Page 1

158 abril' 19

distribuição gratuita

Novos caminhos de

Abril

Mudança histórica na mobilidade e transportes #pág. 3 Freguesias em foco #pág. 10/11 Produtos locais acrescentam valor #pág. 12/13


PAÇOS DO CONCELHO |

212 336 600

Dias úteis: 08h30 às 16h30 | ATENDIMENTOS (mediante marcação prévia) Presidente ÁLVARO MANUEL BALSEIRO AMARO Coordenação Geral | Cooperação Internacional | Planeamento e Desenvolvimento Estratégico Proteção Civil e Segurança | Participação e Ação Local | Igualdade de Género | Projetos e Obras Públicas | Informação e Comunicação Tel. 212 336 650 Vice-Presidente ADILO OLIVEIRA COSTA Educação | Ação Social e Saúde | Habitação Social | Recursos Humanos | Gestão e Qualificação | Saúde Ocupacional | Sistemas de Informação e Modernização Administrativa | Logística, Transportes e Conservação | Rede Viária Atendimento sexta-feira | manhã | Tel. 212 336 606 Vereadora FERNANDA PÉSINHO Gestão e Planeamento Urbanístico | Ambiente | Autoridade Veterinária e Bem-estar Animal Habitação – Reabilitação Urbana | Águas e Resíduos Sólidos Urbanos | Centro Histórico | Gestão do Espaço Público Atendimento sexta-feira | manhã | Tel. 212 336 600 Vereador LUÍS MIGUEL CALHA Administração, Finanças e Serviços Jurídicos | Desenvolvimento Económico | Turismo | Cultura | Desporto | Juventude | Bibliotecas | Atendimento | Mercados e Feiras | Defesa do Consumidor | Metrologia Atendimento sexta-feira | manhã | Tel. 212 336 600 Vereador PEDRO GONÇALO DA PONTE MARQUES TALEÇO Iluminação Pública e Eficiência Energética | Cemitérios | Toponímia | Limpeza Urbana e Manutenção de Parques e Jardins | Fiscalização Municipal Atendimento sexta-feira | todo o dia | Tel. 212 330 135 Vereador RAUL CRISTÓVÃO (sem pelouros) Atendimento uinta-feira | 15h00 às 17h00 | Tel. 212 330 135 Vereadora MARA REBELO (sem pelouros) Atendimento segunda-feira | 18h00 às 19h00 | Tel. 212 330 135 T Vereador PAULO RIBEIRO (sem pelouros) Atendimento quarta-feira | 10h00 às 12h00 | Tel. 212 330 135 Vereador JOSÉ CALADO (sem pelouros) Atendimento terça-feira | manhã | Tel. 964 234 845 DIVISÃO DE ADMINISTRAÇÃO URBANÍSTICA atendimento pelos técnicos mediante marcação prévia terça-feira | 09h00 às 15h00 | Tel. 212 336 660 ECOPONTOS CHEIOS | Tel. 800 205 674 (n.º grátis - Amarsul) PIQUETE DAS ÁGUAS | Tel. 212 336 679 08h30 às 22h30 | Comunicação de anomalias 24 horas ILUMINAÇÃO PÚBLICA | Tel. 800 506 506 (n.º grátis) www.edpdistribuicao.pt ATENDIMENTO MUNICIPAL Palmela | Dias úteis: 08h30-15h30 Quinta do Anjo | Dias úteis: 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 16h00 Pinhal Novo | Dias úteis: 09h00-16h00 Centro de Contacto | 212 336 666 Dias úteis: 08h30 às 15h30 | atendimento@cm-palmela.pt LOJA MÓVEL DO CIDADÃO Horários e serviços disponíveis em www.cm-palmela.pt SERVIÇOS ON-LINE atendimento@cm-palmela.pt | www.cm-palmela.pt Para receber o boletim municipal e outras publicações municipais, contacte-nos: comunicacao@cm-palmela.pt

editorial Celebrar Abril é, dialeticamente, revisitar memórias para traçar renovados caminhos de futuro, num território que tem vindo a conhecer, desde a Revolução de 1974, com o Poder Local Democrático, com a participação cívica das suas populações, um dos três “D” mais significativos: o “D” do Desenvolvimento, garante de bem-estar, qualidade de vida e felicidade para todas/os, sem excluídas/os. Neste tempo de primavera, a esperança refloresce e ganha um novo colorido, com um conjunto de projetos estratégicos - uns já concretizados e outros a ganhar forma - que vão transformar positivamente a vida das/os cidadãs/os no concelho de Palmela, em todas as freguesias, em domínios como as infraestruturas, a saúde, os equipamentos, a mobilidade ou o desenvolvimento social e cultural. Abril é tempo, também, de pensar global, na lógica dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, das alterações climáticas à eficiência energética, do ordenamento do território à erradicação da pobreza, da defesa dos direitos humanos à Paz para todas/os. Através de iniciativas como a realizada em março com um grupo de jovens da Palestina ou a campanha por Moçambique, o Município preconiza mas, sobretudo, pratica valores como a Solidariedade, a Fraternidade e a Responsabilidade Social. Este é, ainda, um mês dedicado à participação cidadã, por via do projeto transversal “Eu Participo!”, cujos indicadores continuam a revelar um crescendo de opiniões, propostas e votações. Agora, urge estender esta lógica da participação e intervenção para além da escolha de obras e projetos prioritários. A educação cívica é uma outra dimensão que devemos cultivar, assumindo a nossa responsabilidade coletiva na preservação e limpeza do espaço público e no combate a fenómenos como o abandono de resíduos, a destruição do património ou o desrespeito pelas regras de trânsito. A chegada da primavera convida-nos a retomar a rua, a festa e as celebrações identitárias e, nesta edição, procuramos dar conta da enorme diversidade e riqueza de manifestações culturais, desportivas e sociais que acontecem no nosso concelho, sejam elas promovidas pelo Município ou por outros agentes do território. São manifestações que valorizam o Concelho, tornando-o mais atrativo, e que fortalecem a autoestima das populações. Encontramo-nos na rua, de cravo na mão, nestes (novos) caminhos de Abril!

FICHA TÉCNICA Boletim Municipal nº 158 Propriedade e Edição: Câmara Municipal de Palmela Periodicidade: Bimestral Direção: Presidente da Câmara Coordenação: Divisão de Comunicação, Turismo e Economia Local Impressão: A Persistente | Tiragem: 15.000 exemplares Código de Edição: 287/2019 | Série: III Depósito Legal: 36098/90 | ISSN 0876-7363 Distribuição gratuita | www.cm-palmela.pt * Este Boletim adotou o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

O Presidente da Câmara

Álvaro Manuel Balseiro Amaro


Palmela informa | abril 2019

3

município

Mudança histórica na mobilidade e transportes Entraram em vigor a 1 de abril os novos passes sociais, que vieram revolucionar a mobilidade dentro da Área Metropolitana de Lisboa, tornando-a acessível a todas/os e impulsionando a opção mais sustentável pelo transporte público coletivo. A mudança nasce do compromisso assumido pelos 18 municípios da AML, que se uniram na constituição da empresa Transportes

Metropolitanos de Lisboa e na comparticipação do sistema, cabendo a Palmela o pagamento de 1.256.620 euros anuais. Para um/a munícipe do nosso concelho, a circulação em qualquer meio de transporte coletivo dentro do concelho passou a custar 30 euros (Navegante Municipal) e por 40 euros é possível viajar, durante todo o mês, no território da AML

(Navegante Metropolitano). Para menores de 13 anos, os novos passes são gratuitos e para a população +65, têm o valor de 20 euros. A partir de julho, será possível aceder, ainda, às modalidades “Família”, que abrangem todo o agregado familiar, independentemente do número de elementos, com valores que não ultrapassam os 60 euros (município) e os 80 euros (AML).

Circuito urbano de Pinhal Novo gratuito O Presidente Álvaro Balseiro Amaro e a Vereadora Fernanda Pésinho, responsável pelas áreas da Mobilidade e Transporte Públicos, juntaram-se às/aos utilizadoras/es, a 1 de abril, para testar as mudanças no circuito urbano de Pinhal Novo, que passou a ter acesso gratuito para todas/os e foi adjudicado à empresa TST – Transportes Sul do Tejo. Este transporte era, já, gratuito para utilizadoras/es do Cartão Municipal Idade Maior e conta, agora, com uma viatura mais moderna e confortável, equipada para responder às necessidades das pessoas com mobilidade condicionada.

Programa Nacional de Investimentos 2030 Município reivindica Variantes e abolição de portagens O Município de Palmela reivindicou junto do Governo, uma vez mais, um conjunto de infraestruturas rodoviárias essenciais para a qualificação da acessibilidade no concelho, essencial quer para as populações, quer no âmbito da atividade económica e competitividade do território. A requalificação das circulares sul e norte/acessos à Autoeuropa, a execução da circular regional exterior à margem

sul, para ligação dos principais centros urbanos mais periféricos e Áreas de Acolhimento Empresarial, incluindo troços para transporte em sítio próprio, a construção das variantes às Estradas Nacionais 379 e 252 e a eliminação das portagens do nó da A2 entre Palmela e Setúbal. Apesar dos alertas que vêm sendo efetuados e do peso estratégico do concelho de Palmela no PIB nacional, foi com estranhe-

za e preocupação que o Município verificou a não inclusão destes investimentos no Programa Nacional de Investimento 2030.


município

4

Palmela informa | abril 2019

Com Moçambique no coração O Município e a população do concelho de Palmela estão solidários com o povo moçambicano, tragicamente afetado pelo ciclone Idai, e desenvolveram, nas últimas semanas, um vasto conjunto de ações que envolveram toda a comunidade no objetivo comum de recolha de

bens essenciais e donativos financeiros que ajudem quem está no terreno. Até 30 de abril, o Município dinamizou a campanha “Palmela Ajuda”, com recolha de alimentos, produtos de higiene e desinfetantes, que registou forte adesão, e aprovou a atribuição de apoios finan-

ceiros no valor de 2.500 euros à Fundação AMI – Assistência Médica internacional e à Cruz Vermelha Portuguesa, que estão em Moçambique desde o primeiro momento, em missão de emergência.

Meninos palestinos conquistaram Palmela Duas equipas de futebol da Palestina, num total de 22 crianças com idades compreendidas entre os 10 e os 14 anos, passaram uma semana em Palmela, num campo de férias de âmbito desportivo e solidário, e deixaram saudades, tendo conquistado a população com a sua simpatia. O Palmela Spring Camp decorreu numa iniciativa do Município com a Missão Diplomática da

Palestina em Portugal e o apoio de diversas entidades parceiras, com o desporto a proporcionar o reforço dos laços de amizade, paz e cooperação entre os povos, numa oportunidade única para estes pequenos futebolistas, provenientes de um cenário de violência diária e guerra. Além das visitas e momentos de convívio, destaque para o calendário futebolístico, com treinos e jogos com clubes locais, visita à Academia, Museu e Estádio do Sporting e a oportunidade de assistir a dois jogos da Seleção Nacional, a convite da Federação Portuguesa de Futebol e em parceria com a Associação Nacional de Treinadores de Futebol/Delegação de Setúbal.


Palmela informa | abril 2019

5

município

Programa central 12 abril a 10 maio | Galeria da Biblioteca Municipal de Palmela Exposição “O 25 de abril na imprensa” 23 abril a 3 maio | Escola Secundária de Palmela Exposição ”PIDE em Pinhal Novo. Para que a memória não esmoreça.”

24 abril | 22h00 | Centro Cultural de Poceirão (exterior) Espetáculo “Dançar Abril 2019” 24 abril | 22h00 | Jardim José Maria dos Santos | Pinhal Novo Vitorino 25 abril | 11h00 | Biblioteca Municipal de Palmela Sessão Solene da Assembleia Municipal

Arte, memória e festa para

celebrar Abril

Palmela comemora o 45.º aniversário do 25 de abril com um vasto conjunto de iniciativas, promovidas pela Câmara Municipal, Juntas de Freguesia e Movimento Associativo. O programa, que celebra a Revolução dos Cravos, em todas as freguesias, inclui múltiplas atividades, com destaque para a expressão cultural e artística, desporto, convívio e festa popular, sem esquecer a memória viva e a reflexão sobre os novos caminhos de Abril. Programa completo em www.cm-palmela.pt.

25 abril | 18h00 | Sociedade de Instrução Musical |Quinta do Anjo Abril, Som e Palavra - Orquestra de Guitarras da SIM

25 abril | 22h00 | Cineteatro S. João Conceição Silva

Canções da Liberdade 26 abril | 21h30 | Auditório Municipal de Pinhal Novo 27 abril | 22h00 | Centro Cultural de Poceirão Cinema “Raiva”, de Sérgio Tréfaut

Apoio de 390 mil euros para Grupos de Bombeiros Permanentes

Concessão de benefícios em consulta

O Município continua a apoiar o funcionamento dos Grupos de Bombeiros Permanentes (GBP) das Associações Humanitárias de Bombeiros do concelho, através de protocolos que preveem uma comparticipação financeira no valor global de 390.852 euros. Este compromisso, que assegura a permanência de 8 bombeiras/os em cada Associação, resulta de uma reflexão conjunta que concluiu a pertinência de se manter esta forma de apoio, até à clarificação de aspetos relacionados com o processo de descentralização de competências prevista para as autarquias locais. Foi, também, atualizada a verba para comparticipação dos custos dos seguros das viaturas de emergência, totalizando 19.134 euros para um total de 85 viaturas.

O projeto de regulamento de concessão de benefícios às/aos bombeiras/os do concelho está em fase de consulta pública e prevê a atribuição de um importante conjunto de benefícios sociais, culturais e desportivos (por exemplo, prioridade na atribuição de habitação social, acesso gratuito aos espaços sob a gestão municipal e a eventos organizados pela autarquia, e às/aos descendentes de primeiro grau, prioridade na inscrição nas atividades de animação e de apoio à família, no acesso aos serviços educativos e programas de férias e na atribuição de bolsas de estudo).


bom ambiente

6

Palmela informa | abril 2019

Primeiras lâmpadas do projeto “EduLUX” já chegaram

Novas árvores enriquecem espaço público Os espaços públicos do concelho ganharam mais de seis dezenas de novas árvores, plantadas no âmbito das comemorações do Dia Mundial da Floresta (21 de março) e do Dia Mundial da Água (22 de março), numa organização do Município. Cedros do Buçaco, Medronheiros, Mélias, Ameixoeiras, Oliveiras, Amieiros e um Sobreiro foram as espécies plantadas, como já é tradição, com o envolvimento da comunidade. Destaque para as plantações no Parque Venâncio Ribeiro da Costa, em Palmela, envolvendo colaboradoras/es da empresa Visteon, no âmbito do programa “Mecenas de Palmela”, junto à Ecopista de Pinhal Novo, com a participação de uma turma da EB António Santos Jorge, e na Urb. Colinas da Arrábida e ao longo da Ciclovia de Quinta do Anjo, com o envolvimento de escuteiras/os do Agrupamento 504 de Quinta do Anjo.

O Município de Palmela já recebeu as 1.140 lâmpadas correspondentes à primeira fase de implementação do projeto “EduLUX - Eficiência energética na iluminação interior de Escolas Básicas”. Este projeto é promovido pela S.ENERGIA - Agência Regional de Energia para os Concelhos do Barreiro, Moita e Montijo e está a ser implementado pela ENA - Agência de Energia e Ambiente da Arrábida nos Municípios de Palmela, Setúbal e Sesimbra, sendo cofinanciado em 70% a fundo perdido pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos, através do Plano de Promoção da Eficiência no Consumo de Energia Elétrica. Mais de uma dezena de escolas do 1.º Ciclo do Concelho serão abrangidas pela substituição de lâmpadas tubulares fluorescentes de tecnologia T8 por estas lâmpadas tubulares LED, a realizar durante a pausa letiva do verão. Esta medida vai permitir reduzir os consumos de energia nas escolas, melhorar a qualidade e aumentar o conforto na iluminação das salas de aulas. Palmela irá receber mais 1.099 lâmpadas na segunda fase, num total de 2.239.

Apresentado plano para comunicar emergências na qualidade da água No Dia Mundial da Água, 21 de março, o Município de Palmela apresentou o Plano de Comunicação para Emergências na Qualidade da Água para Consumo Humano, numa sessão que decorreu na Biblioteca Municipal de Palmela. Como comunicar em situações de emergência, que coloquem em causa a qualidade ou o abastecimento público de água, é a principal finalidade deste Plano, que representa mais um passo no trabalho que tem vindo a ser concretizado neste setor, considerado estratégico. Com uma das maiores redes de abastecimento de água da Península de Setúbal, Palmela tem concretizado várias ações de reabilitação nas redes e desenvolvido trabalho técnico para continuar a assegurar a qualidade deste bem público, que é prestado à população a um preço acessível.

Candidatura de 760 mil euros

Iluminação pública + eficiente Está a decorrer o concurso público internacional para fornecimento e instalação de luminárias LED na iluminação pública, que visa reduzir os consumos de energia elétrica do Município e reduzir a emissão de gases com efeito de estufa, através da instalação de tecnologia LED em 2.325 luminárias, distribuídas pelo Centro Histórico de Palmela e pelo centro urbano de Pinhal Novo.


Palmela informa | abril 2019

7

Palmela é obra

Jardim José Maria dos Santos. Obra em 2 fases A valorização do Jardim José Maria dos Santos, em Pinhal Novo, qualificando o espaço e preparando-o para melhor acolher iniciativas comunitárias e de cariz cultural, desportivo e associativo, são os principais objetivos da intervenção que o Município está a realizar neste núcleo central da vila. As obras vão acontecer

em várias fases, para assegurar a realização dos próximos eventos. 1. execução do estacionamento e demolição do antigo lago (concluida); 2. criação de dois espelhos de água, mais pequenos e eficientes, com cascata e repu-

xos; remodelação do piso; restauro do busto de José Maria dos Santos; manutenção do Coreto; deslocalização da paragem de autocarros e abrigos de passageiros para a zona do Anfiteatro (início em julho, a seguir ao FIG).

Palmela vai ter Centro de Interpretação Arrábida “PRARRÁBIDA - Janela Arrábida – Palmela” é o projeto que vai transformar o Espaço Fortuna, na freguesia de Quinta do Anjo, num espaço onde será possível observar, conhecer e sentir a Arrábida. Apresentado em março, este é um projeto do Município, que se traduz num investimento de 620 mil euros, cofinanciado pelo PORLisboa / PDCT-AML e integrado no eixo de trabalho intermunicipal PRARRÁBIDA, que une Palmela, Sesimbra e Setúbal. Dar mais visibilidade ao património natural do território Arrábida, explorando a relação entre

cultura, memória e os sentidos, é um desafio que ganha forma neste projeto, que prevê a criação de percursos pedestres e equestres, área de merendas com elementos naturais e jogos tradicionais para o público infantil, jardim sensorial, zonas de identificação da fauna e flora locais e a plantação de árvores de fruto que vão dar vida à Alameda do Pomar. A criação destas áreas será complementada com a oferta já existente, como cafetaria, restaurante e loja de produtos regionais, e valorizada com aluguer de bicicletas e a criação do Salão Arrábida, com um acervo representativo da

sua história e do património cultural (material e imaterial). As acessibilidades não foram descuradas neste projeto, que inclui, ainda, a criação de um parque de estacionamento com lugares reservados para caravanismo e uma intervenção de fundo no espaço de olaria, para melhorar as condições de trabalho. A ADREPES, a Associação de Municípios da Região de Setúbal, o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas e a Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa associam-se como parceiros.


Palmela é obra

Palmela informa | abril 2019

8

Escola de Cajados com novo logradouro Está concluída a requalificação do logradouro da Escola Básica de Cajados, que vem valorizar, em especial, as áreas de jogo e recreio das crianças.

Encostas do Castelo. Segurança e estabilidade A empreitada de “Intervenção de natureza estrutural para evitar derrocadas nas encostas do Castelo de Palmela” está a evoluir, com intervenções em vários pontos para assegurar a segurança e a estabilidade do monumento nacional.

Obras adjudicadas

Em concurso • •

Projeto de requalificação da Praceta de Cabo Verde, Urb. do Outeiro, Palmela Arranjos exteriores de Fernando Pó

Pinhal Novo distinguido na área da mobilidade A vila de Pinhal Novo hasteou a Bandeira “Cidades e Vilas de Excelência – Nível III”, atribuída pela Rede de Cidades e Vilas de Excelência, que convidou o Município de Palmela a apresentar, no próximo Congresso Nacional da Rede, a 23 de maio, o seu percurso de intervenção no espaço público, em prol da mobilidade, intermodalidade e regeneração urbana. Esta distinção reconhece a execução do projeto de ligação do largo adjacente à Rua Infante D. Henrique (antigo Largo da Mitra) à zona central de Pinhal Novo, a obra da 2.ª fase da Ecopista de Pinhal Novo (em conclusão) e o estudo de transporte flexível, que pretende encontrar soluções também para a zona rural da Freguesia de Pinhal Novo, que potenciem o uso do transporte público. A Bandeira de Nível II chegou em 2017, destacando a obra Ligação Intermodal – Pinhal Novo Sul, o estudo para a Ligação do antigo Largo da Mitra à zona central de Pinhal Novo e a 1.ª fase da Ecopista.

Drenagem pluvial e pavimentação das Ruas Luís de Camões, dos Lusíadas e das Flores, na Lagoinha

Pavimentação da Rua Nova do Vale, em Águas de Moura

Remodelação da rede de águas/ execução de nós na zona norte de Pinhal Novo

Instalação do Núcleo Museológico do Ferroviário, em Pinhal Novo

Infraestruturação e pavimentação da Rua do Assentador, em Val´Flores, Pinhal Novo

Pavimentação da Praceta Sérgio Costa Ferreira, na Quinta dos Caracóis, Palmela


Palmela informa | abril 2019

9

1

Palmela é obra

No Aceiro do Marcolino, em Pinhal Novo, tiveram início os trabalhos de pavimentação, enquanto termina a ampliação da rede de esgotos.

A Ciclovia de Quinta do Anjo continua a tomar forma.

3 Continua a decorrer a remodelação de nós no Bairro dos Marinheiros e zonas circundantes.

2

5

4

Foi retomada a obra de ampliação e requalificação da Escola de Cabanas.

A empreitada HUB10 – Plataforma Humanizada de Conexão Territorial, na Estrada dos Quatro Castelos, em Vila Amélia, continua a avançar.

6

Está em curso a empreitada de arranjo dos espaços exteriores nos logradouros das Ruas 25 de Abril e Infante D. Henrique, em Pinhal Novo.

8

7

9

Os trabalhos de remodelação da Praceta João Coelho Possante, em Pinhal Novo, tiveram início em abril.

A empreitada de pavimentação do 2.º troço da Rua da Escola/Estrada do Gado, em Brejos de Carreteiros, em conclusão.

Está concluída a construção do passeio entre o Centro de Saúde e o Cemitério de Palmela.

10

O edifício da Unidade de Saúde Familiar de Pinhal Novo – lado Sul deverá estar concluído no início do verão.


em foco

10

Continuam as Semanas das Freguesias Prestar contas e assumir novos compromissos Até junho, o Município está a realizar, em cada uma das cinco freguesias do concelho, um programa de trabalho descentralizado, em parceria com as respetivas Juntas de Freguesia e em estreito contacto com as populações, o movimento associativo, as empresas, a comunidade educativa e as IPSS. Trata-se de um processo participativo já enraizado no calendário anual, que permite acompanhar, em proximidade, o “pulsar” das diferentes localidades, conhecer as pessoas, os projetos e as iniciativas que fazem a diferença, prestar contas e assumir novos compromissos.

Espaço público qualificado em Pinhal Novo

A Semana dedicada a Pinhal Novo, entre 18 e 22 de fevereiro, decorreu sob o mote da requalificação urbana, com mais uma sessão pública de esclarecimento sobre incentivos, no âmbito das Operações de Reabilitação Urbana (ORU) e a apresentação de vários projetos com impacto no espaço público, consolidando a malha urbana, promovendo a articulação intermodal e a acessibilidade e disciplinando o estacionamento. Destacam-se, aqui, a intervenção em curso nos logradouros das Ruas 25 de Abril e Infante D. Henrique (ver pág. 9) e o projeto de requalificação para o Largo da Mitra, em ligação com o Jardim José Maria dos Santos (ver pág. 7) na zona central da vila. Este largo será tratado com novo mobiliário urbano, a criação de uma bolsa de meia centena de lugares de estacionamento e ligação ciclável à ciclovia de Val’Flores,

Palmela informa | dezembro 2018

entre outros elementos. Também a requalificação do Monte do Francisquinho já tem projeto, reforçando o “ninho” de respostas sociais e associativas que ali começou a nascer, com a instalação do Núcleo da Liga dos Combatentes. Além das áreas para formação, apoio e atendimento social, está prevista uma área exterior para prática de desportos radicais, um pequeno anfiteatro de ar livre e um pavilhão multiusos modular, a crescer faseadamente. Para a Rua El-Rei D. Sancho I, estão a ser estudadas alterações que permitam aumentar a capacidade de estacionamento e melhorar as acessibilidades. O Município está atento à vasta rede de polidesportivos e espaços de jogo e recreio (EJR) e esteve na Rua Febo Moniz para confirmar a necessidade de criação de uma passadeira e de uma lomba limitadora de velocidade e para visitar o Polidesportivo da Cooperativa 1.º de Maio, que será integralmente reformulado em breve. Foram, ainda, verificadas necessidades de manutenção no Jardim de Infância do Vale da Vila e na EB Alberto Valente, e confirmou-se o andamento dos trabalhos da 2.ª fase da Ecopista de Pinhal Novo, em conclusão, e da Unidade de Saúde Familiar de Pinhal Novo sul, cujo edifício deverá estar terminado no início do verão.

Quinta do Anjo reforça mobilidade As questões da mobilidade marcaram a Semana de Quinta do Anjo, que decorreu entre 18 e 22 de março. A visita às obras em curso na entrada poente do concelho, que estão a qualificar os acessos a Vila Amélia, no âmbito do projeto intermunicipal HUB10 - Plataforma Humanizada de Conexão Territorial (ver p. 9), permitiu conhecer o projeto da rotunda a construir na interseção com a Rua dos Fazendeiros e o concelho de Setúbal. Entretanto, está em preparação o concurso para o projeto da 2.ª fase, que se prolongará até S. Gonçalo. Também em curso está a 1.ª fase da Ciclovia de Quinta do Anjo, que à semelhança da de Pinhal Novo, integra o projeto intermunicipal CICLOP7. O terreno adquirido pelo Município nos Bacelos, num investimento de cerca de 100 mil euros, já está a contribuir com novos lugares de estacionamento no coração da aldeia, mas vai ser desenvolvido um projeto de arranjo do espaço, com paragem para autocarros e abrigo de passageiros, iluminação, reformulação dos muros e estudo de trânsito. Os EJR também estiveram em análise nesta semana, com visitas ao de Quinta do Anjo, junto à Casa do Povo, que será alvo de uma remodelação total no segundo semestre deste ano, e


Palmela informa | abril 2019

11

em foco

ao do Sobral. Na requalificação do Jardim de Cabanas, pretende-se intervir em duas fases, priorizando a obra no EJR. Com a aprovação da candidatura relativa aos Mercados de Produtores Locais, vai avançar a substituição da cobertura do Mercado Municipal de Quinta do Anjo, bem como a pintura exterior e as novas divisões das lojas para possibilitar a definição do plano de ocupação. As obras no edifício conjugam-se com uma estratégia de dinamização que aposta nos circuitos curtos de comercialização e na atividade cultural, associativa e criativa.

Concelho continua a atrair investimento Estas semanas são uma boa oportunidade para dar visibilidade às empresas que procuram o nosso território para se fixar e acrescentam valor. Em Pinhal Novo, visitámos a OVO – Soluções Ambientais, empresa em crescimento que projeta, produz e comercializa contentores para resíduos e serviços relacionados, sendo líder de mercado em ecopontos. Também líder, a Colica-

pela está no setor das estruturas de grandes dimensões em madeira lamelada colada, com preocupação ambiental, e projeta soluções de habitação modular à medida. Em Vila Amélia, a OLIMEC desenvolve trabalho na área metalomecânica, vocacionada para a reparação e manutenção de viaturas de recolha de resíduos

Mercados de produtores locais vão ser qualificados Está aprovada a candidatura “Mercados de Produtores locais do concelho de Palmela”, no quadro do PORTUGAL2020. Com um investimento global elegível de 172.038,91 euros e um cofinanciamento de 50%, a operação terá uma duração de 19 meses e consiste num conjunto de intervenções nos três mercados locais de produtores - Quinta do Anjo, Pinhal Novo e Palmela – nomeadamente, obras no edifício do Mercado da Quinta do Anjo (nas fotos), colocação de ensombramento no Mercado de Produtores do Pinhal Novo, aquisição de bancas de venda para produtores locais dos três Mercados, conceção de um Plano de Comercialização e realização de ações e materiais de promoção conjunta, que fortaleçam a relação entre consumidor e produtor e o escoamento dos produtos endógenos. A candidatura, agora aprovada pelo PDR2020, foi submetida pelo Município ao DLBC GAL ADREPES Rural, através da Medida LEADER 10.2.1.4. Cadeias Curtas e Mercados Locais.

da zona sul do país, diversificando a atividade com a venda de peças e caixas de recolha. Especialista na área animal e em produtos de uso veterinário, a Bio 2 está em Brejos de Carreteiros, é representante de diversas marcas internacionais e mantém uma rota de crescimento e modernização.


12

em festa

Qualidade e animação na festa dos sabores da Arrábida

Palmela informa | abril 2019

A 25.ª edição do Festival Queijo, Pão e Vinho foi vivida com grande animação e nem as condições meteorológicas adversas impediram o público de desfrutar dos melhores sabores que a Arrábida tem para oferecer, entre o Queijo de Azeitão DOP e uma grande variedade de queijos e manteigas de ovelha, o pão tradicional, os vinhos regionais, a doçaria, os licores e o mel. A empresa Queijos Santiago venceu o Concurso deste ano, na categoria Queijo de Azeitão DOP, e a queijaria Victor Fernandes conquistou o primeiro lugar nas categorias Queijo Seco e Manteiga de Ovelha. As/os produtoras/es presentes manifestaram-se bastante satisfeitas/os com o volume de vendas registado no Festival, que continua a atrair um público familiar e informado, que escolhe produtos de qualidade e gosta de conhecer a sua origem. Estima-se que tenham passado pelas instalações da ARCOLSA - Associação Regional de Criadores de Ovinos Leiteiros da Serra da Arrábida, em S. Gonçalo, cerca de 14 mil visitantes. O Festival foi organizado pela ARCOLSA, com o apoio financeiro e logístico do Município de Palmela, e um quarto de século depois da sua criação, conquistou lugar central na estratégia de promoção dos produtos endógenos, de grande qualidade e fortemente ligados à identidade rural do concelho de Palmela.

Organização desafia a adotar uma Saloia A ARCOLSA está a lançar o projeto “Adote uma Saloia”, um desafio para empresas e mecenas que queiram contribuir para a preservação da ovelha Saloia, uma raça autóctone em vias de extinção, que é urgente preservar. Nas instalações da associação, junto ao Museu do Ovelheiro, está a ser construído um ovil para acolher uma dezena de Saloias, com vista à criação de uma reserva genética que permita a divulgação e o estudo sobre a raça, bem como fornecer animais às/aos produtoras/es interessadas/os. As empresas que apadrinhem os animais contribuem com uma pequena jóia e um valor mensal para comparticipar alimentação e cuidados necessários, recebendo, em contrapartida, informação sobre o animal adotado. Podem, também, visitá-lo e ajudar no seu tratamento. Este projeto constitui uma mais-valia para as centenas de crianças que visitam o Museu e que terão oportunidade de contactar com estes animais.

Em maio Sopa Caramela em destaque A Sopa Caramela vai estar em destaque durante o mês de maio, com os Fins de Semana Gastronómicos e um Concurso dedicados a esta iguaria tradicional, no âmbito do programa “Palmela – Experiências com Sabor!”, promovido pelo Município de Palmela e pela Associação da Rota de Vinhos da Península de Setúbal. Os Fins de Semana decorrem de 10 a 12 e de 17 a 19 de maio, com vários estabelecimentos de restau-

ração a apresentarem as suas versões desta sopa, confecionada com batata, feijão, repolho, cenoura, toucinho e enchidos. A 18 de maio, às 18h00, a Adega ASL Tomé, em Pinhal Novo, recebe mais uma edição do Concurso de Sopa Caramela, que vai eleger a melhor sopa do ano. Aberto à participação tanto de particulares como de representantes de estabelecimentos de restauração, tem por objetivo promover e divulgar a Sopa Caramela, importante fator de atração turística.


Palmela informa | abril 2019

13

em festa

Vinhos do concelho à prova em Fernando Pó Os melhores vinhos produzidos no concelho de Palmela vão estar à prova em Fernando Pó, de 3 a 5 de maio, na 24.ª edição da Mostra de Vinhos, que se realiza, pelo segundo ano, no renovado pavilhão da Associação Cultural e Recreativa de Fernando Pó. Além da prova de vinhos e do habitual concurso para eleger os 10 Melhores Vinhos do Ano, o certame oferece uma área de exposição e venda de vinhos e produtos regionais, gastronomia regional e uma exposição de equipamentos agrícolas. O programa de animação inclui provas comentadas, show cooking, animação musical e atividades enoturísticas, desde passeios a visitas a adegas. O Município de Palmela atribui um apoio financeiro de 2.500 euros e apoios logísticos e técnicos, estimados em 7.600 euros, à organização do certame, da responsabilidade da Comissão Organizadora da Mostra de Vinhos em Fernando Pó.

Fórum Económico promove trabalho em parceria Ao longo deste ano, o Município, através do Gabinete de Apoio às Empresas e Promoção do Investimento, está a organizar um conjunto de iniciativas dirigidas aos agentes económicos, integradas no Fórum Económico. A sessão “Rede Europeia de Empreendedorismo | Enterprise Europe Network: Oportunidades de Negócio para a Sua Empresa” marcou o arranque do Fórum Económico, no dia 2 de abril, e reuniu empresárias/os da região ligadas/os a vários setores de atividade. Realizada em parceria com a Associação Industrial Portuguesa/Câmara de Comércio e Indústria, pretendeu dar a conhecer a Enterprise Europe Network, a maior rede de serviços gratuitos de informação e aconselhamento às empresas na Europa. O Fórum Económico promove o trabalho em parceria e vai contribuir para identificar os grandes desafios para potenciar o crescimento económico do concelho.

Palmela conquistou na BTL Entre 13 e 17 de março, Palmela voltou a promover-se na Bolsa de Turismo de Lisboa, com um balcão no espaço privilegiado da Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa. As suas paisagens e o património, os produtos locais – também presentes no balcão da Rota de Vinhos da Península de Setúbal – a oferta turística e o calendário de eventos 2019 marcaram a participação do Município, complementada por vários momentos de animação e degustação de produtos.


14

em festa

Palmela informa | abril 2019

Celebrar a Dança em Palmela

A Passos e Compassos/DançArte e a Câmara Municipal de Palmela, em colaboração com várias entidades, propõem um programa comemorativo do Dia Mundial da Dança (29 de abril). “Dançar Abril 2019”, um espetáculo em que a dança se assume como a expressão dos valores de Abril, abre o programa, no dia 24, às 22h00, no exterior do Centro Cultural de Poceirão. Também integrado nas comemorações do 25 de Abril, o espetáculo tem direção artística de Sofia Belchior e foi criado em conjunto com

as associações locais. O Sobreiro de Águas de Moura é o cenário para o “Baile da Liberdade”, no dia 26, às 21h30. A 28 de abril, entre as 10h00 e as 17h00, o Largo de S. João, em Palmela, recebe a iniciativa “Dança ao Largo”, um conjunto de aulas abertas à comunidade. Às 16h00, Leónia de Oliveira e os Dahu animam mais um baile de danças tradicionais do mundo na Biblioteca de Palmela. Por fim, a 29 de abril, a dança e o cinema unem-se, em três sessões de “Cinema(s) À volta da Dança”, no Cineteatro S. João. Todas

Conviver e manter a tradição 2.ª feira das Merendas Como manda a tradição, Palmela vai recriar a Segunda-feira das Merendas, no dia 29 de abril, às 12h00, no Parque Venâncio Ribeiro da Costa, em Palmela. Esta iniciativa, promovida pela Câmara Municipal e pela Junta de Freguesia de Palmela - que se realiza na segunda-feira após o domingo de pascoela, e conta com a participação da comunidade – evoca as antigas rotinas das/dos trabalhadoras/es rurais, com a entrada do horário de verão. Hoje, é uma oportunidade de convívio, em contacto com a natureza, num local privilegiado da vila. Traga a sua merenda e junte-se a nós!

as iniciativas têm entrada livre. Informações: 212 336 630 ou www.passosecompassos.pt. A 6 de abril, a DançArte estreou, no Cineteatro S. João, “Plano Oblíquo” o terceiro dos oitos bouquets que integram o Ciclo Syrah. Uma combinação entre a arte contemporânea e as raízes culturais locais, que ganham expressão na riqueza da terra, da vinha e na arte de produção do vinho.

Teatro celebrado com qualidade e salas cheias A Câmara Municipal e os Grupos de Teatro do concelho promoveram, em março, um programa comemorativo do Dia Mundial do Teatro que assentou, em grande medida, no trabalho desenvolvido pelas diversas companhias que dinamizam atividade teatral no concelho – com 10 espetáculos e duas estreias - e

grupos nacionais, que no conjunto, registaram 1.500 espetadoras/es. A festa do teatro fez-se com diversos espetáculos, oficinas e formações dirigidas aos diferentes públicos, com entrada livre ou valores simbólicos. O Dia Mundial do Teatro foi instituído em 1961 pelo Instituto Internacional de Teatro da UNESCO.


Palmela informa | abril 2019

15

em festa

Palmela cumpre tradição O ritual da Queima do Judas regressa às ruas do Centro Histórico de Palmela no dia 20 de abril. O percurso tem início no Largo dos Loureiros, às 21h30, e termina no Largo de S. João, onde será lido o testamento da Câmara Municipal de Palmela, seguindo-se animação pela Orquestra e pelos Diabos do Bardoada – O Grupo do Sarrafo e um espetáculo de fogo de artifício. A tradição foi recuperada pela autarquia em 1995 e conta com o envolvimento das associações e dos grupos de teatro locais. Este ano, participam 15 grupos: Passos e Compassos – Grupo Férias Culturais, Associação Escoteiros Portugal – Grupo 40, Motoclube de Palmela, Os INdiferentes, Avózinhas, Sociedade Filarmónica Palmelense “Loureiros”, Teatro Sem Dono, Sociedade Columbófila de Palmela, Sociedade Filarmónica Humanitária, ATA – Teatro Artimanha, Associação de Idosos de Palmela, Teatro da Vila, Grupo Coral “Ausentes do Alentejo”, Serviços Sociais e Culturais dos Trabalhadores do Município de Palmela e Bardoada – O Grupo do Sarrafo.

Exposição valoriza a Gaita de fole

círios e os gaiteiros. Pode ser visitada de terça-feira a domingo, das 14h30 às 18h00 (encerra no domingo de Páscoa), sendo o acesso feito com o bilhete de entrada no Museu.

Até 2 de outubro, a exposição “Paisagem sonora - a Gaita de fole”, patente na sala de Exposições Temporárias do Museu da Música Mecânica, em Pinhal Novo, convida a saber mais sobre este instrumento musical popular, com forte expressão no concelho de Palmela. A mostra dá a conhecer a história, tipos e formas de construção da Gaita de fole, os músicos e repertórios, os

A iniciativa integra o “Palmela é Música”, processo de candidatura de Palmela à Rede de Cidades Criativas da UNESCO, na área da Música, e a organização é do Município de Palmela, em parceria com o Museu da Música Mecânica, o FIG - Festival Internacional de Gigantes, a Associação Portuguesa para o Estudo e Divulgação da Gaita de Foles, o Círio dos Olhos d’Água, o

FIG volta a receber selo de qualidade O FIG, Festival Internacional de Gigantes, a decorrer em Pinhal Novo, entre 5 e 7 de julho, recebeu o selo EFFE 2019/2020. Atribuído pela 3.ª edição consecutiva, este selo identifica o Festival como parte integrante da plataforma EFFE - Europe for Festivals, Festivals for Europe, criada pela Associação de Festivais Eu-

Círio da Carregueira e o Bardoada – O Grupo do Sarrafo. ropeus. Esta plataforma reúne festivais de 45 países europeus que, depois de avaliados por peritos na área cultural, são selecionados pela sua qualidade artística, envolvimento da comunidade, parcerias estabelecidas e impacto aos níveis local, nacional e internacional. O FIG volta, assim, a integrar o Guia de Festivais EFFE (FestivalFinder.eu), uma ferramenta de busca on-line sobre festivais de música, teatro, artes de rua, dança, literatura e outras expressões artísticas nestes 45 países.


de todas as idades

16

Palmela informa | abril 2019

Serviço Educativo do Museu envolveu 6.300 visitantes As atividades dinamizadas ao longo do ano letivo 2017/2018 pelo Serviço Educativo do Museu Municipal de Palmela (SE-MMP) envolveram cerca de 6.300 visitantes, na sua maioria, do concelho de Palmela. O 1.º Ciclo do Ensino Básico e, logo a seguir, a Educação Pré-Escolar foram os públicos que mais solicitaram a oferta pedagógica disponibilizada. Instalado no Castelo de Palmela, o SE-MMP é o rosto mais visível do Museu Municipal. Para o atual ano letivo, o programa pedagógico do Serviço destaca a Exposição “Paisagem sonora – A Gaita de fole” (ver p. 15) e pode ser consultado no sítio do Município. Em simultâneo, são realizadas visitas guiadas ao património cultural do concelho, prioritariamente, para grupos escolares. A programação deste Serviço agrega, ainda, as datas comemorativas relacionadas com a agenda anual do Museu Municipal, com destaque para o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, o Dia Internacional dos Museus e a Noite dos Museus, entre outros. Um importante conjunto de recursos pedagógicos é disponibilizado em vários formatos (cadernos, caixas e/ou maletas temáticas e exposições itinerantes), alguns dos quais acessíveis em www.cm-palmela.pt/pages/1430.

“Março a Partir” mostrou capacidade de concretização O programa da 24.ª edição do “Março a Partir” – Mês da Juventude integrou 61 atividades, promovidas por 30 entidades, nas cinco freguesias do concelho, ao longo de todo o mês, em áreas como a música, o teatro, o desporto, o ambiente, as artes plásticas, a inclusão, a solidariedade e o voluntariado. Montra da capacidade de concretização das/os jovens, este projeto tem vindo a afirmar-se como uma verdadeira “escola de participação e cidadania”, contribuindo para o desenvolvimento de novas dinâmicas associativas no concelho, através de um processo que estimula a aprendizagem, o debate e a concretização de ideias. A organização foi da responsabilidade da Câmara Municipal de Palmela e das associações juvenis, grupos informais de jovens e entidades que desenvolvem trabalho com a juventude.

“Chá do Chile” vence Concurso de Bandas Amadoras A banda setubalense “Chá do Chile” foi a vencedora do 4.º Concurso de Bandas Amadoras de Palmela - Warm Up “Março a Partir”. Na final, que decorreu a 16 de março, na Sociedade Filarmónica Humanitária, em Palmela, subiram, também ao palco, as bandas “Brazil Dub” (2.º lugar, Quinta do Anjo - vai representar o concelho no Festival da Liberdade 2019), Paper Hearts (3.º lugar, Águas de Moura) e Midcake (4.º lugar, Pinhal Novo), além da banda convidada “Esfera”, os vencedores da edição de 2017.


Palmela informa | abril 2019

17

de todas as idades

25.º Fantasiarte encerra em festa

De 17 a 24 de maio, decorrem, no Cineteatro S. João, em Palmela, as Festas de Encerramento do Fantasiarte. Na sua 25.ª edição e integrado no “Plano Inovador de Combate ao Insucesso Escolar – Eu Conquisto o meu Sucesso (2017/2021)”, este é um projeto de educação pela arte, desenvolvido pela Câmara Municipal com a Comunidade Educativa do concelho. En-

tre participantes com programa e espetadoras/ es, cerca de 3.300 crianças e jovens, da Educação Pré-escolar ao Ensino Secundário, e 350 professoras/es, auxiliares e população de idade maior vão estar nas Festas de Encerramento. Neste ano letivo, o Fantasiarte integra 60 programas artísticos, dando às/aos participantes

Exposição registou memória viva da comunidade A Exposição “80 anos de Iluminação Pública Eléctrica. Palmela 1938. Finalmente, a Luz!” encerrou com a apresentação do catálogo, no dia 29 de março, no âmbito das comemorações do Dia Nacional dos Centros Históricos, que integrou, também, uma visita guiada pela vila, para conhecer melhor este património. Na cerimónia, o Presidente da Câmara sublinhou «a construção do património de memória coletiva da comunidade», como forma de trabalho, um compromisso assumido pelo Município, que terá continuidade nesta área, «com novas linhas de investigação». Destaque para o facto de se tratar da «primeira investigação de fundo sobre património energético do concelho, que reúne peças em reserva, contando com a recolha de depoimentos de munícipes, que também cederam peças para a exposição, através do Arquivo de Fontes Orais. A exposição registou, ao longo de 10 meses, cerca de 700 visitantes, com visitas guiadas.

a possibilidade de partilharem talentos nas áreas da música, teatro, dança e artes visuais, entre outras. Estes programas, preparados ao longo do ano letivo, envolvem todos os Agrupamentos de Escolas e Escolas Secundárias, Instituições Particulares de Solidariedade Social, Entidades de Educação e Ensino Privadas e Associações de Pais.


de todas as idades

18

Palmela informa | abril 2019

Crianças do “Eu Participo!” intervêm na comunidade Nos últimos meses, no âmbito do projeto “Eu Participo!”, as crianças das escolas participantes foram investigar de que forma as ruas garantem os direitos das crianças e os direitos humanos. Com base no cartaz “Todas as crianças têm direito a entender a sua cidade”, oferecido, este ano, pelo Município, as crianças aceitaram a missão a que foram desafiadas e cada turma dividiu-se em várias equipas, com a responsabilidade de verificar se os direitos estão garantidos. Com entusiasmo de colocar “mãos à obra” e do aprender fazendo e satisfação por perceber que vivemos num país e num local onde a Convenção sobre os Direitos da Criança, a Declaração Universal dos Direitos Humanos e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável são motores do seu desenvolvimento, as crianças já iniciaram projetos de intervenção, na escola, na comunidade e/ou em casa, tendo até participado na greve e manifestação estudantil de ação pelo clima, a 15 de março. Descobriram, também, as diferenças no planeamento das cidades e habitações antes e depois de algumas leis criadas para proteger os direitos de todas as pessoas e as competências distribuídas pelas autarquias e outras entidades locais. Nas Assembleias “Eu Participo!”, realizadas com os executivos das autarquias, apresentaram, ainda, as suas maiores preocupações, relacionadas, prioritariamente, com o ambiente, a mobilidade, as acessibilidades e o acesso a espaço público seguro e qualificado, promotor de socialização intergeracional. Assim vai crescendo um projeto municipal de educação em direitos e cidadania democrática, partindo da manifestação de interesses e preocupações das crianças, com

Bibliotecas Escolares debateram sustentabilidade

o apoio das pessoas adultas que as acompanham, destacando o trabalho extraordinário do corpo docente.

A Biblioteca Municipal de Palmela recebeu, nos dias 22 e 23 de março, o I Encontro de Bibliotecas Escolares do Concelho de Palmela, numa iniciativa da Câmara Municipal com o apoio do Grupo de Bibliotecas Escolares do concelho. Estruturado em três painéis, o programa integrou um conjunto diversificado de comunicações, entre as quais, a conferência “Reflexões para uma cultura regenerativa”, por Gil Penha-Lopes, da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, uma mesa redonda com escritoras/

es e ilustradoras/es e cinco oficinas, que serviram de base à reflexão sobre a temática da sustentabilidade, transversal aos vários setores da sociedade e onde as Bibliotecas Escolares assumem um importante papel de responsabilização. O trabalho desenvolvido pelo Município no âmbito das Bibliotecas Escolares teve início na década de 90 do século passado, com base em objetivos partilhados – a promoção da leitura e o acesso à informação por parte quer de munícipes, quer de jovens em idade escolar.


Palmela informa | abril 2019

19

desporto

Guia de Percursos Cicláveis da Arrábida já está disponível Pode ser consultado, no sítio da Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC), o novo Guia de Percursos Cicláveis da Arrábida. Editado pela FPC e pela Lima&Limão Cycling Services e elaborado com o apoio dos Municípios de Palmela, Setúbal e Sesimbra, este guia pretende contribuir para a prática sustentável de ciclismo na Arrábida, com maior segurança, qualidade e conforto, apresentando-se, também, como ferramenta de promoção da região. São sugeridos 13 percursos, com quatro graus de dificuldade, que levam as/os ciclistas através dos pontos mais marcantes da Arrábida. Em Palmela, os percursos propostos destacam zonas como o Vale de Barris, a Estrada da Cobra, a zona rural do concelho, por entre adegas e vinhas, ou o Centro Histórico. Em breve, o Guia terá, também, versão impressa (em português e inglês), distribuída gratuitamente. Mais informação em www.fpciclismo.pt.

Palmela continua a dar cartas no ciclismo O espanhol Jonathan Lastra (Caja Rural-Seguros RGA) foi o vencedor da 3.ª Clássica da Arrábida, realizada a 17 de março, em simultâneo com a 5.ª Granfondo da Arrábida. Com partida e Prémio de Montanha em Palmela, a prova contou com 157 ciclistas profissionais, num total de 23 equipas. A organização foi uma parceria dos municípios de Palmela, Sesimbra e Setúbal com a Federação Portuguesa de Ciclismo e com a Lima&Limão Cycling Services.

tabelecido em Palmela, com 89 ciclistas em competição. A britânica Lauren Dolan (Team Rytger) foi a vencedora da categoria de elite. No mesmo dia, realizou-se a 1.ª Prova da Taça de Portugal de Cadetes Masculinos, com 58 participantes, que teve Tiago Clemente (Grupo Desportivo de Lousa) como vencedor. Ambas as provas foram organizadas pela Associação de Ciclismo do Distrito de Setúbal e Federação Portuguesa de Ciclismo, com o apoio do Município.

A 24 de março, um novo recorde nacional de participação na Taça de Portugal em Femininas foi es-

3.º curso do “Aprender a Nadar” a decorrer O 3.º curso do projeto “Aprender a Nadar” está a decorrer nas Piscinas Municipais de Pinhal Novo e Palmela, respetivamente, e conta com 394 alunas/ os de 7 escolas. Entretanto, o 2.º, que envolveu 312 alunas/os de 11 escolas, promoveu a partilha das aprendizagens com a comunidade, no Festival de Encerramento, que se realizou a 16 de março, na Piscina Municipal de Palmela. A iniciativa é da Câmara Municipal de Palmela e da Palmela Desporto, E.M., em articulação com os três Agrupamentos de Escolas do Concelho, e tem como madrinha a nadadora paralímpica Simone Fragoso.

chegam em junho De 14 a 16 de junho, os Jogos do Futuro da Região de Setúbal estão de regresso, com um calendário que destaca 25 modalidades desportivas, incluindo desporto adaptado, e provas nos 9 municípios organizadores. Cerca de três milhares de jovens, com idades entre os 10 e os 16 anos, são esperados nesta festa desportiva, que tem como patrono o ex-futebolista Luisão. O ciclista Rafael Reis é o embaixador do Município de Palmela que, nesta 6.ª edição, vai receber as competições de judo e orientação e será representado por 15 equipas. Organizados pelos Municípios de Palmela, Alcochete, Almada, Barreiro, Moita, Montijo, Seixal, Sesimbra e Setúbal e pela Associação de Municípios da Região de Setúbal, os Jogos contam com a parceria do Desporto Escolar, movimento associativo e associações distritais das modalidades.


desporto

Profile for Câmara Municipal Palmela Publicações

Boletim Municipal 158  

Boletim Municipal 158  

Advertisement