Page 1

comunicação, fotografia e multimédia

GUEST Inês Santana Oliveira João Pedro Amorim João Cordeiro Máximo Rui Silva Laranjinha

PATHS. “We are living a culture of enigma. (…) Enigma opens a space which is not meant to be closed, as it shows us the complexity of reality where uncertainty takes the place of habit and recognition. (…) What eludes banality, the known and identified in experience and reason, confounds the individual and gives rise to feelings of fear and disorientation, installing a disturbance from the mysterious and the irrational. In Greece, the principal god of the enigma was Apollo, having therefore an enigmatic nature because he was at the point of coincidence between reason and delirium – between wisdom and self-control but also possession and trance.” Maria do Carmo Serén, “Uncanny Places”, Novembro de 2009 O terreno de estudo insere-se numa zona da cidade marcada pela intersecção de diversos tipos de percurso, que se caracterizam pelo elemento que neles participa activamente. Rui Tavares, Percurso por Campanhã, 10 de Outubro de 2012 Esta narrativa, através de uma realidade manipulada e interpretada pelo fotógrafo, capta o movimento e mostra aquilo que acontece mas não é imediatamente apreensível. O terreno de estudo é caracterizado por uma intersecção de diversos tipos de percurso que pode ser caracterizado pelo elemento que neles participa activamente. Criação de um movimento, uma realidade manipulada, com intuito de mostrar o que se passa mas não se vê. “The tranquility and poetry in the photos can not conceal the strong sensation of happiness brought about by the ambition. The aestheticism that stimulates the viewers’ senses mainly consists of two perceptions: mystery and imagery.” (Fan Lin, Uncanny Places). A exploração das qualidades estéticas de cada fotograma sobrepõe-se a qualquer tipo de imagem perfeita, de momento certo. A procura de significados novos deste modo experimental vai de encontro a um pensamento mais liberto, menos regrado, mais artístico que documental, sem no entanto ser inconsequente ou inoportuno. Os elementos aparentemente desconcertantes são facilmente identificáveis e familiares até, apenas reorganizados de forma não convencional. O que este trabalho pretende induzir é a procura do desconfortável, a saída de uma realidade tida como certa e imutável e fazer com que o sujeito se desequilibre. A irreverência deste registo mexe com aquilo que o espectador tem como certo, como verdade estática e permanente, garantida. Permite uma evolução de pensamento, da realidade e da ilusão.


Perpetual Movement. Massa. Pessoas. Espaรงo.


Instant Street Centralidade. Passagem. EfĂŠmero.


Entropy Outside Refúgio. Suspenso. Ruído.


Parallel Universe Abstracção. Acaso. Alusão.


Out of this World Sujeito. Isolamento. NĂŠvoa.


Guest 0 grupo  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you