Issuu on Google+

THE BASE PROJECT

promovendo o artesanato através do comércio fair-trade


fundada pela dupla de gémeos Chris e Doug Akin em parceria com duas cooperativas artesãs de tribos de Kunene (região no noroeste de Namibia)


a taxa de pobreza é bastante elevada na região de Kunene, e o acesso à saúde e à educação são limitados o artesanato é uma forma de apoiar financeiramente a família, no entanto, o comércio é escasso devido à falta de vias e acessos públicos


o projecto tem como principal objectivo estabelecer a ponte entre o trabalho dos artesãos e o mercado internacional, através do comércio fair-trade através dos seus produtos, cria empregos e investe na capacitação e no apoio a projectos da comunidade


numa primeira fase, desenvolveu-se uma colecção de pulseiras e investiu-se na comunicação junto do público internacional o desperdício de tubos de canalização que polui a região serve de matéria-prima para as pulseiras, e as ferramentas e técnica utilizadas são rudimentares

o sucesso do projecto permitiu-lhe continuar a desenvolver esta parceria através de novos produtos


ao seguir o modelo de outras iniciativas com base no fair-trade, contribui para a disseminação das práticas de consumo ético


permite que os artes達os subsistam da sua actividade e cria um sistema de sustentabilidade que utiliza recursos locais o desenvolvimento do artesanato oferece mais oportunidades de emprego e contribui para o aumento de autonomia da comunidade


bicicletas em bamboo como meio de transporte sustentรกvel THE BAMBOO BICYCLE PROJECT


equipa de investigadores da Universidade de Columbia, EUA em colaboração com os habitantes de diferentes åreas do continente Africano


A bicicleta é o principal meio de transporte em muitas das zonas mais pobres do mundo. Para além de servir de transporte individual, tem outras aplicações, incluindo o transporte de bens para o mercado, o transporte de doentes e a distribuição de medicamentos. Apesar da necessidade de bicicletas que existe em África, não existe produção local.


O projecto pretende testar a viabilidade da implementação de bicicletas em bamboo como forma sustentável de transporte em países africanos. A escolha do bamboo deve-se ao facto de ser uma matéria prima local, e por ter a vantagem de não ser tão exigente a nível técnico em comparação com outros materias usados na construção dos quadros de bicicletas. Desta forma, coloca-se a possibilidade de estimular uma indústria de produção de bicicletas local.


o processo de design consiste em 1

desenvolver e construir uma bicicleta em bamboo que seja adequada ao terreno local

2

encontrar formas economica e tecnologicamente viáveis para a sua produção em zonas rurais de África

3

envolver os habitantes a fim de determinar o potencial para a adopção da bicicleta

4

desenvolver um plano para tornar a produção e a distribuição das bicicletas em bamboo num micro-negócio auto-sustentável


o projecto procura tirar vantagem dos recursos naturais e desenvolver tecnologias sustentáveis para a economia da região cria novas oportunidades de emprego e estimula uma indústria conduzida pela população para servir as suas próprias necessidades


a comunidade local tem uma participação activa no desenvolvimento das bicicletas em bamboo, tomando decisões relacionadas com a sua futura utilização


the base project / the bamboo bicycle project