Issuu on Google+

Jornal da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos

Novembro de 2013 | Ano 24 | N° 237 | abccc.com.br | IMPRESSO*

A decisão está armada! Laçadores preparam-se para final exclusiva da modalidade, que entregará importante premiação e, desta vez, traz novidades no regulamento Página 55 Auditoria

Pesquisa

Jurados

Resistência

XxXXxXx da seletiva promoveu Comisssão alterações na disputa em busca de maior equilíbrio entre participantes

Registro dará início a roteiro de inspeções

Conhecimento das marcas é tema de estudo

Lista presta homenagem a eméritos

xX Exigência do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento terá agenda definida em reunião este mês

Análise xXxX feita pelo Instituto de Pesquisa e Opinião comparou os logotipos utilizados pela ABCCC

Avaliadores recebem destaque xXxXxX vitalício pela trajetória de relevante contribuição à raça

xX Página 7

xX Página 64

x Página 6

Marcha terá mudanças no ciclo 2014

Novembro, Páginas6xX2013 e xX | Cavalo Crioulo Página

1


Opinião

Palavra do Presidente Índice

Da lida de Campo ao Crioulaço

02. Opinião

Já se cantou na Califórnia da Canção: “...uma campeira esperança de quem tem força no braço, pois o que a mão não alcança se traz na ponta do laço!” E foi assim, desde que o nosso mundo é mundo. O homem dominou o cavalo, e com ele dominou o pampa. Porém, a captura dos objetos da esperança demandava mais que isso. O tiro de boleadeiras riscou o tempo e o espaço, mas sucumbiu diante da eficiência da armada certeira que submetia a presa à cincha das montarias. As mãos rudes desquinaram tentos, e da trança se fez a mais poderosa arma do campeiro: o laço.

04. Por dentro da ABCCC 14. Freio de Ouro 31. Morfologia 36. Especial 55. Eventos 64. Geral 70. Gente

Errata

Foram-se os tempos, e uma nova realidade mudou a produção pri-

mária. Nos campos de potreiros e bretes o laço vai diminuindo sua utilidade, mas a cultura sabe adaptar-se, e a tradição encontra sua forma de manifestação. O homem do campo queria seguir mostrando suas habilidades de laçador, e o homem da cidade, tomado por um sentimento atávico, viu no laço a forma de retornar ao campo. Por isso os rodeios prosperaram, e o cavalo Crioulo, inigualável na lida com o gado, reparte com os laçadores o protagonismo nos Crioulaços. Neste ciclo, a pedido dos laçadores, a ABCCC retoma a forma de classificação imediata: o credenciado nos Crioulaços está classificado diretamente para uma gran-

Na página 22 da edição de outubro do Jornal Cavalo Crioulo, a fotografia de Sílvio Mello montando Dengosa do São Marcelino foi repetida e equivocadamente utilizada no espaço de Camila Lobato montando Descoberta do Rebuliço;

O Jornal Cavalo Crioulo é uma publicação oficial da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos, produzido pelo Setor de Comunicação e Marketing da entidade. Tem periodicidade mensal e tiragem de quatro mil exemplares. Correspondências para o Jornal devem ser encaminhadas para o e-mail jcc@abccc.com.br ou remetidas à ABCCC, Av. Fernando Osório, 1754 A, CEP 96055-000, Pelotas/RS. O fechamento de cada edição ocorre no último dia do mês. ISSN - 2179-7250.

2

Mauro Raimundi Ferreira

Na Foto do Criador, o pequeno Elso Persici Neto com seis meses de vida aparece montando em pelo, em Esteio, ao lado do pai, o médico veterinário Thiago Persici

Diferentemente do que foi publicado nas páginas 78 e 79 da edição de setembro do Jornal Cavalo Crioulo, o nome do proprietário da Campofora Cavalgadas é Paulo Hafner.

EXPEDIENTE

de final, no último final de semana de abril, no Parque Assis Brasil, em Esteio. Além disso, os Núcleos estão dispensados do recolhimento do fundo de premiação, e, mais do que isso, receberão bônus crescentes conforme o número de duplas inscritas nos Crioulaços. Tudo para que esta manifestação cultural tão genuína siga sendo responsável por mais de 70% das inscrições em provas da Raça Crioula, e para que os campeiros sigam, com orgulho, recitando os versos que passam de geração a geração: “Meu laço de couro cru, sovado a custa de pealo...”

Este espaço é dedicado para divulgar imagens de criadores em momentos representativos de sua trajetória dentro da raça Crioula. As fotos, devidamente identificadas, devem ser enviadas para o e-mail: jornalcavalocrioulo@abccc.com.br

Diretoria da ABCCC 2012/2014 Presidente: Mauro Raimundi Ferreira Vice-presidentes: César Augusto Rabassa Hax, Mário Móglia Suñe, Leandro Amaral, José Luiz Lima Laitano e Álvaro Dumoncel Primeiro-secretário: Elisabeth Amaral Lemos Segundo-secretário: Jorge Rosas Demiate Júnior Primeiro-tesoureiro: Luis Mário Azambuja Segundo-tesoureiro: Onécio Silveira Prado Júnior

Cavalo Crioulo | Novembro, 2013

Conselho Fiscal: Antônio Claudir Weiand, Sandoval Caramori e Fernando Fabrício de Faria Correa. Suplentes: Hernani Taunay Angeli, Luís Augusto Weber e Milton Martins Moraes Filho Conselho Deliberativo Técnico: Mário Móglia Suñe (diretor), Ciro Manuel Canto de Freitas, Luiz Martins Bastos Neto, Rodrigo Fialho, José Ivelton Castagna e José Francisco Pereira de Moura Conselho de Planejamento: Manuel Luis Benevenga Sarmento (presidente), Roberto Sidney Davis Junior, Henrique José de Queiróz Marin Teixeira, Alfredo Lisboa Ribeiro Tellechea e Frederico Wolf

Comissão de Provas Funcionais: Leandro Amaral (diretor), Luis Rodolfo Machado, Eduardo Móglia Suñe Eduardo Azevedo, Jorge Rosas Demiate Júnior, Telmo Raimundi Ferreira, Rafael Geisf Terra, Luiz Augusto Weber, Guilherme Tellechea e João Francisco Silveira Silveira

Diagramação: Henrique Peter e Gabriel Sodré Revisão: Rosi Pedroni Weege Impressão: Gráfica Zero Hora Publicidade: anuncios@abccc.com.br ou através do telefone (53) 32841450. Envio da arte sempre até o dia 25 do mês que antecede a publicação.

Jornalista responsável: Débora Borba (MTB/RS 11.619) Textos: créditos nas matérias Fotos: crédito nas imagens Foto de capa: Fagner Almeida Projeto gráfico: Sibelle de Medeiros sibelle.cm@gmail.com

Atenção anunciante: a ABCCC não se responsabiliza pelas informações prestadas nas páginas de publicidade, bem como pelas fotos cedidas para a publicação. Elas são de inteira responsabilidade dos anunciantes.


Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

3


Por dentro da ABCCC

O exemplo norteador de Bagé Fotos Kéke Barcellos/Arquivo ABCCC

Maurício Mesquita

O

calendário marcava 1981. Esse é o ano do primeiro registro de ata documentado que se tem do Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Bagé/RS. Na oportunidade, a unidade era presidida por Manuel Rossell Sarmento, o Lito, que, em sua gestão, adequou os estatutos e estabeleceu o vínculo formal com a Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC). “Naquela época, o maior número de associados da ABCCC estava em Bagé e a maior população de animais também. Naturalmente se havia uma grande participação na raça e tínhamos a necessidade de congregar, mostrar força com ações coordenadas”, rememora Lito. A história da unidade bageense, no entanto, antecede os próprios registros documentados e tem início mesmo antes da criação da figura de núcleos junto à ABCCC. A fundação acontecera anos antes, com Ricardo Wagner Vieira sendo o primeiro presidente. “Uma reunião forte aconteceu na estância São Pedro, de Aloísio e Antônio Luís Sá Vieira. Idealizamos a presidência em um sistema de rotatividade, para que todos pudessem assumir o comando”, explicou. “Nós vendíamos menos que Pelotas/ RS, onde estava a diretoria da ABCCC, e queríamos mudar isso. Precisávamos promover melhor os nossos eventos, agregar qualidade às exposições e foi assim que surgiu a proposta”, relembra Vieira, ao destacar o pioneirismo de Bagé. “Naquela época não se falava em núcleos. A única organização semelhante que fiquei sabendo, tem-

Exposição Morfológica de 2008 aconteceu frente ao Núcleo, em espaço sedido pela Associação Rural do município

pos depois, foi a de criadores de gado Charolês, em Camaquã/RS”, relembra. Mais tarde, segundo consta, criadores de Alegrete/RS conseguiram o reconhecimento formal da ABCCC enquanto Núcleo, abrindo precedente para o vínculo de outros grupos, como, por exemplo, o de Bagé.

Categorias de Incentivo “Os criadores da região tinham à disposição belos potrinhos e o nosso galpão estava vazio”, recorda daquela que, segundo Vieira, seria a primeira Morfologia Incentivo que se conhecera. Na oportunidade, os integrantes do Núcleo abriram a mostra à participação de animais com idade inferior à permitida na regra.

Primeiro leilão em benefício próprio O pioneirismo vai além. Erguer uma sede própria foi um desafio superado pela união e colaboração de muitos. Para levantar o numerário suficiente e executar o projeto, foi organizado o primeiro leilão de coberturas com renda revertida em benefício de todos, com doações dos próprios associados, um modelo seguido até hoje para a captação de recursos aos Núcleos. À época, em 1989, o presidente Paulo Móglia recebeu do antecessor, Carlos Jacinto Fagundes dos Santos, a missão de realizar a construção. “Não se tinha o apelo e a proporção de hoje. Quando conseguimos o espaço junto à Associação Rural de Bagé tínhamos que viabilizar e tornar um desejo em realidade”, disse Móglia.

Projetos para o futuro O atual presidente, Alexandre Pons Suñe, chancela a história e diz que, em razão disso, “a responsabilidade é ainda maior e o desafio contínuo”. Segundo ele, as bases se mantêm e, no último leilão de coberturas realizado em benefício do Núcleo, dia 12 de outubro, a arrecadação chegou aos R$ 178 mil. “Importante agradecer a quem doou coberturas e aos que compraram. Contamos com a participação ativa de nossos membros”, avaliou Suñe, que aposta na capacitação do homem do campo como uma ferramenta para a evolução da raça. Espaço da sede também é utilizado para confraternização entre criadores 4

Cavalo Crioulo | Novembro, 2013

Nesse sentido, dia 11 de outubro foi promovido um workshop para debater

temas relacionados ao cavalo Crioulo, como técnicas de congelamento de sêmen, exportação e importação de animais, com a expressiva participação de 76 pessoas, entre estudantes universitários, criadores e profissionais da área. “Não podemos descuidar dessa parte pedagógica, de discutirmos o agronegócio, as particularidades do cavalo Crioulo, mas, além disso, também precisamos continuar promovendo eventos e provas de qualidade. Neste ano, por exemplo, reativamos a nossa Credenciadora, com adesão de animais de expressão, finalistas do Freio de Ouro”, disse. E, assim, o Núcleo de Bagé segue fazendo história. Inovando. Ainda este ano, entre novembro e dezembro, os crioulistas da região poderão confraternizar com a 5ª edição do Tempranito, exposição de incentivo que caiu no gosto dos criadores, ou, ainda, com a 2ª Paleteada da Sorte. Bagé/RS - N.C.C.C. de Bagé Endereço de correspondência: Avenida Visconde Ribeiro de Magalhães, S/N Caixa Postal: 314 Bairro: Centro Cidade: Bagé - RS CEP: 96418-050 Telefone: (53) 3242-0006 e-mail: ncccbage@hotmail.com Presidente: Alexandre Pons Suñe Celular: (53) 9963-4648 - (53) 8409-9462 e-mail: a-sune@hotmail.com Secretário: Felipe Nery Gomes Martins Celular: (53) 9971-0414 Secretário: Ana Luíza Pulino Celular: (53) 9933-0942


Por dentro da ABCCC

Diretoria recebe ministro do Esporte para discutir projetos em Esteio Maysa Maciel

O

mês de outubro na Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) começou marcado pelo planejamento do futuro. No dia 6, a diretoria da entidade se reuniu com o ministro do Esporte - José Aldo Rebelo -, com o secretário da Agricultura, Pecuária e Agronegócio - Luiz Fernando Mainardi -, além de outros representantes do governo federal, do Rio Grande do Sul e da Federação da Agricultura gaúcha (Farsul). O encontro ocorreu na sede da ABCCC, em Esteio/RS, e serviu para discutir o projeto de revitalização do Espaço do Cavalo Crioulo no Parque de Exposições Assis Brasil. No encontro foi apresentado o projeto da nova Arena do Cavalo Crioulo, suas particularidades e as melhorias que a futura instalação

Foto Renê Oliveira

trará para o público. Na oportunidade a ABCCC formalizou o pedido de apoio ao governo federal a fim de viabilizar a execução do projeto. “Buscamos apresentar de forma objetiva o que queremos que a Arena se torne. Para isso, pedimos o apoio do governo para concretizarmos este espaço, que pretende ser inovador e abrigar eventos durante todo o ano”, diz Mauro Ferreira, presidente da ABCCC. O projeto arquitetônico prevê a manutenção de algumas áreas, além da criação de novos espaços. Entre as estruturas estão a cobertura da pista de provas, a ampliação da área das cocheiras, uma nova sede administrativa, novo restaurante e a criação de um boulevard, que abrigará lojas e eventos culturais. Ainda não há previsão para início das obras.

Aldo Rebelo e Mainardi foram recebidos pela diretoria da ABCCC em Esteio

Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

5


Por dentro da ABCCC

Ciclo de 2014 terá mudanças na Marcha de Resistência

ABCCC cria Lista de Jurados Eméritos

Foto Fagner Almeida/Arquivo ABCCC

Cássia Amaro

ou em formados não convencionais, além do emprego de cola e acrílico. “O que se pretende com a inclusão desta modificação é expressar o uso de um tipo único de ferradura, em formato original, aquele ‘C’ aberto”, explica o coordenador da Subcomissão de Marcha da ABCCC, Alexandre Selistre.

Regulamento agora especifica o tipo de ferradura permitida na seletiva Cássia Amaro

Irregular.

C

Foi incluso no Regulamento o Artigo 11 na seção de Inscrições, discriminando o tipo de ferradura permitido em prova. Poderão ser usadas somente aquelas cujo material seja ferro, que tenham formato convencional (abertas), sendo possível serem forjadas para melhor adaptação. No mesmo artigo, o Parágrafo Primeiro ainda impede o uso de palmilhas, ferraduras de alumínio, plástico

om o intuito de tornar as provas ainda mais padronizadas, com um julgamento mais justo, o Regulamento da Marcha de Resistência sofreu alterações. Aprovada pela comissão da modalidade para execução já no ciclo de 2014, a mudança tem como destaques a inclusão e a especificação de regras quanto ao modelo das ferraduras e ao Peso

Em relação ao peso, a mudança está expressa nos artigos 24 e 25. Selistre elucida: “O que acontece aqui é uma severidade ao peso irregular nas etapas livres”. A partir de agora, a chegada com o conjunto tendo peso entre 92 e 95 quilos será causa de penalizações com acréscimo de tempo. Abaixo de 92 quilos, o ginete será desclassificado, assim como quando houver este tipo de penalização três vezes. Se, por ventura, o ginete pesar menos de 95 quilos - incluindo os arreios - no final de cada uma das etapas Livres, terá um minuto somado em seu tempo final para cada cem gramas de peso abaixo do regulamentar. Selistre dá o exemplo de um ginete que pesa 94,9 quilos na primeira etapa livre. Ele terá acrescido um minuto em seu tempo final. Ou se, por exemplo, o ginete estiver pesando 92,1 quilos na última Livre, terá somado 29 minutos ao seu tempo total empregado. “Obviamente, este acréscimo poderá modificar sua posição de classificação”, diz o coordenador.

Decisão facilita competidores em eventos da ABCCC Cássia Amaro

U

ma nova ação facilitadora foi aprovada pela diretoria da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) em sua última reunião, no dia 12 de outubro. Ficou decidido que a partir de agora, nos eventos realizados pela entidade, os criadores não precisam mais levar os documentos dos cavalos competidores para conferência. É importante ressaltar que esta novidade é válida - somente e portanto - para Classificatórias e Finais organizadas pela ABCCC.

6

Cavalo Crioulo | Novembro, 2013

O superintendente do Setor de Registro Genealógico, Rodrigo Teixeira, explica que a nova regra não se aplica às provas organizadas pelos Núcleos de Criadores e que também não abona a necessidade dos documentos exigidos para o deslocamento dos cavalos - exame de anemia, Registro do Animal e Guia de Trânsito Animal (GTA). O objetivo da decisão é facilitar os criadores que participam destes eventos. “Às vezes os animais acabam não podendo competir porque seus responsáveis esque-

cem os documentos ou tiveram os originais extraviados”, explica Teixeira. A determinação foi pensada também como forma de minimizar consequências como a danificação física dos papéis ao longo do tempo. Como as inscrições são feitas previamente com todos os dados exigidos para a competição, agora o responsável poderá apenas apresentar o nome ou o número do registro do cavalo e, então, estas informações são captadas através do sistema da ABCCC.

E

les possuem uma trajetória marcada pela idoneidade e de valor inestimável ao fomento da raça Crioula no Brasil, por isso tiveram seus nomes fixados na Lista de Jurados Eméritos da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC). Estes nomes já constaram nas listas 1 e 2 - de Efetivos e Auxiliares - da entidade e agora receberam o destaque vitalício justamente em função de seu histórico. Segundo o gerente de Eventos da ABCCC, Ibsen Votto, quem hoje faz parte da lista de Jurados Eméritos já trabalhou e fez muito pela raça. “São nomes expoentes, que foram determinantes a sua época para que hoje o Crioulo se tornasse o que é”, aponta Votto. Os 21 jurados podem ser convidados pelos Núcleos para a avaliação de seus eventos, considerando que quando existir exigência específica para que haja representante de uma determinada lista, estes nomes equivalem aos da Lista de Efetivos. A iniciativa da criação desta relação especial partiu do Conselho Deliberativo Técnico da ABCCC. Segundo o vice-presidente técnico da Associação, Mário Móglia Suñe, a novidade é uma forma de valorizar eximiamente os jurados. “Nessa lista constam nomes, inclusive, de fundadores de provas funcionais da raça. A diretoria concordou conosco e achamos justo criar uma relação à altura”, conta Suñe. Confira a Lista de Jurados Eméritos da ABCCC Antônio Braga Sá Antônio Carlos Albuquerque Py Antônio Martins Bastos Filho Bayard Bretanha Jacques Carlos Jacinto Fagundes dos Santos Carlos Mário Antunes Suñe Cássio Souza Bonotto Elisabeth Amaral Lemos Fernando Dornelles Pons Gilberto Loureiro de Souza Henrique Jorge de Q. Marim Teixeira João Alberto Dutra Silveira João Roberto Rosas de Azevedo João Rouget Pérez Wrege José Antônio Marques Fagundes José Inácio de Andrade Freitas Luiz Antônio Martins Bastos Luiz Carlos Cassal de Albuquerque Luiz Carlos Macedo Manuel Rossell Sarmento Vicente D. Matas


Por dentro da ABCCC

Reunião define os criatórios que serão auditados por exigência do Mapa Maurício Mesquita

A

o chancelar as recentes alterações e adequações no Regulamento do Registro Genealógico da Raça Crioula, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) também acrescentou um novo dispositivo na regra, prevendo auditorias anuais em, pelo menos, 59 criatórios. Para cumprir com a determinação, as cabanhas vistoriadas serão definidas no dia 18 de novembro, em reunião na sede da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), em Pelotas/RS. “Essas auditorias estão sendo impostas não apenas para associações de criadores de equinos, mas a todas que promoveram mudanças em seus regulamentos nos últimos dois

anos”, explicou o superintendente do Serviço de Registro Genealógico (SRG) da ABCCC, Rodrigo Teixeira. Todo o criador, inclusive os não sócios, independentemente da quantidade de animais que possui, está sujeito a visita. A escolha de quem vai ser auditado será feita aleatoriamente por meio de um sistema eletrônico, que usará uma equação com base na densidade populacional de animais para definir os locais e possibilitar que a avaliação chegue a todas as regiões do país. “Será analisada além da questão documental, a conferência dos animais por amostragem nas mais distintas categorias, coleta de material genético para confrontação e revisão de garanhões utilizados nas temporadas reprodutivas”, disse Teixeira. Além dele, a diligência pode ser con-

duzida pelo superintendente substituto do SRG, Ricardo Viera Borges, e pelo vice-presidente técnico, Mário Móglia Suñe. Depois de escolhido, o criador será notificado e terá 30 dias para se organizar, colocando os documentos e os animais à disposição. A intenção é iniciar as auditorias o quanto antes, ainda em 2013. Aquele que for selecionado e possuir animais em mais de uma cidade não precisa necessariamente reunir todos os cavalos em um único local, basta apresentar a documentação e deixar os animais à disposição da vistoria. Para o superintendente do SRG, a ideia do Mapa é tornar as associações mais próximas dos criadores, transmitindo maior transparência e segurança nos serviços oferecidos. “Ao final, será possível, também,

traçar um perfil mais detalhado da estrutura que existe hoje para a equideocultura e perceber o trabalho do inspetor técnico a campo”, concluiu Teixeira. Entenda As auditorias estão previstas no artigo 8º, alínea n, do Regulamento do Registro Genealógico da Raça Crioula e foram implementadas pelo próprio Mapa. A regra amplia as atribuições da superintendência do SRG e determina avaliações anuais em 59 criatórios aleatórios para conferir documentação, aferir animais e, até mesmo, coletar material para exame de DNA, caso o auditor entenda necessário.

Conheça nossos funcionários Foto Cássia Amaro

Ana Paula Folha

Em casa, Ana gosta de plantar, mexer com a terra, regar seus temperos e ampliar suas qualidades de laranjeiras e bergamoteiras. Nas férias, ao lado de João, seu marido, Ana não perde uma longa caminhada à beira-mar e garante aproveitar toda a energia do sol e do mar, quando viaja para as praias catarinenses. É puro relaxamento em benefício do corpo e da mente. Mas o fato é que toda esta tranquilidade conquistada em seus momentos de lazer é qualidade indispensável para um trabalho burocrático e lotado de compromissos no dia a dia da subgerente do Setor de Registros Genealógicos (SRG) da ABCCC, Ana Paula Milach Folha, de 47 anos. Trabalho esse, que ela admite ser compensador. Ana começou a trabalhar na ABCCC para cobrir uma licença-maternidade

em 2000. Iniciou suas atividades ainda inexperiente ao que realmente tratava a Associação. Mal compreendia como funcionavam os registros dos animais, no entanto, conquistou seu espaço rapidamente. E o que era apenas para ser um trabalho de alguns meses, tornou-se anos de experiência. Ana assumiu o Cadastro de Transferências de Propriedade de Registros e logo conquistou a simpatia dos clientes no atendimento ao balcão. Entre um papo e outro com os criadores compreendia, alinhava amizades e aprendia a resolver as questões mais importantes do setor. Empolgada, dentro de um espaço ainda pequeno, com apenas duas colegas de trabalho, Ana foi além e, com dedicação e a sua velha e conhecida tranquilidade, teve muitas e muitas vezes a satisfação de escutar um elogio ao seu trabalho,

ao seu setor e a sua empresa. “É isso que nos faz voltar todos os dias, é isso que nos mantém entusiasmados no trabalho”, nos conta Ana. Ana saiu da ABCCC em 2009, mas em 2011 não resistiu a um convite do recém-diretor, na época, Vagner Studzinski, e acabou voltando: “A ideia era voltar e repassar todo o conhecimento que eu tinha adquirido por nove anos. Mas as coisas mudaram, os regulamentos mudaram e precisamos reaprender e, ainda hoje, estamos reestruturando o setor”. Hoje, Ana tem certeza que fez a escolha certa quando voltou. Ainda está aprendendo, se reciclando. Ainda acredita, e muito, na sua empresa: “A ABCCC é uma entidade que trata bem seus funcionários, que dá espaço ao crescimento e que está sempre tentando melhorar”.

Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

7


Por dentro da ABCCC

Doações arrecadadas são entregues a entidade beneficente

Adriana Beck Nessi/Cleber Rangel Todero, Cruz Alta / RS

Jamil Name Campo Grande / MS

Alam de Oliveira Casartelli Porto Alegre / RS

Jesto Agropecuaria Ltda – EPP Porto Alegre / RS

Alberto Patron Araújo Aceguá / RS

João Batista Brandão Proença Júnior, Curitiba / PR

Alicio de Oliveira Guarei / SP

Jorge Alberto Sarmento de Azevedo, Porto Alegre / RS

Ana Maria e Mário Jorgens Sartori, Porto Alegre / RS

José Tacir Ferreira Tapejara / RS

André Luiz Laus Tijucas / SC

Juliano Nery Cambará do Sul / RS

Andrez Pastorello Bohn Ijuí / RS

Juliano Primo Silvy, Florianópolis / SC

Antonio Silva e Machado Passo Fundo / RS

Luiz Cezar de Souza Garuva / SC

Bertilo Schlickmann Braço do Norte / SC

Márcio Oszika São Bento do Sul / SC

Bruno Santos da Silva São José / SC

Márcio Pereira Nunes Jaquirana / RS

Carlos Martins Terra e Rejane Muck Terra, Porto Alegre / RS

Marco Antônio Colitti Indaiatuba / SP

Studzinski representou a ABCCC na entrega dos alimentos ao Lar de Jesus

Cleunice Mazui Alves Viamão / RS

Marcos e Marcio Batista Garcia Correia, Gravataí / RS

Alexandre Quevedo

Daniel Miguelito de Lima Osório / RS

Mariana Petry Taquara / RS

Daniel Rossato Costa Dom Pedrito / RS

Natal Raupp Serafim Tramandaí / RS

Diniz Pessato Neto Gravataí / RS

Rafaela Guazzelli Estrougo Porto Alegre / RS

Edson Luiz Vicente Ouro Preto D’oeste / RO

Renato Simões Lopes da Costa Porto Alegre / RS

Eduardo Fagundes Vogel Santa Bárbara do Sul / RS

Ricardo Bueno Colombo Curitiba / PR

Fabi Vergolino Candaten Liberato Salzano / RS

Roberto Hoffmann Schwark São Sepé / RS

Fernando Segala Gravina Santa Maria / RS

Roberto Llanos de Ávila Pelotas / RS

Geraldo Ribeiro Vieira Brasília / DF

Rodrigo Vaz da Silva Alvorada / RS

Gianfranco Perazzolo Caxias do Sul / RS

Roger S. Rodrigues / Hallicc Elissa da Cas, Guaíba / RS

Gilmara Elizana Ramos Camboriú / SC

Sergio Abreu da Cunha Santana do Livramento / RS

Giovane Vieira de Oliveira Joinville / SC

Sergio Bastos Bueno – ME Porto Alegre / RS

Henrique Martins Gomes Buriti Alegre / GO

Sérgio Soares de Oliveira São Gonçalo / RJ

Foto Alexandre Quevedo

O

s alimentos arrecadados como entrada para a Rodada do Conhecimento, evento promovido pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) durante a 87ª Expofeira de Pelotas/RS, foram entregues ao Lar de Jesus, uma instituição beneficente do município que atende aproximadamente 200 alunos e mais de 500 pessoas e que se mantém com doações da comunidade e com repasse de verbas da prefeitura da cidade.

A entrega foi feita no dia 18 de outubro pelas mãos do gerente geral da Associação, Vagner Studzinski, à vice-diretora do Lar de Jesus, Jane Nunes. Além dos mais de 70 quilos de alimentos, roupas também foram doadas. Studzinski ressaltou a participação da ABCCC na sociedade. “É importante estarmos mais ligados à comunidade, principalmente aqueles que estão mais próximos como o Lar de Jesus.” Disse o administrador que valorizou o trabalho realizado no local: “O trabalho feito aqui pode render bons profissionais”. 8

Novos sócios

Cavalo Crioulo | Novembro, 2013

Segundo o gerente, em breve novas campanhas serão promovidas pela ABCCC para ajudar instituições, que já contam com esse apoio, e outras que também realizem ações beneficentes.

Lar de Jesus O Lar de Jesus mantém uma escola que recebe alunos da pré-escola até o 5º ano do Ensino Fundamental. Além do ensino escolar, o instituto oferece outros serviços sociais para os familiares dos alunos e para a comunidade vizinha. Entre os projetos desenvolvidos está o Programa Adolescente Aprendiz, que prepara jovens para o mercado de trabalho e algumas atividades como horta e artesanato realizadas graças ao empenho de voluntários. Interessados em colaborar com o Lar de Jesus podem entrar em contato pelo site www.institutolardejesus.org.br, pelo facebook.com/ InstitutoLardeJesus, pelo e-mail pelotas@institutolardejesus.org.br ou pelo telefone (53) 3027-0276.


Seguindo a série de reproduções de conteúdos publicados nos Anaes da ABCCC, ganha destaque nesta edição um texto escrito por Dirceu Pires Terres, impresso originalmente na edição de julho de 1942. Acompanha ainda uma ilustração assinada por Mário Mattos. O texto é dedicado ao engenheiro agrônomo argentino Roberto Dowdall, que na primavera anterior havia julgado a prestigiada Exposição Morfológica da raça realizada na Associação Rural de Bagé/RS e se impressionado com a qualidade dos Crioulos brasileiros. Entretanto, o que chamou a atenção de Terres e rendeu a contribuição replicada a seguir, foi a “ramada de mata-olho” erguida por “tio Ângelo”, que durante a exposição abrigou uma animada roda de conversa, compartilhada por criadores da região. Dirceu Terres, na época gerente inspetor da Associação, descreve com espontaneidade os momentos curiosos e as situações vividas pelos amigos que se encontraram sob a sombra da ramada, no evento. Vale a leitura.

Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

9


Por dentro da ABCCC

Calendário de eventos | 2013 - 2014 Novembro 14

14 a 17

Dia de Campo Santana do Livramento/RS

22 a 24

Freio Jovem, Credenciadora, Morfologia

23

Rio Grande/RS

15

22

15 e 16

15 a 17

29 e 30 29 a 1º

30

São Gabriel/RS

Esteio/RS

Montenegro/RS

16

Crioulaço

Santa Rosa/RS

16 e 17

Campereada, Prova de 21 Dias, Crioulaço, Paleteada Força A

5

Paleteada Forca B, Paleteada Força A, Prova de 21 Dias

20 a 24

Credenciadora, Morfologia Camaquã/RS

8

9

13

13e14

13a15

10 Cavalo Crioulo | Novembro, 2013

6

Crioulaço

Gramado/RS

Piratini/RS

Paleteada Força A, Freio Jovem, Freio do Proprietário, Credenciadora

31 e 1º

Revisão Coletiva, Prova de 21 Dias, Crioulaço

Crioulaço

Bom Princípio/RS

querque Py

5/ 12

Freio do Proprietário

16/11

Erechim/RS Técnico Jorge Aginelo do Nascimento

Piratini/RS

Santo Antônio da Patrulha/RS Técnico Ricardo Guazelli Martins Santa Rita do Passa Quatro/SP Técnico Heitor Cheuiche Coelho

Técnico a definir

Uruguaiana/RS

20/ 11

22/ 11

Pedras Altas/RS Técnico Carlos Marques Gonçalves Neto

Alfredo Wagner/SC Técnico Romeu Koch São José dos Ausentes/RS Técnico Ricardo Guazelli Martins General Câmara/RS

12/ 12 Técnico a definir Carazinho/RS

Crioulaço

23/ 11

Revisão Coletiva, Prova de 21 Dias

Arroio do Meio/RS

7/ 12

Palmeira/PR Técnico Rafael Fagundes Sant’anna

Palestra Técnica, Revisão Coletiva

São Martinho/RS

Técnico a definir

Técnico a definir

Técnico a definir

Rosário do Sul/RS

Camaquã/RS

São Luiz Gonzaga/RS

Passo Fundo/RS Técnico Ricardo Guazelli Martins

Criciúma/SC

Osório/RS

14 e15

Rio Grande/RS Técnico Cláudio Neto de Azevedo

Nova Santa Rita/RS

29/ 11 Técnico Rodrigo Albu-

Técnico a definir

Lapa/PR

Carazinho/RS

14

Esteio/RS Técnico Rodrigo Albuquerque Py

Tijucas/SC Técnico Ricardo Guazelli Martins

Credenciadora

Freio Jovem, Credenciadora Inéditos, Morfologia

Santo Antônio da Patrulha/RS

Palestra Técnica, Morfologia

Capivari do Sul/RS

Vacaria/RS

Morfologia

Santa Rita do Passa Quatro/SP

14/11

Crioulaço

Dia de Campo

5a8

Palmeira/RS

Cacequi/RS

São Lourenço do Sul/RS

Morfologia, Credenciadora

13/11

Crioulaço

São Luiz Gonzaga/RS

Crioulaço, Morfologia

31

Calendário de Concentrações

General Câmara/RS

Crioulaço

5e6

Campereada

Camaquã/RS

Crioulaço

Dom Pedrito/RS

Passo Fundo/RS

17a19

15/11

Santiago/RS

Prova de 21 Dias, Paleteada Força A, Crioulaço

Freio Jovem, Credenciadora, Paleteada Força A Piratini/RS

Campereada

Crioulaço

Tijucas/SC

Barra Velha/SC

7e8

Dezembro

Morfologia

Erechim/RS

São José dos Ausentes/RS

Morfologia

Nova Santa Rita/RS

Lavras do Sul/RS

Rio Pardo/RS

Morfologia

Soledade/RS

1a3

Crioulaço

Freio do Proprietário, Freio Jovem, Credenciadora

Santiago/RS

Igrejinha/RS

Credenciadora Inéditos, Freio do Proprietário Dia de Campo

16

Palestra Técnica

Itaqui/RS

Paleteada Força A

Aceguá/RS

Movimiento a la Rienda, Credenciadora Inéditos, Campereada

Caxias do Sul/RS

Bagé/RS

Dia de Campo

Canela/RS

Morfologia

Soledade/RS

Prova de 21 Dias, Tempranito, Freio Jovem, Campereada

11

25a27

Viamão/RS

Morfologia

Freio do Proprietário, Freio Jovem, Credenciadora Inéditos, Campereada

Janeiro

Palestra Técnica Freio Jovem

Santa Maria/RS

Campereada, Crioulaço

24 a 28

7

Salto do Pirapora/SP

Rosário do Sul/RS

Alegrete/RS

Sapopema/PR

Crioulaço

Prova de 21 Dias, Paleteada Força A

Credenciadora Inéditos, Credenciadora

Morfologia

Morfologia Incentivo, Prova de 1 Ano de Doma, Prova de 21 Dias Cruz Alta/RS

Brasília/DF

Pedras Altas/RS

Chapecó/SC

Criciúma/SC

Morfologia

Morfologia, Freio Jovem

Crioulaço

Crioulaço

6a8

23 e 24 Júlio de Castilhos/RS

São Luiz Gonzaga/RS

Tijucas/SC

Pedras Altas/RS

Credenciadora

Dia de Campo

Crioulaço

Prova de 21 Dias

Sapopema/PR Técnico Rafael Fagundes Sant’anna

13/ 12 Técnico a definir Gramado/RS Técnico a definir São Martinho/RS

29/ 11

Palmeira/PR Técnico Rafael Fagundes Sant’anna Soledade/RS

Técnico a definir

14/ 12 Adolfo José Martins Netto

31/ 1

Santiago/RS Técnico a definir Guazelli Martins


Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

11


12 Cavalo Crioulo | Novembro, 2013


Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

13


Freio de Ouro Areal/RJ

Freio conhece os primeiros candidatos ao título de 2014 Fotos Fagner Almeida

Maurício Mesquita

F

oi dada a largada. A primeira seletiva da 32ª edição da modalidade mais prestigiada do cavalo Crioulo aconteceu na Fazenda Boqueirão, em Areal/RJ, com a 1ª Credenciadora Carioca, entre os dias 3 e 6 de outubro. Além de definir os primeiros classificados à semifinal do Freio de Ouro 2014, o evento reuniu um público expressivo, juntou crioulistas de vários cantos do país e serviu de norte para a expansão da raça. Em pista, 17 animais - nove machos e oito fêmeas - oriundos não apenas do Rio de Janeiro, mas também do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina, do Paraná, de São Paulo, Distrito Federal e Goiás, competiam pela classificação. Entre os machos DKP Coiote, montado por César Augusto Freire, venceu com a média de 19,365. Nas éguas a vitória ficou com CLJ Dama, que, com o ginete Flávio de Borba Pereira, somou 20,025 na pontuação geral.

Estrutura da Fazenda Boqueirão, em Areal/RJ, concentrou a seletiva que abriu o ciclo do Freio de Ouro no Brasil

A prova “Freio de Ouro sem chuva não é a mesma coisa”, já dizia o provérbio. E não poderia ser diferente no Rio de Janeiro, mesmo fora de época e contrariando as previsões climáticas. Logo cedo, assim que iniciaram as atividades na pista de campo, um aguaceiro caiu do céu, ditou o clima da disputa e tornou a prova ainda mais acirrada. Quem pensava que isso seria, literalmente, um banho de água fria, se enganou. O tempo virou, o sol apareceu e centenas de pessoas puderam acompanhar a disputa das arquibancadas. A responsabilidade na avaliação da prova foi dividida por César Hax, que julgou as fêmeas na última Expointer, Cláudio Neto de Azevedo e Thiago de Ávila. “A mistura de ginetes experientes e outros mais novos deixou o nível da competição bom e parelho”, disse Azevedo, pouco antes 14 Cavalo Crioulo | Novembro, 2013

Ávila, Azevedo e Hax foram os responsáveis pelo julgamento e não se incomodaram com a chuva fora de época da etapa de campo final, enquanto destacava a destreza dos competidores na pista embarrada. “Quando está molhado, o risco de se perder o equilíbrio é maior e o cavalo tende a se defender mais”, avaliou.

Os vencedores no Rio de Janeiro abrem uma gama de possibilidades para chegar à decisão do Freio de Ouro. “Essa é uma vantagem da Região 8. O credenciado pode escolher participar da Classificatória em qualquer lugar do país, além da

Classificatória Aberta de Brasília e, se tiver feito mais de 18 pontos, da Classificatória Aberta de Esteio”, explicou Heitor Coelho, técnico habilitado junto à Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) e supervisor do evento.


Freio de Ouro União de sucesso A 1ª Credenciadora Carioca foi fruto da parceria entre o Núcleo de Criadores CriouloRio, presidido por Luiz de Alencar Araripe Júnior, e o Núcleo Vilson Chalart de Souza, conduzido por André Luiz Vaz Machado, que dividiram a responsabilidade e a organização do evento. Essa não é a primeira seletiva da história em solo carioca, mas foi a primeira no formato de cooperação e colaboração dos dois núcleos localizados no estado.

Núcleos presididos por Machado (E) e Araripe garantiram sucesso da prova

No intervalo entre competições, o público pôde usufruir de um restaurante instalado especialmente para o evento, ambiente que congregou crioulistas. A união e a excelência da estrutura oferecida foram destacadas pelo

jurado Thiago de Ávila. “Essa parceria só agrega e vem somar. Além de destacar a qualidade da pista, quero parabenizar a organização dos Núcleos, que pensou em cada detalhe e conseguiu proporcionar uma grande festa do cavalo Crioulo, muito importante para o fomento da raça”, disse. A corrida ao Freio está apenas começando. Da primeira disputa do ciclo até o final de agosto, nada menos do que 13 credenciadoras foram realizadas. Dessas, sete voltadas apenas para animais inéditos, número que representa um crescimento significativo já que no ciclo anterior houve apenas quatro provas voltadas aos estreantes.

Programação diferenciada Além da própria disputa do Freio, a programação da 1ª Credenciadora Carioca contemplou também outras duas provas oficiais da raça: uma etapa do Freio do Proprietário, com 11 participantes, e uma Morfologia - quando 56 animais foram julgados por César Hax quanto à melhor conformação física com base nos padrões da raça. Na ocasião, o presidente da ABCCC, Mauro Ferreira, entregou a roseta que distinguiu o Melhor Exemplar da Raça para a égua Balaquera Tranqueador, filha de Marca Três Pecado e Três

Cerros Soledade. O evento trouxe, ainda, uma disputa inter-raças de Team Penning (Campereada) e Ranch Sorting. A iniciativa visa abrir novos horizontes, com criadores de raças consolidadas na região tendo contato com o Crioulo. “Isso permite uma abertura, fazendo com que mais pessoas conheçam o nosso cavalo, que não deixa nada a desejar e responde muito bem em qualquer modalidade”, disse o proprietário da Fazenda Boqueirão, Luiz de Alencar Araripe Júnior.

Morfologia julgada por Hax (E) contou com a presença de Mauro Ferreira

Crioulos se destacam e vencem Team Penning multirraças “Me vê um Crioulo aí, qualquer um. Essa temos que ganhar!” Ainda na área de dispersão, essas foram as palavras do criador e ginete Marcelo da Silva Farias, pouco antes de ir à pista. Mesmo que em tom de brincadeira, a confiança se refletiu no resultado do Team Penning (Campereada) que integrou a programação da 1ª Credenciadora Carioca, no sábado (5/10) à noite, na Fazenda Boqueirão. Farias competiu ao lado de Willians dos Santos Machado e Antônio Luiz Machado Neto, pai e filho, novos proprietários da raça, de Tanguá/RJ. Eles foram o último dos 37 trios inscritos a competir e conseguiram apartar do rebanho três bois em 41,563 segundos, desbancando o tempo dos líderes até então, que competiam montando animais de outra raça. Antônio, Marcelo e Willians desbancaram os então líderes na última chance

“É realmente um cavalo multifuncional. Permite que toda a família

entre na brincadeira, serve para competir, para o trabalho e para o lazer”, explicou Willians, que se mostrou satisfeito com a nova aquisição. “Meu estabelecimento vai deixar de ser rancho e passar a ser cabanha”, brincou. A comemoração se estendeu até tarde, com o show musical de Daniel Monnerat. Uma nova disputa de Campereada está agendada junto à ABCCC para o dia 3 de maio, no Parque de Exposições de Petrópolis/ RJ, região Metropolitana do estado. Vencedores Team Penning Willians dos Santos Machado montando Marca Três Nicotina, Antônio Luiz Machado Neto montando Violeta de Santa Angélica e Marcelo da Silva Farias, montando Ida y Vuelta da Bela Aliança Tempo: 41,563 segundos

Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

15


Freio de Ouro * ainda sujeitos à homologação

Areal/RJ 3 a 6 de outubro Técnico: Heitor Cheuiche Coelho Jurados: César Rabassa Hax, Cláudio Neto de Azevedo e Thiago de Ávila

Fêmeas Fotos Fagner Almeida

1º Lugar

2º Lugar

3º Lugar

4º Lugar

CLJ Dama, filha de Las Callanas Deudor e JA Chuva Grossa; criador Gustavo Lessa Jung e expositor Cabanha Tamboré, Cabanha Tamboré, São Francisco de Paula/RS

OEA Tarantela, filha de Capella Nuvioso e BT Jandirita; criador Olavo Epaminondas de Almeida e expositor Pablo Benvenutti, Cabanha Benvenutti, Canoinhas/SC

Guaycuru Huelva, filha de AS Malke Cartucho e Madrileña Puacá; criador Edmundo Torres Neto e expositor Cabanha Rancho Queimado Ltda, Cabanha Rancho Queimado, Santo Antônio do Pinhal/SP

Santo Onofre Rainha, filha de LS Balaqueiro e STO Filua; criador Nestor Augusto/Jorge Rosas Demiate Jr e expositor André Luiz Vaz Machado, Cabanha Don Diló, Cachoeiras de Macacu/RJ

Ginete: Flávio de Borba Pereira Nota: 20,025

Ginete: Laurindo Afonso Nota: 18,385

Ginete: Luís Augusto Magalhães Nota: 18,143

Ginete: Germano Chempceke Nota: 17,934

1º Lugar

2º Lugar

3º Lugar

4º Lugar

DKP Coiote, filho de Muchacho de Santa Angélica e Guerreira da Escondida; criador e expositor Délcio Rodrigues Pereira, Haras Anchieta, Gama/DF

Quelen Bayo, filho de BT Guri e La Brava Paica; criador Aznarez Elorza Hnos (Montevidé/UY) e expositor Marcelo Farias da Silva, Cabanha Treze Tilias, Cachoeiras de Macacu/RJ

La Porteña Bandoleiro, filho de Jalisco de Santa Angélica e HQ de Mi Estampa; criadores Carlos A. S. de Camargo/Claudine Vendramin e expositor Ricardo Raugust Machado, Sítio São Pedro, Pinhalzinho/SP

BT Uniforme, filho de BT Apache e BT Herradura; criador Flávio Bastos Tellechea e expositor João Nestor Mendes Antunes, Fazenda Riacho Frio, Luziânia/GO

Ginete: Cesar Augusto Freire Nota: 19,365

Ginete: Evandro Falcao Nota: 17,668

Ginete: Vilmar Soares Nota: 17,224

Ginete: Ernesto Wairish Nota: 17,22

Machos

16 Cavalo Crioulo | Novembro, 2013


Freio de Ouro

Palmeira das Missões/RS 4 a 6 de outubro Técnico: Felipe Caccia Maciel Jurados: Luís Mierczinski Neto, Marlus Arruda e Rodrigo Py

Fêmeas Fotos Divulgação

1º Lugar

2º Lugar

3º Lugar

4º Lugar

Ave Sonora do São Crispim, filha de LS Balaqueiro e Lolita do Infinito; criador e expositor Boris Soares Delabary, Cabanha São Crispim, Lavras do Sul/RS

Morena do Luza, filha de Astucioso de Santa Cinilda e Entonces Cinamomos; criador e expositor Odil Zanchet Luza Júnior e filhos, Cabanha Luza, Palmeira das Missões/RS

Operária do Boeiro Branco, filha de Comandante da Velho Pedro e Harpa do Boeiro Branco; criador e expositor Bráulio Dinarte da Silva Pinto, Cabanha Boeiro Branco, Itaqui/RS

Laguna do Recomeço, filha de Baldomero Gravatá e Florisbela do Infinito; criador Francisco Motta e Débora Almeida e expositor Jeferson Fucks, Cabanha da Liberdade, Dois Irmãos das Missões/RS

Ginete: Gustavo Delabary Nota: 19,648

Ginete: Mauricio Idiart Nota: 18,086

Ginete: João Furtado Nota: 17,638

Ginete: Vinícius Rafael Nunes Nota: 14,426

1º Lugar

2º Lugar

3º Lugar

4º Lugar

BT Trevo, filho de BT Jade e As Malke Honesta; criador Flavio Bastos Tellechea e expositor Elemar de B Martins e Vânia P. de Almeida, Cabanha Almeida Martins, Eldorado do Sul/RS

Noitero da Marca Antiga, filho de Butiá Leopardo e Florecita da Marca Antiga; criador e expositor Gustavo Loureiro de Souza Delabary, Cabanha Marca Antiga, Lavras do Sul/RS

Estrago da Nobleza Gaúcha, filho de RZ La És Madrigal da Carapuça e Querência de São Pedro; criador Abílio Machado Gonçalves e filhos e expositor Renato Franco Pagliarini

Pompeu de Santa Angélica, filho de Santa Elba Señuelo e Delicada de Santa Angélica; criador Paulino e Agenor de Ávila Costa e expositor Leonardo Weymar, Cabanha Rincão da Feitoria, Turuçu/RS

Ginete: João Furtado Nota: 18,223

Ginete: Gustavo Delabary Nota: 17,572

Ginete: Vinícius Nunes Nota: 16,615

Machos

Ginete: Maurício Idiart Nota: 14,421

Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

17


Freio de Ouro

Chapecó/SC 4 a 6 de outubro Técnico: Adolfo Martins Neto Jurados: Alexandre Di Domenico, Álvaro Dumoncel e Fernando Harger

Fêmeas Fotos Gabriele Zielinski

1º Lugar

2º Lugar

3º Lugar

4º Lugar

Curandeira 711 Maufer, filha de Muchacho de Santa Angélica e SR Geada; criador e expositor Maurício e Fernando Lampert Weiand, Cabanha Maufer, Cruzeiro do Sul/RS

Batalha do Monjolo, filha de Butiá Olodum e Chinoca do Monjolo; criador José Gomes Cezar e Filho e expositor Humberto Martins Cezar

Negra Linda do Trinta e Oito, filha de Bug do Milênio do Carovy e Butiá Índia; criador e expositor Cabanha do 38 Agropecuária Ltda., Cabanha do 38, Arroio Teixeira/RS

JT Paisagem, filha de Debochado do Quartel Mestre e Ubatuba Perau; criador José Otavio Ferreira Telles e expositor Erni José Backes, Cabanha Rigorosa, Chapecó/SC

Ginete: Nei Eduardo Rodrigues Lima Nota: 17,520

Ginete: Charles Fagundes Nota: 17,013

Ginete: Francisco Alves Nota: 16,411

Ginete: Sandro Rigon Nota: 12,654

1º Lugar

2º Lugar

3º Lugar

4º Lugar

Expresso do Elebê, filho de Tupambaé do Elebê e GB Juju; criador e expositor Leônidas Burtet e Filhos, Agropecuária Burtet, Cachoeira do Sul/RS

Herói do Ouriço, filho de Campana Pajero e Campana Lejana; criador e expositor Luis Augusto Weber, Cabanha do Ouriço, Carazinho/RS

Diamante Bertolini, filho de Butiá Leopardo e Princesa Solimas Bertolini; criador e expositor Irani Bertolini, Fazenda Bertolini, Minas do Leão/RS

RA Chimarrão, filho de Farol do Manantial e OEA Qualeta; criador Ademir Antonio Miliavaca e expositor Amélio Francisco Kwiecinski, Cabanha Kwiecinski, Erval Grande/RS

Ginete: Daniel Waihrich Marim Teixeira Nota: 17,010

Ginete: Charles Fagundes Nota: 16,580

Ginete: Raul Lima Nota: 16,425

Ginete: Sidnei Boscato Nota: 15,914

Machos

18 Cavalo Crioulo | Novembro, 2013


Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

19


Freio de Ouro

Bagé/RS 11 a 13 de outubro Técnico: Henrique Litchina Gonzalez Jurados: Francisco Martins Bastos Sobrinho, Júlio César Hax e Guilherme Abascal

Fêmeas Fotos Alexandre Teixeira

1º Lugar

2º Lugar

3º Lugar

4º Lugar

La Rinconada Golosa, filha de Santa Isabel Embustero e Los Nichos Divisa; criador Eduardo Tomayo Ordenes e expositor André Luiz Narciso Rosa, Estância Guapuruma, Navegantes/SC

Jotace Tranca, filha de Jotace João Balaio e Jotace Lamparina; criador e expositor João Juraci Cantarelli, Estância Eldorado, Uruguaiana/RS

Zeta de São Pedro, filha de Pampa de São Pedro e Prima Dona de São Pedro; criador e expositor Eduardo Macedo Linhares, Estância São Pedro, Uruguaiana/RS

Relva Cala Bassa, filha de Candidato Simpatia e Amora R Ianomami; criador e expositor Marcelo Rezende Móglia, Cabanha Cala Bassa, Bagé/RS

Ginete: Lindor Collares Luiz Nota: 20,427

Ginete: Raul Lima Nota: 19,855

Ginete: Leonardo Collares Nota: 17,519

Ginete: Sérgio Augusto Feraz Nota: 17,247

1º Lugar

2º Lugar

3º Lugar

4º Lugar

Raio de Santa Odessa, filho de Chicão de Santa Odessa e Bellaca de Santa Odessa; criador Torquato Tasso Alano Petrarca e expositores Maria Chirinos e André Ricardo Hoeschl

Campana Reboliço, filho de Campana Guasquero e Campana Maestra; criador Mário Móglia Suñe e expositor Denis Sfair Silveira, Cabanha Sabiendas, Porto Alegre/RS

Baralho da Quinta, filho de BT Faceiro do Junco e Anahi da Quinta; criador Estância da Quinta Ltda e expositor Mauro de Vargas Morales, Cabanha do Angico, Cachoeira do Sul/RS

Mascarado Cala Bassa, filho de Santa Teresa Ambicioso e Alabama Caminera; criador e expositor Marcelo Rezende Móglia, Cabanha Cala Bassa, Bagé/RS

Ginete: Lindor Collares Luiz Nota: 20,347

Ginete: Raul Lima Nota: 19,414

Ginete: Márcio Maciel Nota: 18,671

Ginete: Sérgio Augusto Feraz Nota: 18,121

Machos

20 Cavalo Crioulo | Novembro, 2013


Freio de Ouro

Lages/SC 18 a 20 de outubro Técnico: Adolfo Martins Neto Jurados: Fábio Camargo, Luciano Guisleri e Márcia Linhares

Fêmeas Fotos Alexandre Freitas

1º Lugar

2º Lugar

3º Lugar

4º Lugar

Pastora da Rio Bonito, filha de Butiá Orelhano e Rumbera da Rio Bonito; criador e expositor Empreendimentos Agropecuários Rio Bonito Ltda., Fazenda Santa Cruz, Ponta

Aymara Pregonera, filha de San Remigio Jugueton e Aymara Pataguilla; criador Oscar Bustamante Navarro e expositor Valdecir de Souza Lima, Cabanha Sessenta e Seis, Caxias do Sul/RS

Rica Flor de São Pedro, filha de Nacarito de São Pedro e Missanga de São Pedro; criador Eduardo Macedo Linhares e expositor Sérgio Pedro Nesello, Cabanha La Conquista, Caxias do Sul/ RS

Grande História da Serra Alta, filha de Nacional do Itapororó e Sobradinho Ibiza; criador e expositor Sérgio Ferreira Lima, Cabanha Serra Alta, Canoinhas/SC

Grossa/PR Ginete: Valdomiro da Rocha

Ginete: Iuri Barbosa Nota: 17,864

Ginete: Roberto Castilho Nota: 16,209

Ginete: Sérgio K. Lima Nota: 15,495

1º Lugar

2º Lugar

3º Lugar

4º Lugar

Ulisses 350 Maufer, filho de Santa Elba Comediante e Imperatriz 06 do Maufer; criador Maurício e Fernando Lampert Weiand e expositor Ailton Batista dos Santos, Cabanha Todos os Santos, Capão da Canoa/RS

Delantero de Los Campos, filho de Impulso de Pai Passo e BT Lenda; criador Aldo Vendramin e expositor Silvio Maximiliano Gamborgi Valim e Ernani José de Castro Gamborgi

Imperador do Tamboré, filho de Luganno das Três Estâncias e JA Sinhá Moça; criador Diego de Lucena Zanandréa e expositor Valdinei Probst, Rancho Queimado/SC

Haragano do Phoenix, filho de Huicaco da Tala e Princesa do Phoenix; criador e expositor José Francisco Seabra Mendes, Cabanha Phoenix, Taquara/RS

Ginete: Everton de Deus Valim Nota: 17,344

Ginete: Júlio Cézar Gamborgi Nota: 16,405

Ginete: Marcelo Renato de Souza Nota: 16,329

Ginete: Luís Augusto Matte Nota: 15,675

Machos

Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

21


Freio de Ouro

Ijuí/RS 11 a 13 de outubro Técnico: Jorge Aginelo do Nascimento Jurados: Fernando Nascimento, Marlus Arruda e Roberto Crespo

Fêmeas Fotos Alexandre Freitas

1º Lugar

2º Lugar

3º Lugar

4º Lugar

Carqueja II da Camila, filha de BT Mano a Mano e Bandeirante de Santa Celuta; criador Manoel Francisco Zirbes Rodrigues e expositor Valdecir de Christofer Kohler

AS Malke Rebatida, filha de Santa Teresa Ambicioso e BT Fascinação; criador Agropecuária Schwanck Ltda e expositor Paulo Gilberto Bochi Dorneles, Cabanha Vitória, Alecrim/RS

Querência 39 do Rincão do Américo, filha de Rebuliço da Tradição e BT Querência do Junco; criador e expositor Carlos Heitor Benevides de Carvalho, Estância do Rincão do Américo, São Francisco de Assis/RS

Baioneta do Monjolo, filha de BT Narciso do Junco e Geada do Monjolo; criador José Gomes Cezar e Filho e expositor Renato Franco Pagliarini, Cabanha Palmeira Velho, Palmeira das Missões/ RS

Ginete: Valério Moura Nota: 18,657

Ginete: Luiz Weber Nota: 17,468

Ginete: Éderson Domingues Nota: 16,636

Ginete: Rafael Nunes Nota: 16,512

1º Lugar

2º Lugar

3º Lugar

4º Lugar

Tango II do Passo Fundo, filho de Intendente do Inhanduvá e Jararaca do Passo Fundo; criador Evaristo Tagliari Neto e expositor Josemar Sgorla, Cabanha Olho D’água, Passo Fundo/RS

SJ Valete, filho de Santa Elba Corajudo e Rochares F-349; criador Lugajo Agricultura e Pecuária Ltda e expositor Ilmo José Kieling Abadi, Cabanha Calhandra de Ouro, São Nicolau/RS

Guerreiro do Ouriço, filho de Campana Guasquero e Nara da Guarida; criador Luis Augusto Weber e expositor Diego Nascimento, Cabanha Nacsimento, Carazinho/RS

BT Bom de Guarda, filho de BT Delantero e BT Negrita; criador Condomínio Flávio Bastos Tellechea e expositores Leandro Arregui e Diego Arregui, Cabanha Pingo Arregui, Itaqui/RS

Ginete: Charles Fagundes Nota: 18,607

Ginete: Odinei de Paula Nota: 18,005

Ginete: Fábio Salles Nota: 17,001

Ginete: Gabriel Marty Nota: 16,895

Machos

22 Cavalo Crioulo | Novembro, 2013


Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

23


Freio de Ouro

São Sepé/RS (inéditos) 18 a 20 de outubro Técnico: Olmiro de Andrade Filho Jurados: Alexandre Pons Suñe, Luiz Antero Oliveira Peixoto e Marcelo Montano Coelho

Fêmeas 1º Lugar

2º Lugar

3º Lugar

4º Lugar

Butiá Zagaia, filha de Butiá Olodum e Butiá Névoa; criador e expositor Sementes e Cabanha Butiá, Cabanha Butiá, Passo Fundo/RS

Bandeira da São Crispim, filha de LS Balaqueiro e Criolla Tupambaé; criador e expositor Boris Soares Delabary, Cabanha São Crispim, Lavras do Sul/RS

El Tropillero Estampa, filha de Água de Los Campos y Maquena Criterioso e Estampa Tupambaé; criador Paulo Roberto Couto de Oliveira Souto e expositor Parceria A Lo Largo, Estância A Lo Largo, Rio Pardo/RS

FM Luz Dourada do Cinco Salsos, filha de Chicão de Santa Odessa e Hispânica da Escondida; criador e expositor Felipe Mário Martins, Agropecuária Cinco Salsos, Bagé/RS

Ginete: Cézar Augusto Schell Freire Nota: 19,846

Ginete: Gustavo Delabary Nota: 19,300

Ginete: Madson Fagundes da Silva Nota: 17,894

Ginete: Raul Lima Nota: 16,526

1º Lugar

2º Lugar

3º Lugar

Saramago do Infinito, filho de San Ignacio Martírio e Melindrosa do Infinito; criador e expositor Roberto Sidney Davis Junior, Agropecuária Infinito Ltda., São Sepé/RS

Demônio da São Crispim, filho de LS Nazareno e LS Eureca; criador e expositor Bóris Soares Delabary, Cabanha São Crispim, Lavras do Sul/RS

Butiá Batuta, filho de Santa Elba Comediante e Butiá Iolanda; criador Sementes e Cabanha Butiá e expositor Leandro Dreher da Silva, Cabanha KGuapo.

Ginete: Lindor Collares Luiz Nota: 18,648

Ginete: Jonatan Teixeira Nota: 16,552

Ginete: André Lopes Nota: 12,362

Machos

24 Cavalo Crioulo | Novembro, 2013


Freio de Ouro

Arroio Grande/RS (inéditos) 18 a 20 de outubro Técnico: Carlos Marques Gonçalves Jurados: Frederico Araújo, Leonardo Teixeira e Luiz Mierczinsky Neto

Fêmeas Fotos Nívea Oliveira

1º Lugar

2º Lugar

3º Lugar

4º Lugar

Mandinga Santa Ceia, filha de Fandango do Itapororó e Santa Fé Sombra; criador e expositor Bayard Bretanha Jacques, Cabanha Os Tuco Tuco, Jaguarão/RS

Gaivota do Puruã, filha de AS Malke Destinado e Detonadora do Puruã; criador Stefano Marini e expositor Leandro de Almeida Chiattone, Cabanha Sapato, Cristal/RS

Escaramuça Del Prieto, filha de Quem Te Viu da Água Funda e Raia 299 do Barulho; criador e expositor Sergio Prieto Garcia, Cabanha Prieto, Rio Grande/RS

Ase Faca na Bota, filha de Luto da 3J e Simpatia 476 da Itaúna; criador e expositor Marcos Ronei Dias de Oliveira, Agropecuária Santa Eliza, Pinheiro Machado/RS

Ginete: Émerson Nunes Nota: 15,500

Ginete: Gilson Nunes Nota: 15,202

Ginete: Rodrigo Fonseca Nota: 14,509

Ginete: Maurício Oliveira Nota: 13,961

1º Lugar

2º Lugar

3º Lugar

4º Lugar

Tarancón Recuerdo, filho de Tormento da Badana e Dengosa do Agapê; criador e expositor Ricardo Pinto Torres, Cabanha Tarancón, Dom Pedrito/RS

Lanceiro da Badana, filho de BT Hospedeiro e Preciosa da Badana; criador e expositor Uilson Silveira Machado e filhos, Agropecuária Palmito, Arroio Grande/RS

Liberal Mapocho, filho de Mano a Mano do Itapororó e Juma de Santa Angélica; criador Sérgio Santos Santanna e filhas e expositor Vinícius Gonçalves.

Fantástico das Três Bocas, filho de Butiá Olodum e JZ Rosita de Santa Mathilde; criador e expositor Hilda e Fernando Luis D’Ávila Soares, Fazenda Tarumã, Arroio Grande/RS

Ginete: José Fonseca Macedo Nota: 17,562

Ginete: Maurício Idiart Nota: 17,468

Ginete: Nilo Éder Brandão Nota: 16,153

Ginete: Heber Pereira da Veja Nota: 15,779

Machos

Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

25


Freio de Ouro

Santa Rosa/RS (inéditos) 4 a 6 de outubro Técnico: Alexandre Pons Suñe Jurados: Luís Augusto Weber, João Luís Arísio e Fernando G. Nascimento

Fêmeas 1º Lugar

2º Lugar

3º Lugar

4º Lugar

NS Rica Dona, filha de Osasco de São Pedro e NS Jasmine; criador e expositor Ricardo da Silva Alvim, Fazenda São José, Sant’ana do Livramento/RS

Atrevida FRF, filha de BT Moirão e Fabiana de Santa Cinilda; criador Fabiano Baiotto Prauchner e expositor Rodrigo Baiotto Prauchner, Agropecuária do Cedro, Santo Augusto/RS

Faceira da Linha Seis, filha de São Martin Trovador e Flor de Santa Cinilda; criador Carlos Derli Andriollo de Oliveira e expositor Douglas Stumm Marder, Cabanha Três Figueiras, Ijuí/RS

Basca Realidade, filha de BT Guzman e Inocência do Igiquiquá; criador Mariana Franco Tellechea e filhos e expositor Adriano José Ost, Cabanha Vida Nova, Santo Cristo/RS

Ginete: Márcio Maciel Nota: 19,215

Ginete: Jairo Schuquer Nota: 17,871

Ginete: Arthur Santos Nota: 16,115

Ginete: Luiz Carlos Weber Nota: 15,135

1º Lugar

2º Lugar

3º Lugar

4º Lugar

Triunfo do Purunã, filho de Dom Carrasco do Purunã e Faceira II do Itapororó; criador Mariano Lemanski e expositor Mário Móglia Suñe e Mariano Lemanski, Cabanhas Campana e São Rafael, Bagé/RS e Balsa Nova/PR

Dom Pedro do Capão da Cruz, filho de Índio do Boeiro e Amanda do Capão da Cruz; criador e expositor Mateus Ristow, Cabanha Capão da Cruz, Coronel Barros/ RS

Santo Guapo do Itapororó, filho de Santa Elba Fugitivo e Espora do Itapororó; criador Nestor Jardim Neto e Maria L. F. Jardim e expositor Braulio e Cristhian Barasuol, Cabanha do Retoque, Catuípe/RS

Ferraço Dom Olmiro, filho de Piguchen Lo Bueno e Mimosa 67; criador e expositor João Ademir Kaefer, Cabanha Dom Olmiro, Santa Rosa/RS

Ginete: Lindor Collares Luiz Nota: 19,593

Ginete: Felipe Lopes Nota: 16,750

Ginete: Jairo Schuquer Nota: 16,105

Ginete: José Nascimento Nota: 15,799

Machos

Pelotas/RS (inéditos) 11 a 13 de outubro Técnico: Cláudio Neto de Azevedo Jurados: César Augusto Rabassa Hax, Eduardo Neto de Azevedo e Renato Morrone

Fêmeas 1º Lugar

2º Lugar

3º Lugar

4º Lugar

Excelência Filhos do Vento, filha de Pouso Azul Deslinde e Estrela Chirua da Escondida; criador Jayme Monjardim Matarazzo e expositor Darlei Alves de Souza, Excelência e CT Dutra, Gravataí/ RS

Fumaça do Retiro, filha de Bicudo do Retiro e São Leopoldo Erótica; criador e expositor Milton M. Morais Filho/ Fernando Ribeiro, Cabanha Retiro, Santa Vitória do Palmar/RS

BT Água Marinha, filha de BT Lucero e Safira 157 Maufer; criador Condomínio Flávio Bastos Tellechea e expositor Cabanha Don José, Pelotas/RS

AZ de Ouros Espoleta, filha de BT Lucero e Gazela 17 da Alfama; criador e expositor Eduardo Kessler Fleck e Filhos, Cabanha AZ de Ouros, Gravataí/RS

Ginete: Elizandro Dutra Nota: 16,283

Ginete: Gladimir Marques Nota: 16,268

Ginete: Rodrigo Fonseca Nota: 15,849

Ginete: Marcelo Castro Nota: 15,604

1º Lugar

2º Lugar

3º Lugar

4º Lugar

Deslinde do Macanudo, filho de Pergaminho AA e Prenda II do Strass; criadores e expositores Mauro Ferreira e Telmo Ferreira, Cabanha Macanudo, Lavras do Sul/RS

Garimpo Gravatá, filho de Agua de Los Campos y Maquena Criterioso e Quimera Gravatá; criador e expositor Francisco Kessler Fleck, Cabanha Gravatá, Gravataí/ RS

Bico de Lacre Cala Bassa, filho de Napoleão do Purunã e Gafieira Cala Bassa; criador Marcelo Rezende Móglia e expositores Marcos Gonçalves e Tomaz Gonçalves, Cabanha Patuá e Catena, Jaguarão/RS

Estrondo das Três Bocas, filho de Jalisco de Santa Angélica e Várzea do Capão Redondo; criador e expositor Hilda e Fernando Luis D’Ávila Soares, Fazenda Tarumã, Arroio Grande/RS

Ginete: Cesar Lopes Silva Nota: 19,039

Ginete: Rodrigo Tavares Garibaldi Nota: 17,817

Ginete: Tomaz Gonçalves Nota: 17,441

Ginete: Heber Pereira da Vega Nota: 17,359

Machos

26 Cavalo Crioulo | Novembro, 2013


Freio de Ouro

Barra Velha/SC (inéditos) 25 a 27 de outubro Técnico: Romeu Koch Jurados: Carlos Loureiro de Souza, Fernando Harger e Luiz Alberto Martins Bastos

Fêmeas Fotos Mario Tissot

1º Lugar

2º Lugar

3º Lugar

4º Lugar

Emblema Bertolini, filha de Butiá Leopardo e Princesa Solimas Bertolini; criador e expositor Irani Bertolini, Fazenda Bertolini, Minas do Leão/RS

Catanduva Óstia, filha de Muchacho de Santa Angélica e SR Geada; criador Fábio Luiz Gomes e Fabiana Gomes e expositor Elizabeth Lemanski, Fazenda Paraíso, São Luiz do Purunã/PR

AS Malke Salga, filha de Santa Teresa Ambicioso e BT Fúria do Junco; criador Agropecuária Schwanke Ltda. e expositor Tiago Henrique Wandscheer, Cabanha FTW, Campo Largo/PR

Gaúcha da Bela Aliança, filha de Farrapo da Bela Aliança e Borboleta da Bela Aliança; criador Francisco Habowsky e expositor Fabrício Rossato e Marcelo Faria e Família, Cabanhas Rossato e Treze Tilias, Curitiba/PR e Rio de Janeiro/RJ

Ginete: Raul Lima Nota: 20,478

Ginete: Luis Fernando Rodrigues Nota: 18,393

Ginete: Leandro da Silva Nota: 18,207

Ginete: Evandro Falcão Nota: 18,046

1º Lugar

2º Lugar

3º Lugar

4º Lugar

BT Argento, filho de BT Lucero e BT Malvina; criador Condomínio Flávio Bastos Tellechea e expositor Lúcio Fontoura, Cabanha Tuneira, Dom Pedrito/RS

Santo Onofre Seresteiro, filho de Velho Barreiro da Reconquista e Faceira do Paraná; criador Nestor Augusto e Jorge Rosas Demiate Jr. e expositor Jorge Rosas Demiate Junior, Cabanha Santo Onofre, Ponta Grossa/PR

Falcão do Rancho Missioneiro, fiho de Aragano do Rancho Missioneiro e Sendero Buena Noche; criador Carlos Alberto Centele e expositor Artur César Stefani, Fazenda Stefani, Itajaí/SC

HMR Aragano, filho de Gato da Vila Velha e Laurita de San Marino; criador e expositor Marco Antônio Reusing, Estância Rio da Pedra, Mafra/SC

Ginete: César Augusto Schell Freire Nota: 18,695

Ginete: Germano Chempceke Nota: 17,948

Ginete: Daniel Cunha Nota: 16,260

Ginete: Juliano Silva Nota: 15,838

Machos

Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

27


Freio de Ouro

Cruz Alta/RS (inéditos) 25 a 27 de outubro Técnico: Jorge Aginelo do Nascimento Jurados: João Vicente Sá, Thiago Persici e Rodrigo Bastos

Fêmeas Fotos Alexandre Freitas

1º Lugar

2º Lugar

3º Lugar

4º Lugar

Cabocla do Monjolo, filha de Butiá Olodum e Chinoca do Monjolo; criador e expositor José Gomes César e filho, Agropecuária Fortaleza, Palmeira das Missões/RS

Ibérica do Recomeço, filha de Esteio da Ouro Branco e Florisbela do Infinito; criador Francisco Antonio Martins Costa Motta e expositor Éder da Silva Queiroz, CC Rancho do Retiro, Carazinho/RS

Esquila do Taboão, filha de Santa Loretto Costalazo e Indumentária Crioula do Oásis; criador e expositor Conrado Bañolas Ferreira, Agropecuária Taboão, Boa Vista do Cadeado/RS

Ibiza Tupan, filha de Cortês Tupan e Cachoeira do Strass; criador e expositor Gilberto Juvenal de Prado Lima, Cabanha Tupan, Tupanciretã/RS

Ginete: Rafael Nunes Nota: 18,253

Ginete: Rivelino Amado Nota: 17,201

Ginete: Diego Fuciline Nota: 15,372

Ginete: Joacir Algerich da Silva Nota: 13,479

1º Lugar

2º Lugar

3º Lugar

4º Lugar

RZ Recuerdo da Carapuça, filho de BT Lamborguine e BT Beladona; criador Rubens Elias Zogbi e expositor Clóvis Barros Neto e Alissom Wolmaister, Cabanhas Dom Castro e Fivela, São Vicente do Sul e Julio de Castilhos/RS

Água Funda Bolero, filho de Largo da 3J e Uma História da Água Funda; criador Henrique José de Queiroz Marim Teixeira e expositor José Atilio Giongo e Henrique M. Teixeira, Cabanhas Olho de Boi e Água Funda, Ibirubá e Julio de Castilhos/RS

Entonado 132 da Trovador, filho de Tormento da Badana e Donalda 1657 de São Bibiano; criador e expositor Adriano e Guilherme Mallmman, Cabanha Trovador, Santana do Livramento/RS

Tertúlio de Santa Angélica, filho de Santa Elba Señuelo e Cigarra de Santa Angélica; criador Sucessão de Paulino e Agenor Ávila Costa e expositor Jhonny Ribeiro, Cabanha Ribeiro, Nova Bassano/RS

Ginete: Daniel Teixeira Nota: 17,543

Ginete: Rivelino Amado Nota: 17,521

Ginete: Maurício Níquel Nota: 15,923

Ginete: Fábio Salles Nota: 14,806

Machos

28 Cavalo Crioulo | Novembro, 2013


Freio de Ouro

Vacaria/RS (inéditos) 11 a 13 de outubro Técnico: Ricardo Guazelli Martins Jurados: Marcelo Montano Coelho, Ricardo Vieira Borges e Telmo de Oliveira Peixoto

Fêmeas Fotos Felipe Ulbrich

1º Lugar

2º Lugar

3º Lugar

4º Lugar

Orquestra da Bézinha, filha de FaçoGosto da Bézinha e JA Paisagem; criador Paulo Roberto Borges Silveira e expositor Rodrigo e Paulo Borges da Silveira, Fazenda da Bézinha, Bom Jesus/RS

JT Tormenta, filha de Quebracho do Purunã e Ilhapa da Boa Vista; criador e expositor José Otávio Ferreira Telles, Fazenda do Espenilho, Lagoa Vermelha/ RS

Melissa do Pontal, filha de Ibirapuitã do Itapororó e HF Califórnia; criador AC Agropecuário Ltda. e expositor Mauro Zamin, Cabanha Santa Terra, Carlos Barbosa/RS

Domingueira do Rincão dos Tauras, filha de Cacique do Carrachi e Marambaia Margarida; criador e expositor Adriano Fabris Vieira, Estância dos Tauras, Tramandaí/RS

Ginete: César Augusto Schell Freire Nota: 17,818

Ginete: Juarez Monzoni Nota: 17,398

Ginete: Garibaldi Maidana Ferraz Nota: 17,464

Ginete: João Batista de Farias Nota: 16,605

1º Lugar

2º Lugar

3º Lugar

4º Lugar

Capanegra Oriente II, filho de Santa Teresa Ambicioso e Capanegra Nataly; criador Fernando Dornelles Pons e expositor Cabanha Potro Sem Dono, Itajaí/SC

Dardo Turuna, filho de BT Butiá e SR Reculuta; criador e expositor Nelson Cibulski, Cabanha Turuna, Palmares do Sul/RS

Ouro Negro da Boa Vista, filho de Dom Carrasco do Purunã e Catarina do Itapororó; criador Fazenda Boa Vista e expositor Fábio Camargo, Cabanha Boa Vista, Vacaria/RS

Eclipse Del Prieto, filho de Quem Te Viu da Água Funda e Pretenciosa de La Gandara; criador Sérgio Prieto Garcia e expositor Lair Christ, Cabanha Cola Larga, Salvador do Sul/RS

Ginete: Jhone Rafael Pinto Nota: 18,088

Ginete: André Luiz Cibulski Nota: 17,377

Ginete: Garibaldi Maidana Ferraz Nota: 17,093

Ginete: Rubens Branco Nota: 16,352

Machos

Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

29


30 Cavalo Crioulo | Novembro, 2013


Morfologia

É tempo de projetar e planejar os cruzamentos Fotos Felipe Ulbrich/Arquivo ABCCC

Douglas Saraiva

U

nir dois elementos em uma soma de características pode, ocasionalmente, resultar num produto inexato. Diferente da matemática, a genética é uma ciência na qual, por mais que se cumpra com perfeição todas as etapas do processo, nem sempre se alcança o objetivo esperado. Apesar de impreciso, não há caminho alternativo a não ser o planejamento dos cruzamentos, que possibilite ampliar as chances de sucesso na seleção. Ainda que não sejam regras fixas, existem ações básicas que podem ser adotadas nesse momento e que podem fazer a diferença no resultado final. É importante salientar a importância de fazer as escolhas certas na hora do planejamento, pois todo um projeto de seleção pode ser posto a perder em função da falta de orientação e má administração dos cruzamentos. Obviamente, quando se pensa em padreação, toda a logística e os custos envolvidos são fatores relevantes. Entretanto, o que a primeira vista pode parecer menos oneroso, muitas vezes acaba sendo uma dor de cabeça muito maior a longo prazo. Por isso, também, esse é um momento que merece toda atenção e a dedicação de algumas horas exercitando a idealização do animal perfeito. Para o superintendente do Registro Genealógico da ABCCC, Rodrigo Teixeira, a análise do potencial e da predisposição genética dos genitores, assim como do fenótipo (características observáveis) dos envolvidos - seja visando promover a supressão de incorreções ou a fixação de virtudes, é fase imprescindível em toda temporada de cobertura e deve guiar as ações na seleção. Ter em mente de forma bastante clara o objetivo do cruzamento também auxilia no alinhamento dos pares. No entanto, diz ele, a escolha genética deve ser prioritária e bastante criteriosa. Neste ponto, é imprescindível dissociar e distanciar a paixão da razão. Um acasalamento mal composto pode gerar reflexos por muito tempo e pode ser ainda pior se a seleção insistir no erro. Perder tempo é um dos maiores entraves à evolução da criação de cavalos. Nesta etapa, Teixeira aponta que é coerente que se tenha um rigor maior

Avaliação criteriosa e orientada do histórico dos possíveis genitores amplia as chances de sucesso na produção na escolha do garanhão em relação ao ventre, em razão da quantidade maior de padreações em que ele pode ser utilizado. Investigar a consistência genética de um cavalo é determinante considerando-se que ele precisa de, no mínimo, quatro ou cinco descendentes para mostrar que pode propagar suas qualidades ao longo das gerações.

possibilitem, futuramente, um bom desempenho funcional - e isso não significa apenas no esporte, mas também no trabalho e no lazer - como a correção da linha superior, o alinhamento de aprumos e um bom temperamento. Na avaliação de Teixeira, a criação

que estiver dentro desse rumo norteador estará orientada em uma linha madura de seleção. Nas suas próprias palavras, não é necessário reinventar a roda. Basta seguir um caminho coerente e sério para efetivamente promover o melhoramento.

Não se pode menosprezar, porém, a importância das mães e o quanto elas podem contribuir ao produto. Em relação às matrizes, é importante conhecer a origem de suas linhagens para, através das mães, oportunizar um ambiente que possibilite “testar” os garanhões e mapear a manada. O superintendente observa também que os acasalamentos de ocasião muitas vezes dão um resultado insatisfatório. A oportunidade, geralmente associada ao menor custo e à comodidade, pode dar origem a um produto desinteressante, que irá requisitar o emprego do mesmo esforço e dedicação, mas que no final não terá a mesma valorização de um animal bem planejado. Depois do esboço genético, passa-se à análise da conformação e do que se pode agregar ou se precisa corrigir. Em primeiro lugar, ressalta Rodrigo, deve estar a preocupação com a manutenção da tipicidade e com a marcação e o relevo das particularidades que dão identidade à raça. É essencial nesta etapa do projeto procurar manter características que

Matrizes oferecem a possibilidade de mapear linhagens testando garanhões

Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

31


Morfologia

Catálogo de Resultados * ainda sujeitos à homologação

Areal/RJ 3 de outubro 41 animais Técnico: Heitor Cheuiche Coelho Jurado: César Augusto Rabassa Hax

Fotos Fagner Almeida

Melhor Exemplar da Raça, Grande Campeã e Campeã Potranca Maior

Reservada Grande Campeã e Campeã Égua Menor

Grande Campeão e Campeão Cavalo Menor

Reservado Grande Campeão e Campeão Cavalo Adulto

Balaquera Tranqueador, filha de Marca Três Pecado e Três Cerros Soledade; criador Guilherme Leão Stefani e expositor André Luís e Rodrigo Vaz Machado, Cabanha Don Diló, Rio de Janeiro/RJ

LAA Allegra, filha de Água de los Campos y Maquena Criterioso e Boa Idéia da Quinta; criador e expositor Luiz de Alencar Araripe Júnior, Fazenda Boqueirão, Areal/RJ

Quadrilheiro 110 da Recalada, filho de JA Anarquista e Hija Buena da Recalada; criador Fábio Langlois Ruivo e expositores Cabanha Rancho Queimado Ltda. e Cabanha Profecia, Cabanha Rancho Quimado e Cabanha Profecia, Santo Antônio do Pinhal/SP

Comandante do Barrozo, filho de Gato da Vila Velha e Noche Bueno Barrozo; criador Marcos Gomes Antunes e expositor Rodrigo Otávio Ribeiro de Macedo, Ponta Grossa/PR

3ª Melhor Fêmea e Campeã Potranca Menor

4ª Melhor Fêmea e Campeã Égua Adulta

3º Melhor Macho e Reservado Campeão Cavalo Adulto

4º Melhor Macho e Reservado Campeão Cavalo Menor

EF Poesia, filha de Índio do Boeiro e EF Hortencia; criador Erasmo Falcão Lopes e expositor Fabricio Rossato, Cabanha Rossato, Curitiba/PR

Ligeira Mapocho, filha de Mano a Mano do Itapororó e Simpática Mapocho; criador Sérgio Santos Sant’Anna e filhas e expositor Jorge Purcallas, Cabanha Profecia/SP

Quelen Bayo; criador Aznarez Elorza Hinos (Montevidéu/UY) e expositor Marcelo Farias da Silva, Cabanha Treze Tilias, Cachoeira de Macacu/RJ

Quebracho do Salero Velho, filho de Itaqui do Salero Velho e OK Fivela; criador Eldiomar Benedito Chipanski e expositor Fabrício Rossato e Lucimar Vieira, Cabanha Rossato, Curitiba/PR

32 Cavalo Crioulo | Novembro, 2013


Morfologia

Palmeira das Missões/RS 4 de outubro 47 animais Técnico: Felipe Caccia Maciel Jurado: Rodrigo Albuquerque Py

Fotos Divulgação

Melhor Exemplar da Raça, Grande Campeã e Campeã Potranca Maior

Reservada Grande Campeã e Campeã Égua Adulta

Grande Campeão e Campeão Cavalo Adulto

Reservado Grande Campeão e Campeão Cavalo Menor

CRC Encantada, filha de Índio do Boeiro e Legendária dos Três Pinhais; criador e expositor Rodrigo, Ademar e Mário Castelli, Cabanha Guamirim, Fontoura Xavier/RS

Patroa do Boeiro Branco, filha de Carqueja Lucero e Clementina do Itapororó; criador e expositor Braulio Dinarte da Silva Pinto, Cabanha Boeiro Branco, Itaqui/RS

Quero Mesmo do Boeiro Branco, filho de Comandante da Velho Pedro e Harpa do Boeiro Branco; criador e expositor Braulio Dinarte da Silva Pinto, Cabanha Boeiro Branco, Itaqui/RS

Gato Pampa do Morro Chato, filho de Buenaço da Maior e HN Bailarina Debochada; criador Marlus Arruda Silva e expositor Luíz Carlos Ardenghy Sobrinho e filhos, Fazenda Guarita, Palmeira das Missões/RS

3ª Melhor Fêmea e Campeã Potranca Menor

4ª Melhor Fêmea e Reservada Campeã Égua Adulta

3º Melhor Macho e Reservado Campeão Cavalo Adulto

4º Melhor Macho e Campeão Potranco Maior

Pajada Potreador, filha de Rob Zarcão e Garrucha Potreador; criador Heber Vega Pereira de Ávila e expositor Cabanha Sol Brilhante, Cabanha Sol Brilhante, Frederico Westphalen/RS

La Hornada do Centenário, filha de Butiá Olodum e Butiá Odessa; criador e expositor Luís Fernando Corso Cabral e filhos, Cabanha Centenário, Palmeira das Missões/RS

Relâmpago do Boeiro Branco, filho de Comandante da Velho Pedro e Harpa do Boeiro Branco; criador e expositor Braulio Dinarte da Silva Pinto, Cabanha Boeiro Branco, Itaqui/RS

Trovão da Boeiro Branco, filho de Comandante da Velho Pedro e Herdeira do Boeiro Branco; criador e expositor Braulio Dinarte da Silva Pinto, Cabanha Boeiro Branco, Itaqui/RS

Nova Hartz/RS 5 de outubro 88 animais Técnico: Marcelo Montano Coelho Jurado: Leonardo Cardoso

Fotos Faby Mattos

Reservada de Grande Campeã

Melhor Exemplar da Raça e Grande Campeão

Reservado Grande Campeão

Balalayka da Onicron, filha de CRT Guapo e Respeitosa de Santa Angélica; criador José Eduardo Bueno e expositor Evaldo Francisco da Rosa, Estância Liberdade, Rolante/RS

Caminera Cala Bassa, filha de Piraí 1569 do Brazão e Pátria Cala Bassa; criador Marcelo Rezende Móglia e expositor Agropecuária Casagrande, Lavras do Sul/RS

Almirante II do Purunã, filho de Del Oeste Mutante e Queda D”Agua do Purunã; criador Mariano Lemanski e expositor Cabanha Fazenda da Serra Ltda., Cabanha Fazenda da Serra, Canela/RS

Gole Seco do Resplendor, filho de Destaque da Boa Vista e Ita Lenda; criador e expositor Juliano Fonseca Motter, Cabanha Resplendor, São Francisco de Paula/RS

3ª Melhor Égua

4ª Melhor Égua

3º Melhor Macho

4º Melhor Macho

DGF Kaliffa, filha de AS Malke Maestro e Fronteira dos Guris; criador e expositor Denisio Gossler, Cabanha DGF, São Sebastião do Caí/RS

Juca Biluca Marupá, filha de Entrevero Marupá e Diabrura Marupá; criador Roberto Augusto Scheid e expositor Antônio Flávio da Costa, Cabanha da Costa, Nova Hartz/RS

DAC General, filho de Haragano da Boa Vista e Butiá Harpa; criador e expositor Antônio Flávio da Costa, Cabanha da Costa, Nova Hartz/RS

Jangadeiro do Mapa Gaúcho, filho de BT Faceiro do Junco e Formiga da Escondida; criador e expositor Leandro Mosmann e Andre A. Angeli, Cabanha Mapa Gaúcho, Sapiranga/RS

Grande Campeã

Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

33


Morfologia

Uruguaiana/RS 4 de outubro 43 animais Técnico: Paulo Armando Rebelo Solheid Jurado: Carlos Parietti Fotos La Rural Fotografia

Melhor Exemplar da Raça, Grande Campeã e Campeã Égua Menor

Reservada Grande Campeã e Campeã Potranca Menor

Grande Campeão e Campeão Potranco Maior

Reservado Grande Campeão e Campeão Potranco Menor

KT Trinca, filha de Índio do Boeiro e KT Peleia; criadores e expositores Alfredo, Guilherme e Diego Tellechea, Cabanha KT, Uruguaiana/RS

KT Utopia, filha de BT Hospedeiro e Capincha 2247 da Tradição; criadores e expositores Alfredo, Guilherme e Diego Tellechea, Cabanha KT, Uruguaiana/RS

Dom Juan de São Pedro, filho de BT Delantero e Morena de São Pedro; criador e expositor Eduardo Macedo Linhares, Estância São Pedro, Uruguaiana/RS

Mujeriego da Reconquista, filho de Hijo Bueno da Reconquista e Nuvem do Igiquiquá; criador e expositor Marcelo Tellechea Cairoli, Reconquista Agropecuária Ltda, Alegrete/RS

3ª Melhor Fêmea e Reservada Campeã Égua Menor

4ª Melhor Fêmea e 3ª Melhor Égua Menor

3º Melhor Macho e Campeão Cavalo Menor

4º Melhor Macho e Reservado Campeão Potranco Menor

Martha 3458 da Tradição, filha de Índio da Escondida e Martha 1384 de Santo Ângelo; criador e expositor Paulo Martins Bastos, Estância Nazareth, Uruguaiana/RS

Princípio Garoa 80, filha de Índio da Escondida e Garoa 2015 da Tradição; criadora e expositora Maria Cristina Bastos Fernande, Estância Princípio, Uruguaiana/RS

Honrado da Tradição, filho de Charque Justo José e Saia Curta 2692 da Tradição; criador e expositor Paulo Martins Bastos, Estância Nazareth, Uruguaiana/RS

BT Don Juan II, filho de BT Haragano e BT Betânia; criador Condomínio Flávio Bastos Tellechea e expositor Mariana Franco Tellechea e Filhos, Cabanha Basca, Uruguaiana/RS

Chapecó/SC 4 a 6 de outubro 40 animais Técnico: Adolfo Martins Neto Jurado: Álvaro Dumoncel

Fotos Gabriele Zielinski

Melhor Exemplar da Raça, Grande Campeã e Campeã Égua Prenhe

Reservada Grande Campeã e Campeã Égua Adulta

Grande Campeão e Campeão Cavalo Menor

Reservado Grande Campeão e Campeão Cavalo Adulto

JT Recompensa, filha de Quebracho do Purunã e Muchachita da Rio Bonito; criador José Otavio Ferreira Telles e expositor Erni José Backes, Cabanha Rigorosa, Chapecó/SC

Habilidosa da Terra Nativa, filha de Estimada da Terra Nativa e BT Jacutinga; criador Carlos Eugênio dos Santos e expositor Éder de Moraes Rosa, Essência Crioula, Sananduva/RS

Xavante da Santa Úrsula, filho de BT Hornero do Junco e VBB Maneca; criador Bento Fontoura Xavier e filhos e expositor Hilário Oliviecki

Galo da Charqueada, filho de Pozo Azul Deslinde e Gafiera da Luz; criador Jacó Edmundo Weiand e expositor Thiago Luiz Spessatto, TRD Cavalos Crioulos, Xanxerê/SC

3ª Melhor Fêmea e Campeã Potranca Maior

4ª Melhor Fêmea e Reservada Campeã Égua Adulta

3º Melhor Macho e Reservado Campeão Cavalo Menor

4º Melhor Macho e Campeão Potranco Maior

Geada do Capão Redondo, filha de Tinajera Caldero e Quaresma do Capão Redondo; criador Luiz Carlos e Antônio Carlos Py e expositor Felipe Weis, Cabanha Marca F, São José do Cedro/SC

JT Paisagem, filha de Debochado do Quartel Mestre e Ubatuba Perau; criador José Otavio Ferreira Telles e expositor Erni José Backes, Cabanha Rigorosa, Chapecó/SC

Sota do Carumbé, filho de Índio do Boeiro e Rama Negra 1587 de São Bibiano; criador José Carlos Barbosa e expositor Dirceu de Cezaro e Paulo Sérgio Schurmiak, Rancho Ferradura, Chapecó/SC

Lautério Boreal, filho de Festeiro do Itapororó e Druska del Arroyo; criador e expositor Alcimar Machado Borges, Cabanha Araucária, Uruguaiana/RS

34 Cavalo Crioulo | Novembro, 2013


Morfologia

Santa Rosa/RS 4 a 6 de outubro 67 animais Técnico: Alexandre Pons Suñe Jurado: João Luís Arísio Grande Campeã e Campeã Égua Adulta

Reservada Grande Campeã e Campeã Potranca Menor

Melhor Exemplar da Raça, Grande Campeão e Campeão Potranco Maior

Reservado Grande Campeão e Campeão Cavalo Adulto

RZ Ahora És Negra Linda da Carapuça, filha de BT Lamborguine e Folgada do Iguaçu; criador Rubens Elias Zogbi e expositor Fernado Scholze e Rubens Elias Zogbi, Santo Cristo e Cristal/RS

Jararaca D’Ornellas, filha de Patriota de São Bibiano e Estrela Boieira do Cambuchin; criador e expositor Paulo Gilberto Bochi Dorneles, Cabanha Vitória, Alecrim/RS

Pampeiro dos Três Pinhais, filho de Índio do Boeiro e Ladainha dos Três Pinhais; criador Vilson Aozone Bilibio e expositor Norberto Ullmann e Poliani Naressi, Horizontina/RS

Tiro Largo do Itapororó, filho de Mañanero Zapatazo e Quadra do Itapororó; criador Nestor M. Jardim Neto e Maria L. F. Jardim e expositor Leandro e Diego Aguerri, Cabanha Pingo Arregui, Itaqui/RS

3ª Melhor Fêmea e Reservada Campeã Égua Adulta

4ª Melhor Fêmea e Campeã Potranca Menor

3º Melhor Macho e Campeão Cavalo Menor

4º Melhor Macho e Reservado Campeão Potranco Maior

Dom Alberto Karapuça, filha de Rodopio de São Pedro e RZ Salteadora da Carapuça; criador e expositor Fernando Alberto Scholze, Cabanha Dom Alberto, Santo Cristo/RS

Açucena do Passo Firme, filha de Entretido no Caquedo de Santa Cinilda e Capiaty 132 de Santo Inácio; criador e expositor Aleksander Thomas Hirt, Cabanha Passo Firme, Horizontina/RS

Ambicioso do Purunã, filho de Hércules do Purunã e Sedução do Purunã; criador Mariano Lemanski e expositor Osmar Falster e Orlando Jorge Kaefer, Santa Rosa/RS

Mate Amargo da Reconquista, filho de Hijo Bueno da Reconquista e Tati da Reconquista; criador Marcelo Tellechea Cairoli e expositor Adriano Ost, Santo Cristo/RS

Melhor Exemplar da Raça, Grande Campeã e Campeã Égua Adulta

Reservada de Grande Campeã e Reservada Campeã Égua Adulta

Grande Campeão e Campeão Potranco Maior

Reservado de Grande Campeão e Reservado Campeão Potranco Maior

RZ Abre Las Manos da Carapuça, filha de BT Lamborguini e BT Princesa do Junco; criador e expositor Rubens Elias Zogbi, Estância da Carapuça, Cristal/RS

CM Ruta, filha de BT Jade e CM Joanita; criador João Carlos Machado e expositor Carlos Antonio Vieira de Oliveira, Camaquã/RS

JA Jogo do Osso, filho de Equador de Santa Edwiges e JA Algazarra; criador José Antonio Anzanello e expositor Condomínio Jogo do Osso, Arambaré/RS

Barulho do Purunã, filho de Hércules do Purunã e Quelu Granada; criador Mariano Lemanski e expositor Condomínio Barulho do Purunã, Glorinha/RS

3ª Melhor Fêmea e Campeã Égua Menor

4ª Melhor Fêmea e Campeã Potranca Menor

3º Melhor Macho e Campeão Cavalo Menor

4º Melhor Macho e Reservado Campeão Cavalo Menor

Princesa da Esperança, filha de Cambita Sombra e Kalinka da Esperança; criador e expositor Rodrigo Rocha Kohl, Cabanha Esperança, General Câmara/RS

RZ Compañera da Carapuça-TE, filha de BT Lamborguine e KVK Juma; criador e expositor Rubens Elias Zogbi, Estância da Carapuça, Cristal/RS

Bellaco da Pena Branca, filho de Viragro Rio Tinto e Autoridade Charrua; criador e expositor Euro da Silva Taborda Ribas, Cabanha Pena Branca, Camaquã/RS

Campana Vinchuca, filho de Triunfo do Purunã e Campana Galopera; criador Mário Moglia Suñé e expositor Juliano Perez Rodel, Camaquã/RS

Melhor Exemplar da Raça, Grande Campeã e Campeã Potranca Maior

Reservada Grande Campeã e Campeã Égua Menor

Grande Campeão e Campeão Cavalo Menor

Reservado Grande Campeão e Campeão Cavalo Adulto

Haragana de Vista Alegre, filha de Alto Astral de Santa Edwiges e Danada de Vista Alegre; criador e expositor Rafael Annoni Giuliani, Estância Vista Alegre, São Vicente do Sul/RS

BRM Galopera, filha de Fulado de Tal da Escondida e Tora de São Borja; criador e expositor Bernardo Ribeiro Martins, Fazenda Guarany Pecuária, Manoel Viana/RS

Basco Sorro, filho de BT Malacara e Raposa do Igiquiquá; criador Mariana Franco Tellechea e filhos e expositor Iulcefen da Silva, Cabanha Coroa do Rei, Santiago/RS

RZ Tango da Carapuça, filho de BT Lamborguine e RZ Hermossa; criador Rubens Elias Zogbi e expositor Cristiano Weber, Diego Courtes Lutzky e Rodrigo Bastos, Santiago/RS

3ª Melhor Fêmea e Campeã Égua com Cria

4ª Melhor Fêmea e Reservada Campeã Égua com Cria

3º Melhor Macho e Reservado Campeão Cavalo Menor

4º Melhor Macho e Reservado Campeão Cavalo Adulto

Zapatilla da Querência, filha de Nem Te Conto da Escondida e Raia da Querência; criador e expositor Lúcio Rigon Stacowski, Cabanha Querência, Santiago/RS

Raia da Querência, filha de Butiá Leopardo e Feiticeira de Dois Machados; criador e expositor Lúcio Rigon Stacowski, Cabanha Querência, Santiago/RS

Caratuva Big Ben, filho de Viragro Rio Tinto e Galopeira JB de Palermo; criador Eliseu Taborda Ribas e expositor Rubens Damian e Cristiano Weber, Santiago/RS

Lucero do Oásis, filho de Justiceiro do Itapororó e F. Caprichosa do Seival; criador Anibal Soares de Castro e expositor Renaro Cardoso dos Santos, Cabanha Melodia, Santiago/RS

Camaquã/RS 4 de outubro 45 animais Técnico: Daniel Rossato Costa Jurado: João Alberto Cunha da Rocha

Santiago/RS 5 de outubro 45 animais Técnico: Henrique Litchina Gonzalez Jurado: Rodrigo Pacheco Ribeiro

Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

35


Especial Fotos Divulgação

Nas Dunas de Sabiaguaba (Fortaleza/CE), os cavalos Trovador de São Pedro, Passo Novo do Horizonte e Suprema Aca Estoy provam que se adaptaram à região Nordeste

Inspiração que vai do Sul às terras nordestinas Cássia Amaro

H

á mais de cinco anos, quando começou a criar cavalos Crioulos no Nordeste, a iniciativa de Leôncio Barreto foi desacreditada e ele foi chamado até de louco. “Me perguntavam o que eu queria com a raça aqui. Os amigos criadores não acreditavam ser possível o Crioulo se adaptar e competir nas vaquejadas”, conta. Sentindo-se desafiado, ele foi atrás de seu objetivo e investiu no que hoje é cada vez mais comum de se ver nas tradicionais provas do semiárido nacional: o Crioulo e o vaqueiro correndo atrás do boi saído. Leôncio é um dos nomes que moveram e estimularam a criação da raça em um território onde há pouco tempo era considerado sem chances para isso. Ao desbravar as fronteiras do Norte e do Nordeste brasileiro, o

36 Cavalo Crioulo | Novembro, 2013

cavalo Crioulo volta a surpreender criadores, proprietários e simpatizantes desse que é um dos símbolos da Região Sul. A vaquejada, prova funcional bastante comum nos estados nordestinos, abre as portas de um novo mercado consumidor que já, há muito tempo, conhece as virtudes e o potencial deste rústico e qualificado animal. Desde os anos 70, a raça desperta o apreço e a curiosidade de vaqueiros, cada vez mais interessados pelo chamado Crioulo gaúcho. O cavalo Maçarico foi um dos precursores da raça na região. Ele ficou conhecido entre os vaqueiros por conquistar diversos prêmios, inclusive carros e motos, nas vaquejadas. A fama de Maçarico é pela história de que o cavalo teria sido adquirido por um criador pa-

raibano chamado Ailson Miguel, com propriedade no Rio Grande do Norte. Segundo criadores, na época em que as competições chegavam a oferecer dez carros por festa como premiação, Maçarico ganhava tudo. Mesmo com a fama defendida pelo animal, por ser uma raça cuja altura é considerada baixa, os criadores de cavalo do Nordeste achavam que o Crioulo não teria velocidade para acompanhar o boi e que seria muito difícil competir com os Quartos de Milha, raça consolidada na vaquejada há mais de três décadas. No entanto, Leôncio apostou na seleção rigorosa a que o Crioulo é submetido através das potencialidades avaliadas no Freio de Ouro e suas características natas, como docilidade e coragem. Mesmo confiando na habilidade

da raça, a adaptação à vaquejada e à própria região nordestina continuava sendo um desafio na prática. “Para se ter ideia do tamanho da tradição do Quarto de Milha na vaquejada, tive de vender a maior parte dos meus cavalos e aqueles que não consegui comercializar enviei para uma outra fazenda. Transferi o centro de treinamento para Fortaleza, onde seria mais fácil treinar e acompanhar de perto os Crioulos para a vaquejada. Era muito complicado, porque havia rejeição dos meus próprios funcionários em relação à mudança da raça”, relembra Leôncio. O criador conta que por muitas vezes foi chamado de maluco e chegou a ouvir declarações como “o dinheiro é seu e você queima como achar melhor”. Nada disso o desmotivou a


Especial investir em sua idealização. Lêoncio enfatiza que o principal impasse para o uso do Crioulo no esporte referia-se a sua velocidade, como os vaqueiros afirmavam. Depois de analisar todos os aspectos possíveis para os resultados serem favoráveis, concluiu que o mais intrigante não era a altura nem o peso, afinal, animais acima de 400 quilos são facilmente encontrados na raça, mas sim - e de fato - a velocidade. É consenso entre os criadores e competidores do nordeste que algumas das virtudes do cavalo Crioulo como mansidão, força, rusticidade e aptidão vaqueira facilitaram a sua adaptação à vaquejada, entretanto, é também unânime que alguns fatores podem otimizar a sua performance na modalidade. Para os vaqueiros é importante definir um perfil genético que responda da melhor maneira às exigências da prova. Segundo eles, esse padrão estaria relacionado a animais mais altos e fortes - na vaquejada a pista de prova é coberta por profunda camada de areia e, nas principais categorias, a rês a ser derrubada chega a ter mais de 600 quilos. Leôncio observou que os cavalos de rédeas, assim como os Crioulos, trabalhavam muito tempo em baixa velocidade ou tendo que frear muitas vezes, o que acabava por não permitir que os animais desenvolvessem a velocidade. “Encontrei aí o segredo que faltava desvendar: passei a treinar velocidade.” Em pouco tempo, cerca de 30 dias, com treinos realizados quatro vezes por se-

Leôncio ao lado dos prêmios já conquistados por sua equipe, composta por Darlan Silva, Fábio Cordeiro e Clenilton Nobre

mana, os animais já se mostravam mais velozes. “Selava todos os cavalos e fazia com que eles corressem - do final para o começo da pista para ver qual conseguia chegar em primeiro lugar, com rédeas soltas. Isso foi o suficiente para desenvolver o que faltava: a velocidade”, diz. Aí é que foi dada a largada, literalmente. Com o apoio da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), em 2010 foi criado o Projeto Vaquejada, na gestão do Roberto Davis. “Foi neste momento que começou o apoio institucional através da seleção de criadores de ca-

valos de vaquejada para a escolha e depois compra de Crioulos para ingresso no esporte”, enfatiza Leôncio. Foram escolhidos 25 cavalos, enviados para Piauí, Ceará, Pernambuco e Rio Grande do Norte. Setes destes animais foram para o estado cearense. Leôncio conta ter escolhido três deles. “Desde esse tempo eu soube e hoje posso afirmar com propriedade, que essa raça vai ter um futuro muito bom na vaquejada. Em virtude dos bons resultados alcançados, o Crioulo vem despertando o interesse dos vaqueiros e criadores para a vaquejada.” Foto Felipe Ulbrich/ Arquivo ABCCC

Hoje, o criador tem uma equipe formada por três vaqueiros que competem ao lado dos cavalos Trovador de São Pedro, Passo Novo do Horizonte e Suprema Aca Estoy e Suprema A la Noche. O Projeto vem se consolidando e permitindo que a raça marque seu espaço não só na vaquejada, mas em todo o território onde o esporte é tradição. “Agora julgo que estamos no estágio mais importante: participar para ganhar nas grandes provas, porque a repercussão no meio é muito grande. Tivemos grandes experiências em Jaguaribe e em outros locais, o que nos abriu portas para recebermos convites para competir na Bahia e Minas e em mais estados”, diz Leôncio. Outros criadores apontam, com entusiasmo, que a raça de fato tem demonstrado excelente desempenho nas vaquejadas e projeta resultados ainda melhores com a consolidação do projeto. Leôncio, que também preside a Associação de Vaqueiros Amadores do Ceará (Avace), diz crer em uma trajetória vitoriosa da raça na vaquejada. “Os cavalos Crioulos estão fazendo um bom trabalho, assim como a ABCCC, que ofereceu prêmio em duas provas. Isso estimula a participação e também aumenta a responsabilidade.”

No Congresso do Cavalo Crioulo, realizado Gramado/RS em 2011, Leôncio abordou a criação da raça no Ceará

Com o crescimento do interesse pela raça na região em função do projeto e todo o contexto de boa adaptação, ele ainda conta que chegou o momento de criação do Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Nordeste, abrangendo todos os estados da região. “Estamos em fase de implementação. É possível que já em 2014 tenhamos novidades”, afirma Leôncio.

Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

37


Morfologia

Cachoeira do Sul/RS 5 de outubro 62 animais Técnico: Carlos Marques Gonçalves Jurado: Péricles Pereira Druck

Fotos Marcus Tatsch

Melhor Exemplar da Raça e Grande Campeã

Reservada Grande Campeã e Campeã Égua Adulta

Grande Campeão e Campeão Cavalo Adulto

Reservado Grande Campeão e Campeão Potranco

Quermesse de Santa Thereza, filha de Cotizado Chico e Mutreta de Santa Tereza; criador e expositor Rodolfo Belmonte Móglia, Estância Santa Maria, Bagé/RS

Divina Aliança Distância, filha de Debochada do Quartel Mestre e Lampana do Itapororó; criador Fernando Evers e expositor Bibiana e João Francisco Rocha, Cachoeira do Sul/RS e Mafra/SC

Ordeiro de Santa Thereza, filho de Nobre Tupambaé e Santa Tereza Entonada; criador Mário Tavares Móglia e expositor Pedro Móglia, Bagé/RS

Quebracho de Santa Thereza, filho de Ibirapuitã do Itapororó e Trampa de Santa Thereza; criador Rodolfo Belmonte Móglia e expositor Pedro Móglia, Bagé/RS

3ª Melhor Fêmea e Melhor Ventre a Campo

4ª Melhor Fêmea e Campeã Égua Menor

3º Melhor Macho e Reservado Campeão Cavalo Adulto

4º Melhor Macho e Campeão Potranco Maior

Flor de Liz do Elebê, filha de BT Hermes e Baioneta do Itapororó; criador e expositor Leônidas Burtet e filhos, Agropecuária Burtet, Cachoeira do Sul/RS

Pacifica Jefa, filha de Mañanero Abanico e Pacífica Nutria; criador La Pacífica e expositor Everton e Leandro Rossi, Cachoeira do Sul/RS

Esparciata da Rio Branco, filha de Antares do Elebê e Imagem da Terra Preta; criador e expositor Nelson Bennemann, Cabanha Rio Branco, Cachoeira do Sul/RS

Ilustre Brazão do Elebê, filho de Piraí 1040 do Brasão e Xeretinha de Santa Edwiges; criador e expositor Leônidas Burtet e Filhos, Agropecuária Burtet, Cachoeira do Sul/RS

38 Cavalo Crioulo | Novembro, 2013


Morfologia

São Luiz Gonzaga/RS 5 de outubro 96 animais Técnico: Thiago Percisi Jurado: Manuel Luís Benevenga Sarmento

Fotos Divulgação

Grande Campeã e Campeã Potranca Maior

Reservada Grande Campeã e Campeã Potranca Menor

Melhor Exemplar da Raça, Grande Campeão e Campeão Cavalo Adulto

Reservado Grande Campeão e Campeão Cavalo Menor

PP Picaflor da Renascer, filha de Nico do Itapororó e Delicada da Camila; criador e expositor Paulo Roberto Pavin, Estância Renascer, Uruguaiana/RS

JLN Debochada, filha de Índio do Boeiro e BT Traviata; criador e expositor Jacson Loer Nonnenmacher, Cabanha Capão das Pitangueiras, Augusto Pestana/RS

Entrevero da Santa Juvita, filho de Aqui Estoy da Santa Juvita e Santa Thereza Encruzilhada; criador Émerson Peukert Schaedler e expositor Condomínio Entrevero, Cabanha Potreiro Verde e Cabanha do Boeiro, Taquari e Uruguaiana/RS

Herdeiro Marupá, filho de Haragano da Boa Vista e Jauria da Boa Vista; criador Roberto Augusto Scheid e expositor Lara Teixeira, Marcio Muller e Alexandre Catellan, Estância Manuã e Cabanha Dom Amaragildo, Santo Antônio das Missões/RS

3ª Melhor Fêmea e Reservada Campeã Potranca Menor

4ª Melhor Fêmea e Campeã Égua Menor

3º Melhor Macho e Campeão Potranco Maior

4º Melhor Macho e Reservado Campeão Cavalo Menor

La Castellana Honra da Casa, filha de Matreiro do Itapororó e Julieta do Trinta e Oito; criador e expositor Marcelo Amaral Moraes, Cabanha La Castellana, Santiago/RS

La Castellana Guarnicion, filha de Matreiro do Itapororó e Nochera Tota e Oito; criador e expositor Marcelo Amaral Moraes, Cabanha La Castellana, Santiago/RS

GT Caminito, filho de Vinho Tinto do Purunã e Firmeza 1329 do Destaque; criador e expositor Marcial Domingo C. Terra, Cabanha Tarumã, Tupanciretã/RS

Fogozo de Los Campos, filho de Macanudo do Itapororó e Gala da Fascinação; criador Aldo Vendramin e expositor Aldo Vendramin e Jean Santos Mendes, Cabanha Iguariaçá, São Borja/RS

Caçapava do Sul/RS 9 de outubro 41 animais Técnico: Olmiro Andrade Filho Jurado: Jaime Bica de Freitas

Fotos Cleber Ismério e Guilherme Félix

Melhor Exemplar da Raça, Grande Campeã e Campeã Égua Menor

Reservada Grande Campeã e Campeã Potranca Maior

Grande Campeão e Campeão Potranco Maior

Reservado Grande Campeão e Campeão Cavalo Adulto

Italuí Mercedita, filha de Jalisco de Santa Angélica e Perfídia do Italuí, criador e expositor Luiz Francisco Biacchi, Cabanha São Francisco, Caçapava do Sul/RS

Cinchador Xerenga, filha de AS Malke João de Barro e Cinchador Profana; criador e expositor Aldo José Tavares dos Santos, Cabanha Cinchador, Bagé/RS

Campana Xumbo Grosso, filho Triunfo do Purunã e Campana Querência; criador Mário Moglia Suñe e expositor Vitor Leão Stefani e Natália X Machado, Cabanha Ferro Templado, Aceguá/RS

Serrilhada Gajo, filho de AZ de Ouro Gravatá e Ricoleta Barão; criador Edison Paiva Junior e expositor Luiz Gustavo Ceschin Duleba, Cabanha Santa Helena, Curitiba/PR

3ª Melhor Fêmea e Campeã Égua Prenhe

4ª Melhor Fêmea e Campeã Égua Adulta

3º Melhor Macho e Reservado Campeão Potranco Maior

4º Melhor Macho e 3º Melhor Potranco Maior

Uva do Purunã, filha de BT Butiá e OK Iemanjá; criador Mariano Lemanski e expositor Alex Erhardt, Cabanha Miramont, Cachoeira do Sul/RS

Guitarra Miramont, filha de BT Lucero e Pioneira de São Martim; criador e expositor Alex Erhardt, Cabanha Miramont, Cachoeira do Sul/RS

Huracán de Los Santos, filho de Desafio de Santa Edwiges e Ana Bela de Los Santos; criador e expositor Enio Dias Santos e filhos, Cabanha de Los Santos, Caçapava do Sul/RS

Cinchador Xogum, filho de Rivelino do Tronco da Figueira e Cinchador Quimera; criador Aldo José Tavares dos Santos e expositor Rafael Teixeira Severo, Cabanha Cinchador, Bagé/RS

Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

39


anuncio_235x340_2.pdf

1

10/15/13

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

40 Cavalo Crioulo | Julho, 2013

3:30 PM


Morfologia

Catálogo de Resultados Pelotas/RS 11 de outubro 78 animais Técnico: Cláudio Neto de Azevedo Jurado: Eduardo Neto de Azevedo

Fotos Leandro Vieira

Melhor Exemplar da Raça, Grande Campeã e Campeã Potranca Maior

Reservada Grande Campeã e Reservada Campeã Potranca Maior

Grande Campeão e Campeão Potranco Menor

Reservado Grande Campeão e Campeão Cavalo Menor

Meia Lua do Liscano, filha de Butiá Wrangler e Despojada do Liscano; criador e expositor Pietro Pereira Zanetti e Giuliano Pereira Zanetti, Fazenda Liscano, Arroio Grande/RS

Jabuticaba de Santa Edwiges, filha de Equador de Santa Edwiges e Tocaia de Santa Edwiges; criador e expositor Daniel Anzanello, Cabanha Santa Edwiges, São Lourenço do Sul/RS

Riñero 124 da Recalada, filho de Maragato dos Alpes e Gaita da Charqueada; criador e expositor Fábio Langlois Ruivo, Cabanha Recalada, Pelotas/RS

Fervo Lindo do Rebuliço, filho de Sultão do Purunã e Delfina do Itapororó; criador e expositor César Augusto Rabassa Hax, Cabanha Rebuliço, Pelotas/RS

3ª Melhor Fêmea e Campeã Potranca Menor

4ª Melhor Fêmea e Campeã Égua Prenhe

3º Melhor Macho e Campeão Cavalo Adulto

4º Melhor Macho e Campeão Potranco Maior

Morocha Linda Charrua, filha de Las Callanas Impostor e Fisga Charrua; criador e expositor João Rouget Pérez Wrege, Cabanha Os Charruas, Jaguarão/RS

SJ Regalada, filha de BT Fiador e JA Melodia; criador João Alberto Cunha da Rocha e expositor Lugajo Agricultura e Pecuária Ltda, Fazenda São João, São Lourenço do Sul/RS

SJ Xadrez, filho de BT Fiador e Utopia de Santa Edwiges; criador Lugajo Agricultura e Pecuária Ltda. e expositor Condomínio Xadrez, Fazenda São João, São Lourenço do Sul/RS

Facão do Macanudo, filho de Buenaço da Maior e Urtiga do Macanudo; criadores e expositores Mauro Ferreira e Telmo Ferreira, Cabanha Macanudo, Lavras do Sul/RS

Ijuí/RS 11 de outubro 44 animais Técnico: Jorge Aginelo do Nascimento Jurado: Marlus Arruda

Fotos Alexandre Freitas

Grande Campeã, Melhor Exemplar da Raça e Campeã Potranca Maior

Reservada Grande Campeã e Campeã Égua Menor

Grande Campeão e Campeão Cavalo Adulto

Reservado Grande Campeão e Campeão Potranco Maior

CRC Encantada, filha de Índio do Boeiro e Legendária dos Três Pinhais; criadores e expositores Rodrigo, Ademar e Mario Castelli, Cabanha Guamirim, Fontoura Xavier/RS

La Piedra Estampa, filha de Bugre do Piratini e Timoneira do Cadeado; criador e expositor Felipe Dalcin Frizon, Cabanha La Piedra, Bossoroca/RS

Entrevero da Santa Juvita, filho de Aqui Estoy da Santa Juvita e Santa Thereza Encruzilhada; criador Émerson Peukert Schaedler e expositor Condomínio Entrevero, Cabanha do Boeiro e Potreiro Velho, Uruguaiana e Taquari/RS

GT Caminito, filho de Vinho Tinto do Purunã e Firmeza 1329 do Destaque; criador e expositor Marcial Domingos Correia Terra, Cabanha Tarumã, Tupanciretã/RS

3ª Melhor Fêmea e Campeã Potranca Menor

4ª Melhor Fêmea e Campeã Égua Adulta

3º Melhor Macho e Reservado Campeão Potranco Menor

4º Melhor Macho e Campeão Potranco Menor

Baroneza dos Castanheiros, filha de BT Hospedeiro e Umbanda dos Castanheiros; criadores e expositores Miguel e Rodrigo Scarpellini Campos, Cabanha dos Castanheiros, Pejuçara/RS

Camb Chula 333, filha de Índio da Escondida e Chula do Strass; criadores e expositores Irmãos Bastos, Estância Itapitocai, Uruguaiana/RS

Hulk da Santa Juvita, filho de Campana Naco e Arteira da Santa Juvita; criador Émerson Peukert Schaedler e expositor Vanderlei Regis Casagrande, Cabanha Alvorada, Pato Branco/PR

Te Quiero Maligno, filho de Índio do Boeiro e Arapey Boneca; criador Japeju Agricultura e Pecuária e expositor Condomínio Te Quiero e Japeju Agricultura e Pecuária, Uruguaiana e Giruá/RS

Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

41


Morfologia

Bagé/RS 10 e 11 de outubro 51 animais Técnico: Henrique Litchina Gonzalez Jurado: Francisco Martins Bastos Sobrinho

Fotos Alexandre Teixeira

Melhor Exemplar da Raça, Grande Campeã e Campeã Potranca Maior

Reservada Grande Campeã e Campeã Potranca Menor

Grande Campeão e Campeão Potranco Maior

Reservado Grande Campeão e Reservado Campeão Potranco Maior

Convocada Cala Bassa, filha de Piraí 1569 do Brazão e Quilero Olaria; criador e expositor Marcelo Rezende Móglia, Cabanha Cala Bassa, Bagé/RS

Cutucada Cala Bassa, filha de Piraí 1569 do Brazão e Esperanza Cala Bassa; criador Marcelo Rezende Móglia e expositor Marcelo Rezende Móglia e Eduardo Lobo Kalil, Cabanha Cala Bassa, Bagé/RS

Estradeiro Cavalera, filho de BT Delantero e AS Malke Quadrilha; criadores e expositores Rafael Grimm Vaz e Eliana Sussenbach Vaz, Cabanha Cavalera, Bagé/RS

Candado Cala Bassa, filho de Piraí 1569 do Brazão e Coqueta Cala Bassa; criador Marcelo Rezende Móglia e expositor Cabanhas Cala Bassa, San Antônio e Las Solanas, Bagé/RS, Argentina e Uruguai

3° Melhor Macho e Campeão Cavalo Adulto

4º Melhor Macho e Campeão Potranco Menor

Tres Ar Ñandubay, filho de Tañido Retacon e Cherape Revista; criador Marcelo Arguelles e expositor Viragro Agropecuária Ltda, Cabanha A Tala, Dom Pedrito/RS

Tanho Ianomami, filho de Piraí 1569 do Brazão e Katia Ianomami; criadores e expositores Irmãos Borba Móglia, Estância Piraí, Bagé/RS

3ª Melhor Fêmea e Reservada Campeã Potranca Maior

4ª Melhor Fêmea e Reservada Campeã Potranca Menor

Cordilheira Cala Bassa, filha de Piraí 1569 do Brazão e Aguafina Cala Bassa; criador e expositor Marcelo Rezende Móglia, Cabanha Cala Bassa, Bagé/RS

Três Cerros Domingueira, filha de AS Malke Sedutor-TE e AS Malke Sabatina; criador Rafael Pons Suñe e expositor PAP Três Cerros, Cabanha Três Cerros, Aceguá/RS

Vacaria/RS 11 de outubro 122 animais Técnico: Ricardo Guazzelli Martins Jurado: Ricardo Vieira Borges

Fotos Felipe Ulbrich

Grande Campeã e Campeã Égua Adulta

Reservada Grande Campeã e Campeã Potranca Maior

Quebra Queixo da Macena, filha de BT Damasco e Quebra Queixo de Santa Edwiges; criador e expositor José Atílio Marcantonio Muricy, Cabanha da Macena, Vacaria/RS

Relíquea Coroados, filha de Chicão de Santa Odessa e Nazareth Coroados; criador e expositor Ricardo Guazzelli Martins, Cabanha Coroados, Muitos Capões/RS

3ª Melhor Fêmea e Campeã Égua Menor Maragata da Santa Corila, filha de Estimado da Terra Nativa e Constância da Santa Corila ; criador Flávio Belmonte Rodrigues da Silva Lemanski e expositor Moisés Massaroto, Flores da Cunha/RS

42 Cavalo Crioulo | Novembro, 2013

Melhor Exemplar, Grande Campeão e Campeão Potranco Maior

Reservado Grande Campeão e Campeão Cavalo Adulto

Estanceiro da Estancia Crioula, filho de RZ Ranquero da Carapuça e EP Música; criador e expositor Robson Gustavo de Souza Vieira, Cabanha Estância Crioula, Urupema/SC

Picaflor da Boa Vista, filho de Dom Carrasco do Purunã e BT Bela Dona do Junco; criador Fazenda Boa Vista e expositor Condomínio Picaflor da Boa Vista, Vacaria/RS

4ª Melhor Fêmea e Campeã Égua Prenhe

3º Melhor Macho e Reservado Campeão Potranco Maior

4º Melhor Macho e Reservado Campeão Cavalo Adulto

AS Malke Que Guria, filha de BT Jurado e Nebulosa de Santa Angélica; criador Agropecuária Schwanck Ltda e expositor Cabanha Recoluta, Cabanha Recoluta, Sananduva/RS

Hijo de Mis Sueños da Matarazzo, filho de filho de Xingú Ibiá e Baiuca do Retiro do Ouro; criador Jayme Monjardim Matarazzo e expositor Cabanha BBC, São José dos Ausentes/RS

Nazareno da Macena, filho de Chicão de Santa Odessa e Palometa de Santa Edwiges; criador e expositor José Atílio Marcantonio Muricy, Cabanha da Macena, Vacaria/RS


Morfologia

Júlio de Castilhos/RS 12 e 13 de outubro 45 animais Técnico: Felipe Caccia Maciel Jurado: Gustavo Weiand Melhor Exemplar da Raça, Grande Campeã e Campeã Potranca Maior

Reservada Grande Campeã e Reservada Campeã Potranca Maior

Grande Campeão e Campeão Cavalo Adulto

Reservado Grande Campeão e Campeão Potranco Menor

FR Divertida, filha de Índio do Boeiro e FR Urtiga; criadores e expositores Rocha Peccinin-Irmãos, Fazenda Mato Alto, Santa Maria/RS

Haragana de Vista Alegre, filha de Alto Astral de Santa Edwiges e Danada de Vista Alegre; criador e expositor Rafael Annoni Giuliani, Estância Vista Alegre, São Vicente do Sul/RS

Entrevero da Santa Juvita, filho de Aqui Estoy da Santa Juvita e Santa Thereza Encruzilhada; criador Émerson Peukert Schaedler e expositor Condominio Entrevero, Cabanha do Boeiro e Potreiro Verde, Uruguaiana e Taquari/RS

GT Domingueiro, filho de Vinho Tinto do Purunã e GT Nobreza; criador e expositor Marcial Domingos Correia Terra, Cabanha Tarumã, Tupanciretã/RS

3ª Melhor Fêmea e Campeã Égua com Cria

4ª Melhor Fêmea e Campeã Potranca Menor

3º Melhor Macho e Campeão Cavalo Menor

4º Melhor Macho e Campeão Potranco Maior

Xerenga da Água Funda, filha Quem Te Viu da Água Funda e Que Linda da Água Funda; criador e expositor Henrique José de Queiroz Marim Teixeira, Cabanha Água Funda, Júlio de Castilhos/RS

JLN Debochada, filha de Índio do Boeiro e BT Traviata; criador e expositor Jacson Loer Nonnenmacher, Cabanha Capão das Pitangueiras, Augusto Pestana/RS

Tchê Loco do Infinito, filho de filho de Cônsuelo do Infinito e Quem Quem do Itapororó; criador Roberto Sidney Davis Júnior e expositor Cezar Somavilla e Mauro L.Fagundes, Júlio de Castilhos/RS

GT Caminito, filho de Vinho Tinto do Purunã e Firmeza 1329 do Destaque; criador e expositor Marcial Domingos Correia Terra, Cabanha Tarumã, Tupanciretã/RS

Melhor Exemplar da Raça, Grande Campeã e Campeã Égua Menor

Reservada Grande Campeã e Campeã Potranca Menor

Grande Campeão e Campeão Cavalo Adulto

Reservado Grande Campeão e Campeão Potranco Maior

Santa Alice Jóia Rara, filha de Aqui Estoy da Santa Juvita e Santa Alice Nortenha; criador e expositor Marcelo Bomfiglio Marçal, Estância Santa Alice, Rosário do Sul/RS

Santa Alice La Rienda, filha de Aqui Estoy da Santa Juvita e Santa Alice Serenata; criador e expositor Marcelo Bomfiglio Marçal, Estância Santa Alice, Rosário do Sul/RS

Ordeiro de Santa Thereza, filho de Nobre Tupambaé e Santa Thereza Entonada; criador Mário Tavares Móglia e expositor Rodolfo Belmonte Móglia, Estância Santa Maria, Bagé/RS

Santa Alice Látego, filho de Aqui Estoy da Santa Juvita e Santa Alice Dona Flor; criador e expositor Marcelo Bomfiglio Marçal, Estância Santa Alice, Rosário do Sul/RS

3ª Melhor Fêmea e Campeã Égua Prenhe

4ª Melhor Fêmea e Campeã 3º Melhor Macho e Reservado Égua Adulta Campeão Potranco Maior

4º Melhor Macho e Campeão Potranco Menor

Chacarera do Curupá, filha de Festeiro do Itapororó e Cancorosa da Escondida; criador Ricardo de Freitas Labrêa e expositores José F. Bombardieri e Maurício B. Molina, Cabanha Chamarra, Santa Rosa/RS

Xuxa do Xiniquá, filha de BT Pampa e Gaucha do Xiniqua; criador e expositor Valter Felice Salla Filho, Agropecuária Itapevi, Cacequi /RS

Quebracho de Santa Thereza, filho de ibirapuitã do Itapororó e Trampa de Santa Thereza; criador e expositor Rodolfo Belmonte Móglia, Estância Santa Maria, Bagé/RS

Sultão do Capivari, filho de Macanudo do Itapororó e Oliva do Capivari; criador e expositor Leonardo e Maurício Bica Freitas Rezende, Estância Moinho de Vento, Alegrete/ RS

Grande Campeã e Campeã Potranca Menor

Reservada Grande Campeã e Campeã Égua Menor

Melhor Exemplar da Raça, Grande Campeão e Campeão Cavalo Adulto

Reservado Grande Campeão e Reservado Campeão Cavalo Adulto

Santiagueña 135 da Recalada, filha de Maragato dos Alpes e Morocha 43 da Recalada; criador e expositor Fábio Langlois Ruivo, Cabanha Recalada, Pelotas/RS

Coisa Linda do Mako, filha de Único do Purunã e Abo Sonata; criador Glauco Pinto Xavier e expositor Agropecuária do Mako Ltda, Cabanha do Mako, São Lourenço do Sul/RS

SJ Xadrez, filho de BT Fiador e Utopia de Santa Edwiges; criador Lugajo Agricultura e Pecuária Ltda e expositor Condomínio SJ Xadrez.

Único do Purunã, filho de Hércules do Purunã e Despojada 656 do Itapororó; criador Mariano Lemanski e expositor Agropecuária do Mako Ltda., Cabanha do Mako, São Lourenço do Sul/RS

3ª Melhor Fêmea e Reservada Campeã Potranca Menor

4ª Melhor Fêmea e 3ª Melhor Potranca Menor

3º Melhor Macho e Campeão Potranco Menor

3º Melhor Macho e Campeão Potranco Maior

Serigaita 140 da Recalada, filha de Maragato dos Alpes e Muchacha 41 da Recalada; criador e expositor Fábio Langlois Ruivo, Cabanha Recalada, Pelotas/RS

Resolana 126 da Recalada, filha de Maragato dos Alpes e Jardineira da Itaúna; criador e expositor Fábio Langlois Ruivo, Cabanha Recalada, Pelotas/RS

SJ Cartucho, filho de BT Fiador e Regalada de Santa Edwiges; criador e expositor Lugajo Agricultura e Pecuária Ltda., Fazenda São João, São Lourenço do Sul/RS

SJ Buenacho, filho de BT Fiador e SJ Invernada; criador e expositor Lugajo Agricultura e Pecuária Ltda., Fazenda São João, São Lourenço do Sul/RS

Rosário do Sul/RS 12 de outubro 44 animais Técnico: Thiago Persici Jurado: Eduardo Freire Fernandes

São Lourenço do Sul/RS 19 de novembro 41 animais Técnico: Rouget Gigena Wrege Jurado: Lila Telechea Pinto

Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

43


Morfologia

Jaguarão/RS 26 e 27 de outubro 51 animais Técnicos: Carlos Marques Gonçalves Jurado: Renato Correa Morrone Grande Campeã

Reservada Grande Campeã

Melhor Exemplar da Raça e Grande Campeão

Reservado Grande Campeão

Morocha Linda Charrua, filha de Las Callanas Impostor e Fisga Charrua; criador e expositor João Rouget Pérez Wrege, Cabanha Os Charruas, Jaguarão/RS

São João do Juncal Promessa II, filha de Campana Ruedo Criollo e Milagrosa da Coronilha; criador e expositor Roberto Vieira Lucas, Cabanha São João do Juncal, Jaguarão/RS

Fervo Lindo do Rebuliço, filho de Sultão do Purunã e Delfina do Itapororó; criador e expositor César Augusto Rabassa Hax, Cabanha Rebuliço, Pelotas/RS

Quebracho de Santa Thereza, filho de Ibirapuitã do Itapororó e Trampa de Santa Thereza; criador Rodolfo Belmonte Móglia e expositor Pedro Móglia, Bagé/RS

3ª Melhor Fêmea e Campeã

4ª Melhor Fêmea

3° Melhor Macho

4° Melhor Macho

Quermesse de Santa Thereza, filha de Cotizado Chico e Mutreta de Santa Tereza; criador e expositor Rodolfo Belmonte Móglia, Estância Santa Maria, Bagé/RS

Fina Flor do Liscano, filha de Festeiro do Itapororó e Havana dos Campos Neutrais; criador e expositor Pietro e Giuliano Zanetti, Cabanha Liscano, Arroio Grande/RS

Liberdade M 230, filho de Ganadero da Harmonia e Liberdade F 131; criador Jaime, Luiz Carlos e Arthur Luiz Silveira e expositor Rodrigo Dias da Silva, Jaguarão/RS.

SC Brazão, filho de Maragato dos Alpes e SC Tormenta; criador e expositor Carlos Santos Silveira de Ávila, Fazenda São Carlos, Pedras Altas/RS

Melhor Exemplar da Raça, Grande Campeã e Campeã Égua Menor

Reservada Grande Campeã e Campeã Potranca Menor

Grande Campeão e Campeão Potranco Maior

Reservado Grande Campeão e Reservado Campeão Potranco Maior

Campana Vicuña, filha de Triunfo do Purunã e Campana Quincha; criador e expositor Mário Móglia Suñe, Cabanha Campana, Bagé/RS

Três Cerros Domingueira, filha de AS Malke Sedutor-TE e AS Malke Sabatina; criador Rafael Pons Suñe e expositor Parceria Três Cerros, Aceguá/RS

Quebracho de Santa Thereza, filho de Ibirapuitã do Itapororó e Trampa de Santa Thereza; criador Rodolfo Belmonte Móglia e expositor Pedro Móglia, Bagé/RS

Campo Santo Cala Bassa, filho de Piraí 1569 do Brazão e Malagueta Cala Bassa; criador e expositor Marcelo Rezende Móglia, Cabanha Cala Bassa, Bagé/RS

3ª Melhor Fêmea e Campeã Potranca Maior

4ª Melhor Fêmea e Reservada Campeã Potranca Maior

3º Melhor Macho e Campeão Cavalo Adulto

4º Melhor Macho e Campeão Potranco Menor

Catânia Cala Bassa, filha de Piraí 1569 do Brazão e Saga Cala Bassa; criador e expositor Marcelo Rezende Móglia, Cabanha Cala Bassa, Bagé/RS

Quermesse de Santa Thereza, filha de Cotizado Chico e Mutreta de Santa Tereza; criador e expositor Rodolfo Belmonte Móglia, Estância Santa Maria, Bagé/RS

Piraí 1633 do Rio Tinto, filho de Viragro Rio Tinto e Santa Thereza Fisga; criador e expositor Paulo Tavares Móglia, Estância Firmeza, Bagé/RS

Campana Zíngaro, filho de Triunfo do Purunã e Campana Karametade; criador Mário Móglia Suñe e expositor Manuel Rossel Sarmento, Bagé/RS

Aceguá/RS 19 de outubro 42 animais Técnico: Claudio Neto de Azevedo Jurado: Carlos Azambuja Neto

44 Cavalo Crioulo | Novembro, 2013


Morfologia

Lages/SC 20 de outubro 50 animais Técnico: Adolfo Martins Neto Jurado: Márcia Linhares

Fotos Mário Tissot

Grande Campeã e Campeã Potranca Maior

Reservada Grande Campeã e Reservada Campeã Potranca Maior

Melhor Exemplar da Raça, Grande Campeão e Campeão Cavalo Adulto

Reservado Grande Campeão e Campeão Potranco Maior

Hierba Buena da Maior, filha de Buenaço da Maior e Madona de Santa Angélica; criador e expositor André Ricardo Souto Maior, Cabanha Maior, Painel/SC

Heroína da Maior, filha de JLS Hermoso e FLC Amenaza; criador e expositor André Ricardo Souto Maior, Cabanha Maior, Painel/SC

Farrapo da Maior, filho de JLS Hermoso e FJC Amenaza; criador e expositor André Ricardo Souto Maior, Cabanha Maior, Painel/SC

Jeito Lindo da Bela Aliança, filho de Itaqui do Saleiro Velho e Profecia do Purunã; criador e expositor Francisco Carlos Habowsky, Cabanha Bela Aliança, São Bento do Sul/SC

3ª Melhor Fêmea e 3ª Melhor Potranca Maior

4ª Melhor Fêmea e Campeã Potranca Menor

3º Melhor Macho e Campeão Potranco Menor

4º Melhor Macho e Reservado Campeão Potranco Maior

Hipnose da Invernada de São Pedro, filha de Oitão de Rancho da Escondida e Tacha Tropero; criador e expositor Romão Francisco Rodrigues Oliveira, Estância de São Pedro, Lages/SC

Melodia do Portal Gaúcho, filha de Gaúcho do Portal Gaúcho e Chilena do Portal Gaúcho; criador e expositor José Luiz Teixeira Marcantonio, Portal Gaúcho, Vacaria/RS

Cabaret do Purunã, filho de Del Oeste Mutante e BT Fabiana; criador Mariano Lemanski e expositor Condomínio Cabaret, Lages/SC

Estanceiro da Estancia Crioula, filho de RZ Ranquero da Carapuça e EP Música; criador e expositor Robson Gustavo de Souza Vieira, Cabanha Estância Crioula, Urupema/SC

Arroio Grande/RS 19 de outubro 45 animais Técnico: Jorge Aginelo do Nascimento Jurado: João Vicente Sá

Fotos Nívea Oliveira

Grande Campeã

Reservada Grande Campeã

Melhor Exemplar da Raça e Grande Campeão

Reservado Grande Campeão

Devassa do Parque, filha de Chicão de Santa Odessa e Faísca da Miroca; criador Cabanha Fazenda da Serra Ltda e expositor Agrocuri

Moça Bonita do Liscano, filha de Festeiro do Itapororó e Dengosa do Liscano; criador e expositor Pietro e Giuliano Pereira Zanetti, Fazenda Liscano, Arroio Grande/RS

Guanabara Nunca Más, filho de Maragato dos Alpes e Guanabarra Fanfarrona; criador e expositor Luis Carlos da Silva Carvalho Júnior, Cabanha Guanabara, Rio Grande/RS

Fervo Lindo do Rebuliço, filho de Sultão do Purunã e Delfina do Itapororó; criador e expositor César Augusto Rabassa Hax, Cabanha Rebuliço, Pelotas/RS

3ª Melhor Fêmea

4ª Melhor Fêmea

3º Melhor Macho

4º Melhor Macho

Jasmine do Liscano, filha de Festeiro do Itapororó e Légua e Meia da Escondida; criador e expositor Pietro e Giuliano Pereira Zanetti, Fazenda Liscano, Arroio Grande/RS

Balaqueira do Canto do Mato Grande, filha de Santa Elba Señuelo e Nobreza do Capão Redondo; criador e expositor José Paulo Machado dos Santos, Cabanha Canto do Mato Grande, Arroio Grande/RS

Diretor da Liberdade, filho de Xingú Ibiá e Liberdade F 206; criador Arthur Luiz da Silveira e expositor Marcos Ronei Dias e filhos, Pinheiro Machado/RS

Piraí 1655 do Brazão, filho de BT Brazão do Junco e Firmeza 125 do Papito; criador Paulo Tavares Móglia e expositor Vinícius e Bruna Gonçalves, Cabanha La Moza, Herval do Sul/RS

Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

45


Morfologia

Alegrete/RS 19 de outubro 45 animais Técnico: Paulo Armando Solheid Jurado: Rodolfo da Costa Machado

Fotos Gabriel Becco

Melhor Exemplar da Raça, Grande Campeã e Campeã Égua Adulta

Reservada Grande Campeã e Campeã Potranca Maior

Grande Campeão e Campeão Cavalo Menor

Reservado Grande Campeão e Campeão Potranco Menor

Camb Chula 333, filha de Índio da Escondida e Chula do Strass; criador e expositor Irmãos Bastos, Estância Itapitocai, Uruguaiana/RS

Missão Cumprida da Reconquista, filha de BT Delantero e Vistosa da Reconquista; criador e expositor Marcelo Tellechea Cairoli, Reconquista Agropecuária Ltda, Alegrete/RS

Rincão de Touro da Escondida, filho de Índio da Escondida e Lança Farrapa da Escondida; criador e expositor José Inácio e Vinícius Freitas, Estância Escondida, Alegrete/RS

Mujeriego da Reconquista, filho de Hijo Bueno da Reconquista e Nuvem do Igiquiquá; criador e expositor Marcelo Tellechea Cairoli, Reconquista Agropecuária Ltda, Alegrete/RS

3ª Melhor Fêmea e Reservada Campeã Égua Adulta

4ª Melhor Fêmea e Reservada Campeã Potranca Maior

3° Melhor Macho e Campeão Potranco Maior

4° Melhor Macho e Campeão Cavalo Adulto

Rubia do Inhanduvá, filha de Macanudo do Itapororó e Mañanero Demetria; criador Nestor de Moura Jardim Neto e expositor Condomínio Rural Itapororó e Santa Marta, Cabanha Itapororó e Santa Marta, Alegrete/RS

Mision Imposible 548 da Reconquista, filha de BT Lucero e BT Hera; criador e expositor Marcelo Tellechea Cairoli, Reconquista Agropecuária Ltda., Alegrete/RS

Huracán do Curupá, filho de Índio da Escondida e Peona do Itapororó; criador e expositor Ricardo de Freitas Labrêa, Cabanha Curupá, Alegrete/RS

Japo da Reconquista, filho de BT Lucero e Linda Lua da Carovy; criador e expositor Marcelo Tellechea Cairoli, Reconquista Agropecuária Ltda, Alegrete/RS

Tupanciretã/RS 19 de outubro 43 animais Técnico: Jorge Aginelo do Nascimento Jurado: Eduardo Móglia Suñe

Fotos Hisys Fernnades Pinto e Lívia Bernardi Bonuma

Melhor Exemplar da Raça, Grande Campeã e Campeã Égua Prenhe

Reservada Grande Campeã e Campeã Égua com Cria

Grande Campeão e Campeão Cavalo Adulto

Reservado Grande Campeão e Campeão Potranco Maior

Marconi Gata Manhosa, filha de Alto Astral de Santa Edwiges e Amorosa de Santa Edwiges; criador e expositor Alexandre Espindola Araújo, Cabanha Marconi, Santana do Livramento/RS

Xerenga da Água Funda, filha Quem Te Viu da Água Funda e Que Linda da Água Funda; criador e expositor Henrique José de Queiroz Marim Teixeira, Cabanha Água Funda, Júlio de Castilhos/RS

Entrevero da Santa Juvita, filho de Aqui Estoy da Santa Juvita e Santa Thereza Encruzilhada; criador Émerson Peukert Schaedler e expositor Condomínio Entrevero, Uruguaiana e Taquari/RS

GT Caminito, filho de Vinho Tinto do Purunã e Firmeza 1329 do Destaque; criador e expositor Marcial Domingos Correia Terra, Cabanha Tarumã, Tupanciretã/RS

3ª Melhor Fêmea e Campeã Potranca Maior

4ª Melhor Fêmea e Campeã Potranca Menor

3º Melhor Macho e Campeão Potranco Menor

4º Melhor Macho e Reservado Campeão Potranco Maior

FR Divertida, filha de Índio do Boeiro e FR Urtiga; criador e expositor Rocha Peccinin-Irmãos, Fazenda Mato Alto, Santa Maria/RS

Baroneza dos Castanheiros, filha de BT Hospedeiro e Umbanda dos Castanheiros; criador e expositor Miguel e Rodrigo Scarpellini Campos, Cabanha dos Castanheiros, Cruz Alta/RS

GT Domingueiro, filho de Vinho Tinto do Purunã e GT Nobreza; criador e expositor Marcial Domingos Correia Terra, Cabanha Tarumã, Tupanciretã/RS

RVP Natan, filho de Viragro Hijo Guapo e RVP Escultura; criador Rodrigo Pacheco Ribeiro e expositor Condomínio JB, Júlio de Castilhos/RS

46 Cavalo Crioulo | Novembro, 2013


Morfologia

Santo Antônio das Missões/RS 19 de outubro 43 animais Técnico: Jaime Bica de Freitas Jurado: Rodrigo Bastos

Fotos Divulgação

Melhor Exemplar da Raça, Grande Campeã e Campeã Potranca Menor

Reservada Grande Campeã e Campeã Égua com Cria

Grande Campeão e Campeão Potranco Maior

Reservado Grande Campeão e Campeão Cavalo Adulto

La Castellana Honra da Casa, filha de Matreiro do Itapororó e Julieta do Trinta e Oito; criador e expositor Marcelo Amaral Moraes, Cabanha La Castellana, Santiago/RS

Las Misiones Madrugada, filha de Las Missiones Couro Cru e Ita Lenda; criador e expositor Fernando Gonçalves do Nascimento, Cabanha Las Misiones, São Luís Gonzaga/RS

Legado Charrua, filho de Entrevero Charrua e Jornada do Rincão; criador João Rouget Pérez Wrege e expositor Parceria Fumaco e Munaretto, Cabanha Tento a Tento, Santiago/RS

BT Bom de Guarda, filho de BT Delantero e BT Negrita; criador Condomínio Flavio Bastos Tellechea e expositor Diego e Leandro Arregui, Cabanha Pingo Arregui, Itaqui/RS

3ª Melhor Fêmea e Campeã Égua Adulta

4ª Melhor Fêmea e Campeã Potranca Menor

3º Melhor Macho e Campeão Cavalo Menor

4º Melhor Macho e Reservado Campeão Cavalo Adulto

La Castellana Faca Buena, filha de Matreiro do Itapororó e Lagoa dos Três Cerros; criador e expositor Marcelo Amaral Moraes, Cabanha La Castellana, Santiago/RS

PP Picaflor da Renascer, filha de Nico do Itapororó e Delicada da Camila; criador e expositor Paulo Roberto Pavin, Estância Renascer, Uruguaiana/RS

Herdeiro Marupá, filho de Haragano da Boa Vista e Jauria da Boa Vista; criador Roberto Augusto Scheid e expositor Alexandre Cattelan, Marcio Roberto Muller e Lara Teixeira, Santiago e Santo Antônio das Missões/RS

Tiro Largo do Itapororó, filho de Mañanero Zapatazo e Quadra do Itapororó; criador Nestor M. Jardim Neto e Maria L. F. Jardim e expositor Leandro Arregui e Diego Arregui, Cabanha Pingo Arregui, Itaqui/RS

Encruzilhada do Sul/RS 19 de outubro 54 animais Técnico: Henrique González Jurado: Lúcio Fontoura Fotos Marcus Tatsh

Melhor Exemplar da Raça, Grande Campeã e Campeã Potranca Maior

Reservada Grande Campeã e Campeã Égua com Cria

Grande Campeão e Campeão Cavalo Adulto

Reservado Grande Campeão e Reservado Campeão Cavalo Adulto

Guapa 1205 Maufer, filha de BT Delantero e Água de Los Campos y Maquena Vero Vero; criador e expositor Maurício e Fernando Lampert Weiand, Cabanha Maufer, Cruzeiro do Sul/RS

Aljava da Princesa do Jacuí, filha de Mananero Jalisco e Caramba Sombra; criador João Carlos Raichle e expositor Tiago Riegel Silveira, Cabanha Dom Riegel, São Jerônimo/RS

Esparciata da Rio Branco, filho de Antares do Elebê e Imagem da Terra Preta; criador Nelson Bennemann e expositores Nelson e Daniel Bennemann, Cabanha Rio Branco, Cachoeira do Sul/RS

Malambo do LG, filho de VV Palanqueiro e Flor do LG; criador Luiz Alencar Grazziotin e expositor Jeferson Lopes, Cabanha BG, Triunfo/RS

3ª Melhor Fêmea e Campeã Égua Prenhe

4ª Melhor Fêmea e Reservada Campeã Potranca Maior

3° Melhor Macho e Campeão Cavalo Menor

4° Melhor Macho e 3º Melhor Cavalo Adulto

Flor de Liz do Elebê, filha de BT Hermes e Baioneta do Itapororó; criador e expositor Leônidas Burtet, Agropecuária Burtet, Cachoeira do Sul/RS

Graciosa 1200 Maufer, filha de Del Oeste Mutante e Pozo Azul Destacada; criador e expositor Maurício e Fernando Lampert Weiand, Cabanha Maufer, Cruzeiro do Sul /RS

Índio do Mapa Gaúcho, filho de Osorno do Itaó e Bela do Tempo Novo; criador Leandro Mosmann e André Angeli e expositor Márcio Moraes e Cátia Gapinski, Cabanha Recanto da Potira, Encruzilhada do Sul/RS

Taracón Tucumano, filho de BT Haga Khan e Charque Aurora; criador Ricardo Pinto Torres e expositor Éder Bica, Encruzilhada do Sul/RS

Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

47


48 Cavalo Crioulo | Novembro, 2013


Morfologia

Barra Velha/SC 25 de outubro 43 animais Técnico: Romeu Koch Jurado: Carlos Loureiro de Souza

Fotos Mario Tissot

Melhor Exemplar da Raça e Grande Campeã

Reservada Grande Campeã

Grande Campeão

Reservado Grande Campeão

Guaiaca do Ribeirão Bonito, filha de Viragro Rio Tinto e Lenda do Novo Horizonte; criador e expositor Arison Jung, Cabanha Ribeirão Bonito, Guarapuava/ PR

Belle Herdeira, filha de Del Oeste Mutante e Belle Bohemia; criador e expositor Elizabeth Lemanski, Fazenda Paraíso, São Luiz do Purunã/PR

Jeito Lindo da Bela Aliança, filho de Itaqui do Saleiro Velho e Profecia do Purunã; criador e expositor Francisco Carlos Habowsky, Cabanha Bela Aliança, São Bento do Sul/SC

Leão Rei da Bela Aliança, filho de Viragro Rio Tinto e Temperada do Pinhal; criador e expositor Francisco Carlos Habowsky, Cabanha Bela Aliança, São Bento do Sul/SC

3ª Melhor Fêmea

4ª Melhor Fêmea

3º Melhor Macho

4º Melhor Macho

Macarena do Carrachi, filha de La Invernada Pascuero e Fagulha do Carrachi; criador Altemo Gomes de Oliveira e expositor Romão Francisco Rodrigues Oliveira e Edmundo Rodrigues Filho, Estância São Pedro, Lages/SC

RZ Queridinha da Carapuça, filha de BT Hermes e Folgada do Iguaçú; criador Rubens Elias Zogbi e expositor Condominio Neri Raulino, João Alexandre e Cabanha Saff, Joinville/SC

Naco do Recanto Crioulo, filho de Babel da Capela e Rebeca da Fascinação; criador Adelmo Hess e expositor Dionízio Cauduro, Fazenda Sôssego do Patrão, Casimiro de Abreu/RJ

Ferro Quente do Caçador, filho de Temporal do Purunã-TE e Jotape Granada; criador Sandoval Caramori e expositor Luiz Rodolfo Buch, Gaspar/SC

Viamão/RS 25 de outubro Técnicos: Marcelo Montano Coelho Jurado: Roberto Martins Crespo Fotos Divulgação

Melhor Exemplar da Raça,Grande Campeã e Campeã Égua Menor

Reservada Grande Campeã e Campeã Égua Prenhe

Grande Campeão e Campeão Potranco Maior

Reservado Grande Campeão e Campeão Cavalo Menor

Graciosa do Resplendor, filha de Destaque da Boa Vista e Quilapy Lambuja; criador e expositor Juliano Fonseca Motter, Cabanha Resplendor, São Francisco de Paula/RS

Garbosa do Resplendor; filha de Destaque da Boa Vista e Quantia do Capão Redondo; criador e expositor Juliano Fonseca Motter, Cabanha Resplendor, São Francisco de Paula/RS

Jangadeiro do Mapa Gaúcho, filho de BT Faceiro do Junco e Formiga da Escondida; criadores e expositores Leandro Mosmann e André Arnecke Angeli, Cabanha Mapa Gaúcho, Sapiranga/RS

Hilário da Dom Manoel, filho de Touro Passo Piloto e Flechada 15 da Alfama; criador e expositor Sérgio Roberto da Silva Nunes, Cabanha Dom Manoel, Gravataí/RS

3ª Melhor Fêmea e Campeã Potranca Maior

4ª Melhor Fêmea e Reservada Campeã Égua Menor

3° Melhor Macho e Campeão Cavalo Adulto

4° Melhor Macho e Reservado Campeão Cavalo Adulto

Casablanca D’Los Brittes, filha de Napaleofu Bailecito e Malícia da Coronilha; criador e expositor Paulo Brittes, Cabanha D’Los Brittes, Barra do Ribeiro/RS

Brahma Extra D’Los Brittes, filha de OK Mandrake e Juma do Capão Redondo; criador e expositor Paulo Brittes, Cabanha D’Los Brittes, Barra do Ribeiro/RS

Passe Livre Tupambaé, filho de Viragro Hijo Guapo e Isleta Tupambaé; criador Oswaldo Dornelles Pons e expositor Alexandre Gasparotto, Cabanha Gasparotto, Viamão/RS

Sandino do Infinito, filho de Cônsuelo do Infinito e Mãe da Lua do Infinito; expositor Antônio Carlos Garcia, Viamão/RS

Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

49


Morfologia

Quaraí/RS 25 de outubro Técnicos: Henrique Litchina González Jurado: Rodrigo Pacheco Grande Campeã e Melhor Exemplar Da Raça

Reservada Grande Campeã

Grande Campeão

Reservado Grande Campeão

Quilero Uva Colorada, filha de Cancioneiro do Portal Gaúcho e Patera Chico; criador e expositor Daniel Gregório, Cabanha Anunciada, Uruguaiana/RS

OF Luz Del Fuego, filha de JLS Hermoso e Úrsula do Pinhal; criador e expositor Santo Izidro/Ouro Fino, Cabanha Santo Izidro/Ouro Fino, Santa Maria/RS

OF Jô, filho de JLS Hermoso e Apreciada do Pinhal; expositor Parceria Rural Agropecuária Serra Verde, Alegrete/RS

Sanga Grande Lobisomem, filho de Marajá do Manantial e Hosana Tupambaé; criador Ronald Costa de Quadros e expositor Jorge Alessandro Martins Bueno, Cabanha Sanga da Areia, Quaraí/RS

3ª Melhor Fêmea

4ª Melhor Fêmea

Hipoteca do Pinhal, filha de BT Raposão e Arpa do Pinhal; expositor Parceria Rural Agropecuária Serra Verde, Alegrete/RS

Santa Zeli 89, filha de TT Manotaço e Lentilha do Manantial; criador e expositor Marco Aurélio Brandolt, Estância Santa Zeli, Quaraí/RS

São Gabriel/RS 26 de outubro Técnicos: Gilberto Domingues Rieth Jurado: Manuel Luís Benevenga Sarmento Melhor Exemplar da Raça e Grande Campeã

Reservada Grande Campeã

Grande Campão

Reservado Grande Campeão

Marconi Gata Manhosa, filha de Alto Astral de Santa Edwiges e Amorosa de Santa Edwiges; criador e expositor Alexandre Espíndola Araújo, Cabanha Marconi, Santana do Livramento/RS

Haragana de Vista Alegre, filha de Alto Astral de Santa Edwiges e Danada de Vista Alegre; criador e expositor Rafael Annoni Giuliani, Estância Vista Alegre, São Vicente do Sul/RS

Entrevero de Santa Juvita, filho de Aqui Estoy da Santa Juvita e Santa Thereza Encruzilhada; criador Émerson Peukert Schaedler e expositores Paulo, Jorge e Cândido Nunes, Cabanha Potreiro Verde, Taquari/RS

JI Lenço Colorado, filho de Del Oeste Mutante e JI Encomenda; criador Inês Nicoloso de Castro e expositor João Gustavo Nunes e Pedro Müller, Cabanhas Sol de Ouro e Sede Velha, Augusto Pestana/RS

3ª Melhor Fêmea

4ª Melhor Fêmea

3º Melhor Macho

4º Melhor Macho

Santa Alice La Rienda, filha de Aqui Estoy da Santa Juvita e Santa Alice Serenata; criador e expositor Marcelo Bomfiglio Marçal, Estância Santa Alice, Rosário do Sul/RS

JLN Debochada, filha de Índio do Boeiro e BT Traviata; criador e expositor Jackson Loer Nonnenmacher, Cabanha Capão das Pitangueiras, Augusto Pestana/RS

Fogozo de los Campos, filho de Macanudo do Itapororó e Gala da Fascinação; criador Aldo Vendramin e expositores Aldo Vendramin/Jean Carlos Santos Mendes

Santa Alice Mayordomo, filho de Aqui Estoy de Santa Juvita e Santa Alice Haragana; criador e expositor criador e expositor Marcelo Bomfiglio Marçal, Estância Santa Alice, Rosário do Sul/RS

Grande Campeã e Campeã Potranca Menor

Reservada Grande Campeã e Campeã Potranca Maior

Melhor Exemplar da Raça, Grande Campeão e Campeão Cavalo Adulto

Reservado Grande Campeão e Campeão Potranco Menor

Resolana 126 da Recalada, filha de Maragato dos Alpes e Jardineira da Itaúna; criador e expositor Fábio Langlois Ruivo, Cabanha Recalada, Pelotas/RS

Liberdade F 443, filha de JA Anarquista e Liberdade F 215; criador e expositor Arthur Luiz da Silveira, Cabanha Liberdade, Pelotas/RS

SJ Xadrez, filho de BT Fiador e Utopia de Santa Edwiges; criador Lugajo Agricultura e Pecuária Ltda e expositor Condomínio SJ Xadrez

Guanabara Nunca Más, filho de Maragato dos Alpes e Guanabarra Fanfarrona; criador e expositor Luís Carlos da Silva Carvalho Júnior, Cabanha Guanabara, Rio Grande/RS

3ª Melhor Fêmea e Campeã Égua Prenhe

4ª Melhor Fêmea e Reservada Campeã Potranca Maior

3ª Melhor Machos e Campeão Potranco Maior

4º Melhor Macho

SJ Queimada, filha de BT Fiador e Remolacha do Capão Grande; criador João Alberto Cunha da Rocha e expositor Lugajo Agricultura e Pecuária Ltda., Fazenda São João, São Lourenço do Sul/RS

Guanabara Moça Linda, filha de Maragato dos Alpes e Guanabara Erva Mate; criador e expositor Luis Carlos da Silva Carvalho Júnior, Estância Guanabara, Rio Grande/RS

Diretor da Liberdade, filho de Xingú Ibiá e Liberdade F 206; criador Arthur Luiz da Silveira e expositor Marcos Ronei Dias e filhos, Pinheiro Machado/RS

Gabarito da Tamanca, filho de Pampa de São Pedro e BT Jornalista do Junco; criador Lauro Cardoso Terra e filhos e expositor Paulo G. Ribeiro e Lauro Cardoso Terra e filhos

Canguçu/RS 26 de outubro 48 animais Técnicos: Cláudio Neto de Azevedo Jurado: Flávio de Borba Pereira

50 Cavalo Crioulo | Novembro, 2013


Morfologia Itaqui/RS 25 e 26 de outubro Técnicos: Carlos Marques Gonçalves Jurado: Hermes Dourado Filho Fotos La Rural Fotografia

Melhor Exemplar da Raça e Grande Campeã

Reservada Grande Campeã

Grande Campeão

Reservado Grande Campeão

PP Picaflor da Renascer, filha de Nico do Itapororó e Delicada da Camila; criador Paulo Roberto Pavin e expositor Agropecuária Pavin, Uruguaiana/RS

Nascente Mapocho, filha de Maragato dos Alpes e Gabriela de Santa Angélica; criador Sérgio Santos Sant'Anna e filhas, Cabanha Mapocho, Pelotas/RS

Roncador do Inhanduvá, filho de Macanudo do Itapororó e Mañanero Apasionada; criador Nestor de Moura Jardim Neto e expositor Sidney dos Santos, Itaqui/RS

Delegado da Camila, filho de BT Hospedeiro e Simpática da Camila; criador Manoel Rodrigues e expositor Cabanhas La Porfiada, Desponte e D. Feu PPE, Uruguaiana/RS

3ª Melhor Fêmea

4ª Melhor Fêmea

3ª Melhor Machos

4º Melhor Macho

Cereja Icoporã, filha de BT Torero e RF Instruída; criador José Inácio Fagundes e expositor Fernando M. Silveira, Itaqui/RS

Patroa do Boeiro Branco, filha de Carqueja Lucero e Clementina do Itapororó; criador e expositor Braulio Dinarte da Silva Pinto, Cabanha Boeiro Branco, Itaqui/RS

Tiro Largo do Itapororó, filho de Mañanero Zapatazo e Quadra do Itapororó; criador Nestor M. Jardim Neto e Maria L. F. Jardim e expositores Leandro Arregui e Diego Arregui, Cabanha Pingo Arregui, Itaqui/RS

Trovão da Boeiro Branco, filho de Comandante da Velho Pedro e Herdeira do Boeiro Branco; criador e expositor Braulio Dinarte da Silva Pinto, Cabanha Boeiro Branco, Itaqui/RS

Mococa/SP 26 de outubro 43 animais Técnicos: Heitor Cheuiche Coelho Jurado: Eduardo Móglia Suñe

Fotos Felipe Ulbrich

Melhor Exemplar da Raça, Grande Campeã e Campeã Potranca Maior

Reservada Grande Campeã e Campeã Égua Menor

Grande Campeão e Campeão Cavalo Adulto

Reservado Grande Campeão e Reservado Campeão Cavalo Adulto

Hija de Mi Vida Matarazzo, filha de Viragro Rio Tinto e Cacho Graciosa; criador e expositor Jayme Monjardim Matarazzo, Cabanha Villa Matarazzo, Amparo/SP

Capadócia Anita, filha de Neguinho do TNT e Santa Alice Cantina; criador e expositor Antonio Carlos Cunha Lima Júnior, Fazenda Cabreúva, Itatinga/SP

Baderna Jaguané, filho de Cotizado Chico e Campana Invernada; expositor Valdomiro Poliselli Júnior, Fazenda Cardinal, Mococa/SP

Pialo do Amanhecer, filho de Nácar do Purunã e Herança do Amanhecer; criador Fábio Bellotti Moura e expositor Carla Musa e Onécio Prado Junior, Haras Tamareira, Mundo Novo/GO

3ª Melhor Fêmea e Campeã Égua Prenha

4ª Melhor Fêmea e Campeã Égua Adulta

3º Melhor Macho e Campeão Potranco Menor

4º Melhor Macho e Campeão Potranco Maior

Garra Charrua, filha de Destaque da Santa Adriana e Ocasião Charrua; criador João Rouget Pérez Wrege e expositor Ricardo Pinto Faria, Fazenda Faria, Registro/SP

Flor da Matarazzo, filha de Xingú Ibiá e Carmen Perfumada; criador e expositor Jayme Monjardim Matarazzo, Cabanha Villa Matarazzo, Amparo/SP

Quilero Xispero, filho de Piraí 1533 do Honesto e Quilero Índia Linda; criador Eduardo Móglia Suñe e expositor Rafael Haddad, Cabanha RDH, Salto de Pirapora/SP

Hijo de Dom Martin da Matarazzo, filho de Viragro Rio Tinto e Adega do Boeiro; criador e expositor Jayme Monjardim Matarazzo, Cabanha Villa Matarazzo, Amparo/SP

Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

51


Morfologia

Rio Pardo/RS 26 de outubro Técnicos: Felipe Caccia Maciel Jurado: Marcos Stumpf Fotos Leandro Costa

Grande Campeã e Campeã Égua Menor

Reservada Grande Campeã e Reservada Campeã Égua Menor

Melhor Exemplar da Raça. Grande Campeão e Campeão Potranco Menor

Reservado Grande Campeão e Campeão Cavalo Menor

Graciosa do Resplendor, filha de Destaque da Boa Vista e Quilapy Lambuja; criador e expositor Juliano Fonseca Motter, Cabanha Resplendor, São Francisco de Paula/RS

Baronesa da Riothal, filha de Pioneiro da Paiva Netto e Lembrança da Coronilha; criador Geel Coutinho e filhos e expositor Deonísio Jair Flesch, Cabanha W8, Santa Cruz do Sul/RS

Belle Horizonte, filho de Del Oeste Mutante e BT Esquila; criadora Elizabeth Lemanski e expositor Geel Coutinho e filhos, Cabanha Riothal, Santa Cruz do Sul/RS

Gole Seco do Resplendor, filho de Destaque da Boa vista e Ita Lenda; criador e expositor Luciano Fonseca Motter, Cabanha Resplendor, São Francisco de Paula/RS

3ª Melhor Fêmea e Campeã Égua Adulta

4ª Melhor Fêmea e Campeã Potranca Menor

3° Melhor Macho e Reservado Campeão Cavalo Menor

4° Melhor Macho e Campeão Cavalo Adulto

Sol de Maio Amargura, filha de BT Inteiro do Junco e Jade da Sortiga; criador Paulo Affonso Dumoncel e filhos e expositor Agropecuária Casagrande

Íntegra do Elebê, filha de por Piraí 1040 do Brazão e Floresta da Caveira; criador e expositor Leônidas Burtet, Agropecuário Burtet, Cachoeira do Sul/RS

Ídolo do Arsenal, filho de EF Falcoeiro e Fleuma do Ibirocai; criador Carlos Eduardo de Souza Altenhofen e expositor Dilceu Antônio de Borba

Esparciata da Rio Branco, filho de Antares do Elebê e Imagem da Terra Preta; criador e expositor Nelson Bennemann, Cabanha Rio Branco, Cachoeira do Sul/RS

Cruz Alta/RS 25 de outubro 45 animais Técnico: Jorge Aginelo do Nascimento Jurado: João Vicente Sá

Fotos Alexandre Freitas

Melhor Exemplar da Raça, Grande Campeã e Campeã Potranca Menor

Reservada Grande Campeã e Reservada Campeã Potranca Menor

Grande Campeão Campeão Cavalo Adulto

Reservado Grande Campeão e Campeão Potranco Menor

Baroneza dos Castanheiros, filha de BT Hospedeiro e Umbanda dos Castanheiros; criador e expositor Miguel e Rodrigo Scarpellini Campos, Cabanha dos Castanheiros, Cruz Alta/RS

GT Dama de Vermelho, filha de Vinho Tinto do Purunã e GT Prenda Minha; criador e expositor Marcial Domingos Terra, Cabanha Tarumã, Tupanciretã/RS

Água Funda Bolero, filho de Largo da 3J e Uma História da Água Funda; criador Henrique José de Queiroz Marim Teixeira e expositor Condomínio Bolero, Ibirubá e Julio de Castilhos/RS

Te Quiero Maligno, filho de Índio do Boeiro e Arapey Boneca; criador Japejui Agricultura e Pecuária e expositor Japeri Agricultura e Pecuária e Condomínio Te Quiero, Cruz Alta e Giruá/RS

3ª Melhor Fêmea e Campeã Égua Menor

4ª Melhor Fêmea e Campeã Égua Prenhe

3° Melhor Macho e Campeão Potranco Maior

4° Melhor Macho e Reservado Campeão Potranco Maior

La Castellana Guarnicion, filha de Matreiro do Itapororó e Nochera Tota; criador e expositor Marcelo Amaral Moraes, Cabanha La Castellana, Santiago/RS

Luma das Três Palmeiras, filha de BT Inteiro do Junco e Esperança das Três Palmeiras; criador Maurício Pacheco e expositor Conrado Banolas Ferreira, Cabanha Taboão, Cruz Alta/RS

Dom Alberto Kero-Kero, filho de Rodopio de São Pedro e Dom Alberto Felicidade; criador Fernando Alberto Scholze e expositor Condomínio Kero-Kero, Ijuí/RS

Cheiro Verde Cala Bassa, filho de Piraí 1569 do Brazão e Firmeza 1155 do Palanqueiro; criador Marcelo Rezende Móglia e expositor Marcelo Móglia, Diego Kutski e Rodrigo Bastos da Silva, Bagé e Cruz Alta/RS

52 Cavalo Crioulo | Novembro, 2013


Morfologia

Dom Pedrito/RS 26 de outubro 43 animais Técnicos: Daniel Rossato Costa Jurado: Mariano Oneto

Fotos Fagner Almeida

Melhor Exemplar da Raça e Grande Campeã

Reservada Grande Campeã

Grande Campeão

Reservado Grande Campeão

Salsa Ico, filha de Napaleofu Bailecito e Finta Ico; criador e expositor Frederico Wolf, Cabanha São Desso, Dom Pedrito/RS

Quilero Xismera, filha de Piraí 1569 do Brazão e Quilero Sorte Grande; criador e expositor Eduardo Móglia Suñe, Cabanha Quilero, Bagé/RS

Bem Criado Cala Bassa, filho de Piraí 1569 do Brazão e Pintura da Lagoa; criador e expositor Marcelo Rezende Móglia, Cabanha Cala Bassa, Bagé/RS

Zamorano da Coronilha, filho de Santa Elba Señuelo e Malícia da Coronilha; criador e expositor Parceria Agropecuária Osório Gomes, Cabanha Coronilha, Dom Pedrito/RS

3ª Melhor Fêmea

4ª Melhor Fêmea

3º Melhor Macho

4º Melhor Macho

Firmeza Florida, filha de Tamboré do Purunã e Firmeza 1211 do Palanqueiro; criador e expositor Paulo Tavares Móglia, Estância Firmeza, Bagé/RS

Firmeza 1647 do Xirú, filha de Xirú de Santa Edwiges e Piraí 731 do Nobre; criador e expositor Paulo Tavares Móglia, Estância Firmeza, Bagé/RSS

Serrilhada Gajo, filho de AZ de Ouros Gravatá e Ricoleta Barão; criador Edison Paiva Júnior e expositor Luiz Gustavo Ceschin Duleba

Guaycuru Alcalde, filho de AS Malke Cartucho e Guaycuru Alcalá; criador e expositor Edmundo Torres Neto, Estância Santa Anna, Dom Pedrito/RS

Santana do Livramento/RS 31 de outubro 44 animais Técnico: Alexandre Suñe Jurados: Marcelo Móglia e Márcia Linhares (fêmeas) e Álvaro Dumoncel e Jorge Aginelo do Nascimento (machos)

Fotos Fagner Almeida

Grande Campeã

Reservada Grande Campeã

Melhor Exemplar da Raça e Grande Campeão

Reservado Grande Campeão

Santa Alice Jóia Rara, filha de Aqui Estoy da Santa Juvita e Santa Alice Nortenha; criador e expositor Marcelo Bomfiglio Marçal, Estância Santa Alice, Rosário do Sul/RS

FR Divertida, filha de Índio do Boeiro e FR Urtiga; criador Rocha Peccinin-Irmãos e expositor Rocha Peccinin-Irmãos e Cabanha Boeiro, Fazenda Mato Alto, Santa Maria/Uruguaiana/RS

Dom Juan de São Pedro, filho de BT Delantero e Morena de São Pedro; criador Eduardo Macedo Linhares e expositor Eduardo Macedo Linhares e Jose Schwanck, Estância GAP São Pedro e Cabanha Malke, Uruguaiana/RS

Entrevero da Santa Juvita, filho de Aqui Estoy da Santa Juvita e Santa Thereza Encruzilhada; criador Émerson Peukert Schaedler e expositor Condominio Entrevero, Cabanha Potreiro Verde e Cabanha do Boeiro, Taquari e Uruguaiana/RS

3ª Melhor Fêmea

4ª Melhor Fêmea

3º Melhor Macho

4º Melhor Macho

Rubia do Inhanduvá, filha de Macanudo do Itapororó e Mañanero Demetria; criador Nestor de Moura Jardim Neto e expositor Condominio Rural Itapororó e Santa Marta, Cabanha Itapororó Santa Marta, Alegrete/RS

Três Cerros Domingueira, filha de AS Malke Sedutor-TE e AS Malke Sabatina; criador Rafael Pons Suñe e expositor Parceria Três Cerros, Aceguá/RS

Santa Alice Mayordomo, filho de Aqui Estoy da Santa Juvita e Santa Alice Haragana; criador e expositor Marcelo Bomfiglio Marçal, Estância Santa Alice, Rosário do Sul/RS

Campana Viriato, filho de Triunfo do Purunã e Campana Pulpería; criador Mário Moglia Suñe e expositor Paulo Ricardo Schida Corrêa, Cabanha Nossa Senhora da Penha, Santana do Livramento/RS

Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

53


54 Cavalo Crioulo | Novembro, 2013


Finais do Crioulaço e Laço Criador têm datas definidas e acotecem em abril Fotos Fagner Almeida/ Arquivo ABCCC

experiente e que conhece de perto a modalidade. Para ele, a iniciativa de retomar a final individual é boa. “Lembro que quando era fora da Expointer, como voltará a ser, a participação era maior e mais intensa. A coisa tinha mais brilho!” Agora ele espera que a realidade volte a ser esta, o que, na opinião dele, integrará mais os participantes não só do Crioulaço como também de outras modalidades. A premiação ainda está sendo discutida e estudada pelos organizadores do laço. Segundo eles, a intenção é premiar mais pessoas e distribuir o prêmio entre os melhores classificados.

Estímulo aos Núcleos

A exemplo da decisão do ciclo passado, a de 2014 tamém acontece na Pista 1 do Parque Assis Brasil, em Esteio/RS Cássia Amaro

E

m agosto deste ano, quando a diretoria da Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Crioulo (ABCCC) se reuniu para o encontro anual de avaliação, as provas de laço do Crioulo ganharam um novo formato. Uma das mudanças mais expressivas é a inserção de um evento próprio para o final da modalidade no calendário de marcos da raça - e a data já está marcada: nos dias 25, 26 e 27 de abril do ano que vem ocorre a Final Nacional do Crioulaço, em Esteio/RS. De acordo com o coordenador da subcomissão da modalidade, Lúcio Rigon Stacowski, a novidade busca atender àquilo a que os competidores não abrem mão: o contato de seus cavalos nos acampamentos, o que durante a Expointer é impossível, segundo ele. Até então, era lá que ocorria a grande final. “Pretendemos fazer uma enorme festa para os laçadores”, diz Stacowski. O primeiro dia de evento, sexta-feira, será reservado para a acomodação dos competidores. Eles montarão o acampamento, farão medição de laço, retirada de coletes e os animais poderão descansar. “Para os que chegarem com tempo teremos raspadinhas que servirão de reconhecimento da pista e aquecimento no braço para as provas oficiais”, afirma ele.

Junto com a novidade do evento independente - que ocorrerá na Pista 1 do Parque de Exposições Assis Brasil - veio também a extinção das Classificatórias e a habilitação de todas as seletivas para a final. Com as mudanças homologadas, para todo o Crioulaço promovido uma disputa de Laço Criador tem que ser agendada. O coordenador da subcomissão defende que atualmente é muito mais fácil promover estes certames em função do fortalecimento das competições na base, ou seja, nos

núcleos. “Extinguiu-se o fundo de premiação que onerava os organizadores e fomos além, bonificando os núcleos por Crioulaço realizado.” Agora, portanto, as unidades regionais devem se organizar com base na data da final nacional para promover suas provas. “Contamos com que os núcleos aproveitem estes novos benefícios para alavancar ainda mais a maior prova da raça Crioula”, espera Stacowski. A expectativa também toma conta de Geraldo Sussenbach, laçador

Como organizadores das etapas semifinais da modalidade, os Núcleos de Criadores de Cavalos Crioulos terão apoio especial para promoção destas etapas. Foi criado um bônus aporte exclusivo da modalidade, onde serão distribuídos até R$ 1,5 mil por evento, desde que este alcance mais de 90 duplas inscritas. Entre 60 e 89 participantes, o bônus será de R$ 1.000,00 e, de 30 a 59 participantes, de R$ 500,00. Além disso, o fundo de premiação da modalidade será extinto. Para cumprir o aporte, o Núcleo deve indicar cinco empresas da cidade, com o objetivo de prospecção para as empresas conveniadas à ABCCC.

Na última final do Crioulaço, ainda dentro da Expointer, Ivan Barbosa foi o campeão montando Ponchero da Rio Bonito

Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

55


Início de um ciclo por novos horizontes no Enduro Cássia Amaro

U

m domingo ensolarado marcou o início do ciclo de Enduro, na Cabanha Rio Bonito, em Ponta Grossa, interior do Paraná. A primeira disputa da etapa 2013-2014 na raça compôs a programação da Copa Brasil de Enduro Equestre do Cavalo Crioulo, a 3ª Etapa do Campeonato Paranaense de Enduro Equestre e a primeira edição do Campeonato Brasileiro de Enduro Paraequestre. O Crioulo foi representado por 18 conjuntos, sendo que quatro destes se destacaram nas categorias 40km regulada e 20km. Segundo o coordenador da subcomissão de Enduro da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), Rodrigo Michelon, mesmo com o número limitado de participações, o resultado do evento foi satisfatório. “A experiência foi muito positiva para a modalidade. Além de expandir a participação da raça em provas fora do Rio Grande do

56 Cavalo Crioulo | Novembro, 2013

Foto Guilherme Hamm

Sul, ver a organização de uma disputa de nível nacional é de grande valia”, afirma Michelon. Os grandes destaques da raça no evento foram os conjuntos Marcelo Ulsenheimer montando Papafrita da Rio Bonito - filha de Butiá Orelhano e Bibiana da Rio Bonito - e Franco Demeterco Santos montando Pimenta da Rio Bonito, filha de Queen de Rosazul e Yachico Baraja. O conjunto composto por Ulsenheimer e Papafrita ficou com a primeira colocação na categoria 40km regulada, enquanto Santos e Pimenta subiram no degrau mais alto do pódio na categoria 20km. Michelon explica que muitos competidores acabaram deixando de participar da prova em função de não terem tido tempo de apresentar os documentos obrigatórios à competição. De qualquer forma, o coordenador afirma que a presença da raça no território além Rio Grande do Sul foi estimulante na busca pelo crescimen-

Dezoito conjuntos representaram a raça na abertura do ciclo 2013-2014 to do projeto que tem como objetivo estender as fronteiras do Crioulo pelo Brasil. “A primeira prova de Enduro do ciclo foi também nosso primeiro passo na conquista de novos territórios. A festa foi muito bonita e fomos bem recebidos, o que nos inspira a

seguir participando de cada vez mais eventos”, conta. Ele ainda destaca a importante ajuda dos parceiros Estância Bandeira e as cabanhas Rincão dos Xucros e Guaçu, que fizeram doações para a premiação da disputa ocorrida em Ponta Grossa.


Catálogo de Resultados * ainda sujeitos à homologação

Crioulaço Cruz Alta/RS 5 e 6 de outubro Técnico: Jorge Aginelo do Nascimento Jurados: Cleber Todero e João Hoccmuller

Laço Criador 1º Lugar Gustavo Andrade montando Miss do Passo do Pontão

2º Lugar Rafael Nascimento montando Fivela 23 do Rauna

Crioulaço

3º Lugar

1º Lugar

Rodrigo Zigoski montando LRZ Escondida

Roberto Guerreiro montando Xepa dos Castanheiros e Lucas Forgiarini montando KT Salvador

2º Lugar André Machado montando Zero Bala dos Castanheiros e Thaian de Ávila montando Garoa da Taimã

3º Lugar

4º Lugar Tiago Machado Oliveira montando Corajosa do Rincão da Palma

Sant. do Livramento/RS

Alan Soares montando Bacarai Impostora e Thaian de Ávila montando Xiru dos Castanheiros

13 de outubro Técnico: Luiz Francisco Leite Jurados: Gilmar Brandão e Júlio dos Santos

Demais habilitados

Crioulaço

Fabrício Miranda montando Jumbo da Fivela e Ibi Riguer montando Farpa do Capão da Ronda

1º Lugar

Bernardo Silva montando Norte da Marca Sol e Alex Ortiz montando Presilha da Vinte e Três Everaldo Madruga montando Amigo Secreto dos Castanheiros e Josué de Souza montando Zé Dirceu dos Castanheiros Afonso Maldaner montando Apolo do Rio Largo e Tiago Monteiro montando Herdeiro do Passo do Pontão Claudiomar Schiquel montando Ziraldo dos Castanheiros e César Araújo montando Noturno da Mariana

Eduardo Vigil montando Anita da Rama Negra e Richard Nunes montando Regalo do Chimango

2º Lugar Jonatan Costa montando HM Beretta 22 e Eduardo Souza montando HM Atrevida Nobreza

3º Lugar Eduardo Souza montando Escarapela da Santa Gertrudes e Jonatan Costa montando Desconfiada da Santa Gertrudes

Demais habilitados

João Hocmuller montando Itapitocai Honório e Michael Machado montando Galponeiro do Capão da Ronda

Ricardo Cordova montando Santa Brígida Encantada e Mauro Silveira montando Altanero Aguacero Adaga

Gilson dos Santos montando Feiticeira do Taboão e Alfredo do Carmo montando Escarapela do Paraíso Benito

Divonei Dias montando Santa Brígida Cambará e Giovani Ávila montando MH Andino

Fabiano Machado montando Camb Quito e João Adam montando Namorada do Oasis

Jorge Menezes montando Antenada da Faxina e Eduardo Menezes montando Entonado dos Cerros Verdes

Claudiomar Schiquel montando Capão da Divisa Vaidosa e César Araújo montando Frazão Serrano

Arnaldo Ferreira montando Retorno de Pai Passo e Giliard Tamires montando Mimosa do Topador

Rudah dos Passos montando Azurra dos Castanheiros e Ademar Lima montando Zaza dos Castanheiros

Nerlei Maciel montando Orgulhoso F do Camboim e Gabriel Acosta montando Consagrada do Sinuelo

Gilson dos Santos montando Bonadade do Chapadão e Alfredo do Carmo montando TJ Andejo

Gabriel Haur montando Varanda da Pedra Mansa e Leonildo Paulo montando Ferrolho do Salton

Eduardo Menezes montando Checkmate da Faxina e Giliard Taramo montando Bolhadeira da Faxina José Ari montando Deixa Disso Flor Del Pago e Marcos José montando Baiano da Fronteira José Bento Falcão montando Pilchas Carisma 234 e Júlio César Crillava montando Pilchas Muchacha 229 Guilherme Garcia montando ICG Apaga Fogo e Gabriel Cursino montando La Diabla Aguardiente

Demais habilitados Luan Moreira montando NV Fandango e Reger Ramos montando Pluma da Harohara Júnior Jardin montando Solito da Magnólia e Ricardo Astigarraga montando Era do Costado Vilson Guerra montando Charmosa do Evagui e Luciano Chaves montando Limonada da São Januário Mateus Rodrigues montando Cerro Coroado 386 e Jorge Nunes montando Dom Castro Candidata

Alex dos Santos montando Capanegra Guaraná e Magner Marques montando Monarca da Restinga

Reges Alves montando Rebeca de Santa Elisa e Rafael Alves montando Oferta do Guassupi

Richard Nunes montando La Diabla Chalchalero e Eduardo Vigil montando Bien Venido da Pedra Negra

Itamar Guterrez montando Namorada de São Lucas e Cléber Feltrin montando Regalo do Rancho

Laço Criador

Laço Criador

1º Lugar

1º Lugar

Jorge Pinto montando Benta Don Ricardo

Henrique Seeger montando Recomeço do Toco

2º Lugar

2º Lugar

Eduardo Souza montando Aragano do Laço

Manuel Crossetti montando Madrinha do Guassupi

3º Lugar

3º Lugar

Eduardo Menezes montando Checkmate da Faxina

Luiz Carlos Silva montando LRS Dandara

4º Lugar

4º Lugar

Edson Carrrion montando Farroupilha Don Carrion

Luiz Fernando Malezan montando OMF Dona Flor

Santa Maria/RS

Caçapava do Sul/RS

12 de outubro Técnico: Fernando Segala Jurados: Fabrício Redin e Lauro Bitencourt

13 de outubro Técnico: Olmiro de Andrade Filho Jurados: Nomélio Alves e Jairo Dias de Freitas

Crioulaço

Crioulaço

1º Lugar

1º Lugar

Lucas Madruga montando LRS Duque e Luciano Schaffer montando Marca Grande dos Baios

Leonardo Pedroso montando KT Salvador e Ulisses Vieira montando Unha de Gavião do Infinito

2º Lugar

2º Lugar

Diego Batista montando Que Bala do Nhocorotó e Felipe Quevedo montando JN Nefertine

Fábio Fonseca montando Goiabada 293 do Santa Fé e José Brum montando Entrevero da Calma

3º Lugar

3º Lugar

Régis Freitas montando Los Rotcha Homenagem e Evandro Freitas montando Indiana da Nobleza Gaúcha

Gustavo Oliveira montando Nato do Mazaga e Bruno Garcia montando Campeiro do Bate Casco

Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

57


Demais habilitados Viviane Paz montando Iluminada dos Minérios e Sidnei Paz montando Macarena de Santa Emiliana Alexandre Freitas montando Estafeta 259 do Santa Fé e Renato Godinho montando Quarteto Nhocorotó Benhur Garcia montando Ponteiro do Bororó e Joanderson Forgiarini montando Yvituhatã El Topador Davi Dias montando Chinoquinha da Orqueta e Diego Dias montando Gaiteiro de Bagé Fábio Fonseca montando Japa de São Borja e José Brum montando Guinada do Boca Braba

Laço Criador 1º Lugar Sidnei Paz montando Balada do Quebra Canga

2º Lugar

Adair Jenz montando Quengo de São Bibiano e Natan Simão montando Cascavel 50 Lugano

Everton Dutra montando Tubi-Chá Oriental e Leandro Nunes montando Verruma do Aguay

Maurício Réus montando Esperança do Costa Nobre e Régis Ramos montando Encantada da Temporona

Vagner Ferreira montando Zuca das Três Paineiras e Lucas Perônio montando Aguardente de Santa Ondina

Igor Lima montando HF Jeitoso e Evandro Reis montando Neruda do Trinta e Oito

Laço Criador

Cléber Turati montando AS Malke Logrado e Douglas Monteiro montando Feitiço do Forte São Joaquim Taian Dalanhol montando Flexilha da Invernia e Solemar Oliveira montando Badana do Valle Nevado Félix Lummertz montando Möller Garrucha e André Rosa montando RE Escondida

Sto.Antônio das Missões/RS 20 de outubro Técnico: Jaime Bica de Freitas Jurados: Maurício Cardinal Ristow

Fábio Ferreira montando FPF Altiva

3º Lugar Fábio Ferreira montando Herdeiro 355 do Santa Fé

Praia Grande/SC

Crioulaço 1º Lugar Vagner Ferreira montando Ibaré Rima e Lucas Perônio montando Esperança de São Borja

18 de outubro Técnico: Luiz Francisco de Quadros Leite Jurados: Frederico Pacheco e Leonardo Scheffer

2º Lugar

Crioulaço

Marcos Rodrigues montando DC Nescau de Mi Flor e Marciano Rodrigues montando Xafic do Icamaquã

1º Lugar Gilnei Moraes montando Impac Noviço e Joelson Andrade montando Pretto 256 Quina

2º Lugar

Lucas Marques montando DC Harpa de Mi Flor e Cristio Antunes montando Capão da Divisa Urna

3º Lugar

Demais habilitados Irineu Barcelos montando LT Faceiro e Dieison Antunes montando Jotape Trovador

Sérgio Rodrigues montando Matreiro do Trinta e Oito e Gustavo Dornelles montando Latino do Trinta e Oito

Sílvio Freitas montando Oitava Rima de São Borja e Fábio Paraíba montando Sedução do Icamaquã

3º Lugar

Fabiano Lopes montando Marquês 410 do Capão do Índio e Eduardo Lopes montando Buenacho do Fabiano

Alexandre Ferreira montando Carmin de Santa Goretti e Simon montando Recuerdo do Garrucho

Outros classificados Élder Lima montando FA Sentinela e Arnaldo Lima montando Odalisca das Três Argolas

58 Cavalo Crioulo | Novembro, 2013

Felipe Saturno montando DC Delongas de Mi Flor e Adriano Ferreira montando Darlan do Cambuchin Everton Dutra montando Rebelde do Icamaquã e Leandro Nunes montando Reina da Brisa

1º Lugar

Júlio de Castilhos /RS 27 de outubro Técnico: Fernando Gravina Jurados: Marciano Portella, Rodrigo Mello e Rodrigo Siqueira

Crioulaço 1º Lugar

Fabiano Lopes montando Serano do Fabiano

João Ernesto montando Marca Onze João de Barro e Silmar Lima montando Honra da Casa do Pinhal

2º Lugar

2º Lugar

Cleber Todero montando Saudades Queimada

Cristiano Vieira montando RVG Autentica e Fábio Almeida montando Índia Tucumã

3º Lugar

Itaqui /RS 27 de outubro Técnico: Paulo Armando Rebello Solheid Jurados: Carlos Eduardo Lima, Diogo Gavião e Olmiro Pinto Brum Jr

Crioulaço Lista de habilitados Igor da Silva montando Alarife do Bororé e Emerson Tomé montando Onda do Campestre Everton Pazetto montando San Marino 17 do Arregui e Giovane Pazetto montando Loiro 87 do Arregui Maurício Dedinot montando Semente da Restinga e Felipe Trindade Solitária Ostigoso 2257 de Santo Ângelo Fernando Silveira montando Cereja Icoporã e Felipe Trindade montando FGR Bezouro Evando Bonetti montando Sociedade do Boeiro Branco e Edimar Dornelles montando Jaguar da Velha Estância Ari Costa Jr montando Ita Revoltosa e Rodrigo Chaves montando Bororé 82 do Arregui

Laço Criador Lista de habilitados Evandro Bonetti montando ST Coruja Evandro Bonetti montando ST Imperatriz

Luciano Machado montando Francesa da Santa Juvita e Pedro Carvalho montando Dengosa da Santa Juvita

Demais habilitados Otacílio Herter montando Sereia do OH e Angelito Hernandes montando Xara do Castanheiros Lucas Both montando Forastero da Santa Juvita e Daniel Both montando Golias da Santa Juvita Eduarda Lima montando Jaguariúna da São Marcelo e Luciano Machado montando JBS Balaqueira Lucas Both montando Magia 04 do Passinho e Daniel Both montando Tafona da Agua Funda Marcelo Mello montando Assanhada da Guaiaca e Felipe Dias montando Roqueiro do Toropi Diogo Mello montando Santa Leodora Vanguarda e Leonardo Mello montando RPS João de Barro Rubiano Silva montando Xororó do Troncos e Elcio Barros montando Gago da Fivela Jader Ceolin montando Guria do Taboão e Valdemir Martins montando Agua de Los Campos Y Maquena Concepto Rodrigo Mario montando Manuelita do Guassupi e Rodrigo Quevedo montando Dom Castro Geada Adão Mello montando FR Dançarina e Leonardo Borges montando RJ Alvoroço Edson Portella montando Quitanda do Guassupi e Alexandre Lima montando Pandorga do Guassupi


São Sepé /RS

2º Lugar

3º Lugar

Enduro

27 de outubro Técnico: Olmiro Andrade Filho Jurados: Arlindo da Luz e Márcio Pires Fonseca

Fábio Favero montando Tatuada das Três Estâncias, Maicon Ecco montando Sol de Maio Cosa Nostra e Cleir Odilon montando Taura dos Cinco Salsos 3 bois - 1’00”09

Alexandro Carvalho montando Joanita do Passo do Pontão, Everton Ferreira montando Bandeira da Ouro Branco e Alan Ferraz montando Ibiza 143 do Cerro Velho 6 bois - 3’52’14

Ponta Grossa/PR

Crioulaço

3º Lugar

4º Lugar

1º Lugar

1º Lugar Régis Barnasque montando Sassá do Infinito e Gaspar Martins montando Juno do Infinito

2º Lugar Gaspar Pires montando TA Dondoca e Tiago Mota montando Granfina da Lembrança

Evandro Klein montando Cantiga da Cabanha do Prata, Jefersson Araújo montando Íntimo do 38 e Ari Martinsn Brum montando Dado da Cabanha do Prata 3 bois - 1’50”80

Júlio de Castilhos/RS

Giovana Giareton montando Luz Vermelha do Vagalume e Rafael Scherer montando Obra Prima do Vagalume

11 de outubro Técnico: Felipe Caccia Maciel Jurados: Marciano da Silva Portela e Mário César Scherer

Demais habilitados

1º Lugar

Jocemar Fonseca montando Carinhosa da Destemida e Juliano Fonseca montando Amorosa da Destemida

Clécio Barros montando Maragato do Toropi, João Silva montando Nebuloso do Toropi, Tiago Bertagnolli montando Pelego do Toropi 6 bois - 2'02''45

3º Lugar

Campereada Santa Rosa/RS 6 de outubro Técnico: Alexandre Pons Suñe Jurado: Charles Thiele

2º Lugar Haroldo Salles montando Matreira dos Baios, Sílvio Menegassi montando Santinha da Erva e Lucas Cardoso montando Lamarca do Guassupi 6 bois - 2'18''62

3º Lugar 1º Lugar Rafael Schmidt montando Láscara da Benvenutto, Leandro Rumpel montando Araçary 632 do Barulho e Rodrigo Caetano montando Guajuvira Maleva. 3 bois - 5’29”00

2º Lugar Siliane Pukall montando Guará Dom Olmiro, Rodrigo Pukall montando Mancha da Guaimbé e Joel Waldoff montando DPA Bandoleiro. 2 bois - 5’40”00

Luiz Alberto Wairich montando Coronel do Poço Grande, Haroldo Salles montando Neblina dos Baios e Flávio Henrique Bevilácqua montando Matra da Perpeta 6 bois - 2'19''10

Vacaria/RS 13 de outubro Técnico: Ricardo Guazelli Martins Jurado: Clodoveu Vieira Pinto Júnior 1º Lugar

Chapecó/SC 6 de outubro Técnico: Adolfo Martins Neto Jurados: Amélio Francisco Kwiecinski e Cidinei Boscato

Paulo Branco montando Níspero da Boa Vista, Garibaldi Ferraz montando Mandarim da Boa Vista e Luiz Rosa montando Picaflor da Boa Vista 6 bois - 3’09’16

2º Lugar 1º Lugar João Carraro montando Camoati Parente, Diego Grando montando Xaxado Cimarron e Mateus Grando montando Camoati Negreto 5 bois - 5’10”00

Luciano Oliveira montando Salamandra do Morro Grande, Gabriel Guagnini montando Síria do Morro Grande e Niumar Nassur montando Coxilha da Salvador 6 bois - 3’51”78

12 de outubro

Alexandro Carvalho montando Joanita do Passo do Pontão, Everton Ferreira montando Bandeira da Ouro Branco e Alan Ferraz montando Ibiza 143 do Cerro Velho 6 bois - 4’06’91

Papafrita da Rio Bonito, filha de Butiá Orelhano e Bibiana da Rio Bonito; criador Empreendimentos Agropecuários Rio Bonito Ltda e expositor Marcelo Ulsenheimer. Ginete: Marcelo Ulsenheimer

Sto.Antônio das Missões/RS

2º Lugar

19 de outubro Técnico: Jaime Bicca de Freitas Jurados: Marcelo Ferreira e Maurício Souza

Fenômeno da Rio Bonito, filho de Pora Raton e Constancia Escarapela 89; criador Empreendimentos Agropecuários Rio Bonito Ltda e expositor Marcelo Ulsenheimer. Ginete: Artur Ulsenheimer

1º Lugar Juliano Baldé montando Farofa da Marca Jóta, João Vítor montando Paisano do Itaó e André Rebolho montando Vitória Sinha Querência do 2621

Categoria 20km

2º Lugar André Ribeiro montando YY Olegário, Eduardo Lopes montando Buenacho do Fabiano e Fabiano Lopes montando Serano do Fabiano

Pimenta da Rio Bonito, filha de Queen de Rosazul e Yachico Baraja; criador e expositor Empreendimentos Agropecuários Rio Bonito Ltda, Fazenda Santa Cruz, Ponta Grossa/PR Ginete: Franco Demeterco Santos

3º Lugar

2º Lugar

Fabiano Rodru montando Oriente de São Borja, Rodrigo Caetano montando Enxaqueca da Taimã e Leandro Runtel montando Araçary 632 do Barulho

Brasita da Rio Bonito, filha de Cantante da Rio Bonito e Opalesca de São Martim; criador Empreendimentos Agropecuários Rio Bonito Ltda e expositor Ronaldo Arhanitsch e filho, Cabanha Parador, Balsa Nova/PR Ginete: Alexandre Rocha

Rio Pardo/RS 27 de outubro Técnico: Felipe Caccia Maciel Jurados: Ênio Mundstock, Mário Schuster e Tiago Nunes 1º Lugar César Klafke montando Arteira do Ouriço, Jucelmo Panta montando Auxiliadora do Veterano e Fernando Rodrigues montando Garruchado Capão Formoso 6 bois - 2'08''59

2º Lugar Amilcar Pereira Rego montando PPR Omã, Luciano Silveira montando PPR Tormenta e Leonardo Machado montando PPR Sinuelo 6 bois - 2'10"08

3º Lugar Juliano Panta montando PJJ Felicidade, Jucelmo Panta montando Descoberta do Cerro Chileno e Walter Pranke montando Abellina Santa Vitória 6 bois - 2'41''48

4º Lugar Clodoaldo Lima montando Tio Chico de São Bibiano, Ricardo Mota montando Aquerenciado da Santa Juvita e Derli Silveira montando Cawall Colherita 6 bois - 3'03"16

1º Lugar

Freio do Proprietário Camaquã/RS 5 e 6 de outubro Técnico: Daniel Rossato Costa Jurados: Glauco Pinto Xavier, João Alberto Cunha da Rocha e Roberto Martins Crespo

Master 1º Lugar Tropilha da Ibirapuera, filha de Campana Farrapo e Affonso Querendona; criador Leonardo Del Grande Pinto e expositor Carlos Airton Guterres Rosa Ginete: Carlos Rosa Nota: 8,826

2º Lugar Nortenha do Pontal, filha de BT Faraó e HF Festança; criador AC Agropecuária Ltda e expositor Nilo Silveira Garcia, Cabanha do Pontal, Arambaré/RS Ginete: Nilo Vieira Garcia Nota: 8,281

Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

59


3º Lugar HF Lupita, filha de Uniferro Tupambaé e JW Querência; criador AC Agropecuária Ltda e expositor Hoberdan Silveira Ginete: Hoberdan Silveira Nota: 7,803

Lages/SC

Categoria Master

18 a 20 de outubro Técnico: Adolfo José Martins Neto Jurados: Fábio Camargo, Luciano Ghisleri e Márcia Linhares

1º Lugar

4º Lugar BT Valquiria II, filha de BT Lucero e BT Malvina; criador Flávio Bastos Tellechea e expositor Everson Saldanha Costa Ginete: Everson Saldanha Nota: 5,324

Ijuí/RS 11 a 13 de outubro

Técnico: Jorge Aginelo do Nascimento

Jurados: Fernando Nascimento, Marlus Arruda e Roberto Crespo

Categoria Amador 1º Lugar TL Campana, filho de Impulso do Itapororó e Fuzarca Tambaé; criador Bruno Berwig Tombini e expositor Arthur Polidorio de Oliveira. Ginete: Gelson de Oliveira. Nota final: 7,756

Categoria Amador 1º Lugar Ilustre da Rio Bonito, filho de Cerro Campero Velhaco e Domitila da Rio Bonito; criador Empreendimentos Agropecuários Rio Bonito Ltda e expositor Mário Pires - Cabanha Pires, Florianópolis/SC Ginete: Mário Pires Nota final: 8,362

Orelhano do Rodeio, filho de Buenacho 04 do HV e Florentina do Itapororó; criador Luiz Carlos Albuquerque Py e filhos e expositor João Justino Accioli de Vasconcellos Ginete: João J. A. de Vasconcellos Nota final: 7,958

Areal/RJ 13 a 6 de outubro Técnico: Heitor Coelho Jurados: César Hax, Thiago de Ávila e Cláudio Neto de Azevedo

2º Lugar Una Más AP do Camboim, filha de Imigrante da Tradição e Jamaica do Camboim; criador Felipe Nery Gomes Martins e expositor Rafael Depetris Haddad, Cabanha Rdh, Itapetininga/SP Ginete: Rafael Depetris Haddad Nota: 7,743

3º Lugar Galera do Recanto Crioulo, filha de Imperador do Purunã e Galera Simpatia; criador Darlei Hess e expositor Fabrício de Assis Rossato, Cabanha do Rossatto, Curitiba/PR Ginete: Fabrício de Assis Rossato Nota: 7,625

4º Lugar

Categoria Amador

2º Lugar

1º Lugar

Fachudo da Bela Aliança, filho de Hilário do Purunã e BT Estremosa; criador Francisco Carlos Habowsky e expositor Gustavo Alves Chanin Ginete: Gustavo Alves Chanin Nota final: 5,374

Aquiles da Analina,filho de Las Missiones de Já Hoje e Estimada da Tipuana; criador e expositor Bento de Moura Borges Ferreira, Sítio Chaparral, Paraibuna/SP Ginete: Bento de M. Borges Ferreira Nota: 9,845

Guapuruma Jóia Rara, filha de Mañanero ES Asi e AS Malke Elite; criador André Luiz Narciso Rosa e expositor Allysson Farias, Cabanha Treze Tilias, Cachoeira de Macacu/RJ Ginete: Allysson Farias. Nota: 7,103

Paleteada Força A

60 Cavalo Crioulo | Novembro, 2013


Categoria Master

Ijuí/RS

Categoria Aspirante Feminina

1º Lugar

1º Lugar

11 a 13 de outubro Técnico: Jorge Aginelo do Nascimento Jurados: Fernando Nascimento, Marlus Arruda e Roberto Crespo

1º Lugar

Fábio Favero montando Tatuada das Três Estrelas e Oclair Odilom montando FM Taura do Cinco Salsos

JC João de Barro, filho de Nácar do Purunã e JC Carisma; criador e expositor José Augusto Ellwanger Freire, Sítio JC, Caxias do Sul/RS Ginete: José Augusto Ellwanger Freire Nota: 8,186

Categoria Juvenil Masculino

2º Lugar

1º Lugar

Hospedeiro do Tamboré, filho de Santa Elba Señuelo e BT Georgia; criador Diego de Lucena Zanandréa, e expositor Luiz de Alencar Araripe Júnior, Fazenda Boqueirão, Areal/RJ Ginete: Luiz de Alencar Araripe Júnior Nota: 6,774

Cascalho Cimarron, filho de Yanomami Liberal e Urtiga Cimarron; criador Fernando Fabrício de Faria Corrêa e expositor Tisa Helena Monteiro de Quadros, Agropecuária Fronteira, Uruguaiana/RS Ginete: Carlos Falcão Filho. Nota: 8,748

3º Lugar

Rz Taco da Carapuça, filho de BT Lamborguine e SJ Milonga; criador Rubens Elias Zogbi e expositor Luiz de Alencar Araripe Júnior, Fazenda Boqueirão, Areal/RJ Ginete: Luiz de Alencar Araripe Júnior Nota: 5,060

Freio Jovem

Categoria Infantil Masculino 1º Lugar Que Chica do Itapevy, filho de Despacito do Itapevy e Lolas Belina 109; criador Ana Maria I. Matas e Vicente D. Matas e expositor Tisa Helena Monteiro de Quadros, Agropecuária Fronteira, Uruguaiana/RS Ginete: Rodrigo Pereira. Nota: 7,750

Camaquã/RS 5 de outubro Técnico: Daniel Rossato Costa Jurados: Glauco Xavier, João Alberto Cunha da Rocha e Roberto Martins Crespo

Categoria Infantil Feminina 1º Lugar OEA Palheiro, filho de BT Hospedeiro e OEA Garbosa; criador Olavo Epaminondas de Almeida e expositor Emile dos Santos Gomes Ginete: Emile dos Santos Gomes

Categoria Aspirante Feminina 1º Lugar Ozônio do Trinta E Oito, filho de Bug do Milênio da Carovy e Intriguenta do Trinta e Oito; criador Cabanha do 38 Agropecuária Ltda. e expositor Rafaela dos Santos Nunes Ginete: Rafaela dos Santos

2º Lugar Estribillo do Manotaço, filho de Torpedo do Elebê e Milonga do Manotaço; criador e expositor Antonio Francisco Elias Martins, Cabanha Manotaço, Pedras Altas/RS Ginete: Letícia Bandeira

3º Lugar Rafaela dos Santos Nunes montando Companheiro do Charuto, filho de BT Faceiro do Junco e Jurerê da Sant’anna; criador e expositor José Demétrio Mondin, Cabanha Charuto, Porto Alegre/RS Ginete: Rafaela dos Santos Nunes

Lages/SC 18 a 20 de outubro Técnico: Adolfo José Martins Neto Jurados: Fábio Camargo, Luciano Ghisleri e Márcia Linhares

Categoria Infantil Masculina 1º Lugar EJCG Dinastia, filha de AS Malke Obediente e Carícia do Laço da Amizade; criador Ernani José de Castro Gamborgi e expositor Ernani José de Castro Gamborgi, Fazenda Boqueirão, Lages/SC Ginete: Leonardo Vallin. Nota: 4,219

Hortêncio da Bézinha, filho de Debochado do Quartel Mestre e Acácia Invernada Velha; criador Paulo Roberto Borges Silveira e expositor Adroaldo Vieira Sá Júnior, Cabanha Haras Sá, Bocaina do Sul/SC Ginete: Giovana Mondadori Nota: 6,952

Categoria Aspirante Masculino 1º Lugar EJCG Domingueira, filha de AS Malke Obediente e Odilo Campanita; criador e expositor Ernani José de Castro Gamborgi, Fazenda Boqueirão, Lages/SC Ginete: Felipe Mota. Nota: 7,960

2º Lugar AZ de Ouros Amarilla, filha de Malboro do Purunã e Violeta da Carovy; criador Eduardo Kessler Fleck e filhos e expositor José Augusto Almeida Abreu - Fazenda da Ramada, Urupema/SC Ginete: Guilherme Vieira. Nota: 5,224

3º Lugar Catanduva Oriental, filho de La Esperanza Esquinado II e Lo Miranda Faramaya; criadores Fábio Luiz Gomes e Fabiana Gomes e expositor Roseri Rogério da Silva - Cabanha Relancina, Palhoça/SC Ginete: João G. da Silva. Nota: 4,704

Paleteada Camaquã/RS 6 de outubro Técnico: Daniel Rossato Costa Jurados: Helder Longaray e Luís Guilherme Leite 1º Lugar João Carlos Passos montando Truco da Pousada e Paulo Barbosa montando Herdeiro da Ouro Branco

2º Lugar

2º Lugar Carolina Zagonel montando Urça Picaça 307 Maufer e Fernando Weiand montando Enredo 958 Maufer

3º Lugar Oclair Odilom montando JT Quadrilha e Luciano Rigão montando JT Paisagem

Demais habilitados Diego Grando montando Xaxado Cimarrom e Mateus Grando montando Camoati Negreta

Sant. do Livramento/RS 20 de outubro Técnico: Thiago Andreolla Percisi Jurados: Márcio Maciel e José Carlos Silveira 1º Lugar Tiago Teixeira montando Encarnacion Cala Bassa e Guilherme Abascal montando Lanquera Cala Bassa

2º Lugar Rafael Suñe montando Capanegra Nimbo e Tiago Teixeira montando Firmeza 1423 do Brazão

3º Lugar Valdoir Pinto montando Paisano 65 do Jarau e Márcio Carvalho montando Sendero Criollo Candidato II

Demais habilitados Guinter de Quadros montando Camb Nevasca e Rodrigo Rivero montando Bolero Maleva Renan Saldanha montando Gostoso da Barragem e Tiago Piaggio montando Fogo Cruzado 16 da Alfama César Marglies montando Monarca da Restinga e Márcio Saldanha montando Entonado do Recomeço

Categoria Juvenil Masculina

Cristiano Kinzel montando RZ Santana da Carapuça e Luiz Vaqueiro montando Pascuero do Firmamento

Tiago Machado montando Baralho Tupambé e Luciano Noal montando RZ Sintiendo da Carapuça

1º Lugar

3º Lugar

Santo Onofre Tupã, filho de Santo Onofre Pé de Vento e Santo Onofre Maria Valéria; criador e expositor Nestor Augusto/Jorge Rosas Demiate Jr, Cabanha Santo Onofre, Ponta Grossa/PR Ginete: Fábio Gonçalves. Nota: 10,490

Francisco Cardoso montando Huarê da Charqueada e João Carlos Passos montando AS de Espada da Terrabella

Francisco Fettin montando Índia Arapoty e Tiago Machado montando Isqueiro de São Bibiano

2º Lugar Cambona da Villa Verde, filha de Hilário do Purunã e Ja Zaina; criador Décio Bogo e expositor Edoardo Maes Schulz - Cabanha Campo Alegre, Campo Alegre/SC Ginete: Heitor Gomes. Nota: 9,354

4º Lugar

Rafael de Macedo montando Abusado do Macanudo e Miguel Miranda montando Herodes Tupambaé

Vagner Maidana montando Rebenque do Barulho e Anthero Ferreira montando CAMB Miliciano

Roniglei Nobre montando Opción da Brisa e Júnior Lerina montando Estância Dom Vital

Chapecó/SC

Tiago Piaggio montando Vime do Manantial e Renan Saldanha montando Amuleto do Manantial

6 de outubro Técnico: Adolfo Martins Neto Jurados: Alexandre Di Domenico e Fernando Harger

Laura Mello montando OPL Beleza e Nathiely da Costa montando Zamba Cimarron

Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

61


Tupanciretã/RS

Jaguarão/RS

3º Lugar

Sta. Vitória do Palmar/RS

20 de outubro Técnico: Jorge Aginelo do Nascimento Jurados: Torquato Petrarca e Erasmo Falcão

27 de outubro Técnico: Carlos Marques Gonçalves Net Jurados: Rodrigo Gonçalves e Renato Correa Morone

João Carlos Filho montando La Esperanza Cadenero e Martin Gadret montando Opaco do Itaó

1° de novembro Técnico: Carlos Marques Gonçalves Neto Jurados: Zeca Macedo e Bruno Vaz

Paleteada Força A

1º Lugar

1º Lugar

Vinícius Gonçalves Rosa montando Malagueta da Santa Anita e Juliano Cachapuz montando Xo Égua do Arroyto

Chico Guedes montando GT Amizade Colorida e Rafael Terra montando GT Essência

2º Lugar Chico Guedes montando GT Conhaque e Rafael Terra montando GT Gambá

Paleteada Força B 1º Lugar Henrique Bopp montando Jesus Maria Golpe Seco e Rodrigo Bopp montando Pêlo Duro Braça e Meia

1º Lugar Júlio César Hax montando Zapala da 3J e Eder Jaques montando Berro Grosso da 3J

2º Lugar Francisco Oliveira montando Huarê da Charqueada e João Carlos Passos montando As de Espada da Terrabella

Marcio Maciel montando Nimbo da Musica e Denise Maciel montando Guria do Toso Feio

João Vítor Dutra montando Fiadora da Dona Silvina e José Bernardo Cardozo montando Enlace da Dona Silvina

Fabiano Nunes montando TST Norte e Marcio Arce montando WE Katana

3º Lugar

Quaraí/RS 27 de outubro Técnico: Henrique Litchina Gonzalez Jurados: Luciano Fonseca do Amaral e Sandro Dornelles

2º Lugar

1º Lugar

Chico Guedes montando GT Amizade Colorida e Rafael Terra montando GT Essência

Adão Lopes montando AV Vinho Tinto 254 e Rafael Motta montando Sorro Baio da Tropilha Mansa

3º Lugar

2º Lugar

Angel Bilibio montando AV Alaranjada 285 e Ricardo Bilibio montando Súplica do Campo Seco

Martin Gadret montando BT Zerosilha do Junco e Orlando Bandeira montando Príncipe Cigano

62 Cavalo Crioulo | Novembro, 2013

Leonardo Silveira montando Silêncio do Manantial e Reni Pinto montando Regalia da Tapera Luciano Noal montando RZ Sintiendo da Carapuça e Rafael Silveira montando Juramento Tupambaé

3º Lugar Rudi Penso montando Santa Alice Otário e Cláudio Silveira montando JPS Jagunço

Demais habilitados

Cidclei das Trevas montando Darru da Querência Dois Irmãos e Jesus Xavier montando Pilchas Lolita Eduardo Bitencourt montando Touro Passo Paisano e Cristiano Hace montando Homenageado do Boeiro Radlei Pires montand o Vôo do Manantial e Eduardo Quadros montando El Entrevero Zapatazo II Valdoir Pinto montando Último Rigoroso 106 do Jarau e Marcio Carvalho montando La Estanzuela Fanfarron Eduardo Menezes montando Bolhadeira da Faxina e Laise Harr montando Escultura da Faxina

2º Lugar

João Vítor Dutra montando Fiadora da Dona Silvina e José Bernardo Cardozo montando Enlace da Dona Silvina

Demais habilitados José Bernardo Cardozo montando Meia Lua da Dona Silvina e Igor Feijó montando Agata dos Campos Neutrais


Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

63


Geral

Pesquisa avalia as marcas da ABCCC Arte Henrique Peter

Análise do Grau de Conhecimento sobre a Imagem da Cabeça do Cavalo

100% 90,6% 80% 60% 40% 6,7%

20% 0%

2,7% Sim, conhece

Já viu, não tem certeza

Não conhece

Resultado mostrou amplo conhecimento do logo da cabeça do cavalo

Antidoping da Expointer não aponta iregularidades Maurício Mesquita

C

adejo da Maior, Oraca do Itapororó e Guapuruma Mate Amargo estão limpos. Esse foi o resultado do teste antidoping a que os campeões do ciclo 2013 foram submetidos após a conquista. Os laudos recebidos pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), que também incluem os demais premiados no Freio e na Morfologia da Expointer, apontaram normalidade em todos os exames. De acordo com o gerente do setor técnico da ABCCC, Ibsen Votto, a iniciativa é válida e importante para a seleção. “Além do mais, isso garante uma disputa mais justa e atenta para o bem-estar do cavalo”, disse. Essa foi a segunda temporada consecutiva em que a Associação fez uma checagem mais abrangente, com a coleta e a análise de material não apenas na grande final, mas também em todas as classificatórias do Freio de Ouro.

Nesse processo, nove animais foram flagrados e impedidos de competir a decisão, deixando a vaga para o reserva. Ao todo, cinco machos e quatro fêmeas apresentaram alguma irregularidade no exame, como, por exemplo, a combinação de anti-inflamatórios ou o uso de produtos estimulantes. A ABCCC tem controlado o uso de substâncias proibidas em cavalos de esporte desde 2006, quando lançou o regulamento oficial antidoping. Dentre outros dispositivos, o documento versa sobre o que é ou não permitido, o protocolo de coleta e o procedimento para solicitar uma contraprova. Para evitar problemas, o criador tem que ficar atento aos princípios ativos dos fármacos, ler as regras disponíveis na seção Regulamentos da página da ABCCC na internet e, principalmente, receber orientação de um médico veterinário antes de aplicar qualquer medicamento nos animais.

Valéria Cunha

C

om o intuito de entender melhor a relação marca X mercado, a Associação Brasileira de Cavalos Crioulos (ABCCC) buscou, junto à agência de propaganda Me Gusta, um estudo aprofundado de percepção e conhecimento das duas logomarcas utilizadas atualmente pela entidade.

Com responsabilidade e expertise, o Instituto Pesquisas de Opinião (IPO) foi a empresa designada para o projeto. Lado a Lado, IPO e Me Gusta trabalharam para preparar uma ferramenta onde fosse possível abordar questões de relacionamento, proximidade e avaliação, capazes, enfim, de diagnosticar o conhecimento real do mercado e clientes sobre a ABCCC. Entre os dias 24 e 27 de agosto de 2013, durante a Expointer, realizada em Esteio, no Rio Grande do Sul, 300 pessoas foram entrevistadas - 110 expositores, 40 associados e 150 visitas - e compuseram a amostra de uma análise quantitativa, apropriada para medir opiniões, atitudes e preferências do público objetivo. A analista de projetos do IPO, Tassia Bittar, explica que o trabalho foi cuidadosamente preparado, aplicado e analisado. Durante o intervalo de três dias, seis entre64 Cavalo Crioulo | Novembro, 2013

vistadores saíram às ruas da feira para perguntar, conversar e entender melhor as percepções sobre as marcas utilizadas. “A principal observação é que ambos os logotipos são relacionados imediatamente à Associação. No entanto, a marca que utiliza a cabeça de um cavalo vai além e abrange também a raça, a regionalidade e o tradicionalismo, enquanto o brasão lembra diretamente a ABCCC e sua responsabilidade como associação”, explica. Entre as análises comparativas, 97,3% dos entrevistados acreditam conhecer a marca que utiliza a cabeça do cavalo, contra 81,7% em relação à marca que utiliza o brasão. No quesito Associação, entre as palavras mais lembradas frente às marcas, os entrevistados citaram força, respeito e garantia. Na entrevista, 25 questões, entre fechadas, abertas e de múltiplas escolhas foram abordadas e trabalhadas pelos entrevistadores. A análise apresentada pelo IPO abordou seis baterias de dados, entre elas conhecimento da marca ABCCC, avaliação das marcas testadas e uma comparativa das marcas Cabeça Cavalo e Brasão ABCCC.

CALENDÁRIO DE REMATES Novembro Dia 10

21h - Remate AZ de Ouro, Nazareth e São Luiz – Esteio/RS

Dia 13

21h – Remate Preto no Branco Esteio/RS

Dia 14

21h - Remate Tarumã e Tuneira Esteio/RS 21h - Leilão Potros do Rio Grande Rio Grande/RS

Dia 15

21h - Remate Rio Bonito e Convidados Esteio/RS

Dia 16

21h - Redomão da Lagoa Bagé/RS 21h - Leilão Cabanhas Charqueada e Recalada – Pelotas/RS

Dezembro Dia 1º 21h – Remate Legenda Crioula Bagé/RS

Dia 5 21h - Leilão Cabanhas Beira Mar e Porteira de Ferro – Rio Grande/RS

Dia 6

21h - Remate Cabanhas Passo Novo, Barúna e Moema – Esteio/RS

21h – Remate + Q ½ Piratini/RS

Dia 17

Dia 7

21h - Marcas de Raça Esteio/RS

Dia 22 21h - Leilão Parceiros e Campeiros Palmeira/PR

20h – Remate Armada de Ouro Santa Maria/RS

Dia 13 21h – Remate Rincão da Figueira e Con-

Dia 24 vidados – Porto Alegre/RS 21h - Remate Virtual Cab. Bertolini Remate Virtual

Dia 20

21h – 1º Leilão Noite das Estrelas Dia 29 21h - Firmeza Sem Reserva Bagé/RS

Dia 30 13:30 - Leilão Marcas do Paraná Palmeira/PR

Pelotas/RS


Geral

Raça é bem representada na busca por vaga nos Jogos Equestres Mundiais Foto Felipe Ulbrich/Arquivo ABCCC

Cássia Amaro

O

s Crioulos estão na disputa por espaço na insigne competição equídea que será sediada em terras francesas de 23 de agosto a 7 de setembro de 2014: os Jogos Equestres Mundiais Alltech FEI Normandia. A primeira seletiva para a composição do time que representará o Brasil na competição internacional ocorreu no dia 24 de outubro, em Avaré, interior de São Paulo, integrando a programação do ANCR Super Stakes 2013. Lá, cinco cavalos da raça se destacaram na busca por pelo menos uma das quatro vagas a serem preenchidas. Tuco Tuco do Itapevy, SJ Rodopio, Índio Véio do Infinito, FS Tamoeiro e Berro D’Água da Quinta foram alguns dos representantes Crioulos no evento promovido pela Associação Nacional do Cavalo de Rédeas em parceria com a Confederação Brasileira de Hipismo e a Federação Equestre Internacional. Segundo a Confederação Brasileira de Hipismo, a prova de Rédeas é a única Western reconhecida pela Federação Equestre Internacional e é nesta modalidade que o Crioulo está buscando a vaga. Irão competir em terras francesas aqueles animais que obtiverem as melhores notas em um ciclo composto por duas seletivas - a que ocorreu em Avaré e a próxima que será disputada em março do ano que vem. Na prova de seleção o cavaleiro deve cumprir um dos nove percursos existentes, preestabelecidos, em que estão inclusas as seguintes manobras: esbarros, spins (giros de 360º sobre os posteriores), rollbacks (esbarro com mudança de direção em 180º graus, saindo a galope), mudança de mão, galopes em linha reta e em círculos e recuos. O animal deve ser voluntariamente guiado com pouca ou nenhuma resistência. O conjunto é julgado nos seus movimentos, qualidade nas figuras do percurso e atitude. Entre os cavaleiros que participam da competição montando crioulos, Eduardo Izanack Matas foi o destaque ao lado de Tuco Tuco do Itapevy. O conjunto ficou com a terceira melhor nota do evento e, se a classificação fosse hoje, garantiria vaga à raça no Mundial.

Eduardo Matas pode ser um dos representantes brasileiros na competição montando Tuco Tuco do Itapevy

Wellington Teixeira, com SJ Rodopio, Ronaldo Kreusch, com Índio Véio do Infinito, Fabrício S. Silveira, com FS Tamoeiro e Evandro Levendosk, com Berro D’Água da Quinta, também fizeram ótimas pontuações na seletiva e estão na briga por uma colocação.

Em busca da vaga

Estados Unidos. Foi nessa ocasião que o Crioulo participou pela primeira vez da competição. O Brasil foi representado por dois cavalos da raça: SJ Rodopio, sob o comando de Wellington Teixeira - que inclusive foram finalistas na modalidade de Rédeas - e Leopardo do Infinito, do

treinador Jango Salgado. A bandeira verde-e-amarela foi a única cujo time era formado por animais de duas raças: Quarto de Milha - que predomina equipes dos outros países - e o Crioulo, raça típica da América do Sul, estreante na competição naquele ano. Foto Marcelo Mastrobuono/Arquivo ABCCC

Ao final das duas etapas classificatórias, o time do Brasil será formado pelos três primeiros colocados na somatória das notas das duas seletivas e por um conjunto brasileiro residente no exterior. Este, para ter direito à quarta vaga, deverá participar de duas provas reconhecidas pela FEI em seu país de residência e sua média deverá ser superior à dos três melhores classificados nas seletivas no Brasil. Caso não consiga, a última vaga, então, será preenchida pelo conjunto classificado em quarto lugar nas seletivas brasileiras.¬

Para repetir o feito A última edição dos Jogos foi realizada em 2010, em Kentucky, nos

Wellington Teixeira e SJ Rodopio: o melhor conjunto brasileiro nos Jogos de 2010

Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

65


PRONTO Geral

Dedicação a potro dá origem à história de superação Cássia Amaro

A

Cabanha Mayer, no interior do Paraná, foi palco de uma história que mistura esperança e superação e ainda prova o quão estreitos são os laços entre o homem e o Crioulo. Em Balsa Nova, após um parto aparentemente normal de um macho sadio e forte, a égua Tabuleiro Inajá acabou morrendo dois dias depois de dar cria. Sem apresentar indícios de que algo não estava bem, a égua teve fortes cólicas e acabou tendo uma retroversão uterina, o que causou sua morte. Os proprietários da cabanha, então, se depararam com o que no primeiro momento pareceu uma questão sem respostas: um potro recém-nascido, que precisava se alimentar e não tinha uma mãe para lhe oferecer leite. Nereu Joli Mayer e seu filho Rodrigo contam essa história reafirmando um sentimento que existe na enorme maioria dos criadores da raça: a paixão e o apego ao Crioulo. Sem saber da morte de Inajá,Rodrigo chegou à propriedade e se deparou com uma cena que ele descreve como desesperadora. “Vi a égua deitada, com as quatro patas para cima, e o potro procurando mamar em sua mãe já morta. Tomei o pequenino nos braços e o levei até a cocheira reduzindo-lhe o trauma e im-

Foto Divulgação

pacto.” Daí em diante, segundo pai e filho, começou uma saga, pois era preciso alimentá-lo - e rapidamente - afinal, não se sabia há quantas horas o potro estava com fome. Os criadores foram atrás de uma solução e logo pensaram em alimentar o filhote com leite de vaca. Nereu, que tem vínculos com a lida campeira desde a infância, teve a ideia de misturar leite desnatado com um cereal infantil enriquecido à base de probióticos e nutrientes (Mucilon) na busca de fazer com que o animal aceitasse o alimento. Na primeira semana do potro, a mistura era dosada em duas mamadeiras de 240 e uma de 100 mililitros, dadas de duas em duas horas. “O veterinário já havia nos alertado que existiam poucas chances de o animalzinho sobreviver, até porque ele poderia ter reações adversas ao leite, como diarreia, infecção ou, simplesmente, resistência em ingerir o alimento”, conta Nereu. Surpreendendo a todos, o potro, que que foi batizado como Barão da Mayer, literalmente pegou gosto pelo novo alimento, tanto que à medida do tempo ela foi ficando enriquecida: o leite passou a ser semidesnatado e, além do Mucilon, a combinação ganhou também uma dose de sucedâneo. A quantidade e a periodicidade que o alimento é dado se mantêm até hoje.

Aceitação ao alimento industrializado garantiu sobrevida à Barão da Mayer A propriedade fica a 35 quilômetros de Curitiba, onde a família Mayer reside. Todos os dias a esposa de Nereu, dona Regina Maria,pega a estrada e vai alimentar Barão, que se acostumou a tomar a primeira mamadeira logo de manhã e a última às 20h, quando Regina retorna a Curitiba para voltar no outro dia. No dia 11 de outubro, o potrinho completou seu primeiro mês de vida e, segundo seus donos, ele adotou o comportamento de um pet. “O bichinho anda atrás da gente como um cachorro, até na casa ele entra”, conta Nereu.

A luta continua. Ainda não se sabe se o potro vai se desenvolver perfeitamente ou se ele vai seguir aceitando a alimentação criada por seus criadores. De qualquer forma, a lição que a família Mayer afirma ter aprendido diz respeito à luta pela vida e o valor dos animais. “Não podemos tratar os bichos como se fossem objetos, como é comum a gente ver por aí. Tem gente que sacrifica os animais por qualquer coisinha. A gente precisa lutar, ter esperança, nem que a gente tenha pouquíssima chance”, diz Nereu.

Criador viaja três mil quilômetros para assistir à prova do Crioulo Foto Fagner Almeida

Maurício Mesquita

A

distância de três mil quilômetros não foi problema para que o novo criador da raça, Edson Vicente, acompanhasse uma seletiva oficial do Freio de Ouro. Vicente, que reside em Ouro Preto do Oeste, leste de Rondônia, encarou a viagem até a cidade de Areal, no Rio de Janeiro, especialmente para assistir à 1ª Credenciadora Carioca. O pecuarista teve o primeiro contato com o cavalo Crioulo há cerca de dois meses, quando visitou e conheceu a Expointer, em Esteio/RS. Na oportunidade, acabou despretensiosamente participando de um dos remates da feira e adquiriu um lote com dois machos e dez éguas.

Interesse na seleção da raça motiva Vicente a percorrer longas distâncias 66 Cavalo Crioulo | Novembro, 2013

Foi paixão à primeira vista. “Conheci um bicho diferente, robusto, que me encantou pela docilidade e beleza”, contou Vicente, que hoje já multiplicou a criação e conta com uma manada de 21 animais.

Outro fator que poderia preocupar e surpreendeu positivamente foi a questão da adequação do cavalo ao clima rondoniense. “Olha, por incrível que pareça, a adaptação foi ótima. Na verdade, ao menos os animais que eu comprei, não sofreram desgaste algum”, garantiu.

De acordo com o criador, a intenção é conhecer melhor a estrutura dos campeonatos da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) e, para isso, deseja acompanhar outras provas pelo Brasil. “Pretendo ir aos eventos também de Santa Catarina e absorver o máximo que conseguir para criar uma boa estrutura na minha região”, disse. O próximo passo, segundo ele, é organizar um núcleo de criadores em Rondônia para iniciar a organização de provas. “Eu gosto bastante do esporte e, se tudo der certo, no ano que vem podemos montar uma Morfologia”, concluiu.


www.abccc.com.br

jcc@abccc.com.br /cavalocrioulooficial

Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

67


68 Cavalo Crioulo | Novembro, 2013


Geral MURAL * Adiantar para economizar

O

s criadores associados à ABCCC que pagarem a anuidade de 2014 até o fim de dezembro de 2013 terão desconto neste valor. Na próxima edição do JCC serão publicadas as modalidades e

os valores para sócios-contribuintes e sócios-aspirantes, que são ajustados com base na variação do Índice Geral de Preços do Mercado (IGPM) e serão definidos até o fim deste mês.

* Gira pelo norte e nordeste

O

técnico credenciado à ABCCC, Romeu Koch, fará uma Gira Técnica nas regiões norte e nordeste do país a partir do dia 11 de novembro. O inspetor passará pelos estados de Tocantins, Bahia, Piauí, Maranhão, Paraíba e Alagoas. O cronograma de visitas será divulgado em breve.

Os interessados em visitas técnicas devem entrar em contato com o técnico pelo telefone (48) 9911-2728 ou pelo e-mail romeukoch@yahoo. com.br. Mais informações sobre a Gira podem ser obtidas através do setor de Eventos da Associação, pelo telefone (53) 3284-1482.

* Em destaque na TV

O

canal The History Channel apresentou um documentário que conta o início da história do Cavalo Crioulo. O vídeo de quase uma hora também apresentou parte da vida de Don Emilio

Solanet e a façanha nunca igualada de seus dois cavalos, Gato y Mancha. A produção pode ser acessada via YouTube sob o título Emilio Solanet - The Master by History Channel

* Uma pausa para as festas

O

s colaboradores da ABCCC terão recesso entre os dias 16 de dezembro e 6 de janeiro. Mesmo assim, os criadores continuarão

tendo todos os serviços a sua disposição pois pelo menos um funcionário de cada setor continuará trabalhando.

* Do norte ao sul para conhecer o Crioulo

O

empresário e pecuarista Helson Silva, de Macapá/AP, visitou na tarde de 4 de novembro a sede da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) em Pelotas/RS. Pela primeira vez no Rio Grande do Sul, Silva viajou mais de 4,5 mil quilômetros com a única

intenção de conhecer melhor a raça Crioula. O pecuarista, criador de bubalinos e gado girolando, pretende investir no cavalo Crioulo para o trabalho na Fazenda Bela Vista e também para o esporte, mais especificamente a Vaquejada.

* Manejo de equinos em pauta

S

ão José dos Pinhais/PR será sede do curso de Avaliação de Aprumos, Casqueamento e Ferragem de Equinos, oferecido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). O encontro será realizado na localidade de Campestre da Faxina, entre os dias 19 e 22 de novembro, das

8h às 17h. O curso oferece 12 vagas e as inscrições podem ser feitas pelo e-mail r_collect@yahoo.com.br ou pelos telefones (41) 9753-4439 e (41) 8716-3266. Para participar, é necessário ter mais de 18 anos, ser alfabetizado e não ser portador de doença infecciosa.

* Nova diretoria, novos projetos

O

Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Mato Grosso do Sul (NCCC/MS) elegeu sua nova diretoria no dia 28 de outubro. A decisão foi tomada em uma reunião realizada no município de Campo Grande/MS e indicou Edmundo Rodrigues Filho como o novo presidente da entidade. Sob a responsa-

bilidade da nova mesa diretora, a agenda de atividades do próximo ano na capital sul-mato-grossense já está confirmada. O grande destaque fica com a realização da Morfologia Passaporte, que ocorre entre os dias 25 e 27 de abril, junto à programação da Feira Agropecuária de Campo Grande (Expogrande).

especial características da raça

Horizontais 9. Com bom perímetro, indicando razoável arqueamento de costelas. 10. Musculosos, com nádegas profundas, pernas moderadamente amplas 11. Secos, arredondados, fortes e com machinhos na parte posterior. 12. Bem inserida, volumosa, representando continuidade da linha superior. 13. Paralelos ao plano mediano do corpo, com angulo anterior medianamente aberto. 14. Duros, densos, de volume proporcional, aprumados e preferencialmente pretos. 15. Medianamente inclinadas proporcionando amplitude nos movimentos.

1

15

3 10

7

5 12

6 11

4

2

9 8 13 14

Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

Verticais: . 1. Cabeça; 2. Garupa; 3. Cernelha; 4. Pescoço; 5. Quartelas; 6. Flancos; 7. Lombo; 8. Peito. Horizontais: 9. Torax; 10. Quartos; 11. Boletos; 12. Cola; 13. Garrões; 14. Cascos; 15. Paletas.

Verticais 1. Retílinea, subconvexa, proporcional e unida perfeitamente ao pescoço. 2. Forte, de media inclinação, proporcionando boa descida muscular aos posteriores. 3. Marca a alçada do animal, com bom revestimento muscular e destaque moderado. 4. De comprimento mediano, bem apoiado sobre o peito, caracterizando a frente leve. 5. Fortes, espessas, nítidas e medianamente inclinadas. 6. Cheios e curtos, unindo harmonicamente o ventre ao posterior. 7. Firme na união à garupa, possibilitando resistência à linha superior. 8. Amplo, largo, profundo, com encontros bem separados e musculosos.

69


PRONTA

Ricardo Torres em Pelotas/RS

Thiago Percisi, Rodrigo Bastos e João Vicente Sá em Cruz Alta/RS

Leonardo Cardoso em Nova Hartz/RS

Manuel Sarmento em São Luiz Gonzaga/RS

Álvaro Dumoncel, Jorge Aginelo Nascimento e o secretário Leandro em Santana do Livramento/RS

Heitor Coelho em Areal/RJ

Jaime Bicca de Freitas em Caçapava do Sul/RS

Luciano Ghisleri, Fábio Camargo e Márcia Linhares em Lages/SC

Flávia Araripe e Patrícia Borba em Areal/RJ

Érica Araújo em Areal/RJ

Luiz Alberto M. Bastos, Carlos L. de Souza e Fernando Harger em Barra Velha/SC

Marco Stumpf em Rio Pardo/RS

Fotos: Fagner Almeida, Nívea Oliveira, Alexandre Teixeira, Mário Tissot, Alexandre Freitas, Cleber Ismério e Guilherme Félix, Gabriele Zielinski, Faby Mattos 70 Cavalo Crioulo | Novembro, 2013


PRONTA

Jurado Fábio Ruivo (D) e presidente do Núcleo Willian Bence em Arroio Grande/RS

Guilherme Abascal, Júlio Hax e Francisco M. Bastos Sobrinho em Bagé/RS

Jurado Eduardo Moglia Suñe em Tupanciretã/RS

Marcelo Bertagnoli e Magno Yang em Ijuí/RS

Técnico Felipe Maciel em Rio Pardo/RS

Jurado Carlos Parietti em Uruguaiana/RS

Marcelo Moglia e Márcia Linhares em Livramento/RS

Eduardo Neto de Azevedo julgou em Pelotas/RS

Luís Rodolfo Machado foi jurado em Alegrete/RS

Álvaro Dumoncel foi jurado em Chapecó/SC

Jurado Hermes Dourado Filho em Itaqui/RS

César Hax em Santa Vitória do Palmar/RS

La Rural Fotografia, Leandro Vieira, Leandro Costa, Gabriel Oliveira, Hisys Fernnandes Pinto e Lívia Bernardi Bonuma, Gabriel Becco e Divulgação

Novembro, 2013 | Cavalo Crioulo

71


72 Cavalo Crioulo | Novembro, 2013


Jornal Cavalo Crioulo - Novembro 2013