Page 1

Boletim Informativo CBH-Paranaíba Nº 35

Abril/ 2013

Agenda do Presidente 23 de abril - Uberlândia (MG)

Nesta Edição

 Agenda do Presidente - página 1  CBH Paranaíba encaminha Deliberação nº 37/2013 ao CNRH página 1  Governo lança estudo inédito sobre recursos hídricos fronteiriços - página 2   Meio Ambiente em pauta - página 2  Gestão de Recursos Hídricos: Metodologias de participação social - página 3  8ª Reunião Extraordinária do CBH Paranaíba - página 3   A importância de coleta de águas das chuvas - página 3

O Professor Paulo Salles, Presidente do CBH Paranaíba, participou da 29ª Reunião Ordinária do Comitê da Bacia Hidrográfica dos Afluentes Mineiros do Baixo Paranaíba – PN3, realizada no último dia 23 de abril, na Associação dos Municípios da Microrregião do Vale do Paranaíba, em Uberlândia - MG. Durante a reunião, apresentou os resultados obtidos na elaboração do Plano de Bacia do Paranaíba. Foram discutidos aspectos diversos do diagnóstico, alguns dos cenários possíveis para o futuro da bacia, e as perspectivas de enquadramento dos trechos dos principais rios.

26 de Abril - Caldas Novas (GO)

No último dia 26 de abril, durante I Seminário de Recursos Hídricos do Estado de Goiás, em Caldas Novas, o Presidente do CBH Paranaíba, Professor Paulo Salles participou da discussão sobre Gestão Compartilhada x Comitês de Bacias Hidrográfica, evidenciando a experiência do CBH Paranaíba.

CBH Paranaíba encaminha Deliberação nº 37/2013 ao CNRH O CBH Paranaíba encaminhou ao Conselho N a c i on a l de Recursos Hídricos, a Deliberação nº 37/2013 que aprova a prorrogação do prazo de indicação da Associação Multissetorial de Usuários de Recursos Hídricos da Bacia HidroPlenária do CBH Paranaíba

gráfica do Rio Araguari - ABHA para desempenhar funções de Agência de Água do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Paranaíba. A Deliberação foi aprovada durante a 7ª Reunião Extraordinária do CBH Paranaíba, que aconteceu nos dias 29 e 30 de abril, em Cristalina – GO. A solicitação é que ABHA continue exercendo as funções de Secretaria Executiva do CBH Paranaíba até 31 de dezembro de 2015.


Página 2

Boletim Informativo

Governo lança estudo inédito sobre recursos hídricos fronteiriços Dono de 12% de toda água doce do planeta, o Brasil faz fronteira com dez países com os quais divide 83 rios, em oito bacias hidrográficas comuns. Para estudar melhor este patrimônio natural, a Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE) da Presidência da República lançou a primeira publicação da Série Estudos Estratégicos, intitulada Água e Desenvolvimento Sustentável – Recursos Hídricos Fronteiriços e Transfronteiriços do Brasil. De acordo com o assessor de Desenvolvimento Sustentável da SAE, Bruno de Carvalho, “O estudo trata do arcabouço legal e de tratados ratificados pelo Brasil em suas áreas de fronteira. Nós compartilhamos recursos hídricos com dez países. O objetivo é subsidiar o trabalho da Câmara Técnica de Gestão de Recursos Transfronteiriços, que vem se dedicando ao desenvolvimento de uma proposta de estratégia regional, para que se possa fazer o planejamento, gerenciamento e monitoramento dos recursos hídricos da fronteira”. Segundo Carvalho, o Brasil busca a formulação de uma estratégia regional para melhor utilização dos recursos hídricos. “É um estudo pioneiro, porque agrupa todas as informações histó-

ricas e legais em um documento apropriado. Esta informação estava toda pulverizada e a SAE decidiu unir os dados e subsidiar o setor.” Carvalho disse que a intenção é fazer a tradução da publicação para o espanhol, para que possa ser disseminada entre os demais países da região. “No Norte do Brasil estamos à jusante, ou seja, recebemos a água dos países vizinhos. E no Sul do país, estamos à montante, os países vizinhos é que recebem as nossas águas. Se não houver um esforço comum para se trabalhar esta questão, haverá um preço por isso.” A publicação teve colaboração do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), com apoio da Secretaria de Recursos Hídricos e Ambiente Urbano do Ministério do Meio Ambiente (MMA) e da Agência Nacional de Águas (ANA). Ela pode ser lida ou baixada gratuitamente no endereç o da SAE na internet: www.sae.gov.br. http://www.institutocarbonobrasil.org.br/ noticias6/noticia=733957

A Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais – FIEMG, através da Regional Pontal do Triângulo em conjunto com a Gerência de Meio Ambiente, coloca em pauta o assunto ‘MEIO AMBIENTE’, com o lançamento das Cartilhas de Recursos Hídricos e de Gestão Ambiental e ainda, apresenta as palestras com os temas: “Recursos Hídricos – Principais Instrumentos da Política de Gestão das Águas” e “Gestão Ambiental – Renovação de Licença Ambiental”.

Local: Auditório da FIEMG Regional Pontal do Triângulo, Av. 17, nº 1154, Centro, Ituiutaba - MG

Data: 16 de maio de 2013 Horário: 8h às 10h15min

A inscrição é gratuita e as vagas limitas. Os interessados deverão confirmar presença pelo telefone (34) 3268-2123 ou por e-mail regional-pontal@fiemg.com.br


Página 3

Diretoria do CBHParanaíba Presidente: Paulo S érgio Breta s de Almeida Salles 1º Vice-Presidente: Antônio Ismael Ballan 2º Vice-Presidente: Angélica Haralampidou Secretário: Nilo André Bernardi Filho CTPI Coordenador: Wilson Akira Shimizu

Secretaria Executiva do CBH-Paranaíba Rua Rui de Almeida nº 630, Centro Itumbiara - GO CEP 75.526-050 Tel: 64-3433-0499 Fax: 64-3433-0499 secretaria.paranaiba@cbh.gov.br

Gestão de Recursos Hídricos: Metodologia de participação social No próximo dia 03 de junho, terá início o curso de Gestão de Recursos Hídricos: Metodologia de participação social. O curso foi desenvolvido especialmente para atender os membros do CBH Paranaíba e de seus Comitês Afluentes. É uma parceria entre Agência Nacional de Águas (ANA), a Fundação Parque Tecnológico de Itaipu (FPTI) e a Itaipu Binacional, através do projeto Água: conhecimento para gestão. O curso será desenvolvido em uma carga horária de 40h, distribuídas em 4 unidades configurado por 8 horas na modalidade EaD de 03 a 30/06, e 32 horas na mo-

dalidade presencial de 11 a 14/06, em Brasília (DF). Fóruns, estudos de caso e projetos compartilhados serão estratégias de ensino adotadas no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) considerando a característica do público. Para os momentos presenciais as atividades são vivenciais considerando a característica do aprender fazendo. O objetivo do curso é aplicar os princípios metodológicos da participação social na gestão de recursos hídricos com vistas à mobilização social.

8ª Reunião Extraordinária do CBH Paranaíba No dia 04 de junho de 2013, na sede da Federação das Indústrias do Estado de Goiás, será realizada a 8ª Reunião Extraordinária do CBH Paranaíba. O ponto exclusivo da reuni-

ão será apreciar e aprovar os pedidos de vistas feitos por alguns segmentos do Plenário do CBH Paranaíba, quanto ao Plano de Recursos Hídricos da Bacia Hidrográfica do Rio Paranaíba.

A importância da coleta de água das chuvas

www.paranaiba.cbh.gov.br

A captação da água da chuva é uma realidade em países desenvolvidos como Austrália e Alemanha. Aqui no Brasil, esta cultura está sendo implantada por meio de leis municipais que exigem este tipo de controle de construções novas e, também pela conscientização sobre a importância de se economizar água, um bem natural finito e escasso. Dentre as importâncias do reuso da água da chuva estão a redução no consumo de água de distribuição para fins não potáveis, o que acarreta na redução de custos financeiros e no consumi das águas

provenientes de fontes finitas, o que auxilia na proteção destas fontes naturais, além do controle das enchentes, pois retarda a chegada das águas nos rios e córregos. A água da chuva pode ser utilizada para fins não potáveis, como por exemplo na descarga dos vasos sanitários, irrigação de jardins e lavagem de pisos. O reuso desta fonte de água doce, portanto, traz vantagens para o meio ambiente e para a economia. Fonte: Informativo do CBH Guandu/Ano 1/ Edição 4

Profile for CBH Paranaíba

Boletim informativo 035  

Boletim informativo 035  

Advertisement