Page 1

2011

José António Barata Formação:

(Oficina)

Blogues para Apoio às Disciplinas

Blogues para Apoio às Disciplinas (oficina)

 

Melhorar o processo ensino/aprendizagem Dominar as potencialidades essências do Blogger;

Aplicar os Blogues na prática pedagógica

Centro Formação SIPE Rua Igreja de Cedofeita 27 22 207 60 60 www.sipe.pt

Formador: José António Barata

Página 1


Blogues para Apoio às Disciplinas (oficina) ACÇÃO DE FORMAÇÃO

Blogues para Apoio às Disciplinas (Oficina) Registo de acreditação do Conselho Cientifico e Pedagógico de Formação Continua

Centro de Formação

Sindicato Independente de Professores e Educadores – SIPE

Destinatários da Acção Educadores e Professores do Ensino Básico e Secundário

Condições de Frequência da Acção

Ser educador ou professor.

Objectivos a atingirem: De entre os objectivos a atingir, destacamos:  Identificar a necessidade de utilização pedagógica dos Blogues no contexto programático de cada disciplina; 

Incentivar os docentes na criação de ambientes educativos inovadores e interactivos;

Dinamizar os docentes nas novas formas de interactividade e comunicação com os alunos, comunidade escolar e blogosfera;

Disponibilizar on-line informação temática, com enquadramento curricular e cientifica correcta, no âmbito de cada disciplina – área curricular;

Criar um Blogue com o blogger: plataforma, endereço e alojamento;

Formador: José António Barata

Página 2


Blogues para Apoio às Disciplinas (oficina) 

Inserir comentários e conteúdos num blogue;

Adicionar ficheiros de som e de vídeos;

Manejar as diversas ferramentas e potencialidades do Blogue;

Personalização dos Blogues de acordo com as disciplinas e público-alvo.

Regime de Avaliação dos Formandos

A avaliação será feita através de: 

Assiduidade e Pontualidade;

Interesse manifestado e Participação;

No decorrer da acção serão realizados exercícios práticos de avaliação de conhecimentos módulos de matérias, individualizados;

Apresentação de um trabalho realizado individualmente (um Blogue), no qual aplicam os conteúdos adquiridos.

A classificação, atribuída a cada formando será quantitativa: 

Excelentes de 9 a 10 valores;

Muito Bom de 8 a 8,9 valores;

Bons de 6,5 a 7,9 valores;

Regular de 5 a 6,4 valores,

Insuficientes de 0 a 4,9 valores

Formador: José António Barata

Página 3


Blogues para Apoio às Disciplinas (oficina)

Blogues O termo weblog foi criado por Jorn Barger em 17 de Dezembro de 1997. A abreviação blog, por sua vez, foi criada por Peter Merholz, que, de brincadeira, desmembrou a palavra weblog para formar a frase we blog ("nós blogamos") na barra lateral de seu blog Peterme Um blogue (contracção do termo inglês Web log, diário da Web) é um site cuja estrutura permite a actualização rápida a partir de acréscimos de artigos ou posts (refere-se a uma entrada de texto efetuada num weblog/blogue). Estes são, em geral, organizados de forma cronológica inversa, tendo como foco a temática proposta do blogue, podendo ser escritos por um número variável de pessoas, de acordo com as autorizações do blogue. O blogue é um local para juntar e partilhar ideias, comentários sobre política, um diário ou links para sites da internet. Ter um blogue é muito mais do que colocar ideias na web, é estabelecer uma ligação com as pessoas que lêem o blogue e ter o retorno das suas opiniões. O administrador do blogue controla quem pode ler e quem pode escrever no seu blogue. Pode partilhar o blogue com alguns amigos ou com o mundo inteiro. Os comentários do Blogue permitem que qualquer pessoa em qualquer lugar envie comentários sobre os seus conteúdos (posts). Pode escolher permitir comentários em cada post e excluir os comentários de que não gostar. Os Controlos de acesso permitem que decida quem pode ler e quem pode escrever no seu blogue. Pode usar um blogue de grupo com vários autores como uma ferramenta de comunicação para pequenas equipas, famílias e outros grupos. Como único autor, pode criar um espaço particular on-line para reunir notícias, hiperligações e ideias, apenas para partilhar com os leitores que desejar. Os Perfis do Blogue permitem que encontre pessoas e blogues com os mesmos interesses que os seus. O perfil do Blogue, no qual pode listar os seus blogues e os seus interesses, permite que as pessoas o encontrem, mas somente se quiser ser encontrado.

Formador: José António Barata

Página 4


Blogues para Apoio às Disciplinas (oficina) Blogosfera A blogosfera, termo que representa o mundo dos blogues, ou os blogues como uma comunidade ou rede social, cresceu em ritmo espantoso. Em 1999 o número de blogues estimado era de 50; no final de 2000, a estimativa era de poucos milhares. Menos de três anos depois, os números saltaram para 2,5 a 4 milhões. Actualmente existem cerca de 112 milhões de blogues e cerca de 120 mil são criados diariamente, de acordo com um estudo da State of Blogosphere.

Tipos de Blogues Existem diversos tipos de blogues. É possível dividi-los em três grandes ramos: Blogues pessoais

Os blogues pessoais são os mais populares, normalmente são usados como um diário com posts voltadas para os acontecimentos da vida e as opiniões do usuário. Também são largamente utilizados por celebridades que procuram manter um canal de comunicação com seus fãs. Blogues corporativos e organizacionais

Muitas empresas utilizam os blogues como ferramentas de divulgação e contacto com os clientes. A empresa líder em blogues é a Microsoft com um total de 4500 blogues. Blogues de género

Por fim há blogues com um género específico, que tratam de um assunto dominado pelo usuário, ou grupo de usuários. Estes são os blogues com o maior número de acessos. Podem apresentar conteúdos variados, como humorísticos, notícias, informativos ou o de variedades, com contos, opiniões políticas e poesias.

Componentes do Blogue Blogger Bloguista, blóguer ou blogger são palavras utilizadas para designar aquele que escreve em blogues. O universo dos bloguistas é conhecido como blogosfera. Posts, Artigos

Conhecidos também como post, a forma substantiva anglófona do verbo "postar", refere-se a uma entrada de texto efectuada num weblog/ blog, blogue. Os artigos, posts, são organizados tradicionalmente de forma cronologicamente inversa na página, as informações mais actualizadas aparecem primeiro.

Formador: José António Barata

Página 5


Blogues para Apoio às Disciplinas (oficina) Um artigo deve seguir a temática proposta pelo blogue, embora permita uma enorme liberdade de opinião, o conteúdo do artigo está sujeito às mesmas regras legais de outras fontes, de modo que seu autor pode vir a ser responsabilizado juridicamente por aquilo que escreve. Actualmente, a maioria dos blogues é compatível com o recurso de inserção de imagens, vídeos, áudio nos artigos. Comentários

Um recurso característico dos blogues é a possibilidade de interacção do leitor, respondendo ou opinando em relação aos artigos publicados.

Formador: José António Barata

Página 6


Blogues para Apoio às Disciplinas (oficina) Como criar um Blogue Criar actualmente um blogue é simples e pode ser feito gratuitamente. Existem várias plataformas e portais, variando na sua complexidade e potencialidades, refiram-se as três mais conhecidas em Portugal:   

Sapo – blogs.sapo.pt Wordpress – pt.wordpress.com Blogger (da Google) – blogger.com

O Wordpress e o Blogger são os que têm uma adesão mais massiva e apresentam um bom compromisso, complexidade e potencialidade. Nesta acção de formação vamos recorrer á plataforma do Blogger.

Considerações a ter na criação do Blogue Tema A primeira coisa que se deve ter em mente é sobre o que iremos escrever ou publicar, um blogue é muito mais que um simples site ou portal. Um blogue é um local onde se reúne informação por ordem cronológica de acordo com o tema. O Blogue é organizado por assuntos ou tópicos, permitindo uma fácil consulta.

Conteúdo O blogue tem que ser rico em conteúdo, com qualidade, informação pertinente e útil. È o conteúdo do seu Blogue, que o vai distinguir de outros bloggers e influenciar os visitantes a voltar ao seu Blogue, para procurar mais e melhor informação. Deve evitar erros ortográficos ou gramaticais, estruturar correctamente as frases e tornar o texto de fácil leitura e compreensão. Tem 3 segundos para convencer o leitor a continuar a ler o artigo. O título deve ser apelativo e a introdução tem que despertar a curiosidade. Divulgar artigos de pessoas com nome reconhecido no tema e traduzi-los correctamente, se for necessário. Formador: José António Barata

Página 7


Blogues para Apoio às Disciplinas (oficina) Subscrever os melhores blogues internacionais relativo ao tema do seu blogue.

URL – Endereço do Blogue A URL( Uniform Resource Locator ) nada mais é do que o endereço do blogue na internet. Para os blogues do Blogger, o final da URL será “blogspot.com”, que é o domínio onde o blogue está hospedado. O endereço deve ser o mais sugestivo possível para o tema ou marca a abordar. O desenvolvimento de um logótipo, pode reforçar a imagem de marca do seu blogue..

Divulgar o Blogue Nada é conhecido se não for divulgado, por melhores que sejam os seus conteúdos ou produtos. Pense em divulgar o seu Blogue junto á sua comunidade, aos seus amigos, nas redes sociais, com comentários noutros blogues sobre o mesmo tema, participação em fóruns de discussão e tudo o que vir que possa levar ao seu conhecimento.

Regularidade Não pare de publicar ou não tenha grandes interrupções de publicação. É preferível publicar menos conteúdos mas com qualidade e de forma regular. Por exemplo publique 2 a 3 artigos por semana e mantenha essa expectativa ao longo do tempo. Assim irá mostrar organização e empenho na disponibilização de conteúdos.

Incentivo á participação e aos comentários Quanto mais envolver o leitor e consegui-lo incentivar á participação, de forma subtil, maior vai ser a vontade dos seus leitores voltarem ao seu Blogue, para se fazerem ouvir e partilhar experiências.

Formador: José António Barata

Página 8


Blogues para Apoio às Disciplinas (oficina) Criar um Blogue no Blogger O primeiro passo é digitar o endereço www.blogger.com

O registo no Blogger obriga a ter uma conta Gmail. Vamos ver como criar uma conta no Gmail.

Formador: José António Barata

Página 9


Blogues para Apoio às Disciplinas (oficina) Criar uma conta no gmail 1. Aceder ao site do Gmail: Aceda a www.gmail.com O Gmail oferece aproximadamente 7 Gb de espaço gratuito. O que é mais do que suficiente para guardarmos todos os emails. Clique em "CRIAR UMA CONTA"

.

Formador: José António Barata

Página 10


Blogues para Apoio às Disciplinas (oficina) 2. Escolher o endereço de email e preencher os campos do formulário Agora é só preencher o formulário com o seu nome e o login, a escolha do login ou username, é importante pois é o que decide o nome da sua conta de email.

3. Como escolher o nome de login ou username Os endereços de email têm que ser diferentes e devem estar relacionados com algo que se identifique com a sua finalidade. O sistema verifica se o nome do login que pretende já existe, caso exista pense noutras alternativas. As sugestões para criar o nome do seu login são:       

O Seu nome; Nome da escola ou empresa; Nome do assunto que pretende abordar; Primeiro e ultimo nome; Nomes separados por traço ou ponto (de evitar, custa mais a memorizar); Juntar ao seu nome a profissão; Evitar números e dígitos;

Formador: José António Barata

Página 11


Blogues para Apoio às Disciplinas (oficina) 

Tentar criar o login o mais fácil de memorizar ou que se identifique plenamente com o assunto a divulgar.

4. Escolher a senha ou palavra-chave Criar uma conta de email com uma palavra-chave forte é essencial, esta é a combinação para poder aceder ao seu “cofre”, uma combinação de letras maiúsculas, minúsculas e dígitos produz uma senha de forte grau de segurança. Tem que introduzir a palavra-chave duas vezes.

5. Proteger o seu Gmail com uma pergunta de segurança Tem que definir uma pergunta/ resposta de segurança e um email alternativo para recuperação de senha (pode deixar este campo em branco). Estes ajudam a obtenção da recuperação da sua senha de conta caso se esqueça da mesma.

Formador: José António Barata

Página 12


Blogues para Apoio às Disciplinas (oficina)

6. Verificação de Palavra e Confirmação Por questões de segurança o Gmail pede que escreva os caracteres que vê no ecrã, permite ter a certeza que não é um programa automático a gerar contas.

7. Termo e condições Verifique se os dados que introduziu estão correctos (altere o que pretender), leia os termos de serviço do Google. Se concordar clique no botão

Formador: José António Barata

Página 13


Blogues para Apoio às Disciplinas (oficina)

8. Aceder á conta Gmail Está pronto para aceder á sua conta Gmail, em www.gmail.com

Formador: José António Barata

Página 14


Blogues para Apoio às Disciplinas (oficina) Criar uma conta no Blogger Para criar a conta no Blogger vamos aceder novamente a www.blogger.com, clicamos em “Inscreva-se para ter uma nova Conta do Google”

E abre-se a janela com o formulário para criar a Conta no Google

Formador: José António Barata

Página 15


Blogues para Apoio às Disciplinas (oficina)

Preencha os campos: o Endereço de email (tem que ser gmail) o A palavra passe o O nome que vai atribuir á assinatura do seu blogue o Género: Masculino, Feminino, Outro o Aniversário o Os caracteres para verificação de palavras o Ler os termos de serviço o Se concordar aceitar os termos o Clicar em continuar e já está a conta no Blogger criada.

Formador: José António Barata

Página 16


Blogues para Apoio às Disciplinas (oficina)

Formador: José António Barata

Página 17


Blogues para Apoio às Disciplinas (oficina) Iniciar a sessão no Blogger Para iniciar a sessão no Blogger é só digitar www.blogger.com Preencher os campos do login (o email do gmail que criou) e a senha da conta do blogger que abriu e clicar em “login”.

Formador: José António Barata

Página 18


Blogues para Apoio às Disciplinas (oficina)

Formador: José António Barata

Página 19

BLOGER  

Manual de formação de blogger