Issuu on Google+

27 de fevereiro a 5 de março de 2010 • ano 2 • número 31

José Alencar

Notícias

Na Câmara Municipal de Belo Horizonte o vice-presidente José Alencar recebe o Diploma de Honra ao Mérito.

Pop Notícias . 12-17 de janeiro de 2010

página 3

Belo Horizonte • Matozinhos • Pedro Leopldo • Ribeirão das Neves

Distribuição gratuita

O DIA EM QUE A CIDADE PAROU

páginas 8 e 9

Matozinhos

Pedro Leopoldo

Suspeita de dengue aumentou 400% A cidade de Matozinhos registrou no início deste ano 48 casos suspeitos de Dengue. No ano de 2009 foram registrados 9 casos, aproximadamente 3 vezes menos que o número de suspeitos de 2010. As larvas e foco do mosquito Aedes aegypti, responsável pela disseminação da doença, se proliferam com mais facilidade quando há chuva e muito calor.

página 7

POP

Online

Ribeirão das Neves

Bacia do Ribeirão da Mata: Projetos para 2010 No dia 23 de fevereiro, o Subcomitê da Bacia do Ribeirão da Mata realizou no Plenário da Câmara Municipal a 21ª reunião, comandada pelo Presidente do Subcomitê José Procópio de Castro, com o objetivo de apresentar o plano diretor e o cronograma de reuniões para 2010.

Município beneficia estudantes O prefeito de Ribeirão das Neves, Walace Ventura, fez a entrega oficial de mais de 22 mil kits escolares aos alunos das creches, do primeiro e segundo ano do Ensino Infantil, do primeiro ao nono ano do Ensino Fundamental e Eja (Educação de Jovens e Adultos), e entrega o certificado “Pai Amigo da Escola”.

Belo Horizonte

Vereadores oficializam doação de terreno para igreja página 10

páginas 12 e 13

página 6

www.popnoticias.com.br Acesse!

Os vereadores da região de Venda Nova, aprovaram em segundo turno no dia 12 de fevereiro, o Projeto de Lei 556/09, que oficializa a doação de área localizada em parte da igreja Matriz de Santo Antônio, para a reconstrução da Igreja.


27 de fevereiro a 5 de marco , de 2010

2

OPINIÃO

Charge da semana

Assunto da semana: Greve dos rodoviários “A greve poderia até acontecer, pois é um direito de todos os trabalhadores, mas faltou organização por parte dos grevistas.” Lázaro de Oliveira | Belo Horizonte

“Por mais que atrapalhou, foi um mal necessário. Deveria se cumprir o acordo de circular o mínimo de ônibus e isso não ocorreu.” Liria Fernandes | Belo Horizonte

“Foi muito ruim, e o trânsito ficou muito pesado e várias pessoas não conseguiram chegar ao trabalho. Existe o direito de reivindicar, mas não se deve atropelar os direitos dos outros.” Robson Neves | Belo Horizonte

“Acho um absurdo e uma falta de respeito com a comunidade. Além disso, o comércio, principalmente da capital está sofrendo muito com a greve e já tomou um prejuízo de milhões de reais. Reconhecemos que cada trabalhador tem o seu valor e faz falta na vida de todos nós.” Regina Helena | Pedro Leopoldo “Peguei a greve dos ônibus bem no início, na Estação Barreiro, às 00h02 da segundafeira e não tinha nenhum ônibus. Mais tarde a luta para conseguir ir trabalhar: depois de quase duas horas e meia para chegar ao centro da cidade, com ajuda de carona, 3 ônibus e ainda levei pedrada.”

A greve dos rodoviários não teria acontecido Não foram necessárias semanas de greve para que a economia da região metropolitana fosse afetada. Com menos de 24 horas de duração, o prejuízo no comércio de Belo Horizonte atingia cerca de R$ 14 milhões. A greve dos rodoviários provou que a frota de automóveis em BH não precisa de 10 anos para atingir seu número máximo. Isto já aconteceu, e a cidade parou. No entanto, esta situação seria evitada, se houvesse bom senso entre os envolvidos. Projetos que solucionariam os problemas de transporte público em Belo Horizonte estão prontos, mas longe de serem executados. O metrô seria um destes, mas não é levado adiante. As prioridades da minoria privilegiada comandante do país, não são as mesmas da maioria, a população, que constitucionalmente é guardada pelo Estado, mas que na

prática parece estar perdida, a espera de alguém que a encontre e assuma os cuidados. Se existisse um consenso, todos ganhariam com qualidade de vida e produtividade. No entanto, esta greve tornou-se problema de todas as classes sociais e o prejuízo maior foi da minoria privilegiada. Portanto, a situação não poderia persistir. As exigências de uma solução urgente vieram de todos os seguimentos e os sindicalistas começaram a enfraquecer. Mesmo respaldados pelas leis de greve, por falta de entendimento, os sindicatos estão sujeitos a multas. O medo do desemprego fez com que muitos motoristas e cobradores voltassem às atividades antes do fim. Isto fortaleceu a estima dos patrões que negaram a correção salarial de 37%, e os grevistas concordaram com novas negociações.

A realidade vivida pelos milhões de trabalhadores que utilizam o transporte público da região metropolitana de BH é completamente diferente a que vivem os lideres de setores públicos e privados. Se todos, aos menos uma vez, tivessem a experiência de pegar um ônibus na região norte da capital em dia de Mineirão lotado, ou então, enfrentar o desgaste emocional causado pelos riscos diários, assaltos, vandalismos, congestionamento, esta greve poderia ter sido evitada. No fim de tudo, os únicos que lucraram com a greve foram os vendedores ambulantes, artistas de trânsito, transporte clandestino e proprietários de postos de combustível que, com o aumento de veículos em circulação, arrecadaram acima das expectativas.

Fernanda Pádua | Pedro Leopoldo

n@web

twittadas da semana twitter.com

@jomoraes A cidade parada com greve dos motoristas e cobradores. Forte. Discute-se uma certa anuência do patronato. Muita unidade dos trabalhadores 16:32 Fev 22

Deputada Federal Jô Moraes

@pimentelminas Amigos, 48 horas de greve de ônibus em BH já é demais!! Porque não se cumpre a ordem judicial de retomada do tráfego normal? O prejuízo maior é do trabalhador, do cidadão comum. Agora o que se espera é empenho de quem tem poder de polícia prá fazer valer a justiça! A propósito, sempre fui crítico às paralisações em serviços públicos: saúde, transporte, educação etc. E nunca escondi minha posição... 11:22 Fev 23

Fernando Pimentel @miguelcorreajr Neste momento o sindicato se encontra em reunião. Espero que decidam pela paralisação imediata da greve. Esta greve é considerada ilegal pelo Tribunal pois o transporte público é um serviço essencial, por que não se cumpre a decisão?!

10:46 Fev 24

Deputado Federal Miguel Correa


27 de fevereiro a 5 de marco , de 2010

3

GERAL ANVISA

Farmácias estão proibidas de vender produtos de conveniência

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou que vai recorrer da decisão judicial que vetou os itens 9 e 10 da Resolução nº 44, que obriga as farmácias e drogarias a não deixar medicamentos que dispensam prescrição médica ao alcance dos clientes, do lado de fora do balcão. Na sexta-feira (19), o desembargador do Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região, de Brasília, e relator da matéria, Daniel Paes Ribeiro, negou pedido da Anvisa contra a Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma) e estendeu a decisão, que estava restrita a Brasília, para todo o território nacional. Vale ressaltar que só são amparadas as farmácias e drogarias ligadas a Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma). Resolução nº 44 A Resolução nº 44, que começou a vigorar na sexta-feira (18) trás novas regras da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para a venda de produtos em farmácias. Está proibida a venda de produtos de conveniência e restringidas a exposição de medicamentos nas prateleiras. Os estabelecimentos que descumprirem a norma podem pagar multas de até R$ 1,5 milhão. As novas regras integram a RDC 44, resolução de 17 de agos-

to de 2009 da Anvisa, que dispõe sobre as Boas Práticas Farmacêuticas. Segundo o texto da resolução, as medidas são necessárias para assegurar a qualidade e segurança dos produtos oferecidos e dos serviços prestados em farmácias e drogarias, além de contribuir para o uso racional desses produtos e para a melhoria da qualidade de vida dos usuários. Uma das determinações da resolução é que só podem ser expostos nas prateleiras produtos de perfumaria e fitoterápicos. Para a compra de remédios como analgésicos ou antiácidos,

o cliente terá que pedir ao farmacêutico, pois esses medicamentos devem ficar atrás do balcão de atendimento. Para quem descumprir as regras, a Anvisa prevê multas que variam de R$ 2 mil a R$ 1,5 milhão. Além das multas, o estabelecimento pode ser penalizado com a apreensão de mercadoria e até cancelamento do alvará de funcionamento. De acordo como presidente executivo da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), Sérgio Mena Barreto, a medida será ruim para as farmácias. Segundo ele, no

Político DESTAQUE

Brasil existem 15 mil farmácias onde também funcionam serviços bancários. “São inúmeros municípios no Brasil que não têm nenhum banco público. O maior prejudicado é o cidadão, pois se as farmácias não têm mais receita, elas vão cortar custos ou aumentar os preços, além da diminuição da oferta de empregos”. Barreto assegura que todas as farmácias brasileiras já têm uma medida judicial e não precisam cumprir essa resolução. Além da Abrafarma, que já havia obtido uma decisão judicial em outubro do ano passado, as en-

tidades que cobrem as outras farmácias, (ABC Farma e a Febrafarm) também já obtiveram decisões judiciais. “Não há base legal para que a Anvisa proíba farmácias de vender produtos de conveniência nos estabelecimentos. Isso tinha que estar numa lei e não está. A Anvisa foi além da sua capacidade legal, e portanto, essa decisão não é válida e aí nós temos várias medidas judiciais a respeito”, disse. De acordo com a Anvisa a resolução está vigente e deverá ser cumprida por todos os estabelecimentos do país. A agência afirma que nenhuma liminar foi concedida para desobrigar o cumprimento integral da norma. As liminares concedidas são temporárias e limitadas, pois aplicam-se somente às Instruções Normativas IN nº 9 e 10, que tratam da venda de produtos alheios à saúde e da exposição dos medicamentos isentos de prescrição, afirma a agência. Que diz também que as decisões valem apenas para os estabelecimentos que estavam filiados às entidades amparadas por liminar no momento do ajuizamento da ação. A fiscalização está sendo realizada pela vigilância sanitária estadual ou municipal a desde quinta-feira (18).

Foto e texto: Henrique Chendes

José Alencar Disposto, José Alencar, que luta contra um câncer desde 2006, recebeu diploma de honra ao mérito e assumiu ser um soldado de Lula na disputa ao Palácio do Planalto

O vice-presidente da República José Alencar (PRB) admitiu no evento em que foi homenageado na Câmara Municipal de Belo Horizonte, no início do mês (dia 8), que exames clínicos determinarão sua candidatura para as próximas eleições. Os resultados desses exames estão agendados para os dias 16 e 17 de março e, até lá, Alencar não vai se posicionar sobre sua possível candidatura. “Não posso ser candidato sem ter a certeza de que, se eleito, vou poder cumprir meu mandato. Se os médicos me liberarem, vou me candidatar”, disse. No entanto, a dúvida agora fica para qual cargo. José Alencar, que antes considerava apenas a hipótese de voltar ao Senado, acenou recentemente com a possibilidade de disputar a corrida ao Palácio da Liberdade. No último dia 24, após cerimônia de lançamento da pedra fundamental das futuras instalações do Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica em Lagoa Santa (MG), Alencar reforçou: “Eu digo sempre, lá em Minas, que eu prefiro hoje uma candidatura para o legislativo. Tenho a experiência do senado e do executivo. Mas a agenda do executivo é mais pesada para a minha idade. E no legislativo eu posso ser útil”.


27 de fevereiro a 5 de marco , de 2010

4

GERAL

EDUCAÇÃO

Conferências nacionais deverão ser mantidas no próximo governo

Foto: Foca Lisboa/UFMG

O governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi especialmente mais sensível à realização das conferências nacionais, diz o professor de Ciência Política da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) Valeriano Costa. Ele não teme, porém, a interrupção do processo em qualquer cenário projetado a partir das pré-candidaturas de Dilma Rousseff (PT), José Serra (PSDB), Ciro Gomes (PSB), Marina Silva (PV) e Plínio de Arruda Sampaio (P-SOL). “Não foi o governo Lula que inventou as conferências nacionais. A mobilização faz parte da dinâmica de alguns setores”, ressalta Costa, lembrando que a primeira conferência nacional (de Saúde) se deu na década

de 1940, durante o governo de Getúlio Vargas, e que as conferências continuaram ocorrendo até mesmo durante a ditadura militar (1964-1985). Na opinião do professor Leonardo Avritzer (foto), da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), as conferências continuarão ocorrendo, mas “dificilmente ocorrerá a mesma quantidade”. Algumas estratégias de consulta direta sobrevivem com o passar dos governos, lembra o professor, citando os processos de orçamento participativo já realizados em diversos municípios. Para Gerson Luiz de Almeida Silva, secretário nacional de Articulação Social, ligado à Secretaria-Geral da Presidência

da República, o processo das conferências nacionais continuará, independentemente do resultado eleitoral em outubro. “A construção social não anda só para a frente. Essa ideia de participação, no entanto, está muito forte na sociedade brasileira. Durante o processo de redemocratização não houve retrocesso”, lembra. Segundo ele, “vai ser muito difícil voltar a ideia de que quem governa é apenas o Poder Executivo ou o Legislativo sem escutar a sociedade”. Gerson Silva avalia que a realização das conferências envolve “uma energia social, que ninguém cobra um R$ 1 para mobilizar sua inteligência. Por que deixar de contar com isso?”, pergunta.

UNASUL

América do Sul analisa criação de conselho de combate às drogas O Brasil e mais 11 países vizinhos analisam, em março, a possibilidade de aprovar a criação de um conselho de combate às drogas na América do Sul. A iniciativa deve ser definida durante reunião dos representantes dos 12 paísesmembros da União de Nações Sul-Americanas (Unasul). A ideia é orientar ações policiais em parceria com o Legislativo e o Judiciário. As negociações já estão em andamento, segundo o ministro de Governo do Equador, Gustavo Jalkh. De acordo com Jalkh, só uma ação conjunta será capaz de impedir o avanço do narcotráfico na América do Sul. Segundo ele, tão logo seja apro-

vada a iniciativa será formado o conselho que atuará imediatamente. “No início de março haverá uma reunião de ministros do governo da América do Sul para implementar políticas regionais de combate ao tráfico de drogas, o que permitirá o reforço da cooperação e das políticas que devem ser harmonizadas entre os diferentes países”, disse. Jalkh afirmou que foram realizadas reuniões preparatórias entre vice-ministros do governo para coordenar o estatuto para a formação do Conselho SulAmericano. “Existem vários eixos. A principal linha de Conselho SulAmericano será a harmonização

de políticas para impulsionar as ações. Ou seja, ele vai unificar as metodologias de trabalho em conjunto, mas cada país vai fazer na área de sua área de jurisdição territorial”, afirmou o ministro. De acordo com Jalkh, é fundamental elaborar ações em parceria com o Legislativo e o Judiciário de cada país envolvido no conselho. “É preciso abordar a questão de uma forma global, não apenas do ponto de vista policial, mas também em relação ao Legislativo e ao Judiciário, acabando com a impunidade que possa existir”, disse ele.

ENSINO MÉDIO

Estudantes devem pedir certificado de conclusão até 31 de março Os estudantes que fizeram as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em 2009, para ter direito a um certificado de conclusão do ensino médio têm até o dia 31 de março para requerer o documento. O pedido deve ser feito na página do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) na internet. O novo Enem substituiu o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) e agora é a ferramenta para certificar o conhecimento de jovens e adultos que não tiveram acesso ou não completaram os estudos de ensino regular na idade adequada. Para obter o certificado, o estudante deve ter 18 anos ou mais na data da realização do Enem, e ter atingido pelo me-

nos 400 pontos em cada uma das áreas de conhecimento testadas na prova, além da nota mínima de 500 na redação. De acordo com o Inep, a emissão dos certificados caberá às secretarias estaduais e municipais de Educação, que definirão os procedimentos para a certificação, com base nas notas do Enem. Os institutos federais de Educação, Ciência e Tecnologia também podem emitir os certificados, desde que façam uma avaliação adicional de língua estrangeira, ou expedir uma declaração de proficiência de acordo com o desempenho do interessado. As instituições terão acesso às notas e aos dados cadastrais dos estudantes interessados por meio da internet.

Distrito Federal

Aviação A companhia aérea British Airways vai construir a primeira fábrica europeia destinada a transformar lixo em combustível para aviação. Cerca de meio milhão de toneladas de resíduos serão utilizados anualmente para gerar 72,8 mil m3 de combustível, reduzindo assim o volume produzido de metano.

 Tratamento sem medo

Dentistas abordam novo método para diminuir o medo das crianças que sofrem com as tão temidas brocas. O jogo do rabisco e o manuseio de brinquedos educativos são agora as “novas armas” escolhidas de muitos profissionais da área odontológica.

Após a prisão de Arruda e a renuncia do seu vice Paulo Octávio, Brasília vive seu ápice de crise institucional após 50 anos de fundação. A população, a mais desfavorecida já sente os efeitos da falta de uma liderança.

Caçada ao caçador

O rei dos sete mares está ameaçado. O aumento da pesca de tubarões aumentou muito nos últimos 10 anos para o consumo de barbatanas, considerada uma carne exótica que caiu no gosto do consumidor. Há suspeita de que carne de animais pescados no Brasil esteja sendo comercializada nos paises da Ásia, onde a carne é muito apreciada.

 Cristiano

Preso político

Cristiano Ronaldo se consolida cada vez mais como um fenômeno de marketing no mundo. Em pouco tempo de Real Madrid ele já conquistou os torcedores e ganhou uma homenagem: uma estátua de 10 metros de altura na praça Ramales, em Madri.

O preso político Orlando Zapata, que morreu na terça-feira após uma greve de fome de dois meses e meio, foi sepultado nesta quinta-feira na cidade de Banes, 850 km ao leste de Havana, sob intensa vigilância dos agentes de segurança, informou à AFP a mãe do dissidente, Rosa Tamayo.

Ronaldo


27 de fevereiro a 5 de marco , de 2010

GERAL

VACINAÇÃO

Campanha contra gripe suína começa em março O Ministério da Saúde anunciou na quinta-feira (25) que adultos saudáveis com idade entre 30 e 39 anos também vão receber a vacina contra a influenza A (H1N1) – gripe suína. A campanha de imunização começa no dia 8 de março e inclui ainda profissionais de saúde da rede de atenção básica e envolvidos na resposta à pandemia, indígenas, gestantes, crianças de 6 meses a 2 anos, jovens de 20 a 29 anos e pessoas com doenças crônicas (como diabetes, obesidade, asma e cardiopatias). De acordo com a pasta, a ampliação do público-alvo a ser imunizado antes do início do próximo inverno, em junho, representa um aumento de 30 milhões de doses da vacina, totalizando 113 Foto: Agência Brasil

5

milhões. Para a compra das novas doses, foram destinados R$ 300 milhões, liberados por medida provisória. “Em novembro, quando fizemos a compra da vacina, houve um aumento de oferta no mercado internacional. Sobrou vacina e pudemos ter acesso a um número de doses maior”, explicou o ministro da Saúde, José Gomes Temporão. “Vamos ter estoque estratégico, monitorando o que vai acontecer durante o processo para tomar outras medidas”, acrescentou. A definição da nova faixa etária, segundo o ministério, considerou o grupo com maior número de hospitalizações e mortes, além dos que já haviam sido priorizados. A expectativa é

imunizar 91 milhões de pessoas contra a doença. Parte das 113 milhões de doses será reservada para o caso de haver alterações epidemiológicas ao longo do inverno no país. Calendário de vacinação divulgado pelo Ministério da Saúde: - Profissionais de saúde e indígenas - 8 de março a 19 de março - Gestantes, doentes crônicos e crianças de 6 meses a dois anos - 22 de março a 2 de abril - Jovens de 20 a 29 anos - 5 de abril a 23 de abril - Idosos (mais de 60 anos) com doenças crônicas - 24 de abril a 7 de maio - Pessoas de 30 a 39 anos - 10 de maio a 21 de maio

LEVANTAMENTO

Nações Unidas alertam para uso abusivo de medicamentos prescritos A Junta Internacional de Fiscalização a Entorpecentes (Jife) – órgão ligado à Organização das Nações Unidas (ONU) – fez um alerta quartafeira (24) para o uso abusivo de medicamentos prescritos em todo o mudo. O problema, segundo a Jife, deve ser abordado com urgência, a fim de impedir sua propagação e evitar mais incidentes fatais. Nos Estados Unidos, o abuso de medicamentos prescritos é o segundo maior problema em meio ao cenário das drogas. Com 8,2 milhões de usuários, fica atrás apenas da maconha e representa mais do que o número somado de usuários de cocaína, heroína, alucinógenos, ecstasy e inalantes. Já na Alemanha, entre 1,4 e 1,9 milhão de pessoas são viciadas em remédios.

De acordo com um relatório divulgado pelo órgão, medicamentos que contêm substâncias controladas estão sendo usados como substitutos de drogas ilícitas, uma vez que causam efeitos semelhantes e estão amplamente disponíveis – inclusive pela internet – por meio da venda de conteúdos contrabandeados ou falsificados. “As pessoas tendem a achar que o abuso de medicamentos prescritos é apenas um uso inadequado de medicamentos para tratar problemas de saúde. Mas esses incidentes são frequentemente resultado de um vício que pode ser tão letal como a dependência de outras drogas como a heroína ou a cocaína”, alerta o documento.

E I C

N U

N A

(31) 2515-3035


27 de fevereiro a 5 de marco , de 2010

6

PEDRO

LEOPOLDO

Subcomitê de Bacia do Ribeirão da Mata apresenta projetos para 2010 O crescimento demográfico desordenado em algumas cidades da região metropolitana e as sobras dos resíduos na produção das empresas foram os temas de mais destaque no encontro. No dia 23 de fevereiro, o Subcomitê de Bacia do Ribeirão da Mata realizou no Plenário da Câmara Municipal, a 21ª reunião. Comandada pelo Presidente do Subcomitê José Procópio de Castro, o encontro teve como objetivo apresentar o plano diretor e o cronograma de reuniões para o ano de 2010. O evento foi iniciado com a palestra ministrada pelo membro da gerência do Núcleo de Meio Ambiente da FIEMG, Breno Aguiar de Paula. Na oportunidade, Breno apresentou o projeto “Produção Mais Limpa” (P+L), destinado a produção das empresas e indústrias. Com a intenção de realizar um trabalho preventivo nas empresas, a P+L busca eliminar ou reduzir a geração de resíduos ao longo do processo produtivo, visando também, economizar de maneira mais eficaz a utilização da água e energia na produção de um objeto. “Esse é um trabalho preventivo que vem evitar maiores problemas para o meio ambiente”, disse Breno Aguiar. Na reunião Procópio citou como exemplo, as pequenas serrarias de Pedras no Distrito de Fidalgo e a quantidade de Areial instalados na

Estiveram presentes representantes de empresas e cidades da região

região. “É visível a quantidade de resíduos que ficam nessas cerrarias. Vejo que as pessoas, de um modo geral, se acostumaram a jogar esses resíduos na rua, sem ao menos pensar em transformá-los em um subproduto”, afirma Procópio. O professor e pesquisador Rubem Gomes Pereira desenvolveu seu doutorado tendo como tema principal o Ribeirão da Mata. Na reunião ele falou de maneira objetiva como a implantação de

grandes projetos pode interferir no processo de urbanização dos municípios pertencentes à bacia do Ribeirão da Mata. Segundo ele, a realização de grandes obras como o Centro Administrativo, a estação de metrô, a linha verde, duplicação da Antônio Carlos, Rodoanel e outros, trazem para a região mudanças que podem afetar em um crescimento demográfico desordenado e em consequência causar danos a es-

tes municípios e ao próprio Ribeirão da Mata. “O avanço da mancha urbana sobre as nascentes do Ribeirão da Mata, em Vespasiano (Córrego Sujo) e em Neves (Ribeirão das Neves e Ribeirão das Areias) vem trazendo, além da poluição das águas, decréscimo das taxas de permeabilidade do solo, e consequentemente, o agravamento das enchentes, com prejuízos incalculáveis para moradores, comércio e indústria localizados

às margens do Ribeirão da Mata”, disse. Ao término da reunião não foi possível a criação de uma câmara técnica para discutir os pontos do Plano Diretor, pela pequena quantidade de participantes que apresentava no momento. Mesmo assim, Procópio destacou o projeto que será feito nas escolas neste ano de 2010. “A intenção é distribuir um número significativo de cartilhas e jogos pedagógicos nas escolas municipais da região metropolitana. Serão realizadas também oficinas educativas com os jogos distribuídos com os alunos”, disse. Procópio ainda falou sobre a importância da discussão do Plano Diretor do Rio das Velhas. “O Velhas terá que fazer no seu segundo semestre o seu plano diretor. Isso é importante porque o plano oferece ferramentas que possibilitam que seja escolhido como queremos o ambiente em que vivemos. Vamos decidir através do plano diretor que tipo de água nós vamos querer receber, o percentual de água que poderá ser retirada de cada rio e a quantidade de empreendimentos e construções que poderão ser feitas em cada cidade”, afirma. Procópio falou ainda da verticalização e crescimento do centro de Pedro Leopoldo e afirmou que isto pede um novo estudo para a realização de uma nova análise no plano diretor das bacias.

Confira as reuniões durante o ano de 2010 para elaboração do Plano Diretor

Processo participativo • ciclo A Calendário de oficinas e seminários para elaboração do Plano Metropolitano RMBH - agenda 2010 GRUPOS

MUNICÍPIOS

DATA/HORÁRIO

ENDEREÇO

R1 LESTE

Taquaraçu de Minas, Nova União, Caeté, Rio Acima, Raposos, Baldim, Nova Lima, Jaboticatubas

25/Fevereiro 18h30

Centro de Assistência Integral à Criança - CAIC Rua José Agostinho, 2335 Bairro Osvaldo Barbosa Pena - NOVA LIMA

R3 SUDOESTE

Itaguara, Itatiaiuçu, Mário Campos, Sarzedo, São Joaquim de Bicas, Rio Manso, Ibirité, Betim

09/Março 18h30

Auditório da Câmara Municipal Rua Professora Efigênia Mendonça Pinheiro, 199 Bairro Centro - SARZEDO

R4 REDE 10

Belo Horizonte, Brumadinho, Sabará, Ibirité, Contagem, Nova Lima, Ribeirão das Neves, Santa Luzia, Betim, Vespasiano

09/Março 18h30

Auditório da Câmara Municipal Praça da Paz Carmem de Oliveira Gonçalves, s/nº Bairro São Conrado - BRUMADINHO

R2 OESTE

Florestal, Igarapé, Juatuba, Mateus Leme, Betim, Esmeraldas

24/Março 18h30

Auditório da Faculdade J. Andrade Av. Tanus Saliba, 468 - Bairro Centro - JUATUBA

R5 COM 10

Confins, Capim Branco, Lagoa Santa, Matozinhos, Pedro Leopoldo, São José da Lapa, Esmeraldas, Ribeirão das Neves, Santa Luzia, Vespasiano, Jaboticatubas, Baldim

24/Março 18h30

Centro de Assistência Integral à Criança - CAIC Rua Principal, n º86 Bairro Santa Paula - RIBEIRÃO DAS NEVES

SEMINÁRIO 1

Todos os 34 municípios da Região Metropolitano de BH – RMBH

29/Abril 13h30

Auditório do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de MG - CREA Av. Álvares Cabral, 1600 Bairro Santo Agostinho - BELO HORIZONTE

Processo participativo • ciclo B GRUPOS

MUNICÍPIOS

DATA/HORÁRIO

ENDEREÇO

R1 LESTE

Taquaraçu de Minas, Nova União, Caeté, Rio Acima, Raposos, Baldim, Nova Lima, Jaboticatubas

11/Maio 18h30

Centro da Pastoral Rua Amarantina, s/nº Bairro Centro - RAPOSOS

R3 SUDOESTE

Itaguara, Itatiaiuçu, Mário Campos, Sarzedo, São Joaquim de Bicas, Rio Manso, Ibirité, Betim

26/Maio 18h30

Auditório da Prefeitura Rua Arthur Campos, 906 Bairro Alvorada - IBIRITÉ

R4 REDE 10

Belo Horizonte, Brumadinho, Sabará, Ibirité, Contagem, Nova Lima, Ribeirão das Neves, Santa Luzia, Betim, Vespasiano

26/Maio 18h30

Tenda - Sede da Prefeitura Praça Presidente Tancredo Neves, 1200 CONTAGEM

R2 OESTE

Florestal, Igarapé, Juatuba, Mateus Leme, Betim, Esmeraldas

10/Junho 18h30

Escola Infantil Mundo Mágico Rua Ana Felipa, 270 - Bairro Centro - ESMERALDAS

R5 COM 10

Confins, Capim Branco, Lagoa Santa, Matozinhos, Pedro Leopoldo, São José da Lapa, Esmeraldas, Ribeirão das Neves, Santa Luzia, Vespasiano, Jaboticatubas, Baldim

10/Junho 18h30

Escola Municipal Professora Claudomira Rua Expedicionários, 990 Bairro Brandt - LAGOA SANTA

SEMINÁRIO 2

Todos os 34 municípios da Região Metropolitano de BH – RMBH

08/Julho 13h30

Auditório 1 da FACE - UFMG Av. Antônio Carlos, 6627 - em frente a Reitoria BELO HORIZONTE

Execução técnica:

Realização:

Bruno Aguiar mostra o projeto “Produção mais limpa” da FIEMG


27 de fevereiro a 5 de marco , de 2010

PEDRO LEOPOLDO E MATOZINHOS CINEMA

Filme de Chico Xavier terá lançamento em Março

7

SAÚDE

Matozinhos tem 48 casos suspeitos de Dengue Os possíveis infectados aguardam a resposta final de exames laboratoriais, que tem um prazo de 30 dias para serem entregues

O Aedes Aegypti é um mosquito que transmite duas doenças perigosas: dengue e febre amarela urbana

No dia 13 de Março, centenas de Pedroleopoldenses terão a oportunidade de participar do lançamento do filme de Chico Xavier. Dirigido pelo ator Daniel Filho, o filme que conta a vida do médium, recebeu o nome de “Chico Xavier, o filme” e será realizado no LANAGRO. No dia 12 de Março ele será exibido em Uberaba e em 2 de Abril, terá estréia Nacional. Segundo um dos organizadores do evento e voluntário do Centro Espírita Luiz Gonzaga, Leonardo Melo, a festividade que terá início a partir das 18:00h, receberá cerca de 500 convidados. Deste total, parte dos convites será destinado às autoridades, atores que participaram do filme, produtores e organizadores do evento e etc. Já a outra parte será disponibilizada gratuitamente na Biblioteca do Centro Luiz Conzaga e na Aliança Municipal Espírita, a partir do dia 1º Março. O filme será exibido às 19:00h. Leonardo Melo afirmou que está sendo preparado um mega evento para o lançamento do filme. “O Daniel filho quer que tudo seja perfeito e que a noite do lançamento seja inesquecível. Ele quer uma grande noite porque, de acordo com suas pa-

lavras, vamos lançar o filme na cidade do dono do filme e não podemos fazer feio”, conta. Em conversa, Leonardo falou nas dificuldades para montar um evento para 500 pessoas sem a existência de um cinema na cidade. “Nossa maior desafio é montar no LANAGRO um cinema para 500 pessoas, já que o que temos na cidade comporta apenas 60. O Daniel frisou muito que tudo deve ser da mais alta qualidade”. No mesmo dia, às 21:00h será realizada uma noite de autógrafos com o livro que conta o making off completo do filme. Mas, a festividades não vão parar por ai. No ano do seu centenário, Chico será homenageado no dia 29 de Março com o lançamento do selo, produzido pelos correios. A divulgação acontecerá às 20:00h no Centro Espírita Luiz Gonzaga. A partir do dia dois de Abril, dia oficial do centenário, vários eventos e celebrações serão realizadas na cidade. A confirmação dos eventos e horários serão divulgados no jornal assim que forem concretizados. Quem quiser saber mais sobre o filme pode navegar no site oficial: www.chicoxavierofilme. com.br

A cidade de Matozinhos registrou até o final do mês de fevereiro 48 casos suspeitos de dengue. No ano de 2009, foram registrados 9 casos. Segundo o supervisor de campo Wilton Cornélio, neste ano, mesmo sem a confirmação dos casos suspeitos, já estão sendo realizadas visitas domiciliares para conscientizar a população do risco de proliferação do foco. As larvas e foco do mosquito Aedes aegypit, responsável pela disseminação da doença, se proliferam com mais facilidade quando há chuva e muito calor, justamente o período que estamos vivendo. Prova disso, são os testes realizados em todos os bairros da cidade. Segundo Wilton, o primeiro levantamento de índice realizado no início deste ano apontou que todos os bairros de Matozinhos estão com a presença do vetor. “Não conseguimos saber se esses mosquitos estão infectados ou não. Mas, basta um estar contaminado para que a doença se alastre. O resultado desses testes nos deixou em estado de alerta”, afirma. E foi com base nesses resultados que o cento de Zoonoses já iniciou o seu trabalho de visitas em todas as casas da cidade. De acordo com Wilton são 21 agentes trabalhando em campo,

dos quais, três estão destinados para as áreas estratégicas. Com a volta às aulas, o principal projeto a ser iniciado é com as crianças após o feriado do carnaval. O trabalho será voltado para conscientizar a prevenção. Wilton explica que a base deste trabalho está na tentativa de incentivar os pais a tomarem os devidos cuidados. “No nosso município percebemos que as pessoas ainda podem ter mais cuidado no combate ao mosquito. Por isso, o nosso interesse nas crianças. Queremos que eles incentivem os pais a combaterem mais os focos que estão por toda parte”. Outro ponto destacado pelo supervisor de campo é a necessidade de toda a sociedade unir neste combate. “Temos encontrado muitos casos em que um morador faz o seu papel e o vizinho do lado tem um lote vago, mas, não cuida. Ai não adianta”, conclui. Para os moradores e as associações de bairro que se interessarem em realizar mutirões no bairro, basta ligar para a vigilância sanitária, que será disponibilizado agentes e um carro para dar suporte aos moradores. O telefone é o37127051.

• Manter a caixa d’água completamente fechada para impedir que vire criadouro do mosquito.

• Lavar principalmente por dentro com escova e sabão utensílios usados para guardar água em casa, como jarras, garrafas, potes etc.

• Remover folhas, galhos e tudo que possa impedir a água de correr pelas calhas.

• Lavar semanalmente por dentro com escova e sabão os tanques utilizados para armazenar água.

• Manter bem tampados tonéis e barris d’água.

• Colocar o lixo em sacos plásticos e manter a lixeira bem fechada. Não jogue lixo em terrenos baldios.

• Jogar no lixo todo objeto que possa acumular água, como embalagens usadas, potes, latas, copos, garrafas vazias etc.

• Se você não colocou areia e acumulou água no pratinho da planta, lavá-lo com escova, água e sabão. Pelo menos uma vez por semana.

• Se você tiver vasos de plantas aquáticas, trocar a água e lavar o vaso principalmente por dentro com escova, água e sabão pelo menos uma vez por semana.

• Manter o saco de lixo bem fechado e fora do alcance de animais até o recolhimento pelo serviço de limpeza urbana.

• Encher de areia até a borda os pratinhos dos vazos de planta.

• Não deixar a água da chuva acumulada sobre a laje.


27 de fevereiro a 5 de marco , de 2010

8

BELO

27 de fevereiro a 5 de marco , de 2010

HORIZONTE

BELO

HORIZONTE

9

O empregado não saiu pro seu trabalho. Pois sabia que o patrão também não tava lá. Dona de casa não saiu pra comprar pão. Pois sabia que o padeiro também não tava lá. E o guarda não saiu para prender. Pois sabia que o ladrão, também não tava lá. E o ladrão não saiu para roubar. Pois sabia que não ia ter onde gastar... A realidade da Região Metropolitana não foi muito diferente das palavras de Raul Seixas, na música “O dia em que a Terra parou”, desde o início da greve dos rodoviários, que “estourou” na segunda-feira, 22 de fevereiro. Com a falta de ônibus, as pessoas optaram por ir de carro, motocicleta, bicicleta, carona e até mesmo a pé. Com medo de perder o dia de trabalho, algumas pessoas optaram pela utilização do transporte clandestino, os famosos “perueiros”, que circularam em vários pontos da região. E quem não tinha muita opção ficou em casa. Mas ainda houve aqueles que insistiram na sorte e ficaram horas e horas esperando em seu ponto de ôni-

bus um coletivo passar. Foi nesse instante que a cidade parou. A greve foi anunciada um dia antes, pelo Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Belo Horizonte e Região (STTRBH). Motoristas e cobradores de ônibus reivindicaram 37% de correção do salário, carga horária de seis horas diárias, fim da jornada dupla e circulação dos ônibus sem cobrador. Mas as empresas de ônibus, representadas pelo Sindicato das Empresas de transportes de passageiros de Belo Horizonte (SetraBH) e Sindicato das Empresas de Transporte da Região Metropolitana de Belo Horizonte (Sintram), ofereceram apenas 4,36% de aumento, e a proposta foi rejeitada pelos trabalhadores. Com o atual piso salarial, esse aumento seria aproximadamente de R$ 50,00 para os motoristas e R$ 25,00 para os trocadores. A greve foi além da capital mineira, atingindo cidades da Região Metropolitana como Contagem, Ribeirão das Neves, Pedro Leopoldo, Betim, Brumadinho, Itaúna, Sete Lagoas entre outras. Na mobilização, além de todo

Ricardo Mendonça Bairro Venda Nova

Os números da greve

Greve é direito O artigo 1º da Lei 7.783/89 garante o direito à greve: “É assegurado o direito de greve, competindo aos trabalhadores decidir sobre a oportunidade de exercê-lo e sobre os interesses que devam por meio dele defender”. Mas a greve deve ser estabelecida com normas já previstas na lei. Assim como a saúde e a segurança pública, o transporte público é considerado também um serviço essencial e uma necessidade da população. Os artigos 11 e 12 afirmam que nos serviços ou atividades essenciais, os sindicatos, os empregadores e os trabalhadores ficam obrigados, de comum acordo, a garantir, durante a greve, a prestação dos serviços indispensáveis ao atendimento das necessidades inadiáveis da comunidade. Caso contrário, o Poder Público assegurará a prestação dos serviços indispensáveis. Neste caso, é obrigatória a circulação de pelo menos 50% da frota de ônibus. Como prevê o artigo 13º, em serviços ou atividades essenciais, ficam as entidades sindicais ou os trabalhadores, obrigados a comunicar a decisão aos empregadores e aos usuários com antecedência mínima de 72 (setenta e duas) horas da paralisação. A Lei também prevê que é vedada a rescisão de contrato de trabalho durante a greve, bem como a contratação de trabalhadores substitutos. Mas enquanto

“Tive que levar meu neto ao médico e agora não tem ônibus para voltar. Estou há quarenta minutos aqui e não sei o que vou fazer para levar ele na escola. Não posso pegar táxi porque tenho passe livre para ônibus e não tenho dinheiro para voltar. O jeito é tentar pegar um ônibus, descer na metade do caminho e andar a pé.” Maria Rita Bairro São Francisco

não houver acordo o empregador poderá contratar diretamente os serviços necessários enquanto perdurar a greve. Ainda não se sabe ao certo quantos coletivos circularam na cidade. De acordo com a BHTrans, no primeiro dia de greve circularam cerca de 30% de ônibus. Já na terça feira e quarta-feira, cerca de 80% e na quinta-feira a circulação aumentou ainda mais. Nesse dia a frota foi de 2.854 veículos. De acordo com o coordenador de imprensa e comunicação, Carlos Henrique Marques, desde o primeiro dia da greve o Sindicato dos Trabalhadores cumpriu a legislação de manter 50% da frota circulando e não pretendem paralisar até domingo, 28, quando será apresentada em assembleia a proposta patronal para a apreciação na categoria. Caso o Sindicato dos Trabalhadores não aceitem a contra proposta do juiz e dos patrões, os trabalhadores paralisarão novamente na segunda-feira (01/03). “Não fazemos questão de paralisar até domingo (28), porque nós precisamos mobilizar os trabalhadores antes de fazer qualquer greve. Até a assembleia a frota mínima de 50% estará em circulação”, afirma o coordenador. A negociação entre os empregados e empregadores já acontece desde dezembro de 2009, mas por falta de discussão, o Sindicato dos Trabalhadores deu início à mobilização.

“O problema é que quando faltamos no trabalho ficamos prejudicados, porque não tem como eu pagar o dia de trabalho perdido.” Sérgio Santuário Bairro Venda Nova Data das entrevistas: 22/02/2010

90% das cidades da região metropolitana foram atingidas

1,2 milhão de pessoas afetadas pela paralisação 600 ônibus depredados

Prejuízo de R$ 44 milhões no comércio A procura pelo serviço de metrô aumentou 21%

90% dos motoristas da Região metropolitana aderiram a greve na segunda-feira

Aumento em 30% pela procura por táxis e micro-ônibus

Projeto BRT O Bus Rapid Transit (BRT) é um sistema de transporte por ônibus, eficiente, de alta capacidade e alta qualidade. Semelhante ao metrô, os BRT’s devem circular em vias exclusivas, com estações de integração e um moderno sistema de informação capaz de controlar toda a operação em tempo real. Esse sistema de transporte já e comum em locais como Bogotá, Santiago, México, Johanesburgo, China, Europa, Estados Unidos e Canadá. Outras vantagens do sistema é a redução nos tempos de viagem, facilidade de acesso, segurança. Na capital mineira, os BRT’s serão instalados até 2012 nos corredores da Av. Cristiano Machado, Pedro II – Av. Carlos Luz e Av. Antônio Carlos – Pedro I. Serão investidos nas obras cerca de 493 milhões de reais.

Programa BH Carona Solidária O projeto de lei 427/09, de autoria do vereador Adriano Ventura (PT), propõe a carona solidária como política pública em Belo Horizonte. O PL objetiva a redução de congestionamento de veículos nas vias públicas. Os carros cadastrados terão estacionamentos preferenciais. Para isso, seriam instalados pontos de embarque e desembarque com câmeras do programa Olho Vivo e um banco de dados, disponível na internet, com informações dos usuários cadastrados e a identificação de carros habilitados com a logomarca do programa. O PL foi aprovado em primeiro turno. De acordo com o vereador, o projeto de lei é um programa de incentivo, porque não se pode obrigar as pessoas a oferecer carona. Essa prática é bastante comum em cidades do interior e poderia ser aplicada em Belo Horizonte. A carona é algo voluntário.

Projeto Criação de Ciclovias

Eugênio Moraes/Jornal Hoje em Dia

“Sempre realizo o mesmo trajeto que fiz hoje, mas o problema é que tenho que esperar muito para o ônibus passar.”

prejuízo causado pela falta do transporte público, aproximadamente 600 ônibus foram depredados. Com a superlotação de carros particulares e motocicletas, o trânsito na capital ficou congestionado. De acordo com a BHTrans, nos dois primeiros dias de greve o número de veículos particulares no trânsito aumentou em média 40%. Cerca de 400 mil carros trafegam em dia normal, mas com a greve esse número chegou a 600 mil veículos particulares trafegando no hipercentro da cidade. Com a falta de linhas de ônibus circulando na cidade, o metrô se tornou o único transporte coletivo. No primeiro dia de greve, a CBTU registrou um recorde de passageiros, com 193.570 usuários. O número corresponde a um aumento aproximado de 27% (21.960 usuários a mais) em comparação com as segundas-feiras úteis. A Estação Central registrou o maior número de embarques, com 26.915 usuários transportados. Na sequência, a Estação Eldorado (23.771) e Vilarinho (21.238).

Suzana Oliveira

Eugênio Moraes/Jornal Hoje em Dia

O DIA EM QUE A CIDADE PAROU

A implantação de ciclovias na capital pode ser uma solução para um dos gargalos que é o trânsito intenso na cidade. Esse transporte alternativo já está sendo implantado em Belo Horizonte pelo programa Pedala BH, da Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans). Serão implantadas seis rotas cicloviárias na cidade: (Rota Nordeste – Avenida Saramenha); (Rota Cicloviária Venda Nova - Pampulha); (Rota Barreiro); (Rota Américo Vespúcio); (Rota Cicloviária Leste – Centro); e (Rota Savassi – Centro). Apenas em 2010, serão 19km de ciclovias implantadas. A meta é alcançar até 2020 cerca de 340 km de ciclovias. O projeto também prevê a transformação de parte dos estacionamentos rotativos em bicicletários. O custo anual das obras está estimado em R$ 1,5 milhão. A criação de ciclovias integradas na capital e em parques e praças com área superior a 3 mil metros quadrados também está em tramitação na Câmara Municipal de Belo Horizonte. O Projeto de Lei 590/09, de autoria do vereador Adriano Ventura (PT), propõem a implantação de ciclovias integradas ao sistema viário de transporte municipal, com rede viária própria para o transporte de bicicletas, ciclofaixas e bicicletário. O projeto está foi aprovado em primeiro turno. De acordo com o vereador, a ideia é fazer com que o projeto de lei seja uma política pública do município e não um programa. “Quando um projeto de torna política pública, os órgãos auxiliam e se mobilizam para a realização do projeto. É deles a responsabilidade de fazer criar mecanismos para fazê-lo funcionar”, explica e acrescenta que “A greve de ônibus, por exemplo, transformou o trânsito em um caos. Se cada um tirar a bicicleta de casa, já incentiva ao uso de transporte alternativo e da melhoria no trânsito.”.


27 de fevereiro a 5 de marco , de 2010

10

BELO

HORIZONTE

ESPORTE

FALTA DE PATROCÍNIO IMPEDE CICLISTA DE COMPETIR MARATONA NO EXTERIOR

O ultra ciclista Rogério Pacheco está há dois anos em busca de patrocínio para competir em uma das mais importantes maratonas longa duração, a Race Across América. O atleta realizou recentemente na Lagoa da Pampulha, a campanha “Pedalando 10 Dias Pela Vida” para chamar a atenção das pessoas sobre a importância do esporte, especialmente do ciclismo, da prevenção das drogas e ainda aproveitou a oportunidade para se preparar para a desejada Race Across América, que acontece nos Estados Unidos. A prova atravessa a costa leste/oeste do país e dura aproximadamente 10 dias. Para participar da maratona nos EUA é necessário arcar com um passaporte no valor de 70 mil reais, que é válido até 2012. “O Rogério tem realmente chances de ser campeão da Race Across América. Ele está muito bem fisicamente e preparado para realizar a prova, mas falta patrocínio para arcar com os 70 mil reais”, afirma o presidente da Presidente da Liga Mineira de Ciclismo, o Frango. O atleta está no esporte há 13 anos, é o melhor atleta brasileiro de ultra ciclismo e já recebeu destaque no bicampeonato mundial pela UMCA (Ultra Marathon Cycling Association). Campanha “Pedalando 10 Dias Pela Vida” Durante a campanha “Pedalando 10 Dias Pela Vida”, Rogério pedalou durante dez dias na orla da Lagoa da Pampulha. “A Lagoa em si é um desafio. Dar uma volta é uma coisa, dar 20 voltas e ainda em 10 dias é um absurdo. Estou fazendo uma ação de superação pessoal. Sou qualificado para isso. “Sou representante do Brasil para realizar a prova mais dura do mundo que é a Race Across America, já faz

para auxiliar na prova. Segundo o nutricionista Guilherme da Mata, a alimentação foi bem variada e energética, com muitas frutas, massas e carne no almoço. A cada duas voltas Rogério se alimentava, ainda em cima da bike. E a cada 3 horas ele parava para fazer o os exercícios de alongamento. A alimentação reforçada e diversificada fez com que Rogério não perdesse nenhuma quantidade de peso. “O psicológico de Rogério está muito sensível, porque o percurso é repetitivo, sempre passando pelos mesmos lugares. E a gente tem que variar na alimentação para ele ficar melhor, estimulando paladares diferentes. Isso ajuda a evitar esse tipo de estresse. No inicio (entre segundo e terceiro dia) Rogério sentiu muita fraqueza, mas do quarto em diante ele se recuperou muito bem”, afirma o nutricionista.

Nesse tempo, Rogério dormia cerca de 6 horas por dia e pedalava de 6h às 21h. Ao longo do dia cerca de 50 atletas participaram, atletas de ponta e o ciclista de belo Horizonte que estão compareceu em massa, como o grupo Le Vélo, Pedal do Frango, União, Mountain Bike BH, Mountain Barreiro e Ong Terra da Sobriedade, onde Rogério realiza um trabalho de reabilitação de dependentes químicos. “O mundo precisa trabalhar a prevenção. Eu trabalho com dependentes químicos, mas têm pessoas que acham que esses dependentes estão ‘perdidos’, mas eu não penso dessa forma. Tenho exemplos dessas pessoas que compraram bicicleta depois que andaram comigo e isso é um reflexo muito positivo. Se você consegue resolver o problema de uma pessoa, para mim nada é mais importante”, afirma Rogério Pacheco.

Parte da equipe que auxilia na maratona. Rogério Pacheco segurando a bicicleta cinco minutos antes da retomar todo o percurso na Lagoa

dois anos e não consegui nenhum patrocínio. A logística dessa prova é muito próxima dessa que a gente montou aqui, a campanha “Pedalando 10 Dias Pela Vida”, e assim consigo trabalhar detalhe por detalhe”, explica Rogério. A chuva, o sol, o sereno e o vento não foram suficientes para impedir a realização da prova. Foram completadas diariamente cerca de 20 voltas na orla. Para motivar a maratona, demais atletas pedalaram ao lado de Rogério Pacheco. “A minha estratégia aqui é pedalar cinco voltas, porque esse intervalo é o momento que eu paro

para recuperar. Todo meu esforço é focado nessas cinco voltas”, afirma Rogério. Por falta de patrocínio necessário para a realização da campanha, a Pedal do Frango, que faz diversos eventos esportivos na região da Pampulha, recebeu doações de várias pessoas, tanto de atletas, quanto de pessoas comuns que se sensibilizaram com a campanha. Mas as doações também foram por meio de serviços. Toda a equipe foi formada por profissionais de educação física, fisioterapia, cardiologista e nutricionista que disponibilizaram a cada dia parte do seu tempo livre

DOAÇÃO

Vereadores de Venda Nova aprovam terreno para a Igreja da Matriz

Os vereadores da região de Venda Nova, Silvinho Rezende (PT), Luzia Ferreira (PPS), presidente da Câmara, João Bosco Rodrigues “João da Locadora” (PT), João Oscar, corregedor da Casa, Alexandre Gomes (PSB) e Iran Barbosa (PMDB) aprovaram em segundo turno no dia 12 de fevereiro o Projeto de Lei 556/09. De autoria do vereador Silvinho Rezende, o PL oficializa a desafetação e doação de área localizada em parte da igreja Matriz de Santo Antônio, filial de Mitra Arquidiocese de Belo Horizonte. O espaço era considerado público e durante alguns anos funcionou como praça pública. Entretanto, o local era pertencente ao patrimônio da Matriz. A área atualmente está delimitada por uma grade construída pela Igreja e nesse espaço será edificado a nova Matriz de Santo Antônio. O espaço tem 683,39 metros qua-

drados e está localizado no quarteirão 18 da Zona Urbana de Venda Nova, entre as ruas da Matriz, Santo Antônio e Alcides Lins. Há mais de 50 anos, a igreja utiliza a área para a realização de eventos cristãos, como na comemoração

da Semana Santa. “O Projeto de Lei foi elaborado para corrigir um erro. O terreno não pertence à Prefeitura de Belo Horizonte, mas à igreja, que já doou tantos terrenos e agora precisa do espaço para construir a nova Igreja de Santo Antônio”, afirma Silvinho

Rezende. O Projeto de Lei foi aprovado com um total de 29 votos. Emenda substitutiva 129 é aprovada na Câmara No mesmo dia, 12 de fevereiro, 25 vereadores da capital também aprovaram na Câmara Municipal de

Belo Horizonte a Emenda Substitutiva 129, que substitui o Código de Posturas, de autoria do Executivo. A Emenda não permitirá outdoors na região central de Belo Horizonte, nos limites da avenida do Contorno, e no restante da cidade será feita uma redução de 85% da quantidade de outdoors. A Emenda Substitutiva 129 é de autoria dos vereadores Paulo Lamac (PT), Neusinha Santos (PT), Elaine Matozinhos (PTB), Léo Burguês de Castro (PSDB), Gunda (PSL), Cabo Júlio (PMDB); e Pablo César “Pablito” (PTC). Na plenária, também foram aprovadas mais 14 emendas, que variam entre estabelecimentos de faixas públicas exclusivas para cadeirantes e utilização de água tratada e canalizada para lavagem de passeios.


27 de fevereiro a 5 de marco , de 2010

RIBEIRÃO DAS

11

NEVES

NEVES DISCUTE AÇÕES SOCIOEDUCATIVAS ATRAVÉS DE SEMINÁRIO Medidas executadas em programas que cuidam de jovens em conflitos com a lei, promovidos pelo Centro de Referência Especializado da Assistência Social(CREAS), foram temas de discussão no Seminário da Política Estadual das Medidas Socioeducativas em Meio Aberto, realizado no dia 23 de fevereiro, no CAIC de Neves. A qualificação de profissionais esteve ao centro dos debates. A reinserção de menores infratores na sociedade é um dos desafios enfrentado por membros do CREAS, responsáveis por cerca de 120 jovens em conflito com a lei, residentes em Ribeirão das Neves. O Juizado da Infância e Juventude aplica uma medida socioeducativa e encaminha aos profissionais do CREAS, que os acompanham de perto através dos programas de Liberdade Assistida ou de Prestação de

Serviço a Comunidade. No entanto, o preconceito pelos assistidos torna-se uma barreira que inviabiliza o processo de reintegração na sociedade. Segundo a Superintendente de Proteção Especial, Maria Lucia Alves Dias, ainda há profissionais que desconhecem os procedimentos dando margem para rotulações.“Na rede de ensino há meninos e meninas que estão fora da faixa etária e já passaram por infrações. Eles são normalmente discriminados.” A superintendente de Gestão das Medidas em Meio Aberto e Semiliberdade, Dra Ludmila Faria, propôs que haja uma reunião entre a Secretaria do Estado de Defesa Social com a Secretaria de Educação para que os profissionais envolvidos sejam melhores capacitados, e a criação de uma Delegacia Especializada para Criança e Adolescente em Ri-

beirão das Neves. Segundo Maria Lúcia, a implantação desta delegacia poderia evitar que alguns menores infratores sejam entregues ao conselho tutelar e levado para abrigos onde permanecem sem saber quais as medidas a serem seguidas. Para a psicóloga Vanessa Heilbuth Oliveira este tipo de seminário é importante para todas as pessoas que estejam envolvidas com trabalhos ligados aos jovens e a família. As palestras possibilitam a troca de experiências e um entendimento melhor dos menores infratores e como atingir resultados mais eficazes. Ela cita como exemplo de caso bem sucedido, a historia do educador Roberto Carlos Ramos, que foi menino de rua, teve 132 fugas registradas da Fundação Estadual do Bem-Estar do Menor (FEBEM), aos 13 anos de idade ainda não era alfabetizado, mas, foi acolhido por

uma pedagoga francesa que acreditou na possibilidade de reinseri-lo ao meio social. Hoje é pedagogo, escritor, palestrante, contador de história, além de ter adotado 13 crianças carentes. Este seminário é parte de um convênio com o governo federal, no qual, representantes do Estado de Minas e de 11 cidades da região metropolitana apresentaram medidas tomadas, experiências e resultados sobre os programas socioeducativos realizados em seus respectivos seguimentos. Também estiveram pre-

sentes secretário de Estado da Defesa Social, Mauricio Campos Junior, o sub-secretário de Medidas Socioeducativas, Ronaldo de Araujo Pedron, o Prefeito de Ribeirão das Neves, Walace Ventura e o comandante da Policia Militar do município, Tenente-Coronel Luiz Carlos Godinho, além de outros lideres.

O caso de Roberto Carlos Ramos, o contador de histórias, é exemplo de que dando atenção ao jovem tudo pode mudar. Muitas vezes, quando o jovem chega nestas circunstâncias, ele não está conseguindo ser ele mesmo. É importante que seja oferecido a ele esta chance de se encontrar.

Vanessa Heilbuth Psicóloga

Luzia Ferreira fortalece aliança em Neves Foto: João Carlos Rocha

Na quarta-feira (23), a Câmara Municipal de Ribeirão das Neves recebeu a visita de Luzia Ferreira, vereadora e presidenta da Câmara Municipal de Belo Horizonte pelo 2º ano consecutivo, é também coordenadora do fórum dos presidentes de Câmara de todas as capitais do Brasil. Ribeirão das Neves, assim como BH, possui mulheres à frente dos trabalhos da presidência da Casa: Zeni Francisca da Silva, Presidenta, e Maria de Oliveira Cardoso, vice-presidente, que reforçam a representatividade feminina na atuação política da RMBH. A presidente da Câmara Municipal de Ribeirão das Neves, Zeni Francisca, agradeceu a presença de Luzia Ferreira, a quem se dirigiu como “uma mulher guerreira, que sempre luta pela política e de um conhecimento invejável”. Luzia Ferreira abriu o encontro falando desta conquista do espaço da mulher na política e apontou que a Câmara de Ribeirão das Neves demonstra que as mulheres estão cada

vez mais ocupando cargos de importante representatividade: “Sinal de novos tempos”, afirmou. A presidenta da Câmara de Belo Horizonte deu continuidade a divulgação do trabalho

e importância da Frente Parlamentar dos Vereadores da Região Metropolitana de Belo Horizonte, e defendeu a importância da união e da articulação das Câmaras para resolução dos problemas comuns da

RMBH. “Ficou muito evidente a importância de que nós, da região metropolitana, tenhamos uma atuação integrada. Não da mais para trabalhar sozinho, e cada um olhar apenas para seu bairro e para sua cidade. Os pro-

blemas que temos hoje, como transporte, saúde, urbanização, saneamento, habitação, geração de empregos, todos são muito interligados. Pessoas moram aqui e trabalham, consultam médicos em Belo Horizonte, não há como cada cidade ter a solução completa. É preciso ter uma atuação integrada”, ressaltou Para esta articulação entre os municípios, Luzia destacou a existência da Agência Metropolitana, um braço executivo vinculado ao governo do estado, além da Assembléia Metropolitana, composta pelo prefeito e presidente de Câmara de cada município de Minas, além dos representantes do governo do estado, e reforçou a questão do trabalho em conjunto colocando a disposição dos servidores da Câmara de Neves toda a infra-estrutura da Câmara de Belo Horizonte, incluindo cursos de capacitação, como atendimento ao público, convênio que tem funcionado com diversos outros municípios.


12

27 de fevereiro a 5 de marco , de 2010

RIBEIRÃO DAS

NEVES

EDUCAÇÃO

REFORÇO ESCOLAR: 22 MIL KITS E

O prefeito Walace Ventura participou da entrega oficial do Kit Escolar e certificados “Pai Amigo da Escola” no CAIC s pais de alunos da rede municipal de ensino de Ribeirão das Neves têm um motivo para comemorar nesta volta as aulas de 2010. O prefeito de Ribeirão das Neves, Walace Ventura, fez a entrega oficial na quinta-feira, dia 4, de mais de 22 mil kits escolares aos alunos das creches, do primeiro e segundo ano do Ensino Infantil, do primeiro ao nono ano do Ensino Fundamental e Eja (Educação de Jovens e Adultos). A ideia é fazer com que os pais não gastem dinheiro com material escolar, ressaltou o Prefeito Walace Ventura. “Foram adquiridos 22 mil kits com mochila, cadernos, agenda, lápis, lapiseira, caneta, borracha, grafite, tesoura, régua, massinha, lápis de cor, giz de cera, etc, que serão entregues aos alunos no início do período letivo de 2010, com valor em torno de R$ 100,00 por aluno. Esperamos assim motivar o aluno, e desonerar os pais, principalmente para os pais que têm 2, 3 crianças na escola. A entrega destes kits é mais uma meta proposta e alcançada em Ribeirão das Neves. Com esta ação pretendemos ajudar as famílias na volta às aulas. Sabemos que as despesas com material escolar são grandes e nosso objetivo

O

é ajudar às famílias para que o dinheiro possa ser investido em outras necessidades, e também contribuir com a educação em nosso município”, diz o prefeito. Além dos kits escolares, a prefeitura continua com o sistema de melhoria nas merendas escolares, que começou em novembro do ano passado. Atualmente são 54 mil merendas são oferecidas diariamente, graças ao lanche que passa a ser servido na entrada da aula, para os alunos que estudam pela manhã, e ao final do horário, para os alunos da tarde, um aumento de praticamente 100% do que era oferecido anteriormente, 32 mil. Neste lanche, os alunos poderão usufruir de suco, toddy, biscoito, dentre outros para ajudar na alimentação, com cardápios desenvolvidos por nutricionistas da Secretaria de Educação. O prefeito de Ribeirão das Neves, Walace Ventura destacou que já se havia o interesse de melhorar a merenda escolar e que este sistema irá continuar este ano: “Havia essa necessidade, uma vez que normalmente o aluno vem para a escola mal alimentado. A partir do momento que ele chega na escola e já tem um lanche, talvez seja para ele a primeira refeição, embora no pe-

ríodo da tarde a gente também esteja preocupado com a última refeição, de substituir deficiências, muitas vezes de um jantar.”. Esse complemento na alimentação do aluno reflete diretamente na sala de aula, uma vez que muitos dos alunos só vão ter sua primeira refeição na escola.

“É uma satisfação muito grande receber este Kit. Além de mim, tenho quatro filhos que são estudantes da rede municipal. Todos recebemos o Kit e será uma grande ajuda para o orçamento da casa”. Adriano Gomes de Oliveira Estudante do EJA (Educação de Jovens e Adultos)

Comunidade reunida no CAIC para o lançamento do Kit Escolar e certificação dos “Pais amigos da escola”

“Acredito na boa intenção da Prefeitura em beneficiar pais e alunos e como profissional da educação me sinto também prestigiada pois este kit escolar auxiliará os pais economicamente e os profissionais no desenvolvimento das atividades em sala de aula.” Antônia Geralda Souza de Oliveira Prof. e Especialista em piscopedagogia E. M. Belizária Avelar Martins – CAIC

Cada grupo recebeu o material de acordo com o ciclo que está cursando. Os materiais foram adquiridos com recursos próprios da Prefeitura


27 de fevereiro a 5 de marco , de 2010

RIBEIRÃO DAS

NEVES

13

TRANQUILIDADE PARA OS PAIS RECONHECIMENTO

“Pai Amigo da Escola” lém do reforço no bolso dos pais, este ano foi criado também uma forma de valorizá-los na participação da comunidade escolar. Através do Decreto N.º 008/2010, que estabelece o certificado “Pai Amigo da Escola” que será concedido anualmente à pais que se destacaram na parceria com a escola, como forma de agradecimento e incentivo. A escolha dos agraciados com o referido certificado será feita pela comunidade escolar, conforme critérios a ser definidos pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura do município de Ribeirão das Neves.

A

A intenção de valorizar estes pais leva em conta que a família é o esteio da sociedade, onde a escola complementa a educação oferecida no seio da família. A presença da família na vida escolar do aluno é fundamental para o seu pleno desenvolvimento, e a integração entre a família-escola propicia maior êxito na relação ensinoaprendizagem. Muitos pais são parceiros em todos os momentos e contribuem na tomada de decisões da escola, apoiando e ajudando nas ações desenvolvidas em prol do aluno.

Eder Cristi, Isabela Conceição e Gorete Santos Medrado “Um benefício como este só tem a acrescentar na educação de minha filha e no crescimento da comunidade. Isto prova que os lideres estão preocupados com a educação da cidade.” — Eder Cristi Medrado

Pamela Naiara Azevedo Tavares representou o pai, Deusdedite Luis Santos Filho, colaborador com o sistema de ensino municipal de Ribeirão das Neves, através da doação de verduras, legumes e outras variedades para as escolas e creches. “É um privilégio receber um prêmio de reconhecimento pela nossa prestação de serviço. Seria muito bom se todo mundo pudesse colaborar de alguma forma, mesmo que fosse com pouco.”

Homenageados “Pai Amigo da Escola” Maria Auxiliadora Rodrigues Garcia - EM. do Bairro Esperança Yara Cristina dos Santos Benevenuto - EM. do Bairro Esperança Nilvânia Maria Marques - Anexo- EM. José Batista Neto Maria Batista - Anexo- EM. José Batista Neto Aparecida Tomaz Soares - Anexo- EM. Shirley Regina Malta das Chagas Damião Messias - Anexo- EM. Shirley Regina Malta das Chagas Viviane Cátia M. Souza - Centro Solidário de Educação Infantil Douglas F. Freitas Wellington A. Ferreira - Centro Solidário de Educação Infantil Douglas F. Freitas Patrícia de Lima Ferreira Sampaio - EM. Cantinho do Céu Luciane Ferreira Guaita - EM. Cantinho do Céu Regina Cristina Gonzaga - EM. Cora Coralina Esmaília Cristina da Silva Jardim - EM. Cora Coralina Ana Araújo de Souza( Avó) - EM. Deraldo José de Souza Maria do Carmo de Freitas - EM. Deraldo José de Souza Vanderléia da Conceição Gonçalves - EM. do Bairro Flamengo Renata Aparecida Costa Batista - EM. Gabriela de Paula Costa Soares Márcia Faustino Gomes - EM. Gabriela de Paula Costa Soares Marlei Coelho de Oliveira - EM. Hélia Matos Sartori Vanez Fernandes da Silva - EM. Hélia Matos Sartori Sandra Helena Gonçalves - E.M Irma Avelino Menezes Ana Paula Araújo Bandeira - E.M Irma Avelino Menezes Lucinéia Alves de Brito – E.M João Antes da Costa Marlene Pereira da Silva E.M João Antes da Costa Elzi Lopes Marçal - EM. Silvestre Roberto Valentim Edilaine da Silva Teixeira - EM. Silvestre Roberto Valentim Luciana Marília Venâncio - EM.Joaquim Diniz Rocha Luis Mascarenhas Silva - EM.Joaquim Diniz Rocha Luciana Jardim de Souza Martins - EM.Shirley Regina Malta Maria das Graças Gomes dos Santos - EM.Shirley Regina Malta Lívia Alves R. de Oliveira - EM.Vander de Abreu Faustino Alderico Gomes de Almeida - EM.Vander de Abreu Faustino Ivani Calixto Gomes - EM.Vereador Lucimar Roberto Valentim Edinalva Souza Gomes - EM.Vereador Lucimar Roberto Valentim Sirlei Francisca Pedro - Anexo – E.M. do Bairro Florença Dilma Pereira da Silva - Anexo-E. M. do Bairro Vale da Prata Simone Alves Ribeiro - Anexo-E. M. do Bairro Vale da Prata Simone Regina Vilela - Anexo-E.M. do Bairro Franciscadriângela Roberto Lemos da Silva - Anexo-E.M. do Bairro Franciscadriângela Pamela Naiana Azevedo Tavares - Creche Franciscadriangela Tiago Pereira Costa - Creche Franciscadriangela Ana Maria Pedro - E. M. Analito Pinto Monteiro Ângela Maria de Brito Valente - E. M. Analito Pinto Monteiro Charles Soares Paixão - E. M. Angelita Guimarães Ventura Maria Fátima Batista - E. M. Angelita Guimarães Ventura Maria Neuza Pereira de Freitas - E. M. Belizária Avelar Martins Rosana Lúcia da Costa - E. M. Belizária Avelar Martins Priscila Pereira Costa - E. M. Carlinda Ritta da Silva Márcia Cristina Costa dos Santos - E. M. Carlinda Ritta da Silva Cícera Solano - E. M. Clemência Alves Dias Cláudia Aparecida Costa Campos - E. M. Clemência Alves Dias Marina Pereira Soares - E. M. do Bairro Franciscadriângela Leonardo dos Santos Soares - E. M. do Bairro Franciscadriângela Mônica Aparecida Alves de Freitas - E. M. Florença Raquel Maria de Souza - E. M. Florença Elza de Oliveira Gonçalves - E. M.. Cenira Juventina Martins Adriana Pereira de Souza - E. M.. Cenira Juventina Martins Clélia Magna Pimentel da Silva - E. M. Maria da Cruz Resende Sirlene Moreira Pedroza - E. M. Maria da Cruz Resende Magda Aparecida Rodrigues Cordeiro - E.M do Bairro Santa Martinha Vânia Maria de Oliveira Almeida - E.M do Bairro Santa Martinha Frederico Augusto Vieira Corrêa - E.M Ester Nogueira Gurgel Edson Lopes Silva - E.M Ester Nogueira Gurgel Sérgio Lau de morais Lima - E.M Jair Amâncio Marilene Rodrigues Soares - E.M Jair Amâncio Ivanete Ramos dos Santos - E.M. do Bairro Metropolitano Maria das Dores Souza André - E.M. do Bairro Metropolitano Renata Cristina Dias de Almeida - E.M. do Bairro Vale da Prata Maria do Carmo Vieira de Paula - E.M. do Bairro Vale da Prata Cristina Rodrigues Chantal - E.M. do Bairro Veneza Carla de Jesus Santos - E.M. do Bairro Veneza Doralice Cardoso da Cruz - E.M. Elisa da Silva Santos Ernete Marçal da Silva - E.M. Elisa da Silva Santos Cacirlene Rodrigues Santos - E.M. Hugo Augusto Guimarães Sidino Ribeiro dos Santos - E.M. Hugo Augusto Guimarães Marcilene Antônia S.Santos - E.M. João Wesley Elza Helena de Souza- E.M. João Wesley Sônia Maria Gomes - E.M. Luiza Augusta Guimarães Lúcia de Fátima Rodrigues Costa - E.M. Luiza Augusta Guimarães Cirlene da Penha Rodrigues - E.M. Manuel de Paula Araújo Helenice Sálvio Eduardo Coelho - E.M. Manuel de Paula Araújo Elida Mara de Faria Chaves - E.M. Maria Vieira Barbosa Denise Lourdes Corrêa da Silva - E.M. Maria Vieira Barbosa Luciene Gonçalves Dias - E.M.. Francisco Cândido da Silva Ricardo Gonçalves dos Santos - E.M.. Francisco Cândido da Silva


27 de fevereiro a 5 de marco , de 2010

14

ESPORTES CRUZEIRO

ATLÉTICO

Cruzeiro lança nova coleção de uniformes

Foto: Vipcomm

O Cruzeiro e a Reebok apresentaram na segunda-feira (22) a coleção de uniformes que os jogadores celestes utilizarão na temporada 2010. Em evento na Toca da Raposa II, atletas e modelos desfilaram 22 peças para jogo, treino e viagem. Os uniformes de jogo mantêm a tradição e apresentam algumas inovações em relação ao modelo anterior. As golas são diferentes e a camisa azul ganhou pequenos detalhes em branco nos ombros e em azul

escuro no abdômen – a coroa foi colocada nas costas. Já a camiseta branca tem o escudo, ao invés das cinco estrelas no peito. No desfile, participaram além dos jogadores alguns modelos contratados. Todos mostraram vestimentas de atletas e comissão técnica, quatro opções de camisas para goleiros, além de peças femininas dos uniformes de jogo. Fonte: Site Oficial

Troféu Guará para Tardelli

Foto: Site Oficial

Depois de ter sido o grande destaque do Troféu Telê Santana, o atacante Diego Tardelli voltou a roubar a cena, desta vez na premiação do Troféu Guará, promovido anualmente pela Rádio Itatiaia para premiar os destaques do futebol mineiro. Além do troféu de Artilheiro do Ano, com 42 gols, o goleador atleticano recebeu os prêmios de Craque do Ano e Atacante da Seleção Guará. A cerimônia de premiação do 47° Troféu Guará foi realizada

na noite de segunda-feira (22) , na Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL-BH). A escolha dos vencedores foi feita por 30 veículos de comunicação de Minas Gerais. Integrantes da Seleção do Troféu Guará, o zagueiro Werley e o volante Correa também foram homenageados. O Atlético ainda foi premiado pela conquista da Taça BH de Futebol Júnior e do Campeonato Mineiro de Futebol Feminino. Fonte: Site Oficial

AMÉRICA

Ulisses renova por mais três anos Depois da demissão do treinador Marco Aurélio e sua equipe técnica, e da contração do novo comandante Mauro Fernandes da Silva, na última semana, foi a vez do Diretor de Futebol do América, Alexandre Mattos, anunciar a tarde de terça-feira (23) a renovação de contrato do armador Ulisses por mais três anos. Formado nas categorias de base do Coelho, Ulisses, foi um dos destaques da equipe Júnior na conquista do bicampeonato mineiro 2009. O contrato do armador terminaria no final deste ano, mas foi prorrogado até 2013. Nota de Falecimento Faleceu na terça-feira (22), o ex-goleiro do América, na década de 1940, Antônio Starling Alves, conhecido como Tonho, campeão mineiro pelo clube, em 1948. O enterro foi realizado no Cemitério Parque da Colina, em Belo Horizonte. A diretoria do América decretou luto pela perda de um dos grandes ídolos do Coelho.

ATLETISMO

Recordista olímpica aos 95 anos No ano de 1936, no auge do nazismo na Alemanha, uma judia alemã de 22 anos começaria uma guerra particular com o grande ditador Adolf Hitler. Margaret Bergmann que foi a protagonista de uma vitória tranqüila em referen-

cia a suas adversárias. Dois meses antes das olimpíadas, Bergmann pulou alto no campeonato Alemão de Atletismo e alcançou a incrível marca de 1,60 m de altura, conquistando assim a vaga para as olimpíadas.

Margaret Bergmann Lambert, na equipe alemã (1933)

Mas o sonho da jovem atleta chegaria ao fim após receber uma carta em sua casa que a proibiria de participar das olimpíadas. Ao receber em casa uma carta, assinada por Karl Von Halt, o então dirigente máximo do Comitê Olímpico Alemão, informando que a suspensão do recorde e da vaga olímpica, faltando apenas duas semanas do inicio das competições. A atleta que temeu por sua vida buscou abrigo em solo americano, onde trabalhou como doméstica. Naquele mesmo ano, a sua vaga foi dada a uma fraude: um homem, Herman Ratjen, ocupou sua vaga com o nome de Dora Ratjen, que ficou apenas com a quarta colocação, fican-

Bergmann aos 95 anos

do a medalha de ouro com a húngara Ibolya Csák, que alcançou a marca de 1,60 m, a mesma marca de Bergmann meses atrás. Desde então ela lutou para que seu recorde fosse reconhecido. Após envio de varias

cartas para diversos comitês de desportos olímpicos, sua marca foi reconhecida. Aos 95 anos, ela recebeu uma carta com pedidos de desculpas e com o reconhecimento de seu recorde.


27 de fevereiro a 5 de marco , de 2010

ENTRETENIMENTO

15

NOVELAS SEGUNDA

TERÇA

QUARTA

QUINTA

SEXTA

Cristiana diz que não pode assumir o namoro e Bernardo vai embora furioso. Alê e Rafael interrompem a briga de Valentina e Lucca, que reage indignado ao ataque da ex-namorada. Glória e outros pais reclamam com Lise e exigem sua demissão. Os professores ficam preocupados ao verem Lise sair da sala dizendo que vai resolver o problema do Primeira Opção. Lucca se surpreende ao ver que a foto de Valentina foi enviada de celular para Jotapeg. Lucca garante para Valentina que não enviou a foto, mas ela não acredita.

Nanda aceita participar do pacto. Livramento pede para Tânia descobrir por que Valentina quer sair do colégio. Bia fala com Tati que, mesmo participando do combinado, Nanda não vai conseguir ficar com Bernardo. Tânia vê Maria Cláudia repreendendo Lucca pelo que ele fez com Valentina. Bimba e Rita acertam que não contarão a ninguém que eles ficaram, mas acabam se beijando de novo. Ela segue o conselho da amiga e deixa o ex-namorado contrariado ao pedir que ele fale com Bernardo.

Zuleide ajuda Cristiana a procurar um substituto para Léo. Samira aceita ir ao cinema com Bruno. Arthur conforta Valentina, que fica muito feliz com o carinho do pai. Rita estranha, mas gosta de ouvir Bimba dizer que não se importa de namorar escondido com ela. Alê diz a Maria Cláudia que seguiu seu conselho e marcou uma consulta. Rafael se oferece para ajudar a cuidar de Nanda. Lucca vai com Márcia, sua mãe, falar com Livramento. Rafael fica sem graça ao presenciar uma discussão entre Nanda e Cristiana.

Zuleide diz para Cristiana que Bernardo é o único patinador que pode substituir Léo. Samira se desculpa com Bruno e ele pergunta se realmente gosta dele. Reco questiona o motivo de Bimba ter ficado com Rita. Cristiana diz a Zuleide que não vai falar com Bernardo e pede para ela fazer o pedido ao rapaz. Bimba dá uma explicação para Reco e Rita ouve a conversa dos dois. Bruno decide pedir permissão a Jamal para namorar Samira, mas o pai da jovem nega. Bimba fica arrasado ao descobrir que Rita ouviu a conversa dele com Reco.

Bernardo aceita o pedido de Cristiana para ser seu parceiro no campeonato de patinação artística. Valentina diz a Lucca que acredita em sua palavra. Serjão se declara para Lise, mas ela mente e diz que é comprometida. Bruno e Samira decidem se afastar um do outro. Maria Cláudia vai até a rádio e pede aos alunos para pararem de ironizar Valentina. Victor e Bruno sofrem por Cristiana e Samira respectivamente. Bruno entra no Rocket com Luana, que o puxa pela mão, e Samira fica triste por não poder impedir a aproximação dos dois.

Rose acredita em Roberto e eles vão ao encontro de Glória. No casamento, Débora e Pedro se desentendem com Duda, Igor e sua turma. Verônica avisa Glória que está indo buscá-la. Rose chega no quarto e Glória defende Verônica, mas é levada pela mãe deixando a vilã furiosa. Luli pega o buquê de Débora. Patrícia e Suzana se decepcionam. Cleusa vê Alcino se aproximar de Rose e se esconde para ouvir a conversa. Severo mostra os lucros dos investimentos que fez para Bené e o milionário fica animado.

Gustavo conta para Rose o que Verônica lhe fez e como escapou da mansão. Cleusa se recusa a depor por medo da ex-patroa. Peixoto acorda Lourival e os dois fogem da mansão. Gustavo denuncia Verônica à polícia. Cleusa foge para casa da mãe. Gustavo sai da delegacia e vai à casa de Mari falar com Alcino. Os dois conversam sobre o que aconteceu e comentam o estranho envolvimento entre Domenico e Kátia. Débora tem um desejo e acorda Pedro. Gustavo diz a Alcino que ainda não o perdoou pelo que ele fez e o empresário se entristece.

Roberto foge em uma moto roubada. Verônica diz ao delegado Salviano que vai contatar um advogado e encontrá-lo na delegacia. Roberto liga para Verônica desesperado e os dois discutem. Alcino conta sua versão dos fatos e a vilã se finge de inocente. Ela se defende das acusações de Gustavo alegando que Rose maltrata Glória. Roberto liga para Glória e pede para ela o ajudar. Dona Zica se fantasia de vidente e sugere que Taís faça uma dança para reconquistar Bené. O policial Almeida e o delegado Salviano a seguem.

Verônica fica com medo de Rose e chora quando ela vai embora. Roberto teme ao ver os outros presos na cela. Taís consola Glória. Rose chega em casa e fala da briga com Verônica para Gustavo. Rose conversa com Glória sobre Roberto. Nuno conta para Waldemar sobre a prisão de Roberto e ele decide visitar o neto. Roberto pede perdão ao avô. Verônica manda Severo ir à delegacia para falar com Roberto, que dá um prazo ao pai do vilão. Rose se desculpa com Glória por não ter incentivado seu sonho de ser modelo.

Roberto pede para falar com Glória antes de prestar depoimento. Glória suplica para Rose deixá-la ir à delegacia falar com Roberto. Pedro conta para seus pais o que aconteceu com Débora e eles seguem para o hospital. Glória visita Roberto e ele conta o que ajudou Verônica a fazer. A vilã fecha a venda da Aromas e da mansão com Batista, um representante do comprador. Alcino vai até o hospital ver Débora e todos ficam aliviados por ela não ter perdido o bebê.. Verônica transfere muito dinheiro para um banco internacional.

Um policial retira Verônica do avião e a leva para sala da polícia. Ela fica indignada com as acusações e reage mal ao ver Salviano chegar com Gustavo, Rose, Alcino e Davi. A vilã é levada para a delegacia e um fotógrafo tira fotos dela. Pink e Luck se enfurecem por terem que empurrar o carro do videoclipe do grupo ´Péricles e os Estranhos´. Rose abraça Alcino e percebe o incômodo de Gustavo. Salviano faz uma acareação entre Roberto e Verônica. Alcino diz para Mari que teme que Gustavo não o perdoe a tempo.

A emissora não divulgou a sinópse desse capítulo.

A emissora não divulgou a sinópse desse capítulo.

A emissora não divulgou a sinópse desse capítulo.

A emissora não divulgou a sinópse desse capítulo.

A emissora não divulgou a sinópse desse capítulo.

A emissora não divulgou a sinópse desse capítulo.

A emissora não divulgou a sinópse desse capítulo.

A emissora não divulgou a sinópse desse capítulo.

A emissora não divulgou a sinópse desse capítulo.

A emissora não divulgou a sinópse desse capítulo.

A emissora não divulgou a sinópse desse capítulo.

A emissora não divulgou a sinópse desse capítulo.

LEONARDO MIGGIORIN Flavinho - Viver a Vida

perfil

Leonardo Miggiorin começou a estudar teatro aos 12 anos. Filho de um aviador da Aeronáutica, mudou-se com a família várias vezes de cidade, tendo vivido em Brasília e São Paulo. O ator atuou em mais de 20 espetáculos teatrais, podendo-se então dizer que essa é sua raiz. Fez comédia, musicais, dramas e peças infantis. Fez, entre outras, as peças: “Quem Casa Quer Casa”; “A Paixão Sobre Quatro Prismas”; “Histórias Para Ninar Gente Grande”; “Romeu e Julieta”; “Toda Nudez Será Castigada”, “Tartufo” e inúmeras outras, como: “Peter Pan - Todos Podemos Voar”, teatro musical, onde ele foi o protagonista. Antes de sua ida definitiva para o Rio de Janeiro, viajou aos Estados Unidos, ao lado de sua namorada de então, a atriz Júlia Almeida, filha do novelista Manoel Carlos. E lá permaneceu por um ano. Em 1999, na televisão, fez: “Flora Encantada”, na Rede Globo, com apresentação de Angélica e nesse programa ficou até o ano 2000. Em 2001, na mesma emissora, onde sempre trabalhou, fez a minissérie: “Presença de Anita”. Em 2003 fez: “Mulheres Apaixonadas”. Em 2004, fez um papel especial, em “Senhora do Destino”, em que fazia Shao Lin, que o marcou como grande ator. Em 2005, trabalhou em: “Essas Mulheres”. Em 2006, fez a novela: “Cobras e Lagartos”. Em 2007, o seriado: “Sob Nova Direção” e “A História de Poty”. Em 2008: “Toma Lá Dá Cá” e “TV Xuxa”. Em 2009 novamente: “Toma Lá Dá Cá”, “Som e Furia”. Atualmente está na novela de Manoel Carlos: “Viver a Vida”.

SÁBADO Não exibido aos sábados.


27 de fevereiro a 5 de marco , de 2010

16

Fotos: Suzana Oliveira

GENTE Brincabelô: carnaval na via 240

Caio e Rafael

Francisco, Guilherme e os namorados Marcos e Aline

Leni e Edilson

Michele e Débora

Natale, Samara e Karina

Os amigos Eduardo e Tiago

Os casais Michele e Rodrigo e Juliane e Carlos

Sara, Suelen, Fernanda e Irene

TRABALHADOR da Semana

Frei Gilvander Moreira Padre Carmelita, mestre em Exegese Bíblica e professor de Teologia Bíblica gilvander@igrejadocarmo.com.br www.gilvander.org.br

Miltim José Autônomo

Fotos: Suzana Oliveira

Capitalismo: sistema de morte O modelo de Economia vigente na sociedade brasileira e na maior parte do mundo atual, o chamado Capitalismo neoliberal, ou chamem como quiserem, tem afundado o mundo em uma desigualdade social cada dia mais escandalosa e é responsável por uma imensa destruição ecológica que, se continuar neste caminho, vai destruir o planeta Terra e inviabilizar a vida sobre a Terra, nossa única casa comum. Todos sabemos que, etimologicamente, o termo Economia tem o mesmo prefixo de Ecologia. O prefixo “eco” vem do grego “oikos” e quer dizer “casa”. No sentido mais profundo, Economia significa a norma de administração da casa (oikos) comum, para que todos possam viver dignamente. Hoje, a Economia neoliberal é justamente o contrário disso. Ao invés de cuidar da casa (o planeta Terra), destrói. Por isso, não existe possibilidade de uma Ética Ecológica e Solidária dentro deste universo de um mercado excludente e de uma Economia competitiva. Eis uma grande novidade: uma tendência a dar unidade às lutas por transformação social com as lutas por preservação ambiental. Está em construção a inseparabilidade das lutas em defesa da ecologia e das lutas em prol dos direitos sociais. Esta unidade está sendo construída, graças, muitas vezes, a uma espiritualidade libertadora. Logo, para construirmos segurança e saúde nos mundos do Capital e do Trabalho é indispensável compromisso com a luta por construção de uma sociedade sustentável, o que passa necessariamente por resgate não apenas de um meio ambiente saudável e equilibrado, mas de um ambiente inteiro saudável e equilibrado. Aqui a dimensão espiritual de toda pessoa humana, especificamente dos trabalhadores, não pode ser ignorada e muito menos desprezada. Urge cultivar a dimensão espiritual também. É necessária transformação sócio-ambiental-religiosa e espiritual, o que implica em viver o verdadeiro e mais profundo sentido de religião e passa por uma espiritualidade libertadora.

Miltim trabalha há mais de três anos como autônomo. Ele vende balas em um ponto de ônibus na região Norte de Belo Horizonte. Todas as balas custem baratinho, apenas 5 centavos. Para ele, trabalhar com balas diversificadas e com preço barato chama mais atenção e tem lucro mais rápido. Miltim trabalha com venda nas ruas desde os 7 anos de idade. “Trabalhei na área da panificação, fiz 15 cursos na área, mas esgotei. E preferi fazer algo sozinho, visando o futuro, porque aqui tenho contato com o público caso eu queira expandir meus negócios. A gente agrega valores e o que eu atualmente procuro é aumentar meu contato com as pessoas. Viso primeiro o cliente e depois a mercadoria.”

Expediente Realização: 8 Comunicação Objetiva CNPJ: 05.856.856/0001-87 Rua Funchal, 308 Sala12 • Telefone: (31) 2512-3035 Bairro Ouro Preto • Belo Horizonte • MG • CEP 31310-440 E-mail Redação: redacao@jornalpop.com.br Editor - Chefe: João Carlos Rocha - MTB 10.949/MG Equipe: Redatores: Alessandra Pereira • Enrico Delavia Rosa • Marianita Saraiva • Suzana Oliveira • Ariel Souza (estagiário) Comercial: Aline Ferreira • Elisângela Ciriaco • Graziene de Araújo • Marco Antônio Santos Editoração Gráfica: Luiz Cordeiro • Cláudio Diniz Impressão: Gráfica Imprima


ed 31