Page 1

Economia

Economia Por: Caroline Baptista

CONSTRUÇÃO VERDE Saiba como a sustentabilidade vem interferindo no setor de edificações

A

construção civil é um segmento em constante ascensão. Há décadas a urbanização das cidades trouxe novas edificações que preenchem a paisagem com sua arquitetura cada vez mais diferenciada, moderna e tecnológica, tendo uma participação significativa no Produto Interno Bruto (PIB) na realização de investimentos no País. Segundo o IBGE, em 2011, o PIB da indústria de construção civil totalizou cerca de 210 bilhões de reais. Contudo, o crescimento econômico do setor e a atual ordem da sustentabilidade, uma nova forma de projeção de edificações, vêm ganhando espaço e tornando-se interessante para novos empreendedores. As novas tecnologias para reaproveitar e reduzir tanto o uso de recursos gastos e consumo é exigência neste setor. E, segundo o estudo recente feito pela Green Building Council (GBC) Brasil, em 2012, a participação dos ‘prédios verdes’ representou 9% na composição do PIB de edificações. A demanda da construção sustentável cresce

142

CASA Projeto&Estilo

no mercado e compradores exigem qualidade na projeção. Para comprovar isso, certificações internacionais são oferecidas para edificações que atendem à necessidade de uma construção com responsabilidade socioambiental. Entre elas, a LEED (Leadership in Energy and Environmental Design), do GBC, na qual avalia sete dimensões econômicas, sociais e ambientais dos empreendimentos que cumprem com as prospecções sustentáveis. Com isso, construtoras procuram atender às demandas do mercado, projetando ‘edifícios verdes’ que obtenham tal certificação. Segundo o diretor gerente do GBC, Felipe Faria, as edificações que buscam os diferenciais de certificações internacionais como o LEED, agregam valor ao metro quadrado e diferenciação competitiva considerável frente à velocidade de venda destas edificações, consequentemente temos a diminuição no risco destes investimentos.


“SEGUNDO O IBGE, O PIB DA INDÚSTRIA DE CONSTRUÇÃO CIVIL TOTALIZOU CERCA DE 210 BILHÕES DE REAIS, SENDO 9% DE EDIFICAÇÕES SUSTENTÁVEIS.” Certificação de sustentabilidade Com o crescimento da construção sustentável no País, Felipe ressalta que o Brasil ocupa o 4º lugar no ranking mundial de edificações que buscam a certificação internacional LEED, atrás dos Emirados Árabes, EUA e China. “A certificação LEED está presente em 143 países diferentes. No Brasil, o Sudeste ainda concentra o maior número de empreendimentos certificados e registrados que buscam a certificação, mas o Nordeste do País também está se destacando. O movimento da construção sustentável vem contribuindo na elevação do padrão técnico do setor, onde soluções focadas em eficiência e mitigação de impactos socioambientais ganham destaque, auxiliando investimentos em estudo e inovação, além de destacar profissionais e empresas engajados”, completa. A construção sustentável não se limita a edificações comerciais, conforme afirma o gerente sênior da EY, Luiz Lamamoto, a busca pela certificação está cada vez mais segmentada, como, por exemplo, em escolas, hospitais e estádios. Segundo Felipe, o objetivo é que a construção sustentável chegue também às residências, para que a produção deste setor se torne acessível e viável para todos os segmentos da sociedade e continue contribuindo para o desenvolvimento, principalmente, econômico do País.

PIB Brasileiro em valores Correntes Fonte: IBGE

PIB da Indústria de Contrução em valores Correntes Fonte: IBGE

GREEN BUILDING www.greenbuilding.com/

CASA P&E  

143

Construção verde  

Com base nos conceitos da sustentabilidade, a construção civil ganha novos patamares em seus projetos.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you