Issuu on Google+

O homem que queria soltar a Lua

Era uma vez um homem que queria soltar a lua. Viu a lua estava enredada numa árvore. Então subiu à árvore e trepou, trepou, trepou. Subiu à árvore, subiu, ainda mais alto, trepou mais um pouco e chegou ao cimo. Ai, assim não pode ser, impossível subir mais. Estendeu a mão; ah! Bom ora adeus, não conseguia alcançá-la! A lua continuava lá no alto, e a mão não consegui atingi-la. O homem desceu então, pois viu que a lua tinha caído para o charco. “Ai a lua caiu à água” A mãe também veio ajudálo. Pegaram numa longa cana de bambú para tentarem apanhá-la; procuraram, procuraram, procuraram e não conseguiram apanhá-la; o homem estava muito infeliz. Não havia meio de apanhá-la! A lua não gosta de ser apanhada pela mão do homem.

Yé Siuan, 1974

Outros contos do mesmo autor: -A árvore dos bombons; -Uma formiga morde um lobo; -Um homem pesca; -Grande peixe e pequeno peixe; -O homem que construía casas; -O cavalo e o burro; - A tempestade; - A menina que fazia pipi na cama; - A raposa, o lobo e o cavalo.

Ana Catarina 10º1 nº2 30 de novembro de 2013


Recolha - Contos 2