Page 1

Niterói

N I T E R Ó I Ano XXXVIII | www.cdlniteroi.com.br

LUMARJ comemora 20 anos Empresa busca humanizar o setor imobiliário ARTIGO CDL JOVEM

YES, NÓS TEMOS BLACK FRIDAY!

Aos poucos, Brasil abraça a data

UNIÃO

SECRETÁRIO DE TRÂNSITO NA CDL

Diretores da entidade sugerem mudanças

CIDADE

NOVO CARTÃO-POSTAL Mudanças no Centro e na orla de Niterói

NOVEMBRO 2019 | EDIÇÃO #595


editorial

N I T E R Ó I

De Utilidade Pública: Estadual, Lei n° 5579/65/ Municipal, deliberação n° 2539/65 CONSELHO SUPERIOR Presidente: Joaquim Manuel de Sequeira Pinto Vice-presidente: Ademir Antunes Carvalho MEMBROS DO CONSELHO SUPERIOR Antonio Carlos Costa Pires, Domingos de Carvalho Rodrigues, Elida Gervásio Gouvêa, Fabiano Gonçalves, Ithamar Torres Macen, Orlando Cerveira Francisco, Oswaldo Rodrigues Viera, Roberto Maurício Rocha, Ruan Carlos Teixeira de Oliveira e Salomão Guerchon DIRETORIA ADMINISTRATIVA Presidente: Luiz Vieira Vice-presidente: Manoel Alves Junior Diretores: Claudio Fonte Boa Pereira, Jorge Ivan Campos da silva, Jorge Gentile, Jorge Luiz Amorim Carvalho, Luiz Guilherme Guedes, Marinho Marcelino Neiva Filho, Rogério Rosetti, Sidney Moyses Vianna Freire. Suplentes: Joaquim Ferreira Dias e Luiz Vasconcelos de Lima CONSELHO EDITORIAL Luis Vieira e Joaquim Pinto SERVIÇOS DA CDL Serviço de proteção ao crédito, serviço de relações com usuários, central de informações, central de cadastro, central de processamento de dados, assessoria técnica, consultoria jurídica, serviço de documentação e divulgação e serviço de administração COORDENAÇÃO Carlo Filardi e Gisele Duarte. Redação: Gisele Duarte. Diagramação e design: Carlo Filardi. Assessoria: Gisele Duarte. Edição: Carlo Filardi e Gisele Duarte. Fotos: Gisele Duarte PRODUÇÃO: Estúdio YUBÁ Publicação dirigida da CÂMARA DE DIRIGENTES LOJISTAS DE NITERÓI, contendo legislação, índices econômicos e condensado de notícias e informações de interesses do comércio lojista. Distribuição: Câmaras de Dirigentes Lojistas, Associações Comerciais, Federações do Comércio, sindicatos e demais entidades de classe do País, identificadas com as atividades do comércio, bem como empresários e executivos especialmente cadastrados. O LOJISTA utiliza as seguintes fontes para editar o condensado de notícias: O Globo, Jornal do commercio, A Tribuna, O Fluminense e Diários Oficiais. Os índices, estatísticas e projeções são cuidadosamente compilados, de acordo com os últimos dados disponíveis no fechamento da edição. O uso dessas informações para fins comerciais e de investimentos é de exclusiva responsabilidade e risco dos seus usuários. IMPORTANTE: As matérias assinadas são de responsabilidade de seus autores.

Encontros Mais um mês com eventos relevantes para o comércio da cidade. Os cafés empresariais, que acontecem mensalmente na Região Oceânica e na nossa sede, tiveram como tema o planejamento estratégico e a modernização das lojas. Recebemos os secretários de trânsito e mobilidade de Niterói para propormos soluções e conhecer os projetos da Prefeitura. Além de prestarmos homenagens àqueles que fazem parte da nossa história. O primeiro Café, em Itaipu, Nathalia Ouro falou sobre o poder do mundo digital, da experiência do cliente e da história que se transmite. Já no segundo, na CDL Niterói, recebemos Paola Baroncini, que reforçou a importância da antecipação para o sucesso de um negócio e apontou mudanças que podem ser feitas para alcançar esse resultado. Realizamos um encontro com o coronel Paulo Afonso, secretário de trânsito de Niterói, no qual diretores da CDL Niterói propuseram mudanças nas principais vias da cidade. Também recebemos Renato Barandier, secretário municipal de Urbanismo e Mobilidade, que apresentou o projeto para a Orla de Icaraí e de Gragoatá, da Concha Acústica e da Marquês de Paraná. Por fim, homenageamos mais uma vez o comércio local. A Lumarj, loja que comemora 20 anos de atividade, conta sua história de inovação dentro do setor imobiliário e as modificações que segue implementando em seu empreendimento. Todas as iniciativas da CDL Niterói são voltadas para o desenvolvimento de uma boa ambiência de negócios. Boa leitura. Unidos somos mais fortes.

Luiz Vieira Presidente

ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA: Rua General Andrade Neves, 31, Centro, Niterói, RJ - CEP: 24210-000 / Tel.FAX: (21) 2621.9919 IMPRESSÃO: Gráfica Power Print (21) 3078.4300 Circulação mensal nacional / tiragem 5000 exemplares

03

revista cdl niterói


índice # 595

Novembro 2019 21

reconhecimento PowerPrint ganha na categoria cardápio o Werner Klatt

06

24

café empresarial

Em outubro, Café Empresarial da CDL Niterói debate as tendências do comércio e a organização para as lojas

16

união

nova loja

Conheça a trajetória de uma empresa imobiliária que busca estreitar as relações no setor

Diretores da CDL se reúnem com o coronel Paulo Afonso, secretário de trânsito de Niterói

20 curtas

10

conheça Astral busca desmistificar o serviço de controle de pragas urbanasnomia

1) ISPC Brasil é registrado no Banco Central para operar novo Cadastro Positivo 2) Maioria dos brasileiros ainda têm dificuldade em adotar práticas de consumo consciente, 3) IPara 41% dos brasileiros, tecnologia deve permitir mais autonomia nos processos de compra, 4) Mesmo com recuperação lenta, sete em cada dez micro e pequenos empresários estãootimistas com futuro da economia

Colunista do mês de Novembro • Roberta Rocha - CDL Jovem • Sidney Moyses

04

28 cidade

Mudanças no Centro e na orla de Niterói


A proteção que você precisa sob medida para sua empresa. O Vida Empresarial é o seguro de vida em grupo criado, especialmente para pequenas e médias empresas, que oferece opções variadas de proteção para que você contrate de maneira fácil a melhor solução para o tamanho e o orçamento do seu negócio. Invista na sua competitividade com um plano simples de contratar que é calculado de acordo com o risco do seu ramo de atividade.

Faça uma consultoria personalizada, sem compromisso, com nossos especialistas. Mongeral Aegon Niterói – (21) 2620-9745

Central de Relacionamento: 4003-3355 (capitais e regiões metropolitanas), 0800 881 3355 (todas as localidades), 0800 771 5472 (deficientes de fala ou audição) ou sac@mongeralaegon.com.br Este anúncio contém informações resumidas. Para informações completas sobre o plano, consulte as condições gerais ou o regulamento. Planos garantidos por Mongeral Aegon Seguros e Previdência S.A., CNPJ 33.608.308/0001-73. Processos SUSEP: Global Uniforme: 15414.901604/2018-18; Livre Escolha: 15414.003037/2012-47. O registro desses planos na SUSEP não implica, por parte da Autarquia, incentivo ou recomendação à sua comercialização. O segurado poderá consultar a situação cadastral de seu corretor de seguros 05 revista cdl niterói no site www.susep.gov.br, por meio do número de seu registro na SUSEP, nome completo, CNPJ ou CPF.


café empresarial

Modernização e planejamento Em outubro, Café Empresarial da CDL Niterói debate as tendências do comércio e a organização para as lojas A modernização das lojas foi o tema da vez no Café Empresarial realizado no Restaurante Noi, em Itaipu, Região Oceânica. Nathalia Ouro falou sobre o poder do mundo digital, da experiência do cliente e da história que se transmite. Além disso, o evento contou com a presença de Fabiano Gonçalves, vice-presidente da FCDL, que compartilhou os principais projetos de interesse dos empresários. O presidente Luiz Vieira abriu o Café com um discurso informativo. Comentou sobre a experiência que teve no IV Fórum Nacional do Comércio, evento que aconteceu em Brasília, em setembro, nos dia 17 e 18, e suas considerações sobre a situação econômica do país: “Para sair da crise precisamos que o poder público diminua a carga, que haja uma reforma tributária, e também de emprego”. Ele passou a fala para Fabiano, que comentou os avanços da reforma tributária e a importância de sua aprovação para a melhora financeira do setor comercial. novembro 2019

Em seguida, a palestrante convidada, Nathalia Ouro, explicou as transformações que aconteceram nas lojas e nos hábitos de consumo: “Agora, além do físico, é importante também estar nas redes sociais”, disse. E completou: “A experiência do usuário conta muito. Ele já tem informação, já pesquisou. Ele busca um diferencial. E é aí que entra a história que a marca conta. Ela vende e é uma maneira de dizer quem você é”. Como exemplo, ela citou a primeira empresa de turismo do mundo, Thomas Cook, que embora fosse grande e pioneira no setor, não sobreviveu às mudanças e fechou as portas. “Eles não conseguiram acompanhar as tendências.. Se você não estiver conectado, pode ficar de fora do mercado. É necessário considerar o contexto por inteiro”. O avanço da tecnologia, a venda online, o uso das redes sociais e o celular, muitos hábitos mudaram. E o comércio tenta acompanhar: algumas lojas 06


café empresarial

Reforça ainda que a iluminação também deve ser planejada: “O ideal é utilizar luzes amarelas, que sejam econômicas e sustentáveis, sem pesar no valor final do produto”. Tudo isso, claro, sem esquecer do atendimento. “Não adianta ter tudo isso e pecar na recepção do cliente. O vendedor passa a ideologia da empresa, muito mais do que a informação sobre um produto”, afirma. O resultado do conjunto é o que vai definir a atratividade do empreendimento. “Não adianta ter um vestido de mil reais na vitrine e ele estar todo amaçado. O que você comunica? É importante que o empreendedor compartilhe as suas visões, para que todos saibam qual é o seu objetivo e tenha a transparência no negócio. É o isso que vai levar a resultados positivos”, concluiu. Já no segundo Café, na sede da CDL Niterói, no dia 8, o tema foi “Antecipe o seu Sucesso”. Pequenos, médios e grandes empreendedores precisam de planejamento. Essa é uma fala de Paola Baroncini, palestrante do encontro, que reforçou a importância da antecipação para o sucesso de um negócio e apontou mudanças que podem ser feitas para alcançar esse resultado. O Café também contou com a presença de Renato Barandier, secretário municipal de Urbanismo e Mobilidade, que apresentou o projeto da prefeitura para revitalização da Orla de Icaraí e de Gragoatá, da

já implementaram vitrines interativas e apostam também no user experience, como o Itaú, que oferece bicicletas. “Com isso, eles querem passar uma mensagem de ecologia e sustentabilidade. Além de oferecer um agrado aos clientes. Assim como algumas lojas que servem bebidas durante a experiência de consumo”, explicou. Uma maneira de agregar valor aos serviços oferecidos. Ela reforça um fator fundamental: simplicidade. “Faça tudo mais simples, mas não o mais fácil possível. Não é para fazer de qualquer maneira, mas é importante a gente começar a simplificar o que precisa ser feito”, afirmou. Outros pontos destacados foram a história que a empresa quer contar, a emoção que deseja transmitir e o valor, como ela irá agregar a vida daquele consumidor. “O moderno hoje é ser verdadeiro e transparente. Trabalhar a sua essência. Cada vez mais, é importante que você seja verdadeiro para que as pessoas acreditem em você”, analisa. As mídias cumprem hoje um papel chave para a transmissão dessas mensagens, como Nathalia explica: “Se você tem uma vitrine chamativa, as pessoas vão tirar fotos que podem ajudar a divulgar a sua empresa. Uma mídia orgânica e espontânea. Muito importante além da história, da mensagem e do valor, é a organização”. Ela cita como exemplo a Livraria da Travessa, que faz vitrines temáticas e utiliza o círculo cromático. 07

revista cdl niterói


café empresarial

mundo mudou e nós temos que nos adaptar. Para planejar o nosso negócio, temos que entender o que está acontecendo ao nosso redor”. Análise que leva a uma mudança de vida. Como exemplifica a palestrante: “Muitas vezes temos ideias que só ficam nas nossas cabeças porque não temos um planejamento para elas”. Para ela, a organização antecipa possíveis problemas, leva a uma otimização do tempo, estimula o processo de inovação e reduz os custos. Uma oportunidade para mudar. “Nas grandes empresas nas quais trabalhei, outubro era o mês de planejar o ano seguinte. Por isso reforço, estamos no momento perfeito para planejar o nosso futuro”, disse a palestrante. “A implementação é tão importante quanto a sua concepção. Precisamos sair daqui e colocar em prática para podermos ver os resultados no próximo ano”, concluiu.

Concha Acústica e da Marquês de Paraná. E foi palco de uma homenagem ao ex-presidente da instituição, Manoel Alves. O presidente da CDL Niterói, Luiz Vieira, entregou a placa a Manoel Alves jr. Durante a palestra, Paola passou estratégias que podem ser aplicadas para otimizar o processo, como determinar metas e indicadores. Apontou ainda cinco etapas do planejamento: revisar ou definir a missão, a visão e o valor, desenvolver a análise de swot, definir os principais objetivos, traçar planos de ação e estabelecer orçamento e métricas. “É fundamental observar as oportunidades e explorar isso. Uma lacuna é uma demanda. Inovar é encontrar essa demanda e encontrar uma solução”, disse. Ela revela que o segredo é a simplicidade: “O planejamento deve ser acessível e ter uma linguagem compreensível a todos, ele deve inspirar não só os líderes, mas a todos os colaboradores”. E alerta:“O

novembro 2019

08


䈀愀氀挀漀 搀攀 攀洀瀀爀攀最漀猀

09

revista cdl niterói


conheça

Saúde e comprometimento Astral busca desmistificar o serviço de controle de pragas urbanas A Astral é uma empresa prestadora de Serviços de Controle de Vetores e Pragas Urbanas, que são alguns animais indesejados, como baratas, roedores, formigas, cupins, moscas, mosquitos, entre outros, que colocam em risco a saúde das pessoas. E, além disso, também oferece outro serviço essencial para a proteção da saúde: a higienização do reservatório de água, ou, como é mais popularmente conhecido, a limpeza de caixa d'água. Atuam em Niterói e municípios vizinhos há mais de 20 anos atendendo clientes de todos os segmentos e portes, desde residências até grandes corporações como a Petrobrás. “Com o mesmo padrão de qualidade de quem conquistou a certificação ISO 9001, é que atendemos a todos os nossos clientes do comércio, serviços e indústrias, incluindo restaurantes, supermercados, lojas, condomínios comerciais e residências, além de escolas, clínicas médicas, hospitais, fábricas, estaleiros e até navios ancorados na Baía de Guanabara”, conta Antônio Ribeiro, diretor. novembro 2019

Ele compartilha o grande desafio da empresa: valorizar os serviços que oferecem. “A essência de nosso trabalho é proteger a saúde das pessoas e a imagem das empresas. Isso demanda uma grande carga de conhecimento, tecnologia e autorizações legais, mas infelizmente o mercado ainda percebe esse tipo de serviço como uma atividade de baixa complexidade e de pouco valor agregado”, desabafa. Além disso, trava uma batalha comum a todos do setor: a crise financeira do país. “Vivemos o desafio de atravessar esse período de incertezas sem deixar de aproveitar as oportunidades, que certamente surgirão, em um futuro com ambiente mais favorável aos negócios”, fala. Como uma método para se destacar e desenvolver a empresa, Antônio aposta na capacitação de seus funcionários. Conheceu a Câmara de Dirigentes Lojistas de Niterói através dos Cafés Empresariais e logo se identificou com o propósito da entidade. “Vislumbramos a seriedade do trabalho, o comprometimento de sua 10


conheça administração com a geração de negócio em nossa região e a disciplina em manter essa dinâmica viva e pulsante”, afirma. E completa: “Percebemos afinidades e também que muitas de nossas necessidades poderiam ser atendidas através da CDL, que em contrapartida também sai fortalecida. Assim, integrar a associação foi uma decisão natural”. Atualmente apoiam e aproveitam várias iniciativas da CDL, como certificação digital e uso da base de dados, mas em especial os workshops e cursos. Os treinamentos da CDL, gratuitos para os associados, fazem parte do Plano de Treinamento Anual da Astral. “A relevância dos temas e a propriedade com que são ministrados pelos palestrantes fazem desses cursos uma atividade obrigatória em nossa empresa”, comenta. Segundo Antônio, a participação dos colaboradores nos treinamentos cumpre uma função maior do que o desenvolvimento profissional e pessoal, proporcionam a oportunidade de troca de experiências, quebra da rotina e sobretudo fazem o colaborador se sentir valorizado ao perceber que a empresa investe nele. “Muitos colaboradores querem participar de todos os treinamentos e nós estimulamos isso. Os profissionais mais qualificados e com uma visão mais ampla, têm um potencial maior de contribuição para a empresa e para a sociedade”, diz. Ele já nota mudanças desde que implementou os treinamentos na rotina de seus colaboradores. “O funcionário se sente valorizado e aprecia a empresa pelo seu desenvolvimento e, ao mesmo tempo, o seu nível de comprometimento aumenta”, afirma. Até mesmo os profissionais mais experientes têm a oportunidade de conhecer novos conceitos e tendências, como explica o diretor: “Nossa vida é uma jornada de aprendizado”.

Para Antônio, o ganho mais evidente é a mudança na atitude das pessoas. “Ao ampliar as perspectivas dos profissionais, com mais conhecimentos e experiências, os próprios percebem que podem fazer mais e melhor”, analisa. Ele explica que o benefício não se traduz apenas no ganho direto, como na melhora de desempenho nas atividades do cotidiano, mas, principalmente, na construção de um ambiente mais favorável a superação dos limites: “Estamos falando da consolidação ou até mesmo da construção da cultura da empresa”, conclui.

11

revista cdl niterói


novembro 2019

12


artigo

Yes, nós temos Black Friday! Aos poucos a data ganha espaço no calendário do comércio

O

Para se preparar para a ocasião, a dica é aperfeiçoar o setor de compras, buscando produtos para esta data e não só “colocar pra fora” aquilo que se acumulou no estoque, além de traçar estratégias de comunicação voltadas para o ambiente digital, com atualizações no site da marca e explorando as principais redes sociais. Evitar os cancelamentos de compras, já que muitos clientes podem comprar por impulso também faz diferença no resultado final. Orientar bem e tirar as dúvidas do consumidor sobre o produto, promovendo uma venda esclarecedora, simples e atrativa evita a possibilidade de desistência da compra ou problemas com troca ou pedidos de devolução. Acreditamos que, seguindo essa dicas e fazendo um bom planejamento, confiando nesta época do ano como mais uma data importante também para o varejo de lojas físicas, é possível movimentar ainda mais o fim de ano!

dia 28 de novembro de 2010 mudou o calendário dos lojistas e a forma de os consumidores comprarem: surgiu a Black Friday. A primeira edição foi realizada apenas por comércios online, com a participação de algumas empresas, mas já se consolidou e tomou conta de todo o comércio físico. A data continua especial para o e-commerce, mas, a boa notícia é que nas lojas físicas, também tem ganhado sua importância e tem feito alguma diferença. Com números mais expressivos, é natural que todos os lojistas queiram aproveitar a oportunidade para incrementarem as vendas. Contudo, não basta só anunciar descontão. Os preparativos vão muito além das ofertas. Há a necessidade de fazer uma boa aquisição de produtos para um estoque disponível para atender clientes cada vez mais criteriosos. E muito importante: É preciso estar alinhado com a expectativa desse cliente com relação ao preço competitivo. O que isso quer dizer? Que o consumidor está mais atento às falsas promoções, as famosas Black Fraudes, como ficaram apelidadas. O consumidor, com a facilidade de informações pela internet, pesquisa com antecedência e evita cair no famoso ditado: tudo pela metade do dobro.

POR ROBERTA ROCHA CDL Jovem

13

revista cdl niterói


Nosso trabalho ĂŠ deixar vocĂŞ cada vez mais tranquilo.


agenda

Programação CDL 2019 Os workshops do Sebrae são gratuitos.

Café Empresarial Região Oceânica 5 de Novembro

- Como Alavancar suas Vendas?

Café Empresarial Centro de Niterói 12 de Novembro

- (técnicas de arrumação) – Vitrinismo.

Workshop 19 de Novembro

- O que nos faz felizes no nosso ambiente de trabalho.

Cursos 12 e 13 de Novembro

- Pratique - comunicação não violenta

*Alguns temas podem mudar de acordo com a disponibilidade do palestrante, sem aviso prévio. Verifique sempre junto à administração. Fique ligado!

Calendário Confira as datas comemorativas e feriados

• • •

Feriado para quem trabalha no comércio Feriados Datas comemorativas

NOVEMBRO

DEZEMBRO

02 SÁB - finados 15 SEX - proclamação da república 20 QUA - dia nacional da consciência negra 22 SEX - aniversário de niterói

24 TER - véspera de natal 25 QUA - natal

15

revista cdl niterói


loja nova

Administrar é uma arte Lumarj comemora 20 anos no mercado imobiliário Ao observar um mercado imobiliário que não atendia as demandas dos investidores, Maurício Moisés decidiu montar uma empresa familiar para apresentar um novo modelo ao setor: uma gestão de condomínio com transparência e, mais do que isso, que valorizasse os imóveis no mercado. Assim, há 20 anos, nascia a Lumarj, unindo administração de condomínios, facilities e gestão imobiliária, venda e locação de imóveis. Ela surgiu como resposta para uma demanda do mercado imobiliário: o setor era repleto de empresas de contabilidade, mas necessitava de especialização em gestão de condomínios, que visassem a coparticipação. Resumidamente, a área, em ascensão, era carente de inovação. “Começamos com o objetivo de apresentar um novo modelo que fosse integrado aos síndicos. Percebemos que só fazer a contabilidade não supria todas as necessidades dos clientes”, relembra Maurício Moises, diretor da Lumarj. novembro 2019

Também sócio-fundador, o empreendedor começou sua carreira administrando bens de família. Depois, abriu a Lumarj no Rio de Janeiro e, oito anos depois, fixou a sede em Niterói. “Quando nós iniciamos, encontramos aqui um modelo antigo. O nosso desafio era descobrir como poderíamos mudar a mentalidade dos administradores de condomínio e conscientizá-los sobre importância que eles têm para a valorização dos imóveis”, conta. Desafio que move a empresa. “Não se tinha noção das obrigações da administração dos bens de terceiros. O fato é: a contabilidade de uma empresa é totalmente diferente de um serviço voltado para um condomínio”, afirma. Para ele, administrar é antecipar os problemas e dar continuidade ao patrimônio. “Esse tipo de trabalho tem a finalidade de gerar rentabilidade para os imóveis. Uma propriedade mal administrada, naturalmente se deprecia, perde o seu valor de mercado, e o sonho da casa própria acaba se dilapidando com o tempo”, explica Maurício. 16


loja nova

Administrar é antecipar os problemas e dar continuidade ao patrimônio. Esse tipo de trabalho tem a finalidade de gerar rentabilidade para os imóveis

,, Mauricio Moises Diretor Lumarj

Os imóveis são vistos por ele como um bem que precisa de constante cuidado e manutenção. “Quando se faz esse tipo de investimento é porque se pretende alugar e, para isso, é necessário ter uma boa conservação e, principalmente, no caso dos apartamentos, um condomínio que não comprometa a rentabilidade do imóvel”, analisa. “Administrar é uma arte e nós precisamos entender bem disso”. O propósito da Lumarj, como Maurício compartilha, é ter um relacionamento transparente e, mais do que isso, valorizar o imóvel no mercado. Ele explica que o condomínio é uma instituição na qual existem co-participações, co-proprietários, todos em busca do mesmo fim: o bem-estar e a valorização do patrimônio. Também unidos para alcançar esse objetivo, a família Moisés se posiciona contra a impessoalidade no setor. Jéssica Moisés, diretora de gestão e processos, acredita que a participação de todos os envolvidos é fundamental para que o condomínio não se torne um comércio, o que prejudica a administração e reflete nos proprietários. “Quando o condomínio começa a ter uma postura muito formal, fria, e se esquece da questão democrática, o que perde é a qualidade de vida”, argumenta. Para a diretora, um dos papéis da Lumarj nos condomínios é levar uma linguagem mais leve para a comunicação entre as pessoas. “Áreas comuns sofisticadas não têm um impacto real, se os moradores não interagem. Qual é a qualidade de vida que você está passando para eles?”, questiona. Embora ache desafiador transmitir o novo método, ela investe em treinamentos, orientação e oferece uma estrutura

para os colaboradores. Um braço da Lumarj em cada condomínio, esse é o lema da empresa, que se esforça para mudar o mercado. Mesmo cercados por incertezas trazidas pela crise financeira do país. Mauricio Moises Júnior, diretor comercial, fala sobre o déficit habitacional que ainda diminui o poder de compra da população: “É uma balança, quando você restringe o crédito, se aumenta a locação. E ao liberar, a transação de imóveis também cresce. Hoje, estamos com uma balança negativa em relação a limitação. Mas a Caixa se posicionou dizendo que irá reduzir o juros imobiliário, o que tende a melhorar o mercado imobiliário até o primeiro trimestre de 2020”.

17

revista cdl niterói


loja nova

Segundo o diretor comercial, 2019 foi considerado o pior primeiro ano de um mandato, o que impacta no crédito e na confiança de um comprador na hora de assumir um compromisso financeiro. “Esse ano tivemos um aumento significativo na procura por aluguéis e a venda teve uma queda drástica”, desabafa. Para se opor a crise a solução encontrada foi a adaptação às demandas do mercado e, além disso, a inovação. “Mais de 60% das pessoas hoje acessam a busca de vendas e aluguel de imóveis via mobile. Não adianta fazer um bom trabalho e não expor isso”, exclama . O site responsivo se tornou obrigatório. “Se você não oferece esse tipo de serviço, você perde o clien-

novembro 2019

te. Ele talvez nem chegue até você. Não é mais um diferencial, é uma necessidade”, afirma. Há sete anos, a Lumarj mudou o sistema, que na época era o mais moderno, e desde então se destaca como uma das mais tecnológicas. “Tudo que tem de tendência no mundo nós tentamos trazer para cá. O mercado de Niterói é bem característico, regional e pessoal. Então nós nos adaptamos e, apesar de oferecermos ferramentas inovadoras, também realizamos visitas. Trabalhamos para levar mais comodidade a todo tipo de cliente”, explica. Uma das novidades é a possibilidade de visualizar o balancete do condomínio pelo celular. Dessa forma,

18


loja nova

o colaborador consegue acessar as contas pagas no mesmo dia, através de um aplicativo e um sistema online. Ele não precisa mais esperar até o final do mês, o que era uma das grandes queixas dos condôminos. Tudo isso, Maurício Júnior promete, não se trata só da velocidade da informação, mas também de uma relação de confiança. “Nós prezamos pela transparência para todos os clientes, ou seja, não é só o síndico que tem acesso às informações, o condômino também tem. Isso faz com que você vincule a tecnologia a credibilidade do serviço”. Também esbanjam um avançado sistema de contas a pagar, com a opção de débito automático, ferramentas de departamento pessoal, CRM para filtrar os atendimentos e os retornos, e já fazem planos para os próximos projetos. Um deles, uma rede profissional de prestadores de serviços voltada para condomínios. Parte de uma busca pela proximidade entre a administradora e os colaboradores. “Oferecemos uma comunicação mais direta aliada a tecnologia”. A legislação de condominios também mudou. Com a alteração do código civil, passou a ser fiscalizado como empresa, embora não seja uma. “Antigamente você gerava uma folha e pagava uma guia ou decla-

rava no final do ano. Hoje temos o e-social, durante o mês é necessário enviar as informações do colaborador em tempo real”, conta Maurício Moisés. Uma série de novas demandas, que são atendidas através da tecnologia e de medidas que tornam os processos mais cômodos. Como gerentes que vão até o local para estudar a situação e orientar de acordo com a necessidade de cada cliente. Apoio jurídico e disparo de e-mails com informações sobre o que acontece no condomínio, quedas de luz, obras, dedetizações, entre outros. Um pacote de serviços que não para de crescer. A Lumarj agora investe na capacitação de seus funcionários e na terceirização da mão de obra. Um ponto alto de 2019, que promete de manter para o próximo ano. “Existe uma demanda para a terceirização de serviços. Observamos essa mudança e estamos engajados para atender”, conta a diretora de gestão e processos, Jéssica. Tantos planos não seriam realizados sem o apoio que recebem, como explica o fundador: “Não conseguiríamos nada disso sem os nossos colaboradores, eles e os cliente é quem fazem a empresa. A Lumarj cuida do colaborador e o colaborador cuida do cliente. Sem essa relação, não faz sentido”.

19

revista cdl niterói


curtas

1

SPC Brasil é registrado no Banco Central para operar novo Cadastro Positivo

2

O Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) recebeu, no dia 11 de outubro, o registro de autorização do Banco Central para operar as bases de dados do novo Cadastro Positivo. Dessa forma, a expectativa é de que a partir do início de novembro, bancos e demais instituições financeiras, assim como as empresas prestadoras de serviços de telefonia, água e luz, comecem a enviar as informações cadastrais e o histórico de pagamento dos consumidores para os bureaux de crédito.

3

Pesquisa da CNDL e do SPC Brasil aponta que 97% da população possui alguma dificuldade para adotar práticas de consumo consciente. O preço dos produtos orgânicos e a separação do lixo para reciclagem são as principais barreiras apontadas. Para 41% dos consumidores, melhores hábitos estão associados a aspecto financeiros, como evitar desperdício e compras desnecessárias. Indicador mostra que 58% são considerados ‘consumidor em transição’.

Para 41% dos brasileiros, tecnologia deve permitir mais autonomia nos processos de compra

4

Os consumidores têm acesso a todo tipo de informação pela internet, o que os deixa mais exigentes com relação ao atendimento. Um levantamento da CNDL e do SPC Brasil revela que 41% dos brasileiros esperam que a tecnologia proporcione mais autonomia no consumo e 26% que a experiência de compras seja mais prazerosa. São dados expressivos: 90% dos que já experimentaram a realidade virtual afirmam que ela contribui para a decisão de compra de um produto ou serviço e 78% possuem algum aparelho com ‘internet das coisas’. Por outro lado, 28% dizem que se sentem desconfortáveis com as novas ferramentas de consumo e que se sentem mais confortáveis com o contato com atendentes e vendedores.

novembro 2019

Maioria dos brasileiros ainda têm dificuldade em adotar práticas de consumo consciente

Mesmo com recuperação lenta, sete em cada dez micro e pequenos empresários estãootimistas com futuro da economia

Os empresários recuperam o otimismo nos setores varejista e de serviço. Dados do Indicador de Confiança da Micro e Pequena Empresa revelam que 67% dos micro e pequenos empresários estão confiantes com o cenário econômico para o próximo semestre. A pesquisa revela que 40% apoiam medidas adotadas por equipe econômica do governo e 33% dos MPEs relatam melhora no próprio negócio.

20


reconhecimento

Gráfica de Niterói é premiada

PowerPrint ganha na categoria cardápio o Werner Klatt

Niterói se mantém no radar do setor gráfico. Única do leste fluminense, PowerPrint, antiga Primil, é premiada com o Werner Klatt. Destaque na categoria cardápio com um projeto desenvolvido para o Restaurante Noi, também clássico niteroiense. A cerimônia, que aconteceu em setembro, 27, foi a 16ª edição do Prêmio de Excelência Gráfica Werner Klatt, resultado de uma parceria entre a Firjan SENAI e o Sindicato das Indústrias Gráficas do Município do Rio de Janeiro. O prêmio busca estimular o setor gráfico e dar reconhecimento aos melhores do mercado. São 46 categorias disputadas, esse ano, com 503 produtos inscritos. Grande disputa que teve a Powerprint entre os vencedores da noite, representando Niterói.

21

revista cdl niterói


novembro 2019

22


nota oficial

Reforma da Previdência Pronunciamento da CNDL sobre o tema É com satisfação que a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) recebe a notícia da aprovação da Reforma da Previdência pelo Congresso Nacional. A Entidade vem a público reconhecer e comemorar o empenho do governo Federal e do parlamento na condução dos trabalhos que resultaram na modificação do sistema previdenciário brasileiro. Com as novas regras será possível obter uma economia de, pelo menos, R$ 800 bilhões com ganhos fiscais ao longo dos próximos dez anos. Para a CNDL, este é um passo essencial para garantir a viabilidade do sistema de seguridade social do país. Os primeiros sinais positivos já parecem. Hoje, no dia da sua aprovação, o dólar teve a maior queda em quase dois meses, e a bolsa de valores voltou a bater recorde. A CNDL acredita que a Nova Previdência vai contribuir para o equilíbrio das contas públicas e, juntamente com as reformas tributária, administrativa

e política, que ainda passarão pelo crivo do parlamento, garantirá um ambiente de confiança para a retomada dos investimentos e um cenário propício ao desenvolvimento econômico.

23

revista cdl niterói


união

Secretário de Trânsito visita a CDL Niterói Diretores da CDL se reúnem com o coronel Paulo Afonso, secretário de trânsito de Niterói A CDL Niterói tem se dedicado a unir empresários e o setor público, e, assim, contribuir para o diálogo entre as duas partes. Na última semana, dia 4, a entidade recebeu o coronel Paulo Afonso, secretário de trânsito de Niterói. O debate levou a uma proposta que, se aprovada, promete movimentar o comércio no Centro. O coronel se reuniu com os diretores da CDL, que apontaram alguns pontos de atenção do trânsito da cidade. “Acho importante ver o lado do comércio antes de implementar uma grande mudança. Por exemplo, a ciclovia prejudicou o fluxo de clientes e, consequentemente, houve uma queda das vendas. O que refletiu, inclusive, na demissão de uma série de funcionários”, afirmou Ademir Antunes Carvalho, proprietário da Nippon Importadora. novembro 2019

Os diretores propuseram fechar uma pista da Avenida Ernani do Amaral Peixoto aos sábados e domingos para que os consumidores possam estacionar, como funciona na Presidente Vargas. A ideia é aderir ao estacionamento “espinha de peixe”, que otimiza o espaço, e, assim, estimular o consumo local. Além disso, também foi levantada a possibilidade de se reduzir a ciclovia na avenida. As colocações foram ouvidas pelo secretário, que se colocou a favor das pautas do comércio: “O setor tem um papel fundamental para o desenvolvimento da cidade. Temos que ouvir os senhores têm a dizer e estudar a situação. Eu acho que é hora de rever o trânsito de Niterói”, declarou Paulo Afonso. 24


histรณria

25

revista cdl niterรณi


informações úteis

Indicadores Confira datas de pagamentos e índices econômicos

data:20/10/2019

previsão para o crescimento do pib (2019) - 0,8% fonte: FMI

índice de atividade econômica - ibc-br (%) 0,07 (outubro/2019) salário mínimo salário Mínimo - RJ

R$ 1193,36

salário Mínimo - Brasil

R$ 998,00

Volume de vendas do varejo mês (maio)

trimestral

1,0

0,5%

Fonte: IBGE

Mercado moeda

último(R$)

compra (R$)

venda (R$)

variação (%)

dólar comercial

4,0771

4,0765

4,0776

+0,04%

dólar turismo

4,2606

4,0806

4,2606

+0,08%

papel

descrição

último

compra

venda

variação (%)

real x dólar balcão

dólar comercial em real, mercado (valor econômico)

4,0726

4,0725

4,0731

-0,07%

real x dólar turismo

dólar turismo em real, mercado (valor econômico)

4,2606

4,0806

4,2606

+0,08%

real x euro

real em euro, oficial (bacen)

4,5291

4,5264

4,5277

-0,21%

Fonte: Valor Data (23/10/2019)

IR na fonte faixas de contribuição base de calculo

Aliquota

Parcela a deduzir

em R$

em %

ir - em r$

de 1.903,99 até 2.826,65

7,5%

142,80

de 2.826,66 até 3.751,05

15,0%

354,80

de 3.751,06 até 4.664,68

22,5%

636,13

IR acima de R$ 4.664,68

27,5%

869,36

novembro 2019

26


informações úteis

inflação

aplicações (23/10) índice

em %

índice

período

no mês

12 meses

meta para a taxa selic

5,50%

IPCA - %

set/19

-0,04%

2,89%

poupança antiga

0,5%

IPCA 15 - %

set/19

0,09%

2,72%

poupança nova

0,3153%

IGPM - %

set/19

-0,01%

3,37%

Fonte: Valor Data

Fonte: Valor Data e Anbima

Dados do município

Contribuição previdenciária (18/09) salário de

alíquotas em %

contribuições em R$

INSS (1)

Até 1.751,81

8%

8%

De 1.751,82 a 2.919,72

9%

9%

De 2.919,72 a 5.645,80

11%

11%

Empregador doméstico (3) 8%

IRPF (2)

IDH

0,837

renda média

2.000,29

índice de alfabetização

97,4%

Taxa de escolarização de 6 a 14 ano s de idade [2010]

-

97%

INSS salário de contribuição

aliquota(%)

alíquota do salário de contribuição até r$ 1.693,72

8,0%

alíquota do salário de contribuição de r$ 1.693,73 a r$ 2.822,90

9,0%

alíquota do salário de contribuição de r$ 2.822,91 até r$ 5.645,80

11,0%

CDI Over (Cetip) - 5,90% Poupança do Dia: 22/11/2019 (Bacen)

5,40%

Desconto de Duplicata pré-fixada, PJ (Bacen)

0,32%

Capital de Giro, sup. 365 dias, flutuante, PF (Bacen)

11,78%

Taxa Referencial - (Bacen)

0,00%

Taxa de Cheque Especial PF (Bacen)

10,22%

Taxa de Crédito Pessoal, PF (Bacen)

5,52%

Taxa de juros para aquisição de veículos, PF (Bacen)

1,50%

27

revista cdl niterói


cidade

Novo cartão-postal

Prefeitura de Niterói revela o projeto para revitalização do Centro e orla da cidade cidade. Todos os bairros, em maior ou menor grau, dependem do Centro. Pessoas vêm trabalhar, consumir e estudar aqui”, explica. Deslocamento que se inicia na ponte, palco de grande fluxo, e, com soluções inovadoras, a Prefeitura pretende lidar com o congestionamento do trânsito. A Marquês vai receber uma quarta faixa exclusiva para ônibus em cada sentido, o que representa um aumento de 30 % na capacidade. O objetivo é reduzir o engarrafamento nos horários de pico e melhorar a qualidade de vida daqueles que dependem do transporte público. Além disso, todos os pontos de ônibus foram planejados para receber baias segregadas da nova ciclovia. Em frente ao Antônio Pedro, onde fica o Mergulhão, que hoje está desocupado, vai ser instalado

Revitalizar e melhorar o trânsito no Centro, esse é o objetivo da Prefeitura de Niterói. Renato Barandier, secretário municipal de Urbanismo e Mobilidade, fala sobre o projeto para a Orla de Icaraí e de Gragoatá, a Concha Acústica e a Marquês de Paraná. O paisagismo foi elaborado pelo escritório Bolemax, conhecido internacionalmente, e a obra, que tem previsão de conclusão para março de 2020, promete trazer a qualidade de vida de Icaraí para o Centro. Segundo o secretário, o projeto da Marquês de Paraná tem três objetivos: melhorar a mobilidade, qualificar o espaço urbano e gerar valor para cidade. Uma área de integração metropolitana: “O valor não é financeiro, é intangível, se trata de qualidade de vida”, afirma. “É um projeto que me orgulha porque acredito no seu potencial transformador para a novembro 2019

28


cidade

,,

Sem dúvidas, um grande investimento da prefeitura na cidade. Com esses projetos podemos resgatar o orgulho de Niterói

Renato Barandier

Secretário municipal de Urbanismo e Mobilidade,

uma estação nos mesmos moldes da transoceânica, com a seguindo o padrão de qualidade e arquitetura, que irá trazer um novo valor para esse entorno, viabilizando o uso daquela área. A Marquês de Paraná, hoje degradada, vai receber um grande boulevard com paisagismo sazonal elaborado pelo escritório Bolemax,. Ou seja, as árvores vão trocar de cor de acordo com a época do ano. E, além disso, também terá muitas áreas de convivência. “A porta de entrada da cidade vai ficar mais colorida, teremos um ambiente agradável para circular”, conta o secretário. A ciclovia, nos sentido Icaraí e Amaral Peixoto, será totalmente segregada com canteiro ajardinado pra dar mais segurança aos ciclistas. E seguirá ao longo de toda a Rio Branco, que vai conectar a Orla de Icaraí e Charitas, terminando no Clube Naval. A arborização promoverá a caminhada e o maior uso de bicicleta no verão. A previsão é de que a ciclovia seja liberada até o fim do ano. “Um presente para os lojistas e consumidores da cidade. É uma atividade que, além de sustentável, que melhora a mobilidade e a economia”, diz. Na entrada da Amaral Peixoto os ônibus vão ter uma faixa exclusiva, a parada será em cima do Mergulhão e seguirá em direção à Amaral Peixoto. Com

esse projeto, a população vai sofrer menos impactos, porque vai acessar a Amaral Peixoto, com mais independência da Ponte Rio-Niterói. “Sem dúvidas, um grande investimento da prefeitura na cidade”, declara. Até o final de 2019, um trecho da rua Dr. Celestino será totalmente remodelada, com sua capacidade aumentada para duas faixas, ou seja, uma melhoria de 100%. Além do prolongamento da Feliciano Sodré, com essa modificação, os ônibus que saem do terminal não vão passar pela Rio Branco. E ainda vai contar com estações no canteiro central e uma faixa exclusiva na esquerda para os ônibus, o que organiza o trânsito. Uma grande mudança para o trânsito do Centro. E para aumentar o potencial turístico da cidade, será criada uma nova entrada do Caminho Niemeyer. Hoje, o local de grande potencial tem acesso por dentro do Terminal Rodoviário João Goulart O projeto visa implementar uma nova esplanada entre o Bay Market e o terminal, mantendo um espaço para abastecimento, sem prejudicar a operação do shopping, mas gerando um ponto de socialização que a cidade possa usufruir. A nova Praça Araribóia, com desenho do escritório Bolemax, e o Bay Market, fundos e lateral, vão ser reurbanizados. E assim surgirá um novo cartão-postal da cidade. 29

revista cdl niterói


artigo

Trabalho temporário: Bom para as empresas, bom para os trabalhadores Com a chegada do final de ano o comércio se prepara para o aquecimento nas vendas Com o aumento das vendas de final de ano exigem a ampliação da equipe, para que a qualidade e agilidade no atendimento sejam mantidas. E a crescente demanda por Trabalho Temporário já é um fato real e irreversível no Brasil e no mundo para atender o comércio neste período. É uma ferramenta já aprovada pela economia moderna e que faz parte da vida das empresas há muitos anos. Os preconceitos sobre tal atividade vêm diminuindo gradualmente à medida que os setores ganharam à confiança das organizações e obtiveram espaço no mercado nacional e internacional. Com o Trabalho Temporário a empresa contratante mantém o funcionário durante o período necessário a sua demanda, até 180 dias, podendo ser prorrogado por mais 90 dias, e mesmo em épocas de baixo crescimento econômico, pode haver um aumento nas contratações, independente das incertezas do mercado. Os temporários contam com direitos de férias, 13º salário, FGTS e recolhimento de encargos do INSS, além disso, todo processo de seleção, admissão, folha de pagamento, recolhimento dos encargos trabalhistas e demissão, ficam na responsabilidade da empresa contratada.

novembro 2019

Cabe a Agência está devidamente autorizada pelo Ministério da Economia a fornecer esse tipo de mão de obra. Com capacidade de analisar os candidatos, garantindo a qualidade das contratações e a escolha de profissionais que apresentem um perfil compatível com as necessidades específicas de cada empresa. Uma boa seleção pode ser o primeiro passo para a efetivação de um funcionário temporário em uma organização. É importante frisar que a contratação de temporários tem custos menores e cumpre uma importante função social ao facilitar a inserção de desempregados no mercado de trabalho. É notório também que um volume expressivo de trabalhadores, que são contratados como TEMPORÁRIO, consegue ser admitido em definitivo pelas empresas em função do bom desempenho.

POR SIDNEY MOYSES Confiança RH www.confiancarh.com.br

30


31

revista cdl niterรณi


novembro 2019

32

Profile for CDL Niteroi

O Lojista - Novembro de 2019  

O Lojista - Novembro de 2019  

Advertisement