Page 3

3

Região do cariri, De 10 a 16 de setembro de 2019

A partir de agora, a Polícia Federal em Juazeiro

do Norte retomará as investigações de corrupção eleitoral contra o prefeito Arnon Bezerra. Todas as denúncias - publicadas com exclusividade pelo Jornal do Cariri - foram confirmadas como verdadeiras no julgamento dessa segunda (09).

Política Rebate

Donizete Arruda

TRE humilha Arnon de novo

O prefeito Arnon Bezerra sofreu outra derrota vexatória na noite desta segunda (09), no pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Ceará. Por unanimidade, os seis juízes negaram o habeas corpus solicitado pela defesa de Arnon e de seu filho, deputado federal Pedro Bezerra, além do trancamento do inquérito que tramita na Polícia Federal, investigando fraudes no processo de sua eleição no ano passado. O TRE julgou que o inquérito permanecerá no trâmite da Polícia Federal (PF) e que todas as apurações realizadas até o momento estão dentro da lei, podendo prosseguir sem nenhum questionamento dos acusados, Arnon e Pedro Bezerra. A derrota foi acachapante.

Arnon sentiu que não tem apoio

Ao sofrer a segunda humilhação no pleno do TRE cearense, o prefeito Arnon se convenceu que não tem respaldo político do senador Cid Gomes, muito menos do governador Camilo Santana. Está sozinho na busca de evitar a sua cassação e a de seu filho Pedro Bezerra. Ocorre que, depois da nova votação dessa segunda (09) e dos confrontos entre Arnon e o governador Camilo na semana que passou, o cenário se complicou de vez. O próprio prefeito de Juazeiro está convencido que sua situação no Tribunal do Ceará é irreversível. Será cassado. Também, teme pelas conclusões dos inquéritos na PF, que comprometem seus filhos, principalmente Pedro Bezerra. Ao manter a apuração na PF, o TRE selou o destino da família dele, entende Arnon.

Euforia com decisões contra Arnon

A partir de agora, a Polícia Federal em Juazeiro do Norte retomará as investigações de corrupção eleitoral contra o prefeito Arnon Bezerra. Todas as denúncias - publicadas com exclusividade pelo Jornal do Cariri - foram confirmadas como verdadeiras no julgamento dessa segunda (09), pelo TRE do Ceará. Os juízes não apontaram nenhuma ilegalidade na apuração. As fraudes promovidas na prefeitura de Juazeiro, para eleger Pedro Bezerra e enriquecer a família de Arnon Bezerra, vão ter uma punição. Essa decisão mostra a atitude do TRE do Ceará em não colocar debaixo do tapete suspeitas de irregularidades nas eleições, mesmo que os envolvidos sejam membros de famílias poderosas no nosso Estado.

Camilo quer Fernando em Juazeiro

A crise detonada pelo prefeito Arnon Bezerra, contra o governo em Juazeiro do Norte, acabou apressando as negociações articuladas pelo governador Camilo. Fechado com a candidatura do deputado Fernando Santana para prefeito de Juazeiro, Camilo está disposto a negociar com a chapa governista em Barbalha. A ideia seria abrir mão da cabeça de chapa para o PDT em Barbalha e garantir o apoio do partido em Juazeiro. A tese deve ser levada ao deputado André Figueiredo, assim que o Governador voltar de sua viagem ao exterior. Na estratégia, o empresário Gilmar Bender, pré-candidato do PDT, indica o vice-prefeito na chapa de Fernando. A proposta é a única maneira de unir toda a base de Camilo contra a reeleição de Arnon. Entre os vereadores aliados a Arnon na Câmara, a avaliação é que se confirmada a articulação, Arnon não deve nem concorrer a um novo mandato.

Arnon desafia Camilo no PT

O PT escolheu, neste fim de semana, seus dirigentes para os próximos quatro anos. Diferente de anos anteriores, o processo em Juazeiro do Norte foi disputado com métodos nada ortodoxos. O prefeito Arnon Bezerra, para desmoralizar o governador Camilo Santana, autorizou a intervenção do secretário Luciano Bazílio nas eleições internas petistas. A estratégia deu resultado. O ex-deputado estadual Manoel Santana denunciou Arnon e sua prática suja de interferir na escolha do presidente municipal do PT juazeirense. Não adiantou. Para barrar a candidatura do deputado estadual Fernando Santana, que Arnon entende ser o favorito de Camilo, foi estimulada a chapa de Toizinho contra a candidatura de Ricardo Lima. Toizinho teria oferecido cargos a militantes petistas em troca de seus votos.

Preço de se meter será bem caro

O envolvimento indevido do prefeito Arnon nas eleições internas do PT foi uma manobra que deu certo. Não houve vencedor no primeiro turno. Sempre Santana elegia a direção de Juazeiro com facilidade. Agora, ocorrerá um segundo turno no dia 29 de setembro, entre os dois candidatos: o de Arnon, Toizinho, e o do PT, Ricardo Lima. Contudo, essa intromissão de Arnon na democracia do PT enfureceu o Abolição. A pequena diferença de 43 votos foi obtida na base de negociação de cargos na Prefeitura, acreditam todos os graúdos petistas do Ceará e também de Juazeiro. Inconformado com o jeito Arnon de fazer política, Santana anunciou: “a partir de hoje, o PT de Juazeiro é oficialmente oposição ao governo Arnon”. E sustenta que o candidato do prefeito não terá vez no PT nas novas eleições.

Luciano Bazílio explode Arnon

A tentativa do prefeito Arnon em comandar o PT de Juazeiro teve um objetivo claro: impedir a candidatura do deputado Fernando Santana a prefeito. A possibilidade, defendida por Santana e pelo deputado federal José Guimarães, colocaria o governador Camilo no palanque da oposição a Arnon. O medo de Camilo no palanque contrário seria seu fim, disparou o secretário de Esportes Luciano Bazílio. Que sugeriu: vamos virar o jogo a qualquer preço. Arnon o autorizou a melar as eleições petistas em Juazeiro. Sem limites, Luciano Bazílio passou a operar usando todos os meios para alavancar a candidatura de Toizinho contra Ricardo Lima. Quase apanhou na sede do PT. Nem assim se intimidou. E durante a busca por votos, apareceu até com adesivo de Toinzinho. Aliciou eleitores abertamente. Nada o intimidava. Acabou enquadrado por petistas ligados a Santana. Deixou o local da votação expulso, mas ficou nos arredores, “conseguindo” votos. Bazílio, ao convencer Arnon para essa operação, implodiu sua reeleição, pois provocou a ira do governador Camilo e de todo o PT, além dos Ferreira Gomes. Está isolado.

Camilo enquadra direitinho Arnon

Camilo Santana perdeu a paciência com o prefeito Arnon. Informado sobre uma placa colocada ao lado da placa do Governo na obra do Arena Romeirão, que dizia que a obra era da Prefeitura, Camilo se irritou e ordenou que a propaganda fake da prefeitura de Juazeiro fosse retirada imediatamente. A ordem veio ao final da agenda da sexta-feira (06), já sede do Ciopaer em Juazeiro. Camilo cobrou diretamente do prefeito Arnon: quanto a Prefeitura está investindo nessa obra? Calado, Arnon se retirou sem falar nada. No comentário, Camilo aproveitou para criticar o prefeito sobre sua falta de interesse na agenda, que se não fossem os prefeitos de cidades vizinhas com suas comitivas, o evento teria sido uma grande vergonha. O público foi reduzido por falta de empenho de Arnon.

Disse me disse O prefeito Argemiro Sampaio, único do PSDB no Cariri, parece ter aprendido bem o jogo da política. Adversário do governador Camilo, estendeu a mão e ofereceu bandeira branca. Tem razão de sobra: quer a aprovação do seu empréstimo na Câmara e mais cerca de R$ 70 milhões em obras para o município. Argemiro garantiu que não colocará nenhuma placa da prefeitura. Aprende, Arnon! Desculpe a ignorância, que amor tão grande é este do prefeito Arnon Bezerra ao secretário Luciano Bazílio, que causou sua briga com o governador Camilo Santana e nem assim é demitido?

GUERRA DECLARADA

Arnon enfrenta Camilo após tentar controlar PT Madson Vagner

A

relação já difícil entre o prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra (PTB), e o governador Camilo Santana (PT) se agravou depois da visita de Camilo ao Município, para assinar a ordem de serviço da Arena Romeirão, na sexta-feira (07). Em crise desde a eleição de 2018, o desconforto entre os dois foi visível no palanque colocado na Praça da Bíblia, em frente ao Estádio Mauro Sampaio, O Romeirão. A informação de uma tentativa de controle do PT, patrocinada pelo prefeito, acabou se confirmando no domingo (08), durante as eleições internas do partido em Juazeiro. Segundo o ex-prefeito Manoel Santana (PT), articulador da chapa vencedora, encabeçada pelo ex-secretário de Educação, Ricardo Lima, confirmou a manobra de Arnon para emplacar uma chapa de sua confiança na direção do partido. Dr. Santana denunciou prática de compra de votos usando cargos públicos, pela

chapa oposicionista liderada pelo sindicalista Toinzinho. Tudo com a anuência do prefeito. O ex-prefeito revelou que, com a atitude reprovável, o PT passa para a oposição. “A partir de hoje, o PT de Juazeiro é oficialmente oposição ao Governo Arnon”, disse. O responsável pela estratégia foi o secretário de Esportes, Luciano Bazílio, que foi contido tentando aliciar eleitores, na sede do partido, no dia da votação. Apesar da tentativa, Arnon e Bazílio perderam a disputa. Ricardo Lima teve 253 votos, contra 210 de Toinzinho. Em terceiro lugar, ficou a chapa liderada pelo filiado Laurivam. Avaliações internas do partido apontam que Arnon pretendia o controle para barrar a candidatura do deputado federal Fernando Santana (PT) a prefeito. Sabedor da estratégia, o deputado federal José Guimarães (PT) tratou de aumentar a crise. Ele garantiu que o partido terá candidatura própria em Juazeiro e o nome articulado por ele é Fernan-

do Santana. Guimarães revelou conversas avançadas com o governador Camilo sobre a candidatura. O afastamento do Governador, motivado pela tentativa do prefeito Arnon em controlar a direção do Partido dos Trabalhadores (PT) de Juazeiro, acabou se agravando com a colocação de duas placas na fachada do estádio Romeirão, ressaltando que a obra “também” é da Prefeitura. De imediato, Camilo mandou retirar o material que estava confrontando com outras duas placas do Governo do Estado, realizador legal da obra. Ao final da agenda de Camilo no Cariri, o prefeito Arnon chegou a comparar o tratamento entre ele e o prefeito de Barbalha, Argemiro Sampaio (PSDB), na inauguração de uma Areninha no Município. “Em Barbalha foi citado o nome da Prefeitura como parceira, na contrapartida do terreno, o mesmo poderia ter sido feito com o Romeirão”, reclamou, ressaltando que “em Juazeiro do Norte, estranhamos esse comportamento”.

Fontes próximas ao governador garantem que o clima ficou ainda mais “pesado” na sede do Ciopaer de Juazeiro. Camilo teria criticado o prefeito na sua presença. Arnon não enfrentou no momento, mas deu a resposta no dia seguinte. O prefeito rebateu a retirada das placas da prefeitura da fachada do Romeirão, qualificando o ato como uma “indelicadeza sem precedentes”. Arnon direcionou suas críticas ao Superintendente de Obras Públicas do Estado, Quintino Vieira. “Ele (Quintino) não responde pelo Governo”, rebateu o prefeito. A defesa do prefeito para a colocação das placas foi na direção da contrapartida da Administração Municipal, que cedeu o terreno do estádio medindo 27 mil m2 para as obras da reforma. “Cada metro do terreno, que comporta Corpo de Bombeiros, Escola João Alencar e Demutran, é avaliado em cerca de R$ 1,5 mil, o equivalente a cerca de R$ 40,5 milhões em doação”, disse Arnon.

Leia rápido

TARRAFAS

Prefeitura gasta R$ 118 mil para reformar muro de escola Mergulhado em denúncias de corrupção envolvendo nepotismo, desvio de dinheiro público e formação de quadrilha, o prefeito de Tarrafas, Tertuliano Cândido Martins, o Taiano (PP), autorizou a reforma e ampliação de um muro da escola Dona Emília Ferreira de Oliveira ao custo de R$ 118 mil. Apesar do volume de recursos aplicados, a licitação foi realizada na modalidade “tomada de preço”, sem a necessidade de pregão. A obra foi entregue a Construtora Nova Liderança Eventos e Serviços Eireli – ME, que se enquadra nas empresas com diversas finalidades, sem especificação de especialidade. O contrato, assinado no dia 17 de junho, abre espaço para o chamado “Regime de Execução Indireta”, combatido pelo Ministério Público Federal e do Estado. Entre as muitas denúncias sobre o contrato, chama a atenção o documento ter sido assinado pela ordenadora de despesa do Fundo Municipal de Saúde, Francisca Hildete Rodrigues. Além disso, não há especificação de metragem da obra. A denúncia aponta vícios de corrupção, como

O clima ficou pesado

superfaturamento e desvio de finalidade. Na base de oposição, liderada pelo vereador Tico Batista (PSD) e a ex-prefeita Teca Lopes, o atual gestor desafia a Justiça cearense. Os opositores lembram as recentes investigações contra o prefeito, onde o Ministério Público do Estado (MPCE) solicitou o afastamento do prefeito e de mais 11 pessoas com laços familiares, configurando-se nepotismo.

Corrupção generalizada

O grupo de oposição em Tarrafas cobra um posicionamento da Justiça, sobre a Ação Civil Pública movida pela promotora Vandisa Maria Frota Azevedo, em que é pedido o afastamento definitivo do prefeito Taiano. Na ação, impetrada em dezembro de 2018, a promotora pede, ainda, o afastamento do pai do prefeito, conhecido como Terto, e da madrasta Arlete Lima, ambos ex-chefes de gabinete; do tio Ananias Alcântara (secretário de Obras); dos primos D’angello Alcântara (ex secretário de Finanças) e Joana Alice Alcântara (Tesoureira); todos por

atos de improbidade administrativa. Segundo o Ministério Público, prefeito e familiares desviaram R$ 560 mil dos cofres públicos. Segundo investigações, as fraudes aconteciam por meio de notas de empenho, liquidações e autorização para pagamentos por serviços fictícios. Na direção das empresas recebedoras, foi identificado o uso de “laranjas, geralmente pessoas simples e sem instrução. O grupo criminoso se apropriou de documentos pessoais de laranjas e tinha o controle sobre cartões, senhas e talões de cheques. As contas foram abertas no Banco Bradesco, sem que as pessoas usadas soubessem. Pelo menos 15 pessoas foram ouvidas na investigação, onde a maioria confirmou a existência do esquema de corrupção. A ação do MPCE foi encaminhada à juíza Carliete Roque Gonçalves Palácio, da Comarca de Assaré, que despachou o processo para a Vara Especializada de Delitos e Organizações Criminosas do Estado do Ceará, em Fortaleza. Até o momento, não há decisão sobre a denúncia.

A gestão do prefeito Pedro Henrique (MDB), em Santana do Cariri, enfrenta nova denúncia na Câmara de Vereadores. O vicepresidente do Legislativo, João Paulo Cabral (PT), acusa a administração de superfaturar a compra de leite UHT. Segundo o parlamentar, a Prefeitura comprou 40 litros de leite a R$ 13 cada, enquanto um litro é vendido por R$ 3,19 em atacadistas de Juazeiro do Norte. A aquisição totalizou R$ 520, quando poderia ter sido de apenas R$ 127,60. O valor total daria para comprar 13 caixas contendo 12 litros de leite cada uma.

O presidente Jair Bolsonaro assinou, na sexta-feira (6), o contrato de concessão do Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes, em Juazeiro do Norte, e de mais cinco terminais do bloco Nordeste que foram arrematados em leilão. A empresa espanhola Aena Desarrollo vai administrar os aeroportos com previsão de início para setembro. Integram o bloco Nordeste, além do aeroporto de Juazeiro. Os terminais de João Pessoa, Campina Grande (PB) e Aracaju (SE). Na quarta-feira (4), em Brasília, os deputados federais caririenses, Pedro Bezerra (PTB) e Idilvan Alencar (PDT), participaram de reunião da bancada cearense com o governador do Ceará, Camilo Santana (PT). Em pauta, a Plataforma de Modernização da Saúde. O encontro tinha o objetivo de fazer com que os deputados cearenses abracem a causa. Camilo afirma que o projeto pretende dar maior agilidade e humanização aos serviços na área de Saúde fornecidos no território cearense. O deputado estadual Nelinho Freitas (PSDB) teve Projeto de Indicação aprovado na quinta-feira (5). A proposta prevê o desconto de 50% nas taxas para renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para pessoas acima de 65 anos. Atualmente, todos os habilitados pagam o mesmo valor, apesar de que pessoas nessa faixa etária precisam renovar a habilitação mais cedo. Para o parlamentar, a medida, que segue para avaliação do governador Camilo Santana, faz justiça com idosos que precisam renovar o documento.

Profile for Ceará News

Jornal do Cariri - 10 a 16 de setembro de 2019  

Jornal do Cariri - 10 a 16 de setembro de 2019  

Advertisement