BARBALHA

Chapada Madson Vagner

Obras paralisadas

Apesar de não parecer, tem gente preocupada com as obras paralisadas no Cariri. Em Juazeiro do Norte, nos últimos dias de abril e primeiros de maio, até o dia 05, foi realizada mais uma edição da “Força Tarefa pelo Fim das Obras Paralisadas”. A iniciativa, encabeçada pela Associação Municípios do Estado do Ceará (Aprece) e Caixa Econômica Federal, motivou um mutirão de atendimento para facilitar a resolução de problemas em obras dos Governo Federal, pertencentes ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Prefeitos, secretários e assessores de 55 municípios do Cariri e do entorno, participaram do evento que, segundo os organizadores, atingiu seus objetivos. Foram mais 400 contratos avaliados e que tiveram acordos para novos prazos. Em momentos de crise econômica, resgatar um projeto considerado perdido é mais que uma alegria, é um alivio.

Semana difícil

A última semana foi de intensa pressão para o candidato a prefeito do PDT de Santana do Cariri, Vicente Brilhante. Apoiado pelo grupo da prefeita cassada Danieli Machado, também do PDT, Vicente soube do pedido de impugnação do registro da sua candidatura, com base na Lei da Ficha Limpa. Segundo o pedido, Vicente cometeu improbidade administrativa entre os anos de 2009 e 2010, quando foi presidente da Câmara. Ex-presidente da Casa, Vicente teve suas contas desaprovadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios, o extinto TCM, por irregularidades em licitação. O alivio veio no fim da semana, dia 11, quando foi emitido parecer favorável do Ministério Público Eleitoral e o deferimento da candidatura pelo juiz Henrick Bezerra. Alívio para esperar a eleição suplementar de 3 de junho.

Pai da criança

Nada como uma polêmica para motivar o surgimento de uma nova liderança. Em Aurora, apesar da justa comemoração da Prefeitura com a liberação da estrada que liga a sede do município ao distrito da Ingazeiras, a obra tem outro padrinho. O ex-secretário adjunto do Gabinete do Governador, Fernando Santana (PT), advertiu que a obra foi um pedido do ex-candidato a prefeito Marcone Tavares. A estrada, viabilizada pelo projeto “Ceará de Ponta a Ponta”, é uma obra esperada há anos. O esclarecimento veio em um vídeo que percorre as redes sociais, gravado quando Fernando estava no cargo. Além de esclarecer quem é o “pai da criança”, o vídeo enfraquece o ex-prefeito Carlos Macedo, como principal liderança da oposição.

Novela barra denúncia

A situação política da prefeita de Jati, Neta Diniz (PDT), se agrava a cada dia. As denúncias se acumulam e, agora, chegaram à Câmara de Vereadores. Na sessão do dia 4, a professora Fátima Pereira, culpou os parlamentares pela falta de fiscalização do Poder Executivo. Nas palavras da professora, os vereadores são coniventes com a atual situação da Educação do Município. As críticas foram fundamentadas com denúncias de ônibus escolares sem pneus, apesar de licitação de R$ 100 mil, e a merenda escolar servida com bolachas e suco. Apesar da gravidade da denúncia, a sessão foi encerrada a pedido da vereadora Valma Gomes, que justificou ter que assistir à novela. As denúncias foram encaminhadas ao Ministério Público.

Perto da greve

Os servidores municipais de Caririaçu podem deflagrar greve nos próximos dias. As negociações com a gestão do prefeito Edmilson Leite (PDT) não estão avançando. Apesar de uma proposta de apenas 2,5%, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais não foi atendido. A Prefeitura aceita o percentual, mas quer dividir 1,5% para agosto deste ano e 1% somente para janeiro de 2019. Sobre o retroativo, a gestão Edmilson quer decidir em outro momento. O Sindicato convocou, para o dia 15 deste mês, uma assembleia geral para avaliar a proposta. O presidente do Sindicato, Orlando Soares, reclama que tenta negociar com o Poder Executivo desde 2016, mas faltam entendimento e sensibilidade da gestão.

Professores em protesto

Descontentes com a divisão dos recursos dos precatórios do Fundef, os professores de Araripe foram à Câmara de Vereadores no dia 11. O protesto foi motivado por um projeto do prefeito Giovane Guedes (PR), pautado na sessão. O prefeito propôs repasse de R$ 2,1 milhões aos professores, após receber mais de 24 milhões. Giovane quer, ainda, usar R$ 802 mil para pagar folha extra, destinar R$ 9,5 milhões para cobrir déficit na folha do Fundeb até 2020, garantir o reajuste salarial deste ano, além de viabilizar obras e fazer aquisição de novos equipamentos. Os professores já bateram o martelo: não aceitarão a divisão. O prefeito é acusado de querer resolver todos os problemas com o dinheiro dos professores.

Jogando responsabilidade

Dias depois de ser questionado pelo comportamento da esposa de um de seus secretários, inclusa no cadastro do Bolsa Família, o prefeito de Granjeiro, João Gregório (PSD), respondeu ao desgaste. Em nota, o gestor disse que a mulher do secretário de Esportes, José Barbosa, foi incluída em 2012 e que não tem responsabilidade sobre o fato. A senhora Maria Aparecida recebeu mais de R$ 1 mil do programa, mesmo sem atender os requisitos exigidos. O prefeito disse que não “compactua com coisa errada” e que “os erros que por ventura venham a acontecer, serão corrigidos”. João Gregório foi acusado recentemente de furtar material de construção das obras da Ferrovia Transnordestina, usando veículos do Município.

Enquanto isso... ... As obras do Cinturão das Águas, em Jati, foram retomadas e estão a todo vapor. A informação do secretário-adjunto de Recursos Hídricos, Ramon Rodrigues, é que cerca de 800 homens já estão trabalhando no local. Jati é a porta de entrada da Transposição do Rio São Francisco. ... Em Nova Olinda, o pré-candidato a deputado estadual Rafael Branco teve importante adesão. Rafael conseguiu apoio do vice-prefeito Ítalo Alencar, que é filho de casal de ex-prefeitos. A liderança familiar deve render muitos votos para Rafael. ... Em Assaré, o Ministério Público do Estado (MPCE) pediu o afastamento do prefeito, Evanderto Almeida (PSD), por improbidade administrativa. O gestor é acusado de desvio de dinheiro público em ação assinada pela promotora Vandisa Azevedo Moura. ... Constatado o dano ao erário público, na gestão de Evanderto, a promotora Vandisa Azevedo pede à juíza Carliete Roque Gonçalves, da Vara Única de Assaré, além de afastamento, a indisponibilidade dos bens de Evanderto. A ação foi protocolada no dia 03. ... Apesar da semana ruim para o prefeito Evanderto, a população de Assaré teve uma boa notícia. No dia 12, o recém empossado deputado estadual Anderson Palácio (PPS) e o chefe da Casa Civil, Nelson Martins, anunciaram o projeto Sinalize. Serão investidos R$ 600 mil.

Câmara discute alterações na rede educacional infantil Robson Roque

A

Prefeitura de Barbalha enviou Projeto de Lei à Câmara Municipal que promove alterações no sistema de ensino. As mudanças são voltadas para a Educação Infantil, que compreende crianças de zero a seis anos incompletos. A medida também visa garantir o direito de vagas em creches do Município. Segundo o secretário municipal de Educação, Boaz Davi, o projeto foi construído depois da assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) junto ao Ministério Público Estadual. O mesmo documento foi assinado por Crato, Juazeiro do Norte e Brejo Santo. O texto estabelece normais gerais e critérios básicos para o atendimento e a obrigatoriedade de o Município garantir educação de qualidade para todas as crianças nesta faixa de idade. Por meio da medida, a gestão barbalhense tem até 2020 para elaborar um plano de ação para atender toda a demanda por educação de crianças. Barbalha igualmente terá prazo de até 2024, conforme o documento enviado

projeto encaminhado pelo Executivo será amplamente discutido e votado entre os vereadores

pelo Executivo ao Legislativo e acordo com o Ministério Público, para que essa demanda por vagas em creches e pré-escolas de Ensino Infantil seja atendida em todo o território municipal. O projeto ainda prevê uma capacitação continuada para todos os servidores municipais da Educação Infantil baseada em uma pedagogia humanística. A formação será ofertada por meio de parceria entre o Município e o Instituto Myra Eliane. Com sede em Fortaleza, a entidade cola-

bora com a estruturação de creches e escolas infantis focadas no atendimento à legislação vigente no Brasil. “Tão logo a lei seja sancionada, o instituto vai fazer um cronograma de atividades para fazer essa formação dos educadores aqui em Barbalha”, explica o secretário de Educação. “Os professores vão ter acesso a uma pedagogia que é referência na educação de crianças e que vai tratar a criança de uma maneira mais humana, mais cidadã”. O projeto deu entrada

Leia rápido

FISCALIZAÇÃO

UFCA vai simplificar dados dos portais da transparência A Universidade Federal do Cariri (UFCA) lançou, na semana passada, um blog (www.CaririTransparente. com) que será mantido por professor e quatro estudantes de Administração Pública. A plataforma visa coletar e tratar dados dos portais da transparência e transformar estas informações em uma linguagem de mais fácil acesso às diversas camadas da sociedade. O foco do projeto conduzido pelo professor Leandro Saraiva se centraliza nos portais da transparência dos Poderes Executivo e Legislativo de Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha. Com a medida, a Universidade Federal do Cariri também passa a contribuir com a fiscalização dos três principais municípios caririenses. “Sabemos que há um normativo legal que obriga os poderes a publicar esses dados e sabemos também que há necessidade de um conhecimento técnico para interpretar esses dados. Então, vamos fazer esse meio de campo entre os portais de transparência e a população. Queremos incutir na população esse papel fiscalizador”, explica o professor Leandro. Para o promotor de Justiça José Silderlândio do Nascimento, o blog Cariri Transparente terá uma parceria informal, porém significativo para a atuação do Ministério Público do Ceará no Crajubar. “A efetiva ci-

na sessão de segunda-feira (7) e, de acordo com Boaz Davi, continuará a ser apresentado aos vereadores para que possam compreender a proposta antes de emitir o voto. “A lei está sendo amplamente debatida, chamamos os vereadores para fazer uma mesa redonda de diálogo sobre essa legislação e só a partir daí ela será votada. Com certeza terá uma melhoria bastante significativa na qualidade da aula dada às nossas crianças”, finaliza o gestor da Educação.

por meio de um blog, equipe coletará dados dos portais da transparência

dadania só é implementada com o controle da administração pública e com a participação popular nesse contexto. Então, o Ministério Público sempre apoiará essas iniciativas”, afirma. O promotor adverte que Prefeituras e Câmara de Vereadores têm o dever legal de, por meio da Lei de Responsabilidade Fiscal, apresentar informações como receitas e despesas da administração pública. Por outro lado, afirma que o controle social é estimulado pela Lei de Acesso à Informação e pelo dever de transparência do poder público. “O Ministério Público não tem condições de apurar todas as denúncias em loco. Então, tendo um agente da sociedade que conhece a realidade do seu bairro ou escola, por exemplo, e percebe que o recurso público está sendo efetivamente aplicado, certamente não é só um parceiro. O MP se coloca como um servidor da sociedade nesse contexto”, avalia o promotor.

Aprendizado prático Para estudantes que participam da ferramenta, a proposta é uma oportunidade de colocar em prática o aprendizado obtido em sala de aula. “Para mim, tem sido ótimo porque descobri coisas que eu não tinha visto na sala através dessa análise, sem contar com outros conhecimentos que consegui visualizar só nessa produção do projeto. Consigo ver utilidade do que eu vejo em sala, posso colocar em prática e ainda estou contribuindo”, afirma a estudante do sexto semestre de Administração Pública, Katheryne Gonçalves. Desde o lançamento na terça-feira (8), o Cariri Transparente publicou três notícias que tratam dados obtidos nos portais de transparência do Crajubar. Entre eles, destacam gastos com contabilidade apontados como desnecessários pela ferramenta. Outra matéria esmiúça despesas na área da saúde em Crato, Juazeiro e Barbalha.

O prefeito Arnon Bezerra conduziu empresários portugueses em uma visita técnica ao Horto. Técnicos e engenheiros, os profissionais promoveram uma análise preliminar do espaço no qual será construído o teleférico. Serão investidos cerca de R$ 45 milhões para a construção do equipamento, formado por bondes. A expectativa da administração juazeirense é ampliar o turismo no Município que já é historicamente fortalecido pelas romarias em torno do Padre Cícero. Nove casas em Juazeiro do Norte foram interditadas pela Defesa Civil. Elas se localizam a Rua João Coimbra, no bairro João Cabral, e foram condenadas por risco de desabamento após laudos técnicos. Segundo o coordenador do órgão, Afonso Gonçalves, problemas na estrutura das residências foram identificados. As famílias são assistidas pela Prefeitura de Juazeiro, por meio de programa que cobre os custos do aluguel de uma nova moradia.

Estão abertas, de 14 a 28 de maio, as inscrições para o processo seletivo 2018.2 do Instituto Federal do Ceará, em Crato. São 35 vagas para o curso técnico gratuito em Agropecuária na modalidade subsequente, para quem já concluiu o Ensino Médio. As inscrições devem ser feitas em plataforma do IFCE. A seleção é feita por meio de análise do histórico escolar dos candidatos e não é necessário fazer prova. A previsão é de que o resultado final seja divulgado no dia 15 de junho, com matrículas nos dias 18 a 20/06. Crato, Juazeiro do Norte e Lavras da Mangabeira foram contemplados com 1.936 unidades habitacionais do Minha Casa, Minha Vida e do Programa de Habitação Rural. Em Juazeiro, serão construídas 812 casas e Crato receberá 984 unidades. Já em Lavras da Mangabeira, serão feitas 140 edificações rurais em substituição as casas de taipa, que favorece a proliferação de insetos, principalmente o barbeiro, transmissor da doença de Chagas. As residências foram possíveis após articulações do senador cearense Eunício Oliveira, que tem intensificado a atuação junto ao Ministério das Cidades para que projetos habitacionais possam contemplar as famílias cearenses.


5

Região do cariri, De 15 a 21 de maio de 2018

Metropolitana

pesquisa aponta que

70% de jovens assassinados estavam fora da escola há pelo menos seis meses

CRAJUBAR

Meninos de até 19 anos são vítimas de 170 assassinatos

Robson Roque

N

os últimos quatro anos, 170 adolescentes e jovens com idade entre 10 e 19 anos foram assassinados em Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha. Os dados fazem parte de uma pesquisa que, inicialmente, envolveu Fortaleza, Juazeiro e outras cinco cidades do Ceará. Uma saída apontada para a redução da violência entre jovens é a efetivação de políticas públicas que abra portas para as pessoas nesta faixa etária. O estudo organizado pelo Comitê Cearense pela Prevenção de Homicídios na a Adolescência analisou sete z cidades do Ceará. No Cariri, r apenas Juazeiro do Norte foi - incluído. A pesquisa apontou - que metade dos jovens foi s morta a cerca de 500 metros á do local onde moravam. Ou- tros dados verificados sur- preendem. Mais de 70% dos a adolescentes assassinados em e r m a CIDADANIA a s o

dos 170 homicíidios registrados no Crajubar, entre 2014 e abril de 2018, 164 eram do sexo masculino

2015 estavam fora da escola há pelo menos seis meses. “Um enredo de exclusão que se repete com seus irmãos, primos e amigos”, segundo aponta o relatório do Comitê. As armas de fogo têm importância fundamental nos homicídios de adolescentes. Em Horizonte, todos os crimes de morte contra jovens tiveram em comum o uso de arma de fogo. Esse percentual ultrapassa 80% em Ju-

azeiro. Em particular, uma informação preocupa: em praticamente metade das cidades, nenhuma pessoa foi detida ou presa, o que, de acordo com o estudo, cria um contexto de impunidade e repetição de crimes. A pesquisa também apontou um perfil de vítimas: jovem, negro, pobre e morador da periferia. Para o deputado estadual Renato Roseno (PSOL), que debateu a temática em encon-

tros na região, no último final de semana, é preciso compreender que o problema da segurança pública não depende somente de ações do governo. “Toda proposta de segurança dos governos é uma proposta repressiva depois que a violência se instala”, avalia o deputado. “As mortes, sobretudo as dos jovens, são mortes previsíveis e previníveis. É preciso qualificar o trabalho do policial com a

investigação e estimular alternativas de vida e de prevenção a essa violência”. O parlamentar enfatiza a necessidade de serem criadas políticas públicas especializadas na juventude, principalmente na faixa compreendida entre 12 e 18 anos. “Porque o adolescente se envolve com grupos armados?”, questiona o parlamentar para responder em seguida: “Falta outra porta aberta e a porta aberta que ele tem é a porta do grupo armado. Temos que abrir portas para esses adolescentes”. Na opinião do professor Antonio Santos, do curso de Ciências Sociais da Universidade Regional do Cariri, a região tem passado por um momento de interiorização da violência. “Isso é um fato que acontece quando a violência se difunde, sai dos grandes polos como Fortaleza e acaba se diluindo em pequenas cidades do interior”, explica o professor ao acrescentar que

isto acarreta no aumento do número de mortes entre os jovens e a juventude como protagonista de crimes como assaltos e homicídios.

Crajubar

Em Crato, Juazeiro e Barbalha, a principal vítima é do sexo masculino. Foram mortos 164 homens e seis mulheres (três cratenses e três juazeirenses) entre 2014 a abril de 2018. Juazeiro do Norte é o município com mais vítimas: 118, contra 42 em Crato e 10 em Barbalha. Os dados, contudo, apresentam uma redução dos assassinatos ao passar dos anos. Na primeira análise feita, com registros de 2014, as três cidades somavam 49 homicídios. Em 2015 este número reduziu para 41 e para 33 e 32 nos anos seguintes. De janeiro a abril deste ano, nove pessoas entre 10 a 18 anos foram vítimas de homicídio no Crajubar – todas do sexo masculino.

Barbalha reúne municípios em Jornada de Saúde Mental Joaquim Júnior Equipes de saúde de todo o Cariri realizam, no decorrer desta semana, atividades voltadas para a saúde mental. Em Barbalha, em comemoração ao Dia Nacional da Luta Antimanicomial, acontece a II Jornada de Saúde Mental do Cariri, que pretende reunir os municípios para discutir políticas e conquistas ligadas ao tema. O dia, comemorado em 18 de maio, celebra o fim dos manicômios no tratamento de pacientes em todo o Brasil. Nos municípios caririenses, mensalmente, são registrados milhares de atendimentos nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), que oferecem acolhimento a pessoas com transtornos mentais como aqueles causados pelo uso de álcool e drogas. Além de palestras e discussão, uma caminhada com o tema “Nenhum passo

a mais – manicômio nunca mais!” percorrerá as ruas de Barbalha e levará a discussão à comunidade. Ao seu término, na Praça Engenheiro Dória, uma feirinha com produtos feitos pelos pacientes em tratamento arrecadará fundos para que realizem uma viagem. “No Caps III, temos 75 usuários e 1883 prontuários ativos. Eles ficam a manhã toda, participam de terapia e à tarde retornam para casa”, informou a psicóloga. No CAPS III de Crato há, em média, 2380 prontuários, dos quais 1920 são ativos. Os atendimentos chegam a mais de 150 por dia, assim como é a média em Juazeiro. “O Caps é um serviço substitutivo dos hospitais psiquiátricos. É um serviço de alta complexidade, pensado em funcionamento para que o paciente evite estar em serviço hospitalocêntrico”, explicou Elizângela de Gouveia, diretora da Rede de Saúde

pacientes dos equipamentos de saúde mental participarão da Jornada

Mental de Juazeiro do Norte, após a realização do I Seminário de Políticas sobre Drogas, que aconteceu no último mês. O Município foi contemplado, na última semana, com a implantação do Centro de Referência de Drogas (CRD), anexo ao Vapt Vupt. Nele, diferentes profissionais devem encaminhar dependentes químicos e familiares ao aten-

dimento e acompanhamento na saúde mental. De acordo com Gabriel Brito, coordenador dos Caps em Crato, a atuação dos profissionais nos Centros de Atenção Psicossocial também busca a aproximação com os familiares das pessoas assistidas. “O maior exemplo que a gente tem no Cariri que a luta está surtindo efeito é o fe-

chamento do Hospital Santa Tereza. Desde então, os municípios trabalham em busca de fortalecer a sua rede, onde a gente possa proporcionar uma assistência, um cuidado holístico e humanizado ao usuário e sua família”, afirma. Conforme lembrou, em breve, uma casa de acolhimento, voltada para usuários de álcool e outras drogas, será inaugurada e deverá reforçar os equipamentos já existentes em Crato. No município de Barbalha, de acordo com a psicóloga Liliane Saraiva, a unidade começou a funcionar como CAPS III desde julho do ano passado. No equipamento, os usuários têm acolhimento noturno e podem ficar até sete dias internado. Após isso, há o retorno para o aconchego familiar. “Nosso intuito com a luta antimanicomial é pregar a ressocialização do usuário. Que ele pode viver em sociedade como outro

ser humano qualquer, sendo que com suas limitações”, destaca Liliane. Como apresentou Margareth Novais, assistente social que acompanha a evolução no tratamento da saúde mental, apesar de acréscimos nos equipamentos na região, é importante a luta para suprir outras demandas, como a instalação do Caps Infantil. “Não adianta somente implantar um serviço. O que precisa é que esse serviço tenha uma resposta de qualidade ao tratamento”, enfatiza, ao falar da necessidade de uma visão mais humanizada sobre o tema. Em sua palestra na Jornada, ela discutirá “Política de Reinserção Social”. “Vou falar sobre a inclusão do doente mental, do envolvimento da comunidade, de criar estratégias em toda rede de saúde para melhores condições dignas ao doente mental, que ainda está à margem da sociedade”, completa.

VILA SÃO BENTO

Infraestrutura precária é alvo de reclamação em Crato Samylla Alves Transitar por algumas ruas da Vila São Bento se tornou inviável. A situação já era difícil, mas ficou ainda pior com as crateras abertas com a força das chuvas que caíram na região no último mês. Tem morador deixando o carro na estrada porque não tem condições de colocar o veículo na garagem. Cansada de conviver com os transtornos causados pela falta de infraestrutura, a população cobra providências ao Poder Público. Na Rua Nailê Gonçalves Felício Marques, o cenário é

moradores chegam a deixar veículos na estrada por não conseguir acesso

de total abandono. Quando chove, até caminhar é complicado. “Tem parte da rua que o carro não sobe. A população é obrigada a deixar o carro na estrada, correndo o risco de ter seu veículo furtado e ficar no prejuízo. As crianças não podem nem brincar na rua porque aqui é esgoto correndo a céu aberto e vários buracos com água parada. Eles falam tanto em prevenção ao Aedes aegypti e, aqui, a população corre risco de várias doenças e ninguém faz nada”, relata o guarda municipal Pedro Domingos. O agricultor Francisco Sobreira contraiu micose e

acredita que a falta de saneamento na comunidade contribuiu com a doença. “Mesmo doente, a pessoa é obrigada a morar dentro da lama. A gente está como porco. Quando chove, entra água até dentro da casa da gente. Junto com a água da chuva, vem o lixo e tudo que não presta para essa rua. A gente corre o risco de se cortar, ficar doente. Quem já está ruim é que piora mesmo”, conta Francisco Sobreira. A dona de casa Alzenir Barros Pereira diz que técnicos da Secretaria de Infraestrutura já estiveram na Vila São Bento, porém nenhuma

solução foi tomada. “Eles vêm aqui, medem as ruas, tiram fotos e depois não aparecem mais. O prefeito e os vereadores só aparecem em época de eleição, depois esquecem a gente. Os moradores da Vila São Bento estão abandonados. A gente pede, encarecidamente, que alguém tome uma providência”, desabafa Alzenir Barros Pereira. Em nota, a Secretaria de Infraestrutura do Crato informou que técnicos da secretaria já estiveram no local para avaliar os problemas e, em breve, a comunidade deve ser contemplada com obras de requalificação de vias.


6

Informe Publicitรกrio

Regiรฃo do cariri, De 15 a 21 de maio de 2018


Regiรฃo do cariri, De 15 a 21 de maio de 2018

Informe Publicitรกrio

7


8

Região do cariri, De 15 a 21 de maio de 2018

Metropolitana

cerca de 190 km de estrada serão recuperados em dez cidades do Cariri

RODOVIAS ESTADUAIS

Cariri terá 167 km de estradas pavimentadas Robson Roque

D

ez cidades do Cariri serão atendidas com a pavimentação e recuperação de 190 quilômetros de estradas, por meio do Programa Ceará de Ponta a Ponta, que também comporta obras para duplicação de vias. Prefeitos e secretários de Infraestrutura mantêm a expectativa de que as novas rodovias possam fomentar a economia e o turismo locais. A nova etapa do programa vai possibilitar intervenções em 690 quilômetros de estradas em todo o Estado, conforme anúncio do Governo. Na região do Cariri, 167 km de estradas serão pavimentados, enquanto um trecho de 23 km, localizado na zona rural de Brejo San-

obras deverão começar em 45 dias, melhorando o tráfego nas rodovias

to, será recuperado. A maior extensão entre as cidades caririenses liga os municípios de Jardim e Penaforte, com 31,9 km. “Vai aumentar o fluxo de veículos e isso

é bom para a economia do Município”, avalia o secretário municipal de Obras e Urbanismo de Jardim, Urias Cavalcante. Em Farias Brito, o pro-

cesso licitatório realizado na sexta-feira (11) foi a primeira etapa para a construção de uma avenida com 7 km de extensão. Segundo o secretário municipal de Infraestrutura, Cícero Edno de Oliveira, a via irá desafogar o trânsito nas principais ruas da cidade, especialmente o tráfego de veículos pesados que passam por Farias Brito. Além de Farias Brito, Jardim e Penaforte serão beneficiadas Aurora, Brejo Santo, Campos Sales, Caririaçu, Mauriti, Palestina, Porteiras e Várzea Alegre. Nesta última cidade, o trecho tem dividido a atenção entre vereadores de situação e oposição, assim como a Prefeitura, que reivindicam para si a autoria das reivindicações para melhoria do sistema de rodovias

que passa pela cidade. De acordo com o governador Camilo Santana, as estradas são reivindicações de longo tempo, feitas por prefeitos e parlamentares das cidades que serão atendidas. “Agora, nós vamos unir esses municípios pelas estradas e desviar o fluxo de trânsito por dentro da cidade”. As ações de recuperação e ampliação da malha viária também visam a redução dos índices de acidentes nas rodovias estaduais, escoamento da produção e acesso a serviços de saúde e educação para populações.

Escolha dos municípios

De acordo com o titular da Secretaria Estadual de Infraestrutura, Lucio Gomes, o Governo do Estado

produz levantamentos e analisa projetos de estradas para definir os municípios que receberão as ações de implantação, restauração ou duplicação de vias. As obras, que deverão começar em 45 dias, serão gerenciadas pelo Departamento Estadual de Rodovias e Estradas (DER). “O programa obedece a um planejamento para que todas as regiões do Estado sejam contempladas dentro dos critérios de impulsionar o turismo, a indústria, o comércio e também levando em conta a vida útil das estradas. O DER trabalha com os dados e controle de cada município e ajuda a definir junto ao governador os trechos que necessitam ser priorizados”, explica Lúcio Gomes.

direito à vida

Projetos trazem qualidade de vida à terceira idade Joaquim Júnior O Estatuto do Idoso assegura que pessoas com idade igual ou superior a 60 anos têm direitos assegurados como a prioridade, efetivação do direito à vida, saúde, alimentação, educação, cultura, esporte, lazer, etc. As práticas de temas ligados ao estatuto foram as responsáveis, no decorrer dos anos, pelo aumento na expectativa de vida no Brasil. Para se ter uma noção, a expectativa de vida em 1940 era de 45 anos. Em 2016, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número subiu para 75,8 anos. No Cariri, ações voltadas a pessoas da terceira idade oferecem condições para uma melhor qualidade de vida. É o caso de projetos desenvolvidos entre a iniciativa pública e privada. A diretora de Comércios e Serviços de Juazeiro do Norte, Josefa Costa, dá como exemplo o Projeto Superidade, desenvolvido pelo Município, em parceria com o Centro Universitário Leão Sampaio (UniLeão). Através

do projeto, pessoas com idade acima de 55 anos têm a oportunidade de retornar ao mercado de trabalho. Para tanto, um diálogo é formado junto a empresas parceiras, que tendem a contratar os participantes. “Para a gente desenvolver a economia local, precisa atender a alguns indicativos. Um desses indicativos é o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) local, que trabalha algumas perspectivas”, explica Josefa. Atualmente, 23 idosos assistidos pelo projeto sinalizaram sua vontade em retornar ao mercado de trabalho. A pretensão é que, através de estágio de quatro horas, ao menos cinco idosos ao ano sejam encaminhados para que trabalhem em empresas locais. “Ao terminar isso, vamos ver a efetividade deles dentro das empresas. Ver o que foi positivo e o que foi negativo”, afirma Josefa, ao mencionar que, dependendo dos resultados, será vista a possibilidade de expandir os planos para os Centros de Referência de Assistência Social (Cras) existentes em Juazeiro do Norte.

Conforme apresentou a professora Suzana de Alencar, coordenadora do Programa Universidade para a Melhor Idade, da UniLeão, nele são desenvolvidos dois projetos: o da Melhor Idade e o Solidariedade não tem idade. No primeiro, que tem duração de dois anos, os alunos cumprem uma matriz curricular e recebem certificado de extensão ao fim das ações. Após isso, os interessados migram, então, para o outro projeto. Ambos são gratuitos e contam com voluntários que desenvolvem ações de educação, artes, lazer, saúde etc. “A gente vem tentando envolvê-los em atividades que possam ajudar a manter sua autonomia. É sempre com esse fim de manter essa autonomia preservada”, explica Suzana. Donotília Santos, que já participou de projeto desenvolvido pela gestão, diz que na época que frequentava o grupo de idosos se sentia ainda mais feliz. Hoje, impossibilitada devido a alguns problemas de saúde, espera retornar o mais rápido possível. Para a abertura de novas turmas e C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

FESTIVAL GASTRONÔMICO

K

RFFSA sediará encontro gastronômico e cultural Samylla Alves Música e sabor estarão presentes em um grande festival gastronômico que acontecerá de 18 a 20 de maio, no largo da RFFSA, em Crato. A programação reúne além da tradicional Feira Cariri Criativo, o lançamento do Brasil Sabor Abrasel e a Mostra Instrumental do Centro Cultural do Banco do Nordeste. No local, o público encontrará artesanato e pratos regionais a preços promocionais. Juliana Gomes, uma das expositoras da Feira Cariri Criativo, explica que o evento é uma parceria entre a secretaria de Cultura do Crato, a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), a Universidade Federal do Cariri e o Centro Cultural

do Banco do Nordeste. “Reunimos vários parceiros para realizar um grande festival gastronômico e cultural. Estaremos expondo produtos da economia criativa que vão desde artesanatos a pratos regionais”, diz Juliane Gomes. O presidente da Abrasel no Cariri, Ricardo Ferreira da Silva, ressalta que o Brasil Sabor é realizado em todo o país de 17 de maio a 3 de junho, porém, no Cariri, o lançamento da segunda edição do festival acontecerá nos dia 18 e 19 de maio. “Nós teremos a participação de 20 restaurantes do Crajubar, que na edição deste ano têm a missão de valorizar a culinária regional. Pedimos que os restaurantes elaborassem pratos utilizando elementos da nossa culinária como o

pequi e a carne de sol. Todos os pratos serão comercializados a preços promocionais”, salienta o presidente da Abrasel. Paralelo ao festival de sabor, acontecerá a Mostra Instrumental do Centro Cultural do Banco do Nordeste. No sábado (19), a partir das 19h, quem anima o público é a Banda Cabaçal dos Irmãos Aniceto e Luciano Brayner. No domingo, no mesmo horário, tem Duo Filândia e Cariri Choramingando. O evento é gratuito e os caririenses são convidados a prestigiar o evento. “Tudo está sendo preparado com muito amor e carinho e é importante que o público compareça para abrilhantar o festival”, reforça Wilton Dedê, secretário de cultura do Crato.

informações sobre matrículas e funcionamento dos projetos, os interessados podem procurar à Prefeitura ou a UniLeão SANTO ANTONIO BARBALHA - ANUNCIO JORNAL.pdf 1 14/05/2018 15:08:49

na Unidade Crajubar. Dentro do Programa Universidade para a Melhor Idade, cerca de 60 alunos foram matriculados

no projeto Melhor Idade. Já no Solidariedade, foram cerca de 40, dos quais 25 mantêm frequência.


9

Região do cariri, De 15 a 21 de maio de 2018

Grandes Nomes Luiz Carlos de Lima

Filho do Icó que veio para Juazeiro dar show ao microfone, nas salas de aula e na vida Seus contemporâneos o inserem no que se pode chamar de segunda geração da Rádio Iracema de Juazeiro do Norte, a pioneira da radiodifusão na terra do Padre Cícero. Era início dos anos 60 e um garoto natural da cidade de Icó ingressava no radialismo pela escola do mestre Coelho Alves, renomado comunicador caririense , também, integrante da galeria de ícones do projeto Grandes Nomes do Cariri.

Estamos a falar de Luiz Carlos de Lima. A princípio, narrador esportivo, campeão de audiência, comentarista , publicitário, jornalista e apresentador de programas no rádio e na TV. Mais de 45 anos de atividades comunicacionais. Nesse ínterim, licenciado em Ciências Biológicas, virou professor, lecionando Química na Escola de 2º Grau Governador Adauto Bezerra. Posteriormente, especializou-se em planejamento escolar. Trabalhou, ainda, nas rádios Progresso e Vale do Cariri e na TV Verde Vale. Escreveu os livros “Surfando nas Ondas do Rádio”, uma história sobre a radiofonia juazeirense, e “Caminhos & Atalhos”, á coletânea de textos sobre a a memória de Juazeiro do m Norte. Também, foi colaborador do jornal O Povo, de Fortaleza. Aos 74 anos, Luiz Carlos de Lima desfruta a aposentadoria em seu belo recanto no bairro Betolândia. Sua bonomia é reconhecida em toda a cidade. Sempre um cidadão cordato, devotado á família e aberto ao diálogo, Especialmente, sobre temas que habitaram seu universo profissional, como as atualidades esportivas, a vida política regional e nacional, os caminhos de Juazeiro do Norte e do Cariri, as questões do setor educacional, entre outros. Dos amigos e companheiros de jornada na imprensa juazeirense, pinçamos depoimentos enaltecedores da expressividade na figura pública e no talento profissional do radialista professor que tanto contribuiu para o desenvolvimento da terra e o bem comum da gente que o acolheu.

Por Jota Alcides

“ C h u á . Gooooooooooooool!”. Era assim que o vibrante locutor esportivo Luis Carlos de Lima, da Rádio Iracema

Narração de Luis Carlos tinha vibração, precisão, velocidade, espirituosidade e emoção.” Jota Alcides

do Juazeiro, gritava o lance de gol espalhando emoção desde o velho estádio da LDJ - Liga Desportiva Juazeirense para todo o Vale do Cariri. Ao final da década de 1960, tempo do “Scratch do Rádio”, muitos narradores esportivos no Brasil eram famosos por seus bordões.O de Luis Carlos era “Chuá”, simples, curto, fácil, original, empolgante e com significado: gostoso, fabuloso, delicioso, maravilhoso, representando o barulho da bola tocando na rede. Ao lado do chefe da Equipe 970 e seu comentarista titular, o catedrático José Boaventura, formava uma dupla imbatível em audiência e prestigio em todo o interior do Ceará. Luiz Carlos come-

çou como narrador esportivo na Rádio Iracema em 1962. Os dois se tornaram amigos fraternos e passaram a desenvolver, cada vez mais, um trabalho conjunto competente e eficiente que virou uma marca da Rádio Iracema, consagrada como

a emissora da melhor equipe esportiva do interior do Ceará. Nessa condição, Luiz Carlos e Boaventura fizeram transmissões de jogos no Maracanã e no Morumbi, cumprindo o chamado “verdadeiro esforço de reportagem”. O prestígio

deles ultrapassou as fronteiras do Cariri e do Ceará. Em 1965, Luiz Carlos foi o locutor convidado para fazer a primeira transmissão esportiva da Rádio Difusora de Cajazeiras, na Paraíba. Além de Luiz Carlos e Boaventura, faziam parte da Equipe 970: Francisco Silva (Foguinho), Vilmar Lima, Cícero Antonio, Carlos Alencar, Lucier Menezes, Paulo Duarte. “Futebol de Primeira é na Pioneira”, afirmavam orgulhosamente repetindo o slogan esportivo da primeira emissora do Juazeiro, inaugurada em novembro de 1951. De vez em quando, eles recebiam a visita de colegas de outros Estados. Quando isso ocorria, cediam para os colegas a modesta cabine de madeirite da emissora na LDJ, que mais parecia um poleiro de galinhas, e iam fazer a transmissão em cima do muro do estádio.Narração de Luis Carlos tinha vibração, precisão, velocidade, espirituosidade e emoção. Com sua experiência, adotou uma técnica de comunicação apurada, usando de forma adequada o tom, o timbre e o ritmo de sua voz para melhor interpretar o que via acontecendo em campo e melhor se expressar para compreensão do público ouvinte. Dono de boa dicção, articulando bem as palavras, sem comer letras ou sílabas. aplicado e estudioso de sua atividade, ele respeitava o que os ouvintes sabiam e não podiam ser enganados.”

Radialistas João Eudes, Luiz Carlos de Lima e Wilton Bezerra. Estádio Romeirão, início da década de 70

Por Daniel Walker

Radialistas Maurício Xavier, Luiz Carlos de Lima, o ator José Wilker e Coelho Alves. Rua Santa Luzia, Juazeiro do Norte, década de 70

O rádio faz história no mundo todo. A história do rádio em Juazeiro do Norte é contada neste livro (“Surfando nas Ondas do Rádio”), escrito pelo professor e radialista Luiz Carlos de Lima. É a pessoa indicada para escrevê-lo, por vários motivos: é radialista, é um dos mais atuantes personagens da história da radiofonia juazeirense e tem gabarito intelectual para desenvolver, como de fato desenvolveu, esta empreitada a contento.

Luiz Carlos faz parte do que podemos chamar de segunda geração da Rádio Iracema de Juazeiro, da qual também faço parte, e que se iniciou na década de 60. E somos todos da escola do Mestre Coelho Alves, sem dúvida, o maior ícone da radiofonia caririense, possuidor de uma voz inconfundível, nunca igualada. Sem querer desmerecer outras épocas, foi certamente na década de 60 que a Rádio Iracema deu o seu mais alto salto de expansão de qualidade. Era uma emissora com grade de programação completa, apta para satisfazer ao gosto mais exigente. No esporte, tinha uma equipe digna de fazer bonito em qualquer emissora de rádio do Brasil. E, nessa equipe, estava uma dupla imbatível formada por Luiz Carlos e José Boaventura, transmitindo partidas de futebol até fora do Estado.(...) Este livro deve ser lido por todos os radialistas e por todas as pessoas que gostam do rádio como veículo de informação ou de entretenimento. Ele tem o mérito de ser o pioneiro na região caririense e a importância maior de ter sido escrito por um autor que foi e é personagem da história do rádio juazeirense.

Por Wilton Bezerra

Luiz Carlos de Lima sempre reuniu as condições exigidas para um grande narrador esportivo. Era vibrante e, ao mesmo tempo, preciso para colocar o ouvinte dentro do jogo. Foi minha a ideia para trazê-lo da equipe esportiva da Rádio Iracema para a iniciante Rádio Progresso de Juazeiro. Além das qualidades ao microfone, Luiz Carlos Lima foi sempre possuidor de um bom texto por desenvolver o seu intelecto na leitura de outros assuntos. Não por acaso, abraçou a tarefa de ensinar. Ao seu lado fundamos a Eclética Publicidades Ltda, organizada dentro de padrões mais ousados para a época, mas de vida efêmera.

Era vibrante e, ao mesmo tempo, preciso para colocar o ouvinte dentro do jogo.” Wilton Bezerra

A Assembleia Legislativa do Ceará valoriza o Cariri A Assembleia Legislativa do Ceará contribui para o resgate da história de homens e mulheres que ajudam a engrandecer as artes, a religiosidade, a política, a economia, a cultura e a educação de uma das regiões mais prósperas e ricas do nosso Estado, a Região do Cariri.

Patrocínio:

Assembleia Legislativa do Estado do Ceará

Realização:


10

Informe Publicitário

Região do cariri, De 15 a 21 de maio de 2018

A PREFEITURA AMPLIOU OS SERVIÇOS DE LIMPEZA PÚBLICA E DUPLICOU AS ÁREAS DE ATENDIMENTO COM TECNOLOGIA NOS SERVIÇOS E EDUCAÇÃO AMBIENTAL. CIDADE LIMPA É UMA CIDADE COM MELHOR QUALIDADE DE VIDA.


Região do cariri, De 15 a 21 de maio de 2018

11

Informe Publicitário DO

MUITO JÁ FOI FEITO: • Antes 24 bairros eram atendidos, agora 42 têm acesso a coleta programada. • Nossa equipe dobrou: agora são 465 funcionários da limpeza a serviço da população. • Novos equipamentos como caminhões de lixo e caçambas basculantes.

E MUITO VEM POR AÍ: • Mais ruas serão alcançadas pela equipe da coleta de lixo. • As pessoas terão acesso, via aplicativo, ao calendário com o dia da coleta. • 100% do território será atendido.


12

Região do cariri, De 15 a 21 de maio de 2018

Últimas Toque de Primeira Ferroviário quer zerar dívidas Até o final desse mês, o Ferroviário planeja zerar as suas dívidas trabalhistas. O feito será possível graças a uma série de acordos que a diretoria elabora desde o fim do ano passado. Assim, graças aos valores de cota de TV e participação que a equipe obteve com Copa do Nordeste e Copa do Brasil em 2018, foi viabilizado o pagamento de débitos de R$ 1,2 milhão. Apenas com a cota da Copa do Brasil de 2018, competição onde o time avançou até a 4ª fase, sendo eliminado pelo Atlético (MG), o Ferroviário arrecadou R$ 4,3 milhões. Um valor que superou todas as expectativas de orçamento que o clube tinha para esta temporada. Já com a participação na Copa do Nordeste em 2018, o clube faturou R$ 600 mil.

Fortaleza mantém elenco enxuto Disputando a Série B do Campeonato Brasileiro, o Fortaleza segue com um elenco enxuto, com quase o mesmo número de atletas do início do ano. Enquanto alguns clubes costumam ter mais de 30 jogadores, o Tricolor tem 29 atletas no elenco profissional, o que pode representar problemas com o afunilamento da competição. Atualmente, o elenco leonino conta com os goleiros Marcelo Boeck, Matheus Inácio, Max Walef e Mateus Jesus; os laterais-direito Tinga, Pablo e Felipe; os zagueiros Adalberto, Diego, Jussani, Ligger e Roger Carvalho; os laterais-esquerdos Bruno Melo, Leonan e Fabinho; os volantes Anderson Uchôa, Derley, Igor Henrique, Sérgio, Jean Patrick; os meias João Henrique, Wesley, Dodô, Marlon; os atacantes Gustavo, Osvaldo, Edinho, Minho, Wallace e Wilson. O jogador Dênis está sendo avaliado pela comissão técnica.

Barbalha segue reforçando O Barbalha segue reforçando o elenco visando bons resultados na Série B Cearense. O clube confirmou a contratação do meia Alisson. O jogador tem passagens pelo Olímpico, Socorrense, Confiança e Sergipe. Além das equipes sergipanas, o meia atuou pelo Asa de Arapiraca e Coruripe, ambos de Alagoas. Alisson já se apresentou ao clube e está à disposição do técnico Washington Luiz para atuar na segunda fase da Segundona Cearense. Além de Alisson, foram contratados também o meia Duzinho e o goleiro Rafael.

INSTITUTO LEÃO SAMPAIO DE ENSINO UNIVERSITÁRIO LTDA (UNILEÃO) CNPJ: 02.391.959/0002-01 Torna público que recebeu da Autarquia de Meio Ambiente de Juazeiro do Norte – AMAJU a Renovação de Licença de Operação (LO) de nº 80/2018 para Laboratórios Escola de Analises Clinicas, Biológicas e Físicoquímicas com validade até 03/05/2020 na cidade de Juazeiro do Norte – CE na AV. Leão Sampaio Nº 1400 Bairro Lagoa Seca. Foi determinado o cumprimento das exigências contidas nas Normas e Instruções de Licenciamento da AMAJU.

n SEGURANÇA ELETRÔNICA

n ZELADORIA

n PORTARIA

n TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS

Travessa Slino Duda, 59 - Bairro Santa Teresa - Juazeiro do Norte - CE

Peça já seu orçamento sem compromisso

O periódico do Cariri independente

FUTEBOL

Barbalha rumo à segunda fase da Série B Cearense Samylla Alves

O

Barbalha cumpriu o dever de casa na primeira fase da Série B Cearense e, agora, quer ir mais longe e alcançar o objetivo de subir para a elite do futebol cearense. A Raposa do Cariri conta com a confiança da torcida, que tem comparecido aos jogos e empurrado o time nas disputas. O clube, que já está intensificando os treinos visando à segunda fase da competição, tem o desejo de reforçar o elenco com um atleta barbalhense que atualmente integra uma equipe de futebol dos Emirados Árabes. O técnico do Barbalha conta que apesar dos desafios o time está bem entrosado. “No início da competição, tivemos certa dificuldade porque alguns atletas ainda

raposa do Cariri reforça elenco e intensifica preparação

estavam chegando ao elenco. Mas, no decorrer do campeonato, o time se entrosou e resultado foi positivo. Fiquei feliz com o desempenho dos jogadores nessa primeira fase e, agora, vamos trabalhar bastante porque sabemos que a competição vai ficar cada vez mais difícil e

com um nível mais elevado”, diz Washington Luiz, técnico do Barbalha. O atacante Ronda fala sobre o desejo de ajudar o clube a subir para a Série A Cearense. “Estamos empenhados para avançar na competição. O time ficou bem classificado nessa pri-

meira fase e queremos melhorar ainda mais no decorrer do campeonato. Estou à disposição para ajudar a minha equipe a conquistar o objetivo de subir para elite do futebol cearense”, explica o atacante do Barbalha. Washington Luiz salienta que o apoio da torcida tem sido fundamental para o bom desempenho do clube. “A cada jogo, a gente percebe que aumenta o número de torcedores aqui no estádio Inaldão. É muito importante que a torcida esteja junto do seu time. Agradecemos todo o apoio que temos recebido e esperamos que, nos próximos jogos, os torcedores do Barbalha possam empurrar o clube. Sem dúvida alguma, a torcida é o décimo segundo jogador e conta bastante”, finaliza o técnico do Barbalha.

NORDESTE

Juazeiro recebe edição da Mostra Sesc de Arte Naïf Joaquim Júnior Uma casa de pau a pique e uma senhora ao pilão. O verde das árvores, uma rede pendurada, a vizinhança pelas ruas e crianças brincando de amarelinha. Uma casa de farinha com trabalhadores desempenhando suas funções enquanto o calor da madeira esquenta os fornos. Essas são apenas algumas das representações expostas na Mostra Sesc de Arte Naïf, que conta com pinturas e maquetes de artistas cearenses que retratam a vida do nordestino. A exposição é aberta à visitação gratuita no Sesc Juazeiro até o dia 10 de junho. A Arte Naïf tem como característica o desprendimento às vertentes artísticas, onde cada pessoa desenvolve sua arte conforme suas técnicas pessoais, como autodidatas. A Mostra em Juazeiro já passou pelas unidades do Sesc Fortaleza, Iguatu e Crato. “O objetivo é integrar essa linguagem que muitos artistas do Cariri e do Ceará trabalham. Uma arte do cotidiano, de artistas que têm um notório saber”, explica Sérgio Magalhães, supervisor de Cultura da unidade de Juazeiro do Norte. Entre os artistas que participam da Mostra, Cláudio Lopes é o único caririense. Em suas maquetes vivas com peças articuladas, os personagens têm movimento, o que traz mais realidade às obras. “Meu trabalho está voltado para a representação da cultura nordestina, o que falava Patativa sobre as casas de taipa, de palha, engenhos de rapadura e casas de farinha. O objetivo da minha exposição é preservar nossa cultura. Não deixar ela morrer”, explica o artista. Além da valorização cultural, o artista diz priorizar a utilização de materiais reutilizados para a criação de suas peças. Isopor, madeira, sucata de TV e videocassete contribuem para o acabamento de cada obra. Esta não é a primeira vez que

Cláudio expõe seu trabalho. No ano passado, ele participou de exposição no Centro Cultural Banco do Nordeste. O projeto, inclusive, terá

CHE

continuidade no próximo mês de julho, com uma nova exposição. A história de Juazeiro do Norte, os poemas de Patativa do Assaré e a

importância da locomotiva a vapor farão partes dos elementos homenageados na exposição. A emoção, ele afirma, está garantida.

! I R I R A C

O M A G

S

5 . 0 0 1 ÊN A FREQU É A N O SS

Aqui é

CIA

s i a m e d legal

plusfmrede

www.plusfm.com.br

Jornal do Cariri 15 a 21 de maio de 2018  
Jornal do Cariri 15 a 21 de maio de 2018  
Advertisement