Page 1

A SEMANA

Distribuição gratuita

na Paróquia Nossa Senhora do Desterro e Santa Catarina de Alexandria

Florianópolis, 15 a 21 de janeiro de 2011

Ano VIII - nº 349

REFLEXÃO

Evangelho: João 1,29-34

Segundo Domingo do Tempo Comum O Evangelho deste domingo tem como ponto central o testemunho de João Batista a respeito de Jesus, em busca de uma experiência concreta de Deus na vida. 1) João Batista não conhecia Jesus. Esse estado de ignorância provoca a busca, o conhecimento, a experiência. Conhecer a Jesus não é somente saber quem ele é, o que faz e onde mora, mas fazer experiência do conhecimento, a partir do que Jesus faz e do compromisso assumido com ele. 2) Jesus é o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo. Como precursor, preparando-lhe o caminho, João Batista vê em Jesus o Cordeiro que tira o pecado do mundo. Qual é esse pecado? Para João, o pecado é a atitude de rejeição de Jesus enquanto

enviado do Pai. Desse pecado é que nascem os demais pecados, frutos da rejeição de Jesus. 3) Jesus é o santificador, porque batiza no Espírito Santo. Jesus é ungido pelo Espírito para a missão. A descida do Espírito sobre ele representa sua unção como Messias. 4) Jesus é o Filho de Deus. Filho porque o Pai o gerou, comunicando-lhe o Espírito, a plenitude da vida do Pai. Aqui se revela o máximo da missão de Jesus: transmitir a vida divina que ele possui plenitude. Para reflexão: Que tipo de testemunho é o nosso? Quem é Jesus para nós? De que forma o conhecemos? Até que ponto refletimos o ser e o agir de Jesus? Pe. Francisco de Assis Wloch Pároco e Reitor da Catedral


A SEMANA

COMUNIDADE

Igreja São Sebastião celebra o padroeiro A Igreja São Sebastião comemora a festa do padroeiro no dia 20 de janeiro. Começa com uma Missa Campal, às 19h, seguida da tradicional procissão. Nos dias 17, 18 e 19 de janeiro, sempre às 19h, a comunidade se reúne para um tríduo em preparação à 155ª festa. A Igreja fica no Largo São Sebastião, Rua Bocaiúva, próximo à Av. Beira Mar Norte. Outras informações pelo telefone: (48) 30282015. Participe! História A Igreja São Sebastião foi construída em 1826 por uma família de posses do Rio Tavares. A arquitetura é composta por uma igreja de

nave única, uma pequena sacristia e uma torre sineira, além do cemitério e do Império do Divino, herança da colonização açoriana. Na Igreja, tombada pelo município, ainda se pode contemplar a imagem de Santa Catarina, de 1922 e de São Sebastião, do século XVII.

Horários durante o Verão na Catedral Até Quarta-feira de Cinzas (9/3/2011), confira:

Missas

Segunda a sexta-feira: 6h30 e 18h15 Sábado: 18h15 Domingo: 7h30; 9h30; 18h e 19h30

Confissões

Durante as Missas ou de terça a sexta-feira, das 9h às 11h e das 14h às 17h

Batizados

Aos domingos, depois da Missa das 9h30

Siga o @floripacatedral no Twitter, fique por dentro das novidades e conheça mais nossa Igreja.


NOTÍCIAS

A SEMANA

Dom Murilo é o novo arcebispo de Salvador

Dom Murilo Sebastião Ramos Krieger,scj foi nomeado como novo arcebispo de São Salvador da Bahia e primaz do Brasil, título concedido ao arcebispo de Salvador, por ser esta a primeira diocese criada no Brasil. “Tenho esperança que os fiéis me acompanhem com a oração”, expressou o eleito, que toma posse no dia 25 de março de 2011. A Arquidiocese de Salvador foi criada em 1551 e Dom Murilo será o 27º arcebispo, sucede o Cardeal Dom Geraldo Majella Agnelo, 77 anos, que teve sua renúncia aceita pelo Papa Beno XVI, por limite de idade, conforme prescreve o Código de Direito Canônico. Até assumir sua nova diocese, Dom Murilo permanece como

administrador apostólico de Florianópolis. Depois, o Colégio de Consultores da Arquidiocese se reunirá para eleger um sacerdote que assuma os trabalhos até a posse do novo bispo. “Vamos começar a rezar para que o Espírito Santo envie alguém que seja muito abençoado”, pontuou. A comunidade da Catedral agradece todo pastoreio de Dom Murilo nesses quase nove anos e deseja as mais ricas bên-

Instante da Prece

Todos os dias, às 17h55, você pode ouvir na Rádio Guarujá 1420 AM, o programa “Instante da Prece”. É transmitido, ao vivo, diretamente da Catedral, há muitos anos. A cada dia, os padres, Francisco de Assis Wloch ou Pedro Martendal, conduzem a tradicional Oração da Ave-Maria, conhecida também por “Angelus”. Ouça e divulgue!


A SEMANA

ALÔ TURISTA!

Uma história, um patrimônio A matriz Catedral de Nossa Senhora do Desterro foi edificada no mesmo local onde existiu uma antiga capelinha, erguida em 1678 pelo fundador da cidade, o bandeirante Francisco Dias Velho. A Matriz foi projetada por José da Silva Paes, o primeiro governador da antiga Capitania. Já sofreu várias reformas, a maior em 1922, mas preserva a portada original e, no interior, o arco cruzeiro em cantaria, a elaborada porta de madeira da Capela da Nossa Senhora das Dores e os sete altares, onde

predominam as linhas neoclássicas. Existe um expressivo acervo de arte sacra, como a escultura “Fuga para o Egito”, talhada no Tírol, Áustria, pelo artista Ferdinand Demetz, em dois blocos de cedro, no tamanho natural e que está na Catedral desde 1902; um órgão de tubos alemão (1922); a imagem de Santa Catarina de Alexandria, também austríaca, no altar-mor; e os vitrais, confeccionados em São Paulo, são de 1949. A Catedral é patrimônio histórico municipal e estadual.

A SEMANA na Paróquia Nossa Senhora do Desterro e Santa Catarina de Alexandria Fone: (48) 3224-3357 - Blog: www.catedralflorianopolis.org.br - Twitter: @floripacatedral Responsável: Pastoral da Comunicação (PASCOM) - Textos e edição: Jaércio Bento e Carol Denardi. Revisão: Padre Francisco de Assis Wloch - Sugestões: comunicacao@catedralflorianopolis.org.br


Informativo A Semana  

nformativo semana na catedral, distribuído semanalmente com informações e atividades que são realizadas na Catedral Metropolitana de Florian...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you