Page 1


PALAVRADOPRESIDENTE

O VAREJO SE PREPARA PARA AS VENDAS DE FIM DE ANO Valter Ornellas, presidente da CDL de Angra dos Reis

A

s notícias sobre a economia a brasileira não são muito animadoras. Mais especificamente sobre Angra dos Reis são piores ainda. O que podemos esperar para este fim de ano? Apesar de todos os números apresentarem resultados negativos, só nos resta a alternativa de tentar uma saída honrosa para o fechamento do ano. O período de fim de ano é o mais esperado pelo varejo, quando o empresário varejista faz sua maior aposta e, dependendo de como girou o capital no decorrer do ano, este é o momento certo de tentar sair do vermelho. O momento é único e, por consequência, o Natal e a Passagem do Ano envolvem as pessoas, faz com que elas se sintam mais felizes. É aí que o varejo se beneficia deste momento mágico, oferecendo ao consumidor todos os produtos e serviços que lhe tragam prazer. Temos que ser otimistas e pensar que a vida é feita de esperança. Por pior que seja a situação, o consumidor pode até diminuir seu consumo, mas continuará consumindo. O que precisamos é estar cada vez mais conectados com as grandes transformações do varejo e nos empenharmos em trazer o consumidor para o nosso lado. Ser pragmático, eficaz e ter foco são condições fundamentais para que possamos encantar o consumidor. Quanto maior a escassez de clientes, maior é a concorrência.

Por isso precisamos estar de olhos bem abertos. Hoje ser lojista é muito mais do que vender um produto. É, acima de tudo, conhecer o produto e saber para quem ele pode ser ofertado e em que condições este produto deve ser negociado. Como em qualquer outra profissão, o lojista precisa estar sempre aprimorando seus conhecimentos para evitar que seu negócio sofra com a falta de informações. Companheiro, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Angra dos Reis torce por você! Força! Vamos fazer valer o nosso grande “hino da nação lojista” que diz: Somos a Nação Lojista, unida, guerreira, é o nosso orgulho, conquista de uma profissão. Lojista é ser assim: Agir e Lutar, Reagir, Vencer, Construir, Trabalhar. Saúde, força e que Deus, em sua infinita sabedoria, que contemplou nossa querida Angra dos Reis com uma beleza inigualável, derrame suas bênçãos sobre nossa gente e, por maiores que sejam as adversidades que a vida nos imponha, sejamos fortes. Unidos somos um exército que nada teme quando a luta é em defesa de melhores dias para o movimento empresarial e lojista. Feliz Natal e Próspero Ano Novo. Essa são os votos da Câmara de Dirigentes Lojistas de Angra dos Reis. Saudações, Lojistas!

Expediente Angra dos Reis

Av. Raul Pompéia nº. 75 sala 216 Centro - Angra dos Reis- RJ (24) 3365-2121 www.cdlangra.com

Revista O Lojista – Dezembro 2016 Tiragem: 500 Coordenação: Mateus Sacramento Editor: João Miguel (MTB 0012426/MG) Redação: Frederico Nogueira Fotos: Divulgação

Agência CMI Rua Mariano Procópio, 364, Centro - Três Rios/RJ (24) 2255-4030 www.agenciacmi.com.br


515 ANOS de história A história de fundação da cidade que reúne belezas naturais e amplo acervo artístico-cultural capazes de encantar pessoas de todo o mundo Por Frederico Nogueira

A

Com períodos de altos e baixos na história, Angra dos Reis viu o ngra dos Reis já foi cenário de filmes e novelas, além de ser citada em obras literárias e musicais. Tanto destaque tem um progresso retomar na década de 50, com a construção do Estaleiro motivo: a cidade possui incontáveis atrativos capazes de cha- Verolme, parte do plano de metas de Juscelino Kubitschek para a inmar a atenção e ser, para muitos, destino dos sonhos. Além das belezas dústria naval. Na década seguinte a cidade recebeu a Central Nuclear, naturais visíveis, Angra dos Reis tem uma rica história que, no dia 6 de o Terminal da Baía da Ilha Grande e o trecho Rio-Santos da BR-101, importante para o turismo. Hoje em dia Angra é um dos principais janeiro de 2017, completa 515 anos. Logo após o descobrimento do Brasil, a coroa portuguesa enviou polos turísticos do país. Na cultura e na história, Angra dos Reis conta com atrativos navios para desbravarem o litoral e todo o novo como: igrejas do período colonial, Mercado território. No dia 6 de janeiro de 1502 o navegador Gonçalo Coelho chegou ao local que, Angra dos Reis é destino dos Redondo, Chafariz da Saudade, Bica da Carioca, casa de Cultura e o Conjunto Arquiantes, era “casa” dos índios tamoios. Por ser sonhos para muitos turistas tetônico de Influência Portuguesa. Entre os Dia dos Reis Magos, a enorme angra com ilhas de todo o mundo atrativos naturais estão as mais de 300 ilhas e paradisíacas, montanhas, rios, florestas e mar praias para todos os gostos, como Lopes Menazul recebeu este nome. Os colonizadores chegaram pouco mais de 50 anos depois para a cria- des, Lagoa Azul, Praia do Dentista e Ubatubinha. “A CDL de Angra dos Reis parabeniza o município e toda a popução de um povoado. Em 1608 o local onde hoje é o município de Angra dos Reis havia se tornado a Vila dos Reis Magos da Ilha Grande. A lação pelo aniversário de fundação da nossa terra que tão bem recebe cultura da cana de açúcar foi a primeira atividade econômica de Angra pessoas de todo o mundo. Temos orgulho por contribuir com esse movidos Reis que, mais tarde, já na época do império, conheceria o apogeu mento e fazer parte de um lugar tão abençoado com belezas e história”, afirma Valter Ornellas, presidente da CDL de Angra dos Reis. econômico com o ciclo do café.

ANO I | Nº 6 | DEZEMBRO | 2016 | www.cdlangra.com |

3


PODE CHEGAR, 2017! Por Frederico Nogueira

Expectativa em relação ao crescimento da economia faz do novo ano uma oportunidade de desenvolvimento dos negócios locais

C

aso seja feita uma pesquisa com lojistas sobre os resultados de 2016, muitos entrevistados dirão que houve anos melhores para os negócios. Todos puderam sentir na pele e nas contas as diferenças. A proximidade de um novo ano vem acompanhada de novas e melhores expectativas. De acordo com dados recentes divulgados pelo IBGE, há um gradativo movimento de retração na queda de vendas nos últimos trimestres. Com isso, o SPC Brasil avaliou que o início da recuperação está previsto para o final do primeiro semestre de 2017. “As vendas seguem retraindo em virtude da recessão, mas já se observa uma tendência de quedas cada vez menores na comparação entre os trimestres, o que deve ser visto também ao longo dos próximos meses. No entanto, a recuperação de fato ainda deve levar algum tempo para se concretizar, já que a retomada da confiança, que vem 4 | www.cdlangra.com | 2016 | DEZEMBRO | Nº6 | ANO I


se dando de forma gradual, demora para se refletir na economia na forma de novas contratações e incremento das vendas”, analisa Roque Pellizzaro Junior, presidente do SPC Brasil. Com as notícias positivas, é hora de conhecer e apostar nas tendências do mercado para o próximo ano e, desta forma, preparar o negócio para dias melhores. O estudo TrendMe da consultoria Dexi Marketing, por exemplo, apontou algumas tendências para o varejo a partir do próximo ano. Grande parte delas possui ligação direta com o comportamento do consumidor que, segundo o estudo, espera e valoriza cada vez mais a integração dos contatos online e off-line antes, durante e após as vendas. A relação empresa-cliente passa por grandes mudanças com a era digital e os negócios devem estar prontos para o atendimento. Por falar em atendimento, a personalização é vista com bons olhos e como diferencial importante. A empresa que consegue customizar produtos, serviços e atendimentos tem vantagem em comparação com outras que não agem seguindo tais conceitos. Vale a pena investir para conquistar e fidelizar! Assim como a forma de relacionamento com o consumidor está em transformação, os perfis também mudam com o tempo e o varejo deve estar atento para oferecer produtos e serviços que encontrem a demanda existente. A terceira idade e hoje, por exemplo, já faz compras diferentes daquela do passado; o número de pessoas que moram sozinhas e buscam “porções individuais” de produtos também é crescente; produtos para vida saudável e cuidados com animais estão em alta... Há infinitas áreas e nichos que merecem atenção do comércio varejista! Algo que os momentos difíceis ensinam e deve ser levados para o futuro é a importância de mensurar dados do negócio para evitar gastos desnecessários. Com a tecnologia disponível está mais fácil fazer o controle de tudo o que move uma empresa, desde métricas

A relação com o consumidor está diferente e merece atenção para destacar a empresa no novo ano de vendas até gestão do estoque e informações úteis sobre os clientes cadastrados. A avaliação constante das informações coletadas proporciona conhecer as necessidades e fazer um planejamento completo. Se a empresa ainda tem falhas em algum ponto de controle, 2017 é o ano certo para começar. O ano foi complicado, mas alguns problemas podem não ter relação direta com a economia do país. Por isso também é importante avaliar questões internas do dia a dia da empresa para, caso exista algum desafio a ser superado, planejar formas de superá-lo a partir de agora. “Com boas expectativas, a CDL de Angra dos Reis estará à disposição dos lojistas no próximo ano para contribuir da forma que for possível, com nossos produtos e serviços e as constantes lutas em prol da classe. Unidos estamos passando por um momento desafiador e acreditamos que o próximo ano será melhor”, finaliza Valter Ornellas, presidente da entidade. ANO I | Nº 6 | DEZEMBRO | 2016 | www.cdlangra.com |

5


EM FAMÍLIA também dá certo! POR Frederico Nogueira

Saber dividir a relação familiar com a profissional requer atenção e cuidados especiais para o sucesso do negócio

P

or muitos anos as empresas familiares foram apontadas como sinônimo de problema, com faltas de regras claras, muitos chefes e ausência de estrutura de governança. O que poderia ser visto como facilitador de processos era, por diversos deslizes cometidos, o causador dos problemas que, em muitos casos, ocasionavam a morte da empresa. Além disso ainda há os casos em que esforços de décadas são perdidos por erros no processo de transição entre gerações. No entanto, o cenário apresenta constante mudança e trabalhar em família tem proporcionado bons resultados em diversas empresas. É o caso da Angra Tintas, iniciada há 10 anos por Wagner Junqueira. Enquanto cursava a faculdade de administração, o filho, Frederico Junqueira, tomou a iniciativa de trabalhar na empresa do pai. “Ele passou a vir todos os dias e, quando vimos, já fazia parte da equipe. Formou no meio do ano e, hoje, toma conta de uma loja”, comenta Wagner que aponta confiança e facilidade para o relacionamento como principais pontos positivos do trabalho com o filho. O principal desafio, ainda de acordo com Wagner, é não misturar a relação, ou seja, não perder o foco no negócio e não levar

problemas de casa para o trabalho ou do trabalho para casa. “Nunca discuti problema profissional em casa, mas, após a entrada do filho no negócio, acabamos falando sobre. Porém são sempre coisas pontuais e positivas, já combinamos que falar de problemas é proibido”, comenta o empresário. Em relação à governança cor-

Embora não exista receita mágica, especialistas resumem alguns pontos que merecem atenção para que uma empresa familiar tenha sucesso, crescimento e capacidade de passar por gerações. Um deles está relacionado aos problemas que podem surgir na empresa. É fundamen-

Um dos principais desafios é não misturar o relacionamento familiar com o profissional porativa na empresa familiar, o importante é que todos estejam atentos ao coletivo, ou seja, naquilo que é melhor para o sucesso do negócio, para os clientes, a equipe e a família, todos os pontos unidos, nunca um em detrimento de outro. “No nosso caso, conversamos muito sobre decisões, mas temos autonomia, o que é fundamental. Não há fórmula para o sucesso do trabalho em família, mas é importante ter respeito e objetivos claros. O processo transitório também é difícil, a personalidade de cada um influencia. Vaidades e ambições pessoais não podem estar acima dos valores da empresa”, afirma Wagner.

Pai e filho Wagner e Frederico Junqueira compartilham a gestão da Angra Tintas

tal que sejam identificados, discutidos e, se necessário, receberem auxílio externo para solucioná-lo. Também é importante ter cuidados especiais com as regras da empresa, definindo as funções com atenção e responsabilidades de cada integrante na equipe.


CDL FAZ PRIMEIRO sorteiodacampanha NATAL de prêmios Ganhadores da campanha já receberam seus prêmios na sede da entidade

A

CDL de Angra dos Reis realizou o primeiro sorteio da campanha Natal de Prêmios no dia 26 de novembro para os cupons cadastrados na promoção o dia anterior. Foram sorteados dois smartphones Samsung Galaxy J2 Duos, um fim de semana com acompanhante no Resort Aldeia das Águas e duas TV’s Philco 39’’. Os cinco ganhadores receberam seus prêmios no dia 30 de novembro, na sede da entidade, com a presença do presidente, Valter Ornellas, diretores da CDL de Angra dos Reis e representantes das lojas com cupons premiados. O segundo sorteio acontece no dia 26

de dezembro e o último, com cupons das quatro cidades participantes (Angra dos Reis, Barra Mansa, Volta Redonda e Resende), no dia 27 de setembro, quando será sorteado um automóvel Nissan Versa Sedan 2016 0 Km. A cada R$ 30 em compras nas lojas participantes o consumidor ganha um ticket associado ao CPF. Ele deve, em seguida, fazer o cadastro no site: www.cdlclubedevantagens.com.br ou no aplicativo desenvolvido exclusivamente para a campanha. Pelas plataformas o consumidor tem acesso ao saldo, lançamento de novos tickets e informações da campanha.

Ganhadores do primeiro sorteio

Prêmio: Smartphone Samsung Ganhadora: Fernanda Silveira Loja: Peg Shoes II

Prêmio: Smartphone Samsung Ganhadora: Janaína Vieira Arantes Loja: Mirella

Prêmio: 1 TV 39” Ganhadora: Patrícia Barreto Couto Loja: JC Auto Peças

Prêmio: 1 final de semana com acompanhante no Aldeia das Águas Resort Ganhador: Luiz Carlos Silva de Queiroz Loja: Aquabird

Prêmio: 1 TV 39” Ganhadora: Landerleia da Costa Loja:Mazzaropi ANO I | Nº 6 | DEZEMBRO | 2016 | www.cdlangra.com |

7


Profile for CDL Angra

O lojista angra ed06  

O lojista angra ed06  

Profile for cdlangra
Advertisement