Page 1

Carlos Drummond de Andrade

9

Carlos Drummond de Andrade nasceu em Itabira MG, em 31 de outubro de 1902. Escreveu poemas com assuntos do dia a dia, com muito pessimismo. Escreveu também diversas crônicas e contos. Ante a insistência familiar para que obtivesse um diploma, formou-se em Farmácia na cidade de Ouro Preto em 1925. Fundou com outros escritores A Revista, que, apesar da vida breve, foi importante veículo de afirmação do modernismo em Minas. Desde 1954 colaborou como cronista no Correio da Manhã e, a partir do início de 1969, no Jornal do Brasil. Têm suas prosas reunidas nos seguintes volumes: Confissões de Minas, Contos de Aprendiz, Passeios na Ilha e Fala Amendoeira. Na década de 1980 lançou: A Paixão Medida, Caso Vestido (1983); Corpo (1984); Amar se aprende amando (1985) e Poesia Errante (1988). Morreu no Rio de Janeiro RJ, no dia 17 de agosto de 1987.

Ausência Por muito tempo achei que a ausência é falta. E lastimava, ignorante, a falta. Hoje não a lastimo. Não há falta na ausência. A ausência é um estar em mim. E sinto-a, branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços, que rio e danço e invento exclamações alegres, porque a ausência, essa ausência assimilada, ninguém a rouba mais de mim.

Jornal a6 pag9  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you