Issuu on Google+

da

Besta Selvagem à

decomposição pueril


Henri-Émile-Benoît Matisse nasceu em Le Cateau-Cambrésis, Nord, França, e cresceu em Bohain-en-Vermandois, Picardia, França, em 1869. Matisse em 1933


Foi para Paris em 1887 estudar direito e trabalhou como administrador no tribunal de Le Cateau-Cambrésis. Depois de um ataque de apendicite começou a pintar, impulsionado pela mãe mas contra a vontade do pai. Por ter encontrado “uma espécie de paraíso” na pintura, como ele próprio a descrevia, decidiu voltar para Paris em 1891 e estudar na Academia Julian. Começou por pintar paisagens e naturezas mortas.

A mesa de jantar 1896


Em 1897 e 1898, visitou o pintor John Peter Russell na ilha Belle-Isle, na costa da Bretanha. Russell introduziu-o no impressionismo e mostrou-lhe o trabalho de Van Gogh (que era amigo de Russell, mas ainda desconhecido na ĂŠpoca). O estilo de Matisse mudou completamente, levando-o a afirmar que fora Russell quem verdadeiramente lhe mostrara a cor.

John Peter Russell


Matisse foi influenciado pelas obras de Nicolas Poussin, Antoine Watteau, Jean-Baptiste-Siméon Chardin, Edouard Manet, e os pós-impressionistas Cézanne, Gauguin, Van Gogh e Signac, e também por Auguste Rodin. Matisse mergulhou no trabalho dos outros e endividou-se comprando trabalhos de muitos dos pintores que admirava. Na percepção de Cézanne da estrutura e cor pictóricas Matisse encontrou a sua principal inspiração.

Matisse por André Dérain 1905


Auto-Retrato 1900


La Vision après le Sermon, Gauguin 1888

Le Bonheur de vivre 1905-1906


Port St. Tropez, Paul Signac 1901

Luxe, calme, et volupte 1904-1905


Com a modelo Caroline Joblau teve uma filha, Marguerite, nascida em 1894. Em 1898 casou-se com AmĂŠlie Noellie Parayre; os dois educaram Margarida juntos e tiveram dois filhos, Jean (nascido a 1899) e Pierre (nascido a 1900). Marguerite servia frequentemente de modelo para Matisse.

Marguerite 1906

Marguerite a ler 1906


A linha verde (a senhora Matisse) 1905

Mulher com chapĂŠu (a senhora Matisse) 1905


Auto-Retrato 1906


Fez a sua primeira exposição em Paris em 1904, mas não obteve sucesso. No ano seguinte, juntamente com o grupo, expôs no salão de Paris; ficam conhecidos como os fauves e Matisse como líder. Matisse conseguiu reputação internacional, exibindo em Paris e na Alemanha. Em 1908 fundou a Academia Matisse para uma seleção de estudantes cosmopolita e publicou as "Notas de um Pintor“. Matisse dividia o seu tempo entre Saint-Tropez e Nice. Recebeu ainda inflências cubistas apesar de nunca se ter juntado ao grupo.

“Para um pintor, não há nada mais difícil do que pintar uma rosa, porque para o fazer ele tem primeiro que esquecer todas as rosas alguma vez pintadas.”


Matisse com “O Escravo”, antes de decidir eleminar-lhe os braços 1902

Matisse a trabalhar em “Dance” 1909


Matisse com Madame Matisse Nice, 1929

Estudio de Matisse Vince (sem data)


“Desenhar é como fazer um gesto expressivo, com a vantagem da permanência”


Interior com violino 1917-1918

Estilo de vida de Sevilha 1910-1911


A Danรงa I 1910


A Danรงa II 1910


The Daydream de J. Steward Johnson Key West, Filadelfia, USA


Recortes

A Queda de Icarus 294 x 350 cm 1943


Jazz (1943)

O Circo

O Palhaรงo


Torso Branco e Torso Azul


Painel com mรกscara 1947

A danรงarina crioula 1950


Face – Flower Tinta da China e Guache 1948


La Gerbe 294 x 350 cm 1953


Matisse