a product message image
{' '} {' '}
Limited time offer
SAVE % on your upgrade

Page 1

Niterói Ano XXXVIII | www.cdlniteroi.com.br

Como encantar através das mídias sociais? Paula Tebett ensina a atrair clientes para o seu negócio PROGRAMAÇÃO

MAIS VENDAS, MAIS NEGÓCIOS Especialista em vendas apresenta curso e workshop na CDL Niterói

NOVA LOJA

PINK SERVICE

Tendência da terceirização com um toque diferente

CIDADE

CORRIDA DA GUARDA MUNICIPAL União, esporte e saúde

MARÇO 2020 | EDIÇÃO #599


editorial

N I T E R Ó I

De Utilidade Pública: Estadual, Lei n° 5579/65/ Municipal, deliberação n° 2539/65 CONSELHO SUPERIOR Presidente: Joaquim Manuel de Sequeira Pinto Vice-presidente: Ademir Antunes Carvalho MEMBROS DO CONSELHO SUPERIOR Antonio Carlos Costa Pires, Domingos de Carvalho Rodrigues, Fabiano Gonçalves, Ithamar Torres Macen, Orlando Cerveira Francisco, Oswaldo Rodrigues Viera, Roberto Maurício Rocha, Ruan Carlos Teixeira de Oliveira e Salomão Guerchon DIRETORIA ADMINISTRATIVA Presidente: Luiz Vieira Vice-presidente: Manoel Alves Junior Diretores: Claudio Fonte Boa Pereira, Jorge Ivan Campos da silva, Jorge Gentile, Jorge Luiz Amorim Carvalho, Luiz Guilherme Guedes, Marinho Marcelino Neiva Filho, Rogério Rosetti, Sidney Moyses Vianna Freire. Suplentes: Joaquim Ferreira Dias e Luiz Vasconcelos de Lima CONSELHO EDITORIAL Luis Vieira e Joaquim Pinto SERVIÇOS DA CDL Serviço de proteção ao crédito, serviço de relações com usuários, central de informações, central de cadastro, central de processamento de dados, assessoria técnica, consultoria jurídica, serviço de documentação e divulgação e serviço de administração COORDENAÇÃO Carlo Filardi e Gisele Duarte. Redação: Gisele Duarte. Diagramação e design: Carlo Filardi. Assessoria: Gisele Duarte. Edição: Carlo Filardi e Gisele Duarte. Fotos: Gisele Duarte PRODUÇÃO: Estúdio YUBÁ Publicação dirigida da CÂMARA DE DIRIGENTES LOJISTAS DE NITERÓI, contendo legislação, índices econômicos e condensado de notícias e informações de interesses do comércio lojista. Distribuição: Câmaras de Dirigentes Lojistas, Associações Comerciais, Federações do Comércio, sindicatos e demais entidades de classe do País, identificadas com as atividades do comércio, bem como empresários e executivos especialmente cadastrados. O LOJISTA utiliza as seguintes fontes para editar o condensado de notícias: O Globo, O Fluminense, Anbima, Valor Data, CNDL, IBGE, FMI, A Tribuna e Diários Oficiais. Os índices, estatísticas e projeções são cuidadosamente compilados, de acordo com os últimos dados disponíveis no fechamento da edição. O uso dessas informações para fins comerciais e de investimentos é de exclusiva responsabilidade e risco dos seus usuários. IMPORTANTE: As matérias assinadas são de responsabilidade de seus autores.

Adaptação ao mercado Acompanhar as tendências do mercado é fundamental para qualquer lojista. Nos Cafés Empresariais do mês abordamos o tema “Qualidade no atendimento ao cliente” com a palestrante Anamaria Massa, que explicou os conceitos básicos do processo e deu dicas para os participantes. Também presente, Roberto Teixeira, Secretário Municipal de Defesa do Consumidor, falou sobre a implementação do Procon Municipal. E ainda no mesmo mês recebemos Paula Tebett para uma enriquecedora palestra sobre as mídias sociais. Logo na abertura do primeiro Café Empresarial, o Secretário explicou a função do novo Conselho Municipal de Defesa do Consumidor e do Fundo Municipal de Defesa do Consumidor, que agora fazem parte da Secretaria Municipal de Defesa do Consumidor. Depois, Anamaria nos apresentou os quatro pontos básicos analisados pelos clientes: produto, serviço, ambientação e atendimento. Independente do tamanho da empresa, é imprescindível a atenção ao atendimento e o cuidado na comunicação com o cliente. Passado os Café, realizamos a palestra “Como encantar clientes nas redes sociais”, com a palestra e jornalista especializada em marketing digital, Paula Tebett, que explicou aos participantes a dinâmica de diferentes mídias, o alcance e o potencial de cada uma. Vemos o crescimento cada vez mais rápido de diferentes mídias e é importante estar atento às tendências e ao nosso posicionamento diante disso. Como fez a Pink Service, prestadora de serviços terceirizados que se adaptou às demandas do público e agora tem um time 100% feminino. O importante é inovar! Boa leitura. Unidos somos mais fortes.

ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA: Rua General Andrade Neves, 31, Centro, Niterói, RJ - CEP: 24210-000 / Tel.FAX: (21) 2621.9919

Luiz Vieira Presidente

IMPRESSÃO: Gráfica Power Print (21) 3078.4300 Circulação mensal nacional / tiragem 5000 exemplares

03

revista cdl niterói


índice # 599

Março 2020

24

06

cidade

café empresarial

2ª edição da Corrida da Guarda de Niterói promete movimentar a Orla de Boa Viagem

Conquiste seu cliente na primeira impressão

26

16

indicadores Confira datas de pagamentos e índices econômico

tendência

Paula Tebett e a potência das mídias sociais

10

22

Mostra conta a história do Niterói Jeep Clube

1) O crédito e o apoio ao bom pagador, 2) Confiança do Consumidor se mantém estável, 3) Brasileiros têm dificuldade para organizar gastos.

cidade

12

nova loja Novo conceito de serviços terceirizados é tendência no mercado

curtas

Colunistas do mês de março • Roberta Rocha - CDL Jovem • Fabiano Gonçalves - FCDL • Antonio Carlos Barragan - Planejamento

04

28

programação CDL promove eventos que ensinam técnicas de vendas


05

revista cdl niterรณi


café empresarial

Qualidade no atendimento Palestras apresentam as diferentes técnicas para abordagem do cliente Não há uma segunda chance para se criar uma boa primeira impressão. A frase transmite a mensagem do Cafés Empresariais do mês, o primeiro no restaurante Turus Chicken & Grill (4), em Itaipu, e o segundo na sede da CDL Niterói (11). Com o tema “Qualidade no atendimento ao cliente”, a palestrante Anamaria Massa explicou os conceitos básicos do processo e deu dicas para os participantes. Também presente, Roberto Teixeira, Secretário Municipal de Defesa do Consumidor, falou sobre a implementação do Procon Municipal. Logo na abertura, o Secretário explicou a abertura do Conselho Municipal de Defesa do Consumidor e do Fundo Municipal de Defesa do Consumidor, que fazem parte da Secretaria Municipal de Defesa do Consumidor. Segundo ele, o objetivo é intensificar as ações de conscientização, junto aos estabelecimentos comerciais, e as autuações, caso necessário. “É fundamental a observância do Código de Defesa do Consumidor para um melhor atendimento. Assim como o respeito ao consumidor, possibilitando com isso um melhor equilíbrio entre as relações de consumo”, afirmou. Depois, Anamaria deu início a palestra e abordou os quatro pontos básicos analisados pelos clientes: produto, serviço, ambientação e atendimento. Ela aponta que, mesmo que o empreendimento cause uma boa impressão nos outros segmentos, o atenmarço 2020

dimento tem um peso maior na avaliação final. “Se esse quesito não agradar, o cliente vai nivelar a empresa por baixo”, alerta. Para melhorar o desempenho da empresa, ela deu como dica a comunicação assertiva, que consiste em evitar palavras negativas, se coloque de forma positiva, fale no presente, use dados e fatos para argumentar. A todo momento foi colocada a relevância de se entender a necessidade do outro e ter conhecimento sobre o produto vendido. Anamaria reforçou que, a atenção ao consumidor e ao acolhimento que ele recebe é fundamental em qualquer negócio: “A qualidade do atendimento faz toda a diferença. Não importa o tamanho da sua empresa, nem o segmento, o atendimento é um diferencial competitivo muito importante, que resulta diretamente na evolução do empreendimento”. Para a convidada, um sinal clássico da falha nesse sistema é o grande fluxo de clientes que não realizam a compra. “Se você está cansado de ver clientes entrarem no seu empreendimento e saírem sem fazer negócio, reflita sobre o tema”, afirma. Anamaria aponta a primeira importante pergunta a ser feita: “O que eu posso fazer de diferente para ter um reflexo positivo?”. A principal missão do atendimento é proporcionar aos clientes serviços de atendimento de qualidade superior. “O foco do marketing atual é 06


café empresarial

o relacionamento do cliente com a empresa. É importante construir uma imagem positiva no mercado e preparar a sua equipe para transmitir essa imagem”, diz Anamaria. E como conquistar a confiança do cliente? Através da postura, do relacionamento, da comunicação. O comprometimento para a satisfação do cliente deve partir de todos os envolvidos no negócio. Atualmente, um novo perfil de cliente se destaca: globalizado, informado, preocupado com a qualidade e segurança, exigente e menos paciente. Todo cuidado é pouco para evitar uma experiência negativa, pois ela pode desencadear em uma quebra de confiança e pode prejudicar a imagem da empresa, alerta a palestrante. “Cliente insatisfeito detona a sua imagem, com as redes sociais a coisa se espalha muito fácil”, conta. Da mesma forma, ajuda a disseminar depoimentos positivos: “O cliente procura informações sobre a empresa, e se encontrar relatos de consumidores satisfeitos, conta como ponto a favor do empreendimento”.

Outro ponto importante é atender ao desejo do consumidor: atendimento imediato, produtos de qualidade, credibilidade e atenção aos detalhes. Anamaria aponta que os colaboradores devem estar preparados para passar informação com embasamento. Não basta ser gentil, o vendedor também deve ser competente”. Também é fundamental trabalhar a percepção de valor do cliente. Entregar algo além do esperado e surpreender o cliente. Bom humor, conhecimento, capacidade de se relacionar, saber lidar com tensões, gentileza, comprometimento, iniciativa. Essas são características que o empreendedor deve buscar em seus colaboradores. Este deve ser capaz de transmitir verdade. O consumidor tem um desejo, que às vezes não está muito claro para ele, o vendedor entra para ajudá-lo a entender o que busca, a tomar a melhor decisão de compra, e não para forçar uma compra. Para isso, o vendedor deve conhecer o produto e saber relacionar seus benefícios aos interesses do cliente. Ouvir ativamente: dar atenção a fala do

07

revista cdl niterói


café empresarial

cliente, escutar o que ele quer, precisa e busca. Entender a expectativa para ter afetividade. “Se adeque a situação e transforme cada momento em uma oportunidade de encantamento. Cultive o relacionamento com o cliente para que ele possa levar a fidelização”, Anamaria indica. A palestrante também entrega que a reclamação pode e deve ser encarada como um momento chave. Como explica, numa situação adversa é importante observar o seu ponto de vista, o do cliente, de maneira a exercitar a empatia, e, ainda, em uma terceira posição, a neutra, se colocando no lugar da empresa.

março 2020

“Reclamação exige resposta. Tenha uma visão geral, não parcial”, exclama. O próximo passo é personalizar o atendimento. Manter o histórico e um cadastro do cliente ajuda nas ações de marketing da empresa e também na personalização, que transmite uma sensação de proximidade ao cliente. Para finalizar, uma rodada de networking: empresários e comerciantes formaram grupos e tiveram a oportunidade de apresentar seus negócios e distribuir cartões. Uma maneira de formar conexões e estimular o comércio local. Dinâmica bem recebida pelos participantes, que esperam ansiosos por esse momento.

08


agenda

PROGRAMAÇÃO CDL NITERÓI 2020 café empresarial região oceânica

café empresarial sede CDL niterói

03 de março mulheres empreendedoras - desafio e oportunidades!

10 de março mulheres empreendedoras - desafio e oportunidades!

07 de abril marketing digital para pequenas empresas!

14 de abril marketing digital para pequenas empresas!

05 de maio controles financeiros (fluxo de caixa: controle e planeje as finanças de sua empresa)

12 de maio controles financeiros (fluxo de caixa: controle e planeje as finanças de sua empresa)

02 de junho prepare sua loja para vender mais e melhor!

09 de junho prepare sua loja para vender mais e melhor!

soluções intermediárias sebrae

workshop cdl 17 de março como conquistar clientes usando as mídias digitais

06, 08, 13, 15 e 22 de abril como melhorar suas vendas

19 de maio a importância do capital de giro para o sucesso da sua empresa!

04, 06, 11, 13, 18, 20 e 25 de maio gestão financeira 01, 03, 08, 10, 15, 17, 22 e 25 de junho gestão de pessoas

16 de junho como fazer um controle de estoque eficiente

06, 08, 13 e 15 de julho gestão de estoque

oficinas pratique sebrae 10 e 11 de março - controles financeiros

23 de julho - design thinking

01 de abril - abordagem em vendas

03 e 04 de setembro - mapeamento de processos

26 e 27 de maio - gestão de equipes

06 e 07 de outubro - atitude empreendedora

18 de junho - novas ideias

12 de novembro - atendimento

02 de julho - gestão de tempo

09

revista cdl niterói


cidade

4x4

vida na estrada

M

uita aventura e histórias para contar, o Niterói Jeep Clube comemora o seu 29° ano de criação com uma exposição de fotografias e recortes históricos, que contam sua trajetória ao longo de todo esse período. Mais uma opção no calendário de eventos da cidade, a mostra será exposta no Centro Cultural Paschoal Carlos Magno, localizado no Campo de São Bento. A abertura da exposição será no dia 07 de abril, às 18 horas, e vai até o dia 30 do mesmo mês. Com foco principal na década de 90, retrata as atividades off road ligadas à família e ao companheirismo, e um pouco da história do Jeep Clube. Grupo fundado em 16 de junho de 1991, por proprietários de Jeep Willys e outros raros veículos 4x4 existentes na época, com o objetivo de trocar experiências, desenvolver o companheirismo e promover viagens por toda a América do Sul. Na mostra, os integrantes querem transmitir os 29 anos de aventuras e trocas que vivenciaram: “Mostraremos imagens dos lugares que conhecemos em nossas expedições por toda o Brasil e América do Sul”, explica Sergio Augusto Fanzeres, Presidente do Niterói Jeep Clube. História que começou com a abertura ao comércio internacional proporcionando a importação de veículos e também ampliou a possibilidade de se adquirir um carro com características off road. O que aumentou o número do modelo no Brasil e março 2020

despertou a paixão de alguns pelo gênero. Como é o caso dos participantes do clube, um grupo de apaixonados por Jeep Willys. As primeiras reuniões, realizadas na Praia de Charitas, serviam para que testassem suas habilidades e os carros. Ao longo de 29 anos o NJC estimulou a amizade e a cooperação entre os amantes do 4X4, participando e promovendo inúmeras atividades com o foco principal na atividade off road. Foram competições, passeios e longos raids que forjaram uma sólida amizade e espírito de equipe. E não para por aí, o clube vai além da diversão e também atua em catástrofes naturais. “Não podemos esquecer também a solidariedade nessas ocasiões. O veículo 4X4 é imprescindível no atendimento às vítimas quando atuamos de forma organizada como complemento das Defesas Civis, como um NUDEC 4X4 (Núcleo de Defesa Civil Comunitária)”, afirma Sergio Augusto Fanzeres da Silva, Presidente do Niterói Jeep Clube. Por isso, o Jeep Clube também se dedica ao trabalho voluntário em apoio a Defesa Civil, do estado e municípios, em ocorrências de desastres naturais. Situação que também será retratada na exposição: “Teremos um módulo com referência às atividades em casos de desastres naturais e de ajuda ao próximo”, conta Sergio. E complementa: “O que nos une é o companheirismo e a vontade de ajudar o próximo, estreitando o relacionamento entre todos”. 10

Foto: Sergio Augusto Fanzeres

Exposição comemora 29 anos do Niterói Jeep Clube e mostra a realidade das road trips


11

revista cdl niterรณi


nova loja

Pink Service Novo conceito de serviços terceirizados é tendência no mercado trabalho feminina, o que gera facilidades para o dia a dia e também comprometimento com a valorização da mulher no mercado de trabalho. “O Pink remete ao cuidado, acolhimento e atenção. E reforça que a mulher pode ser o que ela quiser, pedreira, eletricista, bombeira hidráulica, entre outras profissões. Nós podemos e nós fazemos”, explica Denise. A mudança foi bem recebida pelos clientes, que aprovaram o novo formato. Desde serviços residenciais a empresariais, todos buscam pela praticidade e segurança que a Pink oferece. “Queremos garantir que haja tempo para se dedicar a sua família e amigos, profissão ou estudo, com a prestação de serviços residenciais, e, no caso de empresas, oferecemos toda qualidade e segurança na prestação dos serviços para que os gestores possam dar ênfase aos negócios de sua atividade fim”. Um dos públicos que mais se atraem pelo modelo de serviços, os idosos representam 18,8% da população de Niterói, ou seja, 96 mil pessoas, segundo estudo da Secretaria municipal do Idoso e da Universidade da Terceira Idade (Univerti). A marca garante que o conceito transmite mais segurança e comodidade para aqueles que moram sozinhos. Para isso, investe em treinamentos e recrutamento minucioso. Para maior segurança tanto nos lares, quanto nos ambientes corporativos, a Pink Service realiza uma seleção rigorosa e completa dos profissionais, conferindo aos clientes a garantia de escolha de prestadores adequados. Como detalha Denise: “Antes de fazer parte da nossa equipe, todos os candidatos passam por rigoroso processo seletivo, no qual são checadas as informações de empregos anteriores, documentos e antecedentes criminais, tendo como resultado, a garantia de escolha das profissionais adequadas”. Um aspecto reforçado pela marca é preocupação com a qualidade dos serviços e a recepção dos clientes. As profissionais passam por treinamentos e aperfeiçoamentos para agregar mais valor aos serviços e às vidas das prestadoras pinks. Para isso, fizeram uma parceria com a ONG Mão na Massa, organização que profissionaliza mulheres, e também com a ONG TransDiversidade, para incluir mulheres trans no mercado de trabalho.

Empresa de multisserviços com mão de obra 100% feminina, Pink Service traz uma novidade para o mercado. O modelo Pink se propõe a oferecer segurança, conforto e profissionais qualificados para atenderem as demandas de forma eficaz, personalizada e com respeito às necessidades de cada um. Uma iniciativa inovadora que promete reinventar o modelo de prestação de serviços terceirizados. Formato já é uma tendência entre as empresas, também é aderido para serviços residenciais. Os serviços terceirizados da Pink Service também incluem a substituição de funcionários em período de férias, banco de horas ou afastamento provisório pelo INSS. A empresa também se compromete com o resultado final, acompanhando a execução de todos os serviços prestados, do início ao fim. O objetivo é se destacar no mercado e superar as expectativas dos clientes. Empresa com dez anos no mercado, aderiu ao novo formato há oito meses e enxerga a transformação como um diferencial. “Procuramos unir os principais pilares de qualidade em prestação de serviços que tornam a Pink Service uma empresa única em nosso segmento: mão de obra exclusivamente feminina, com alto padrão de qualidade e atendimento vem para suprir um mercado que necessita de prestadores de serviço especializados e com custo acessível”, diz Denise Aguiar, gerente comercial. O conceito da Pink Service é aliar a exigência do mercado de serviços com a participação da força de março 2020

12


nova loja

A PINK SERVICE FAZ O RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE PROFISSIONAIS DE DIVERSAS ÁREAS. CONHEÇA OS SERVIÇOS OFERECIDOS:

SERVIÇOS EMPRESARIAIS

Recrutamento e seleção, auxiliar de serviços gerais, limpeza especializada pós-obra, copeira, portaria, zeladoria, jardinagem, motoristas, personal organizer, entrega de chaves, pintora, eletricista, bombeira hidráulica, pedreira, carpinteira, marceneira, limpeza especializada e impermeabilização de vidros e fachadas, revitalização de pisos, revestimentos e rejuntes, instaladora – móveis, eletrodomésticos e acessórios.

SERVIÇOS RESIDENCIAIS

Limpeza residencial, lavadeira, passadeira, cozinheira/chef, auxiliar de multisserviços, governanta, personal organizer, limpeza especializada pós-obra, limpeza especializada e impermeabilização de vidros e fachadas, revitalização de pisos, revestimentos e rejuntes, limpeza e manutenção especializada para entrega de chaves, limpeza, higienização e impermeabilização de estofados e colchões, cocierge; churrasqueira, garçonete, baby sitter, cuidadora de idosos, acompanhante, help vizinha, pet sitter, passeadora de cães, adestradora de cães, limpadora de piscina, jardineira, motoristas, pintora, eletricista, bombeira hidráulica, pedreira, carpinteira, marceneira, instaladora – móveis, eletrodomésticos e acessórios.

SERVIÇOS INOVADORES

Outro diferencial oferecido pela equipe é o Recebimento e Entrega de chaves. Ao contratar esse serviço, você confia a Pink Service os cuidados com a realização de pequenos reparos, pintura e limpeza nos pós ou pré-locação, dentre outros. “Inserir mulheres em várias frentes de atuação é, antes de tudo, um resgate social, uma postura que reforça o empoderamento feminino e a confiança na missão, visão e valores da empresa”, afirma a representante.

13

revista cdl niterói


marรงo 2020

14


artigo

O

O planejamento tributário pela reestruturação societária

planejamento tributário consiste em uma forma de reduzir ou eliminar a carga tributária do contribuinte, de modo lícito, para que a empresa possa seguir com suas finanças de maneira salutar. Naquele trabalho, diversas são os caminhos possíveis para se verificar os cenários adequados para a possível redução ou eliminação de carga tributária (o que nem sempre é viável). Dentre as vias prováveis para um planejamento tributário, temos a reestruturação societária. Em algumas consultorias prestadas, percebemos que a falta de uma reestruturação societária fez com que empresas passassem a ter um passivo tributário excessivo e, às vezes, impagável. A reestruturação societária se caracteriza por uma reorganização no quadro de sócios ou na estrutura de um grupo econômico com o objetivo de conseguir, de maneira lega e lícita, vantagens tributárias ou de mercado capazes de manter a empresa financeiramente saudável e competitiva. Nesse cenário, os tributos incidentes sobre o consumo são os que mais pesam na conta dos lojistas, ainda quando estão no regime de tributação simplificado, porquanto o ISS e o ICMS são impostos que, inevitavelmente, estão na balança do empresário quando pratica a precificação de seus serviços e mercadorias.

Assim, pensar em reestruturar uma sociedade ou criar empresas para organizar um grupo econômico adstrito aos ditames legais, é uma solução que tem sido adotada por empreendedores para redimensionar as finanças de seus negócios. Muitas vezes – e isso foi constatado em vários trabalhos de consultoria tributária - a redução de custos com funcionários e materiais não resolveu o problema financeiro das empresas (apenas postergou) e a qualidade do resultado e a produtividade foram insatisfatórios. Por isso, existem investimentos que podem compensar no curto, médio e longo prazo, dependendo do que se pretenda, para que a empresa possa seguir de modo crescente e sustentável. E a reestruturação societária pode ser o caminho que você está precisando para o seu negócio. Empreenda e não dependa! POR ANTONIO CARLOS BARRAGAN Consultor Tributário da CDL/Niterói e Empreendedor com formação em Direito, Contabilidade, Gestão, Empreendedorismo e Marketing.

15

revista cdl niterói


tendência

Encante através das redes sociais Paula Tebett compartilha as principais técnicas do marketing digital Frequência e consistência fazem a diferença para um bom resultado nas mídias. Na manhã da segunda-feira (10), a Câmara de Dirigentes Lojistas de Niterói recebeu Paula Tebett, que ministrou a palestra “Como encantar clientes nas redes sociais”. Jornalista especializada em marketing digital, ela se dedica a mentorias, treinamentos e palestras para empreendedores e empresas terem visibilidade através das redes. Durante o evento, explicou aos participantes a dinâmica de diferentes plataformas, o alcance e o potencial de cada uma.

março 2020

Através de cases e experiências no mercado, ela mostra como encaixar a mídia a realidade do negócio. Ao compartilhar o começo de sua trajetória, Paula conta que se preocupava muito com a percepção do público sobre o seu conteúdo, por isso, teve que romper a barreira inicial e sair da sua zona de conforto. “ Nos preocupamos com o que os outros vão pensar, mas tudo bem. Eu tive receio de ser mais uma, mas eu me posicionei. A minha marca sou eu, quando passei a compartilhar um pouco mais da minha vida de mãe e empreendedora, muitas pessoas

16


tendência

se conectaram a minha história. A maioria aqui são mulheres. que se identificaram com o meu conteúdo e com que eu sou”, disse. Mais do que produzir conteúdo, o diferencial é estabelecer conexões genuínas. “O jeito como falamos e quem somos é o que nos torna genuínos. Pessoas se conectam com humanos (pessoas com pessoas), não com máquinas”, afirma. Para a especialista, qualquer um pode se tornar um influenciador: “Todo mundo pode se tornar uma referência dentro de um segmento. Para isto, basta oferecer conteúdo de valor e ter uma rede de pessoas que te acompanham. Precisamos entender que cada um é de um jeito e a autenticidade leva a gente mais longe”, explica. Quando isso acontece, marcas de aproximam e se ganha visibilidade. Existem três tipos de influenciadores: nano (de 5 a 6 mil seguidores, o que costuma gerar mais resultado, pois já tem um nicho definido), micro (cerca de 20 mil) e macro (personalidades). “Tudo é tempo e prática, aos poucos você pode aderir às técnicas ensinadas”. Mas não adianta criar a rede social e abandonar, é necessário frequência e consistência. “Invista e faça com o jeito de vocês”. Etapas: defina o nicho, a mídia social, planeje as publicações (frequência e conteúdo), bait marketing, pesquisar as tendências do seu segmento. empatia nas respostas. as mídias reconhecem. A Netflix tem um case incrível de empatia nas respostas. É o que mais gera reflexo nas mídias comentário, direct, salvar . Paula alerta que, além de oferecer um bom produto e serviço, os empreendedores devem se atentar as redes e ao poder de divulgação que elas oferecem. Entre as de maior destaque, ela aponta o TikTok, um fenômeno, principalmente entre os jovens, que também já é utilizado por grandes empresas, e o LinkedIn, ótimo ambiente para divulgar conteúdo e se

tornar reconhecido dentro do próprio segmento. Os dois são as maiores apostas para 2020. ONDE ESTÁ O MEU POTENCIAL CLIENTE?

TikTok: antigo Musicaly (voltado para músicas e desafios), visto por muitos como uma plataforma voltada para adolescentes, se tornou ótimo aplicativo para negócios. Tem o melhor alcance orgânico, sem impulsionamento, ou seja, divulgação sem financiamento. A rede possibilita a transmídia, que se baseia em levar o público de uma mídia para outra, como funciona quando se coloca na bio as outras redes que se administra. Linkedin: 40 milhões de brasileiros ativos. Não é somente para vagas, ele é conteúdo. Já permite postar vídeos, lives e, em breve, terá stories. “Você pode ser encontrado para palestrar, dar entrevistas, ser encontrado como fornecedor e prestador de serviços”, explica Paula. De acordo com a palestrante, 86% dos recrutadores primeiro vão no Linkedin, que entrega o segundo maior alcance orgânico. E oferece

17

revista cdl niterói


tendência

YouTube: para se estabelecer aqui, o usuário deve, mas do que produzir conteúdo em vídeo, ter frequência, um público-alvo, conteúdo e abordagens diferentes, além de investir muito tempo. “Se o vídeo for curto, sem muita frequência, você pode divulgar no Facebook, Instagram e Linkedin”. Twitter: Depois do boom, as redes tendem a ficar sobrecarregadas e, depois, se segmentam. Foi o que aconteceu com a mídia, que atualmente atende principalmente a conteúdos jornalísticos e esportivos. Além de disseminar hashtags, que ditam o que é destaque no momento. Pinterest: popular principalmente dentro do segmento de decoração e moda, a plataforma também gera negócios também. “O bom é usar o pinterest para levar as pessoas para as nossas outras redes sociais. Por exemplo, em todo post você pode colocar link, que pode levar para o seu site”, diz.

a oportunidade de se tornar um Top Voice, pessoas que recebem destaque por gerar conteúdos de valor para um nicho diferenciado. Para isso, Paula indica se relacionar com pessoas da área, interagir com destaques do setor e responder rapidamente. Facebook: ainda a rede com mais usuários ativos, 2 bilhões. A plataforma se renova e atualmente aposta em grupos. O principal público do Facebook são os adultos, principalmente idosos. “Muitos acreditam que a plataforma caiu em desuso, mas essa não é a realidade. O Facebook tem muito conteúdo relevante. O que acontece é que o algoritmo é justo, ele te mostra o que você mais interage”. Instagram: uma das principais estratégias do marketing digital. Conseguiu, pela primeira vez, conseguir arrecadar mais dinheiro com publicidade do que o YouTube. “Gera muito negócio, principalmente em parcerias com influenciadores. Mas não vá somente pelo número de seguidores, observe o engajamento (comentários e curtidas), peça um mídia kit (um detalhamento do perfil do seguidor)”.

março 2020

SE APROFUNDE

Paula já soma mais de mil alunos nos últimos anos, o que a tornou referência na área. Faz treinamentos individuais, em grupos ou corporativo, voltados para vendas e para o crescimento profissional em redes sociais. Mentoria sobre redes sociais com acompanhamento online. Palestras para eventos ou para empresas, adaptadas à área de atuação e segmentos dos participantes. Consultoria de marketing digital para empresas, empreendedores e recém-formados.

mentoria nos dias 11, 18 e 25 de março, e no dia 1 de abril, paula tebett volta à cdl. dessa vez, ela fará uma mentoria sobre mídias sociais. Inscreva-se: https://www.cdlniteroi.com.br/ mentoria-midias-sociais-com-paula-tebett/

18

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K


+ + ++

+ + CARTÃO CDL MULTIBENEFÍCIOS + ++ CONFIRA AS VANTAGENS DE SER UM CREDENCIADO! Oportunidade de fidelizar e conquistar novos clientes

Garantia de recebimento e taxa de inadimplência zero

+ +

Possibilidade de aumentar o faturamento

CDL Niterói

Total controle financeiro e em tempo real sobre o volume de vendas

Segurança nas transações efetuadas, de modo online

Para saber mais, entre em contato: Fone: (21) 2722-0302

comercial@lifecards.com.br

www.lifecards.com.br

@lifecardsbeneficios

19

revista cdl niterói


artigo

Nós temos a força! Estamos no mês de março, o mês da mulheres e tive o prazer de ser convidada para escrever sobre a presença feminina no comércio! Com todo orgulho, é hora de mostrar do que somos capazes!

A

participação da mulher no comércio vem crescendo a passos largos nos últimos 10 anos, pelo menos! A capacidade de intuição, a sensibilidade e a sutileza, características que são predominantes entre nós, apesar de não serem regra geral , podem contribuir para que estejamos assumindo funções, antes ditas masculinas. Especialistas acreditam que esse comportamento é reflexo tanto da educação quanto da natureza, que nos prepara para a maternidade e, consequentemente, nos confere maior capacidade de interiorização. O fato de termos saído de uma posição mais estrita e termos enfrentado os desafios, a rua, o sustento das casas e ocupado novos espaços faz com que consigamos desempenhar bem tanto funções masculinas como femininas. Yeees! rs No caso do tema proposto, como vendedora, é preciso conseguir envolver o cliente e fazê-lo fantasiar, enxergando as qualidades do produto e o quanto ele atende suas necessidades. E nisso, somos mais hábeis! Claro! A habilidade de conquistar e manter um bom relacionamento com os clientes, a abordagem mais delicada, o jeito de falar .Num segmento onde o que importa é o consumo e o batimento de metas numéricas, o carisma e a empatia sem dúvida são nossos

março 2020

diferenciais! Nós ouvimos mais, naturalmente, damos mais atenção às necessidades do outro e com certeza isso fideliza e encanta. O cuidado no trato com o cliente também conta ponto para as mulheres na hora de gerenciar conflitos. A habilidade para lidar com esses conflitos internos se reflete de forma positiva no ambiente profissional. Nós conseguimos pensar em metas, mas, ao mesmo tempo, ser mais maleáveis, o que mostra melhores resultados. Além disso, somos mais acolhedoras e menos competitivas, característica fundamental no contato com o cliente. Enfim, eu poderia ficar aqui até a revista do próximo mês trazendo inúmeras características, mas ainda assim, não seria suficiente para definir todas as competências que desenvolvemos! Na verdade, melhor que descrever, é Ser! Viva!

POR ROBERTA ROCHA CDL Jovem

20


Para a PrintMill, sua impressão é como se fosse nosso primeiro filho.

PrintMill, uma gráfica completa!

alta tecnologia

dedicação

comprometimento

21

soluções criativas

agilidade

revista cdl niterói


curtas

2 1

O crédito e o apoio ao bom pagador

Fonte: CNDL

Aos poucos, a percepção dos consumidores brasileiros sobre o ambiente macroeconômico apresenta melhoras. Segundo pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), a confiança do brasileiro encerrou o ano de 2019 com 47,0 pontos. O indicador supera os 45,8 pontos observados no mesmo período de 2018. Já com relação a novembro de 2019, o número ficou praticamente estável (47,2 pontos). O ponto mais criticado é a economia. Em cada dez brasileiros, seis (62%) avaliam como ‘ruim’ o atual momento econômico do país – há um ano, esse número era 10 pontos percentuais mais alto, alcançando 72% dos entrevistados. Mesmo com a inflação abaixo da meta, 71% dos entrevistados que avaliam o quadro macroeconômico como ‘ruim’ atribuem essa percepção negativa à alta dos preços. Já o desemprego é responsável pela avaliação negativa para 62% das pessoas ouvidas. Os juros elevados são citados por um terço (33%) dos pessimistas com a economia. O otimismo é maior, contudo, quando os consumidores são indagados sobre o futuro da sua própria vida financeira. De acordo com o levantamento, 56% dos brasileiros possuem boas expectativas para o seu bolso nos próximos seis meses. A opinião é fundamentada, sobretudo, pela crença de que a economia do país irá melhorar e a esperança de conseguir um emprego ou aumento de renda.

Fonte: CNDL

Atualmente, o cartão de crédito é utilizado para despesas do dia a dia, como compras de supermercado, de remédios, de combustíveis, roupas e calçados. Mas também em compras grandes, com o objetivo de diminuir o impacto da aquisição de um bem de alto valor. Entretanto, uma pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) aponta que a cada dez pessoas que tentaram adquirir um produto a prazo, duas (21%) tiveram o pedido negado pelo credor. A análise aconteceu durante o mês de novembro, e aponta como principal motivo da negativa o fato do consumidor estar com nome inscrito em cadastros de devedores (31%) e, em segundo lugar, a falta de comprovação de renda para realizar a compra (17%). Talvez por isso, 57% dos brasileiros não utilizou nenhuma modalidade de crédito, como empréstimos, linhas de financiamento, crediários ou cartões de crédito. Já os 43% que mencionaram ter recorrido, ao menos a uma modalidade, representam um número inferior aos 50% observados no mês anterior a pesquisa.

março 2020

Confiança do Consumidor se mantém estável

22


curtas

3

Brasileiros têm dificuldade para organizar gastos

Fonte: CNDL

Segundo levantamento feito pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), quase metade (48%) dos consumidores brasileiros não controla o orçamento, seja porque confiam apenas na memória para anotar despesas (25%), não fazem nenhum registro dos ganhos e gastos (20%) ou delegam a função para terceiros (2%). E que mesmo entre aqueles que realizam um controle efetivo de suas finanças (52%), a frequência com que anotam e analisam suas despesas não é a adequada. Em cada dez pessoas que adotam um método apropriado de controle, somente um terço (33%) planeja o mês com antecedência, registrando a expectativa de receitas e despesas do mês seguinte. A principal justificativa é não ver necessidade na tarefa, pois confiam nas contas de cabeça, não ter disciplina e não ter um rendimento fixo ou nem sabem exatamente o quanto ganham por mês. A falta de controle das finanças se torna ainda mais perigosa em um cenário de dificuldades econômicas do país. De acordo com a pesquisa, 78% dos brasileiros até conseguem terminar o mês com todas as contas quitadas, mas em 33% dos casos acaba não havendo sobras no orçamento. Já 22% dos entrevistados sofrem para administrar as finanças e deixam com frequência de pagar seus compromissos. Resultado é que nos últimos 12 meses, 48% dos consumidores brasileiros passaram pela situação de estar com o ‘nome sujo’. De acordo com a pesquisa, a experiência da negativação serviu de aprendizado para parte considerável dos consumidores: 39% disseram ter passado a controlar mais os gastos após a situação e 34% refletem mais antes de realizar compras. Outros 21% deixaram de emprestar nomes a terceiros e 18% evitam compras no cartão de crédito.

23

revista cdl niterói


cidade

Praia da Boa Viagem

2ª edição da Corrida da Guarda Municipal de Niterói em Boa Viagem A Orla de Boa Viagem será, mais uma vez, palco da Corrida da Guarda Municipal de Niterói. O evento é cercado de significados. Como ponto principal, a Guarda busca se aproximar da população, unindo os dois lados durante a corrida, que também se propõe a incentivar a prática de atividade física e o cuidado com a saúde. A proposta foi um sucesso em 2019 e a Guarda pretende alcançar o mesmo resultado na 2ª edição, que segue o mesmo trajeto, com largada às 7h30, no dia 29 de março. Inspetor da Guarda Municipal de Niterói, Paulo Britto, comemora os resultados alcançados: “ Essa é a segunda Corrida da Guarda, a primeira foi um sucesso. Vamos entrar no calendário anual dos eventos da cidade. E, graças às parcerias públicas e privadas, será mais um ano de sucesso”. E reflete sobre os objetivos da ação: “Um dos aspectos principais da Corrida é a aproximação com a população, mostrar os serviços que prestamos à sociedade no dia a dia. março 2020

Também incentivar a atividade física e esclarecer a importância dela para a saúde da população”. Um sucesso, como diz Guilherme Dornellas, sócio responsável da Produção da Lóco Produções e Eventos, que organiza a corrida: “Tivemos uma excelente repercussão. Recebemos mensagens em todas as mídias e e-mails perguntando sobre a próxima edição. Pessoas que querem participar novamente e outras que passaram a conhecer o projeto depois da primeira edição”. Este ano, a previsão é de que mais de mil atletas aproveitem a manhã de domingo para se exercitar. Com sol ou chuva, a corrida vai sair da Praça Everardo Marques, altura da Igreja da Boa Viagem. O ponto de retorno é próximo à Concha Acústica e a chegada será no mesmo local da partida. Para os entusiastas, são três modalidades possíveis: caminhada de 4,5 km e corridas de 4,5 km e 9 km. Quem escolhe o maior opção corre o percurso duas vezes. 24

Foto: Marinelson Almeida

Evento busca estimular a atividade física e aproximar Guarda e população


cidade

Percurso » 4.5km ou 9km você escolhe sua modalidade durante a sua inscrição (caminhada ou corrida de 4.5km ou corrida de 9km) largada - praça everardo marques (altura da igreja da boa viagem) ​ onto de retorno - próximo à concha p acústica de niterói. ​ onto de chegada - praça everardo marques p (altura da igreja da boa viagem) quem fizer o percurso de 9km, faz o trajeto duas vezes. a largada será às 7:30h em qualquer condição climática e percurso escolhido.

O participante ainda ganha um kit: camisa e ecobag personalizadas, número de identificação de peito, chip para controle de tempo (para quem optar pela corrida), hidratação, lanche pós-evento e medalha. E, para melhor comodidade dos atletas, a Guarda vai disponibilizar um guarda-volumes gratuito no ponto inicial do evento. Para os organizadores, a expectativa é de que a Corrida da Guarda Municipal de Niterói entre para o

calendário de eventos da cidade. Mais uma tradição e entretenimento para os moradores, que agora têm uma opção para se exercitar com amigos e familiares e apreciar a bela vista da Orla de Boa Viagem.

saiba mais Inscreva-se através do site: https://www.corridadaguarda.com/

25

revista cdl niterói


informações úteis

Indicadores Confira datas de pagamentos e índices econômicos

previsão para o crescimento do pib (2020) : 2,40%

( fonte: fmi )

índice de atividade econômica : ibc/br 0,18 % (dez / 2019)

salário mínimo salário mínimo - rj

R$ 1238,11

salário mínimo - brasil

R$ 1045,00

dados do município volume de vendas do varejo

idh

0,837

mês (janeiro)

acumulado 12 meses

renda média domiciliar

9.494,79

-0,1

1,2%

índice de alfabetização

96,4%

mercado moeda

último R$ compra R$ venda R$

variação (% )

dólar comercial

4,3755

4,3749

4,3755

+0,57

dólar turismo

4,5443

4,3643

4,5443

+0,54

papel

descrição

último

compra

venda

variação (%)

real x dólar balcão

dólar comercial em real, mercado (valor econômico)

4,3750

4,3749

4,3755

+0,56%

real x dólar turismo

dólar turismo em real, mercado (valor econômico)

4,5443

4,3643

4,5443

+0,54%

real x euro

real em euro, oficial (bacen)

4,7539

4,7538

4,7562

+0,55%

fonte: ibge

fonte: valor data (13/02/2020)

março 2020

26


informações úteis

aplicações (20/12)

inflação

índice

em %

índice

período

no mês (%) 12 meses (%)

meta para a taxa selic

4,50

IPCA

jan/20

0,21

4,19

poupança antiga

0,5000

IPCA 15

jan/20

0,71

4,34

poupança nova

0,2588

IGPM

jan/20

0,48

7,81

fonte: valor data

fonte: valor data e anbima

contribuição previdenciária salário

alíquotas (%)

contribuições em R$

inss (1)

irpf (2)

até 1.751,81

8

8

de 1.751,82 a 2.919,72

9

9

de 2.919,72 a 5.645,80

11

11

empregador doméstico (3)

8

-

ir na fonte faixas de contribuição base de calculo em R$

aliquota em %

parcela a deduzir em R$

de 1.903,99 até 2.826,65

7,5%

142,80

de 2.826,66 até 3.751,05

15,0%

354,80

de 3.751,06 até 4.664,68

22,5%

636,13

acima de R$ 4.664,68

27,5%

869,36

inss salário de contribuição

aliquota (%)

alíquota do salário de contribuição até R$ 1.693,72

8,0

alíquota do salário de contribuição de R$ 1.693,73 a r$ 2.822,90

9,0

alíquota do salário de contribuição de R$ 2.822,91 até r$ 5.645,80

11,0

cdi over (cetip )

4,15%

poupança do dia: 19/12/2019

0,24%

desconto de duplicata pré-fixada, pj

26,55%

capital de giro, sup. 365 dias, flutuante, pf

13,36%

taxa referencial

0,00%

taxa de cheque especial pf

7,86%

taxa de crédito pessoal, pf

4,25%

taxa de juros para aquisição de veículos, pf

1,47%

fonte: bacen

27

revista cdl niterói


programação

Mais vendas, mais negócios Curso e workshop são ministrados na CDL e ensinam técnicas para lojistas Um objetivo comum a todos os comerciantes é o aumento das vendas. Com o intuito de orientar vendedores e gerentes, Wellington Lopes, consultor em gestão e vendas no varejo, vai mediar dois eventos na CDL Niterói: “Masterclass – os 3 passos para vendedores realizarem vendas 5 a 10 vezes acima da média de sua loja”, no dia 19 de março, e “Semana das Vendas Excepcionais (SVE)”, 13,14 e 16 de abril. Formato inovador no Brasil, a Masterclass é caracterizada pela presença de um especialista da área, que compartilha com os participantes os segredos de uma iniciativa, técnica, estratégia ou ferramenta. Uma abordagem que ele domina e que tenha gerado resultados práticos e mensuráveis. A Masterclass vai apresentar os três passos essenciais para conseguir as chamadas “vendas excepcionais”, nas quais os clientes compram valores expressivos, muito acima da média de vendas da empresa. Já no caso da Semana das Vendas Excepcionais, que acontece pela primeira vez em Niterói, serão três encontros nos quais serão apresentados o passo-a-passo das quatro técnicas de vendas, responsáveis por mais de 90% dos cases de Vendas Excepcionais. “Os dois são formatos modernos e atuais, com muita ênfase na entrega de conteúdos de extremo valor e 100% práticos, de modo que os participantes, tanto lojistas, quanto suas equipes, tenham resultados rápidos”, explica o consultor. março 2020

A principal diferença está no nível de profundidade e intensidade. A Masterclass tem cerca de duas horas de duração e seu objetivo é ajudar os participantes a quebrarem algumas crenças limitantes sobre vendas, fazendo “virar algumas chaves em suas mentes”, como explica Wellington, que afirma que produzirão efeitos rápidos em termos de motivação e aumento nas vendas. Já na SVE, de acordo com o palestrante, os encontros serão mais intensos e de pura prática. Para isso, o salão de convenções se transformará em um “campo de treinamento”, onde exercitarão as práticas que devem ser executadas dentro da loja cada uma destas quatro técnicas e estratégias apresentadas. Além disso, será realizada uma gincana com premiações para os participantes. Foi no curso que Peterson Tosetto, sócio-proprietário das Lojas Kuka Maluka, Babysol One Store, Lilica&Tigor e Marisol em Guarapuava - PR, aprendeu técnicas que utiliza até hoje em seus empreendimentos. “O Top Vendas foi tão impactante para os nossos negócios, que serviu de base para a nossa "Trilha de Vendas", cartilha mestra que orienta todas as vendedora de nossas lojas”. E não demorou muito para perceber o impacto das mudanças: “Os resultados já puderam ser notados logo após o primeiro treinamento realizado com a equipe de gerentes, em 2017”, fala. 28


programação

Segundo Peterson, a maior diferença foi a abordagem: “Percebemos o tipo de conexão que podemos criar com o cliente. Entendemos que a equipe pode realizar uma abordagem muito diferente da tradicional, tornando-a especial, de modo que a vendedora se torna uma consultora e amiga, o que gera confiança e se converte em vendas. Parece mágica, é impressionante”, relata. “Receber bem e gerar empatia, com percepções positivas e verdadeiras, faz quebrar o gelo inicial, assim a venda flui de forma natural”. Cada um é marcado de uma forma diferente. Para Fabricia Miranda, franqueada da Contém 1g – Vila Velha - ES, a disciplina foi o aprendizado mais importante: “Sempre soube que acompanhar a equipe é importante, mas ele mostrou como. Identificar o comportamento de cada funcionário, o que buscam, como recompensar ou reconhecer. Isso é impressionante”. E testemunha sobre os impactos na rotina da empresa: “Se ficamos uma semana sem aplicar, o resultado é diferente”. Para o sucesso da experiência, a vivência de Wellington faz toda a diferença. “Durante minha trajetória no varejo passei por vários segmentos e tive a oportunidade de conviver com grandes vendedores. Comecei a admirar a arte de vender e, pela convivência, comecei a aprender vários segredinhos e a desenvolver as minhas próprias técnicas e estratégias”, diz. Ele deu início ao projeto “Vendas Excepcionais” dentro da Contém 1g, depois de realizar palestras de vendas dentro de workshops, criados por ele e outros gestores da franquia para ajudar os franqueados a melhorarem o faturamento de suas operações e fortalecer o relacionamento deles com a marca. A primeira edição aconteceu em Recife para todos os franqueados do Nordeste. “O evento foi um grande sucesso e eu recebi excelentes feedbacks dos franqueados e dos gerentes”, lembra. Três meses depois, um dos participantes solicitou um treinamento para os colaboradores de suas quatro franquias. “Para o projeto, decidi então transformar a palestra no Workshop Top Vendas, com quatro horas de duração, que serviu de base para

o desenvolvimento do método das Vendas Excepcionais, cujas principais técnicas e estratégias serão ensinadas durante a SVE”. O público é formado, principalmente, por lojistas e suas equipes que buscam um melhor desempenho nas vendas, mas que ainda não encontraram um método que trouxesse resultados significativos e duradouros. E que também se encaixam no regime que Wellington classifica como “vendas assistidas”, ou seja, lojas, quiosques ou stands, nos quais a venda de produtos e serviços depende da atuação do vendedor, que recebe comissão por cada venda realizada e tem meta para bater. Já não é tão indicado para os lojistas do regime de auto-serviço, no qual o cliente vai direto ao caixa, sem necessitar da interferência do vendedor. Como é o caso de padarias, lanchonetes, supermercados, farmácias, oficinas, academias, entre outros que seguem com atendimento direto no balcão. Como recado final, Wellington deixa claro que é necessário comprometimento, mas garante melhora no desempenho nas vendas. “Se você busca por resultados e está disposto a participar dando 100% de si, junto de sua equipe, e se comprometer a colocar em prática tudo o que será ensinado, então você estará no lugar certo! E posso lhe garantir, serão dias muitos especiais para você e para seus colaboradores”, afirma.

eventos 1

masterclass – os 3 passos para vendedores realizarem vendas 5x a 10x acima da média de sua loja! Informações e inscrição: http://masterclass.paginas.store

2

s.v.e (semana das venda excepcionais)

@topgerente

Informações e inscrição: http://svecdl.contato.site

29

revista cdl niterói


artigo

FCDL

Isenção de Alvará Oportunidade de negócios

F

Repórter: Antonio Carlos

oi publicada no diário oficial da União uma lista com 287 atividades econômicas que não precisarão de autorizações prévias para funcionar, como alvarás e licenças de funcionamento. A resolução com a lista define diferentes exigências a partir do risco. Os negócios classificados como de "baixo risco A" terão maior autônomia para o processo de abertura. A resolução foi aprovada pelo Comitê Gestor da Rede de Simplificação de Negócios, com representantes do governo federal e de outros entes públicos, como estados e municípios. A norma valerá para aqueles estados e municípios que não tiverem regras próprias. No caso daqueles com legislação específica, esta é a que valerá. A decisão detalhou a medida provisória (MP) Nº881, de 2019. Esta trouxe novas regras para desburocratizar a abertura e o funcionamento de negócios. A resolução criou três classificações: "baixo risco A", "médio risco", "alto risco". As atividades definidas como de "baixo risco A" passaram a não precisar de qualquer tipo de autorização para implantação e funcionamento. Isso inclui licenças e autorizações. Até então, para abrir um empreendimento havia necessidade de buscar permissões, como alvarás da prefeitura ou autorizações de Corpo de Bombeiros ou da Defesa Civil. Para se enquadrar na dispensa de autorização, além de estar nas 287 atividades listadas foram definidos alguns requisitos especiais. Nas zonas urbanas, por exemplo, o empreendimento precisa estar em uma zona regular. Caso funcione na casa do responsável, não será permitida uma atividade com grande circulação de pessoas ou se sua natureza for digital ( como uma startup ou um serviço oferecido por um aplicativo ou site). Só poderão ser enquadrados como de baixo risco aqueles negócios em locais de até 200 m² e com no máximo três pavimentos, sem subsolo. Nesse caso a lotação máxima deverá ser de 100 pessoas e não será permitida a presença de gás liquefeito acima se 190 kg ou de mais de 1.000 litros de líquido inflamável.

março 2020

RISCOS MÉDIO E ALTO

Empreendedores das atividades listadas como de médio risco poderão abrir negócios com alvarás provisórios, como ocorria até então no caso de micro e pequenas empresas, mas precisarão de vistoria posterior para confirmar a permissão concedida preliminarmente. Já os empreedimentos de alto risco terão requisitos específicos, como de segurança sanitária, metrologia, controle ambiental e prevenção contra incêndios. É o caso, por exemplo, de barragens como a de Mariana e de Brumadinho. ESTADOS E MUNICÍPIOS

O secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, Paulo Uebel, disse que a resolução vale para os estados e municípios sem normas próprias para o tema. Ele explicou que cada ente federativo pode ou seguir ou estabelecer lista com classificação própria, alterando também as atividades que vão ser dispensadas de autorização, que precisarão de alvarás provisórios ou que terão exigências maiores. Segundo o secretário, o objetivo da medida, e da MP, foi facilitar a abertura de negócios. "Hoje o Brasil ocupa posição de ranking para fazer negócios muito atrás de outras nações parecidas conosco. O objetivo com a MP foi retirar um pouco o peso da burocracia, o excesso de regulamentação para tornar o Brasil ambiente melhor para empreender", disse. Sempre que fui secretário em Niterói me preocupei com essa pauta, e agora me sinto feliz em poder estar compactuando junto com o governo federal com essa sábia decisão. Eu sou Fabiano Gonçalves, e nós podemos gerar emprego!

POR FABIANO GONÇALVES Vice-presidente FCDL

30


31

revista cdl niterรณi


marรงo 2020

32

Profile for CDL Niteroi

O Lojista - Março de 2020  

O Lojista - Março de 2020  

Advertisement