Page 1

CULTURA

fomento ao esporte Fernando Santana garante Areninhas em Barbalha e Crato

Municípios recebem grupos teatrais na Trupe em Ação III

epa | pág. 11

epa | pág. 11

anos

O periódico do Cariri independente

www.jornaldocariri.com.br

De 12 a 18 de setembro de 2017 Ano 19 Número 2813 Preço : R$1,50

CRIME ORGANIZADO

OAB aponta presença do PCC e Comando Vermelho em Juazeiro Representantes de Comissões de Direito Penal e Penitenciário da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-CE) identificaram a presença de facções criminosas em estabelecimentos prisionais masculinos de Juazeiro do Norte. Ao que tudo indica, estão presentes na região facções como o Primeiro Comando da Capital (PCC), Comando Vermelho (CV) e Guardiões do Estado (GDE). Além disso, foram observados pontos críticos como efetivo defasado, estrutura precária e

projetos de ressocialização insuficientes. As irregularidades foram encontradas nas cadeias dos três municípios e na Penitenciária Industrial e Regional do Cariri (PIRC). Um relatório com demandas será elaborado para que providências emergenciais sejam tomadas, como mutirão para redução da população carcerária e a criação de varas de execução exclusivas para dar mais celeridade aos processos. metropolitana | pág. 5

Serena Morais

HERANÇA DE R$ 13 MI

Rombo no Previjuno motiva tensão na Câmara de Juazeiro O debate sobre a renegociação de um rombo de R$ 13 milhões no Previjuno tem motivado uma tensão entre grupos na Câmara de Vereadores. O pedido de renegociação, enviado pelo prefeito Arnon Bezerra (PTB), serviu de pano de fundo para um enfrentamento entre o vereador Darlan Lobo (PMDB) e o presidente da Casa, Gledson Bezerra (PMN). política | pág. 3

Serena Morais

reajuste

Consumidores contestam alta no preço da gasolina Durante o mês de setembro, o consumidor caririenses se deparou com vários aumentos no valor do combustível. A gasolina teve um acúmulo de 10% de reajuste, sendo que o último foi de 3,3%. O impacto do aumento tem feito muita gente pensar em alternativas para driblar os gastos com o combustível. metropolitana | pág. 9

Comunidades rurais do cRATO

Vereadores sugerem TAC para resolver transporte escolar política | pág. 4 Serena Morais

clima quente

Últimos meses do ano prometem baixa umidade e altas temperaturas Com baixa incidência de chuvas, o período entre setembro e dezembro é conhecido como o mais quente do ano. As temperaturas no Cariri, que chegam a ultrapassar os

38º, se somam ao baixo nível de umidade do ar e pouca velocidade dos ventos. Tais fatos exigem maior atenção com a saúde. METROPOLITANA | pág. 5


Região do cariri, De 12 a 18 de setembro de 2017

anos

Opinião

As cadeias estão pacificadas, já que em uma está o PCC e, na outra, o Comando Vermelho.

2

Advogada Gabrielle Mendes Stone de Direito Penal da OAB Crato

- presidente da Comissão

Editorial

O PACTO DE SANGUE

Luís Inácio Lula da Silva é um político que, apesar de todos os escândalos envolvendo seu nome e o de seu partido, continuava a ser um dos mais fortes nomes para as eleições presidenciais de 2018. Em busca desse objetivo, ele deu início a uma caravana pelo Nordeste. Recuperar a aura de um campeão da vontade popular seria o maior trunfo de Lula. O Ceará recebeu o ex-presidente com frieza. À exceção do Crato, terra do governador petista Camilo Santana, Lula não foi particularmente bem recebido. Indiferença talvez seja a melhor definição para o modo como o povo do Ceará devotou suas atenções ao ex-presidente.

revelações assombrosas à Justiça Federal sobre os ex-presidentes. Segundo ele, Lula e Emílio Odebrecht, o todo poderoso presidente do Conselho de Administração da construtora que leva o nome de sua família, celebraram um pacto de sangue. A expressão usada por Palocci é típica de organizações mafiosas. Por esse pacto de sangue, a construtora Odebrecht transferiria mais de R$ 200 milhões para Lula, Dilma e o PT, em troca da manutenção de um relacionamento especial com o Governo Federal na administração Dilma Rousseff. As propinas pagas a Lula demonstram a veracidade das reiteradas acusações feitas ao

No Crato, Lula foi acolhido por seis mil pessoas, um número razoavelmente expressivo de apoiadores. Esse episódio pode ser interpretado como uma demonstração da força de Camilo Santana ou do prestígio do ex-presidente em um dos mais influentes municípios do Ceará, marcado pela presença de uma grande universidade pública, cujos alunos e professores têm manifesta simpatia pela esquerda. Todos esses fatos deram-se antes da divulgação do depoimento do petista histórico Antonio Palocci, ex-ministro da Fazenda e ex-braço direito de Lula e de sua funesta sucessora Dilma Vana Rousseff. Palocci fez

CHARGE

líder petista e ao seu partido: ele seria o chefe e o PT uma organização criminosa. O dinheiro pago a Lula e ao PT é fruto de corrupção. Como disse Palocci, esse dinheiro seria apenas um “capítulo de uma história maior”. Lula traiu o povo, o povo pobre do Nordeste e do Cariri. A acolhida de Lula no Crato é, no mínimo, uma contradição. Como se pode estender tapete vermelho a um homem com tal nível de cinismo, ganância e hipocrisia? O Cariri precisa mostrar sua indignação contra tais crimes, sob pena de se tornar cúmplice de pessoas tão sórdidas. O Cariri tem de ter vergonha na cara.

SEXTILHA

Palavra de Fé

QUEM TOLERA VIVE EM PAZ NÃO INVEJA, NEM REPRIME ACEITA, MAS NÃO CONCORDA COM A TRAIÇÃO OU O CRIME TOLERÂNCIA EXALTA O HOMEM A COVARDIA REPRIME.

Pr. Jecer goes

Algumas importantes perguntas acerca da salvação

WeLLINGTON COSTA

CARTA O projeto de requalificação da Praça Padre Cícero levantou polêmica. Enquanto os mais saudosistas o aprovaram, outros o criticaram. Ao meu ver, o projeto tende a colaborar com o espaço que, creio eu, deve permanecer com o coreto, tão útil em reuniões e manifestações populares. Acredito que a população necessita ser ouvida e expor sua opinião para que tudo seja esclarecido e todos participem do processo. Gláuber Freitas – Juazeiro do Norte

O CARIRI E O SEU JORNAL O Cariri sempre foi um foco literário e jornalístico. Os jornais representavam a expressão da voz de um povo insubmisso e corajoso. É nessa tradição que surgiu o Jornal do Cariri e cuja continuidade só foi possível graças ao jornalista Donizete Arruda. Sobralense, egresso do curso de Comunicação Social da Universidade Federal do Ceará, com experiência nos principais órgãos de imprensa do país, Donizete Arruda já era um bem-sucedido empresário no setor de radiodifusão, com um número expressivo de emissoras em rede no Ceará. Adquirir, manter e gerenciar um jornal impresso pouco acresceria aos exitosos empreendimentos de Donizete Arruda. Mas o jornalismo impresso é como um vírus na corrente sanguínea dos profissionais de imprensa. Além disso, Do-

Otávio Luis Rodrigues Júnior Professor de Direito Civil da USP

A circulação média dos jornais impressos no Brasil teve uma queda de 6% no ano de 2016. Os cinco principais jornais do país sofreram expressiva diminuição em suas tiragens. Muitos veículos tradicionais deixaram de existir ou passaram a exclusivamente para o meio digital. Fazer jornalismo no Brasil é cada vez mais difícil e arriscado. Queda de anúncios, a concorrência com a internet, a perseguição política e os interesses de corruptos e corruptores são os inimigos do jornalismo independente no Brasil e no mundo.

Fundado em 5 de setembro de 1997 O Jornal do Cariri é uma publicação da Editora e Gráfica Cearacom Ltda CNPJ: 15.915.244/0001-71

Diretor-presidente: Donizete Arruda Diretora de Redação: Jaqueline Freitas Diretoria Jurídica: Vicente Aquino Diagramação: Evando F. Matias

nizete Arruda sempre demonstrou enorme respeito e interesse pelo Cariri, sua gente e sua história. Todos esses fatores levaram a que o Cariri tenha hoje o “seu jornal”, que completou 20 anos na última semana. O êxito desse periódico, o “Jornal do Cariri independente”, é uma esperança para aqueles que acreditam na imprensa livre, aberta, democrática e que não teme poderosos ou os donos do poder. Como filho do Cariri, embora fisicamente afastado da região, mantenho-me vinculado às minhas raízes. É com orgulho que acompanho o sucesso do Jornal do Cariri, graças ao Jornalista Donizete Arruda e à competente equipe da Redação e de sua direção jurídica, a cargo do competente advogado Vicente Bandeira de Aquino. O Cariri tem, enfim, o seu jornal.

Conselho Editorial Geraldo Menezes Barbosa, Francisco Huberto Esmeraldo Cabral, Napoleão Tavares Neves e Monsenhor Gonçalo Farias Filho.

O Ceará recebeu o expresidente com frieza. À exceção do Crato, terra do governador petista Camilo Santana, Lula não foi particularmente bem recebido. Indiferença talvez seja a melhor definição para o modo como o povo do Ceará devotou suas atenções ao ex-presidente.

“Quem pergunta quer saber”, afirma antigo ditado popular. Nas escrituras encontramos muitas interrogações feitas pelas mais diversas pessoas e, claro, tais pessoas estavam interessadas em saber a resposta correta. Dependendo de que se trata há certas perguntas difíceis de serem respondidas. Na sala de aula, a pessoa certa é o professor. Na saúde, o médico é a pessoa indicada e, assim, para cada tema a pessoa certa deve ser procurada. Acerca dos assuntos espirituais e, em especial, acerca da salvação, não existe outro lugar que devamos buscar a resposta senão na Bíblia Sagrada. Vejamos três perguntas importantes acerca da salvação: A pergunta do curioso: “Senhor, serão poucos os salvos?” (Lucas 13.23). Neste texto bíblico o Senhor Jesus está tratando acerca do Reino de Deus quando alguém lhe faz esta pergunta. A pessoa que faz tal pergunta certamente não demonstra verdadeiro interesse pela salvação, mas em números, em estatística, na religião da maioria. A situação deste mundo é caótica e sem perspectiva de mudança. A pergunta acima mostra que o curioso ignorava a tão grande necessidade de buscar a salvação. A resposta de Jesus foi: “Esforcem-se para entrar pela porta estreita, porque eu lhes digo que muitos tentarão entrar e não conseguirão” (Lucas 13.24). É impossível entrar no reino de Deus da maneira que se quer. Se existem critérios e, o principal, é o novo nascimento. Em resposta, Jesus declarou: “Digo-lhe a verdade: Ninguém pode ver o Reino de Deus, se não nascer de novo” (João 3.3). A pergunta do incrédulo: “Ao ouvirem isso, os discípulos ficaram perplexos e perguntaram: “Neste caso, quem pode ser salvo?” (Mateus 19.25). Neste texto Jesus havia tido uma entrevista com o moço rico que buscava resposta acerca do que fazer para herdar a vida eterna. O mesmo, após ouvir a resposta de Jesus, se retirou triste. Quando, então, o Mestre fala da dificuldade do rico entrar no reino dos céus, dado ao apego à sua riqueza, e disse que “é mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha do que um rico entrar no Reino de Deus” (Mateus 19.23,24). Foi neste contexto que surgiu a pergunta do incrédulo. O tema “salvação” tem sido objeto de discussões infindáveis. Diversos ensinamentos errados têm sido propagados e causado muita confusão. A resposta de Jesus foi: “Para o homem é impossível, mas para Deus todas as coisas são possíveis” (Mateus 19.26). O tema “salvação” para o homem é assunto impossível de ser alcançado por meios naturais, humanos. É por isso que milhares de alternativas criadas, inventadas, infundadas e enganosas têm sido apresentadas à humanidade, porém somente Jesus tem a chancela, a autoridade para tratar do assunto. Respondeu Jesus: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim” (João 14.6). A pergunta do sedento por salvação: “Então levou-os para fora e perguntou: “Senhores, que devo fazer para ser salvo?”, (Atos 16.30). Essa pergunta foi feita pelo carcereiro que guardava, entre alguns presos, os homens de Deus Paulo e Silas, que tinham sido aprisionados devido à pregação do evangelho e aos milagres realizados por Deus através deles. Tal fato provocou revolta entre as autoridades. A Bíblia narra que, “Por volta da meia-noite, Paulo e Silas estavam orando e cantando hinos a Deus; os outros presos os ouviam. De repente, houve um terremoto tão violento que os alicerces da prisão foram abalados. Imediatamente todas as portas se abriram e as correntes de todos se soltaram. O carcereiro acordou e, vendo abertas as portas da prisão, desembainhou sua espada para se matar, porque pensava que os presos tivessem fugido. Mas Paulo gritou: ‘Não faça isso! Estamos todos aqui!’” (Atos 16.25-28). Na aflição daquele homem, ele faz a pergunta: “Senhores, que devo fazer para ser salvo?” É a pergunta do desespero, do condenado. É a pergunta que certamente muitos hoje estão fazendo. Visto que milhares de pessoas vivem sem esperança, sem perspectiva de vida, sem paz, na solidão, envoltos com drogas, traídas, desiludidas, decepcionadas, infelizes. A resposta de Deus para aquele carcereiro é a mesma para você hoje: “Creia no Senhor Jesus e serão salvos, você e os de sua casa”, (Atos 16.31). Deus abençoe!

Administração e Redação Rua Pio X, 448 - Bairro Salesianos CEP: 63050-020 - Juazeiro do Norte Ceará - Fone 88 3511.2457

Sucursal Fortaleza: Rua Coronel Alves Teixeira, 1905 - sala 05 - Fone: 85 3462.2600

Sucursal Brasília: Edifício Empire Center Setor Comercial Sul - sala 307 -Brasília - DF.

Fale conosco jcjornaldocariri@gmail.com | Departamento Comercial | comercial@cearasat.com.br

Os artigos assinados são de responsabilidade dos seus autores.


Região do cariri, De 12 a 18 de setembro de 2017

3

anos

Política

Camilo Santana está indiferente a pré-candidatura

do ex-prefeito Rommel Feijó, contra seu candidato prioritário, o adjunto do seu Gabinete, Fernando Santana. Apesar da convicção do Governador de que pode eleger Fernando, a orientação do Abolição é não se descuidar.

LEGISLATIVO

Rebate

Donizete Arruda

Ciro blefa sobre acordo Camilo-Eunício

Com seu projeto presidencial afundando, Ciro Gomes resolveu apelar para o discurso fácil. Resolveu atacar, gratuitamente, a estratégia eleitoral idealizada por seu irmão Cid Gomes e colocada em prática pelo governador Camilo Santana. Ciro, ao passar no Aeroporto Pinto Martins nesta segunda-feira (11), avisou que se Camilo insistir em se unir ao PMDB - sequer citou o nome do presidente do Congresso Nacional, o senador Eunício Oliveira - entenderá essa decisão como um rompimento político. O Governador silenciou sobre as declarações de Ciro e preferiu entregar a Cid a missão de mantê-lo longe das negociações da aliança que pretende resgatar o acordo de PT-PDT e PMDB no Ceará. Quem também não se manifesta é Eunício.

Cid atropelado pelos peixinhos do Acquario

Apesar de ter dado entrevistas anunciando sua candidatura ao Senado e de ter dito em encontros do PDT que estaria com vontade de concorrer a uma das duas vagas que estarão em disputa no ano que vem, Cid Gomes vive dias de muito medo sobre seu futuro político. A decisão do promotor Ricardo Rocha, de pedir a indisponibilidade de bens do ex-secretário de Turismo do Governo Cid e atual prefeito de Aracati, Bismarck Maia. O Ministério Público quer que Bismarck devolva aos cofres públicos o valor de R$ 84 milhões, desviados durante a construção do Acquario. E o que mais intimida a Cid: a obra nunca foi concluída. No processo penal, tanto Bismark quanto Cid podem ser condenados à cadeia. Antes dessa hora chegar, o MP do Ceará quer afastar Bismark do cargo de prefeito por 180 dias. Esse escândalo tira o sono de Cid e faz com que ele pense se vale a pena concorrer ao Senado.

Rumo a seguir diante de tantas fraudes

Cid Gomes está assustado com a delação do executivo Jorge Valença, da Galvão Engenharia. Na pauta das investigações, os desvios milionários ocorridos durante a construção da Arena Castelão, como frisou o Fantástico no último domingo. Porém, a lista de corrupção é mais extensa: inclui também irregularidades no Centro de Eventos, no Centro de Formação Olímpica, no sistema adutor do Castanhão e até numa obra que nunca saiu do papel, a ponte estaiada em Fortaleza. Desse modo, Cid será investigado por envolvimento na corrupção da Galvão Engenharia, da Odebrecht, da OAS e também teme porque o Supremo Tribunal Federal (STF) tende a decidir como válidas as provas de denúncias feitas pelos irmãos Joesley e Wesley Batista, da JBS. Assim, Cid teria que explicar o recebimento de R$ 20 milhões em propina.

Eunício demonstra interesse em ajudar

O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, e o presidente do Senado, Eunício Oliveira, desembarcaram nesta segunda-feira (11), em Juazeiro do Norte. Foram de helicóptero até Cabroró visitar as obras da Transposição das Águas do Rio São Francisco. Lá, Eunício deu a boa notícia: não vai faltar água no Ceará. A transposição avança rapidamente e o cinturão das águas também estará concluído a tempo. Para que essas obras estejam em ritmo acelerado, o presidente Eunício tem usado toda a sua força política, em Brasília, para liberar os recursos. Eunício também anunciou que atendeu ao pedido do governador Camilo e está liberando R$ 400 milhões para a saúde do Ceará melhorar a sua qualidade. Com essa verba, Camilo irá levantar um hospital na Região Metropolitana de Fortaleza.

Adauto responde a Darlan

Depois de ser cobrado por mais ação no exercício da liderança do prefeito Arnon Bezerra, o vereador Adauto Araújo começou a dar respostas as críticas direcionadas, principalmente, pelo vereador Darlan Lobo. Darlan pediu destaque a requerimento que convocava secretários e disse que Adauto estava displicente como líder. Adauto começou a inserção de pautas e articulou demandas dos vereadores junto à Administração. Com o fortalecimento de Adauto, bancado pelo prefeito Arnon, Darlan voltou a ficar isolado no Legislativo de Juazeiro. Calado, mas bem articulado, Adauto pôs fim a quem criticava o exercício de estilo na liderança e, de quebra, abafa a atuação de Darlan, que sonhava em voltar ao cargo. Agora, Darlan voltou suas críticas ao presidente da Câmara, vereador Gledson Bezerra.

Florisval tenta ser útil a Zé Ailton

O presidente da Câmara do Crato, Florisval Coriolano, está decidido a orientar o prefeito Zé Ailton Brasil nas suas conversas com Poder Legislativo. Florisval reclama da forma como o prefeito atende os vereadores. Argumenta que demandas encaminhadas pelos parlamentares à gestão ficam sem resposta. Recentemente, o vereador Bebeto Anastácio culpou o líder do prefeito, vereador Dr. Renan, de não levar os seus pedidos ao conhecimento do Prefeito. Para Florisval, há má vontade em resolver os problemas listados pelos colegas de parlamento. Florisval tem defendido que Zé Ailton reveja suas posições e solicite que seus secretários atendam melhor os vereadores, sob pena de começar a perdê-los para a oposição.

Encruzilhada de Rafael Branco

O empresário Rafael Branco está temeroso com relação ao seu futuro político. Prometeu votar no senador Eunício Oliveira, mas permanece aliado ao grupo dos irmãos Cid e Ciro Gomes, que estariam descontentes com a posição dúbia dele. Rafael se mantém na administração Camilo, mas reza para que a aliança com Eunício e os FGs seja restabelecida, pois, do contrário, sofrerá pressões para escolher um lado. Na base do Governo, a cobrança por um posicionamento claro tende a crescer. Rafael evita falar sobre o assunto e continua sua luta por apoio político para disputar uma vaga à Assembleia Legislativa. Recentemente, a empresa de Rafael resolveu se articular com as direções dos times de futebol do Cariri. Sua empresa, a RBA Promoções e Eventos, fechou patrocínio e a promoção de eventos para fortalecer os clubes.

Camilo infla candidatura de Fernando

Camilo Santana está indiferente a pré-candidatura do ex-prefeito Rommel Feijó, contra seu candidato prioritário, o adjunto do seu Gabinete, Fernando Santana. Apesar da convicção do Governador de que pode eleger Fernando, a orientação do Abolição é não se descuidar. E continuar dando demonstrações de prestígio a Fernando, como ocorreu durante o lançamento de uma Areninha para Barbalha, nesta segunda-feira. Camilo autorizou 37 equipamentos para diversas cidades do Cariri. E ao anunciar a areninha de Barbalha, posou numa foto ao lado de Fernando e do presidente da Assembleia, deputado Zezinho Albuquerque, cotado para ser vice em sua chapa à reeleição. Fernando continuará sendo chamado para outros eventos e Camilo já avisou a todos os seus aliados: quer elegê-lo bem, sem tomar colégios de nenhum aliado.

Disse me disse Nos bastidores da Câmara de Juazeiro do Norte, a tensão promovida por Darlan não passa de um jogo de ego. A derrota na eleição para Mesa Diretora estaria entalada. Sobre a ameaça de derrubá-lo da presidência, o presidente Gledson Bezerra observa que para lhe retirar do cargo é preciso denúncias plausíveis para motivar processos. O deputado Manoel Santana entra na briga pelos colégios eleitorais do Cariri. Para comemorar o 7 de setembro, Dr. Santana prestigiou o desfile em Abaiara. Ao lado do prefeito Afonso Tavares, Dr. Santana desfilou em carro aberto e foi bem recebido pela população. A presença dele em Abaiara surpreendeu. Guilherme Landim sustenta que trabalha na sua eleição para a Assembleia. Não tem planos de ser presidente de imediato. Sabe que existe uma fila de pretendentes. Prefeito Zé Ailton conversou com o governador Camilo e disse que não quer ser o responsável a pacificar os candidatos a deputado estadual com pretensões de ter seu apoio no Crato. Ex-promotor Francisco Leitão já está em campanha pelo Cariri. Com o respaldo do genro, Cid Gomes, confia que conseguirá um mandato na Assembleia. Leitão espera que Cid converse com o prefeito Zé Ailton, para que o colégio eleitoral do Crato seja repartido entre ele e o empresário Rafael Branco. O ex-vereador de Fortaleza Robert Burns, filho de Juazeiro do Norte, será candidato ao Senado pelo PTC. Robert Burns aposta na mudança e promete uma campanha diferente para que o Ceará possa eleger um senador limpo, e o Cariri possa ter o seu senador. Desculpe a ignorância, o ex-governador Cid Gomes vai desistir de concorrer ao Senado por que tem medo de ser preso durante a campanha eleitoral?

Renegociação no Previjuno expõe disputa em Juazeiro Serena Morais

Madson Vagner

O

déficit no Fundo Municipal de Previdência Social dos Servidores de Juazeiro do Norte (Previjuno), deixados pelas duas últimas administrações, está motivando uma tensão política na Câmara de Juazeiro. Pelo menos dois vereadores, que lideram um grupo de 14 parlamentares, estariam aproveitando a polêmica, gerada pela urgência do Executivo em matérias, para pressionar a relação política entre o presidente da Câmara, Gledson Bezerra (PMN), vereadores e o prefeito Arnon Bezerra (PTB). A polêmica começou na sessão do dia 29 de agosto, quando o Executivo enviou projeto pedindo a autorização para renegociar os débitos junto ao Previjuno. Na sessão, o presidente em exercício, vereador Marcio Joias (PDT), preferiu não colocar o projeto em pauta para aguardar o presidente titular, Gledson Bezerra. Na sessão seguinte, de 31 de agosto, Gledson também não colocou o projeto para apreciação do Plenário, o que motivou protestos do vereador Darlan Lobo (PMDB), líder assumido do grupo e contrário ao presidente Gledson. Darlan chegou a qualificar Gledson de antidemocrático. Durante a articulação para o retorno do projeto, o vereador Darlan disse que o líder do prefeito, vereador Adauto Araújo (PSC), estaria displicente e, por isso, ele (Darlan) estaria ajudando. Além de to-

projeto do Executivo para renegociação com o Previjuno causa tensão entre vereadores

mar a frente das discussões, Darlan colocou em destaque e derrubou uma convocação de secretários municipais. Para alguns vereadores, que preferem não se identificar, Darlan estaria disposto a retomar a liderança do prefeito, perdida recentemente. Segundo o presidente, a matéria não foi encaminhada ao Plenário por haver uma solicitação para que a gestora do Previjuno, Maria das Graças Alves e Silva, comparecesse a Câmara para prestar informações sobre o assunto. Gledson avaliou o posicionamento de Darlan como natural, diante do calor das discussões. Apesar do tom conciliador, o presidente da Câmara garante que se manterá coerente ao papel que vem desenvolvendo na Câmara. Na sessão do dia 6 de setembro, o projeto voltou a Casa, desta vez, embasado nos esclarecimentos da gestora do Previjuno. Outras justificativas vindas das Secretárias de Finanças e Gestão ajudaram no

entendimento sobre a necessidade da matéria para o equilíbrio econômico da gestão. Nos dias que antecederam o retorno do projeto à Câmara, Darlan teria pressionado o presidente Gledson, caso não colocasse o projeto para apreciação do plenário. Em meio a tensão, Darlan tem avaliado que Gledson está distante dos outros vereadores e, por isso, não tem um grupo que o defenda. Por sua vez, Gledson diz que não vai trabalhar com grupos e que seus objetivos são o equilíbrio administrativo e financeiro da Câmara. Além da renegociação com o Previjuno, a Câmara aprovou, ainda, a abertura de créditos suplementares. Segundo o projeto aprovado, deve ser renegociado um débito de pouco mais de R$ 13 milhões. Os débitos com a Previjuno foram gerados nos anos de 2012 e 2013, gestão do ex-prefeito Manoel Santana (PT), e 2016, período gerido por Raimundo Macedo (PMDB). Para Gledson, a

CRATO E BARBALHA

Discussões podem seguir caminho da judicialização Os últimos debates nas Câmaras de Crato e Barbalha podem parar na Justiça. Na Câmara de Barbalha, o vereador Rildo Teles (PMDB), autor do projeto que visava diminuir o tempo dos recessos parlamentares, não descarta a possibilidade de acionar o Ministério Público do Estado (MPCE). O projeto de Emenda à Lei Orgânica do Município foi apresentado tendo como proposta a readequação dos revessos aos praticados pela Assembleia Legislativa e o Congresso Nacional. Com a readequação, os parlamentares barbalhenses passariam a ter 45 dias de recesso ao ano. Seriam 15 dias no mês de junho e 30 entre os meses de dezembro e janeiro. A proposta foi recusada pela maioria dos vereadores. Segundo Rildo, tudo não passou de uma articulação da bancada de oposição, maioria na Casa. Hoje, os dois recessos da Câmara de Barbalha chegam a 105 dias, quase um terço do calendário. Segundo Rildo, o recesso barbalhense é um dos maiores do Brasil. Para vereador, o longo período de paralisação acaba dificultando o encaminhamento de demandas importantes

para a população. O resultado da votação revelou uma divisão entre os parlamentares. Foram sete votos favoráveis, todos da base do prefeito, e oito votos contrários, todos da bancada de oposição. A base do prefeito teme que o embate prejudique outros projetos do Executivo a serem encaminhados para apreciação da Casa. Sobre o assunto, o presidente da Câmara, vereador Vevé Siqueira (PP), garantiu que não houve tensão entre situação e oposição. Para ele, faltou articulação dos autores do projeto. O presidente observou, ainda, que o tema é passível de novas discussões na Casa, mas que precisa ser melhor articulado. Sobre a necessidade de mais tempo para debater os assuntos de interesse da população, Vevé Siqueira ressaltou o fato da Câmara ter dobrado o número de sessões. Antes, a Câmara se reunia apenas às segundas-feiras e, hoje, as reuniões acontecem nas segundas e quintas-feiras. No Crato, a discussão foi em torno de um Projeto de Lei que outorga o título de cidadã cratense a primeira-dama do Estado do Ceará, Onélia Leite. A discussão foi puxada

pelo vereador Fernando Brasil (PP), que acusou os servidores da Casa de terem sumido com o projeto de sua autoria para beneficiar um pedido de outorga à primeira-dama. Fernando Brasil chegou a usar de palavrão para se referir a obrigação dos servidores em encaminhar o seu projeto. Outros vereadores partiram em defesa dos servidores e a sessão chegou a ser suspensa por 15 minutos. O presidente em exercício, vereador Pedro Alagoano, avaliou o debate como desnecessário, já que o projeto tramita nas comissões e espera por parecer. Nenhum vereador pediu a quebra de decorro parlamentar, mas alguns servidores estudam acionar a Comissão de Ética da Casa contra o vereador. Além disso, não está descartada uma ação na Justiça sob acusação de assédio moral, calúnia e difamação. As duas câmaras enfrentam, ainda, atritos entre vereadores e os prefeitos municipais. Os líderes dos governos trabalham para diminuir as tensões que podem respingar nos prefeitos Zé Ailton Brasil (PP), do Crato, e Argemiro Sampaio (PSDB), de Barbalha.

Câmara tem parte da culpa pela situação, pois aprovou as negociações anteriores. Maria das Graças chegou a dizer que existiu uma “celeuma” na Câmara causada pela perspectiva de débitos da atual gestão com a Previjuno. Mas, segundo a gestora, o atual prefeito tem repassado os valores sistematicamente em dia. Apesar da atual gestão estar em dia, a gestora observa que o Município está com Certificado de Regularidade Previdenciária bloqueado, o que impede o recebimentos de verbas federais. A gestora disse que, a partir do pagamento da primeira parcela do débito, comunicará a Previdência Social para efetuar o desbloqueio do Certificado. A convocação da gestora foi feita pelo vereador Tarso Magno (PRP), que se disse satisfeito com os esclarecimentos. Tarso é um crítico do sistema de previdência aplicado em Juazeiro. Segundo ele, o método coloca em risco os recursos dos servidores.

Leia rápido Em Barbalha, depois de Rildo Teles solicitar a reabertura do Posto de Atendimento dos Correios, no distrito Caldas, o vereador João Ilânio defendeu o retorno das atividades na unidade do Sítio Estrela. Conforme o edil, a falta do serviço tem prejudicado familiares locais.

A Câmara Municipal de Barbalha aprovou um projeto de lei que autoriza o Executivo barbalhense a pagar Bolsa de Estudo e Pesquisa para médicos residente na especialidade de Saúde da Família. O valor de cada benefício será de R$ 1.500, limitado a duas bolsas.

O Plano Plurianual do Município de Juazeiro (PPA), para quadriênio 2018/2021, está em fase final de elaboração. A Lei Orgânica do Município regulamenta que o projeto possa ser enviado até o dia 30 de setembro para a Câmara Municipal apreciar e votar. Durante a fase de elaboração, várias audiências públicas foram realizadas com a participação da sociedade civil organizada. Os profissionais da Educação de Juazeiro do Norte, que romperam com o sindicato municipal, criaram a associação intitulada de AFEJUN. A diretoria também foi escolhida, encabeçada por João Soares. A entidade conta com quase 800 servidores.


4

Região do cariri, De 12 a 18 de setembro de 2017

anos

Política

Secretaria de Educação de Crato espera apoio do MP e do Poder Executivo Municipal para aprovação de TAC

CÂMARA DO CRATO

Chapada Madson Vagner

Sem transparência

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) divulgou a lista dos municípios com problemas na transparência das suas contas. Ao todo, 31 administrações são acusadas de não divulgarem informações em tempo real para se adequarem à Lei da Transparência. No Cariri, as prefeituras de Altaneira, Granjeiro, Lavras da Mangabeira, Penaforte, Potengi, Tarrafas e Várzea Alegre devem ser enquadradas na lei e ficarão sem receber verbas voluntárias dos governos do Estado e Federal. O levantamento é referente ao mês de agosto deste ano. Relatórios e ofícios foram enviados ao Governo do Estado, Controladoria-Geral e Secretária da Fazenda do Estado, para que sejam aplicadas as penalidades restritivas. O detalhe é que os sete municípios, que já enfrentam dificuldades na gestão fiscal e financeira, devem ter sua situação agravada.

Vereadores propõem TAC para transporte escolar

Serena Morais

Denúncia de escravidão

O prefeito de Abaiara, Afonso Dantas (PT), tem muito a explicar ao Ministério Público do Estado. O gestor é acusado de manter trabalho escravo dentro da sua gestão. A denúncia deve chegar, nos próximos dias, ao MP. Servidores estariam trabalhando para receber o valor de R$ 225 por mês. Os servidores trabalham entre quatro, seis e oito horas e garantem que assinam a folha sem saber o quanto a Prefeitura coloca em seus contracheques. Na denúncia a ser entregue aos meios de fiscalização, está um pedido de investigação sobre desvio de recursos. Na Câmara, o assunto deve ganhar corpo nos discursos da oposição. Para pessoas próximas, o prefeito petista diz que o valor é o que a gestão pode pagar. O problema é que o MP diz que nenhum servidor pode ganhar menos de um salário.

De volta à vida

Depois de anos de inadimplência com órgãos como Receita Federal, INSS e Procuradoria Nacional da Fazenda, o município de Jardim parece ter voltado à vida. O prefeito Aniziário Costa enviou a esta coluna um relato sobre a quitação de débitos que ultrapassavam os R$ 30 milhões. O valor do passivo foi considerado um dos maiores do Cariri. Com a regularização, a gestão Aniziário está livre para aderir a convênios e receber verbas voluntárias dos governos federal e estadual. Aniziário observa que recebeu a Prefeitura com salários atrasados, FPM bloqueado e uma série de multas por descumprimento de obrigações. O prefeito não fala, mas parte da gestão defende a demissão de servidores contratados através de concursos fraudulentos. A ideia é diminuir o inchaço da máquina pública.

Preocupação válida

O ex-prefeito de Brejo Santo, Guilherme Landim, é reconhecidamente um dos nomes mais fortes do Cariri para assumir uma cadeira na Assembleia Legislativa. Guilherme se articula com nove prefeitos e, ainda, tem a promessa do ex-governador Cid Gomes, de ajudá-lo com outros colégios eleitorais. Mas, o ex-prefeito não está tranquilo com a situação, teoricamente confortável. É que parte dos seus apoiadores é de prefeitos em situação bem difícil frente a seus eleitores. Casos como dos prefeitos Agábio Sampaio, em Panaforte; Neta Diniz, em Jati; e Diego Feitosa, em Missão Velha; são tratados com atenção e preocupação. Guilherme já avalia uma articulação junto ao Governo do Estado para fortalecer os gestores antes das eleições. O candidato a deputado estadual quer alcançar bons resultados, mas com esses prefeitos está difícil.

Terceira via

Agora é oficial. O vice-prefeito de Missão Velha, Dr. Lorim, não faz mais parte do grupo político do prefeito Diego Feitosa. Lorim deixou a base e acabou se tornando uma terceira via no Município. É que o ex-prefeito Tardiny Pinheiro concedeu entrevista dizendo que não há lugar para o vice rebelde na oposição. Para Tardiny, a oposição é comandada pelo grupo político dos Pinheiros, o que não mudará com o rompimento da chapa atual. Aos mais próximos, Dr. Lorim disse que não tem problema, já que oposição não é um grupo, mas sim uma conduta política. E garante: vai fazer oposição, independente dos Pinheiros. A discussão promete chegar à Câmara, onde o vice-prefeito espera a decisão dos vereadores ligados ao seu grupo. O debate ganha em tensão!

Dois pesos, duas medidas

Os vereadores de Altaneira, Professor Adeilton e Zuleide Ferreira, ambos do PSDB, resolveram mudar seus posicionamentos quanto a Proposta de Emenda à Lei Orgânica do Município que pedia o fim da reeleição para presidente da Câmara de Vereadores. A proposta foi protocolada ainda em 2014, pelo ex-vereador Gilson Cruz, e teve o apoio dos dois parlamentares tucanos. Na época, a presidenta da Casa, vereadora Lelia de Oliveira, do PCdoB, nem chegou a enviar a proposta para a Comissão Permanente. Na última semana, durante a sessão do dia 6, o atual presidente, vereador Antônio Leite, do PDT, decidiu arquivar a proposta com base em parecer desfavorável da comissão, além da retirada de apoio dos dois vereadores tucanos. A matéria, sequer, foi discutida em plenário. “Tudo como dantes no quartel de Abrantes”.

Enquanto isso no Cariri... ... Em Mauriti, o prefeito Mano Morais deve abrir espaço no seu palanque com o candidato do ex-prefeito Márcio Martins. O acordo é que o candidato a deputado estadual seja indicado por Mano e o federal por Márcio. O estadual de Mano deve ser Guilherme, mas o federal de Márcio ainda está indefinido. ... O detalhe em Mauriti é que a gestão de Mano deve pedir votos para candidatos do PDT, seu partido, e para o PSDB de Márcio. Uma mistura improvável até bem pouco tempo. Na oposição, a divisão é outra. Internamente, os ex-prefeitos Isaac Júnior e Evanildo Simão devem apoiar nomes diferentes que ainda não foram divulgados. ... Já o prefeito de Caririaçu, Edmilson Leite, é dos prefeitos com menos desgastes no Cariri. Mas, apesar da boa administração, quando o assunto é eleição, Edmilson deve perder pontos. Ele é conhecido por nunca apoiar apenas um candidato para os parlamentos estadual e federal. A má reputação mete medo em aliados. ... O prefeito Edmilson é conhecido por prometer fidelidade exclusiva, mas acabar liberando seus agregados para apoiarem outros nomes indicados por ele. Para este ano, Edmilson já jurou fidelidade para Guilherme Landim estadual e André Figueiredo federal. Claro que o federal ainda pode mudar, caso André for ao Senado.

alternativa propõe a liberação temporária da circulação de carros abertos para transportar alunos da rede pública municipal

Amanda Salustiano

E

m Crato, alguns trechos da zona rural continuam sem transporte escolar. Apesar da Secretaria Municipal de Educação conduzir legalmente o processo de contratação dos veículos, a licitação foi deserta por mais de uma vez devido o desinteresse de empresas em prestar o serviço. Diante disso, vereadores debatem liberar a circulação de carros abertos para transportar os alunos de forma temporária. Atualmente, é proibido

transportar alunos em carros abertos. Mas, de acordo com a comissão parlamentar que trata sobre os assuntos da pasta de Educação, a viabilidade dessa alternativa deve ser repensada em conjunto com o MP e Poder Executivo Municipal, de forma temporária, através de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC). O TAC seria um paliativo, segundo os edis que defendem a medida, enquanto a Prefeitura Municipal realiza as obras de infraestrutura nas estradas que dão acesso às localidades dos sítios Páscoa, Araticum e

Serra Valentim, para que os veículos fechados pudessem realizar as rotas. Sem autorização do MP, a Prefeitura não pode permitir a circulação de carros abertos, sob pena de ser autuada pelo órgão fiscalizador. “Se a Prefeitura colocar um carro (D-20) para rodar, o MP vai autuar o Município. Por isso, precisamos que ele chancele esse acordo, até porque os alunos não podem ficar sem ir à escola”, disse um dos integrantes da comissão parlamentar, Amadeu de Freitas. A alternativa recebeu apoio da maioria dos pares,

Leia rápido

ÉTICA E INFORMAÇÃO

Lideranças homenageiam os 20 anos do Jornal do Cariri A Câmara Municipal de Crato homenageou os 20 anos de fundação do Jornal do Cariri em sessão solene da última semana. Na oportunidade, alguns vereadores destacaram a importância do veículo de comunicação para a democracia e sua contribuição para o desenvolvimento regional. De iniciativa do vereador Roberto Anastácio, a homenagem tratou com saudosismo da história de fundação do periódico, mas também anunciou as perspectivas para uma nova etapa em 2018. O conselheiro do JC e também cerimonialista da Câmara, Huberto Cabral, que comandou a solenidade, alegou que o periódico mudou paradigma sobre o Cariri ser um cemitério de jornais. Completando o pensamento, a assessora de comunicação da Prefeitura do Crato, Hermínia Raquel, disse que “o Jornal do Cariri é símbolo-mor do Jornalismo na região”. Ela destacou a importância do periódico para vinda do curso de formação de jornalistas, bem como a chegada de mais veículos à região. A diretora do JC, Jaque-

entre eles, o presidente do Legislativo, Florisval Coriolano. Ele sugeriu uma audiência pública entre os atores responsáveis pelos setores para agilizar as negociações. Para Jales Veloso, a situação é fácil de resolver, basta a boa vontade do prefeito em concluir obras nas estradas o mais rápido possível. O vereador Roberto Anastácio acredita que o MP vai firmar o TAC, já que há julgados do Tribunal de Contas da União (TCU) que permitem essa brecha à Lei Federal, de forma temporária, como forma de não prejudicar tanto os alunos.

line Freitas, agradeceu o reconhecimento do Poder Legislativo e ressaltou que o veículo de comunicação tem trabalhado com seriedade, ética e compromisso na apuração e produção de matérias. Ela apontou os rumos pretendidos a partir de 2018, como o retorno de divulgações diárias, em formato digital, e a chegada das rádios Plus FM, Gold FM e Jovem Pan. O secretário de Administração do Crato, Luís Carlos Saraiva, felicitou a data, a nova etapa e elogiou o diretor-presidente Donizete Arruda pelo trabalho que vem fazendo à frente do jornal.

Prefeitos parabenizam

Os 20 anos do Jornal do Cariri também foram lembrados pelos prefeitos do Crajubar. Em Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra disse que se associa a todos que manifestam o grande feito que o Jornal do Cariri tem proporcionado para a região e o estado do Ceará. “Ele tem levado a notícia, informado bem a nossa sociedade, portanto, atualizando a todos nós com o que acontece na nossa região. A gente fica muito feliz em ter, em Juazeiro, um

importante veículo de comunicação. Na condição de prefeito de Juazeiro, desejo parabéns e muitos anos de vida!”, ressaltou Arnon. O prefeito de Crato, Zé Ailton, parabeniza a todos que fazem o Jornal do Cariri. “Tendo em vista que nós sabemos a importância da imprensa para a democracia do nosso país, o JC tem feito esse trabalho com muita maestria. Então, parabéns a todos! Parabéns a pessoa do Donizete e aos demais colaboradores, que dinamizam esse trabalho realizado não só em prol da região, mas do estado do Ceará”. Argemiro Sampaio, prefeito de Barbalha, defende que Jornal do Cariri empoderou as notícias da região e levou o nome do Cariri a ser visto por milhares de pessoas pelo país. “Eu, como prefeito de Barbalha, vejo o JC trazendo desenvolvimento, mostrando como se faz política. Assim como eu, os leitores estão felizes em ver nossa região sendo mostrada aos quatro cantos do país. Quero agradecer a todos e me sinto orgulhoso em participar dessa edição especial de 20 anos de história”, concluiu.

Em Crato, a Secretaria de Segurança Pública instaurou a Corregedoria da Guarda Municipal, composta pela corregedora Janeyre Ribeiro e dois auxiliares. De acordo com o novo órgão, o objetivo é apurar denúncias e ocorrências envolvendo esse ofício. Há 266 servidores, dos quais 133 estão cedidos. A Prefeitura de Crato continua a Campanha de Vacinação contra o HPV em todos os postos de saúde do Município. A ação tem como objetivo prevenir o câncer do colo do útero, lesões pré-cancerosas e infecções em meninas, e o câncer de pênis, anal e boca em meninos, todos causados pelo Papiloma Vírus Humano (HPV). O presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque (PDT), informou os locais dos próximos encontros da campanha “Ceará sem Drogas”. Segundo ele, serão realizadas a 18ª e a 19ª edições nos municípios de Brejo Santo e Boa Viagem. Já foram realizados 17 encontros, inclusive no Crato e Campos Sales. A URCA obteve desempenho e conceito de ‘muito bom’ para os cursos de enfermagem em Crato e Iguatu, com Nota 4 no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), numa escala que vai de 1 a 5. A instituição comemora a avaliação divulgada pelo MEC em 1º de setembro, referente ao ano de 2016.


Região do cariri, De 12 a 18 de setembro de 2017

anos

Metropolitana

5

comissão da OAB, em visita

a cadeias e presídio, verificou pontos críticos como a presença de facções e efetivo defasado

FACÇÕES CRIMINOSAS

OAB aponta PCC, Comando Vermelho e GDE no Cariri Efetivo defasado e infraestrutura precária

Joaquim Júnior

A

s facções criminosas estão no Cariri e atuam dentro das cadeias e presídio. É o que aponta o levantamento feito pelas Comissões de Direito Penal e Penitenciário da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-CE), Subseção Juazeiro do Norte, Crato e Fortaleza, que inspecionaram estabelecimentos prisionais masculinos de Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha, municípios que integram o Crajubar. De acordo com os integrantes das Comissões, dentro do muro das prisões caririenses há a presença e o fortalecimento do Primeiro Comando da Capital o(PCC), Comando Vermelho -(CV) e Guardiões do Esta-do (GDE). Tais fatos fizesram com que os diretores sdividissem os detentos de .facções em diferentes uni-dades prisionais, para que aconseguissem manter o ocomando das cadeias e do -presídio, evitando rebeliões e mortes. o De acordo com a advoogada Gabrielle Mendes Stoene, presidente da Comissão ede Direito Penal da OAB/ eSubseção Crato, cerca de i70 detentos do CV foram -transferidos da Penitenci-ária Industrial e Regional do Cariri (PIRC), conhecida como Tourão, para a Cadeia Pública de Juazeiro do Norte, conhecida como Tourinho, após recente caso de rebelião entre facções no presídio. “As cadeias estão pacificadas, já que em uma está o PCC e, na outra, o Comando Vermelho”, explica. Segundo Gabrielle, o Estado não possui efetivo para controlar e lidar com as facções. “E aí, ou transfere e deixa uns em uma cadeia e outros na outra, ou a gente vai ter muita morte, um massacre como teve em Manaus”, cita, ao lembrar o caso que aconteceu no início do ano, no estado do Amazonas, que deixou dezenas de detentos mortos. “Não é uma coisa que acontece somente na TV. É preocupante para todo o país. A gente pensa que está só na TV, mas está aqui também”, completa. Segundo o advogado João Paulo Viana, vice-

Tatuagem de detento mostra a sigla do Primeiro Comando da Capital (PCC)

-presidente da Comissão de Direito Penal e Penitenciário da OAB/Subseção de Juazeiro do Norte, a Comissão surgiu após diversas reclamações dos advogados quando os assuntos eram as condições sub-humanas vividas pelos detentos, problemas com alvarás, prerrogativas dos advogados e o baixo efetivo de agentes penitenciários. Entre os principais pontos críticos encontrados nos estabelecimentos prisionais, estão a superlotação carcerária, estrutura precária, baixa quantidade de agentes penitenciários e de projetos de ressocialização. A superlotação, segundo João Paulo Viana, é um problema encontrado em todas as cadeias públicas da região e da PIRC. Ele cita que, em celas que comportam entre seis e oito presos, é comum encontrar até 15 detentos dividindo o espaço. Segundo Gabrielle Men-

des, a PIRC atualmente possui capacidade para 540 presos e comporta quase 800. A cadeia do Crato está com 104 homens a mais do que sua capacidade, que é de 116 pessoas. Em Barbalha, que tem a menor de todas as prisões visitadas, o espaço para cerca de 60 presos está, em média, com 80 homens. Ela afirma que, nos locais, encontrou presos que informaram já ter cumprido suas penas e continuam em regime fechado. “A gente tem a Defensoria Pública, que atua nesses casos em sua grande maioria, que também é vítima do sistema. Os defensores são poucos, eles não conseguem atender a demanda. Inclusive a nossa sugestão é de um mutirão carcerário, que a Defensoria Pública aceite a nossa ajuda nessa luta de tentar desovar esses presídios e tentar, obviamente, dar oportunidade a estas pessoas que estão lá”.

Sobre a infraestrutura dos estabelecimentos prisionais, o vice-presidente da Comissão de Juazeiro do Norte diz ter observado diversos problemas estruturais nos estabelecimentos prisionais do Crajubar, nos quais o Estado poderia, sendo mais proativo, saná-los de forma rápida. Nas visitas, foi observado que fossas estavam estouradas há meses e que, muitas vezes, existe apenas um banheiro para dezenas de homens. Nos locais, há caixas de energia com água cobrindo os fios e a indisponibilidade de água em diversas vivências. Na Cadeia Pública de Barbalha, devido ao local ser próximo a um antigo lixão, é constante a presença de moscas, o que torna o local insalubre. As observações da presidente da Comissão do Crato incluem falta de colchões, o que faz com que os detentos durmam no chão. “Em Barbalha, eles tinham um poço profundo, que secou e, agora, eles puxam água de outra estação. Eles só conseguem ter água duas vezes por dia, em um período de três minutos. Imagine 16 homens dentro de uma cela, com água duas vezes por dia, durante três minutos...”, men-

ciona a advogada, que também destaca a existência de apenas um banheiro disponível para até 60 detentos em um pavilhão da PIRC. A quantidade de agentes penitenciários e a condição em que trabalham também incluem os pontos críticos elencados pelas comissões. Entre os pontos que o advogado João Paulo cita como mais críticos estão o efetivo defasado; a ausência de coletes; baixo número de munição não-letal; as más condições de alojamento e o número de guardas de muralha reduzido (em que, muitas vezes, ficam apenas dois policiais militares para um perímetro de 1.000 m2). “O ideal, versando em segurança interna dos detentos, seria um agente penitenciário para cada cinco presos e, hoje, a proporção é infinitamente maior, chegando a ter um agente para cada 30 detentos. Há agentes penitenciários tendo que levar detentos para hospital nos seus carros, atraso de audiências devido à ausência de viaturas operacionais, agente penitenciário fazendo escolta de preso em hospital e diversos problemas que uma mínima olhada do Estado para o setor penitenciário já resolveria”.

comissão aponta diversos problemas estruturais em unidades prisionais

Projetos de ressocialização insuficientes Ligados aos projetos sociais, Gabrielle Mendes diz existir, na PIRC, 55 presos que estudam e 68 que trabalham. Com isso, eles têm remissão de pena. “Esses estão trabalhando, aprendendo, estudando. Uns querem fazer a prova do Enem, querem sair da vida. Mas, e o restan-

te?”, interroga, ao explicar que o problema também decorre da falta de efetivo: “Como vou instalar uma empresa, uma fábrica dentro de um presídio, e vou colocar os internos para trabalhar, se não tenho efetivo para fiscalizar essas pessoas?”. Dados repassados mostram que a

falta de projetos públicos de reinserção desses internos na sociedade contribui para uma taxa de reincidência de 70%, 80% entre os detentos. Ou seja, de cada dez homens que saem da prisão, sete ou oito retornam, sem contar aqueles que estão entrando pela primeira vez. De acordo com João Paulo, dentro dos muros existem escolas, igrejas e a tentativa de uma ressocialização dos que estão apenados. “Há muito tempo, o Estado levou as penitenciárias à margem da sociedade, mas muitos que ali estão precisam ocupar suas mentes e não passarem dias e dias ociosos pensando em novos crimes. Temos uma região rica em faculdades. Poderiam, seus diretores, em parceria com a Comissão, no qual representa a OAB, propor projetos sociais que levam aqueles que hoje estão à margem da sociedade a um retorno mais possível e mais real. O erro é inerente do ser humano e, muitos que ali estavam, precisam de um tratamento mais detalhado pelo Estado. Temos muitos que são de difícil convivência e também não podemos esquecer que, com a fraternidade e igualdade, podem ter uma visão mais direta do Estado, os dando uma pena justa e correta”. Como a visitação aos estabelecimentos prisionais feita pelas Comissões, um relatório será elaborado e apresentará propostas de melhorias emergenciais, como mutirão para redução da população carcerária e a criação de varas de execução exclusiva para dar mais celeridade aos processos em execução. Além disso, serão oficiados os juízes das varas de execução penal da região, as defensorias públicas, a Secretaria de Justiça e Cidadania do Estado do Ceará, entre outros. “Diante dos comunicados a todos os membros interessados, será proposta uma reunião com os membros das Comissões de Direito Penitenciário da Região do Cariri, membros do Ministério Público, Juízes da Vara de Execuções Penais, representantes do sistema prisional e representantes do Estado para, daí, darmos início às melhorias propostas, caso assim houver”, complementa João Paulo.

UTILIDADE PÚBLICA

Defensoria inicia plantões nos fins de semana A Defensoria Pública Estadual, que fica em Juazeiro do Norte, iniciou o serviço de plantão durante os fins de semana. O órgão seguirá com os atendimentos até dezembro, para medidas de caráter urgente nas esferas Criminal, Cível, Saúde e Infância e Juventude. Os plantões, embora se concentrem na sede juazeirense, assistem também as comarcas de

Crato e Barbalha. O sistema de plantão ocorre das 8h às 14h. De acordo com a defensora pública geral do Ceará, Mariana Lobo, o serviço beneficia a população mais carente. “Durante as audiências do Orçamento Participativo, foi um dos pedidos mais recorrentes. Conquistamos e ampliamos a atuação da Defensoria. Foi muito gratificante

dar esse retorno positivo e dizer que conseguimos garantir esse pleito da população e dos próprios defensores”. O novo serviço no interior destina-se às medidas de caráter urgente, como na esfera Criminal: habeas corpus, pedido de revogação de prisão preventiva ou temporária, relaxamento de prisão e liberdade provisória, com ou sem

fiança, medidas cautelares e antecipatórias, requerimentos para realização de exame de corpo de delito, em casos de abuso de autoridade, e comunicações de prisão em flagrante delito. Já na área da Infância e Adolescência, são tidos como urgentes casos que envolvam guarda de crianças em situação de risco e afastamento do agressor do lar. Nos termos da lei

processual civil, casos de apreensão e liberação de adolescentes, etc. Por fim, no plantão Cível/Saúde serão analisados, durante o plantão, pedidos de liberação de cadáver e pedidos de concessão de medidas cautelares por motivo de grave risco à vida ou à saúde de enfermos. Sobre o funcionamento normal do órgão, a assessoria institucional informou

que a Defensoria contabilizou 39.682 atendimentos em toda a região do Cariri. Os defensores públicos ficam distribuídos nas cidades de Barbalha, Crato, Caririaçu, Farias Brito, Jardim, Juazeiro do Norte e Missão Velha. O sistema de plantões também está sendo ofertado em Sobral e Frecheirinha. A meta é expandir para outras macrorregiões em 2018.


6

anos

Informe Publicitรกrio

Regiรฃo do cariri, De 12 a 18 de setembro de 2017


Regiรฃo do cariri, De 12 a 18 de setembro de 2017

Informe Publicitรกrio

anos

7


8

Região do cariri, De 12 a 18 de setembro de 2017

anos

Metropolitana

centro de Abastecimento do Bairro Pio XII é alvo de denúncias de descaso

ANEURISMA CEREBRAL

Exames para detecção precoce podem salvar vidas de pacientes Amanda Salustiano

E

stima-se que para cada milhão de habitantes haja, no mínimo, duas mil pessoas com aneurisma, sem que elas suspeitem. O dado apontado pelo médico neurocirurgião do Hospital Santo Antônio, em Barbalha, José Correia Saraiva Júnior, serve para alertar a população sobre os riscos dessa patologia, a importância de um diagnóstico feito precocemente e os tipos de tratamento. Em média, quatro cirurgias são realizadas de aneurisma no Hospital Santo Antônio por semana. O neurocirurgião Júnior Correia explica que o número poderia ser menor se as pessoas realizassem os exames específicos de detecção: o angioressonância cerebral e a arteriografia cerebral. Até uma tomografia feita no prazo certo pode identificar a patologia, segundo o especialista. “O aneurisma nasce provavelmente com a pessoa.

Trata-se de um defeito na parede da artéria cerebral e, quando a pessoa é submetida a vários fatores externos, entre eles, pressão arterial alta, fumo, estresse, ansiedade, álcool, tende a formar uma bolha, que rompe/sangra. Então, os pacientes com esse perfil e/ou os que têm casos na família devem ficar atentos”, ressalta o médico. Caso o aneurisma rompa, há tratamento. No entanto, ele se torna mais delicado, conforme declara o neurocirurgião. “Quando ele rompe, já perdemos a primeira batalha, pois não o diagnosticamos antes. O cérebro fica inflado, cheio de sangue. Submetemos o paciente à cirurgia logo após a estabilização do quadro. Dessa forma, há alta chance de recuperação rápida”. A paciente de iniciais M.R se recupera de operação microcirúrgica. Ela foi encaminhada ao hospital com suspeita de trauma, após sofrer uma queda e ao sentir uma forte dor de cabeça. O médico Júnior Cor-

Serena Morais

cerca de quatro cirurgias de aneurisma são feitas por semana, somente no Hospital Santo Antônio, em Barbalha

reia pediu um dos exames específicos, que confirmou o quadro. Durante a cirurgia, ele localizou um segundo aneurisma. Ambos foram clipados com clipes de titânio. A mãe da paciente, que

não quis se identificar, atribui a sobrevivência da filha a um milagre, com a ajuda do médico. O especialista observa que a paciente em questão tem apenas 37 anos e foge

ao perfil das pessoas consideradas de risco. Diante disso, ele ratifica o alerta e salienta que, diferente de M.R, alguns não resistem ao primeiro sangramento de aneurisma. “De 10 pacien-

tes, três morrem no ato. Das sete que aguardam cirurgia, quatro não resistem ao segundo sangramento. Ainda há as sequelas que podem variar de caso em caso”. O tratamento inclui a microcirúrgica ou neurocirurgia endovascular. A primeira é feita pelo SUS. Sobre o segundo método, o neurocirurgião comentou a chegada de um novo “stent” no mercado, que o permitiu realizar uma cirurgia inédita recentemente na região do Cariri. “Mas cada procedimento tem sua vantagem a depender do caso” Ele repete que se deve prevenir o sangramento de aneurisma como sendo a melhor alternativa. Se o paciente não conseguir, se sentir uma forte dor de cabeça “como um raio, de cima para baixo”, com leve desorientação, que pode levar até uma queda, deve procurar rapidamente um médico. Além disso, manter uma vida saudável sempre pode ajudar antes ou depois de aneurisma.

CENTRO DE ABASTECIMENTO

Permissionários pedem mais segurança à noite A população do Bairro Pio XII, em Juazeiro, denuncia o abandono do Centro de Abastecimento situado em frente à Capelinha de Nossa Senhora da Conceição. Construído na segunda gestão do então prefeito Mauro Sampaio (1997/2000), o equipamento possui dezenas de boxes onde funcionam restaurantes, lojinhas, entre outros pontos comerciais. De acordo com o aposentado José Machado, além de precisar de melhorias em suas instalações elétricas e hidráulicas, o local é invadido durante a noite por usuários de drogas, servindo, segundo o denunciante, como ponto de prostituição, por não ter vigilância noturna. “Prati-

camente todas as noites a gente vê elementos usando drogas e ameaçando quem passa por perto”, afirma, lembrando que a deficiência da iluminação favorece a prática de tais atos. Os permissionários querem que o setor competente da Prefeitura instale portões para impedir essa movimentação desagradável em seus corredores durante a noite. O local foi idealizado e construído com o objetivo de abrigar pequenos comerciantes que ficaram desalojados em uma área adjacente, por não terem sido contemplados na época com a distribuição de boxes no Mercado Raimundo Viana. “Muita gente ficou trabalhando, vendendo suas

Serena Morais

comerciantes solicitam a instalação de portões para impedir movimentação noturna dentro do mercado

mercadorias em bancas e barracas instaladas no meio da rua, até que Dr. Mauro Sampaio (prefeito na época) decidiu fazer esse centro de abastecimento, acomodando todo mundo”, conta. A comerciante Maria de Lourdes diz que permanece trabalhando ali, por não ter outra opção. “Caso contrário, eu já tinha fechado isso aqui (um bar) e mudado de atividade, mas não tenho condições de fazer isso”, lamenta. Por muitos anos, o Centro de Abastecimento funcionou a contento, mas, de uns tempos para cá, alguns comerciantes desistiram de suas atividades, fechando ou alugando seus pontos para outras pessoas, devido o pouco movimento no local.

NOSSA SENHORA DAS DORES

Procissão das Carroças marca início de romaria Mesmo sob polêmica, centenas de carroceiros participaram da tradicional Procissão das Carroças, em homenagem à padroeira de Juazeiro do Norte, Nossa Senhora das Dores, no último domingo (10). A programação da romaria segue normalmente até sexta-feira (15), quando acontece uma das maiores missas e concentração de romeiros na cidade. O uso de carroças para esse fim é questionado pela vereadora Jaqueline Gouveia. “Nessas procissões, eu tenho visto muitas carroças sendo guiadas por menores, outras cheias de pessoas ingerindo bebida alcoólica, cometendo infrações, fugindo inclusive do sentido da festa em homenagem à padroei-

Elizangela Santos

procissão das Carroças aconteceu no último domingo nas ruas do centro da cidade até a Basílica de Nossa Senhora das Dores

ra da cidade. Os carroceiros enfeitam os animais fêmeos

com vestidos de noivas ou maquiando-os. Isso, em mi-

nha opinião, é roubar a dignidade de um animal, porque

dignidade não é apenas para as pessoas, mas para todas as criaturas”, diz a vereadora. Ela chegou a sugerir que carroceiros fizessem o percurso a pé e solicitou aos órgãos competentes que fiscalizassem os carroceiros que praticarem esse tipo de crueldade com os animais. Já o carroceiro José Francisco dos Santos discorda da vereadora Jaqueline Gouveia, afirmando que a Procissão das Carroças é realizada há muitos anos em Juazeiro, sendo um atrativo a mais na procissão de Nossa Senhora das Dores. “Acabar com ela não traria benefício algum para os animais de tração. Nem todo animal é maltratado. Sou carroceiro há 23 anos,

já possuí vários animais e nunca maltratei nenhum deles. Pelo contrário, procuro cuidar bem deles porque me ajudam a ganhar o sustento da minha família”, declarou José Francisco. A Procissão dos Carroceiros e Carregadores é uma tradição criada por Leandro Bezerra de Menezes, com continuidade por Maria Salete Cruz, pais do Prefeito Arnon Bezerra, há 45 anos. O evento saiu da Fundação Leandro Bezerra de Menezes às 17h30, com centenas de carroceiros e suas carroças ornamentadas à frente do cortejo, sob as benções do Padre Cícero José. E, em seguida, os grupos de tradição popular, fanfarra e a Banda de Música.


Região do cariri, De 12 a 18 de setembro de 2017

anos

Metropolitana

9

calor característico dos últimos meses do ano demanda cuidados com a saúde

Meio Ambiente

Crato é primeiro a implantar Projeto Produtor de Águas Joaquim Júnior

O

município de Crato possui quase 100 nascentes de água em seu território. Destas, grande parte encontra-se em áreas privadas. Para preservá-las, ao mesmo tempo em que se leva em consideração a fauna, flora e levadas de água, um projeto de criação do Programa Produtor de Águas foi aprovado na Câmara de Vereadores e aguarda a sanção do prefeito Zé Ailton Brasil. Além deles, foi aprovado projeto de lei que institui o Fundo Municipal para o Produtor de Água. Com isso, o Crato pode ser o primeiro município do Ceará a implantar o programa, que é desenvolvido pela Agência Nacional de Águas (ANA) em busca de conservar áreas, reduzir erosão e assoreamento dos mananciais. Para tanto, a Agência oferece apoio técnico e financeiro para que ações de conservação da água e do solo sejam executadas. O primeiro dia de setembro foi o prazo que a ANA estipulou para o recebimento de projetos de pagamento por serviços ambientais que se

projeto estimula práticas para conservar água e solo em propriedades rurais

interessam em participar do Programa Produtor de Água. A iniciativa, que estimula práticas conservacionistas para água e solo em propriedades rurais para revitalizar bacias hidrográficas, prevê recurso de R$ 3,5 milhões, com limite máximo de R$ 1 milhão por projeto. Com a seleção de trabalhos para os apoios, a ANA repassa os recursos, que devem ser utilizados em ações de conservação de água e solo, como constru-

ção de bacias de captação e infiltração de água da chuva, plantio de mudas de espécies nativas, construção de terraços de nível, cercamento de áreas de interesse para conservação ambiental, adequação de estradas rurais, entre outras medidas. Ao todo, dois projetos de leis apresentados pelo vereador Pedro Lobo foram aprovados na última semana em Crato: um que institui o Programa Produtor de Água

e outro que institui o Fundo Municipal para o Produtor de Água. Este prevê a criação de um fundo que tanto recebe parte do percentual da tarifa de água como busca contribuição de aportes em fundos estaduais, nacionais, compensações ambientais e, até mesmo, de interessados, em que qualquer cidadão pode contribuir. Como acredita o vereador, o Crato sai na dianteira em relação aos cuidados

com a preservação do meio ambiente. De acordo com Cristiano Cardoso, coordenador do Núcleo de Projetos da Sociedade Anônima de Água e Esgoto do Crato S/A (Saaec), a primeira ação será convocar os detentores de propriedades nas áreas de interesse para aderirem ao programa. A partir disso, será feita uma avaliação das condições ambientais do imóvel e ser estabelecido um valor para remunerar aquele detentor do imóvel. “Além do processo de organização dessas nascentes, pretendemos estudar as microbacias, avaliar a condição ambiental e, a partir disso, estabelecer um conjunto de ações”, explica Cristiano. Entre as ações, ele cita o bombardeamento de áreas com sementes, o isolamento da área para que não haja acesso de pastoreio animal e práticas diferenciadas de plantio. “Um conjunto de ações que leve à conservação e uma redução da degradação ambiental naquela propriedade”, completa, ao mencionar, ainda, a vontade da Saaec em solucionar conflitos de gestão das águas das nascentes. Como citou, a Saaec, em

parceria com a Secretaria de Meio Ambiente, produziu, desde o início do ano, cerca de 30 mil mudas no viveiro municipal. Elas serão, portanto, distribuídas para proprietários que tenham interesse no programa. De acordo com Cristiano, além de proteger a fauna, na qual se destacou a espécie do Soldadinho do Araripe, há previsão da melhora na qualidade da água e do equilíbrio ambiental. “Estamos submetendo o projeto à ANA e estaremos em processo de concorrência. Até que ela julgue a ação e traga esse investimento para a região, vamos continuar atuando”, explica Cristiano. Conforme informou, as ações vão ser compartilhadas e envolverão também a Secretaria de Meio Ambiente e parceiros como a Universidade Regional do Cariri (Urca), o Geopark Araripe; o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio); a Área de Proteção Ambiental (APA) da Chapada do Araripe; Associação de Pesquisa e Preservação de Ecossistemas Aquáticos ( Aquasis ); Instituto Federal do Ceará e Empresa Brasleira de Pesquisa, entre outros.

tempo quente

Temporada de maior calor tem início este mês Joaquim Júnior

A crença popular diz que a chegada dos meses que terminam com a sílaba “bro” traz consigo temperaturas acima da média e sinaliza o período mais quente de todo o ano. No Cariri, as temperaturas podem chegar e ultrapassar os 38° e a redução na umidade do ar ficar abaixo dos 30%. Devido ao calor e à diminuição dos ventos, que pode comprometer o bem-estar e a saúde da população, a dica dos especialistas é evitar exposição ao sol e manter hidratação contínua. De acordo com Raul Fritz, supervisor da unidade de tempo e clima da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), o normal é que, até o mês

de dezembro, a incidência de chuvas seja pouco expressiva. “As temperaturas devem continuar altas até que as primeiras chuvas comecem a chegar para amenizar o calor”, explica, citando que, no Cariri, as chuvas serão mais frequentes após o mês de dezembro. “Isso é uma característica da nossa pré-estação chuvosa”, completa. Enquanto isso, a temperatura mais amena registrada atualmente conta com a contribuição dos ventos relativamente fortes, que diminuem a sensação de calor. Junto a agosto, o mês de setembro é um dos que registra ventos com maiores velocidades. No período, a velocidade chega a 16,3 km/h, enquanto que, nos meses posteriores, a média é de 14 km/h. Segundo o mete-

orologista, com a proximidade das chuvas de dezembro, a velocidade do vento tende a diminuir ainda mais. Para evitar problemas de saúde, a Funceme segue as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), que indica a necessidade de evitar exposição ao sol nos momentos mais quentes. “É importante se hidratar bem neste período”, reitera Raul Fritz. Ele destaca o registro de baixa umidade do ar no Cariri, que chega, em alguns momentos, próximo a 20%. “Isto é considerado pela OMS como nível que merece atenção e cuidado. A pessoa deve se hidratar bem e ingerir bastante líquido. Se a temperatura também estiver elevada, isso certamente influi

Divulgação

temperaturas nos últimos meses do ano podem ultrapassar os 38 graus

na condição física da pessoa”, destaca Raul, ao lembrar que a prática de exercícios físicos sob condições de altas tem-

peraturas também requer cautela. A OMS considera estado de observação os níveis de 40% a 31%. Se a umidade

estiver abaixo dos 30% há estado de atenção e, nos níveis entre 20% e 12%, ocorre o estado de alerta.

PESO NO BOLSO

Reajuste do combustível desagrada consumidores Samylla Alves O consumidor não anda nada satisfeito com o preço dos combustíveis. Neste mês, a gasolina teve um aumento de mais de 10% em função da alta nas cotações internacionais. Em Juazeiro do Norte, o consumidor tem pagado, em média, R$ 4 pelo litro do combustível. Quem costuma se deslocar de carro próprio, busca alternativas para tentar driblar mais este aumento. Os taxistas, que estavam reclamando da implantação do serviço de transporte particular, agora têm mais um motivo para se preocupar, isso porque o

mercado ficou ainda mais competitivo. A professora Bruna Lemos deixa cada vez mais o carro na garagem e utiliza a moto ou uber para trabalhar. “Se eu não preciso levar meus filhos, eu utilizo a moto. Agora, se eu saio com eles, acabo solicitando o serviço de transporte particular. A gente faz uma simulação para ver o que compensa mais. Com essa crise e com todos esses aumentos, é preciso pensar em estratégias para conseguir arcar com os compromissos do mês”, enfatiza Bruna Lemos. O taxista Cícero Souza já pensa em mudar de profis-

Serena Morais

somente este mês, a gasolina teve um aumento de mais de 10%

são. “Quando o poder aquisitivo do Brasileiro melhorou e ficou mais fácil adquirir

um transporte próprio, a nossa situação ficou difícil, depois vieram os mototáxis

e, por último, o Uber. Não bastasse tudo isso, a gente ainda se depara com cons-

tantes aumentos nos preços dos combustíveis. Assim fica difícil, já estou pensando é em desistir da profissão e procurar outra coisa para sustentar minha família”, desabafa Cícero Souza. A universitária Ana Clara Pontes conta que, em alguns postos, o preço do combustível sofre alteração de acordo com a modalidade de pagamento. “Se for à vista, eles cobram R$ 4 e, se for a prazo, custa R$4,19 o litro. Eu estou dividindo a despesa do combustível com uma amiga da faculdade. A gente mora perto e decidimos que seria mais vantajoso assim”, diz Ana Clara.


10

Região do cariri, De 12 a 18 de setembro de 2017

anos

Metropolitana

saúde inicia campanha nacional para imunização de crianças e adolescentes MULTIVACINAÇÃO

MATEMÁTICA

Estudantes fazem campanha rumo à olimpíada internacional Samylla Alves

D

ez estudantes do 1º ano do Colégio da Polícia Militar Coronel Hervano Macedo Júnior, em Juazeiro do Norte, conquistaram duplo ouro na Olimpíada Internacional de Matemática sem Fronteiras. Além do ouro estadual e nacional, os alunos foram selecionados para a Olimpíada Mundial de Matemática, que acontecerá em outubro na Índia. A comissão que vai representar o Cariri no exterior é formada por 14 pessoas, entre estudantes e professores. Para custear as despesas da viagem, os alunos iniciaram uma campanha nas redes sociais para conseguir a ajuda tanto da iniciativa pública como também da privada. A coordenadora pedagógica Aurea Donato explica que a despesa por pessoa é de cerca de R$ 8 mil. “Nossa comissão é formada por 14 pessoas. Os estudantes são menores de idade e precisam de acompanhantes. Além disso, estamos falando de uma viagem internacional. Precisamos custear os valores referentes a passagens e hospedagens. No ano passado, também fomos selecionado

comissão que representará o Cariri busca patrocínio para viagem à Índia em outubro

para um evento no exterior e não tivemos condições financeiras para participar. Este ano, esperamos que a história seja diferente e que a gente possa representar o Cariri na Índia”, diz Aurea Donato. A estudante Yasmim Pinho conta que está ansiosa para conhecer a Índia e, quem sabe, conquistar mais uma medalha. “Nos preparamos bastante para a Olimpíada Internacional de Matemática sem Fronteiras. Foram horas de estudo e muita dedicação, com o apoio do Tenente Coro-

nel Nijair e a preparação continua para a etapa que acontecerá na Índia. Estou muito ansiosa e pedindo a contribuição de amigos e familiares para que esse sonho seja possível. Não será um feito apenas do Colégio Militar, mas da nossa região, que ganhará visibilidade no exterior”, aponta Yasmim Pinho. Para tentar arrecadar o valor, os estudantes estão promovendo campanhas nas redes sociais e nos meios de comunicação. “Nós estamos pedindo que a população

Fonte: Secretaria Estadual de Saúde

/assembleiace

contribua doando a partir de R$1. A viagem custa mais de cem mil, porém, se todos se unirem e doarem o valor mínimo, eu tenho certeza que conseguiremos. Temos que arrecadar o dinheiro até o início de outubro, pois a viagem é no fim do mês e tudo precisa está organizado com antecedência”, lembra o estudante Saulo Menezes.

Campanha vacina crianças e jovens com até 14 anos Joaquim Júnior Teve início esta semana a Campanha Nacional de Multivacinação para Atualização de Caderneta de Vacinação. Até o dia 22 de setembro, a mobilização nacional tem como foco a população de crianças e adolescentes com idade até 14 anos. Ao todo, estão disponíveis 14 vacinas para as crianças e cinco para os adolescentes, que incluem vacinas de rotina previstas no Calendário Nacional de Vacinação. No Cariri, as vacinas podem ser encontradas em postos de saúde municipais. De acordo com informações da Secretaria de Saúde do Ceará, a estratégia busca resgatar a população não vacinada ou com esquemas de vacinação incompletos, tanto na infância como na adolescência, em busca de melhorar as coberturas vacinais. Tais medidas visam, desta forma, manter

controladas, eliminadas ou erradicadas as doenças imunopreveníveis a nível nacional. Para a vacinação, a população alvo deve comparecer aos serviços de saúde portando a caderneta de vacinação. Na ocasião, os profissionais avaliam se há pendência no calendário de vacinação para que se complete o esquema vacinal, conforme preconizada o Programa Nacional de Imunização. Como a vacinação será de forma seletiva para a população alvo, não há meta a ser alcançada. Entre as imunizações disponíveis estão as vacinas de Hepatite B; Pentavalente (DTP+Hib+Hep.B); Poliomielite Inativada; Febre Amarela; Papiloma Vírus Humano (HPV); Tríplice Viral. Em 2016, mais de 250 mil crianças com idade entre 0 e 5 anos compareceram aos postos de vacinação. Destas, 124.818 receberam doses de vacinas. Serena Morais

Conta para doação:

Caixa Econômica Federal / AG: 0032 / OP:001 / CONTA: 34189-7

/assembleiace

multivacinação acontece até o dia 22 de setembro

/assembleia_ce

(85) 99611-8954

www.al.ce.gov.br

Dengue: mais de 32 mil casos em 4 meses. Nos quatro primeiros meses deste ano, foram notificados à Secretaria Estadual da Saúde 32.682 casos de dengue no Ceará, tendo sido, até então, 7.710 confirmados e três óbitos. O perigo cresce, e o combate ao mosquito continua a forma mais eficaz de prevenção.

COMBATA OS FOCOS EM SUA CASA PELO MENOS UMA VEZ POR SEMANA. PROTEJA A SUA VIDA E A DA SUA FAMÍLIA. Mantenha as calhas sempre limpas.

Deixe garrafas sempre viradas. Mantenha a lixeira bem fechada.


Região do cariri, De 12 a 18 de setembro de 2017

s

Êxpo

11

anos PENSANTES

na europa

Grupo de Teatro realiza

Douglas Feitosa visita

Mostra de Espetáculos

empresa Faber-Castell

2

1

(1) É MENINA! Preparem os lacinhos! A blogger Karol Guedes confirmou que o bebê que ela está esperando é uma menina.

(2) THEO CHEGOU A médica Brena Tavares tem mais um sobrinho para paparicar. Nas redes sociais, ela comunicou que Theo chegou lindo e saudável.

4

(3) FABER-CASTELL Douglas Feitosa, presidente da CDL Jovem de Juazeiro do Norte, em visita a mais aintiga fábrica de lápis do mundo, a FaberCastell, situada em Stein, na Alemanha. O jovem viajou com outras lideranças para Europa e fez visitas técnicas em organizações internacionais como a Fraport. Douglas e os empresários da CDL Jovem foram recebidos pelo Conde Charles, dono da histórica e tradicional Faber-Castell.

3

(4) FELIZ ANIVERSÁRIO Parabéns ao vereador Roberto Anastácio (Bebeto), por mais um ano de vida completado no último dia 9! Na foto, ele e sua esposa Josilene Linhares.

5

(5) ARENINHA PARA BARBALHA Fernando Santana com o governador Camilo Santana e o presidente da Assembleia, deputado Zezinho Albuquerque, garantindo uma Areninha para Barbalha. Fernando também ajudou o prefeito do Crato, Zé Ailton Brasil, a levar esse mesmo equipamento para o Crato, promovendo o desenvolvimento do esporte nos dois municípios.

TROCA DE EXPERIÊNCIAS

Mostra de Espetáculos acontece em Crato, Barbalha e Missão Velha Joaquim Júnior

Trupe dos Pensantes

M

unicípios de Crato, Missão Velha e Barbalha recebem, nesta semana, apresentações teatrais da Trupe em Ação III – Mostra de Espetáculos, que acontece até o próximo sábado (16). Grupos artísticos do Cariri, Exu e Caucaia participam do evento, que chega à terceira edição e apresenta peças que trabalham temas sociopolíticos e possibilitam ao público a troca de experiências e diálogos. A entrada dos espetáculos varia de gratuita à paga e podem ser adquiridas antecipadamente. Além do Sesc Crato, as apresentações acontecem na comunidade de Jamacaru, em Missão Velha, e em Água Fria, Barbalha. A iniciativa do projeto é da Trupe dos Pensantes, grupo que surgiu há cerca de cinco anos através de uma pesquisa no curso de licenciatura em Teatro da Universidade Regional do Cariri (Urca). De acordo com Stela Bonfim, uma das criadoras da Trupe, o grupo tem como propulsor e instigador do seu trabalho um teatro político, possibilitando ao público diferentes visões sobre mazelas e triunfos sociais com temáticas como a violência sexual contra crianças e adolescentes, o cotidiano de crianças moradoras de rua, os desafios que envolvem a maternidade e as crises existentes no casamento. “Temos, como agente desse trabalho, a metodologia da mediação teatral em que o público, a equipe e o próprio trabalho se entrelaçam

Lucas Tavares

em comunicação”, explica Stela, que é atriz, diretora e mediadora da Trupe. Como informou, na Mostra de Espetáculos permanece a proposta do diálogo não somente com grupos que se assemelhem à prática da Trupe, mas com grupos que se admiram mutuamente por questões de organização e convivência harmônica e sensível entre si. Ao todo, seis espetáculos estão previstos na programação da Mostra: “Revoluction”, do Coletivo Atuantes em Cena; “C@ntando Gonzaga” e “A terceira coisa”, da Trupe dos Pensantes; “Que horas ela vem para o chá?”, do Coletivo Dama Vermelha; “Coisa de Menina”, do Grupo Cena Fórum; e “Kilene”, da Cia. de Teatro e Dança Traquejo. A abertura, que aconteceu

no último sábado (9), ficou a cargo da Banda Limiar do Desconhecido. Como apresentou Stela, ainda é comum, na região, a desvalorização aos artistas locais e aos seus trabalhos. “O artista que vem de fora é comumente mais importante para as empresas propulsoras e gerenciadoras culturais na nossa região e, consequentemente, isso se reflete na forma com que o público nos destaca”, explica. Ela acredita que sejam necessários mais espaços, pois trabalhos de qualidades não faltam na região do Cariri, que é rica culturalmente “Isso precisa ser disponibilizado de forma democrática para o público, se tornando um fortalecedor do processo de formação de platéia”, finaliza. Ana Carla


12

Região do cariri, De 12 a 18 de setembro de 2017

anos

Toque de Primeira

RUMO À SÉRIE C Samylla Alves

Arena Romeirão O secretário de Esporte e Juventude de Juazeiro do Norte, Luciano Basílio, apresentou o novo projeto da Arena Romeirão. O equipamento, que será revitalizado, terá capacidade pra atender 16.400 torcedores. A Arena Romeirão comportará o Museu do Futebol, que contará a história do esporte a nível local e estadual, além de camarotes e cinco vestiários, sendo um deles para os árbitros. Luciano Basílio afirma que a imprensa será privilegiada, com área de cabines modernas para transmissão dos jogos. O estádio contará, ainda, com dois telões e placar eletrônico, além das torres de LED para iluminação. A expectativa é que o projeto seja finalizado em novembro deste ano, por conta das alterações que devem ser feitas, e o lançamento aconteça em seguida, com obras a serem iniciadas em janeiro do próximo ano.

Copa do Nordeste O Ceará e o Ferroviário tiveram seus adversários definidos na Copa Nordeste 2018. Cabeça de chave do grupo D, o Ceará terá como adversárias equipes que hoje brigam na parte de cima da tabela da Série C. O Vovô enfrentará o CSA, Salgueiro e Sampaio Corrêa na fase de classificação da competição. O Ferroviário caiu no grupo B, que tem como cabeça de chave o Vitória, da Série A. O time Coral ainda terá pela frente, na fase classificatória, as equipes do Globo, que garantiu o acesso à Série C, e do ABC. O Grupo A é formado pelo Santa Cruz, vencedor de Treze x Cordino, Confiança e CRB. O Grupo B é integrado pelo Vitória, Globo, Ferroviário e ABC. O Grupo C pelo Bahia, Vencedor Itabaiana e Náutico, Altos e Bota Fogo (PB). O Grupo D terá o Ceará, CSA, Salgueiro e Sampaio Corrêa.

Futebol Society

Crato enfrenta crise para definir elenco poeira conta que a solução encontrada pelo clube tem sido contratar atletas de Juazeiro do Norte e Crato, que participaram do Sub-18. “Contamos com os atacantes Nicácio, Alemão e Jacaré, os zagueiros Magno, Neném e Alexandre, os meias Felipe e Jean Bala, o lateral Anderson, os volantes Fabrício, Borel, Sabrino, Niedson e Jack shan, o goleiro Nacid. A equipe está em formação e é importante mesclar atletas jovens e mais experientes. Mas, sem dinheiro, fica difícil chamar os reforços e montar um time competitivo”, desabafa Capoeira. A Diretoria Executiva do clube está organizando alguns eventos e conta com o apoio da população. “No dia 17 deste mês, teremos uma feijoada premiada no Crato Tênis Clube. Sortearemos premiação em dinheiro e uma moto. As cartas já estão sendo vendidas e contamos com a colaboração de toda sociedade cratense que sonha em ver o Crato voltar à Segunda Divisão do Cearense. Além disso, promoveremos alguns show e toda a renda será revertida para custear as despesas com os jogadores. Precisamos de algo em torno de R$ 90 mil para disputar a competição”, salienta o presidente do Crato.

Samylla Alves

Foi encerrado o 14° Campeonato da Independência do Clube dos Comerciários. A competição contou com a participação de 16 equipes e aproximadamente 400 atletas. Este ano, a Juaço levou a melhor e venceu a Bomboniere Universal na final, pelo placar de 1 a 0. O artilheiro do campeonato foi o Ernandes, da Pão Nosso, com seis gols. O goleiro menos vazado foi o Felipe, da Juaço, que tomou apenas três gols. A Juaço também conquistou o título de equipe mais disciplinada, com apenas três cartões amarelos, e de melhor treinador, título concedido ao técnico Val. Quem não participou da disputa desse ano, já pode se preparar para a edição 2018.

Destaque na bike O ciclista Lucas Brito está em primeiro lugar no ranking nordeste em competições de bike. A última conquista do cratense foi no início deste mês em Ouricuri, no Pernambuco, onde participou de mais um torneio e levou o Cariri ao ponto mais alto do pódio. Sucesso Lucas!

n SEGURANÇA ELETRÔNICA

n ZELADORIA

n PORTARIA

n TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS

Travessa Slino Duda, 59 - Bairro Santa Teresa - Juazeiro do Norte - CE

Peça já seu orçamento sem compromisso

O

Crato já iniciou a sua preparação para a Série C do Campeonato Cearense. No entanto, o time, que estreará contra o Campo Grande no dia 24 de setembro, no Romeirão, está enfrentando dificuldades financeiras para montar o elenco. Os jovens que fazem parte da base do clube já estão treinando, mas a contratação de novos reforços está comprometida devido à falta de apoio financeiro da iniciativa pública e privada. Para tentar reverter à situação, a Diretoria Executiva tem realizado eventos entre os amigos, porém as ações não têm sido suficientes para custear todas as despesas. O presidente do time, Cisnando Loiola, afirma que já tentou conversar com o Poder Público para conseguir, porém, até o momento, não obteve retorno. “Infelizmente, não poderemos jogar em casa porque o Mirandão não conseguiu os laudos. Perdemos cerca de R$ 5 mil com os patrocínios dos muros. Estou tendo que tirar dinheiro do próprio bolso para custear as despesas dos atletas. A situação está bem complicada e fica difícil pensar em reforços, caso a gente não consiga ajuda da iniciativa pública e privada para a competição”, diz Cisnando Loiola. O auxiliar técnico Ca-

Mais informações: (88)99950-6053 / (88)98845-4012

Seja visto por quem

PROCURA VOCÊ! POPULAR CULTURA o to Antôni Festa de San 31 de maio em tem início epa | pág.

11

bARbALhA ga Saúde che Greve da rdo s sem aco aos 35 dia política

nOmeS GRAndeS reira, r Ágio mo monsenho nte do belmo o sacerdote grandes

nomes | pág.

6 .com.br aldocariri www.jorn

| pág. 3

ANUNCIE JÁ! contra a bar na luta

te i independen do Carir O periódico

De 19

Maio De 2015 a 25 De

inocênc

úMer o 2692 ano 17 n

Preço: r$1,

50

ia ultra

jada

Craju ual infantil x e s ia c n lê vio

para campanha bar lançaram As ações Social do Craju a esse tipo de crime. e ate tarias de Ação , palestras ça. As secre sobre o comb de conversas a a crian da sociedade contam com rodas izem com ar a atenção na | pág. 5 maio e i não cond Serena Morais tuições cham alusão ao dia 18 de . metropolita til no Carir denúncias em de o sexual infan a ser informada às insti s são abus meio e das a s sobre os da violência a de 80% s não cheg orientaçõe ade. Cerc Os números ria dos caso com plicid vo maio a cum afeti lo ou já que realidade, o, vergonha mantém víncu es, por med tidas por alguém que competent ais são come violações sexu

DEPARTAMENTO COMERCIAL

o, em Crat e Juazeiroa, comercial@cearasat.com.br | (88) 35112457 | (85) 9 92663105 lh arba

Jornal do Cariri - 12 a 18 de setembro de 2017  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you