Page 1

CULTURA

IMUNIZAÇÃO

Fotógrafo registra minorias no combate à intolerância

Campanha contra aftosa segue até 2 de dezembro metropolitana | pág. 8

epa | pág. 11

anos

O periódico do Cariri independente

www.jornaldocariri.com.br

D e 14 a 20 de novembro de 2017 Ano 20 Número 2822 Preço : R$1,50

REINTEGRAÇÃO DE POSSE

Diocese quer anular venda e ter de volta terras que pertenciam ao Padre Cícero A Diocese do Crato, sob a administração de dom Gilberto Pastana, deve ingressar com ações judiciais solicitando a reintegração de posse das terras doadas pelo padre Cícero Romão Batista a Nossa Senhora das Dores, que foram negociadas nas últimas décadas em Juazeiro, sem o aval do bispo católico à época. A decisão coloca em xeque a autoridade do Monsenhor Murilo de Sá Barreto, em negociar as áreas, e abre uma crise financeira

na maior cidade do Cariri. Serão questionados terrenos que, hoje, abrigam empreendimentos como Assai Atacadista, Maxxi Atacado, Atacadão, Detran e vários empreendimentos como concessionárias de veículos. Bairros como o Frei Damião e prédios de apartamentos também devem ser atingidos pela ação. A motivação estaria ligada à falência da Diocese na gestão do bispo dom Fernando Panico. POLÍTICA | pág. 4

PRAXEDÃO NA BERLINDA

SUPERFATURAMENTO

Diretoria do Icasa pede investigações de débitos

Justiça suspende contratação Cid enquadra base para de kits de livros em Santana reverter situação de Ciro

editorial e metropolitana | pág. 8

PESQUISA VEXATÓRIA

política | pág. 3

coluna rebate e política | pág. 3

esporte

Juazeirenses se destacam no tênis de mesa apito | pág. 12

crajubar

agropecuária

Câmeras de segurança vão IBGE visita propriedades ajudar no combate ao crime rurais para Censo de 2017 METROPOLITANA | pág. 5

METROPOLITANA | pág. 8


Região do cariri, De 14 a 20 de novembro de 2017

anos

Opinião

A Segurança Pública é uma responsabilidade de todos. É preciso envolvimento social de toda comunidade, da família, da escola. Tenente Coronel Cícero Brito - Comandante do 2º BPM

2

Editorial

ICASA, FIM DE UM SONHO? Uma das formas de constituição da identidade de um povo é o esporte. No caso brasileiro, com maior razão, o futebol. No Brasil, ao lado da língua portuguesa e da música popular, o futebol é um dos elos que dão a essência à brasilidade. O Cariri é, talvez, a região cearense com maior grau da identidade cultural, histórica e social. O caririense reconhece-se como tal. Parte dessa autorreferência está em um passado comum e homogêneo. Até uns 30 anos, essa identificação do “espírito caririense” era muito mais forte. As migrações, as crises econômicas e o desprestígio das elites abalaram parcialmente esses valores, embora, em grande medida, eles ainda resistam. O Icasa é um desses símbolos desportivos que também representa

a identidade do Cariri. Fundado em 1963, o Icasa Esporte Clube nasceu da iniciativa de Teodoro de Jesus Germano, o Doro Germano, sócio da Indústria e Comércio de Algodão S.A. – Icasa, um ícone da pujança econômica da Região Sul na segunda metade do século XX. Com a decadência dessa indústria, que deixou de financiar o clube, ele veio a falir no final dos anos 1990, em razão de uma condenação na Justiça do Trabalho. Seu renascimento ocorreu no início dos anos 2000, agora, sob a Associação Desportiva Recreativa Cultural Icasa. Esse clube, o Verdão do Cariri, vive agora mais uma crise. Desta vez, a possibilidade de sua extinção definitiva é real e imediata. Padecendo de problemas típicos da maior parte dos

CHARGE

clubes brasileiros de pequeno e médio porte, o Icasa é novamente vítima de condenações judiciais trabalhistas e previdenciárias. O clube deve um milhão e seiscentos mil reais e deverá perder seu Centro de Treinamento, o Praxedão, no dia 7 de dezembro, quando essa unidade do clube irá a leilão para pagar dívidas na Justiça. As causas disso tudo são conhecidas e comuns a muitos dos clubes brasileiros. Gestão incompetente, acompanhamento jurídico ineficiente das ações de ex-jogadores, a falta de comando unificado e a expectativa de que um “milagre” sempre salvará o clube. O futebol é, hoje, um grande negócio. Tudo é negociável: imagem dos atletas, escudo e marca do time, aparições públicas e nome de estádios. Um clube bem administrado é

SEXTILHA

SÃO EFÊMERAS NESTA VIDA AS POSSES MATERIAIS A BELEZA E A JUVENTUDE O PRÓPRIO TEMPO DESFAZ MAS A LUZ DAS NOSSAS ALMAS NÃO APAGARÁ JAMAIS. WeLLINGTON COSTA

CARTA A Mostra Sesc é um momento mágico no Cariri. Artistas pelas ruas, apresentações pelas praças, discussões em todo lugar. Durante os dias do evento é possível sentir o porquê de o Cariri ser conhecido como um celeiro de cultura. Vamos aproveitar, meu povo! Valorizar o que temos de melhor em nossa história e em nossos costumes. Amanda Freitas, Juazeiro do Norte

LIDERANÇA SUSTENTÁVEL liderança, à medida que a organização se torna maior e mais complexa. Com o aumento das mudanças surgem novos desafios. Desta forma, a presença de um líder bem preparado torna-se essencial para direcionar sua equipe, dando a motivação necessária para atingir resultados e alinhar os objetivos pessoais com os objetivos empresariais, tornando a empresa mais flexível diante das mudanças. As organizações devem incluir em sua cultura uma metodologia de desenvolvimento contínuo de líderes para substituir aqueles que vão embora e para suprir as necessidades de um sistema em expansão. Deve-se estimular a ideia de liderança sustentável nas organizações, formalizada pelo princípio de fazer com que o líder mantenha a sua liderança de forma eficaz e eficiente a longo prazo, portanto, reforçando o desempenho de seus colaboradores. A liderança está em desenvolvimento contínuo não existindo ainda um conceito exato.

Marília Falcione DOUTORA EM ADMINISTRAÇÃO

A liderança sustentável está relacionada com as transformações e as inovações organizacionais, com a percepção dos gestores para as questões sociais, tecnológicas, ambientais e outras, reconhecendo a importância da consciência sustentável. Ela permite que os colaboradores se comprometam com o meio ambiente e aprimorem sua qualidade de vida e o seu desenvolvimento econômico. As organizações estão crescendo cada vez mais e precisam desenvolver novos líderes continuamente. Esse crescimento não pode ser sustentado, a não ser que um número crescente de pessoas seja capacitado para ocupar importantes funções de

Fundado em 5 de setembro de 1997 O Jornal do Cariri é uma publicação da Editora e Gráfica Cearacom Ltda CNPJ: 15.915.244/0001-71

Diretor-presidente: Donizete Arruda Diretora de Redação: Jaqueline Freitas Diretoria Jurídica: Vicente Aquino Diagramação: Evando F. Matias

Liderança não depende exatamente de um cargo – é um atributo a ser sempre aprimorado, desenvolvido e aplicado tanto para grupos informais quanto formais. Rapidamente torna-se uma necessidade do líder ter conhecimento de todos os tipos de liderança, com o objetivo de saber conciliá-las e aplicá-las no melhor momento e da melhor forma, tendo a capacidade de acompanhar as necessidades de sua equipe e de sua organização. A liderança sustentável apresenta o comportamento dos líderes com a perspectiva nos fatores dos meios sociais, ambientais e econômico, sendo que o meio social se define pela qualidade de vida, pelo bem-estar, pela igualdade social e pelo capital humano; Já o meio ambiental se define pelos capitais naturais, preocupações com os impactos relacionados ao meio ambiente; E o meio econômico pela possibilidade financeira, pelo equilíbrio econômico, pela segurança alimentar e pela produção de bens e consumo.

Conselho Editorial Geraldo Menezes Barbosa, Francisco Huberto Esmeraldo Cabral, Napoleão Tavares Neves e Monsenhor Gonçalo Farias Filho.

uma máquina de fazer dinheiro, cujo reinvestimento permite atrair bons atletas e treinadores, criando-se um círculo virtuoso, que aumenta a torcida e permite o crescimento do clube. O Icasa é um clube com grande torcida, com um enorme “recall” popular e é favorecido pelo sentimento de que ele é um patrimônio imaterial do Cariri. Onde o Icasa joga, é o Cariri que está jogando. Uma gestão eficiente do clube teria tudo para torná-lo uma força no cenário futebolístico nacional. Exemplos de administrações bem-sucedidas não faltam, embora sejam quase sempre embotados pelos igualmente numerosos casos de mau gerenciamento. Roubaram o sonho do povo do Cariri. O Icasa caminha para uma crise terminal. Algo precisa ser feito.

O Icasa é um desses símbolos desportivos que também representa a identidade do Cariri. Fundado em 1963, o Icasa Esporte Clube nasceu da iniciativa de Teodoro de Jesus Germano, o Doro Germano, sócio da Indústria e Comércio de Algodão S.A. – Icasa, um ícone da pujança econômica da Região Sul na segunda metade do século XX.

Palavra de Fé Pr. Jecer goes

CONSELHOS PARA ALCANÇAR A VIDA

(Gênesis 19.17) As tempestades, os infortúnios, os dissabores, as decepções, os fracassos, as dúvidas, as indecisões, as crises, as tristezas, as frustrações, enfim, são componentes que fazem parte natural da vida de todos os seres desde o começo, desde o Éden. É bem verdade que não gostamos, elas acontecem quando menos se espera. Muitas vezes são até mesmo causadas pela própria pessoa, como aqui, no caso de Ló. Todos os reveses têm por objetivo afastar o homem de seu Criador. A narrativa bíblica acima apresenta Ló e seus familiares totalmente comprometidos com os moradores de Sodoma, um povo com costumes altamente pervertidos e que afrontava diretamente a santidade de Deus. Aquela sociedade estava condenada e atraía todos os que adentravam àquela cidade. Ló e seus familiares corriam seriíssimo risco de serem condenados juntamente com àquela população. É quando Deus, então, envia dois anjos com a missão de resgatá-los e escaparem da iminente destruição. Com muita dificuldade os anjos insistiam para que Ló reunisse sua família e deixasse com urgência o lugar. Aconteceu que, tirando-os para fora, deu-lhes as instruções seguintes: FUJA POR AMOR À VIDA. Há momentos que todos devemos entender e priorizar o que realmente é valioso. Vivemos a era das inversões de valores. Pessoas muitas vezes se deixam embaraçar com coisas supérfluas, como intrigas, bens materiais, com coisas. Ló e os seus estavam atraídos pela luxúria, pela imoralidade, pela vida degradante dos moradores de Sodoma. E isto escravizava e os conduzia à morte. O que lhe é mais valioso que a vida? O que lhe prende nesta vida? Atente para a palavra dos anjos e fuja por amor à vida. Fuja de tudo o que lhe prende e causa sua destruição e de sua família. É uma decisão pessoal. Fuja da condenação e do juízo e salve sua família. NÃO OLHES PARA TRÁS DE TI. O segundo conselho dos anjos foi o de não olhar para trás, mas avançar e seguir em frente. A morte ficava para trás e não deveria ser lembrada. Quantos se vêm presos pelas lembranças e experiências do passado. A vida e a vitória estão adiante. A mulher de Ló olhou para trás e foi transformada numa estátua de sal. Pessoas estão mortas espiritualmente porque não conseguem vislumbrar o futuro de glória que Deus lhes tem preparado. A Bíblia diz: “Mas o meu justo viverá pela fé. E, se retroceder, não me agradarei dele. Nós, porém, não somos dos que retrocedem e são destruídos, mas dos que creem e são salvos”, (Hebreus 10.38,39). NÃO PARE EM LUGAR NENHUM. O terceiro conselho foi caminhar sem se deter por nada. É uma advertência àqueles que são instáveis, inconstantes na vida. Deixam-se influenciar pelos maus conselheiros e perdem o foco. Não pare de sonhar, de projetar, de lutar pelos seus ideais. Lute pelo que é justo e honesto. Na caminhada espiritual seja constante e perseverante diante de todas as adversidades e desânimos. A promessa de Deus é para os que são perseverantes, para os que não se detém no meio do caminho. “Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor”’, (1Coríntios 15.58). Jesus disse: “E sereis odiados por todos por amor do meu nome; mas quem perseverar até ao fim, esse será salvo”, (Marcos 13.13). ESCAPA PARA AS MONTANHAS. E por fim o quarto conselho é procurar escapar para o lugar seguro. O juízo de Deus sobre Sodoma estava para acontecer e diante do perigo o escape era correr para o lugar alto. Vivemos dias tribulosos e inseguros. Toda a sociedade brasileira vive de igual modo momentos como nunca. Perigo de doenças, de violência crescente, a desonestidade, a imoralidade, a corrupção em todas as camadas da sociedade, alarmante aumento do índice de criminalidade, tudo nos leva a crer que o juízo de Deus está sobre nossa nação. Todos buscamos e necessitamos um lugar seguro, mas onde encontrar? O lugar seguro está em Deus. Diz o salmista: “Confiai nele, ó povo, em todos os tempos; derramai perante ele o vosso coração. Deus é o nosso refúgio”, (Salmos 62.8) e ainda, “Deus é o meu rochedo, nele confiarei; o meu escudo, e a força da minha salvação, o meu alto retiro, e o meu refúgio. Ó meu Salvador, da violência me salvas”, (2Samuel 22.3).“Elevo os meus olhos para os montes; de onde me vem o socorro? O meu socorro vem do Senhor, que fez os céus e a terra”, (Salmos 121.1). Deus abençoe!

Administração e Redação Rua Pio X, 448 - Bairro Salesianos CEP: 63050-020 - Juazeiro do Norte Ceará - Fone 88 3511.2457

Sucursal Fortaleza: Rua Coronel Alves Teixeira, 1905 - sala 05 - Fone: 85 3462.2600

Sucursal Brasília: Edifício Empire Center Setor Comercial Sul - sala 307 -Brasília - DF.

Fale conosco jcjornaldocariri@gmail.com | Departamento Comercial | comercial@cearasat.com.br

Os artigos assinados são de responsabilidade dos seus autores.


Região do cariri, De 14 a 20 de novembro de 2017

3

anos

Ciro Gomes aposta que o prestígio de

Política

Camilo no Cariri fará com que ele reverta a surra que leva de Lula, Marina e Bolsonaro na região. Ciro está no mesmo patamar eleitoral do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

PESQUISA

Rebate

Donizete Arruda

FGs querem enquadrar Camilo

Cid tenta reverter a situação de Ciro

O governador Camilo Santana foi informado da reunião que Cid Gomes teve, no final de semana, em Juazeiro do Norte. Lá, Cid, diferente de seu estilo silencioso, resolveu abrir a boca e disparar ameaças a Camilo: agora o jogo é claro, quem é amigo, é amigo. Quem é inimigo, é inimigo. Essa declaração chocou a prefeitos do Cariri que a ouviram. Todos foram unânimes em dizer que o tom de ameaça de Cid ao Governador ficou muito evidente. Cid avisou aos prefeitos que irá ter um diálogo franco com o Governador e, na oportunidade, comunicará que não há a menor possibilidade dele admitir o voto em Lula. Cid quer o comprometimento total de Camilo com a candidatura de Ciro. Madson Vagner

FGs querem enquadrar prefeitos

Cid e Ciro Gomes se reuniram com prefeitos do Cariri. No encontro, a convocação para que os prefeitos aliados ao Palácio do Abolição se integrem imediatamente na pré-campanha de Ciro ao Planalto. Esse desespero é resultado da pesquisa mandada fazer pelos irmãos Ferreira Gomes no Cariri, que apontou a liderança de Lula com 62% contra 9% de Ciro. Jair Bolsonaro tem, hoje, um desempenho superior a Ciro, que está em quarto lugar, superado também por Marina Silva. Receosos de que o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, desista da candidatura própria a favor de Lula, já que Ciro perde feio até no seu Estado, os FGs querem reverter esse cenário imediatamente. Contam com o respaldo dos prefeitos e, principalmente, do governador Camilo Santana.

Cid exige Camilo apoiando Ciro

Numa situação eleitoral desesperadora, Ciro Gomes aposta que o prestígio de Camilo no Cariri fará com que ele reverta a surra que ele leva de Lula, Marina e Bolsonaro na região. Ciro está no mesmo patamar eleitoral do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin. Esses dados significam uma humilhação política para Ciro, que impôs a Cid cobrar do Governador o seu envolvimento que, na prática, requer até o rompimento de Camilo com a candidatura de Lula no Ceará. Camilo vem resistindo a esse movimento, pois tem pesquisas em seu poder que mostram o amplo favoritismo do ex-presidente no Estado e, desse modo, não quer se desvincular de Lula.

FGs fazem ameaças a Camilo

Se Camilo continuar insistindo em colocar um pé em cada canoa na corrida presidencial - Ciro e Lula -, sabe que Cid não aceita a mesma prática que beneficiou Ciro em 2002. Nessa época, o senador Tasso Jereissati, do PSDB, se dividiu entre o tucano José Serra e Ciro. Para convencer o Governador a romper com Lula e o PT, Cid usará sua última cartada: ou Camilo adere completamente a Ciro ou Cid avisa que os FGs não o apoiarão à reeleição. Confirmada essa recusa, Cid seria candidato ao Governo. Se aceitar, para não haver um rompimento mais drástico, Camilo poderia concorrer ao Senado. A garantia da máquina do Governo do Ceará nas mãos da vice Izolda Cela, que assumiria o Abolição, asseguraria a Camilo o direito de continuar pedindo votos para Lula. Contudo, não há garantias de que seria eleito senador.

Camilo não se dispõe a romper

O cerco que os FGs montaram a Camilo não tem uma data certa para uma solução. Até junho do ano que vem, quando ocorrerão as convenções partidárias, Camilo não precisa se antecipar e anunciar o voto em Ciro, em detrimento do apoio a Lula. Até porque, o desejo de Camilo é votar em Lula e aproveitar o prestígio do ex-presidente na sua reeleição. Como se safará das pressões dos irmãos Cid e Ciro Gomes, que exigem sua lealdade com o seu engajamento na virada de Ciro no Ceará? Esse é o maior desafio hoje do Governador.

Ciro cria problemas para Camilo

Ciente de que Camilo quer ficar junto a Lula, Ciro deu o troco no Governador. Ao responder, no fim de semana, as declarações do senador Tasso Jereissati de que a oligarquia Ferreira Gomes manda no Governo do Ceará e Camilo só faz o que Cid e Ciro querem, o tom usado foi deliberadamente para provocar um rompimento do tucano com Camilo. Até agora, os dois eram amigos e trocavam elogios. Ciro atacou Tasso, acusando-o de ser oligarca, ter um patrimônio milionário, pegar empréstimo de R$ 100 milhões no BNB, possuir uma televisão, rede de rádio e até exagerou dizendo que o seu antigo aliado e seu inventor político tinha um jornal. Camilo rebateu ser tutelado pelos FGs e lamentou o que disse Tasso na convenção regional do PSDB. Ciro saiu vitorioso desse embate. Causou o distanciamento de Camilo e Tasso.

Ciro se declara dono do Ceará

Depois de ter exagerado na hora do seu lazer, no último fim de semana, Ciro Gomes resolveu disparar recados para o governador Camilo e o senador Eunício Oliveira. No local onde ele se encontrava, havia apenas amigos, porém a contundência com que Ciro falava sobre os novos amigos Camilo e Eunício surpreendeu a quem ouvia. Sobre o Governador, Ciro disse que ele pensa que anda sozinho, e que decide sem consultá-lo a própria vida. “Esquece, se quiser ter um mandato, precisa obedecer”. Por mais inacreditável que seja a afirmação, ela saiu da boca de Ciro. Sobre a aliança de Camilo com Eunício, Ciro foi enfático: avisa lá ao ricaço, que ele não sobe no meu palanque. E bem alto, dando uma gargalhada, disse mais: vou derrotá-lo. Ele não volta ao Senado.

Josbertini recepciona Eunício

O secretário de Desenvolvimento do Estado, Josbertini Clementino, causou surpresa a toda a base aliada do Governo no Cariri, ao jantar com o senador Eunício Oliveira, em Lavras da Mangabeira, na sexta-feira (10). Após o jantar, Josbertini acompanhou a comitiva do presidente do Senado até o Parque de Vaquejada em Lavras. Os dois chegaram a conversar separadamente, mas não falaram sobre a pauta. Especulações de pessoas próximas ao senador dizem que Josbertini teria assumido o voto em Eunício nas eleições de 2018. Na base, as críticas não param de chegar ao telefone do governador Camilo. Josbertini é a segunda liderança ligada a Camilo a se aproximar de Eunício. O primeiro, o empresário Rafael Branco, foi muito criticado, e nem assim voltou atrás.

Disse me disse Os vereadores de Juazeiro do Norte parecem descontentes com a administração. Nas duas sessões da última semana, Darlan, Tarso e Capitão Vieira disparam críticas pesadas. Os três parlamentares pediram investigações na rescisão do contrato da empresa responsável pela limpeza pública e superfaturamento em obras no Mercado Central. Os ataques do trio de vereadores não tiraram o sono da base do prefeito Arnon. Consideram que os reclamantes querem atenção. Os vereadores Cicinho Cabeleireiro, Auricélia Bezerra e Rita Monteiro souberam da possível crise pelo telefone. Os parlamentares juazeirenses estão em Gramado, Rio Grande do Sul, para Encontro Nacional de Vereadores. Desta vez, não houve barulho na sociedade acerca do custo da viagem. Seguindo o exemplo dos presidentes das Câmaras de Crato e Juazeiro, o presidente da Câmara de Barbalha, vereador Vevé Siqueira, anunciou o melhoramento do Legislativo. Vevé iniciou o trabalho de recuperação da estrutura física do prédio da Câmara pelo sistema de som. O debate da Casa promete ficar mais audível. Josbertini deve ser demitido no final do ano e suas chances eleitorais são mínimas. Entrou em colisão com o Abolição. Cid Gomes conversou com Fernando Santana e resolveu seus problemas com os outros candidatos à Assembleia. Quis ajudar seus aliados e evitar conflito. Disse que Fernando merece ser eleito deputado estadual. Desculpe a ignorância, Ciro Gomes levou uma mão de peia de votos de Lula no Cariri?

Divulgação

O

ex-governador Cid Ferreira Gomes esteve na região do Cariri, nos últimos dias 8 e 9, onde visitou as cidades de Milagres, Brejo Santo e Mauriti, para manter contatos com os prefeitos Lielson Landim, Tereza Landim e Mano Morais, respectivamente, e com o ex-prefeito de Brejo Santo, Guilherme Landim, todos do PDT. Durante o encontro, o ex-governador ajudou a resolver questões locais ligadas a tensões políticas dentro da base, mas aproveitou para endurecer o discurso. Cid convocou os gestores aliados para impulsionarem a candidatura do irmão Ciro Gomes à presidência da República. O ex-governador foi enfático: “quem não está comigo é meu inimigo”. A discussão continuou em Fortaleza, na tarde desta segunda-feira (13), na sede regional do PDT. Para a reunião, Cid convocou toda a base aliada pedetista do Cariri para ouvir as estratégias do presidenciável Ciro Gomes. A ideia é reverter o trágico resultado da última pesquisa encomendada pelo grupo no Estado. Na pesquisa, realizada pelo Instituto Optimus, Ciro

cid gomes convoca aliados para impulsionar candidatura de Ciro

estaria atrás de pré-candidatos como o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que ultrapassaria os 60% das intenções de votos no Estado, além de Jair Bolsonaro e Marina Silva. Ciro teria apenas 9% dentro do seu estado e principal base política. O Cariri é a primeira região a ser convocada. A motivação seria a boa aceitação do governador Camilo Santana, outro que, segundo aliados, deve ser chamado a tomar uma decisão. Camilo é do PT, mas Cid estaria disposto a pressioná-lo a declarar voto ao pedetista Ciro. A situação fomenta uma crise sem precedentes, já que o Diretório estadual do PT já definiu como prioridade o voto em Lula para presidente.

As lideranças petistas estariam motivadas pela realização de outra pesquisa, realizada pelo Instituto Zaitec, que também mostra Lula disparado no Ceará. Segundo as lideranças petistas, para declarar voto em Ciro, o governador Camilo terá que sair do partido. Na esteira da crise, a deputada federal Luizianne Lins declarou que o partido não abrirá mão de disputar uma vaga ao Senado. Luizianne chegou a sugerir os nomes de José Pimentel para a reeleição, do deputado José Guimarães e dela própria para a disputa da vaga ao Senado no próximo ano. Sobre o assunto, o governador Camilo Santana continua em silêncio. Suas

Leia rápido

SANTANA DO CARIRI

Superfaturamento na compra de livros é denunciado por vereadores Fernando Ribeiro Especial para o JC O juiz Christiano Silva Sibaldo de Assunção, substituto na Comarca de Santana do Cariri, determinou, na última sexta-feira (9), a imediata suspensão da contratação e pagamento da compra de livros infantis para os alunos da rede de ensino público daquele Município. Uma denúncia formulada por três vereadores aponta superfaturamento na compra do material pela Prefeitura, que pode ter gerado um prejuízo de aproximadamente R$ 288,4 mil aos cofres públicos. A decisão judicial foi baseada numa ação popular impetrada na Justiça daquele Município, pelos vereadores Samuel Cidade Werton (PSDB), Francisco Gildo Lopes Freire e Lucas Matias da Silva. Na petição, eles apontam que a compra dos livros destinados aos alunos do ensino Infantil da rede escolar do Município foi superfaturada no contrato firmado entre a Prefeitura e a empresa fornecedora do material, a R. Oliveira Comércio e Serviços Educacionais Ltda. O contrato entre as partes foi firmado no valor total de R$ 412.455,00, já tendo sido pago, conforme comprovam a documentação apresentada à Justiça. O contrato tem a assinatura da prefeita Daniele Machado e da secretária da Educação do Município, Wagna dos Santos Lima.

últimas declarações apontam para uma resolução pacífica que mantenha a aliança entre PT e PDT no Ceará. Por outro lado, o Governo Camilo Santana tem se aproximado do líder da oposição, senador Eunício Oliveira (PMDB), presidente do Congresso, que, embalado pela onda Lula, já declarou apoio ao ex-presidente em 2018, se aproximando ainda mais do PT cearense. Membros da cúpula petista no Ceará não descartam a possibilidade de uma chapa com Camilo e Eunício. Na sexta-feira, outro líder da oposição, o senador Tasso Jereissati, jogou mais fogo na crise ao avaliar que o Governo Camilo é manipulável pela “oligarquia” dos irmãos Ferreira Gomes. Em resposta, Camilo disse que a avaliação é injusta e que estava decepcionado pela crítica ter vindo de uma pessoa que há poucos dias tinha elogiado sem governo. No Cariri, a tensão toma conta dos prefeitos integrantes da base aliada do Governo. Há quem prometa romper, caso o grupo obrigue o voto em Ciro Gomes. A semana promete ser recheada de articulações e surpresas.

Através de uma criteriosa pesquisa de mercado, formulação de planilhas e avaliação do contrato firmado pela Prefeitura com a empresa citada, os vereadores descobriram que, por exemplo, um livro que custa no mercado R$ 23,00, foi adquirido pelo Município por R$ 100,00. Os indícios de superfaturamento ficam ainda mais claros quando foram analisados os preços de kits de livros adquiridos para o programa educacional “Projeto Colcha de Leituras – Formando Leitores”. O Kit contendo os livros “O Dragão Verde”, “Inventadeira de Besteira, eu?”, “Zoiudo, o monstrinho que bebia colírio” e “Luana adolescente, lua Crescente”, por exemplo, que foi adquirido pela Prefeitura pelo valor global de R$ 139.500,00 (relativos a 310 unidades), apresentou um superfaturamento de 104.897,80, já que pelo preço de mercado o material sairia por R$ 34.602.

Dinheiro público

Em entrevista ao Jornal do Cariri, o vereador Samuel Cidade (PSDB) informou que os prejuízos aos cofres do Município de Santana do Cariri são incontestáveis. Os altíssimos valores pagos pela Prefeitura à empresa vencedora do pregão eletrônico fogem completamente à realidade dos valores de mercado, constatado através da pesquisa em diversas livrarias no Ceará.

Segundo Samuel Cidade, com a descoberta do superfaturamento, a Justiça foi acionada e, logo em seguida, a denúncia formulada em sessão na Câmara dos Vereadores. “A decisão do juiz, em acatar o pedido de liminar, mostra que as provas são inegáveis e apontam o enorme prejuízo financeiro para o Município”. “A aquisição de livros e kits em valores comprovadamente superiores ao preço de mercado fere, frontalmente, os princípios da moralidade, eficiência e economicidade, que devem nortear as contratações públicas e a conduta do administrador, merecendo, pois, a imediata reprimenda por parte do Poder Judiciário”, assinala um dos trechos da Ação Popular impetrada com pedido urgente de liminar. Diante do elenco de indícios revelados na Ação Popular, com prejuízos incontestáveis aos cofres do Município, o juiz acatou o pedido de liminar e determinou a imediata suspensão do contrato e dos pagamentos. Determinou, ainda, o prazo de 20 dias, prorrogáveis por mais 20, para que a Prefeitura, através de sua Secretaria de Educação, ofereça resposta. O magistrado ordenou, também, que sejam remetidos à Justiça todos os documentos relativos aos pagamentos que, eventualmente, já tenham sido realizados pela Prefeitura em favor da empresa contratada.

A Cozinha Comunitária do bairro João Cabral já está funcionando. Ela foi a primeira das quatro previstas para reabrir. Segundo a Prefeitura de Juazeiro, os equipamentos vão fornecer mais de quatro mil refeições por semana, em áreas de vulnerabilidade social. As demais serão reabertas nos bairros Frei Damião, Vila Nova e o Horto. Em Aurora, 200 universitários denunciaram a falta de transporte escolar para o deslocamento até Cajazeiras (PB). Segundo eles, o problema vem desde agosto e, por isso, se sentem prejudicados, já que não frequentam as aulas desde então. O Ministério Público já foi acionado. A Câmara Municipal de Crato aprovou requerimento parlamentar para pinturas de faixas de pedestres em 3D. O autor da proposta foi o presidente da Casa, Florisval Coriolano, que defende que as imagens dão ilusão de ótica ao motorista, que tende a reduzir a velocidade ao vê-las. Ainda em Crato, os vereadores aprovaram um projeto de lei, de autoria do vereador Fernando Brasil (PP), que garante aos professores da rede de ensino pública e privada o direito à meia-entrada nos eventos locais. A matéria seguiu para sanção do prefeito Zé Ailton.

O presidente do Senado, Eunicio Oliveira, afirmou ao presidente da CDL de Juazeiro do Norte, Michel Araújo, no último dia 10, que a obra do Pátio de Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes será iniciada, em breve, independente do processo de licitação, assim passando a receber aeronaves de maior porte e, consequentemente, contribuindo para o desenvolvimento da região do Cariri.


4

Região do cariri, De 14 a 20 de novembro de 2017

anos

Política

abastecimento de água na Vila Alta é alvo constante de reclamações por parte dos cratenses

REINTEGRAÇÃO DE POSSE

Chapada Madson Vagner

Festa na crise

Para amenizar os efeitos de grande crise econômica, nada melhor que uma festa gratuita com a valorização da cultura local. Esse o sentimento da população dos mais de 20 municípios caririenses contemplados com a programação da 19ª Mostra Sesc de Culturas do Cariri. As apresentações artísticas e culturais movimentam a economia e reverte o desânimo com a crise. Neste ano, a mostra traz caravanas artísticas de todos os estados brasileiros, transformando o Cariri em um verdadeiro caldeirão cultural. Apesar da grande repercussão por todo o Brasil, nas comunidades ainda prevalece o sentimento de ausência das gestões com relação à infraestrutura necessária para que a festa se transforme, de fato, em um evento nacional. Durante o evento, os prefeitos aproveitaram para fazer novas promessas. Espera-se que sejam cumpridas nos próximos anos.

TCE perdendo espaço

A saga na busca por substituir o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) não tem sido nada fácil para o Tribunal de Contas do Estado (TCE). As gestões municipais estão insatisfeitas, por isso crescem as críticas à atuação do órgão. Além das desconfianças, agora, o TCE enfrenta a concorrência de outras entidades sem norral para fazer levantamentos ou investigações administrativas. Recentemente, a Aprece relacionou 83 prefeituras que estariam descumprindo, nesse segundo quadrimestre de 2017, a Lei de Responsabilidade Fiscal, ao exceder o limite de gastos com pessoal. No Cariri, entre os 32, apenas os municípios de Barro, Farias Brito e Aurora foram relacionados. Os três prefeitos não negam a situação de dificuldade, mas garantem que não são os únicos. Nesse caso, faltaria transparência ou competência ao TCE?

Sem 13º salário

Parece que o ano de 2017 não deixará saudades para as gestões cearenses. Este primeiro ano das gestões municipais está sendo marcado por imensas dificuldades financeiras. A maioria dessas dificuldades foi deixada como herança pelos antecessores. São pontuais os casos de salários em dia e previsão de pagamento de 13º salário. A Associação dos Municípios do Ceará (Aprece) revelou que mais da metade dos municípios devem atrasar o pagamento do benefício. A esperança dos prefeitos está na marcha à Brasília, que acontece nos dias 21 e 22 deste mês. A ideia é fazer pressão para recuperar perdas nos repasses por parte do Governo Federal. Depois de um ano, nenhuma gestão apresentou um plano consistente de arrecadação própria. Ou seja, tudo continua como antes!

Mais uma derrota

A prefeita de Santana do Cariri, Danielli Machado, amargou mais uma derrota no judiciário. Depois de dois afastamentos, apesar de responder no mandato, agora, a gestora teve um contrato cancelado pelo juiz Christiano Silva Sibaldo de Assunção. A decisão liminar, publicada no dia 9, cancelou o contrato entre a Prefeitura e a empresa “R. Oliveira Comércio e Serviços Educacionais”, por possíveis irregularidades na aquisição de livros para o projeto Colcha de Leituras. Segundo levantamento, o valor do contrato, que ultrapassa os R$ 370 mil, poderia ser executado por R$ 90 mil, com uma economia de R$ 288 mil aos cofres públicos. Para a Justiça, “há fortes indícios de que houve superfaturamento”. A prefeita tem 40 dias para se justificar. É bom convencer para não responder por improbidade ou desvio de dinheiro público.

Fazendo o que dá

O prefeito de Salitre, Rondilson Ribeiro (PT), parece ter adotado a teoria do “fazendo o dá”, diante da crise econômica nos municípios. O problema é que o gestor está sendo acusado de falta de critérios acerca das prioridades. Um dia depois de reclamar da dificuldade na implementação de políticas de geração de emprego e renda, o gestor anunciou a entrega de dois portais, construídos nas entradas da cidade. Apesar dos desafios relacionados ao saneamento básico, déficit no número de postos de saúde e escolas, o gestor recorreu ao senador José Pimentel para melhorar a entrada da cidade. A obra vai custar cerca de R$ 500 mil, destinados por emenda parlamentar. Na Câmara de Vereadores, a oposição se prepara para questionar o valor orçado. Em caso de silêncio ao Parlamento, o prefeito deverá responder ao Ministério Público.

Diocese entra na Justiça para aumentar patrimônio N

a Diocese do Crato, a ordem é questionar na Justiça todas as transações comerciais envolvendo as terras deixadas pelo padre Cícero Romão Batista para Nossa Senhora das Dores, e que foram negociadas ao longo das últimas décadas sem o aval do bispo da época. O objetivo é aumentar o patrimônio da instituição. O processo, movido com a anuência do bispo dom Gilberto Pastana, pretende reintegrar as terras deixadas pelo sacerdote a Nossa Senhora das Dores e que compõe uma extensa área urbana de Juazeiro do Norte. Bairros inteiros, como o Frei Damião, além de prédios de apartamentos, devem sofrer com a ação. Setores comerciais e industriais da cidade também devem ser atingidos. Empreendimentos como o Assai Atacadista, Maxxi Atacado e Atacadão, além de várias revendedoras de automóveis localizadas na rodovia que liga Juazeiro a Crato, terão que brigar na Justiça para manter sua posse. Outros setores governamentais, como o Detran, também deverão sofrer com a ação. No processo, a Igreja pretende questionar a autoridade do Monsenhor Murilo de Sá Barreto, que fez as negociações. Atualmente, a Diocese trava uma batalha judicial com o empresário Francisco Pereira da Silva, proprietário da FP Empreendimentos Imobiliários LTDA., pelo

Estudantes sem transporte

Enquanto isso...

e

... Em Aurora, foi comemorado, no último dia 10, os 134 anos de emancipação política. Durante a festa, a administração cumpriu o script básico: banda de música, queima de fogos, alvorada festiva e hasteamento de bandeiras. Tudo como manda o bom andamento das festividades no Paço Municipal. Shows e badalações estão proibidas. ... Mas a festa de emancipação em Aurora teve suas surpresas. Depois de muito tempo, o prefeito Júnior Macedo apareceu. O gestor comandou as ações no Paço Municipal, entregou ambulâncias, anunciou obras e discursou ao povo. A população ficou satisfeita em saber que o prefeito estava bem. Já estava com saudades! ... Em Altaneira, os servidores da Educação continuam sem perspectiva do pagamento dos precatórios do antigo Fundef. O detalhe é que, mesmo com a recusa do prefeito Dariomar Soares (PT), foi formada uma comissão com representantes dos professores, do Sindicato dos Servidores e da Prefeitura para relacionar os possíveis beneficiados. ... A Comissão descobriu outro problema para pagar os beneficiários em Altaneira. Depois de 11 meses de trabalho, o relatório não contempla todos os professores. O motivo é a falta de informações nos arquivos da Prefeitura. A comissão abriu prazo para contestações e pedidos de inclusão, entre os dias 13 e 27 deste mês.

frei damião é um dos bairros que devem ser atingidos pela ação de reintegração de posse da Diocese

controle do Loteamento Vila Real II. Para a Diocese, a ação contra a FP Empreendimentos é apenas a primeira e servirá como base para todas as outras que estão a caminho. Especialistas em economia temem pela turbulência financeira que o processo poderá causar. Segundo padres e leigos, que preferem não se identificar, a Diocese está falida e a medida extrema servirá para melhorar a situação dos cofres da Igreja. Ainda segundo informações, o irmão do bispo, o ex-prefeito de Belterra, no Pará, tem feito assessoria informal à Diocese para avaliar as áreas comercialmente. De malas prontas para o Cariri, Geraldo Irineu Pastana responde a denúncia do Ministério Público Federal (MPF), por ausência de prestação de contas de

recursos destinados à Educação. O irmão de dom Gilberto é acusado de desvio de recursos e responde a outros 12 processos por improbidade administrativa.

Patrimônio dilapidado

Em setembro de 2013, Fernando Panico autorizou a venda de 65 casas da Diocese, abaixo do valor de mercado. O esquema consistia em vender os imóveis a um ‘laranja’, que depois negociaria as residências no valor de mercado, repassando a diferença diretamente ao bispo. As casas foram vendidas por R$ 60 mil, mas estavam avaliadas em R$ 280 mil. O negócio deveria movimentar a cifra milionária de R$ 14 milhões. A denúncia de estelionato e formação de quadrilha veio à tona pelos próprios moradores. Apesar da intervenção da Justiça, em

Cratenses reclamam da constante falta de água No Crato, as reclamações sobre a falta de água, por parte dos moradores, não são recentes ou pontuais. Na última semana, uma audiência pública promoveu o debate entre autoridades políticas e a comunidade da Vila Alta, que enfrenta dificuldades no sistema de abastecimento hídrico. Além dele, os bairros da Batateira, Parque Granjeiro, Lameiro, Seminário, Ossian Araripe, Zacarias Gonçalves e a zona rural se queixam do serviço. O vereador Pedro Lobo (PT), presidente da Comissão de Obras e Serviços da Câmara Municipal, foi o autor da audiência pública. Na ocasião, a Associação dos Moradores da Vila Alta (Ambavila) relatou que a água chega às torneias com cor e dissabor. Isso, segundo os moradores, tem sido recorrente há mais de 20 anos. Sobre isso, Lobo afirma que dois encaminhamentos devem resolver a problemática. O Serviço Autônomo de Água e Esgoto do Crato (Saaec) se propôs a solucionar a densidade da água e evitar o desperdício. “Devido a uma cultura propagada de que o Crato tem água em abundância, a população

junho de 2015, novas denúncias mostraram que as casas estariam sendo negociadas novamente. Outra investida de Panico foi a simulação de projetos, junto a instituições internacionais. Dom Fernando recebeu dinheiro de fora do país, com notas frias e justificadas com fotomontagens. O esquema rendeu mais de R$ 500 mil aos envolvidos. Entre as instituições lesadas está a Kinder Missions Weak, de Aachen-Alemanha. Apesar dessa arrecadação gigantesca, a Diocese passa por dificuldade financeira. Entre os anos de 2011 e 2012, foram emitidos cerca de 35 cheques sem fundo e vários títulos foram protestados. A Diocese chegou a receber ordem judicial de busca e apreensão de bens que estavam a serviço do então bispo Fernando Panico.

Leia rápido

ABASTECIMENTO

Amanda Salustiano

Os estudantes do ensino superior de Aurora estão revoltados com a omissão do Município em relação ao descaso da empresa responsável pelo transporte universitário. Segundo relatos, a empresa mantém veículos sucateados que, constantemente, estão sem condição de uso. Pelo menos uma vez por semana, os alunos são obrigados a faltar aulas em consequência das quebras. Os estudantes pedem que a Administração Municipal exija o cumprimento do contrato. A empresa estaria descumprindo cláusulas como manter os veículos em perfeito estado de conservação e com as licenças e taxas em dia. O ônibus trafega por estradas paralelas para fugir da fiscalização. A empresa recebe R$ 60 mil mensais para a prestação do serviço, mas o caso já foi denunciado ao Ministério Público do Estado.

Serena Morais

consome e desperdiça água como se ela nunca fosse acabar”, ressalta o vereador. Dados da Saaec informam que o consumo per capita no Município (240 litros por dia) ultrapassa o que preconiza a Organização Mundial da Saúde (OMS), 120 litros diários. A autarquia aponta que são mais de três milhões de metros cúbicos todos os dias. A Saaec se comprometeu em realizar a limpeza da tubulação impactada pelo ferro e manganês, elementos químicos presentes na própria geologia do bairro, e desobstruir um poço, no bairro Batateiras, para abastecer a Vila Alta. A Saaec vai encabeçar, ainda, uma campanha de conscientização, para que os moradores instalem suas próprias caixas d’águas. Atualmente, o bairro dispõe de uma caixa d’água, com capacidade de um milhão de metros cúbicos, compartilhada por 13 mil habitantes. “A Câmara vai analisar a possibilidade de se conseguir linhas de créditos para subsidiar a compra de caixas d’águas por parte das famílias. Cada uma tendo seu reservatório tende a melhorar o cenário hídrico no local”, sugere Pedro.

Yarley Brito, diretor- presidente da autarquia, ressalta que a comunidade da Vila Alta é a que mais deve, embora seja a que mais consome água. “Sem os pagamentos, a Saaec fica limitada financeiramente. Resolvemos 90% dos problemas naquela comunidade com manobras. Se tivéssemos recursos, toda a tubulação impregnada de ferro e manganês seria substituída”. Sobre a dificuldade de abastecimento nos demais bairros, o petista pede que os moradores procurem a Casa, para que audiências públicas também sejam realizadas nas respectivas localidades junto aos órgãos competentes. Já Yarley explica que bairros novos estão sendo construídos sem planejamento, justamente em áreas em que as águas estão reduzindo sua vazão. Ele aponta que o ideal seria hidrometrar todo o Município, para que a água fosse melhor distribuída em todos os bairros, novos e mais antigos. Atualmente, só cinco mil das 40 mil residências têm hidrômetros. Por enquanto, o diretor-presidente avalia manobras temporárias para não deixar tais comunidades sem água.

Após três anos e quatro meses de prisão por engano, Júnior Gomes deixou a Cadeia Pública de Juazeiro do Norte na semana passada. Ele cumpria a pena de um crime de um homônimo, preso em Caucaia, por um homicídio brutal na cidade de Jucás. A descoberta só foi feita pela OAB local durante inspeções em unidades penitenciárias.

O irmão do vereador André Feitosa, Moisés Feitosa, renunciou ao cargo de secretário adjunto de Governo de Barbalha. Ele alegou estar descontente com a gestão, que não lhe deu o suporte necessário para exercer sua função.

Os vereadores da base governista do prefeito Argemiro Sampaio mantiveram o veto do gestor contra o projeto de prestações de contas das entidades vinculadas ao município de Barbalha. A oposição não conseguiu derrubar o veto por dois votos.

O prefeito José Helder pode decretar racionamento de água em Várzea Alegre diante da crise hídrica que enfrenta o Município. O Conselho de Defesa Municipal do Meio Ambiente teve a iniciativa de recomendar tal medida, por tempo indeterminado.


Região do cariri, De 14 a 20 de novembro de 2017

5

anos

Metropolitana

Câmeras de segurança

devem intimidar e identificar autores de crimes no Crajubar

VIOLÊNCIA

Área Integrada de Segurança registra mais de 3.260 furtos Serena Morais

Joaquim Júnior

S

omente este ano, cerca de 280 pessoas foram vítimas de crimes letais intencionais e 3.250 foram furtadas na área que integra a região do Cariri. No Ceará, mais de 3.600 assassinatos foram contabilizados nos primeiros nove meses do ano. Mediante a violência, o governador Camilo Santana anunciou a - instalação de câmeras de s segurança em 38 municí- pios. Da região caririense, Crato, Juazeiro do Norte - e Barbalha foram escoe lhidos para receberem as - câmeras, que serão acomm panhadas através de um o sistema de monitoramens to eletrônico implantado monitoramento eletrônico pelo Governo do Estado pode ajudar no combate ao crime nas três maiores cidades do Cariri - pelo Estado. A intenção, a conforme apresentado, é Em relação aos furtos, l intimidar e identificar au- -feira (24), em média, 25 Caso confirmado, o número é 42,30% maior que o mesmais de 3.260 registros fotores de crimes. pessoas foram vítimas de s mo período do ano passado, ram contabilizados na AIS Conforme dados não crimes letais intencionais a que contou com 26 casos. até o final de setembro. consolidados apresentados nos municípios da Área Ine no site da Secretaria de Se- tegrada de Segurança 19, Ao todo, aproximadamente Como apresentado pelo Te- gurança Pública e Defesa que abrange o Cariri. Dados 280 pessoas na região per- nente Coronel Cícero Brito, - Social do Estado do Ceará não oficiais apontam que, deram suas vidas, até outu- Comandante do 2º Batae (SSPDS), entre o início de em todo o mês, 37 homicí- bro, decorrente da violência lhão de Polícia Militar em Juazeiro do Norte, celulas outubro e sua última terça- dios foram contabilizados. em 2017. s A ATENÇÃO PSICOSSOCIAL r e o

res e motocicletas são, em sua maioria, os principais bens furtados. Ele pede que as pessoas evitem andar com o telefone nas ruas, mexer no celular nas calçadas ou passar por locais isolados etc. De acordo com o Co-

mandante, ainda não foram repassadas informações sobre locais ou previsão de instalação das câmeras de segurança nos municípios. O anúncio da nova medida, segundo ele, foi recebido com entusiasmo já que, como acredita, a tecnologia pode ser um instrumento positivo e auxiliar no combate à violência. “O seguimento da Segurança Pública é uma responsabilidade de todos. É preciso envolvimento social de toda comunidade, da família, da escola. Assim teremos uma segurança pública de melhor equilíbrio e qualidade. Tudo faz parte do contexto”, destaca. Em passagem pelo Cariri, o secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS), André Costa, falou sobre a importância do trabalho colaborativo entre os órgãos da segurança pública e da valorização dos profissionais envolvidos na área. Na ocasião, o secretário discorreu sobre as ações desenvolvidas ao longo de sua gestão.

Caps III amplia rede de saúde mental do Crato Joaquim Júnior O Centro de Atenção Psicossocial do Crato (CAPS) II, que atendia somente de segunda à sexta-feira, passou por mudanças e, desde o início de novembro, é um CAPS III, que funciona 24h por dia, todos os dias da semana, inclusive em sábados, domingos e feriados. A mudança fortalece a rede de atenção psicossocial, que é composta, ainda, por um CAPS Álcool e Drogas (AD), voltado para pessoas com dependência do uso do álcool, crack e outras drogas. Conforme explicou a supervisora do Caps III, Juliana Pereira, a mudança é importante porque dá suporte aos pacientes que, agora, têm local de acolhimento independente da hora e do dia.

Atualmente, de acordo com Gabriel Brito, coordenador do Caps III, o equipamento possui 3.320 prontuários. Destes, 1.982 são ativos. Diariamente, o local atende cerca de 90 pessoas, levando em consideração todos os serviços prestados. Com a migração para o Caps III, usuários poderão ficar internados em fins de semana, podendo passar até 14 dias. O desenho para a rede de atenção psicossocial foi montado ainda em 2013. Margareth Novais, na época coordenadora de Saúde Mental, lembra que foram planejados equipamentos como o Caps III, Caps AD III, residência terapêutica e Caps i, que é o infanto-juvenil. Em 13 de maio de 2013, a Rede foi aprovada em Crato. Para ela, tal fato

Gabriel Brito

Desde o início de novembro, a unidade funciona 24h durante os sete dias da semana

é considerado histórico. Em 2016, estava habilitado para o funcionamento, mas não iniciou tratamento por conta da operacionalização. Segundo Gabriel, a política de saúde preconiza que os Caps III devem disponibilizar de cinco a 12 leitos. Em

Crato, no momento, há cinco leitos instalados, por conta da limitação do espaço. Durante a semana, como explicou Gabriel Brito, ocorrem oficinas em grupos terapêuticos, tanto para usuários quanto para familiares dos usuários. “A gente trabalha em cima

da reinserção social. É fundamental a gente ter esse elo com a família também”, enfatiza o coordenador. De segunda à sexta, ainda são disponíveis serviços de ambulatório e acompanhamento com clínico geral, terapeuta ocupacional e profissionais da área

da psiquiatria, enfermagem, psicologia e assistência social, além de uma farmácia exclusiva para os usuários do Caps. “A gente está com uma casa de acolhimento, que está com 95% das obras concluídas e todo o material licitado, mas ainda não está em funcionamento”, afirmou Gabriel, ao explicar que o local atenderá usuários que não tenham para onde ir após sua internação, como, por exemplo, pessoas em situação de rua. Como destacou Gabriel, o Caps atua em parceria com órgãos como o Conselho Tutelar, Centro de Referência da Mulher, com os Centro de Referência de Assistência Social (Cras), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Estratégia de Saúde da Família, entre outros.

MANIFESTAÇÕES

Cariri marcha contra a reforma trabalhista

Os sindicatos de diversas classes trabalhadoras conclamam o apoio da população caririense para barrar a reforma trabalhista, que entrou em vigor nesta segunda-feira (13). Na última sexta-feira (10), eles realizaram mais uma marcha, seguindo a agenda nacional de mobilizações, contra inúmeras alterações da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), pelo fim da Terceirização e da proposta da Reforma da Previdência.

O presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Juazeiro do Norte (Sisemju), Marcelo Alves, lembra a importância da população se alertar e reagir diante da retirada de direitos. “Só o povo, com sua capacidade de organização, mobilização e participação, é capaz de botar um freio nessas iniciativas do Governo Temer. Infelizmente, a gente vê uma população à margem do que está acontecendo, mas que vai se dá conta, cedo

ou tarde, quando tiver um emprego com uma carteira assinada sem direitos”, destaca. Ele salienta que, cheio de desigualdades, o pais não tem como implantar uma política de trabalho semelhante a dos Estados Unidos das Américas (EUA), em que o trabalhador recebe por hora trabalhada. Para Alves, o trabalho intermitente não garante sequer salário mínimo. Valdir Madeiros, representante da Intersin-

dical, concorda com o pensamento e declara que a união do povo pode derrubar um governo ilegítimo e seus desmandos. Mesmo com a Reforma em vigor, Medeiros afirma que impede as categorias permanecerem mobilizadas. “Muitos desses absurdos podem ser barrados nas lutas e melhorar a vida dos trabalhadores. A população e a classe trabalhadora não podem ficar adormecidas perante todo esse desmonte e esfacelamento de direi-

tos sociais. Além disso, não podemos permitir reforma na Previdência, porque já se comprovou que não há déficit. Uma das CPIs do Congresso pontuou recentemente que o Poder Executivo Federal está deixando de cobrar ‘a bel prazer’ mais de R$ 450 bilhões, que confirma a inexistência de déficit”. A diretora de comunicação do Sindicato dos Servidores Municipais de Crato (Sindscrato), Arlane Markely, aponta que as

reformas pretendem enfraquecer os sindicatos, mas a luta vai permanecer. “Primeiro, temos que ressaltar que essas pessoas que vêm aprovando reformas que prejudicam a vida dos trabalhadores são pessoas que não nos representam. Mas, ainda podemos virar o jogo. Se nos acomodarmos e não estivermos presentes nas câmaras, nas ruas, nos ambientes de discussões, mais reformas prejudiciais virão. Então, o povo precisa reagir”, apela.


6

anos

Informe Publicitรกrio

Regiรฃo do cariri, De 14 a 20 de novembro de 2017


Regiรฃo do cariri, De 14 a 20 de novembro de 2017

Informe Publicitรกrio

anos

7


8

Região do cariri, De 14 a 20 de novembro de 2017

anos

Metropolitana

Coleta de informações deve mostrar retrato fiel da agricultura e pecuária no país

AMIGOS DO ICASA

Associação tenta impedir o leilão do CT Praxedão

Amanda Salustiano

O

leilão do Centro de Treinamento do Icasa (Praxedão), previsto para o dia 7 dezembro desse ano, não vai acontecer. A afirmação é do presidente da Associação Amigos do Icasa, Zacarias Silva, que administra o local. A instituição recorre da decisão judicial por considerá-la ilegal. Recentemente, a 7ª Vara do Tribunal de Justiça determinou o leilão do CT como meio de pagar dívidas milionárias referentes às causas trabalhistas e previdenciárias contraídas pelo clube entre 2014 a 2016. Zacarias explica que o CT funciona em um imóvel doado pela Prefeitura Municipal à Associação dos Amigos do Icasa em 2008. Por conta disso, a lei de doação já estabelecia

Justiça agenda leilão de imóvel para pagar dívidas trabalhistas do Verdão

que ele não poderia ser objeto de penhora, permuta, empréstimo, cedido ou responder por dívidas trabalhistas, fiscais, previdenciárias, entre outras. “Estou confiante que esse leilão não vai acontecer, pelo menos, se a lei for respeitada, não temo como ocorrer”, ressalta o presidente.

Para a Justiça, há um vínculo claro entre o Praxedão, pertencente à Associação, e a agremiação Icasa. Por isso, o imóvel poderia ser leiloado para quitar tais obrigações em atraso. Para o presidente do Icasa, Valdenor Agra, a situação é lamentável. Conforme o processo, o clube deve cerca

de R$ 1,6 mi só pela 7ª vara. Destes, aproximadamente R$ 300 mil são de ações, em 2013, e quase R$ 800 mil em 2015. Pelo país, as ações somam R$ 10 milhões. Desde que assumiu a gestão, há um ano, a nova diretoria tenta reestruturar o clube, mas os débitos milionários herdados emperram o seu restabelecimento. “Mesmo que essa gestão não tenha ligação com tais dívidas e que o CT não pertença à agremiação, um possível leilão do Pradexão vai prejudicar ainda mais Associação Desportiva Recreativa Cultural (Icasa). Em 2013, tínhamos um Icasa às portas da Série A do Brasileirão. Desde 2014, houve uma curva descendente. As más gestões refletiram não só na queda de séries, mas as dívidas milionárias adquiridas nesse pouco intervalo de tem-

po”, reforça o presidente do Verdão do Cariri. Conforme Agra, a explosão de débitos trabalhistas, num período de tempo tão curto, requer a atenção do Ministério Público, para se saber se tais passivos foram contraídos de boa-fé. O presidente alviverde aponta que se faz necessário saber se houve boa-fé por parte dos administradores e jogadores (que, às vezes, se oferecem para jogar voluntariamente, servindo de vitrine, mas, depois, entram com processos trabalhistas pedindo salários). Caso tenha havido má-fé, Valdenor sugere abertura de processos criminais. “Toda essa situação tem prejudicado o clube. Temos R$ 160 mil para receber da Prefeitura de Juazeiro, mas as dívidas com o FGTS (só a primeira parcela deu R$ 107 mil), e refinanciamento com a

Receita Federal (valor aproximado de R$ 5 mil) embargam esse recebimento. Além dele, Há R$ 200 mil do governo estadual “sob embargo”, por erros de digitação em leis. Contra a lógica da crise financeira que o clube icasiano enfrenta, ainda conseguimos participar de eventos esportivos importantes. Contudo, precisamos que os torcedores se unam e nos ajudem”, pede Agra. O presidente faz, ainda, um apelo aos torcedores para apoiarem a campanha “300 Libertadores do Icasa”, em que os torcedores podem ajudar o clube com doações a partir de R$ 10. Outra medida tomada pelo clube é a parceria com uma empresa paulista, que deve assumir as atividades em breve. “Com a administração funcionando naturalmente, o Icasa dará certo no campo”, finaliza Agra.

IBGE

Censo Agro já visitou três mil propriedades rurais Joaquim Júnior Estabelecimentos agropecuários do Cariri estão recebendo a visita de técnicos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), que coletam informações para o Censo Agropecuário, Florestal e Aquícola 2017. A pesquisa, que tem como referência o período de 1º de outubro de 2016 a 30 de setembro de 2017, relaciona dados sobre a propriedade, produção, áreas, pessoal ocupado etc. No Cariri, mais de 3.000 propriedades já foram recenseadas até a última semana. Destas, mais de 1.000 se encontram em Crato, 600 em Nova Olinda, 500 em Santana do Cariri e 250 em Juazeiro do Norte. De acordo com o gerente do IBGE em Juazeiro, Cí-

cero Pereira, por ser nacional, o censo possibilitará um retrato fiel da agricultura e agropecuária de todo o Brasil. “Quando o IBGE divulgar as informações colhidas, teremos informações reais de todos os municípios brasileiros”, explicou, citando que, através das informações, será possível ter conhecimento do que cada municípios produz, a quantidade de rebanhos de bovinos, caprinos e ovinos existente, etc. Segundo Gabriel Romão, agente censitário supervisor do IBGE de Crato, as informações são coletadas através de equipes de recenseadores que aplicam questionários nos estabelecimentos agropecuários. Além das Secretarias de Agricultura dos Municípios, entidades como a Empresa de Assistência Técnica

e Extensão Rural do Ceará (Ematerce) informam a população quanto o funcionamento da pesquisa. Como destacou o agente, ao participar da pesquisa, a população deve se atentar aos elementos usados pelos recenseadores, que identificam se são, ou não, do IBGE. Entre eles, ele cita o uso do boné, crachá e colete do Instituto. “Os dados são sigilosos. Não há perigo nenhum em responder. Ninguém vai coletar os dados individualmente”, complementa Gabriel. Em todo o Ceará, no primeiro mês de coleta, foram visitados 78.707 estabelecimentos de 383.902 do total estimado, o que representa 20,5%. O número é superior ao da média apresentada em todo o país, que contabilizou 19,74% dos estabelecimentos coletados.

FEBRE AFTOSA

Criadores têm até o dia 02 de dezembro para vacinar Samylla Alves Criadores de bovinos e bubalinos devem ficar atentos a segunda etapa de vacinação contra a febre aftosa. A campanha, iniciada na primeira semana deste mês, vai até o dia 2 de dezembro. Quem não vacinar o rebanho está sujeito à multa e a impossibilidade de trafegar e comercializar os animais. Nesta fase, apenas os animais de até 24 meses deverão ser imunizados, mas os criadores precisam declarar a quantidade total do rebanho para atualização cadastral. A expectativa é de que, em 2020, o Ceará seja considerado livre da doença sem vacinação. A febre aftosa é uma enfermidade altamente contagiosa que atinge a todos os animais de casco fendido,

principalmente bovinos, bubalinos, suínos, ovinos e caprinos e, devido seu grande poder de difusão, pode interferir no comércio estadual, interestadual ou internacional de animais e causar prejuízos à economia do Estado. Além disso, o criador está sujeito a pagar multa e deixa de participar de vários programas governamentais, uma vez que fica com a ficha sanitária bloqueada no Sistema de Defesa Agropecuário (Sidagro). A região do Cariri tem um rebanho de aproximadamente 500 mil cabeças. A meta, este ano, é imunizar mais de 90% do rebanho. “Os criadores que tiverem dificuldades para realizar a vacinação, podem procurar o escritório da Ematerce, Adagri ou Secretária de Agricultura do Municí-

pio, para receber orientação e indicação de um vacinador para realizar o trabalho. O estado do Ceará apresenta boa chance de ser considerado livre da doença sem vacinação até 2020”, Roger Henrique Sousa, fiscal agropecuário da Adagri em Crato. Recentemente, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) iniciou os trabalhos do Plano Estratégico de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA), que prevê a retirada total da vacinação no país até 2023. O Ceará precisa cumprir pelo menos seis fases até alcançar a condição de área livre de aftosa sem vacinação. Na campanha anterior, o Estado alcançou 92% de vacinação do rebanho de bovinos estimado em mais de 2,5 milhões de cabeças.


Região do cariri, De 14 a 20 de novembro de 2017

Informe Publicitário

anos

TV Assembleia Digital. Mais qualidade para você. A TV Assembleia entrou definitivamente na era digital e, com isso, o nosso canal na TV aberta mudou. Agora, você vai assistir à nossa programação pelos canais 31.1 ou 61.3, com muito mais qualidade de som e imagem. E se você é assinante da TV a cabo Multiplay, continuará recebendo o nosso conteúdo pelo canal 30. Sintonize agora nos novos canais e continue ligado na nossa programação, que leva a Assembleia para mais perto de você. TV Assembleia, a TV do nosso povo.

/assembleiace

/assembleiace

/assembleia_ce

(85) 99611-8954

www.al.ce.gov.br

9


10

anos

Informe Publicitรกrio

Regiรฃo do cariri, De 14 a 20 de novembro de 2017


Região do cariri, De 14 a 20 de novembro de 2017

11

anos

Êxpo

OCÉLIO JÚNIOR

mostra sesc cariri

Fotógrafo diz não

Pernambucano Lenine

ao preconceito

marca presença no Cariri

2

1

(1) TIETANDO Além de curtir o show do cantor Fagner, no último fim de semana, o casal de médicos Alana e Evandro Sardenberg tietaram o artista durante encontro casual na Praça da La Favorita, em Juazeiro.

(2) INAUGURAÇÃO A enfermeira Bruna Lorena (de jaleco verde) inaugurou o espaço Mulher e Saúde. A digital influencer fitness do Cariri, Káritas Tavares, marcou presença no evento.

4

3 (3) MOSTRA SESC Um dos cantores mais queridos do país, Lenine, abriu a 19ª Mostra Sesc Cariri de Culturas, no último sábado (11). O show foi um sucesso de público e música.

(4) PALESTRA A atleta olímpica Laís Souza realizou palestra com o tema Superação na Estácio FMJ. O evento se configurou como um dos grandes momentos em duas décadas da instituição.

5

(5) SEGURANÇA O Secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPFS), André Costa, foi recepcionado pelo Comandante do 2º BPM, TenenteCoronel Cícero Brito, juntamente com a tropa que compõe o efetivo policial militar que atua na Área Integrada de Segurança 19 (AIS19).

COMBATE À INTOLERÂNCIA

Projeto fotográfico reforça a luta contra o preconceito Joaquim Júnior

Fotos: Océlio Júnior

A

tualmente focado no projeto #NãoAoPreconceito, o fotógrafo Océlio Júnior registra e mostra a beleza de pessoas que representam as minorias vítimas de preconceito, no intuito de combater a discriminação, seja ela racial, de gênero, religiosa etc. Suas lentes já fotografaram modelos plus size, pessoas com nanismo, crianças com Síndrome de Down, celebrações de religião de matriz africana, casais homoafetivos etc. O resultado pode ser conferido nas redes sociais do fotógrafo, através da hashtag que dá nome ao projeto. De acordo com Océlio, a iniciativa para a série de fotos surgiu ao ver intolerâncias existentes na sociedade. Desde então, fotografa pessoas para mostrar que a beleza vai além das aparências e que o belo não é somente aquilo premeditado pelas pessoas. “Temos que ver que o importante é o amor. Que o bem deve ser mostrado, seja como for”, destaca o fotógrafo, que pretende dar continuidade ao “#DigaNãoAoPreconceito fotografando mais pessoas, entre elas transexuais. Entre as parcerias e apoios para seu trabalho, ele destaca nomes como os dos fotógrafos Kennedy e Jardel, além de sua noiva, Érika. Foi através do incentivo de um amigo que Océlio entrou no mundo da fotogra-

pessoal. Entre seus trabalhos recentes, ele fez fotos de casamento, de artistas locais, ensaios com crianças, jovens e adultos, gestantes e para a empresa Uber, que chegou recentemente ao Cariri, o que lhe rendeu

fia. Ainda no início, apesar de alguns se mostrarem contra seu trabalho, recebeu elogios de pessoas próximas que reconheceram o seu talento. Com isso, decidiu estudar e investir no ramo fotográfico. “Nas minhas imagens, eu sempre procuro capturar uma história, um sonho, um sentimento. Procuro fazer com que, no futuro, as pessoas olhem para a foto e vejam que aquele momento foi congelado e sintam as mesmas sensações

que sentiram naquele dia”, afirma Océlio, ao destacar que vê sua arte como um poder de parar o tempo, fazendo com que aquela etapa da vida fique para sempre. Como lembra Océlio, no início de tudo, ele se inspirou em alguns fotógrafos da região e, hoje, procura inspiração em profissionais de todo o mundo. Agora, que começa a criar sua identidade visual, ele pretende investir mais na profissionalização para sua evolução

ainda mais visibilidade. Seus planos para o futuro incluem uma viagem à Síria, que deve ocorrer no ano de 2019, em que fotografará o ambiente de guerra/pós-guerra envolvendo arte e sensibilidade.

Os interessados em conhecer o trabalho de Océlio podem conferir sua produção em seu perfil no Instagram @oceliojunior1 ou no perfil @Océlio Júnior e/ou pela página @ Céllius Fografia.


12

Região do cariri, De 14 a 20 de novembro de 2017

anos

Toque de Primeira

TÊNIS DE MESA

Divulgação

MULHERES NO ESPORTE No dia 25 de novembro, acontecerá o I Festival Esportivo Metropolitano Feminino, com competições de futebol society, no campo Só Feijão, e de voleibol, na Quadra Bicentenário, com times da Região Metropolitana do Cariri. O evento tem o objetivo de divulgar e apoiar o esporte feminino na Região do Cariri. O público é convidado a assistir e torcer pelas equipes. Os melhores colocados, além de troféus e medalhas, receberão premiação em dinheiro. “Tem sido muito bacana observar o envolvimento do público feminino nas competições esportivas da nossa cidade. O bacana desse festival é que, além de fomentar o esporte, ele também estimula a solidariedade. No ato da inscrição, nós solicitamos a doação de uma bolsa de sangue para que pudéssemos colaborar com o Hemoce. Estamos muito felizes e ansiosos para o início da competição”, afirma o secretário de Esportes do Crato, Lamar Lima.

rogério CENI NO FORTALEZA Rogério Ceni disse sim ao Fortaleza. No Tricolor do Pici, o ex-goleiro e ídolo do São Paulo terá sua segunda experiência como técnico de futebol. A estreia de Ceni na função ocorreu no próprio São Paulo, no início da temporada 2017. No comando do tricolor paulista, foram 37 partidas, iniciando o trabalho no torneio Florida Cup e terminando na 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. O aproveitamento de Ceni como treinador do São Paulo foi de 49,5%. Foram 14 vitórias, 13 empates e 10 derrotas, com 55 gols pró e 42 contra. Na Série A, Ceni deixou o time na 17ª colocação do campeonato. No Paulista, o São Paulo comandado pelo ex-goleiro não passou das semifinais diante do Corinthians. Na Sul-Americana, a eliminação veio na primeira fase, para o Defensa y Justicia. Na Copa do Brasil, o time do Morumbi perdeu para o Cruzeiro nas quartas de final.

BOLA REESTILIZADA A bola da Copa do Mundo da Rússia fará uma homenagem ao Mundial de 1970. O Brasil foi tricampeão mundial de 1970 e a tradicional bola branca com manchas pretas foi eternizada na história do futebol. Com ela, não apenas Pelé, mas craques como Riva (Itália), Beckenbauer e Müller (Alemanha), Pedro Rocha (Uruguai) e Bobby Moore (Inglaterra) fizeram as suas jogadas. No mundial de 2018, a Telstart18 só vai lembrar a bola de quase 50 anos atrás. A tecnologia é totalmente diferente. Serão usados materiais recicláveis e haverá um chip implantado no produto, para que os donos possam interagir com ela via telefone celular.

IMÓVEL SITUADO NA RUA DOM QUINTINO, Nº 913, (NOVECENTOS E TREZE), BAIRRO: PIMENTA, CIDADE: CRATO, ESTADO: CEARÁ CASA COM 17,70 (DEZESSETE METROS E SETENTA CENTÍMETROS) DE FRENTE E 43,15 (QUARENTA E TRÊS METROS E QUINZE CENTIMILÍMETROS) DE COMPRIMENTO TOTALIZANDO 763,75² (SETECENTOS E SESSENTA E TRÊS METROS E SETENTA E CINCO CENTÍMETROS QUADRADOS) DE ÁREA TOTAL , MATRICULA N° 326 DO 2° OFICIO DA CIDADE DO CRATO-CE , PROCESSO: 20000.0146.7198-1, PENHORA AV 03/326 DE 10 DE MARÇO DE 2010, VALOR: 1.823.577,16 (UM MILHÃO OITOCENTOS E VINTE E TRÊS MIL QUINHENTOS E SETENTA E SETE REAIS E DEZESSEIS CENTAVOS) CONTATO: FRANCISCO RONY DOS SANTOS-CORRETOR CREDENCIADO DA PROCURADORIA GERAL DA FAZENDA NACIONAL, CRECI: 16280-F (88) 98119-3015.

n SEGURANÇA ELETRÔNICA

n ZELADORIA

n PORTARIA

n TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS

Cariri representado em competição em Brasília Samylla Alves

D

e 16 a 25 de novembro, os atletas Francisco Rafael Carvalho dos Santos e Maria Isadora Rodrigues Rocha representarão Juazeiro do Norte na etapa nacional dos jogos escolares, que acontecerá em Brasília (DF). A conquista se deu durante o torneio estadualm, realizado no final de outubro pela Secretaria de Esportes do Ceará, em parceria com a Academia de Tênis de Mesa Cariri Calangos, onde participaram atletas classificados nas fases microrregionais dos jogos escolares das 20 Coordenadorias Regionais de Desenvolvimento da Educação (CREDEs). Francisco Rafael é estudante do 9º ano da Escola Dr. Edward Teixeira e Maria Isadora estudante do 2º ano da Escola Maria Amélia Bezerra, ambos concorreram com 29 escolas das redes municipal, estadual e particular do Município. “Eu não imaginava que seria selecionada. Fiquei muito feliz e estou ansiosa para participar da competição. Vou dar o meu melhor para voltar para Juazeiro trazendo uma medalha. Vai ser uma experiência muito interessante participar de uma competição fora do Es-

tado”, relata Maria Isadora. Francisco Rafael é um dos favoritos. O garoto treina tênis de mesa há alguns anos e, inclusive, já foi campeão cearense infantil e, por duas vezes, campeão cearense mirim. “A minha família e o meu técnico me estimulam bastante. Treino várias vezes por semana e já participei de muitas competições importantes. Estou muito focado para o torneio em Brasília. Quero subir ao pódio e trazer uma medalha para o Cariri. Honrar o nome da minha escola e da minha cidade”, diz Francisco Rafael. O técnico e diretor da Academia Cariri Calangos, Jonathan Souza, explica que a modalidade tem se difundido pela região, mostrado que os atletas caririenses têm um grande potencial. “Nós últimos cinco anos, o tênis de mesa cresceu bastante aqui no Cariri. Muitos atletas participando de torneios no Ceará e em outros estados, conquistando medalhas. Fico muito feliz em puder contribuir com o sonho desses garotos. Vamos com tudo para Brasília, em busca de mais medalhas”, comenta Jonathan Souza.

Mais informações: Cariri Calangos / (88)98816-7286

Travessa Slino Duda, 59 - Bairro Santa Teresa - Juazeiro do Norte - CE

Peça já seu orçamento sem compromisso

corpo hidratado

A prática de esporte e as altas temperaturas A temperatura subiu e é preciso ficar atento a prática de atividades físicas em ambientes externos. Quem pratica exercício durante o dia deve caprichar no protetor solar, manter o corpo hidratado e ingerir alimentos de fácil digestão. “A temperatura corporal tende a aumentar quando se pratica exercícios físicos, o que aumenta também a quantidade de suor e, consequentemente, os riscos de desidratação. Durante o exercício, o organismo, que

normalmente fica em 36º C, pode chegar 37,5º C, temperatura semelhante a um estado febril. Quanto maior o calor do ambiente, mais a temperatura se eleva. Por isso, é muito importante a ingestão de líquidos para manter o corpo hidratado e de uma dieta a base de frutas e legumes para facilitar a digestão e evitar problemas como desidratação, desmaios ou queda de pressão durante a prática do exercício”, explica o educador físico Samuel Milfont.

Jornal do Cariri - 14 a 20 de novembro de 2017