Issuu on Google+

Casa Branca Press

1


2

Casa Branca Press


Bulls Marketing 6

10 Maternidade

Í

Maternity 10 Genetics 12

n

n

12 Genética

Economy 8

d

8 Economia

2007 Simmental Ranking 7

16 Tecnologia 20 Angus 22 Cavalo Árabe

Technology 16 Angus 20 Arabian Horse 24

26 Leilões

Sales 26

32 Causos

Tales 32

33 Brahman 34 Responsabilidade Social 36 Nossa Gente

I

d

i

7 Ranking Simental 2007

e

c

6 Mercado Touros

Editorial 5

x

e

4 Editorial

Brahman 33 Social Commitment 35 Our People 38

CASA BRANCA PRESS Ano 4 – Número 6 – Março de 2008 EXPEDIENTE Diretores: Paulo de Castro Marques Paulo Wickbold Marques Fabiana Wickbold Marques Coordenação Geral: Leonardo Pinheiro Machado Secretaria Geral e Marketing: Sandra Pando Jornalista Responsável: Altair Albuquerque (MTb 17.291) Reportagens: Márcio Mingardo, Marcos Besse, Rogério Santos e Victor Hugo Alves Fotos: Arquivo Casa Branca, Rubens Ferreira, Texto Assessoria de Comunicações, Gerson Sobreira, Rogério Santos Produção: Breeder Editora Foto Capa: Rubens Ferreira - Gado Brahman na Fazenda Santa Helena - Casa Branca Agropastoril Patrocinadores desta Edição: Agener União Saúde Animal, Central Bela Vista, Sahinco, Socil Casa Branca Press é o órgão oficial de comunicação da Casa Branca Agropastoril. Correspondência: Av. do Café, 277 - 7º andar - Vila Guarani - São Paulo-SP - Brasil - CEP 04311-900 Telefone: (55 35) 3452-0828 - Fax: (55 35) 9974-4004 e-mail: casabranca@casabrancaagropastoril.com.br Casa Branca Press

3


Pecuária nas veias

Ligação de Paulo com a pecuária vem dos tempos de criança, com o incentivo do seu João

e

d

i

t

o

r

i

a

l

A genética também tende a ser mais valorizada nesse período de “vacas gordas” porque nós, criadores, sabemos muito bem que quanto melhor a qualidade dos reprodutores (machos e fêmeas) mais e melhores bezerros são produzidos.

4

Casa Branca Press

U

fa, o ciclo virou! Com atraso de mais de dois anos, os consultores especializados podem, finalmente, dizer que o ciclo de alta está aí, para devolver o ânimo perdido dos pecuaristas e contribuir para a revitalização das fazendas, seja com reforma de pastos e de instalações, melhoria do manejo e dos cuidados nutricionais e sanitários. A genética também tende a ser mais valorizada nesse período de “vacas gordas” porque nós, criadores, sabemos muito bem que quanto melhor a qualidade dos reprodutores (machos e fêmeas) mais e melhores bezerros são produzidos. E melhores bezerros são animais mais precoces, que ganham peso rapidamente e chegam à idade de abate (algo em torno das 16/17 arrobas) com 24 meses em média, revertendo em mais receita. Sem dizer aqueles produtos diferenciados, acima da média, que se destacam e podem se tornar campeões em pistas, ajudar o melhoramento genético do plantel e proporcionar bom retorno em leilões, contribuindo para fechar as contas. Já vivenciei muitos altos e baixos da pecuária. Lembro com saudade dos tempos de menino quando o velho senhor João, meu pai, lutava para equacionar as contas da produção. Me lembro de não sei quantas vezes ele ameaçar abandonar a atividade porque as despesas estavam acima da receita, os preços de venda estavam ruins e as perspectivas não eram das melhores.

Mas o ‘seu’ João velho de guerra só ficava na ameaça. E quando a coisa melhorava um pouquinho que fosse, ele sempre dizia que a pecuária estava no sangue. E o ânimo voltava com tudo. Cresci ouvindo esse discurso. E adquirindo cada vez mais a mesma paixão do meu pai pela pecuária. Com algum orgulho, posso dizer que coloquei um pouco mais de ordem na casa. A equipe da Casa Branca é comprometida, as fazendas estão bem estruturadas e as raças Angus, Brahman e Simental sul-africanas são fantásticas. Como adicional, tenho dois filhos que pegaram amor pelo gado, assim como eu. O ‘seu’ João certamente está orgulhoso disso. O resultado dessa paixão é a seleção rigorosa, a definição clara de objetivos, a organização profissional do projeto, as parcerias em busca de resultados ainda superiores, a escolha de estratégias voltadas para a satisfação das necessidades do mercado, este um agente fundamental. É essa soma de fatores que move os rumos da Casa Branca. É o que nos faz buscar, desde os tempos do velho João, a inatingível perfeição. É nossa humilde contribuição para o progresso dessa atividade fantástica, que projeta o Brasil no mundo e o ajuda a crescer. Paulo de Castro Marques Casa Branca Agropastoril


Cattle breeding is in the blood!

By the hand of Mr. João, his father, Paulo has been envolved with cattle since he was a kid

T

he cycle has turned around! After a twoyear delay, the specialized consultants can now say the cycle is up again for the cattle cattle breeders whom are now able to revitalize the cattle farms, either by reinvigorating the pastures and facilities, improving the management, or upgrading the nutritional and sanitary care. Genetics also tends to be more valued during this time of plenty because we, cattle breeders, know that the better the cattle’s quality (male and female), the more calves will be produced and the better they will be. We also know that better calves mean precocious animals, which gain weight rapidly, and reach the age of slaughter (around 16/17 arrobas – approximately 535/568 pounds) at an average of 24 months, giving us more revenue. Not to mention that differentiated products, better than the average cattle, which stand out and can become champions in the shows, contributing to the genetic improvement of the breeding herd and bringing a better return in the sales, contributing to profitability. I have experienced a lot of ups and downs in the cattle industry. I miss the time when I w a s a b o y, w h e n M r. J o ã o , m y f a t h e r, struggled to make a profit. I remember when, many times, I heard my father saying he would quit the business because the expenses were higher than the revenue, the sale prices

were bad, and the outlook was not good. But “Mr.” João, a veteran cattle breeder, would only threaten. When things were just a little bit better, he would always say that cattle breeding industry was in his blood. The vitality was back. I grew up hearing this speech and my passion for cattle breeding grew just as my father’s. I am proud to say that I “tidy things up’ a little bit better. Casa Branca’s staff is committed, the farms are well-structured, and the Angus, Brahman e South African Simmental breeds are fantastic. Additionally, I have two sons who are also passionate about cattle breeding. I am pretty sure that ‘Mr.’ João is proud of us. The result of this passion is the strict selection, the clear definition of goals, the professional organization of our projects, the partnerships we make in search of better results, the choice of strategies that are aimed to meet the market needs, which is an essential agent. The sum of all of those factors drives the path of Casa Branca. It makes us search for the unattainable perfection old João was looking for. This is our humble contribution to the progress of such a wonderful business, one which places Brazil in the world, and which helps the country to grow.

Genetics also tends to be more valued during this time of plenty because we, cattle breeders, know that the better the cattle’s quality (male and female), the more calves will be produced and the better they will be.

Paulo de Castro Marques Casa Branca Agropastoril

Casa Branca Press

5


marketing bulls

mercado touros

Mais touros da Casa Branca à disposição do mercado

A

Casa Branca aumentará em 60% a oferta de reprodutores (Angus, Brahman e Simental sul-africano) em 2008. Serão

colocados à venda 400 touros jovens, com idade média de 24 meses, com exame andrológico, produtivos, precoces, com excelente carcaça e adaptados às condições tropicais. “A demanda por reprodutores de corte de padrão superior vem aumentando em decorrência da própria necessidade de melhoria da genética bovina e, também, devido à melhoria dos preços do boi gordo. Com isso, os pecuaristas estão em busca de machos mais férteis e produtivos”, explica o criador Paulo de Castro Marques. “Por isso, ampliamos nosso projeto de seleção, intensificando a qualidade”, complementa Marques. Em 2007 a Casa Branca comercializou toda sua safra de touros Angus, Brahman e Simental sul-africano. Foram 250 machos, com destaque para o Simental sul-africano. “A Casa Branca tem o maior plantel fora da África do Sul. A procura por Simental sul-africanos cresce em todo o País devido às suas indiscutíveis qualidades produtivas e adaptação ao clima tropical. O mesmo ocorre em relação à raça Brahman, que ganha cada vez mais espaço na pecuária brasileira por sua rusticidade, precocidade e produtividade. O Angus é reconhecido mundialmente pela precocidade, fertilidade e qualidade de carne, fatores importantes no atual momento da pecuária brasileira”, ressalta Paulo de Castro Marques. 6

Casa Branca Press

More Casa Branca bulls to be offered to the market

C

asa Branca will increase the offer of bulls (Angus, Brahman and South African Simmental) by 60% in 2008. Four-hundred young bulls are to be sold at an average age of 24 months. All of are productive, precocious, possess an excellent carcass, are adapted to the tropical climate conditions and are submitted to andrological exams. “The demand for high quality beef cattle has been increasing due to the needs of bovine genetics improvement and also due to the finished bulls higher prices. Because of that, the cattle breeders are looking for more fertile and productive males”, explains the breeder Paulo de Castro Marques. “That is why we expanded our selection project, intensifying its quality”, adds Marques. In 2007, Casa Branca sold all of its bull herds of Angus, Brahman and South African Simmental. There were a total of 250 males, highlighting the importance of the South African Simmental breed. “Casa Branca has the largest breeding herd outside of South Africa. The demand for South African Simmental has been increasing throughout the country because of its unquestionable productive quality and its adaptation to the tropical weather. The same thing happens to the Brahman’s breed, which is gaining more popularity in Brazilian cattle breeders because of its roughness, precociousness, and productiveness. Angus is recognized worldwide for its precociousness, fertility, and for the quality of its beef, important traits in today’s Brazilian cattle breeding industry”, emphasizes Paulo de Castro Marques.


Simental 2007

O

foco da Casa Branca no melhoramento genético voltado às reais necessidades da pecuária brasileira – produtividade, fertilidade e precocidade, com qualidade de carne – é recompensado mais uma vez pelos excelentes resultados obtidos pela propriedade no Ranking do Simental 2007, elaborado pelo Centro Paulista da Raça Simental e Simbrasil. A Casa Branca foi Melhor Criador, Melhor Expositor e Melhor Criador de Animais Novos do ranking. Entre os animais, vários destaques, como o touro Pioneer, tricampeão Melhor Reprodutor (2005/2006/2007). “Os animais de padrão superior estão na base da cadeia produtiva profissional. A Casa Branca não mede esforços para produzir animais de qualidade, com pesados investimentos em genética e uma equipe de profissionais focada no objetivo comum de impulsionar os indicadores zootécnicos e produtivos de nosso plantel. Tudo isso para oferecer ao mercado produtos de ponta, seja para seleção genética ou produção de carne em condições de campo”, assinala o criador Paulo de Castro Marques, proprietário da Casa Branca. Os destaques da Casa Branca no Ranking Simental 2007 Melhor Criador / Best Breeder Melhor Expositor / Best Exhibitor Melhor Criador de Animais Novos / Best Breeder of Young Animals Pioneer: Melhor Reprodutor (tricampeão) / Best Sire (three times champion)

2007 simmental ranking

ranking simental 2007

Best Breeder and Best Exhibitor of the 2007 Simmental Ranking

Melhor Criador e Melhor Expositor do Ranking

C

asa Branca’s concerns with genetic improvement, tailored to the needs of the Brazilian cattle breeding industry (that is, productivity, fertility and precociousness, with a high quality beef) is once again awarded for the excellent results achieved by the property at the 2007 Simmental ranking, organized by Centro Paulista da Raça Simental e Simbrasil (Simmental and Simbrasil São Paulo Association). Casa Branca was awarded Best Breeder, Best Exhibitor and Best Breeder of Young Animals in the ranking. Among the animals, we can highlight the bull Pioneer, three times Best Sire (2005/2006/2007). “The high standard animals are at the top of the professional productivity. Casa Branca does what it takes to produce high quality animals, and invests heavy in genetics. Casa Branca has a staff of professionals that are focused on a common goal improve our herd zootechnical and breeding productivity indicators. All of the effort aims to offer the market state-ofthe-art products, both, in genetic selection and also in the grass-fed beef production”, emphasizes the breeder Paulo de Castro Marques, Casa Branca’ owner. The highlights of Casa Branca at the 2007 Simmental Ranking

PWM Edara: Melhor Fêmea Jovem / Best Young Female PWM Fiona: 2ª Melhor Fêmea Jovem / 2nd Best Young Female PWM Guiness: 2º Melhor Macho Jovem / 2nd Best Young Male BHR Sadio: 2ª Melhor Matriz / 2nd Best Dam Casa Branca Press

7


Pecuária

permanece aquecida

em 2008

breeding remains hot

Preços firmes do boi gordo e dos bezerros. Esta é a previsão dos especialistas para os próximos meses. Cenário também é positivo para a exportação de carne bovina.

Specialists forecast for the following month that the price of finished bulls and calves will remain stable. Scenario is also positive for beef exportation.

S

uperada a crise mais aguda, o otimismo voltou à pecuária de corte no Brasil. E, segundo os especialistas, para ficar por um bom tempo. Os sucessivos aumentos nos preços da arroba do boi gordo, que ao longo de 2007 subiram até 40% em algumas regiões, saltando do patamar de R$ 53,00 (janeiro) para picos de até R$ 75,00 (novembro), fizeram reacender a luz no fim do túnel. Apesar de divergirem em alguns pontos específicos, especialistas entrevistados pela revista Casa Branca Press concordam que a arroba valorizada será a grande mola propulsora para a retomada dos investimentos no setor produtivo nos próximos meses. A lógica é simples: quanto mais dinheiro no caixa, mais expressivos também são os investimentos do pecuarista em infra-estrutura, genética e tecnologias em produtos e serviços. Nesse aspecto, os ventos parecem soprar a favor da pecuária 8

Cattle

Casa Branca Press

in 2008

A

fter the sharp crisis in cattle value, optimism returned to the cattle breeding industry in Brazil and, according to specialists, the situation will remain for a long time. The series of growth in the prices of the arroba (measurement system equivalent to approximately 33.5 pounds) of the finished bull, made the light at the end of the tunnel reappear. Throughout 2007, the arroba price increased up to 40% in some areas, jumping from US$ 32.00 (January) to a high of US$ 45.00 (November). Although the specialists interviewed by the magazine Casa Branca Press disagree on specific points, they all agree that the high value of the arroba will be the big launching pad for the return of investments in the productive sector of the following months. The logic is pretty simple: the more money, the more expressive the investments of the cattle breeder in infra-structure, genetics, and product and services technology. From this perspective, the winds appear to be blowing towards Brazilian cattle breeding, because, the breeder has more and


economia

more access to technology in the fields of genetics, nutrition, and health. He can practice short cycle cattle breeding in a really short period of time. “Which is, therefore, more profitable”, explains Thais Zimbres, a Brazilian Beef Export Industries Association (Abiec) market analyst. She highlights the level of professionalism that has already been achieved for the Brazilian cattle breeding industry as far as quality, health, and animal welfare. This level of quality is responsible for the exportation of the Brazilian meat to more than 150 countries. Brazil is the largest exporting country of bovine meat “in natura” in the world, due to the competitive advantages that no other country has. Last year, the sector generated sales of US$ 4 billion in meat. “That represents 33% of all the bovine meat consumed in the planet”, comments Thais Zimbres. That means: 1 out of 3 steaks that are consumed in the world comes from Brazilian farms. Restitution Increase – Another positive indicator of the market’s rebound occurs in the sector of animal restitution. The calf, according to the Esalq/BM&F Index, that was sold for less than US$ 200.00 at the beginning of 2007, is now worth over US$ 275.00 per head and many sales reached average prices of over US$ 300.00. The same occurs with the selling of bulls and dams, which shows that the increase in the demand compensates for the obstructed market of the previous years. A good example is the 3rd virtual sale of the South African Simmental of Casa Branca, held last September, which average prices went over R$ 5,000.00 (check the article in this edition). According to the experienced cattle breeding industry consultant, José Vicente Ferraz, Technical Director of FNP (a private consultant company specialized in agricultural businesses), in order to better understand the increase in prices, one aspect to consider is the above average number of females slaughtered in the previous years. This strategy was used by the cattle breeders during the devaluation of the arroba and is now seen in the reduction of the supply of the finished bull that goes to the cold storage plants. This was beneficial for the prices of the finished bulls since it resulted in a lack of animals for restitution in some areas. According to the specialist from the FNP Institute, the reason for the high prices of the finished bulls is the same reason for the increase in the value of animals for restitution. Additionally, according to him, the opposite would be more likely: the shortage of dams in the herd (due to increased slaughter) makes the birth of calves diminish, this reflects in the prices of the arroba. José Vicente is straightforward when he talks about the increase in the price of the arroba and the animals for restitution. “This process will continue during this year”, he says. “Although they had already increased motivation for the cattle breeder to keep the dams, the prices of the dams will grown even more in 2008 and, probably, for the majority of 2009”, he adds.

economy

brasileira, pois, cada vez mais, o criador dispõe de tecnologias nos campos da genética, nutrição e sanidade para praticar pecuária de ciclo curto e menor custo. “Logo, mais rentável”, explica Thais Zimbres, analista de mercado da Associação Brasileira da Indústria Exportadora de Carne (Abiec), que destaca o nível de profissionalização já atingido pela pecuária brasileira em termos de qualidade, sanidade e bem-estar animal, o que levar nossa carne para mais de 150 países. O Brasil é o maior exportador de carne bovina in natura do mundo, devido às vantagens competitivas que nenhum outro país tem. No ano passado, o setor gerou divisas de US$ 4 bilhões em carne. “Isso representa 33% de toda a carne bovina consumida no planeta”, comenta Thais Zimbres, que faz uma analogia interessante: 1 em cada 3 bifes consumidos no mundo procede de fazendas brasileiras. Reposição aquecida – Outro indicador positivo da retomada do mercado ocorre no segmento de reposição de animais. O bezerro, conforme o Índice Esalq/BM&F, que chegou a ser vendido por menos de R$ 340,00 no início de 2007, está acima de R$ 460,00/cabeça e vários leilões atingiram valores médios superiores a R$ 500,00. O mesmo acontece com a venda de touros e matrizes, que mostra aquecimento na demanda para compensar a reposição represada dos anos anteriores. Um exemplo é o 3º leilão virtual de Simental sul-africano da Casa Branca, realizado em setembro do ano passado, cujos preços médios superaram R$ 5.000,00 (veja reportagem nesta edição). Para o experiente consultor de mercado agropecuário José Vicente Ferraz, diretor técnico do Instituto FNP, para entender melhor o movimento de alta nos preços um ponto a considerar é o elevado abate de fêmeas ocorrido nos últimos anos, em níveis bem acima dos normais. Esse artifício usado pelos pecuaristas nos momentos de maior desvalorização da arroba incide, agora, na redução da oferta de boi gordo aos frigoríficos, com efeito benéfico nos preços do boi gordo, já que provocou falta de animais de reposição em algumas praças. De acordo com o especialista do Instituto FNP, os motivos da alta dos preços do boi gordo são os mesmos que impulsionam as cotações dos animais de reposição. Aliás, para ele, o mais correto seria dizer ao contrário: o desfalque de matrizes no rebanho (elevado abate) faz com que diminua o nascimento de bezerros, o que tende a repercutir também nos preços da arroba do boi. José Vicente é enfático quando fala do movimento de alta da arroba do boi e dos animais de reposição. “Esse processo continuará durante todo o ano”, diz. “Embora já tenham subido, estimulando o pecuarista a reter as matrizes, os preços da fêmea devem se elevar ainda mais em 2008 e, provavelmente, em boa parte de 2009”, complementa.

Casa Branca Press

9


maternidade

Preocupação começa com o manejo da mãe

maternity

A

The concerns begin with the mother’s treatment

O objetivo é nobre: oferecer maior conforto às fêmeas nos 90 dias que antecedem o parto e também para a bezerrada, logo nos primeiros dias de vida. Para isso, a Casa Branca aprimora sua estrutura e centraliza maternidade.

The goal is noble: to offer more comfort to the females during the 90 days before parturition and to the recently born calves. In order for this to happen, Casa Branca is constantly improving its structure and centralizing its maternity care.

10 Casa Branca Press

cria sempre foi uma das maiores preocupações (e prioridades) na seleção da Casa Branca Agropastoril. Afinal, os cuidados com os bezerros são fundamentais para a obtenção de machos e fêmeas precoces produtivos. Em outras palavras: se o cuidado não ocorrer desde a prenhez, é grande o risco de perdas. A Casa Branca leva tanto a sério a cria que aprimorou sua estrutura e montou um local próprio e exclusivo para cuidar das mães e da bezerrada. O criador Paulo de Castro Marques explica: com a centralização dos nascimentos fica mais fácil para os técnicos darem atenção especial às mães antes, durante e depois do parto e também aprimorar os cuidados com os bezerros. O médico veterinário Fernando Barbosa Messora, responsável pelo manejo neonatal do rebanho da Casa Branca, explica que a Fazenda Água Limpa (Fama/MG), escolhida já desde meados de 2007 para se tornar o berço para os animais das três raças criadas pela Casa Branca, concentra todas as matrizes PO e as receptoras oriundas do trabalho de Transferência de Embriões (TE) e Fertilização In Vitro (FIV). A Fazenda Água Limpa possui 70 alqueires e originalmente serviu de base para o rebanho PO da Casa Branca. A decisão de escolhê-la para abrigar a maternidade e as futuras gerações de animais da Casa Branca levou em consideração sua infra-estrutura e também a excelente condição de pasto da fazenda, que permite manejo quase que exclusivamente em condições de campo no período das águas. Além disso, foram observados outros fatores, como localização para lá de privilegiada, às margens da represa de Furnas, que permite facilidade para formação de aguadas, e o fato de a propriedade já possuir estrutura de formação e divisão das pastagens, laboratórios com capacidade para realização,


inclusive, de pequenas cirurgias de emergência e, especialmente, mãode-obra especializada no manejo de cria. No quesito equipe, aliás, a Casa Branca não mede esforços para contar com profissionais capacitados em todas as funções na fazenda. Marcos Elízio Barbosa (Marquinhos), administrador da Água Limpa, cuida, juntamente com outro funcionário, do manejo do gado. Ele ressalta que o nível de exigências é bastante grande, não só no dia-dia com os animais, mas também no controle das informações geradas a partir do trabalho do trabalho de campo. “Nenhuma informação é gerada sem que imediatamente os peões façam seu registro em fichas individuais de identificação, as quais seguem para um programa de computador criado especificamente para essa finalidade”, comenta Fernando Messora, que chama a atenção para outro fato importante relacionado ao manejo: a ótima condição sanitária da fazenda. Quanto à importância desse trabalho para o projeto de seleção e melhoramento genético que a Casa Branca desenvolve, Fernando Messora é enfático. “Os cuidados tomados na maternidade têm influência direta em toda a vida do animal, pois o que se busca é a perfeição, com animais de aprumos corretos, sem defeitos físicos ou problemas de funcionalidade”, comenta. Nos casos em que o bezerro nasce com algum tipo de debilidade e/ou adquire problemas no parto, a Casa Branca tem como monitorar seu crescimento para saber que seqüelas ele terá. “Esse monitoramento é importante para o controle da produção”, destaca o médico veterinário. “A Casa Branca é extremamente rígida na seleção. Nenhum animal fica no programa caso tenha alguma deficiência de aprumos, produção ou reprodutiva”, acrescenta Messora.

T

he calf was always one of the biggest concerns (and priorities) in the selection of Casa Branca Agropastoril. After all, good care of the calves is essential to obtain precocious males and females. In other words: if there is no care during the gestation period, there is a great risk of losing the calf. Casa Branca is so serious about its calves, that it has improved its structure and has built its own exclusive site to take care of the mothers and the calves. The breeder, Paulo de Castro Marques, explains: “by Fernando Messora: centralizing the births, it is easy for the todos os cuidados para as experts to give special attention to the mães e suas crias / mothers before, during and after parturition, complete care for the mothers and to improve the care for the calves”. and their young The vet, Fernando Barbosa Messora, responsible for the neonatal management of Casa Branca’s herd, says that Água Limpa farm was chosen since the middle of 2007 to become the cradle for the animals of three types of breeds bred by Casa Branca, and the central area for all of the PO dams and the recipients that are part of the Embryo Transfer (ET) and In Vitro Fertilization (IVF) project. Agua Limpa farm has 70 alqueires (one alqueire is equals to 4.84 hectares (11.960 acres) in Minas Gerais) and was originally the base for the PO herd from Casa Branca. The decision to use this farm to serve as the shelter for maternity and the future calves of Casa Branca was made based upon its infrastructure and also the excellent condition of its pasture, which allows management of the cattle, almost exclusively in the pastureland during the rainy season. Furthermore, other aspects were taken into account, such as the excellent location of the farm, located at the bank of the Furnas reservoir, which allows the formation of the pastureland. The property already has a structure and division of pastures, laboratories with capacity to perform small emergency surgeries and, especially, specialized labor in the management of the calves. As far as staff goes, Casa Branca hires the best qualified professionals in all areas of the farm. Marcos Elízio Barbosa (Marquinhos), Água Limpa’s manager, takes care of the management of all of the cattle together with another employee. He emphasizes that the requirement level is very high, not only with the daily treatment with the animals, but also in the control of information originated from the work in the fields. “All new information is recorded by the farm-hand in individual identification cards, which are then transferred to a computer system specifically developed for this task”, comments Fernando Messora, who also points out another important aspect related to management: the great sanitary condition of the farm. As for the importance of this project to the genetic selection and improvement developed by Casa Branca, Fernando Messora is emphatic. “The precautions we take at the maternity center are reflected throughout the animal’s life. What we look for is perfection, we look for animals with the correct uprightness, with no physical disability, or functional issues”, he comments. When a calf is born with some type of disability and/or if it has problems during parturition, Casa Branca has a way to monitor the calf’s growth so they know what kind of future problems it will have. “This type of monitoring system is important to control the production of calves”, mentions the vet. “Casa Branca is extremely strict in the selection process. No animal stays in the program if it has some kind of reproductive, productive or functional disability”, adds Messora. Casa Branca Press 11


MANTENHA SEMPRE uma abordagem equilibrada Os criadores devem estar atentos às RELAÇÕES GENÉTICAS naturais relacionadas às características. Certas características seguem juntas – a seleção de uma também influenciará a outra, de modo negativo ou positivo.

ALWAYS MAINTAIN a balanced approach Breeders should be acquainted with nature’s GENETIC RELATIONSHIPS among traits. Certain traits go hand in hand - selection for one will also influence other either negatively or positively.

12 Casa Branca Press


Touro de grande porte com bezerros pequenos – de jeito nenhum!

A elevada correlação positiva entre o desmame (200d), o primeiro ano de vida (400d) e o final da vida dos animais de produção (600d) é bem conhecida. O bezerro recémdesmamado mais pesado também acabará no grupo superior aos 400 dias. Infelizmente, também há correlação genética positiva entre tais pesos e o peso no momento do nascimento. Em outras palavras: existe forte possibilidade de que um touro com elevados valores genéticos aos 200/400/600 dias produza bezerros mais pesados no nascimento, aumentando, portanto, os problemas na hora do parto. Embora existam exceções, tais reprodutores somente podem ser identificados por meio dos valores genéticos. Ou seja: é preciso mensurar os animais no momento do nascimento e aos 200d, 400d e 600d. Ajuste a curva de crescimento

Devido à correlação genética positiva entre os pesos de pais e filhos, a seleção dos valores genéticos aos 200/400/600 dias também elevará invariavelmente o peso/tamanho do animal adulto, o que exigirá ainda mais procedimentos de manejo. A classe produtora anseia por elevados valores genéticos aos 200/ 400/600 dias, que estabilizariam o peso da matriz adulta de acordo com a média da criação. Mantenha em mente que apenas os criadores que mensuram periodicamente o seu rebanho são capazes de identificar animais com alta taxa de crescimento e peso médio da matriz adulta. Em locais onde as fêmeas não são submetidas à pesagem, os valores genéticos à idade adulta são calculados a partir dos pesos aos 400/600 dias. Bezerro que nasce grande permanece pesado durante o desmame

As correlações genéticas entre os pesos dos animais são levadas em consideração pelo BREEDPLAN. Sem os valores reais do peso ao nascimento, os valores genéticos do peso ao nascer dos bezerros desmamados mais pesados também serão elevados, uma vez que se baseiam apenas nos pesos ao desmame (e pós-desmame). Por meio da determinação dos pesos no momento do nascimento e no desmame em todos os bezerros, torna-se possível identificar o touro com peso médio no nascimento e com peso ao desmame acima da média. Peso muito baixo no nascimento causa problemas de parto?

Buscamos valor genético que proporcione menos peso do bezerro ao nascer, mas também cuidamos para que esse peso não seja muito baixo. Essa condiç��o normalmente conduz a

crescimento menor e, conseqüentemente, a novilhas menores, com pélvis menores, o que, por sua vez, enfraquece a habilidade de parto da fêmea. Touros que geram tais novilhas são identificados por EBV (Valor Estimado de Criação) de facilidade de parto negativo ou baixo. Resultados negativos dos animais de frame elevado

Estudos conduzidos na África do Sul revelaram os seguintes efeitos prejudiciais após a seleção de grandes animais sob condições adversas extensivas: • Baixa fertilidade (ICP) • Puberdade tardia • Período de gestação mais prolongado e, portanto, parto tardio • Peso mais elevado ao nascimento • Conformação em idade tardia As características da carcaça são influenciadas pela seleção para o crescimento?

Estudos realizados com 23 projetos pecuários nos Estados Unidos (USDA – Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) indicaram que a correlação genética entre o peso e as características da carcaça é baixa (mesmo a área muscular do olho de lombo não foi associada ao peso). Isso significa que as características da carcaça podem ser selecionadas sem o aumento do peso do gado. Tamanho e comprimento

Normalmente, o gado de menor frame não é muito comprido e vice-versa. Um dos focos da seleção para tamanho também é aprimorar a altura e o comprimento. Esses estudos foram conduzidos em criadores de Simental. Capacidade e musculatura

Não encontramos muitas pesquisas sobre esse assunto. Porém, estudo realizado em criadores de Simental dos EUA indicou que a musculatura está correlacionada positivamente à capacidade e à profundidade corporal. Os animais grandes e magros normalmente não são (ou nunca são) muito musculosos. Como selecionar para adaptabilidade?

A seleção para o crescimento sob condições ambientais extensamente hostis aperfeiçoará a adaptabilidade naquele ambiente. Um critério simples para a adaptabilidade, no entanto, é a elevada taxa de reprodução, porque apenas bovinos adaptados reproduzem-se regularmente. Casa Branca Press 13


Large bull with small calves - no way!

Relações genéticas com pigmento no olho

Um estudante que utilizou nossos dados de classificação descobriu que a pigmentação da pálpebra estava correlacionada à cor do animal. Ele provou, em sua dissertação, que a seleção de animais amarelados poderia aumentar a incidência de pigmento no olho de maneira mais rápida do que a seleção direta de pigmento no olho em animais vermelhos/marrons. Aderência do úbere e tamanho da teta

Várias pesquisas foram realizadas sobre correlações genéticas em projetos de gado leiteiro. As conclusões não podem ser aplicadas para dois propósitos ou para gado de corte porque o modelo de criação do gado leiteiro é diferente do utilizado para o corte. Um norte-americano que classificou a aderência do úbere e o tamanho da teta em projeto de gado de corte descobriu que essas duas características estavam correlacionadas. Em outras palavras: a seleção de uma delas influenciaria a seleção da outra. A seleção de tetas espessas, por exemplo, enfraquecerá a aderência do úbere. OS RESULTADOS DE CORRELAÇÕES GENÉTICAS INDESEJÁVEIS DA NATUREZA GERALMENTE PODEM SER

EVITADOS

PELO

EMPREGO

DE

UMA

ABORDAGEM EQUILIBRADA AO LONGO DO TEMPO. OS CRIADORES DEVEM EVITAR OS EXTREMOS, PORQUE A ÊNFASE EXAGERADA EM QUALQUER FORMA

DE

SELEÇÃO

GERALMENTE

Bend that growth curve

Because of the positive genetic correlation among weights, selection for high 200/400/600 days breeding values will invariably also increase mature weight/size, which will result in higher maintenance requirements. Our society strives towards high 200/400.600 days breeding values which will then level out to a mature cow weight (MCW) around breed average. Keep in mind that only breeders who weigh their cows are able to identify animals with high growth rate and aver age MCW. Where cows are not weighed, the MCW breeding values are calculated from the 400/600d weights. Heavy weaner also heavy at birth

These genetic correlations among weights are taken into account by BREEDPLAN. Without real birth weights, the birth weight breeding values of the heavier weaners will also be high, since they are based only on weaning (and post weaning) weights. By determining both birth and weaning weights for all calves, one identifi es the bull with an average birth weight and an above average weaning weight.

TRAZ Too low birth weight giving calving prob lems?

RESULTADOS INDESEJÁVEIS. Autor: CP Massmann Publicação devidamente autorizada pelo autor e pela Associação de Simental da África do Sul. 14 Casa Branca Press

The high positive correlation among weaning (200d), yearling (400d) and fi nal (600d) is well known. The heaviest weaner will also end up in the top group at 400 days. Unfortunately there is also a positive genetic correlation between these weights and birth weight. There is a strong pos sibility that a bull with high 200/400/600 days breeding values will sire calves with high birth weights and therefore increase calving problems. There are exceptions, but such bulls can only be identifi ed through breeding values. These bulls are only identifi able if birth, 200d, 400d and 600d weights are taken.

We aim for a low birth weight breeding value, but guard against too low. It normally leads to lower growth and hence smaller daughters with smaller


pelvises that in turn leads to poorer calving ability in the daughter. Bulls that breed such daughters are identifi ed by a low or negative calving ease EBV (CEM on certifi cate). Negative results of too big

Tests conducted amongst others at Potchefstroom revealed the following detrimental effects after selection for big cows under adverse extensive conditions: • Lower fertility (ICP) • Late puberty • Longer gestation period and hence later calving • Higher birth weights • Rounding off at a later age Are carcase traits influenced by selection for growth?

Tests in America on 23 breeds (USDA) indicated that the genetic correlation between weight and carcase traits is low ( even eye muscle area was not linked with weight. This implies that one can select for carcase traits without increasing cow weight. Size and length

Small cattle are not normally very long and vice versa. Selection for size will normally also im-prove height length. These tests were carried out on Simmentalers. Capacity and Muscling

Could not find much research on this, but a study done on USA Simmentalers indicated that mus-cling is positively correlated with capacity and body depth. Large and lanky cattle are never/ nor-mally not well muscled.

Genetic relationships with eye pigment

A student that used our classification data found that eyelid pigmentation was correlated to co-lour. He proved in his dissertation that selection for yellow animals could improve the incidence of eye pigment faster than direct selection for eye pigment in red/ brown animals. Udder attachment and teat size

Much research has been done on genetic correla-tions in dairy breeds, the conclusions of which can’t be applied to dual purpose or beef breeds, because the ideal of dairy and beef breeds dif-fer. An American who had classified udder at-tachment and teat size in beef breeds found that these two traits were correlated. In other words: selection for the one would influence the other. Selection for thick teats will, for example, weaken udder attachment. THE RESULTS OF UNDESIRABLE GENETIC CORRELATIONS OF NATURE CAN MOSTLY BE AVOIDED BY EMPLOYING A BALANCED APPROACH THROUGHOUT. BREEDERS MUST AVOID EXTREMES BECAUSE OVER-EMPHASIS OF ANY FORM OF SELECTION MOSTLY HAVE UNDESIRABLE RESULTS.

How do I select for adaptability?

(CP Massmann) Selection for growth under harsh extensive envi-ronmental conditions will improve adaptability in that environment. A simpler criterion for adapt-ability, however, is high reproduction, because only adapted cows calve regularly.

Sources: Anderson, K; BREEDPLAN Manual; Boyles, S; Dodenhoff, J; Fuerst, J; Gosey, J; Massey, JW; Kirschen, DP e Vogt, DW. Casa Branca Press 15


A ciência ajuda

a evolução da pecuária por Marcos Besse

Inseminação artificial, transferência de embriões, fertilização in vitro, bipartição de embriões, IATF, sexagem de sêmen, clonagem... As técnicas modernas potencializam a qualidade genética dos animais superiores.

H

á apenas duas décadas, a soma do rebanho bovino brasileiro representava apenas 30% das cerca de 170 milhões de cabeças (dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) que formam a população bovina atual. De lá para cá, no entanto, muita coisa mudou na pecuária, além do crescimento do plantel. O campo passou por uma verdadeira revolução tecnológica, que mudou o jeito de o criador brasileiro trabalhar. Esse salto, tanto quantitativo como qualitativo, deve-se não somente à profissionalização das fazendas – que se tornam verdadeiras empresas pecuárias –, mas, também, à modernização das práticas e às novas ferramentas de manejo, dentre elas, a que envolve a reprodução. Inseminação Artificial e Transferência de Embriões, tecnologias mais utilizadas até meados da década de 1990, ganharam a companhia de outras técnicas, caso de Inseminação Artificial em Tempo Fixo (IATF), Fertilização In Vitro (FIV) e Sexagem de Sêmen, tecnologias incorporadas recentemente ao manejo das fazendas e que, aos poucos, começam a ser usadas em larga escala por pecuaristas de todo o Brasil. Os protocolos para sincronização de cio e a IATF têm sido cada vez mais utilizados pelas vantagens que trazem ao manejo reprodutivo. Uma delas: acabam com um problema antigo das fazendas de criação, que precisam ter um peão para cuidar exclusivamente da observação de cio na vacada. Com a IATF isso simplesmente não existe. Além disso, a técnica promove economia com mão-de-obra e diminuição da estação de monta de 90 para 30 dias. Além disso, o produtor não precisa comprar nem o botijão de nitrogênio e a reconcepção gira em torno de 50% a 65%, 59 dias após o parto, índice considerado bom. Outra tecnologia lançada recentemente e que já mostra resultados muito bons no manejo reprodutivo é o uso da Sexagem de Sêmen. O pecuarista pode escolher o sexo do bezerro antes mesmo da fecundação. À medida que a tecnologia se torna mais conhecida e ganha credibilidade entre os criadores, 16 Casa Branca Press

cresce também a procura. A central de genética Lagoa, de Sertãozinho (SP), por exemplo, disponibiliza sêmen sexado de vários reprodutores de corte e de leite, como Grand Prix, da Casa Branca. “Grand Prix é um reprodutor Angus de genética excepcional. Poucos animais atingem a qualidade necessária para ter o sêmen sexado, já que o critério é bastante rigoroso. Grand Prix é um desses touros”, diz Alexandre Zadra (foto), gerente de produtos taurinos da Lagoa Em países do continente europeu, com pecuária mais avançada, mais de 90% da reprodução do rebanho ocorrem com o uso de alguma técnica reprodutiva artificial. No Brasil, apenas 5% das fazendas se valem dessas tecnologias, percentual que corresponde a apenas 10% do rebanho total, segundo dados da Associação Brasileira de Inseminação (Asbia). Mas, as estimativas são promissoras: a entidade identificou crescimento de 20% para a IA, em 2007, em comparação ao ano anterior. “Tivemos dois anos difíceis, com a crise da aftosa em 2005, mas recuperamos e estamos voltando a crescer”, argumenta Ricardo Reuter Ruas, consultor da Asbia. Entre as outras técnicas usadas na reprodução, no último ano verificou-se redução de 40% na utilização da Transferência de Embriões, com o seu direcionamento apenas às vacas provadas, o que é considerado positivo por analistas do setor. Por outro lado, a Inseminação Artificial em Tempo Fixo (IATF) apresentou crescimento expressivo, sendo responsável por 1 milhão de nascimentos só no Brasil.


High-skilled labor: Achilles’ ankle

Em um ponto os selecionadores e técnicos concordam. A mão-de-obra de qualidade disponível para as práticas de técnicas reprodutivas ainda deixa a desejar, apesar da crescente demanda por esses serviços. Ricardo Ruas (foto), consultor da Asbia, explica que há cursos de gestão e de inseminação à disposição, mas, mesmo assim, há profissionais com longa experiência que não se sentem motivados a se reciclar. “Quando fazemos palestra sobre o assunto, percebemos que os profissionais utilizam métodos diferentes um dos outros, mas é muito difícil mudar a mentalidade e fazê-los entender que os processos mudaram e existem técnicas mais produtivas hoje”, explica Ruas. A questão da mão-de-obra é tão séria que é apontada por especialistas como o principal motivo de a IA ser realizada em apenas 7% das fazendas brasileiras. “Muitos pecuaristas investem na inseminação, mas se o processo é mal realizado e não produz o retorno esperado, mesmo que por falha no processo, ele desiste e volta à monta natural”, assinala o veterinário da Asbia.

Cattle selectors and technicians agree on one point. Highly-skilled labor in the practice of reproductive techniques is still missing, although there is a high demand for those services. Ricardo Ruas (photo), Asbia’s consultant, explains that although there are a lot of courses in management and artificial insemination, the experienced professionals do not feel motivated to be up-to-date. “When we gave a lecture about the issue, we noticed that the professionals in the field use various types of techniques, one different from the other, and it is really difficult to change their mentality and make them understand that the techniques have changed. Nowadays, the market offers more productive ones”, explains Ruas. The issue about labor is so serious that specialists say it is the main reason why AI is used in only 7% of the Brazilian farms. “Many cattle breeders invest in insemination, but if the technique used is poor and does not bring the results that were expected, even though it is the technician’s fault, the cattle breeder gives up and returns to natural insemination”, points out Asbia’s vet.

Processo antigo; evolução recente A história da reprodução artificial pode ter começado em 1332, quando árabes inseminaram eqüinos, mas os registros sobre esse fato são falhos. Em 1912, russos conseguiram inseminar animais em grande escala, também com a utilização de eqüinos. Desde essa época, estudiosos se debruçaram em pesquisas para manter o espermatozóide em baixas temperaturas, com a utilização do nitrogênio líquido. Só em 1949, pesquisadores ingleses conseguiram conservar o sêmen bovino por longo período, o favoreceu a difusão da inseminação artificial. No Brasil, a primeira inseminação aconteceu de forma experimental em 1940 e, somente após uma década, começou a ser utilizada a campo. Na década de 70, apareceram as primeiras centrais de inseminação, que se uniram para criar a Asbia, em 1974. Hoje, calcula-se que mais de 100 milhões de vacas são inseminadas todos os anos, no mundo.

Old process; new evolution Artificial Reproduction might have started in 1332, when the Arabs inseminated the horses, but real records are missing. In 1912, the Russians were able to inseminate animals on a large scale, also, by using horses. From that time on, researchers have been studying ways of preserving the sperm in low temperatures, with the use of liquid nitrogen. Only in 1949, English researchers were able to preserve the bovine semen for a long period of time, which collaborated with the artificial insemination. In Brazil, the first insemination occurred in an experimental way in 1940, and, but only after a decade did it began to be used in the pastures. In the 70s, the first insemination centers appeared, and they united in order to create Asbia in 1974. Nowadays, it is estimated that more than 100 million cows are artificially inseminated every year in the world.

Casa Branca Press 17

tecnologia

Mão-de-obra qualificada: o calcanhar de Aquiles


technology

Science is helping in the development of cattle breeding by Marcos Besse

Artificial insemination, embryo transfer, in vitro fertilization, embryo partition, fixed-time artificial insemination, sperm sexing, cloning. These modern techniques boost the genetic quality of the high level animals.

T

wo decades ago, the Brazilian bovine herd sum represented only 30% of the 200 million bovine heads in the world (data collected from the Ministry of Agriculture, Livestock and Supply). Other than the growth of the breeding herds, a lot has changed in cattle breeding since then. The pastures have gone through a technological revolution that changed the way the Brazilian breeder works. This jump, both quantitative and qualitative, is due to the increasing professionalism of the farm (which have become real cattle breeding industries), and also due to the modern techniques and the new management tools, among them, the ones related to the reproduction. The pioneering of Artificial Insemination and Embryo Transfer, the most used technologies until the middle of the 90s, have been slowly improved and new types of technology have aroused, such as Fixed-Time Artificial Insemination, In-Vitro Fertilization (IVF) and Sperm Sexing, technologies that were recently incorporated into the farm’s management. These technologies have slowing began to be used on a large-scale for cattle breeders throughout the world. The protocols for the synchronization of heat and the FixedTime Artificial Insemination have been increasingly used due to the advantages they bring to the reproductive management. One of the advantages is the fact that those techniques fix a problem the farms would have: the necessity of having a farmhand to exclusively observe the times of heat of the cows. With the Fixed-Time Artificial Insemination, this problem does not exist. The technique also promotes savings in terms of labor needed and also lowers the insemination time from 90 to 30 days. Additionally, the farmer does not need to purchase a nitrogen container and reconception rate is 50% to 65%; 59 days after the parturition, which is a good indicator. 18 Casa Branca Press

Another type of technology released recently, and that has been showing good results is the reproductive management through Sperm Sexing. The cattle breeder is able to choose the cattle gender before the fertilization. The more the technology is known and gains credibility with the breeders, the more demand grows. The genetic center Lagoa, of Sertãozinho (SP), for example, is offering the sperm sexing from many beef and dairy cattle, such as Grand Prix, from Casa Branca. “Grand Prix is an Angus bull of extraordinary genetics. Few animals reach the type of quality necessary for sperm sexing, as the criteria is really strict. Grand Prix is one of those bulls”, says Alexandre Zadra, manager of bull products of Lagoa. In European countries, where the cattle breeding industry is technologically advanced, more than 90% of the herds reproduction occurs due to the usage of some type of artificial reproductive technique. In Brazil, only 5% of the farms use this type of technology, the percentage is equal to only 10% of the total herd, according to the data of the Brazilian Association of Artificial Insemination (Asbia). But the future looks promising; the institution identified a growth of 20% for Artificial Insemination in 2007, compared to the previous year. “We had two difficult years, with the foot-and-mouth disease crisis in 2005, but we have recovered, and we are growing again”, states Ricardo Reuter Ruas, Asbia consultant. Among the other techniques used in the reproduction of cattle, last year there was a reduction of 40% in the use of Embryo Transfer. The Embryo Transfer was only used on tested cows, which is considered a positive sign according to analysts in the field. On the other hand, Fixed-Time Artificial Insemination grew substantially, being responsible for 1 million births in Brazil alone.


A Automação

Esteira Treadmill

Chegou ao

MANEJO 4Produtos Consagrados nos EUA e Europa 4Assistência Técnica Permanente 4Tempo de Trabalho Pré-Programado

Automation has come to handling 4Products Established in the USA and Europe 4Permanent Technical Assistance 4Pre-Programmed Working Time

Caminhador Walker

Compartimentos individuais que dispensam cabrestos e amarras Individual compartments which dispense halters and bridles - Reduz Gordura Corpórea - Aumenta a Massa Muscular - Otimiza o Trabalho do Dia-A-Dia - Reduz Tempo e Mão-De-Obra - Facilita o Cabresteamento dos Animais - Preserva os Cascos

- Reduces Body Fat - Increases Muscular Mass - Improves Day-to-Day Work - Reduces Time and Manual Labor - Facilitates Haltering of Animals - Preserves Hooves

"Com estes equipamentos tanto os animais de exposição quanto os touros do programa de coleta apresentam-se mais saudáveis, o que nos proporciona um excelente ganho no manejo diário". “With this equipment, show animals as well as bulls in reproduction programs look healthier, which gives us an excellent gain in daily handling”. Leonardo Pinheiro Machado Casa Branca Agropastoril

SAHINNCO IND. COM. E REPRESENTAÇÕES LTDA

Pel

oF IN de parce AME *R$ las 1.2 99, 00 *Va lo em r aproxi 60 ma pelo meses, do da índic que 1ª pa e do é co rcela FIN rrigid a AM E

(55 11) 3872-7833 / 3083-1997 - sahinnco@sahinnco.com.br - www.sahinnco.com.br Casa Branca Press 19


angus

Rincon Del Sarandy foca genética de ponta

A

credibilidade da genética Angus da Cabanha Rincon del Sarandy na região Sul do Brasil é resultado de 30 anos de trabalho e de rigoroso processo de seleção, que

privilegia somente os melhores indivíduos nascidos em cada geração. Tudo isso, para oferecer ao mercado, especialmente mais importante, testada nas principais características de

Claudia Silva: melhoramento genético é referência e os resultados aparecem / genetic improvement is a reference and the results show up

performance produtiva e reprodutiva.

Outros resultados que chamam a atenção estão relacionados

Esse rigor, aliado à tradição que envolve o projeto, torna os

ao manejo de coleta realizada nas 30 doadoras Angus e ao

animais Angus da Rincon del Sarandy uma atração à parte nas

aproveitamento nas transferências de embriões. Por ano, cada

exposições e, cada vez mais, faz aumentar a procura nos leilões

lote de 15 fêmeas é submetido a três coletas para retirada de

promovidos pela criadora Claudia Indarte Silva e os filhos

oocitos, processo que se repete somente a cada dois anos. Esse

Ignácio e Martin em Uruguaiana, sudoeste do Rio Grande do

cuidado é para garantir saúde e bem-estar às matrizes, comenta

Sul.

Ignácio, já que o descanso de um ano é extremamente

Com esse empenho, o resultado não poderia ser outro: a

importante para garantir longevidade às matrizes. “Com isso,

propriedade, que fica em uma das extremidades geográficas

a Rincon del Sarandy consegue prolongar a vida útil de suas

do Brasil, se manteve entre as cinco melhores do País pela

fêmeas entre 10 e 15 anos”, diz.

terceira vez em 2007, segundo o ranking nacional da Associação

Esse trabalho de transferência de embriões em receptoras Angus

Brasileira de Angus (ABA).

PC e Brangus tem obtido índice aproximado de 55% ou cerca

Hoje, o plantel Angus da Rincon del Sarandy soma cerca de

de 1/3 dos nascimentos. Além disso, a Rincón del Sarandy dá

500 animais de alto valor genético. O manejo dos animais inclui

atenção especial ao manejo nutricional do rebanho, ponto

criteriosa seleção dos acasalamentos, avaliação fenótipica

importante e que incide diretamente nos resultados da

realizada por meio de análise do pedigree e de aspectos ligados

reprodução. A condição corporal das fêmeas tem acompa-

à funcionalidade dos machos, como precocidades sexual e

nhamento quase que individual e tem se mantido na faixa dos

produtiva, circunferência escrotal, aprumos, umbigo e

3,5, numa escala que vai de 1 a 5. Nesse ponto não tem muito

conformação frigorífica, entre outros.

segredo. O importante é garantir oferta satisfatória de pastagens

O programa é aplicado sem distinção. Nas cerca de 300 vacas

e suplementação adequada para cada etapa da produção.

que entram na vida reprodutiva a cada ano, a seleção busca

O trabalho da cabanha de Claudia Silva tem na seleção de

fundamentalmente fêmeas que tenham habilidade materna para

animais para as pistas de julgamento um forte aliado na

cria e que desmamem bem os bezerros. A reprodução é feita

conquista de resultados comerciais. Desde cedo, a bezerrada

quase que exclusivamente por meio da inseminação artificial e

que mostra potencial genético segue para as baias, onde recebe

os índices reprodutivos são bastante satisfatórios. Segundo

manejo diferenciado. Para a criadora, as exposições funcionam

Ignácio Silva Telechea, responsável pela administração do

como vitrine para mostrar a qualidade da criação. Por conta

rebanho, em 2007 o índice de prenhez registrado nas fêmeas

disso, a propriedade participa de vários eventos no circuito

da Rincon del Sarandy foi de 93%, número que vem se

nacional da ABA, como Expointer, ExpoLondrina, Feicorte e

mantendo estável nas últimas gerações.

outros.

da região Sul, genética Angus de qualidade diferenciada e, o

20 Casa Branca Press


Genética de qualidade é princípio fundamental da Rincón del Sarandy

High-quality genetics is a fundamental principle of Rincón del Sarandy

Rincon Del Sarandy focuses on state-of-the-art genetics

R

incon del Sarandy genetic credibility in the South of the country results from 30 years of hard work and accurate selection process. They give priority to only the best cattle born in each generation. This is their way of offering the market, especially in the South, a high-standard type of Angus genetic product, and most importantly, a product tested for the most important traits in terms of performance and reproduction. This high-standard quality, combined with the tradition that involved the project, makes the Angus of Rincon del Sarandy, a special attraction in the shows and it makes the demand for sales, sponsored by Claudia Indarte Silva and her sons Ignácio and Martin in Uruguaiana, Southeast of Rio Grande do Sul, continue to grow. With this type of commitment, the results could not be different: the property, located in one of the geographic boarders of the country, was ranked, for the third time in 2007, as one of the top five in the country for breeding Angus, according to the Angus Brazilian Association (ABA) national ranking. Nowadays, the Angus breeding herd of Rincon del Sarandy has around 500 animals with top quality genetic value. The management of the animals includes a critical mating selection, a phenotypical evaluation made through a pedigree’s analysis, and the analysis of traits related to the male’s fertility, such as precociousness, scrotal circumference, uprightness, umbilicus and cold storage conformity, among others. The animal management is applied without discrimination. From the 300 cows that begin heat each year, the selection searches primarily for the females that have high maternal and weaning breeding value. Reproduction is made almost exclusively through artificial insemination and the reproductive rates of the cows are highly satisfying.

According to Ignácio Silva Telechea, who is responsible for the herd’s management, the level of pregnancy registered in the Rincon del Sarandy´s females was 93% in 2007. The number has been stable through the last several generations. Other important result to highlight relates to the management of the embryo collection of 30 Angus donor cows and to the success in the transfer of the embryos. Per year, each lot of 15 females go through three embryo collection to remove oocytes, this collection process is repeated only every two years. “This precaution is taken to assure the health and welfare of the dams”, comments Ignácio. “Resting for a year is extremely important in order to guarantee the longevity of the dams. By adopting this approach, Rincon del Sarandy is able to extend the productive life time of the females by 10 to 15 years”, he states. This type of embryo transfer in Angus PC and Brangus recipients has obtained a success rate of 55% and represents 1/3 of births. Furthermore, Rincon del Sarandy gives special attention to the herd’s nutritional management, a key aspect that relates directly to the results of reproduction. The females’ body condition is observed in very small groups, almost individually. Body condition has been maintained at the range of 3.5 on a scale of 1 to 5. This is no secret. The important thing is to guarantee a satisfactory pastureland and adequate support for each stage during production. Claudia Silva selection of the animals for the sales has been a strong force in her commercial success. Since the beginning, the calves that show genetic potential go to the stalls, where they receive special treatment. For the cattle breeder, the shows are an opportunity to expose the quality of her herd. Because of its quality, the property participates in many events at the ABA’s national circuit, such as Expointer, ExpoLondrina, Feicorte etc. Casa Branca Press 21


cavalo árabe

*FA El Shawan conquista o Bicampeonato Nacional por Rogério Santos FA El Shawan, o cavalo Árabe que a Casa Branca mantém em sociedade com outros quatro criadores brasileiros, conquistou novamente o Campeonato Nacional da raça num certame realizado em novembro, em Ribeirão Preto (SP), que reuniu mais de 600 cavalos Árabes de 260 criações brasileiras, européias e americanas. 22 Casa Branca Press


F

A El Shawan competindo com 26 dos melhores cavalos brasileiros de sua geração foi escolhido Campeão Nacional Potro por unanimidade dos 5 juízes internacionais que julgaram este que é considerado um dos mais importantes eventos no mundo do Cavalo Árabe. Assim, FA El Shawan dá mais um passo em sua promissora carreira que começou em 2006 quando se sagrou Campeão Nacional Júnior Macho, também por unanimidade. Logo após a vitória o criador francês, Joseph Genene, concorrido “restauranteur” de Saint-Tropez, fez uma oferta milionária aos proprietários Casa Branca (de Paulo Marques), Canaã (de Abel Leopoldino), Faveiros (de Jairo Queiroz Jorge), Paineiras (de Rodrigo de Castro) e Vila dos Pinheiros (de Jaime Pinheiro), prontamente recusada. O criador Paulo Marques explicou assim a recusa: “A minha posição, bem como de todos os outros sócios, foi deixar bem claro ao mercado que nós temos consciência do potencial de um cavalo como El Shawan. Todo criador sabe o quanto é difícil chegar a um produto excepcional em qualquer raça, principalmente quando se trata do Cavalo Árabe com seus mais de 2.500 anos de seleção. Nós estamos apostando que conseguimos isso. Agora só falta mais um passo que começa a ser dado este ano com o nascimento de seus primeiros produtos. Se ele realmente se comprovar tão bom na reprodução quanto é na pista, estamos diante de um cavalo que vai marcar época na criação mundial”. FA El Shawan veio para o Brasil importado dos Estados Unidos em 2006 e nasceu na criação de Marlene Ann Rieder. Ele descende de uma cepa de grandes reprodutores. Seu pai, Marwan Al Shaqab, de propriedade do Sheikh do Catar Hamad Bin Ali AlThani, é considerado pelas estatísticas americanas um dos líderes de reprodução no mundo. A mãe de El Shawan, Foxbriar Shakita, é neta do grande El Shaklan, reprodutor que passou pela Alemanha, Inglaterra, Estados Unidos, Brasil e Argentina, deixando campeões em todos os continentes. Outros resultados da Casa Branca A Nacional do Cavalo Árabe de 2007 também foi prodigiosa para a Casa Branca. Além do Bicampeonato Nacional de El Shawan, a criação de Paulo Marques também foi “Binacional” nas provas de montaria no estilo Western Pleasure com a égua Baala FWM. Além dessas conquistas a criação da Casa Branca ficou com o primeiro lugar na categoria potranca com Rose FWM na Copa do Brasil, que compõe os julgamentos da Nacional Brasileira.

El Shawan sendo apresentado durante a Nacional Brasileira

Festa da premiação de El Shawan

Baala FWM bicampeã Nacional em Western Pleasure Casa CasaBranca BrancaPress Press 23 23


arabian horse

*FA El Shawan Conquers the National Championship Again by Rogério Santos

FA El Shawan, the Arabian horse that Casa Branca keeps in partnership with four other Brazilian breeders, has once again won the National Championship of the breed at a contest held in November, in Ribeirão Preto, SP, that brought together more than 600 Arabic horses from 260 Brazilian, European and North-American breeds.

F

A El Shawan, competing with the 26 best Brazilian horses of its generation, was chosen as the Colt National Champion unanimously by the 5 international judges that participated in the event. This event is considered one of the most important Arabian Horse events in the world. Now, FA El Shawan is moving forward with its promising career, that began in 2006 when the horse was the champion of the Junior Male National Championship, winning, once again unanimously. Right after the victory, the French breeder, Joseph Genene, a disputed “restauranter” of Saint -Tropez, made a millionaire offer to the owners Paulo Marques of Casa Branca, Abel Leopoldino of Canaã , Jairo Queiroz Jorge of Faveiros, Rodrigo de Castro of Paineiras and Jaime Pinheiro of Vila dos Pinheiros. The owners rapidly refused the offer. The breeder Paulo Marques explained the reason for the refusal: “My position, together with the other partners, was to show the market, that we are clearly aware of the potential of a horse such as El Shawan. Every breeder knows how hard it is to reach the point of producing an exceptional specimen in any breed, especially when we talk about the Arabian Horse with its 2500 years of selection. We believe that we reached this perfection. Now the next step is being taken, with the birth of the horse’s offspring this year. If this horse proves to us that it is as good in reproducing as it is in the shows, we will be facing a horse that will change the breeding world dramatically”. FA El Shawan was exported to Brazil from the United States in 2006 and was born in the farm of Marlene Ann Rieder, it comes from a heritage of great Sires. His father, Marwan Al Shaqab, was owned by the Catar’s Sheikh, Hamad Bin Ali Al-Thani, and is considered, according to American statistics, 24 Casa Branca Press

to be one of the leaders in reproduction in the world. Its mother, Foxbriar Shakita, is the granddaughter of the great El Shaklan, a procreator that has been through Germany, England, the United States, Brazil and Argentina, leaving champion offspring throughout the countries.

Other results from Casa Branca The 2007 Arabian Horse National Championship was also an outstanding event for Casa Branca. Besides winning the El Shawan National Championship twice, Paulo Marques herd was also the winner in the horse riding competition in the Western Pleasure style with the mare Baala FWM. Besides this victory, the herd of Casa Branca also won first place in the category of mare colt with Rose FWM in the Brazilian Cup. This result is also used for the National Brazilian Championship.

Baala FWM with Zezé Rodrigues receiving her award


Casa Branca Press 25


L eilões

Noite de Gala, o melhor leilão da ExpoBrahman’07

Genética de qualidade e lotes valorizados marcaram o leilão Good quality genetics and highly valued lots headlined the sale

O

s criadores acreditaram na proposta e os vendedores ofertaram genética da mais absoluta qualidade. Resultado: o I Leilão Noite de Gala, parceria de Casa

Branca, Querença e Brahmânia Continental, foi realizado com absoluto sucesso, já se tornando o mais valorizado da ExpoBrahman’2007. No total, o remate ofertou e vendeu 29 lotes, com média de R$ 78.000,00 por lote. A Casa Branca foi destaque entre os vendedores e também entre os investidores. Sua matriz Miss Brumado FIV 324 teve 50% da propriedade adquiridos por R$ 105.000,00 pela Fazenda Canaã (São Carlos, SP), projetando seu preço para R$ 210.000,00. “Esta é uma de nossas mais importantes doadoras de embriões, com beleza racial impressionante e volume corporal diferenciado. Por isso, não abrimos mão da totalidade dessa vaca fantástica”, informa Paulo de Castro Marques, proprietário da Casa Branca. A Casa Branca comercializou cinco lotes no Leilão Noite de Gala: três fêmeas, uma aspiração (em parceria com o criador Yuri Engler e a Querença) e uma prenhez – esta, de um acasalamento inédito no Brasil, entre a matriz JDH Lady Manso 286/1 e o reprodutor JDH Westin Manso 80/1, comercializada por R$ 63.000,00 para o Sexy Brahman, projeto pecuário da apresentadora Ana Maria Braga. Essa prenhez produzirá a primeira cria da joint-venture entre a Casa Branca e os irmãos Bob e Bubba Hudgins, dos Estados Unidos. A marca Hudgins é a mais importante e premiada da raça Brahman em todo o mundo e, agora, sua genética chega ao Brasil sem restrições, trazidas por Paulo de Castro Marques.

26 Casa Branca Press

Os parceiros do Noite de Gala: ponto alto da ExpoBrahman 2007 The partners of Noite de Gala: high point of ExpoBrahman 2007

Gala Night, the best sale of ExpoBrahman’07

T

he breeders believed in the proposal, and the sellers offered the highest quality genetics. The result: the first Gala Night sale (I Leilão Noite de Gala), sponsored by Casa Branca, Querença and Brahmânia Continental. It was a great success, and it became the best event of the ExpoBrahman’2007. Overall, the sale offered and sold 29 lots, with an average price of US$ 50,000.00 per lot. Casa Branca was the highlight among sellers and investors. Its dam, Miss Brumado FIV 324, had 50% of it purchased for US$ 70,000.00 by Canaã farm (São Carlos, SP), estimating its price to US$ 140,000.00. “This cow is one of our most important embryo donors, with the impressive beauty of the breed and distinguished physical volume. Therefore, we did not sell this entire extraordinary cow,” states Paulo de Castro Marques, owner of Casa Branca. Casa Branca sold five lots in the Gala Night Sale: three females, one calf (together with the breeder Yuri Engler and Querença) and one heifer. The heifer, came from a mating that was never done before in Brazil, between the dam JDH Lady Manso 286/1 and the sire JDH Westin Manso 80/1, the mating was sold for US$ 45,000.00 to Sexy Brahman, the cattle breeding project of the hostess Ana Maria Braga. This heifer will produce the first offspring of the joint-venture between Casa Branca and the brothers Bob and Bubba Hudgins, from the United States. The brand Hudgins is the most important and highly awarded from the Brahman breed from all over the world, and, now, its genetics is in Brazil, without any restrictions, thanks to Paulo de Castro Marques.


Casa Branca Querença: certeza de qualidade genética na Expozebu

Lotes homogêneos e muita qualidade: a receita do Casa Branca Querença Homogeneous lots and high quality: Casa Branca Querença’s recipe

O

Leilão Casa Branca Querença, promoção conjunta da Casa Branca Agropastoril e da Querença, tem um grande desafio para sua quarta edição, programada

para a Expozebu, em Uberaba (MG): ser novamente o melhor local de negócios da raça Brahman na maior exposição de gado zebuíno do mundo. Afinal, nas três edições anteriores, o Casa Branca Querença alcançou resultados espetaculares, tornando-se o leilão de maior faturamento da Expozebu. Em 2007, por exemplo, a média de preços superou R$ 130 mil por animal. A seleção da genética da Casa Branca, Querença e de convidados especiais já começou. Serão ofertados 30 animais, resultado de acasalamentos vitoriosos e com currículos invejáveis. “São produtos de ponta para qualquer plantel Brahman”, sentencia Paulo de Castro Marques, proprietário da Casa Branca. “O Casa Branca Querença é daqueles leilões em que o investidor vai sem susto, porque sabe que encontrará 30 lotes homogêneos, prontos para ser incorporados aos mais exigentes projetos”, assinala Moisés Campos, diretor da Querença. A constatação da qualidade diferenciada do Casa Branca Querença é dada pelos números, pela liquidez toda e pela intensa procura, inclusive de criadores dos países, vizinhos, como Colômbia, Venezuela e Paraguai.

S

ales

Moisés Campos e Paulo Marques: parceria que deu certo na Expozebu successful partnership at Expozebu

Casa Branca Querença assures genetic quality at Expozebu

C

asa Branca Querença sale, sponsored by Casa Branca Agropastoril and Querença, will face a major challenge in its fourth edition, scheduled to happen at the Expozebu, in Uberaba (MG). The sale needs to prove, again, to be the best trading place for the Brahman’s breed at the largest show of Zebu cattle in the world. After all, in the last three editions, Casa Branca Querença broke unbelievable records and became the most profitable sale of Expozebu. In 2007, for instance, the average price per animal was over US$ 80,000.00. The genetic selection of Casa Branca Querença and its special guests has already started. Thirty animals, which resulted from successful breeding and which have an impressive genetic lineage, will be offered. “They are state-of-the-art products for any Brahman breeding herd”, states Paulo de Castro Marques, Casa Branca’s owner. “Casa Branca Querença is one of those sales in which the investors attend with little worry, because they know that they will find 30 homogeneous lots, ready to be incorporated to their most demanding projects”, points out Moisés Campos, director of Querença. The distinguished quality of Casa Branca Querença is demonstrated by the earnings figures, the liquidity, and the extensive demand for the animals, including the demand from breeders of neighboring countries such as Colombia, Venezuela and Paraguay. Casa Branca Press 27


L eilões

Vem aí o Brahman In Concert 2008.

Copacabana Palace, a casa do Brahman In Concert 2008

M

uitas novidades para a terceira edição do Leilão Brahman In Concert, que em muito pouco tempo ganhou a confiança do mercado e tornou-se evento obrigatório para os investidores e apaixonados pela raça Brahman. Para começar, o leilão deste ano será realizado no Rio de Janeiro e num dos seus cartões postais: o hotel Copacabana Palace. Anotem a data: 14 de abril, a partir das 20 horas. A promoção do Brahman In Concert 2008 é da Casa Branca Agropastoril e da Querença e co-promoção de três grandes selecionadores: Wilson Moraes Lemos, Ricardo Laureano (Fazenda Membeca) e Fazenda Santa Tereza, que pela primeira vez colocam alguns dos seus melhores produtos à disposição do mercado. Paulo de Castro Marques, proprietário da Casa Branca, assinala que o Brahman In Concert já é um leilão consagrado entre os criadores brasileiros. “Costumo dizer que o Brahman In Concert é um divisor de águas na seleção da raça Brahman no Brasil. Isso porque reúne alguns dos melhores plantéis do País, tornando-se uma 28 Casa Branca Press

No Copacabana Palace

Copacabana Palace, the home of Brahman In Concert 2008

importante vitrine da genética, motivando os investidores a incrementar a qualidade dos seus plantéis”. A comprovação da qualidade do Brahman In Concert é comprovada pelos números. A edição 2007 foi um dos melhores leilões do ano para a raça Brahman. O evento, aliás, marcou o início de comercialização da genética de Bob e Bubba Hudgins pela Casa Branca, com a oferta do exclusivo acasalamento da matriz JDH Lady Irmã Manso com o reprodutor Woodman, grande campeão norteamericano. Para o Brahman In Concert 2008, a Casa Branca selecionou prenhezes da mais alta qualidade. Uma é filha da supermatriz Glória, fêmea que apresenta currículo invejável, sendo mãe de touro campeão da Exposição Nacional, da melhor matriz do ranking nacional e avó da melhor fêmea jovem do ranking. E para a festa ficar completa. A Casa Branca venderá mais um exclusivo acasalamento da genética de Bob e Bubba Hudgins.


Brahman In Concert 2008 at Copacabana Palace is coming up

S

ales

T

here are many new things in the third edition of the Brahman In Concert Sale. The sale, that in a short period of time has gained the market’s trust, is an event that investors and admirers of the Brahman’s breed cannot miss. To begin with, the sale this year will be held in Rio de Janeiro, in the location of one of its postcards: Copacabana Palace hotel on April 14, starting at 8 pm. Save the date. Brahman In Concert 2008 promotion is sponsored by Casa Branca Agropastoril and Querença and is cosponsored by three big names: Wilson Moraes Lemos, Ricardo Laureano (Membeca Farm) and Santa Tereza Farm. For the first time, the farms are offering some of their best products to the market. Paulo de Castro Marques, Casa Branca’s owner, highlights that Brahman In Concert is already a wellknown sale among famous Brazilian breeders. “I normally say that Brahman In Concert brings a new level in the selection of the Brahman’s breed in Brazil. The reason for this statement is that the sale brings together some of the highest quality Brahman breeding herds in the country, becoming an important genetic gallery, that motivates investors to improve the quality of their breeding herds.” Brahman In Concert’s quality is demonstrated by the sales numbers. The 2007 edition was one of the best sales of the year for the Brahman’s breed. In fact, last year’s event was marked by the beginning of the genetic trade of Bob and Bubba Hudgins with Casa Branca, by containing an exclusive offer to mate the dam JDH Lady Irmã Manso with the sire Woodman, the North-American grand champion. For Brahman In Concert 2008, Casa Branca has selected high-quality pregnancies. One of them is the daughter of the super dam Glória, a female that brings with her an impressive genetic lineage. The cow is the mother of one of the National Show’s champion bulls, and of a cow who was awarded the national ranking for best dam. Glória is also the grandmother of the highest ranking young female. To complete the sale, Casa Branca will sell one exclusive mating from the lineage of Bob and Bubba Hudgins.

Prenhez de Glória será um dos destaques do leilão Pregnancy of Glória will be one of the highlights of the sale

Um local especial para um evento diferenciado A special location for an exceptional event

Belezas naturais do Rio são atrativos à parte The natural beauties of Rio are a separate attraction Casa Branca Press 29


L eilões

Leilão virtual vendeu todos os touros Simental sul-africanos

Liquidez total e interesse especial no Centro-Oeste marcaram o leilão Total liquidity and special interest in the Central-West region were highlights of the sale

Destaque aos compradores do Centro-Oeste que aprovam os reprodutores da Casa Branca, produtivos e perfeitamente adaptados às exigentes condições da região.

G

rande procura, boas disputas e liquidez total

Turvolândia (MG), onde estavam os tourinhos

marcaram o 3° Leilão Virtual Touros Simental

comercializados.

Linhagem-Sul Africana, da Casa Branca, realizado

Com isso, ele certificou-se da qualidade dos animais e

em setembro do ano passado. O remate vendeu 61 animais,

escolheu, entre as várias baterias, aqueles machos que mais

com média de preços de R$ 5.070,00. O leilão contou com

se encaixavam nas necessidades da Fazenda Leblon, de

lances de várias regiões, especialmente Paraná, São Paulo,

Paranaíba (MS). Lá, ele cria cerca de 1 mil animais para corte

Brasília, Minas Gerais e Mato Grosso do Sul.

e usa os touros Simental no cruzamento industrial com outras

Os reprodutores negociados tinham, em média, 24 meses

raças para produção de carne. O pecuarista aprova o seu

de idade, são destinados à monta natural a campo e vêm

primeiro investimento em touros da Casa Branca. “Precisava

com total avaliação de produção e exame andrológico. “O

incorporar touros sul-africanos ao meu plantel e a Casa Branca

pecuarista brasileiro percebe a diferença do potencial

me deu essa oportunidade. Atendeu muito bem a essa minha

genético no seu rebanho quando adquire animais de

necessidade”, diz.

qualidade genética comprovada, como o Simental sul-

Os produtores do Centro-Oeste foram os maiores

africano da Casa Branca”, comenta Paulo de Castro

compradores do leilão, intensificando a presença de

Marques, proprietário da fazenda.

reprodutores Simental sul-africano da Casa Branca na região

O pecuarista e engenheiro civil Paulo César Derenne Borges

que mais produz gado de corte para o abate no País. “O

concorda. Tanto que adquiriu cinco reprodutores no leilão.

Centro-Oeste exige machos produtivos e resistentes,

A compra foi definida alguns dias antes, quando Borges

características marcantes dos nossos animais”, assinala Paulo

conheceu de perto a estrutura da Fazenda Pinhal, em

de Castro Marques.

30 Casa Branca Press


Virtual sale have sold all

S

ales

South African Simmental bulls

Highlighting Central-West buyers that approve the bulls of Casa Branca, for being productive cattle and perfectly adapted to the strict weather conditions of the area.

G

reat demand, strong competition, and liquidity

farm, in Turvolândia (MG), where the bulls were from.

marked the 3rd Virtual Sale of South African

After visiting the farm, the engineer was able to assure

Simmental Bulls, from Casa Branca, held last

the quality of the animals and to choose, among a variety

September. The sale sold 61 animals, with a price average of

of animals, the males that best fit the needs of Leblon farm,

US$ 3,000.00. The sale had bids from many areas; especially

of Paranaíba (MS). At this farm, he raises 1,000 animals

Paraná, São Paulo, Brasília, Minas Gerais and Mato Grosso

for slaughter and he uses the Simmental bulls in the

do Sul.

industrial crossbreeding with other cattle for meat

The bulls sold were, in average, 24 months old, and are

production.

raised to be used in natural mount. They had a complete

The cattle breeder approves its first bull investment from Casa

productivity evaluation and andrological exam. “The

Branca. “I needed to incorporate South-African bulls in my

Brazilian cattle breeder notices the difference of the

breeding herd and Casa Branca gave me this opportunity. It

genetic potential in his herd when he purchases high-

met my needs”, he says.

quality genetic animals, such as the South African

Producers from the Central-West were the most

Simmental from Casa Branca”, states Paulo de Castro

representative buyers in the sale, intensifying the presence

Marques, farm owner.

of South African Simmental bulls from Casa Branca in

The cattle breeder and civil engineer, Paulo César Derenne

the region that produces the best beef cattle in the country.

Borges, agrees with the statement. He purchased five bulls

“The Central-West requires productive and resistant males,

in the sale. The purchase was made a couple of days before,

representative traits in our animals”, says Paulo de Castro

when Borges came to understand the structure of Pinhal

Marques. Casa Branca Press 31


causos de leilão tales of sales

Não sabia que era tão bom! por Antonio Carlos Pinheiro Machado

A

inseminação artificial popularizou os grandes touros. Como sempre acontece,

as centrais de IA, quando o reprodutor está sendo lançado, colocam para comercialização um grande volume de doses a baixo preço. A intenção é obter um grande número de dados, sobre tipo e produção, de suas filhas. Foi assim que o sêmen do extraordinário Rosafé Citation R foi parar na propriedade

I didn’t know it was so good!

do sr. Bepe, colono em Caxias (RS). Coube ao amigo Jarbas Knorr realizar um leilão de gado leiteiro naquela cidade. Nos anos 70, Rosafé reinava absoluto na raça Holandesa. No meio dos trabalhos em Caxias do Sul, surge numa ficha de leiloeiro,

by Antonio Carlos Pinheiro Machado

A

rtificial insemination has made the big bulls popular. As usual, when the bull is new to the market, the artificial insemination companies

pasmem, um filho do Rosafé, que além do

sell a great number of doses at a lower rate. The goal is to obtain a lot of

bom papel tinha bom tipo e estava bem

data about the type and the production of its offspring.

apresentado. Foi a conta. O velho Jarbas,

That is how the semen of the extraordinary Rosafé Citation R ended up at

que tinha no seu currículo os leilões da

the property of Mr. Bepe, farmer in Caxias (RS). His friend, Jarbas Knorr,

Granja Sylvia, grande criadora da raça,

was responsible for organizing a sale of dairy cattle in the town.

soltou o verbo:

In the 70’s, Rosafé was the only bull of the Dutch breed. Suddenly, in Caxias

Filho de Rosafé Citation R em pista. O melhor

do Sul, one of Rosafé’s sons was in a card for sale. This was unexpected.

filho do chefe da raça ABC Reflection

Not only did the bull have a good reputation but he also looked really

Sovereign. Rosafé possui mais de um milhar

good. That was the beginning. Jarbas had organized other Rosafé sales as

de filhas classificadas EX e VG. A produção

well, such as that of Granja Sylvia, an important Rosafé breeder. He started

média de leite de suas filhas é muito superior

the sale stating, “the son of Rosafé Citation R is on stage. It is the best

à média da raça.

offspring of the ABC Reflection Sovereign, the leader of the breed. Rosafé

Seu Bepe rodava com o seu touro, ouvindo

has had more than a thousand daughters, and they are all ranked as excellent

atentamente o que o leiloeiro dizia. Após

and very good. The milk production of his daughters is far superior to the

ressaltar bastante as qualidades do touro

breed’s average”.

ofertado, Jarbas verificou que o seu Bepe se

Mr. Bepe was riding the bull, and was paying a lot of attention to what the

retirava da arena e lhe falou: Seu Bepe, volte!

auctioneer was saying. After he had highlighted all the qualities of the bull,

Agora é que vamos começar a vendê-lo.

Jarbas noticed that Bepe was leaving the arena. He then said, “Mr. Bepe,

A resposta veio pronta. Seu Bepe, soltando o

come back! We are going to start the sale now.”

cabresto e com os dois braços, mandou uma

Mr. Bepe’s answer was quick. He released the halter with both arms,

solene banana, dizendo: “Ó, que eu vou

gesturing and said: “I am not going to sell this bull anymore! I didn’t know

vender! Não sabia que era tão bom!”.

it was so good!”

32 Casa Branca Press


brahman

New members at

Nova direção da ACBB

ACBB’s Board of Directors

Paulo de Castro Marques, proprietário da Casa Branca, é um dos membros do Conselho Administrativo da Associação dos Criadores de Gado Brahman do Brasil (ACBB) para os próximos dois anos (2008/2009). “Como criador e apaixonado pela raça quero dar minha contribuição ao crescimento do Brahman no País”, assinala Castro Marques. É a seguinte a composição do Conselho Administrativo da ACBB para 2008/2009: Presidente: José Amauri Dimarzio; Vice-Presidente: Moisés Fernandes Campos; Secretário: Miguel de Paula Xavier Neto; Diretor Tesoureiro: Ângelo Mario de Souza Prata Tibery; Diretor Secretário: Alexandre Coccapieller Ferreira; Diretor de Marketing: Aldo Silva Valente Jr.; Conselheiros: Paulo de Castro Marques, Osvaldino Xavier de Oliveira e Eduardo Roscoe Bicalho O Conselho Fiscal da ACBB para 2008/2009 é o seguinte: Titulares: Daniel Teixeira Dias, Wilson Lemos de Moraes Jr. e Amir Miguel de Souza Suplentes: Bruno Aurélio Ferreira Jacintho, Luiz Carlos Monteiro e João Alfredo Ribeiro Neto.

Paulo de Castro Marques, owner of Casa Branca, is one of the members of the Board of Directors of the Brazilian Brahman Breeders Association (ACBB) for the next two years (2008/2009). “As a breeder and great admirer of the breed, I want to contribute to the Brahman’s growth in the country”, points out Castro Marques. ACBB’s Board of Directors for 2008/2009 includes: President: José Amauri Dimarzio; Vice-president: Moisés Fernandes Campos; Secretary: Miguel de Paula Xavier Neto; Treasurer: Ângelo Mario de Souza Prata Tibery; Executive Secretary: Alexandre Coccapieller Ferreira; Marketing Director: Aldo Silva Valente Jr.; Advisors: Paulo de Castro Marques, Osvaldino Xavier de Oliveira and Eduardo Roscoe Bicalho. The Statutory Audit Committee of ACBB for 2008/2009 includes the following: Effective members: Daniel Teixeira Dias, Wilson Lemos de Moraes Jr. and Amir Miguel de Souza; Substitute members: Bruno Aurélio Ferreira Jacintho, Luiz Carlos Monteiro and João Alfredo Ribeiro Neto.

Brahman

Brahman ganha força no Sul O estande da Agener e Casa Branca Agropastoril, na Expointer 2007 (Esteio, RS), foi palco da assembléia que criou a Associação Gaúcha de Criadores de Brahman, comandada por Hildo Traesel. O evento contou com a presença de Paulo de Castro Marques, proprietário da Casa Branca, e de Leonardo Pinheiro Machado, responsável técnico da Casa Branca, além do novo presidente do Conselho Administrativo da Associação dos Criadores de Brahman do Brasil, Amauri Dimarzio. Na ocasião, a criadora gaúcha Claudia Indarte da Silva (Cabanha Rincón del Sarandy) tornou-se associada da nova entidade de Brahman no Rio Grande do Sul.

gains strength in the South

Criadores de Brahman do RS Brahman breeders in Rio Grande do Sul

Estande da Agener/Casa Branca na Expointer Agener/Casa Branca stand at Expointer

The Agener and Casa Branca Agropastoril booth, at Expointer 2007 (Esteio, RS), was the stage for the meeting that created the Rio Grande do Sul Brahman Breeders Association led by Hildo Traesel. Paulo de Castro Marques, owner of Casa Branca, and Leonardo Pinheiro Machado, specialist in charge of Casa Branca, were present at the event, in addition to the new president of the Administrative Council of the Brazilian Brahman Breeders Association, Amauri Dimarzio. Also at this time, Claudia Indarte da Silva (Cabanha Rincón del Sarandy), the breeder from Rio Grande do Sul, became a member of the new Brahman entity in Rio Grande do Sul. Casa Branca Press 33


responsabilidade social

Um ippon* nas dificuldades O técnico de caratê João Batista Rodrigues está transformando a realidade de jovens carentes em Pouso Alegre (MG) com o Projeto Esporte Solidário.

H

*Golpe fatal do caratê *A fatal movement in karate 34 Casa Branca Press

á três anos, a aula inaugural de caratê do Projeto Esporte Solidário atraiu tanta gente que lotou a quadra de esportes do bairro Cidade Jardim, em Pouso Alegre (MG). Hoje, o projeto é uma realidade incontestável: já são 1.500 crianças, entre 5 e 14 anos, atendidas de segunda a sexta-feira por essa iniciativa do professor de educação física João Batista Rodrigues. Todos os sábados, João Batista percorre 14 quilômetros pelas ruas do bairro São João, um dos seis núcleos atuais do projeto, para ensinar sua arte às crianças da comunidade. “É em lugares assim que eu mais gosto de trabalhar. Isso é a minha vida”, não se cansa de dizer. E para não fugir à regra, nesse caso a recíproca também é verdadeira. Para quem vem de família humilde e já trabalhou de engraxate, lavrador e até vendedor de picolé, tornar-se técnico campeão pan e sul-americano de caratê (por três vezes), além do tetracampeonato brasileiro e mineiro (sete) é uma vitória e tanto na vida. Troféu ainda mais importante é mudar a trajetória da vida de filhos de pais infratores em comunidades carentes. “É uma filosofia de vida, que transformou a minha e pode fazer o mesmo com a de outros cidadãos de bem”, explica João Batista, que além de técnico das seleções mineiras de caratê para até 20 anos (infantil, infanto-juvenil, juvenil e júnior) – MinasKan Karate-Do/Vodol –, também já foi Árbitro da Confederação Brasileira e diretor de esportes em Pouso Alegre. Recém-chegado da disputa pelo campeonato mineiro de caratê, em Ituiutaba (MG), quando conversou com a reportagem da revista Casa Branca Press – e de onde voltou mais uma vez campeão, com quatro medalhas de ouro, três de prata e quatro de bronze, João Batista diz querer encontrar futuros vencedores entre a ociosidade e a alta incidência de drogas registrada na periferia. Para ajudar na árdua tarefa, quem o acompanha quase sempre é uma de suas alunas mais pródigas, Jéssica Dalt Cândido – quando os dois entram em sala de aula convidando os estudantes da periferia pouso-alegrense a participar do projeto, são muitos os olhos que brilham, explica João Batista. Quem também empresta a fama no mundo do esporte para a causa é a carateca Lucélia Ribeiro, única brasileira tricampeã nos Jogos Pan-Americanos. Quando ela recebeu a medalha de ouro na categoria até 60 quilos na última edição dos jogos, no Rio de Janeiro, lá estavam os alunos do Projeto Esporte Solidário para acompanhar o feito histórico e aplaudi-la. Como reconhecimento pelo bom trabalho prestado, João Batista Rodrigues recebeu o título de cidadão pouso-alegrense e a medalhas do fundador da cidade e da Inconfidência Mineira, concedidas pela Câmara Municipal. A fama já rendeu convites para cargos políticos, mas nada quebra o seu compromisso com trabalho voluntário, o que pode ser comprovado pela participação de seus alunos e atletas no último desfile de 7 de Setembro em Pouso Alegre, cujas fotos estão nesta página.


social commitment

Projeto une o esporte com o bem-estar da comunidade Project unites sports with the community’s well-being

O mestre em ação: formar as crianças é o seu maior prazer The master at work: educating the children is his greatest pleasure

João Batista: “Isso aqui é a minha vida” João Batista: “This is my life”

An ippon* to the difficulties The karate coach, João Batista Rodrigues, is making the reality of those poor kids from Pouso Alegre (MG) better thanks to Projeto Esporte Solidário (a sports community project).

T

hree years ago, the first karate class of Projeto Esporte Solidário brought so many people that filled the sports court from Cidade Jardim district, in Pouso Alegre (MG). Nowadays, the project is an unquestionable reality: there are 1,500 kids, between 5 and 14 years of age, who are attended from Monday to Friday, due to an initiative from the physical education teacher, João Batista Rodrigues. Every Saturday, João Batista travels 14 kilometers through the streets of São João district, one of the six current centers of the project, to teach his art to the kids from the community. “Those are the places where I most enjoy working. This is my life”, he always says. His students also share his feelings. From a person who comes from a poor family and has worked as a shoeshiner, a field worker, and ice-cream seller, to become the coach of champions is a great victory in life. João has won as coach the Pan and South American karate championship (three times), the Brazilian championship four times and the Minas Gerais championship seven times. The most important accomplishment is being able to change the lives of children in the poor communities whose parents have broken the law. “It is a philosophy of life, that changed my life and can also change the lives of other citizens who are trying to practice good values”, explains João Batista, who, beside being the coach of the karate leagues of Minas Gerais for students up to 20 years old (infantile, infant-juvenile, juvenile and junior) – Minas-Kan Karate-Do/Vodol – was also the Referee of the Brazilian Confederation and director of sports in Pouso Alegre.

He had just arrived from the karate tournament of Minas Gerais, in Ituiutaba (MG), when he was interviewed by Casa Branca Press. He returned from the tournament as a champion coach again, with four gold medals, three silver medals and four bronze medals, João Batista says he wants to find future winners among the environment of idleness and high drug use located in the outskirts of the city. In order to help in this difficult task, the person who assists him is one of his most brilliant students, Jéssica Dalt Cândido. When both of them go in the classrooms to invite the students from the outskirts of Pouso Alegre to join the project, a lot of kids feel enthusiastic about it, explains João Batista. Another important figure who also uses her fame in the sports world to aid in the cause is the karate player, Lucélia Ribeiro, the only three time winner of the Pan-American Games. When she received the gold metal in the up to 60 kilos (135 lbs) category in the last games, held in Rio de Janeiro, the students from Projeto Esporte Solidário where there to observe the historical moment and applaud her. As the acknowledgement of his good work, João Batista Rodrigues received the title of Pouso Alegre honorable citizen and the medal of the towns founder and of the Inconfidência Mineira (a Brazilian independence movement), granted by the City Council. His reputation has granted him invitations for political positions, but nothing really stops him from his commitment to the volunteering work, which can be seen in the participation of his students and athletes in the last September 7th Parade in Pouso Alegre, whose pictures are printed on this page. Casa Branca Press 35


nossa gente

Casa Branca de coração

Este é o Marquinhos, há sete anos na Casa Branca e daqueles profissionais que vestem a camisa da empresa. This is Marquinhos. He has been working at Casa Branca for seven years and he is that kind of employee who has Casa Branca in his heart.

N

36 Casa Branca Press

ascido e criado no bairro do Armazém,

primeiro grande desafio. Com apenas 20

periferia de Fama (MG), Marcos Elízio

anos, foi convidado a administrar a

Marques (Marquinhos) é o segundo filho de

Fazenda Pinhal, no município vizinho de

uma família de cinco irmãos. Seu pai, Raimundo

Turvolândia, onde até hoje está a base do

Sérgio Marques, que também é trabalhador

plantel Simental da Casa Branca.

rural, desde muito cedo fez questão de iniciar

Marquinhos lembra que a fazenda tinha sido

os filhos nas tarefas da criação.

recém-adquirida pelo criador Paulo de Castro

O tempo passou e o amor do menino pela lida

Marques e que, portanto, ainda havia muito

na fazenda aumentou. Depois de finalizar os

a fazer em termos de estrutura. Com muito

estudos e trabalhar em algumas propriedades,

trabalho, ele diz, aos poucos a propriedade

lá mesmo na sua região, Marquinhos chegou

foi melhorando as pastagens, as cercas e o

à Casa Branca Agropastoril. De início, ele

curral para abrigar o rebanho, formado por

começou como peão, mas logo veio seu

animais de genética importada. “Todo mundo


Manejo dos bezerros e das mães faz parte do dia-a-dia de Marquinhos: animais precisam ser bem tratados para expressar todo o seu potencial

One of the Marquinhos’ daily jobs is to trait calves and cows: they need attention in order to express all potential they have.

achava que eu não daria conta do trabalho por causa

Desde o ano passado na administração da maternidade

da minha juventude e pouca experiência para o

da Casa Branca, Marquinhos se envolve com o manejo

trabalho”, comenta o jovem administrador, que

das vacas prenhas 90 dias antes do parto, com as vacas

recentemente assumiu um novo desafio profissional

vazias, as receptoras de embriões e os bezerros com até

no grupo.

30 dias de vida. O trabalho inclui marcações, brincagem,

Depois de sete anos trabalhando nas propriedades da

aplicação de vacinas, além dos cuidados especiais no pré

Casa Branca, o jovem administrador relembra com

e no pós-parto. “A maior parte do conhecimento que

entusiasmo dos obstáculos enfrentados e vencidos no

adquiri na pecuária foi na prática, aqui na Casa Branca”,

passado. Para ele, o grande desafio de trabalhar na

enfatiza.

criação foi lidar com o medo de desapontar as pessoas

Quanto ao futuro, Marquinhos procura ser cauteloso e

que lhe deram a oportunidade. “Trabalhar na Casa

não faz grandes planos. Ele prefere aproveitar as

Branca é motivo de grande satisfação. Trata-se de uma

oportunidades na medida em que elas forem aparecendo.

empresa séria e que valoriza seus funcionários”.

“E para quem trabalha sério elas aparecem”, completa.

Casa Branca Press 37


our people

Casa Branca in our hearts

B

orn and raised in the Armazém district, in the outskirts of Fama (MG), Marcos Elízio Marques (Marquinhos) is the second son in a family of

five. His father, Raimundo Sérgio Marques, who is also a field worker, introduced his sons to animal husbandry since they were really young. Time went by, and the love this boy began to have for the farm management increased. After finishing school and working for some farms nearby, he started working for Casa Branca Agropastoril. In the beginning, he worked as a farmhand, but he soon faced his first challenge. At only 20 years old he was invited to manage Pinhal farm, at the neighboring district Turvolândia, where until today it is the base of the Simmental herd of Casa Branca. Marquinhos remembers that, in those days, the farm had been recently purchased by the breeder Paulo de Castro Marques and that, therefore, there was a lot to do in terms of structure. With a lot of hard work, slowly the property was improving its pastures, the fences, and the barn to keep the calves, composed of animals with imported genetics. “Everybody thought I would not be able to handle the work because I was too young and I did not have a lot of experience with the type of job”, comments the young administrator, who has recently faced another big professional challenge in the group. After seven years working at Casa Branca’s properties, the young administrator remembers, with enthusiasm, the obstacles he had to face and overcome in the past. For him, the biggest challenge in working with the herd was the fear of disappointing the people who gave him this opportunity. He states, “Working at Casa Branca brings personal satisfaction. It is a serious company that values its employees”. Working in the management of Casa Branca maternity since last year, Marquinhos is involved in the management of the pregnant cattle 90 days before parturition, with the empty cows, the embryo recipients, and the calves younger than 30 days old. The work includes branding and tagging cattle, giving vaccines, and giving pre and post parturition care. “Most of the knowledge I have of cattle breeding I learned here in Casa Branca”, he emphasizes. As for the future, Marquinhos tries to be careful and does not make big plans. He prefers to enjoy opportunities as they come. “And for those who take the job serious, the opportunities arise”, he adds.

38 Casa Branca Press


Casa Branca Press 39


40 Casa Branca Press


Casa Branca PRESS 06