Issuu on Google+

RESPOSTA AO GUIÃO

1- As grandes transformações na sociedade ocidental deram-se na ciência, arte, economia, política, tecnologia e indústria. 2- Revolução Francesa. 3- Iluminismo; Revolução Americana ; Revolução Francesa; Tomada da Bastilha e Declaração de Direitos do Homem e do Cidadão; Crescimento demográfico; Desenvolvimento técnico e científico; Ascensão da burguesia; Denúncia das injustiças sociais… 4- Os filósofos iluministas enalteceram a Razão, o Progresso, criticaram as injustiças sociais; o poder absoluto dos reis; a concentração de poderes; a intolerância religiosa. Defenderam uma sociedade mais justa e igualitária, o liberalismo político, a educação, a divisão de poderes… 5- Enquanto o ANTIGO REGIME, assentava no poder absoluto dos reis; na divisão da sociedade em ordens ou estratos; e numa economia rural, o LIBERALISMO


defendia os direitos e as liberdades individuais, a livre-concorrência, a valorização pelo trabalho e pelo mérito em vez do nascimento, a igualdade dos homens perante a lei e a divisão da sociedade em classes.

6- Durante o reinado destes reis a França envolveu-se em várias guerras como as dos 7 anos , provocada pela rivalidade económica e colonial entre a Inglaterra e a França, da qual a França saiu delapidada. Este facto contribuiu para o mal- estar generalizado que se fazia sentir no país. 7- 1774- LUÍS XVI sobe ao trono. A FRANÇA passava por uma situação económica e social difícil, e por um clima de crescente insatisfação popular. A afirmação do Iluminismo, a divulgação das doutrinas sociais, a contestação do terceiro estado à carga tributária a que era obrigado, os maus anos agrícolas e os privilégios da aristocracia, contribuíram para a sublevação popular que conduziu à TOMADA DA BASTILHA (símbolo do poder absoluto). Este acontecimento inicia o processo revolucionário através do qual é criada a ASSEMBLEIA NACIONAL CONSTITUINTE , que tomou as seguintes medidas: a


abolição dos privilégios feudais e aprovou a DECLARAÇAO DOS DIREITOS DO HOMEM E DO CIDADÃO. Em 1791, a Assembleia aprovou a CONSTITUIÇÃO que aboliu o Absolutismo e fez da França uma MONARQUIA CONSTITUCIONAL. A Constituição baseava-se em dois princípios fundamentais: a separação de poderes e a soberania da Nação. Seguiu-se um período de grande agitação política e social , do qual se destaca a (FASE DO TERROR) durante a qual o rei e a rainha foram guilhotinados. (1793) Iniciou-se então uma nova etapa da Revolução: A REPÚBLICA BURGUESA. Em 1795 foi aprovada uma nova constituição, que entregou o poder executivo a um DIRECTÓRIO constituído por 5 membros. Os desentendimentos entre eles, levaram a que Napoleão Bonaparte desencadeasse o GOLPE DE ESTADO DE 18 DE BRUMÁRIO . (1779) Dissolve a Assembleia e implanta o CONSULADO. Em 1804 fez-se coroar IMPERADOR e distribuiu altos cargos públicos por familiares e pela elite militar, alta burguesia e antiga nobreza. Criou um grande exército e pretendeu dominar a Europa através de uma política expansionista.


Em 1805 foi derrotado na BATALHA de TRAFALGAR; Em 1806 venceu os aliados na BATALHA DE AUSTERLITZ, e decretou o BLOQUEIO CONTINENTAL do qual resultou para Portugal, as Invasões Francesas e a fuga da família real para o Brasil. Em 1812 perdeu a CAMPANHA CONTRA A RÚSSIA ; Em 1813 foi vencido por uma coligação europeia; Napoleão exilou-se para a Ilha de Elba, enquanto Luís XVIII sobiu ao poder. Voltou a governar a França por CEM DIAS e ao ser derrotado na BATALHA DE WATERLOO (1815), na Bélgica, contra o exército Anglo-Prussiano, foi definitivamente deportado para a Ilha de Santa Helena onde vem a morrer em 1821. O rei Luís XVIIII volta ao trono. No CONGRESSO DE VIENA, os países vencedores estabeleceram um novo mapa político da Europa. 8- Os salões constituíram um meio privilegiado de divulgação das ideias iluministas. Promovidos geralmente por mulheres cultas, reuniam a elite cultural da época. Os temas tratados nestes salões eram os mais variados desde: questões literárias, temas da actualidade, assuntos mundanos, temas artísticos e filosóficos e políticos.


Nestes salões, as pessoas eram distribuídas consoantes os seus interesses, sendo frequente num compartimento haver jogos de salão, noutro confrontos literários e exercícios linguísticos, e ainda reuniões à volta dos filósofos da época, representação de peças de teatro etc. Estes locais de reunião converteram-se em pilares de cultura, determinando orientações estéticas e estilísticas. As mulheres desempenharam um papel importante na divulgação de ideias. Aristocratas, cultas e modernas desafiaram as convenções sociais da época e ocuparam espaços até aí reservados aos homens. 9- Madame de Pompadour, exemplo de uma mulher culta. -Filha de um mercador abastado e influente; - Casou com um homem rico que lhe permitiu ascender socialmente; - Ao seu salão acorreram figuras ilustres entre eles Voltaire; - Era educada, agradável, charmosa e talentosa; -Dominava o inglês e o grego e sabia tocar clavicórdio; - Foi amante do rei Luís XV, teve apartamento próprio em Versalhes;


- Foi protectora das letras e das ciências; - Teve um papel relevante em algumas decisões do rei, entre elas a fundação da Fábrica de Porcelana de Sévres e na expulsão dos Jesuítas. 10O iluminismo foi um movimento filosófico que se desenvolveu no século XVIII, e que defendeu o pensamento racional, a liberdade e o progresso científico como único meio para o homem atingir a felicidade e o bem - estar. Surgiu em Inglaterra com John Locke , e teve forte expressão em França com Voltaire, Montesquieu e Rousseau. Na Alemanha destacara-se Kant e Lessing. 11Os precursores do Iluminismo foram René Descartes defensor do método lógico e racional como base do pensamento científico; Isaac Newton formulou a lei da gravitação universal dos corpos e considerava que a função da ciência era descobrir as leis universais e enunciá-las de forma precisa e racional. Foi o precursor do método científico. John Locke, filósofo inglês, considerado o pai do Iluminismo, sugeria que a experiência é a principal fonte de conhecimento.


12Montesquieu, Voltaire e Rousseau, assim como D’ Alembert e Diderot. 13Jornais, revistas, salões, A Enciclopédia, cafés, maçonaria, universidades e Academias. 14Festa galante insere-se no período Rococó. Nos salões e jardins a sociedade cortesã recria ambientes idílicos e fantasiosos, propícios aos jogos amorosos onde impera a sensualidade, o capricho, a sedução, a elegância, e a sensualidade que constituem o pano de fundo desta sociedade em decadência. A festa cívica tem a ver com o período revolucionário, em que as festas assumem um carácter mais cívico e onde participam as diferentes classes sociais. Na maior parte das vezes são comemorações ou efemérides determinadas pelo Estado.



Resposta ao guião