Issuu on Google+

Encarte especial integrante da revista naBaroneza 51 ÂŤ 2012

lX Concurso HĂ­pico Reserva da Baroneza


Prova II 10 Conselho editorial: Paulo Cleto, José Julio Aguiar de Cunto, José Roberto D’affonseca Gusmão, Norberto Armando Jannuzzi Raffo e Sérgio Lulia Jacob Superintendência: Sociedade Residencial Quinta da Baroneza – Eduardo Eichenberger

Abertura 04

executivos: Clube Hípico Quinta da Baroneza – Francisco Camargo; e Quinta da Baroneza Golfe Clube – José Carlos Soares

Prova I 08

diretoria: Luana Garcia e Márcio Padula Carile Produção e publicação: Fontpress Comunicação Av. Pavão, 955, cj. 85, Moema São Paulo, SP – CEP 04516-012 Tel.: (11) 5044-2557 E-mail: nabaroneza@fontpress.com.br Jornalista responsável: Márcio Padula Carile (MTB 30.164) editora-chefe: Luana Garcia (MTB 43.879) reportagem: Áurea Fortes, Luana Garcia e Márcio Padula Carile Fotografia: Sérgio Shibuya direção de arte e editoração eletrônica: Wagner Ferreira Secretária de redação: Michele Rodrigues diretora executiva: Angela Castilho diretor comercial: Paulo Zuppa executivas de negócios: Alyne Calado e Elaine Sabaliauskas impressão: Para anunciar: Tels.: (11) 5044-2557 e 5041-4715 E-mail: nabaronezapubli@fontpress.com.br

Prova IV 14 Prova III 12

Entrevista 18 Prova V 16

veja a íntegra do encarte especial da revista naBaroneza no site: www.quintadabaroneza.com.br


IX Concurso Reserva Golfe Clube »Hípico Especial Field Day 2011 da Baroneza » Edição 51 4 » www.QUINTADABARONEZA.com.br

o salto da Consagração iX Concurso Hípico reserva da Baroneza reúne cavaleiros de renome em cinco provas realizadas ao longo do dia. atraente premiação e o ambiente agradável da Quinta são os destaques Por Áurea Fortes

A nonA edição do Concurso Hípico Reserva da Baroneza dá mostras da consagração do evento no cenário do esporte nacional. O torneio integra o calendário da Federação Paulista e é muito bem quisto pelos cavaleiros. Prova disso é a lista de espera novamente organizada este ano, já que as vagas atendiam 140 cavaleiros e a demanda foi bem maior. Entre os motivos de tanta procura, cavaleiros e convidados destacam o ambiente agradável da Quinta da Baroneza, a realização do evento em um único dia, a possibilidade de encontrar amigos em um espaço diferente de um clube, a polpuda premiação e a organização técnica cuidadosa.

Mas o sucesso também é atestado pela lista de patrocinadores e apoiadores do Concurso, que cresce a cada ano. Reserva da Baroneza, Suvinil, Ultragaz e Espírito Santo Serviços Financeiros patrocinaram esta nona edição. Como apoiadores, Grupo GP, Grupo Hubert, Café Gourmet Santa Mônica, Medical VIP e NAG – Alarmes e CFTV na Baroneza. Foram realizadas cinco provas ao longo de 28 de julho, um sábado ensolarado, abrangendo todos os níveis de experiência: começando com 0,80 metro (iniciantes), passando por 1 metro, 1,10 metro, 1,20 metro, e chegando até 1,35 metro (cavaleiros profissionais). Na opinião da


organizadora do Concurso, Patrícia Carvalho, o evento incentiva o esporte como um todo, mas também a prática do hipismo na própria Quinta da Baroneza. “O Concurso Hípico é um sucesso, faz parte do calendário da Federação Paulista e tem uma procura muito grande por ser diversificado e em um lugar bonito, bem diferente dos clubes. É superagradável”, afirma. Este ano, pela quarta vez, o desenhador do percurso foi Caio Sérgio de Carvalho, cavaleiro olímpico que atualmente é o diretor de salto da Confederação Brasileira de Hipismo. No Concurso Hípico Reserva da Baroneza, o trabalho é intercalado, ano a ano, com outro colaborador,

Carlos Alberto Raposo Lopes. A prova testa várias características do cavaleiro. Desde a força do cavalo, sua agilidade, passando pelo controle e domínio do atleta sobre o animal. “O cavalo é um ser vivo e, portanto, pode ter alterações. O esportista tem de ter sensibilidade para conhecer o seu parceiro e tirar o melhor dele”, diz Carvalho. Dentre os competidores de renome que participaram desta edição estão Guilherme Dutra Foroni, campeão brasileiro do Young Riders de Florianópolis; Felipe Juares de Lima, Jose Luiz Guimarães de Carvalho e Pedro Junqueira Muyalert, que participou da final da Copa do


IX Concurso Hípico Reserva da Baroneza » Edição 51 6 » www.QUINTADABARONEZA.com.br

Patrícia Carvalho, organizadora do Concurso Hípico da Baroneza


Mundo na Holanda. “Por ser realizado em uma só data vários amigos vêm. É tudo muito bem organizado e a premiação é ótima. O interessante é vir e passar o dia com os amigos em um lugar muito bonito, aconchegante”, comenta Mylaert.

Vocação Sérgio Lulia Jacob, presidente do Clube Hípico Quinta da Baroneza, confirma que o empreendimento tem uma vocação para vários esportes, mas destaca o avanço do hipismo em especial. “Vários condôminos aderiram à prática aqui na Baroneza, a partir da estrutura disponível. O Concurso, por sua vez, é o grande momento do ano todo, atrai não só a comunidade residente, mas de todo o Estado. O número de participantes vem crescendo, então o evento funciona como estímulo para que um número cada vez maior de pessoas pratique o hipismo.” Seu filho, Pedro Jacob, de 13 anos, é um dos que começaram no esporte na Baroneza. E já garantiu a vitória na prova de 0,80 metro do IX Concurso Hípico. “A satisfação é enorme”, comemora o pai. Oscar Americano, idealizador da Quinta da Baroneza, também acompanhou o Concurso in loco. “Quando criei a Baroneza, minha afinidade já era com cavalos. Quando se anda por aqui, se vê todos os esportes muito bem aproveitados, mas o hipismo é especial. O cavalo é o DNA da Baroneza. E tal afirmação pode ser comprovada em eventos como este, com toda essa procura.” Com tamanha tradição do empreendimento no esporte, Oscar Americano defende que a realização do Concurso Hípico em suas dependências é sempre importantíssima. E vai além, indicando cavalgadas fora dos limites da Vila Hípica, como nos 12 quilômetros de trilhas pelas matas. “São passeios fantásticos. Eu ando a cavalo desde menino, e considero este o melhor lugar para a prática no mundo. Já cavalguei na Inglaterra, no Egito, em diversos locais. Mas as matas da Baroneza, os lagos e as paisagens formam o melhor lugar que existe.”

Caio Sérgio de Carvalho, desenhador do percurso nesta edição


prova I » IX Concurso Hípico Reserva da Baroneza » Edição 51 8 » www.QUINTADABARONEZA.com.br

ConHeça os venCedoRes de Cada etapa do IX ConCuRso HípICo ReseRva da BaRoneza


séRIe 0,80 metRo Aberta; características: cronômetro, tabela A, artigo 238.2.1 – vel. 350M/M – tempo ideal e faixa de tempo

Classificação 1º 2º 3º

Concorrente Pedro Koprowski Lulia Jacob Mariane Alonso Maria Paula Brasil

Cavalo Amadeus Nagalack Zulu IGS


prova II » IX Concurso Hípico Reserva da Baroneza » Edição 51 10 » www.QUINTADABARONEZA.com.br


séRIe 1,00 metRo MMR, JCB e AMB; características: cronômetro, tabela A, 1,00 X 1,30M, artigo 238.2.1 – vel. 350M/M – tempo ideal para JCB

Mini-MiriM Classificação 1º

Concorrente Eduardo Davini Pena

Cavalo Objetiva

Concorrente Hugo Pereira de Almeida Chiara Sengberg Compri André Kurbet

Cavalo Brincalhão Universo Comando SN Daiuky

Concorrente Alexandre Souza Camila Guerreiro Gibin Ana Carolina Junqueira Mendes

Cavalo Guri do Gui Forever da Barra Jogo da Luz

JoveM Cavaleiro Classificação 1º 2º 3º

aMador Classificação 1º 2º 3º


prova III » IX Concurso Hípico Reserva da Baroneza » Edição 51 12 » www.QUINTADABARONEZA.com.br


séRIe 1,10 metRo

Pré-MiriM

PMR, JCA e AMA; características: 2 fases, tabela A, 1,10 X 1,40M, artigo 284 – vel. 350M/M

JoveM Cavaleiro

Classificação 1º

Classificação 1º 2º 3º

Concorrente Maria Carolina Chuluck

Cavalo Pérola da Ixa

Concorrente Camila Paulucci Der Haroutiounian Giulia Maciel Martins Hugo Pereira de Almeida

Cavalo Dollar El Cid Russo Chantebled

Concorrente Eduardo Martins Carvalho Filho André Moron Neto Miguel Angel Buelta Martinez

Cavalo Mages des Halles Calais Corradino Jmen

aMador Classificação 1º 2º 3º


prova Iv

Edição 51 « IX Concurso Hípico Reserva da Baroneza « www.QUINTADABARONEZA.com.br

séRIe 1,20 metRo MR, JC e AM; características: 2 fases, tabela A, 1,20 X 1,60M, artigo 284 – vel. 350M/M

MiriM Classificação 1º

Concorrente Iago Aureliano Pena Siqueira

Cavalo Gianduia das Umburanas

JoveM Cavaleiro Classificação 1º 2º 3º

Concorrente Daniel Halaban João Pedro A. de Albuquerque Luiza Almeida Santos

Cavalo Albatroz Belle Rapsodie Croghan Hill Lady

Concorrente Simone Machado Macedo dos Santos Ricardo Luis de Lima Vianna Janice Merzvinskas

Cavalo WFH Forest at Berry Luck Melissa do MM Ton Ton

aMador Classificação 1º 2º 3º

« 15


prova v » IX Concurso Hípico Reserva da Baroneza » Edição 51 16 » www.QUINTADABARONEZA.com.br

séRIe 1,35 metRo PJR, AMAT, JR e SR; características: mista com um desempate, tabela A, 1,35 X 1,70M, artigo 238.2.2 – vel. 350M/M

Junior Classificação 1º 2º

Concorrente Fernando Chiarotto Penteado Vitor Dantas Medeiros

Cavalo Império HV San Giorgio

Concorrente Tomas de Moraes Dantas Marcio Appel Simone Machado Macedo dos Santos

Cavalo Washingthon S Ubiquiste Bom Sabor Forest Trivitano Miraflores

Concorrente Adir Dias de Abreu Junior Kitaro Baldaia Bemfica Fabio Sarti

Cavalo SL Space II Kanonikus Sanol Dog Protecnica Jungle Boy

aMador ToP Classificação 1º 2º 3º

Senior Classificação 1º 2º 3º


entrevista » IX Concurso Hípico Reserva da Baroneza » Edição 51 18 » www.QUINTADABARONEZA.com.br

'FeliCidade' resume ConQuista para o venCedor os AplAusos, A torcidA dos Amigos e o cavalo da namorada foram um quê a mais na tarde vitoriosa de Adir Dias de Abreu Junior, de 28 anos, que saltou com o SL Space II na prova principal do IX Concurso Hípico Reserva da Baroneza – série 1,35 metro. O cavaleiro nasceu em Itaboraí, no Rio de Janeiro, e mora em São Paulo desde 2004. Monta desde os 19 anos e já trabalhou com o cavaleiro Yuri Mansur por nove anos. Coube ao economista André Lara Resende, da Quinta da Baroneza, descobrir o talento e levá-lo para trabalhar na Quinta. Por este e outros motivos, Adir Júnior pode ser considerado um filho da casa, que conhece a Vila Hípica como a palma da mão. Entre sorrisos e demonstrando o entusiasmo típico de um vencedor, imediatamente após a conquista ele concedeu entrevista exclusiva à revista naBaroneza.

naBaroneza (nB): Como você se sente vencendo esta prova na Hípica da Quinta da Baroneza? Adir Júnior (AJ): Reconheço que a prova na Hípica da Baroneza é importante. Estou me sentindo em casa hoje. Apesar de não manejar aqui dentro, passei três meses treinando nesta pista. E, no ano passado, saltei com este mesmo cavalo. nB: Qual palavra define esta conquista? AJ: Para mim é felicidade. Hoje estou muito feliz porque, pela manhã, meus amigos daqui do Clube Hípico falaram que eu iria ganhar a prova. Quando eu zerei e a torcida aplaudiu, foi só felicidade. nB: Como você se preparou para a prova? AJ: Venho trabalhando o cavalo normal em casa. Treinei em casa mesmo, e vim para a prova. SL Space Segundo é um animal concursado. Minha namorada, Manuela Mendes, é a dona dele, e é ela quem salta com ele nas provas. Hoje (dia da prova) ela está viajando, mas já vou ligar para ela e avisar que ganhamos. nB: Quando começou sua carreira? AJ: Comecei a montar aos 19 anos, na cidade de São Roque, em São Paulo, sob orientação de Iuri Mansur, no Manejo do Edgar Foroni. nB: Quais são suas principais vitórias anteriores? AJ: Já classifiquei no Grande Prêmio (1,50 m), no mês de junho, na Copa São Paulo, e conquistei o terceiro lugar com Wigina. Fiquei em quarto no Mini Grande Prêmio. Nas duas competições, saltei com éguas da família Resende. nB: Como é sua relação com os cavalos? AJ: Quando você se sente confiante e passa essa confiança para o cavalo, ele acaba saltando melhor. E, no dia a dia, se você tratá-lo bem, ele dá o resultado. Tem de tratar o cavalo com carinho, treinar e fazer tudo direitinho.



Quinta da Baroneza - 51 edicao